Você está na página 1de 2

Monómios

Expressão que liga, por produtos, fatores numéricos (operações envolvendo números e letras, ditas constantes, e
que designam números) e potências de expoente natural e base representada por letras, ditas variáveis (ou
indeterminadas).

Observa o seguinte monómio, em que as letras x e z representam variáveis e as letras a e b números reias não nulos.

Parte numérica 3 ab2 x 4 y 3 Parte literal


ou Coeficiente
São monómios iguais quando têm a mesma forma canónica ou
quando são os dois nulos.

Monómio Forma canónica Iguais?


3 3
x a ax Sim. Têm a mesma forma
ax 2 × x a x3 canónica.
2 a3 z 4 2 a3 z 4 Não. Tem partes numéricas
3 a3 z 4 3 a3 z 4 diferentes.
Nota: As letras x e z representam variáveis e a letra a número real não nulo.

O grau do monómio é dado pela soma dos expoentes da sua parte literal.

Monómio Grau
3 2
a y 5
3 4
3x z 7
Nota: as letras x e z representam variáveis e as letras a número real não nulo.

São monómios semelhantes quando têm a mesma parte literal.

Monómio Semelhantes?
3 2
a y Não. A parte literal não é igual.
a3 y y 2 e y , respetivamente.
2 a3 z 4
Sim.
3 a3 z 4
Nota: as letras x, y e z representam variáveis e a letra a número real não nulo.

A soma algébrica de dois monómios semelhantes é igual a um monómio com a mesma parte literal e, cujo
coeficiente é igual à soma algébrica dos coeficientes das parcelas.

1 7 8
x + x= x
3 3 3

−5 x 3+7 x 3=2 x 3

−4 x 2+3 x=−4 x 2+ 3 x

Nesta última situação, não podemos fazer a soma algébrica, porque os monómios não são semelhantes.

A multiplicação de monómios é igual a um monómio que se obtém multiplicando os coeficientes e as partes literais
dos fatores monómios.
3 x 3 y 2 ×5 xz=3 ×5 × x 3 × x × y 2 × z =15 x 4 y 2 z