Você está na página 1de 33

Análises Clínicas Gerais

Universidade Católica de Moçambique


Faculdade de Ciências de Saúde

Meios de Cultura e Provas Bioquímicas


(Identificação microbiana)
15/06/2020

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 1


Sumário
• Meios de Cultura
 Definição
 Classificação
• Técnicas de Sementeira
• Provas Bioquímicas
• Antibiograma

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 2


Meios de Cultura
• Consistem em material nutritivo, preparado
em laboratório, que se destina ao cultivo
artificial de microrganismos.
• Contém substâncias exigidas pelas bactérias
para o seu crescimento e multiplicação.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 3


Meios de Cultura
• Devem dispor de fontes de carbono (proteínas
e açúcares), fontes de nitrogénio (peptonas), e
fontes de energia.
• Sais inorgânicos, vitaminas e outras
substâncias que favorecem o crescimento
microbiano.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 4


Classificação
• Quanto ao estado físico
 Líquidos
 Semi-sólidos
 Sólidos

• Quanto à função
 Simples
 Complexos / Enriquecidos
 Selectivos
 Diferenciais

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 5


Meios de Cultura Líquidos
• Nutrientes dissolvidos em solucão aquosa.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 6


Meios de Cultura Semi-sólidos
• Além dos nutrientes possuem na sua
composição uma pequena percentagem de
ágar. Utilizados em tubos.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 7


Meios de Cultura Sólidos
• Possuem uma percentagem de ágar maior que
2%, além dos nutrientes. Colocados em tubos
ou placas de Petri.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 8


Meios de Cultura Simples
• Possuem os componentes essenciais para o
crescimento de microrganismos não
exigentes.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 9


Meios de Cultura Complexos
• Adicionadas ao meio simples substâncias
enriquecedoras como sangue, ovo, extrato de
leveduras, soro, etc.
• Ex. Ágar de Sangue

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 10


Meios de Cultura Selectivos
• Favorecem o desenvolvimento de certos
microrganismos em detrimento de outros.
• Ex. Ágar Salmonella-Shigella; ágar de
MacConkey – permite o crescimento de
bactérias Gram negativas.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 11


Meios de Cultura Diferenciais
• Permite o desenvolvimento de grupos de
microrganismos com características definidas,
o que permite diferenciar um grupo ou
espécie.
• Ex. Ágar de MacConkey
• Ex. Ágar de Sangue

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 12


Meios de Cultura Diferenciais

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 13


Meios de Cultura Diferenciais

Hemólise no ágar de sangue

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 14


Técnicas de Sementeira

• Tipos (Principais)
Picada
Esgotamento (estrias)
Lençol (específico para TSA)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 15


Materiais necessários
• Agulha bacteriológica
• Ansa bacteriológica
• Bico de bunsen
• Meio de cultura
• Amostra/inóculo

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 16


Técnica de Picada
• Mergulha-se a agulha bacteriológica
esterilizada na cultura bacteriana. Em seguida
é feita uma “injeção” com a agulha carregada
de microrganismos no meio de cultivo semi-
sólido.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 17


Técnica de Esgotamento
• Divide-se a placa de Petri em três ou quatro
partes.
• Mergulha-se a alça esterilizada na cultura
bacteriana.
• Devem ser feitas estrias em cada divisão,
respeitando as linhas e utilizando da melhor
forma posível toda a superfície da placa.
• O objectivo desta técnica é obter (isolar) colónias
puras de amostras que contenham microbiota
mista, sendo útil também para o estudo da
morfologia colonial.
DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 18
TÉCNICA DE ESTRIAS

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 19


Técnica de Lençol

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 20


Provas de Identificação Bioquímica
• Investigação de actividades metabólicas dos
microrganismos.
• Auxiliam na identificação de grupos ou
espécies de bactérias ou leveduras através da
verificação de tranformações químicas que
ocorrem num determinado substrato pela
acção de enzimas (do microrganismo).

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 21


Provas de Identificação Bioquímica
• Prova da Catalase
≠ Streptococcus (-) de Staphylacoccus (+)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 22


Provas de Identificação Bioquímica
• Prova da Coagulase
≠ Staphylacoccus aureus (+) de Staphylacoccus
sp. (-)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 23


Provas de Identificação Bioquímica
• Prova de Citocromo-oxidase

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 24


Provas de Identificação Bioquímica
• Provas Fermentativas
Determinar a fonte de carbono usada pela
bactéria.

• Prova do sulfureto de hidrogénio (H2S)


 Identifica bactérias que degradam o enxofre
produzindo H2S.

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 25


(cont.) Ágar Kliger Ferro (KIA)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 26


Ágar Kliger Ferro (KIA)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 27


DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 28
Provas de Identificação
• Prova da Motilidade
Prova fisiológica; Indicação indirecta da
presença de flagelos

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 29


Identificação Bioquímica

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 30


Teste de Sensibilidade a
Antimicrobianos (TSA)

DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 31


DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 32
DOCENTE: NISHAD JIKAR MAHOMED 33