Você está na página 1de 14

Geometria Molecular

Teoria da Repulsão dos Pares de Elétrons da


Camada de Valência

“ O melhor arranjo de
um dado domínio de
elétrons é aquele que
minimiza as repulsões
entre eles. ”

As interações de repulsão entre os


elétrons seguem a seguinte ordem:

repulsão do par repulsão do par e- repulsão do par e -


> >
livre e - par e livre livre - par e- ligado ligado - par e- ligado
- -
1
Geometria Molecular
Arranjo dos
no pares pares pares pares geometria
eletrônicos eletrônicos ligantes livres molecular Exemplo

2 2 0

Arranjo dos
no pares pares pares pares geometria
eletrônicos eletrônicos ligantes livres molecular Exemplo

3 3 0

Trigonal planar

2
“V”
Geometria Molecular
Arranjo dos
no pares pares pares pares geometria
eletrônicos eletrônicos ligantes livres molecular Exemplo

4 4 0

Tetraédrica Tetraédrica

3 1

Piramidal trigonal

2 2

angular 3
Geometria Molecular
no pares Arranjo dos pares pares geometria
eletrônicos pares e- ligantes livres molecular Exemplo

5 5 0 PCl5

trigonal bipiramidal trigonal bipiramidal

4 1 SF4

gangorra

3 2 ClF3

forma - T

XeF2
2 3
4
linear
Geometria Molecular
no pares Arranjo dos pares pares geometria
eletrônicos pares e- ligantes livres molecular Exemplo

6 6 0

Octaédrica octaédrica

5 1

piramidal quadrática

4 2

quadrado planar 5
Polaridade dipolos de ligação

Não é devido a presença de


ligações polares que a momento de dipolo total = 0
molécula toda será polar.

dipolos de ligação

Pela adição dos momentos


de dipolo das ligações, pode-
se determinar o momento de
dipolo total da molécula .
momento de 6
dipolo total
Polaridade e Geometria Molecular

Polar
Polar

Apolar

Apolar Polar
7
Forças Intermoleculares
➢ São forças de atração entre as moléculas.
✓ Exercem influencia maior nas
ligação covalente fases condensadas.
✓ São as principais responsáveis
pelas propriedades macroscópicas
da matéria (ponto de fusão e
ebulição, pressão de vapor e
força intermolecular viscosidade)
✓ São mais fracas que as forças
intramoleculares.

Tipos de forças intermoleculares


Forças de van der Waals Interações íon-dipolo
interações dipolo-dipolo
ligações de hidrogênio
forças de dispersão de London
8
Interações Dipolo-Dipolo
Moléculas que tem dipolos permanentes
são atraídas umas pelas outras.

✓ Polaridade das moléculas


influencia na força de interação

A interação entre ✓ Influencia o ponto de ebulição


quaisquer cargas de sinal
oposto é atrativa

A interação entre quaisquer


cargas de mesmo sinal é
repulsiva.

9
Forças de Dispersão de London

➢ Forças de dispersão
de London, ou forças de
dispersão, são forças de
atração entre um dipolo
instantâneo e um dipolo
induzido.
➢ Estas forças estão presentes em todas as
moléculas, sejam polares ou apolares.

Polarizabilidade
➢ Tendência da nuvem eletrônica ser
distorcida

➢ A forma das moléculas tende a


influenciar a polarizabilidade

➢ Menor área superficial menor


polarizabilidade. 10
Fatores que afetam as Forças de Dispersão
➢ Quanto maior o
tamanho da molécula -
maiores as forças de
dispersão
➢ Átomos maiores -
maior polarizabilidade
da nuvem eletrônica

Interações dipolo-dipolo vs forças de dispersão

11
Ligações de Hidrogênio

➢ As interações dipolo-dipolo experimentadas


quando o H esta ligado a átomos de F, O, e N são
incomunmente fortes.

➢ Essas interações são chamadas de ligações


de hidrogênio

➢ A ligação de hidrogênio surge devido a dois fatores:

✓ A alta eletronegatividade dos átomos de F, O e N

✓ Quando o átomo de hidrogênio esta ligado


a átomos muito eletronegativos, o nucleo do
hidrogênio fica praticamente exposto.

12
Interações íon-dipolo

atrações cátion-dipolo atrações ânion-dipolo

➢ As interações ion-dipolo (um quarto tipo de força) são importantes para soluções
de íons.
➢ A força destas interações é o que torna possivel compostos iônicos se
dissolverem em solventes polares.

13
Resumo das Interações Intermoleculares

14

Você também pode gostar