Você está na página 1de 4

T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! 5. Os pequeninos e pobres reclamam 23.

Bênção Final e Despedida


de nós desapego total: / na santidade,
P. Atendei às preces da vossa família, que P. O Senhor esteja convosco
está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, renúncia, a Igreja procura imitar teu amor
Pai de misericórdia, todos os vossos filhos radical. T. Ele está no meio de nós.
e filhas dispersos pelo mundo inteiro. 6. Sempre que a Igreja promove a paz, P. Que o Deus de toda consolação dis-
liberdade, justiça também, / lembra que ponha na sua paz os vossos dias e vos
T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!
estás em quem sofre, e o amor só descansa conceda as suas bênçãos.
P. Acolhei com bondade no vosso reino se a dor não ferir mais ninguém. T. Amém.
os nossos irmãos e irmãs que partiram
desta vida e todos os que morreram na Momento de silêncio para oração pessoal.
P. Sempre vos liberte de todos os perigos e
vossa amizade. Unidos a eles, esperamos confirme os vossos corações em seu amor.
também nos saciar-nos eternamente da T. Amém.
vossa glória, por Cristo, Senhor nosso. Antífona da Comunhão (Sl 144,15)
Todos os olhos, ó Senhor, em vós esperam P. E assim, ricos em esperança, fé e cari-
T. A todos saciai com vossa glória! dade, possais viver praticando o bem e
e vós lhes dais no tempo certo o alimento.
P. Por ele dais ao mundo todo bem e toda chegar felizes à vida eterna.
graça. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a 20. Ação de Graças T. Amém.
vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade
do Espírito Santo, toda a honra e toda a 1. Nada falo, só escuto, é  tão doce tua voz P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai
glória, agora e para sempre. (2x) . / Meu desejo é estar sempre contigo. / e Filho = e Espírito Santo.
T. Amém. Agradeço, nada tenho a te pedir. T. Amém.
2. Nada posso, nada tenho, nada sei e P. Glorificai o Senhor com vossa vida;
18. Rito da Comunhão nada sou (2x) . / Só  não pode me faltar a ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
P. Rezemos, com amor e confiança, a tua graça. / Nunca deixe que me falte o T. Graças a Deus.
oração que o Senhor Jesus no ensinou: teu amor.
T. Pai nosso... (O celebrante continua) 24. Canto Final
21. Depois da Comunhão (De pé) 1. Lembrando tua voz que então falou
19. Canto de Comunhão P. OREMOS: Renovados pelo Corpo e “Ide, ensinai”! / Em meio às provações, a
Sangue do vosso Filho, nós vos pedimos, Igreja quer se reanimar. / Renova seu fervor
1. Jorra uma fonte de graça de teu sacri- ó Deus, que possamos receber um dia,
fício na cruz, ó Senhor, / que é renovado espiritual mais uma vez; / vai alegre pelo
resgatados para sempre, a salvação que
na missa, lembrança perpétua da morte devotamente estamos celebrando. Por mundo anunciar.
de um Deus vencedor. Cristo, nosso Senhor. REFRÃO: Eu vou proclamar o Reino
REFRÃO: Evangelização nos leva até T. Amém. com todo fervor. / Eu vou arriscar minha
o próprio Deus, / aqui na Eucaristia e vida por teu amor!
noutra vida que virá, no céu.
2. Somente ao receber Teu Santo Espírito,
2. Para anunciar o Evangelho, a Igreja se Ritos Finais Jesus, / os doze vão levar a Boa Nova, sem
nutre do vinho e do pão: / prova de amor temer. / É Ele o principal na pregação: é
que nos deste, exemplo de como devemos
amar nosso irmão. 22. Vivência inspirador / dos que lutam pelo Reino até
morrer.
L. Terminada a Santa Missa, pela qual o
3. Dizes, no teu testamento, que o mundo
dom gratuito da graça de Deus foi derra-
crerá, saberá quem tu és, / vendo a uni- ORAÇÃO DO DIZIMISTA
mado sobre nós pela atualização do sacri-
dade da Igreja, reflexo do amor entre ti e “Recebei, Senhor, a minha oferta. Não é
fício redentor de Cristo, somos chamados
teu Pai, nos fiéis. uma esmola, porque não sois mendigo!
a sermos nós mesmos os portadores dessa Não é um auxílio, porque não precisais
4. Teu Evangelho renova, faz dar teste- graça, levando-a aos nossos irmãos que dele! Também não é o que me sobra, que
munho, nos leva a anunciar. / Quando clamam por Deus em suas necessidades. vos ofereço. Esta oferta representa minha
ele é bem acolhido, mais um coração se Sejamos outros “cristos”, dispensadores gratidão! Pois o que tenho eu o recebi de
vós. Amém!”
une ao grupo cristão, para amar. da misericórdia de Deus.
LEITURAS DA SEMANA
22/2 feira: S. Paulino de Nola B; Ss. João Fisher B e Tomás Moro Mts.: 2Rs 17, 5-8.13-15a.18; Sl 59(60); Mt 7, 1-5; 23/3 a feira: 2Rs 19, 9b-11.14-21.31-35a.36; Sl
a

47(48); Mt 7, 6.12-14; 24/4 a feira: NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA, solenidade: Is 49, 1-6; Sl 138(139); At 13, 22-26; Lc 1, 57-66.80; 25/5 a feira: 2Rs
24,8-17; Sl 78(79); Mt 7, 21-29; 26/6 a feira: 2Rs 25,1-12; Sl 136(137); Mt 8,1-4; 27/Sábado: S. Cirilo de Alexandria BDr: Lm 2, 2.10-14.18-19; Sl 73(74); Mt 8, 5-17.

COM APROVAÇÃO ECLESIÁSTICA PORTAL DA ARQUIDIOCESE


Publicação da Coordenação de Pastoral da Arquidiocese do Rio de Janeiro. DO RIO DE JANEIRO
Rua Benjamin Constant, 23 – CEP 20241-150 – Rio de Janeiro, RJ – Telefax: 2292-3132.
Cantos selecionados pela Comissão Arquidiocesana de Música Sacra. www.arquidiocese.org.br

LI V R A R I A E EDITOR A NOSSA SEN HOR A DA PA Z: Rua Joa na A ngél ic a, 71 – Ipa nema


C EP: 224 2 0 - 03 0 – R io de Ja nei ro, RJ – Bra si l – Tel.: (21) 2521-7299 - Fa x : (21) 2513 -2955 – ed itora@n spa z .org.br
Ano A – n o 39 – 21 de junho de 2020

12o Domingo do
Tempo Comum
Ano Missionário

Neste Dia do Senhor, nos encontramos reunidos sob o seu Nome e sob a sua pro-
teção. Se a caminhada nos impõe desafios, e até a perseguição, o discípulo de Jesus
sabe reconhecer a presença e a ação de Deus, que supera largamente todo mal, a
proteger e guiar seus fiéis. Na confiança do amor constante de Deus pelos seus filhos
e na perseverante busca por vencermos, em Cristo, a mentira do pecado e as trevas
do erro, celebremos o sacrifício redentor de nosso Senhor, a Verdade que nos salva.

P. O Senhor, que encaminha os nossos T. Senhor, tende piedade de nós.


corações para o amor de Deus e a cons- P. Cristo, tende piedade de nós.
Ritos Iniciais tância de Cristo, esteja convosco.
T. Cristo, tende piedade de nós.
T. Bendito seja Deus que nos reuniu P. Senhor, tende piedade de nós.
no amor de Cristo.
1. Canto de Entrada (De pé) T. Senhor, tende piedade de nós.
1. Antes que te formasse dentro do seio Antífona da Entrada (Sl 27,8-9)
4. Hino de Louvor
de tua mãe, / antes que tu nascesses, te O Senhor é a força de seu povo, fortaleza
conhecia e te consagrei, / para ser Meu e salvação do seu Ungido. Salvai, Senhor, P. Glória a Deus nas alturas,
profeta entre as nações eu te escolhi. / vosso povo, abençoai vossa herança e T. e paz na terra aos homens por Ele
Irás aonde eu te envio e o que te mando governai para sempre os vossos servos. amados. / Senhor Deus, rei dos céus,
proclamarás! / Deus Pai todo-poderoso: / nós vos
REFRÃO: Tenho de gritar, tenho de 3. Ato Penitencial louvamos, / nós vos bendizemos, / nós
arriscar, ai de mim se não o faço! / Como vos adoramos, / nós vos glorificamos, /
escapar de Ti? Como calar se Tua voz P. No dia em que celebramos a vitória de nós vos damos graças por vossa imen-
arde em meu peito? / Tenho de andar, Cristo sobre o pecado e a morte, também sa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho
tenho de lutar, ai de mim se não o faço! nós somos convidados a morrer para o Unigênito, / Senhor Deus, / Cordeiro
/ Como escapar de Ti? Como calar se pecado e ressurgir para uma vida nova. de Deus, / Filho de Deus Pai. / Vós que
Tua voz arde em meu peito? Reconheçamo-nos necessitados da mise- tirais o pecado do mundo, / tende pie-
ricórdia do Pai. dade de nós. / Vós que tirais o pecado
2. Não temas arriscar-te porque contigo
P. Confessemos os nossos pecados: do mundo, / acolhei a nossa súplica. /
Eu estarei. / Não temas anunciar-me, Vós que estais à direita do Pai, / tende
porque em tua boca Eu falarei. / Entre- T. Confesso a Deus todo-poderoso e a piedade de nós. / Só vós sois o Santo, /
go-te meu povo, vai arrancar e derrubar; vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas só vós, o Senhor, / só vós, o Altíssimo,
/ para edificar, destruirás e plantarás. vezes por pensamentos e palavras, atos / Jesus Cristo, / com o Espírito Santo,
3. Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e e omissões, por minha culpa, minha tão na glória de Deus Pai. / Amém.
tua mãe. / Deixa tua casa porque a terra grande culpa. E peço à Virgem Maria,
gritando está. / Nada tragas contigo, aos anjos e santos e a vós, irmãos e 5. Oração
porque ao teu lado Eu estarei. / É hora irmãs, que rogueis por mim a Deus,
nosso Senhor. P. OREMOS: Senhor, nosso Deus, dai-
de lutar, porque Meu povo sofrendo está. -nos por toda a vida a graça de vos amar
P. Deus todo-poderoso tenha compaixão e temer, pois nunca cessais de conduzir
2. Saudação de nós, perdoe os nossos pecados e nos os que firmais no vosso amor. Por nosso
P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito conduza à vida eterna. Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na uni-
Santo. T. Amém. dade do Espírito Santo.
T. Amém. P. Senhor, tende piedade de nós. T. Amém.

Entrada: D.R.; Aclamação, Ofertas, Comunhão: D. Carlos Alberto Navarro e Waldeci Farias; Ação de Graças: Oswaldo dos Santos; Canto Final: D. Carlos Alberto Navarro.
entrou a morte. E a morte passou para me negar diante dos homens, também eu
todos os homens, porque todos pecaram. o negarei diante do meu Pai que está nos
Liturgia da Palavra 13
Na realidade, antes de ser dada a Lei, já
havia pecado no mundo. Mas o pecado
céus. Palavra da Salvação.

não pode ser imputado, quando não há T. Glória a vós, Senhor.


L. O Pai está sempre disposto a atender
seus filhos que sofrem e por Ele clamam; lei. 14No entanto, a morte reinou, desde
ensina-nos a buscar o que é do alto e a Adão até Moisés, mesmo sobre os que 11. Homilia (Sentados)

declarar Jesus como Salvador. não pecaram como Adão, o qual era a Momento de silêncio para meditação pessoal.
figura provisória daquele que devia vir.
15
Mas isso não quer dizer que o dom da
6. Primeira Leitura graça de Deus seja comparável à falta de 12. Profissão de Fé (De pé)
(Jr 20,10-13) (Sentados)
Adão! A transgressão de um só levou a P. Creio em Deus Pai todo-poderoso,
Leitura do Livro do Profeta Jeremias multidão humana à morte, mas foi de
modo bem superior que a graça de Deus, T. criador do céu e da terra. / E em
Jeremias disse: 10“Eu ouvi as injúrias de Jesus Cristo, seu único Filho, nosso
tantos homens e os vi espalhando o medo ou seja, o dom gratuito concedido através
de um só homem, Jesus Cristo, se derra- Senhor, / que foi concebido pelo poder
em redor: ‘Denunciai-o, denunciemo-lo.’ do Espírito Santo; / nasceu da Virgem
Todos os amigos observavam minhas mou em abundância sobre todos. Palavra
do Senhor. Maria; / padeceu sob Pôncio Pilatos,
falhas: ‘Talvez ele cometa um engano e / foi crucificado, morto e sepultado.
nós poderemos apanhá-lo e desforrar-nos T. Graças a Deus. / Desceu à mansão dos mortos; / res-
dele.’ 11Mas o Senhor está ao meu lado, suscitou ao terceiro dia; / subiu aos
como forte guerreiro; por isso, os que me 9. Aclamação ao Evangelho céus; / está sentado à direita de Deus
perseguem cairão vencidos. Por não terem (De pé) Pai todo-poderoso, / donde há de vir
tido êxito, eles se cobrirão de vergonha. a julgar os vivos e os mortos. / Creio
Eterna infâmia, que nunca se apaga! 12Ó REFRÃO: Aleluia! Aleluia! Aleluia!
Aleluia! no Espírito Santo; / na Santa Igreja
Senhor dos exércitos, que provas o homem Católica; / na comunhão dos santos;
justo e vês os sentimentos do coração, 1. Jesus, primeiro evangelizador, a Igreja / na remissão dos pecados; / na res-
rogo-te me faças ver tua vingança sobre continua a tua missão. / Porém, precisa surreição da carne; / na vida eterna. /
eles; pois eu te declarei a minha causa. ainda ser evangelizada / e sempre reno- Amém.
13
Cantai ao Senhor, louvai o Senhor, pois vada por uma conversão.
ele salvou a vida de um pobre homem das 13. Preces da Comunidade
mãos dos maus.” Palavra do Senhor. 2. Os teus ensinamentos, ó Senhor, a
Igreja é fiel em proclamar. / A salvação P. Irmãos e irmãs, a oração do humil-
T. Graças a Deus. e a graça, tesouros preciosos, / não sejam de alcança os Céus; elevemos, pois, com
escondidos. São pra comunicar. humildade e confiança nossas fervorosas
7. Salmo Responsorial [Sl 68(69)]
preces, clamando ao Senhor:
REFRÃO: Atendei-me, ó Senhor, pelo 10. Evangelho (Mt 10,26-33)
T. Vinde em nosso auxílio, Senhor; nós
vosso imenso amor! P. O Senhor esteja convosco. temos confiança em Vós!
1. Por vossa causa é que sofri tantos insul-
T. Ele está no meio de nós. 1. Pela Santa Igreja de Deus, que teste-
tos, * e o meu rosto se cobriu de confusão;
eu me tornei como um estranho a meus P. = Proclamação do Evangelho de Jesus munha e declara o senhorio de Cristo
irmãos, * como estrangeiro para os filhos Cristo segundo Mateus. no mundo marcado pela mentira e pelo
de minha mãe. Pois meu zelo e meu amor pecado, para que não cesse de ser sal da
T. Glória a vós, Senhor. terra e luz do mundo, confirmando seus
por vossa casa * me devoram como fogo
abrasador. P. NAQUELE TEMPO, disse Jesus a fiéis na fé e na santidade, clamemos ao
seus apóstolos: 26Não tenhais medo dos Senhor:
2. Por isso elevo para vós minha oração, *
neste tempo favorável, Senhor Deus! Res- homens, pois nada há de encoberto que 2. Pelos povos do mundo inteiro, para que
não seja revelado, e nada há de escondido descubram em Cristo a verdadeira paz, a
pondei-me pelo vosso imenso amor, * pela
que não seja conhecido. 27O que vos digo sua única salvação e vida, clamemos ao
vossa salvação que nunca falha! Senhor,
na escuridão, dizei-o à luz do dia; o que Senhor:
ouvi-me, pois suave é vossa graça, * ponde
escutais ao pé do ouvido, proclamai-o
os olhos sobre mim com grande amor! 3. Por todos os cristãos perseguidos, para
sobre os telhados! 28Não tenhais medo
3. Humildes, vede isto e alegrai-vos: o daqueles que matam o corpo, mas não que não percam a fé e a confiança em
vosso coração reviverá, * se procurardes o podem matar a alma! Pelo contrário, Deus, e tenham seus direitos civis res-
Senhor continuamente! Pois nosso Deus temei aquele que pode destruir a alma peitados, clamemos ao Senhor:
atende à prece dos seus pobres, * e não e o corpo no inferno! 29Não se vendem 4. Por todos os que padecem todo tipo de
despreza o clamor de seus cativos. Que dois pardais por algumas moedas? No doenças, sofrimentos e necessidades, para
céus e terra glorifiquem o Senhor * com entanto, nenhum deles cai no chão sem que, crendo que as alegrias da vida futura
o mar e todo ser que neles vive! o consentimento do vosso Pai. 30Quanto são muito superiores às da vida presente,
a vós, até os cabelos da vossa cabeça estão encontrem, no regaço acolhedor de Deus,
8. Segunda Leitura (Rm 5,12-15) todos contados. 31Não tenhais medo! Vós paz, esperança e conforto, clamemos ao
valeis mais do que muitos pardais. 32Por- Senhor:
Leitura da Carta de São Paulo aos tanto, todo aquele que se declarar a meu
Romanos favor diante dos homens, também eu me 5. Pelos nossos fiéis falecidos, que, em
Irmãos: 12O pecado entrou no mundo declararei em favor dele diante do meu Pai vida, professaram a fé em Cristo, para que
por um só homem. Através do pecado, que está nos céus. 33Aquele, porém, que encontrem a misericórdia de Deus até o
dia em que o Senhor voltar para conduzir 17. Oração Eucarística III TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O
seus eleitos à vida eterna, clamemos ao MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE
Prefácio dos Domingos do Tempo
Senhor:
Comum, III POR VÓS.
(Outros pedidos)
A salvação dos homens, pelo homem Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou
P. Pai Santo, que destes à humanidade o P. O Senhor esteja convosco.
o cálice em suas mãos, deu graças nova-
Nome acima de todo nome para a nossa mente, e o deu a seus discípulos, dizendo:
salvação, conservai-nos sempre no vosso T. Ele está no meio de nós.
TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O
amor e sob a vossa proteção. Por nosso P. Corações ao alto. CÁLICE DO MEU SANGUE, O SAN-
Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na uni- GUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA,
dade do Espírito Santo. T. O nosso coração está em Deus.
QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E
T. Amém. P. Demos graças ao Senhor, nosso Deus. POR TODOS PARA REMISSÃO DOS
T. É nosso dever e nossa salvação. PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA
DE MIM.
P. Na verdade, é justo e necessário, é nosso
Liturgia Eucarística dever e salvação dar-vos graças, sempre e Eis o mistério da fé!
em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte
eterno e todo-poderoso. Nós reconhece- e proclamamos a vossa ressurreição.
14. Canto das Ofertas (Sentados) mos ser digno da vossa imensa glória vir Vinde, Senhor Jesus!
REFRÃO: O coração do homem que em socorro de todos os mortais com a vossa
divindade. E servir-vos de nossa condição P. Celebrando agora, ó Pai, a memória do
quer libertação, / encontra sua resposta vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da
na evangelização. mortal, para nos libertar da morte e abrir-
-nos o caminho da salvação, por Cristo, sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão
1. Que é evangelizar? É a todos contar: Senhor nosso. Por ele, os anjos celebram ao céu, e enquanto esperamos a sua nova
Deus nos ama com amor de Pai / e, dando vossa grandeza, os santos proclamam vinda, nós vos oferecemos em ação de gra-
o próprio Filho, no Espírito, os homens vossa glória. Concedei-nos também a nós ças este sacrifício de vida e santidade.
atrai. / É dizer que, em Jesus, somos todos associar-nos aos seus louvores, cantando T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
irmãos, salvação tem começo aqui, / mas (dizendo) a uma só voz:
só na eternidade se deve concluir. P. Olhai com bondade a oferenda da vossa
T. Santo, Santo, Santo, / Senhor, Deus Igreja, reconhecei o sacrifício que nos
2. Para evangelizar, não nos basta pre- do universo! / O céu e a terra procla- reconcilia convosco e concedei que, ali-
gar. A missão ainda é bem maior: / fazer mam a vossa glória. / Hosana nas altu- mentando-nos com o Corpo e o Sangue do
pessoas, povos, mudar todo o seu interior. ras! / Bendito o que vem em nome do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito
/ Ajudados por Deus, converter corações, Senhor! / Hosana nas alturas! Santo e nos tornemos em Cristo um só
renovar formas de viver, / modificar cri- corpo e um só espírito.
térios e os ideais rever. P. Na verdade, vós sois santo, ó Deus do
universo, e tudo o que criastes proclama T. Fazei de nós um só corpo e um só
o vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, espírito!
15. Convite à Oração (De pé)
vosso Filho e Senhor nosso, e pela força
P. Orai, irmãos e irmãs, para que levando do Espírito Santo, dais vida e santidade P. Que ele faça de nós uma oferenda per-
ao altar as alegrias e fadigas de cada dia, a todas as coisas e não cessais de reunir feita para alcançarmos a vida eterna com
nos disponhamos a oferecer um sacrifício o vosso povo, para que vos ofereça em os vossos santos: a Virgem Maria, Mãe
aceito por Deus Pai todo-poderoso. toda parte, do nascer ao pôr do sol, um de Deus, São José, seu esposo, os vossos
sacrifício perfeito. Apóstolos e Mártires, N. (o santo do dia
T. Receba o Senhor por tuas mãos este ou o padroeiro) e todos os santos, que não
sacrifício, para glória do seu nome, para T. Santificai e reuni o vosso povo! cessam de interceder por nós na vossa
nosso bem e de toda a santa Igreja. P. Por isso, nós vos suplicamos: santificai presença.
pelo Espírito Santo as oferendas que vos T. Fazei de nós uma perfeita oferenda!
16. Oração Sobre as apresentamos para serem consagradas, a
Oferendas fim de que se tornem o Corpo e = o Sangue P. E agora, nós vos suplicamos, ó Pai,
de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que este sacrifício da nossa reconciliação
P. Acolhei, ó Deus, este sacrifício de
que nos mandou celebrar este mistério. estenda a paz e a salvação ao mundo intei-
reconciliação e louvor, e fazei que, puri-
ro. Confirmai na fé e na caridade a vossa
ficados por ele, possamos oferecer-vos T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor!
Igreja, enquanto caminha neste mundo:
um coração que vos agrade. Por Cristo,
P. Na noite em que ia ser entregue, ele o vosso servo o Papa N., o nosso Bispo N.,
nosso Senhor.
tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu com os bispos do mundo inteiro, o clero
T. Amém. a seus discípulos, dizendo: e todo o povo que conquistastes.

No próximo domingo a Igreja festeja o


Dia do Papa.
Que o Senhor proteja e abençoe o Papa Francisco.