Você está na página 1de 1

3.

4 Dimensionamento do Sistema de Emergência para salas de máquinas que utilizam


amônia em seus sistemas. Parte 4

Para o dimensionamento dos dutos de exaustão, utilizou-se o método da velocidade. De


acordo com Macintyre (1990), os valores recomendados da velocidade de escoamento de ar nos
dutos de baixa pressão segundo a NB-10/1978 para prédios industriais estão entre 6,0 e 9,0 m/s.
Mesmo sabendo-se que quanto maior a velocidade, maior será a perda de carga e a potência
exigida do ventilador, definiu-se a velocidade de 9,0 m/s para o dimensionamento dos dutos a fim
de se evitar diâmetros muito grandes, uma vez que se têm muitas interferências para suportação
dos mesmos.
O dimensionamento utilizou-se da Equação de Continuidade e no Princípio da Conservação
da Energia para Fluidos em Escoamento, traduzida pela equação de Bernoulli. Através das
Equações 6 e 7, calcularam-se os diâmetros dos dutos para as três salas de máquinas.
= (06)

²
A= (07)

onde,

= vazão m³/s ;

= área transversal da seção de escoamento m ;

= velocidade do escoamento m/s ;

" = diâmetro do duto m ;

Sala de máquina 1
% '()*,( ⁄,)--
= = = 0,24 2²
& (,-

4 -,
"=3 =3 = 0,55 2
5 5

Sala de máquina 2
% 7-'-*,)8⁄,)--
=&= (,-
= 0,33 2²

4 -,,,
"=35 =3 5
= 0,64 2