Você está na página 1de 4

O que é a arte? Para que serve?

FTD
Quando se fala em artes a primeira coisa que vem a mente são: os museus, as
músicas, a literatura, pintura, escultura, peças teatrais... Mas, como essas coisas
foram tidas como arte?
O termo arte provém do latim, “ars” que significa técnica, isso quer dizer que
ela corresponde a algo maior e mais profundo que uma mera liberação de
sentimentos. Isso é verdade porque a arte tem como finalidade transmitir algo ao
espectador, seja uma crítica, um conhecimento, uma contemplação...
Ao falar de arte não podemos deixar de analisar algumas características que
ela apresenta, uma delas é a estética que é de origem grega ”aisthésis” significando
percepção e compreensão do que é belo. Por isso que quando falamos de estética
nos dias atuais é comum as pessoas ligarem com clínicas e salões de beleza,
academias, porque a estética está relacionada com a identificação daquilo que é belo.
Mas, afinal o que é o belo? A história apresenta-nos um leque de definições.
Platão: Teoria das essências
Aristóteles: Para o filósofo, para adquirir o belo era necessário o uso da
técnica, que por sua vez, deveria conter, ordem, simetria e grandeza. Assim, a
arte não deveria ser uma imitação, mas deveria representar a realidade tal como
ela o é – Catarse
Alexandre Baumgarten – O belo não está apenas no objeto, mas nos
olhos de quem as vê (Quem necessita de uma educação para conseguir
perceber o belo)
David Hume – “O sentimento está sempre certo, porque não temos outro
referente senão ele mesmo”1. O belo é subjetivo
Immanuel Kant – O belo está ligado com o prazer e com o desprazer –
subjetivo – Não é cognitivo.
Portanto, o belo e a estética são mutáveis, isto é, variam de acordo com a
sociedade e a época.

ARTE: CONCEITO, ORIGEM E FUNÇÃO


FERREIRA, Irama Sonary de Oliveira

A arte é definida como um conhecimento que esteve presente desde as


primeiras manifestações da humanidade. Como exemplo disso temos as pintura

1
8
rupestres que eram feitas pelos homens da caverna, cuja finalidade era transmitir
ideias e emoções.
Por meio da arte o homem é convidado a transformar a natureza, modificando-
a e dando uma nova forma a realidade externalizando a sua imaginação. Assim, a arte
mostra a sociedade como as coisas poderiam ser e não uma mera visão de como as
coisas são...
Segundo Azevedo Júnior (2007) para que a arte exista é necessário a
existência de três elementos: o artista, o observador e a obra de arte. O artista é
aquele que tem o conhecimento concreto, abstrato e individual sobre determinado
assunto que se estressa e transmite esse conhecimento através de um objeto artístico
(pintura, escultura, dentre outros) que represente suas idéias. O segundo, o
observador, é aquele que faz parte do publico que observa a obra para chegar ao
caminho de mundo que ela contém, ainda terá que ter algum conhecimento de história
e historia da arte para poder entender o contexto de tal arte. O terceiro, a obra de arte,
é a criação do objeto artístico que vai ate o entendimento do observador, pois todas as
artes tem um fim em si, ou seja, uma tradução2.
Cada sociedade apresenta um estilo diferente de fazer arte, pois possuem seu
próprios valores morais, religiosos, artísticos entre outros. Baseado nisto, cada região
tem sua cultura, no entanto, a arte se manifesta de acordo com elas3.
De acordo com Tabosa, o termo arte provém do latim e designa habilidade de
determinada atividade humana.
A arte apresenta três funções na sociedade, são elas: a pragmática, a
naturalista e formalista. A pragmática ocupa-se em apresentar uma crítica a sociedade
(auto da compadecida); a naturalista objetiva apresentar ao observador a realidade de
forma mais natural possível e a formalista ocupa-se em mostrar a estética

EDUCAÇÃO PARA APRECIAÇÃO ARTÍSTICA: POLÊMICAS ATUAIS


PUC
Para que o conhecimento seja difundido por meio da arte é necessário que o
observador apresente certo esforço para compreender aquilo que será transmitido e o
autor, por sua vez, apresente competências para tal.
“A obra de arte, como entidade física, é inteira e única. No entanto, na
mente do espectador podem ser selecionados diferentes ângulos de
observação. Essa diversidade de angulação mental, quando inteiramente
realizada, permitirá ao observador ver a obra de arte em toda a sua
riqueza, absorvendo de modo completo o respectivo conteúdo. A cada
ângulo ele apreenderá uma fatia do conteúdo, a cada ponto de vista
2
3
3
4
observará uma parte do conteúdo total.”4
Mas como se desenvolve essa competência? Como aprimoramos nosso
olhar? Como podemos compreender e pensar criticamente sobre as imagens?
De que forma podemos chegar a essa apreciação ativa? Como se dá esse
processo?5
Se a arte proporciona um desenvolvimento da capacidade crítica das pessoas,
podemos afirmar que não é papel unicamente da escola auxiliar nesse processo, mas
também todos estabelecimentos que estão inseridos nesse processo.

ARTE
A arte ou habilidade designa um meio de manifestação ou comunicação que se
expressa por meio de uma gama de expressões, tais como: teatro, esculturas,
pinturas...
A arte apresenta algumas características, entre elas podemos elencar:
_ a manifestação de alguma habilidade especial,
_ a criação artificial de algo pelo ser humano;
_ o desencadeamento de algum tipo de resposta no ser
humano, como o senso de prazer ou beleza;
_ a apresentação de algum tipo de ordem, padrão ou
harmonia;
_ a transmissão de um senso de novidade e ineditismo;
_ a expressão da realidade interior do criador;
_ a comunicação de algo sob a forma de uma linguagem
especial;
_ a noção de valor e importância;
_ a excitação da imaginação e a fantasia;
_ a indução ou comunicação de uma experiência-pico;
_ coisas que possuam reconhecidamente um sentido;
_ coisas que deem uma resposta a um dado problema.
Em relação a utilização do termo arte ainda existem inúmeros inconsistências, por
exemplo, um canto de ópera é tido como arte, porém o mesmo não é tido quando
cantamos no banheiro...
Contextualização histórica
Na Grécia Antiga arte era tida como uma habilidade que o indivíduo possuía. Neste
caso a poesia não foi posta como arte, visto que ela era fruto da inspiração. Por outro
lado, no Renascimento a poesia ficou tida como arte, pelo fato de ser valorizado a
imaginação do autor e o ponto de vista subjetivo.
Charles Baudelaire foi um dos primeiros
a analisar a relação da arte com o progresso e a era industrial,
prefigurando a noção de que não existe beleza
absoluta, mas que é relativa e mutável de acordo com os
tempos e com as predisposições de cada indivíduo6.

4
2
5
2
6
3
Segundo o dicionário britânico arte é tudo aquilo que foi criado pelo homem e está relacionado com a sua
habilidade ou imaginação.
Arte pré histórica
O homem no paleolítico desenvolveu a pintura rupestre e durante o neolítico devido ao sedentarismo
aprimorou a agricultura e o artesanato.
Arte antiga
Neste período a arte egípcia teve forte influência por meio da arquitetura, escultura e
pintura.