Você está na página 1de 8

Alterciência Projeto para uma nova disciplina

Título: Alterciência: um paradigma ético e espiritual para a ciência contemporânea:


história, teoria, crítica, metodologia, instituição

Proposição:

O conceito de Alterciência indica um novo paradigma que toma o ser humano em sua
complexidade biológica e espiritual como instrumento de um conhecimento renovado.

A ciência atual encontra-se limitada por não aceitar investigar fenômenos além das
possibilidades de seus instrumentos ou que não se enquadrem nos paradigmas dominantes.

No entanto, quanto mais a própria ciência desenvolve tecnologias para conhecer as


dimensões micro e macroscópicas mais se depara com sua própria dimensão existencial,
poética, linguageira, estética e supradimensional. Esta constatação deveria conduzir a uma
necessária investigação sobre a natureza não revelada, não aceita e mesmo negada do ser
humano e do universo, observados por paradigmas de uma ciência materialista.

Esta almejada pesquisa acerca da complexidade do universo e do ser humano já está sendo
aventada apenas nas bordas das instituições considerando as limitações do pensamento
científico tradicional, restrito a dogmas nunca discutidos e que não aceita considerar a
dimensão suprafísica do homem, da natureza e do cosmos.

Esta disciplina pretende abrir um campo de pesquisa, ensino, aprendizado, conduzindo a


uma gradativa institucionalização nas academias, universidades bem como na cultura, nas
artes, na filosofia propondo um projeto de longo prazo e alcance.

Tópicos

1. Ciência e Alterciência: aproximações, comparações e divergências

1.1. Crítica dos fundamentos da Ciência Pura e Aplicada


1.2 História e teoria da ciência materialista: o Cristianismo e o Iluminismo na Europa
1.3 As metodologias científicas como práticas ideológicas
1.4 A ciência enquanto instituição social: a universidade, a indústria, o governo,
os militares, os conflitos, a guerra
1.5 Alterciência: um paradigma ético e espiritual para a ciência contemporânea

SILVA, Franklin Leopoldo. Descartes; A metafísica da Modernidade. São Paulo, Ed.


Moderna, 1993.
SETZER W. Valdemar. Ciência, Religião e Espiritualidade.

2. Alterciência como proposição científica: a dimensão suprafísica

2.1 A natureza supra-física de fenômenos perceptíveis no ser humano e no mundo


2.2 As explicações tradicionais acerca dos processos supra-físicos da realidade
2.3 Alterciência: conceito, campo de pesquisa, instituição, simpósio

ARGUELLES, José. Cosmic History Chronicles, Volume II Book of the Avatar: Harmonic
History, Cosmic Science and the Descent of the Divine. Time and Cosmos: History the
Relative Pole, Law of Time Press, 2006.

3. Uma História Possível da Alterciência:

3.1 A pré-história da Ciência Tradicional: o Conhecimento nas sociedades pré-letradas


3.2 O alfabeto e o surgimento da ciência na Grécia antiga
3.3 As várias doutrinas de explicação do mundo:
Budismo, Hermetismo, Cabala, Cristianismo Esotérico, Neo-platonismo,
as teorias de Giordano Bruno, a física quântica

YATES, Frances Amelia. Giordano Bruno e a Tradição Hermética, São Paulo, Ed. Círculo do
livro, 1991
HAVELOCK, Eric. O Alfabeto Grego ...

4. Ciência e conhecimento das nas sociedades não-letradas na perspectiva pós-


colonial

4.1 Formas de conhecimento nas sociedades não-letradas


4.2 A função do conhecimento nas sociedades autóctones e indígenas
4.3 A proposição do perspectivismo indígena

CASTRO, Eduardo Viveiros de. Perspectivismo e multiculturalismo na América Indígena. In:


A inconstância da Alma Selvagem e outros ensaios de Antropologia. São Paulo, Ed. Cosac
Naify, 2002, 347 a 399.

DAVAUST, Michel. Écriture e Société Maya du IIe au Xe siècle. In: Histoire de l`Écriture.
Sous la directions de CHRISTIN, Anne-Marie. Paris, Ed. Flamarion, 2012.

5. Consciência na Ciência Contemporânea:


Fisica Quantica e os Novos Paradigmas
CAPRA, Fritjof. O Tao da Fisica: uma exploração dos paralelos entre a fisica moderna e o misticismo
oriental. Editorial Presença, Lisboa, 1989.

PRIGOGINE, Ilya & STENGERS, Isabelle. O fim das certezas: Tempo, Caos e as Leis da Natureza, Editora
UNESP, São Paulo, 1996

SCHAEFER, Lothar. A realidade quântica na evolução da biologia.

SCHAEFER, Lothar. Jung e a física quântica and spiritual mind.

SCHAEFER, Lothar. Quantum Reality and the importance of consciousness in the universe

5. Alterciência e Direito à informação

5.1 Direitos autorais, copyrights e domínio público


5.2 Proposição para uma ciência não-proprietária
5.3 Por um manifesto pela re-informacao
5.4 Sistemas alternativos: Creative Commons

Matuck, Artur. Um Manifesto pela Re-Informação.


Revista de Comunicação e Linguagens, Lisboa, Portugal, 2012.

Matuck, Artur. Eletroescritura e Direitos.pptx

6. Ciência, Biologia e Ecologia: os movimentos ambientais

6.1 Fundamentos das Ciências da Natureza


6.2 A invenção da Ecologia
6.3 O antropoceno

HARAWAY, Donna J., “A Cyborg Manifesto: Science, Technology, and Socialist-Feminism in


the Late Twentieth Century” In: Simians, Cyborgs, and Women: The Reinvention of Nature,
New York, Routledge, 1991 (Trad. Bras. Tomaz Tadeu. In: HARAWAY, Donna; KUNZRU,
Hari; TADEU, Tomaz, Antropologia do Ciborgue: As vertigens do pós-humano, Belo
Horizonte, Autêntica, 2009, 2a ed.)

Dawkins,

Capra, Fritjov.

7. Medicina e Farmácia diante da Ciência e da Alterciencia

7.1 Conhecimento científico e conhecimento tradicional nas curas médicas


7.2 O sistema proprietário e o sistema comunal na farmacologia
7.3 A Pandemia do Coronavírus

Boutang, Yann Moulier. Sidération Covid19 : l’économie suspendue


et ses trois grandes conséquences

Weibel, Peter. Vírus, viralidade, virtualidade: como está emergindo a primeira sociedade à distância na
história da humanidade

8. Filosofia, Ciência, Arte e Técnica:


linguagem e crítica do conhecimento como instrumento de dominação

8.1 Ciência Aplicada e Indústria da guerra


8.2 Globalitarismo
8.3 Filosofia da Técnica

Seligmann-Silva, Márcio. FILOSOFIA DA TÉCNICA: ARTE COMO CONQUISTA DE UM NOVO CAMPO


DE AÇÃO LÚDICO (SPIELRAUM) EM BENJAMIN E FLUSSER

DELEUZE & GUATTARI, O que é Filosofia.

9 A Dimensão da Linguagem na construção da Alterciencia

9.1 A Linguagem da Ciência através das Tecnologias da Comunicação

BAIRON, Sérgio.Texto, Imagem, áudio, hipermedia


BAIRON, Sérgio. O que é Hipermídia. São Paulo, Ed. Brasiliense, 2017

9.2 Alterciência e Arte Visionária: a superação dos paradigmas tradicionais do pensamento

ARGUELLES, José. The Transformative Vision: Reflections on the Nature & History of Human
Expression, Shambala, California, EUA, 1975.

ARGUELLES, José. Manifesto for the Noosphere: The Next Stage in the Evolution of Human
Consciousness (Manifesto Series) Paperback – September 6, 2011

10. Literatura e Ciência: a ficção como instrumento da crítica e da revelação

Matuck, Artur. Ataris Vort no Planeta Megga. Editora Escuta, São Paulo, 2014.

11. O Ser Humano, a Natureza, os Animais na perspectiva altercientífica

11.1 A mente e o conhecimento nas religiões orientais: budismo e jainismo


11.2 A perspectiva do budismo sobre o homem, a natureza, e os animais
11.3 ...
LLORED, Patrick. O outro feminismo (a inventar) de Derrida As implicações éticas e políticas
do carnofalogocentrismo. Revista Trágica: estudos de filosofia da imanência, Rio de Janeiro,
v.9 nº 2, p. 61-76, 2016. In: http://tragica.org/artigos/v9n2/llored.pdf

LLORED, Patrick. A Philosophy of Touching Between the Human and the Animal: The Animal
Ethics of Jacques Derrida In: A Companion to Derrida, Editor(s): Zeynep Direk & Leonard
Lawlor, John Wiley & Sons, 2014.

12. Alterciência: nova proposta de uma instituição acadêmica

12.1 Alterciência como um novo campo de pesquisa:


12.2 fundamentação histórica, teórica, ecológica, científica e tecnológica
12.3 A Ciência Espiritual de Rudolf Steiner
12.4 Tradições africanas, indígenas e autóctones do conhecimento

STEINER, Rudolf. A Filosofia da Liberdade – Fundamentos para uma filosofia moderna.


Trad. de M. Veiga. São Paulo: Ed. Antroposófica, 2000.
STEINER, Rudolf. Como se Adquirem Conhecimentos dos Mundos Superiores? Trad. Erica
Reimann, São Paulo: Ed. Antroposófica, 4ª ed. 1996.

Bibliografia Geral

BAIRON, Sérgio. O que é Hipermídia. São Paulo, Ed. Brasiliense, 2017

BAIRON, Sérgio. O conhecimento em linguagem digital. Caxias do Sul: Educs.


_______.A comunicação nas esferas, a experiência estética e a hipermídia. REVISTA USP,
São Paulo, n.86, p. 16-27, junho/agosto 2010, disponível em:
file:///C:/Users/RedeTV/Downloads/13810-Texto%20do%20artigo-16786-1-10-
20120517.pdf

_______. “Tendências da linguagem científica contemporânea em expressividade digital”.


Revista Cibertextualidades, Porto, Portugal: UFP, n. 1, pág. 53-106, maio 2006.

_______. Interdisciplinaridade. Educação, história da cultura e hipermídia. São Paulo:


Futura, 2002.

_______. “Os jogos de linguagem na multimídia”. Revista FACOM, São Paulo: FAAP, ano 1,
n. 2, pág. 17-23, 1994.

BAIRON, Sérgio e PETRY, Luis Carlos. Hipermídia, psicanálise e história da cultura. Caxias
do Sul, RS: Educs e São Paulo: Ed. Mackenzie, 2000.

Benjamin, Walter. Arcades, Passagens


Bruno, Giordano.

Deleuze Guattari O que é filosofia

Kircher, Athanasius, editora siruela

HARAWAY, Donna J., “A Cyborg Manifesto: Science, Technology, and Socialist-Feminism in


the Late Twentieth Century” In: Simians, Cyborgs, and Women: The Reinvention of Nature,
New York, Routledge, 1991 (Trad. Bras. Tomaz Tadeu. In: HARAWAY, Donna; KUNZRU,
Hari; TADEU, Tomaz, Antropologia do Ciborgue: As vertigens do pós-humano, Belo
Horizonte, Autêntica, 2009, 2a ed.)

HARAWAY, Donna J., Primate Visions: gender, race, and nature in the world of modern
science, New York and London, Routledge, 1990

HARAWAY, Donna J., Simians, Cyborgs and Women: The Reinvention of Nature, New York,
Routledge, 1991

HARAWAY, Donna J., The Companion Species Manifesto: Dogs, People, and Significant
Otherness, Chicago, Prickly Paradigm Press, 2003

HARAWAY, Donna J., When Species Meet, Minneapolis, University of Minnesota Press, 2008

HARAWAY, Donna. Saberes localizados: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio


da perspectiva parcial. Cadernos Pagu (5), 1995, p. 7-41.

KURZWEIL, Ray. A Era das Máquinas Espirituais, Ed. Aleph, São Paulo, 2007.

LLORED, Patrick. O outro feminismo (a inventar) de Derrida As implicações éticas e políticas


do carnofalogocentrismo. Revista Trágica: estudos de filosofia da imanência, Rio de Janeiro,
v.9 nº 2, p. 61-76, 2016. In: http://tragica.org/artigos/v9n2/llored.pdf

LLORED, Patrick. A Philosophy of Touching Between the Human and the Animal: The Animal Ethics of
Jacques Derrida In: A Companion to Derrida, Editor(s): Zeynep Direk & Leonard Lawlor, John Wiley &
Sons, 2014.

PELBART, Peter Pál. Devir Negro, Devir Índio, Devir-Transfeminino. In: Ensaios do
Assombro. São Paulo, Ed. N-1, 2019, pgs. 133 a 137.

SANTAELLA, Lúcia. Semiótica aplicada. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

_______. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual e verbal. São Paulo:


Iluminuras, 2001.

_______. “Hipermídia: a trama estética da cultura textual”. In: BAIRON, Sérgio e PETRY,
Luis Carlos. Hipermídia, psicanálise e história da cultura. Caxias do Sul, RS:
Educs e São Paulo: Ed. Mackenzie, 2000.
SANTAELLA, Lúcia e NÖTH, Winfried. Imagem – cognição, semiótica, mídia. São Paulo:
Iluminuras, 2005. _______. Comunicação e semiótica. São Paulo: Hacker, 2004.

STEINER, Rudolf. A Filosofia da Liberdade – Fundamentos para uma filosofia moderna.


Trad. de M. Veiga. São Paulo: Ed. Antroposófica, 2000.

STEINER, Rudolf. Como se Adquirem Conhecimentos dos Mundos Superiores? Trad. Erica
Reimann, São Paulo: Ed. Antroposófica, 4ª ed. 1996.

SETZER W. Valdemar. Ciência, Religião e Espiritualidade.

Metodologia:

aulas online

Sugestões:

disciplina totalmente online

convidar professores para Simpósio:

SESC/ USP

José Luiz Goldfarb: historia da ciencia ocidental … ciencia e alquimia

Patricia Campana : aproximacoes entre fisica e arte

Vanessa Lopes

Observações:

30 alunos

1 semana antes, uma aula inaugural ou encerramento

12 aulas

3h cada, uma vez por semana

as aulas são ministradas por 3 professores

Atualmente: 1 único convidado João Pentagna (psicanalista)


linguagens da sobrevivência (como o artista resiste, direito à palavra, à expressão)

cada aluno 10 a 12 minutos