Você está na página 1de 32

Versão 2.

0 – Enterprise – Agosto/2006
Nome do arquivo de instalação

O arquivo de instalação é chamado xpunlimitedfull20.exe ou


xpunlimiteddemo20.exe, dependendo de qual versão do XP Unlimited –
Enterprise você estará instalando.
Somente um único usuário com permissão de administrador no sistema pode
instalar o XP Unlimited software.
Certifique-se que ninguém está “logado” com exceção do administrador

Procedimentos de instalação

Na primeira tela da “Versão Demo”, você deverá ler e aceitar os termos de uso.
Vale ressaltar que a versão demo é limitada a 3 (três) usuários incluindo o
Host e também contém um botão de verificação de atualizações na primeira
tela.
Na primeira tela da “Versão Unlimited” você entrará com seu código da
licença, e também deverá ler e aceitar os termos de uso.
O programa de configuração verificará se a instalação do XP Unlimited é
possível ou não.
Nota: Quando instalar a versão completa (full) Unlimited, seu servidor deve
estar conectado à internet para validar (uma única vez) a sua licença.
Se o servidor for parte de um domínio, por favor, leia o parágrafo sobre
“Autorização de Domínio”. Este, não deve ser fornecido pelo Windows XP e sim
pelo XP Unlimited – Enterprise.
O software XP Unlimited é instalado em poucos passos. A versão completa
(full) pode ser reinstalada no mesmo hardware em caso de algum problema.

Passos adicionais antes de utilizar o XP Unlimited

Depois da instalação do XP Unlimited e depois de reiniciar o sistema, você


precisa seguir alguns passos para poder usar o software XP Unlimited:

· Permita que o XP Unlimited gerencie a Autorização de Domínio;


· Crie usuários que possam fazer o login;
· Certifique-se que todos os usuários tenham uma senha de acesso;
· Certifique-se que todos os usuários sejam membros dos “Usuários remotos
da área de trabalho”. Se algum usuário não for membro do grupo, este não
terá permissão para ter uma sessão remota da área de trabalho.
· Abra seu firewall para sessões remotas da área de trabalho. A porta que
precisa ser aberta é a TCP 3389.
Ao acessar o site: www.thinentworks.com.br, nas páginas de suporte, área do
FAQ (Perguntas Mais Freqüentes), serão encontrados exemplos detalhados,
que descreve como deve-se executar estes passos em poucos minutos.
Não serão fornecidos “usuários demo**” incluindo senhas de acesso. No caso
do programa de configuração fornecer de “usuários demo01” até “...demo10”,
remova-os, pois todos os programas tem estes usuários pré-selecionados no
XP Unlimited. Devido a estes usuários serem capazes de executar uma sessão
remota da área de trabalho, há um alto risco de segurança. Portanto, o
administrador deve definir os usuários, incluindo (esperando serem únicos) as
senhas de acesso.
Para finalidades de testes, você poderá fazer o download da nossa
“Ferramenta Geral do Usuário” (General User Tool). Este arquivo está disponível
na seção Suporte/FAQ do nosso site: www.thinentworks.com.br.
Não serão fornecidos “usuários demo**” incluindo senhas de acesso. No caso
do programa de configuração fornecer de “usuários demo01” até “...demo10”,
remova-os, pois todos os programas tem estes usuários pré-selecionados no
XP Unlimited. Devido a estes usuários serem capazes de executar uma sessão
remota da área de trabalho, há um alto risco de segurança. Portanto, o
administrador deve definir os usuários, incluindo (esperando serem únicos) as
senhas de acesso.
Para finalidades de testes, você poderá fazer o download da nossa
“Ferramenta Geral do Usuário” (General User Tool). Este arquivo está disponível
na seção Suporte/FAQ do nosso site: www.thinentworks.com.br.

Desinstalação

Usando a Ferramenta de manutenção, você poderá desinstalar o XP Unlimited.


Antes de desinstalar-lo, esta notificação é exibida:

Nenhum usuário deverá estar ativo durante o processo de desinstalação.


Certifique-se que nenhum usuário estará “logado” exceto o
Administrador. Se houverem outros usuários “logados”, os arquivos do
sistema e configurações serão bloqueados e não poderão ser recuperados
pelo XP Unlimited.
Atividade manual após desinstalação

Depois de desinstalar o XP Unlimited software, você deverá realizar as


seguintes ações:
· Configure seu firewall para que as sessões remotas da área de trabalho não
sejam possíveis de serem executadas.
· Remova todos os usuários do Grupo de Usuários Remoto da Área de
Trabalho.

Problemas de configuração

Exemplos:
O programa de configuração faz uma verificação dos requisitos do sistema.
Caso os requisitos não sejam atendidos, você será informado do problema
encontrado, se o programa de configuração detectar a impossibilidade da
instalação, ele será finalizado automaticamente.
XP Unlimited não poderá ser usado no Windows XP Home Edition ou
Embedded.
Se você precisar de suporte para este problema, deverá fornecer o arquivo
XPUnlimitedSupport-ZIP-file. Isto nos ajudará na análise do problema. Use o
botão ZIP para criar o arquivo. Ele será incluído na sua área de trabalho.
Operações do XP Unlimited

Ferramenta de manutenção 18
A operação do XP Unlimited pode ser monitorada e controlada através do uso
da Ferramenta de Manutenção.

A primeira aba é usada para “Iniciar” (Start) ou “Parar” (Stop) a


funcionalidade do XP Unlimited. Também pode ser usada para desinstalação.
O botão¨”Verificar” (verificação de atualização) abre o site do XP Unlimited.
Esta página irá informá-lo se está usando a versão mais recente do XP
Unlimited ou uma versão mais antiga.
Este botão faz a mesma verificação que é feita na instalação. Às vezes,
durante a atualização do Windows ou devido à instalação de um terceiro
software, configurações importantes ou arquivos são substituídos. Executando
uma verificação, você será informado do que estiver errado. Na maioria das
vezes uma reinstalação do XP Unlimited software usando o programa de
configuração, fixará todos os parâmetros de configuração.
O botão “ZIP” cria um arquivo ZIP na sua área de trabalho. O arquivo irá
conter a informações que o IPConsult precisará para dar suporte.

Número da porta

Pode-se alterar o número da porta default que é utilizada pelo terminal


servidor do XP Unlimited para sessões remotas da área de trabalho. A porta
padrão é a TCP 3389. A abrangência de valores é de 1000 até 65534. Ainda
que um número inferior a 1000 seja tecnicamente possível, isto é desabilitado
para evitar possíveis problemas.
Caso ocorra a mudança da porta para outro valor:
· Deverão ser mudadas as configurações do firewall.
· Se for utilizado algum tipo de roteamento para conexão com a internet,
provavelmente será necessária a definição da entrada NAT do roteador de
modo a direcionar uma porta para o terminal servidor XP Unlimited.
· Deverão ser informados todos os usuários do software cliente usado para
conectar-se ao terminal servidor XP Unlimited que teve alteração do número
de porta.
Nota: no web site da ThiNetworks, www.thinentworks.com.br, encontra-se FAQ
para clientes que utilizam Windows e para clientes que utilizam Linux.
Uma reinicialização é requisitada antes do novo número de porta ser usado
pelo terminal servidor do XP Unlimited.

Desempenho

A tabela de desempenho da aba do Gerenciador de Tarefas mostra-lhe o


desempenho do sistema. Observe algumas regras simples:
* O uso da CPU não deverá ser elevado continuamente. Um uso elevado da
CPU contínuo não indica que seu sistema está lento, mas na maioria das
vezes, indica que um único usuário está executando algum aplicativo de uso
intenso da CPU (como um protetor de tela) e consumindo toda sua potência.
Volte à aba anterior e utilize a coluna da CPU (percentagem) para determinar
qual usuário e qual processo está consumindo toda potência da CPU.
* A quantidade de “Memória virtual” deverá ser mais baixa do que a
“Memória Física Total”. É desejável ter mais memória do que o recomendado
para todos os usuários, porque a falta de memória implica em que o Windows
XP começará a usar seu arquivo de paginação, e isso faz com que o sistema se
torne mais lento.
Usuários

A aba Usuários, do Gerenciador de Tarefas exibe todos os usuários. Cada


usuário pode enviar mensagens para os outros usuários.
O Administrador também pode desconectar ou fazer o log off de um usuário.

Diferenças entre desconectar e logoff

Quando um usuário se desconecta, sua área de trabalho e todos seus


aplicativos continuam ativos. Quando o usuário se conecta novamente
(entrando com seu login e senha de acesso), ele terá sua área de trabalho de
volta com todos os aplicativos ativos. Isto é útil para o usuário, mas pode não
ser desejável para os outros usuários. Uma área de trabalho com aplicativos
ativos, consome memória e uso da CPU. Então, é recomendável que o usuário
faça o log off, porque sua área de trabalho com aplicativos seria encerrada,
salvando memória e o uso da CPU.

Controle remoto

Quando se trabalha atrás do terminal servidor do XP Unlimited, não é possível


“sombrear” ou “controlar remotamente” outra sessão.
Contudo, quando se trabalha usando uma sessão remota da área de trabalho,
um Administrador pode “sombrear” ou “controlar remotamente” outra sessão.
Usando o Gerenciador de Tarefas, um Administrador ou um usuário com
privilégios de Administrador pode controlar remotamente outros usuários.
Caixa de diálogo mostrada:

Indicamos a tecla “Ctrl *” (localizada no teclado numérico) para sair da


sessão de controle remoto. O usuário não pode usar esta tecla. Somente o
Administrador poderá usá-la para encerrar a sessão de controle remoto.
Encerrar uma sessão de controle remoto significa que o Administrador e o
Usuário, continuam trabalhando em suas sessões; terminar uma sessão de
controle remoto não implica no Administrador ou Usuário serem
desconectados.
O usuário cuja sessão está próxima de ser “controlada remotamente” por um
Administrador, tem que confirmar o pedido:

Usando as configurações avançadas do terminal, será possível configurar o


servidor XP Unlimited de maneira que a sessão de controle remoto será
possível sem o consentimento do usuário.
Configurações avançadas utilizando o gerenciador de terminal da Microsoft

Terminal de serviços

A tela inicial do terminal de serviços XP Unlimited usando MMC é como segue:

Nota: Inicialmente pode levar alguns segundos até que esta tela seja exibida.
Abrir os “Administrative Templates” (Formatos Administrativos) pode também
pode levar dependendo da velocidade da CPU. Isto é normal;
· Esta tela dá acesso para:
· Configurações Avançadas do Terminal de Serviços
· Usuários e Grupos
As Configurações Avançadas do Terminal de Serviços podem ser usadas para
alguns ajustes finos.
A tela “Usuários e Grupos” pode ser usada para denominar senhas de acesso
aos usuários, para fazê-los membros do grupo “Usuários Remotos da Área de
Trabalho”. Veja alguns exemplos em Usuários e Grupos entre as FAQs no site
da ThinNetworks: www.thinentworks.com.br.
Abrindo a tela Administrative Templates / Windows Components, você
encontrará as Configurações Avançadas do Terminal de Serviços:
É possível fazer ajuste fino, mas orientamos que tenha cuidado com as
mudanças de parâmetros. Isso pode tornar o sistema inutilizável.
Quando clicar em uma “Opção”, textos de aviso aparecerão para explicar esta
opção. Orientamos a ler estes textos com atenção antes de fazer qualquer
modificação.
Nota: Nem todas as opções são implementadas. Algumas são exibidas porque
o Windows XP compartilha a mesma “base de códigos” do Servidor Windows
2003, mas estas opções não são implementadas (pelo Windows XP ou pelo XP
Unlimited).

Reinicialização requisitada

Alterando as configurações Avançadas do Terminal de Serviços você terá que


reinicializar o sistema Windows XP; as alterações se tornarão efetivas após a
reinicialização.

Usuários e grupos

Utilizando Usuários e Grupos você poderá fazer as seguintes tarefas:

Selecione “Usuários” e “Grupos” no painel da esquerda. Use o botão direito


do mouse no painel da direita. Um sub-menu será exibido, incluindo “Novo
Usuário”...
Clique com o botão direito do mouse em um usuário. O sub-menu exibido
contém a opção de dar ao usuário uma senha de acesso.
Usuários sem senha de acesso não podem ter uma sessão remota da área
de trabalho.
Selecione “Grupos” no painel da esquerda. Clique com o botão direito do
mouse no Grupo “Usuários Remotos” da Área de Trabalho. O sub-menu que é
exibido contém a opção de “adicionar um outro usuário ao grupo”.
A remoção de um usuário de um Grupo de Usuários Remotos da Área de
Trabalho também pode ser feita através do menu de opções “Adicionar ao
Grupo”. Uma caixa de diálogo é exibida podendo ser usada para adicionar ou
remover usuários.
Somente usuários que pertençam ao Grupo de Usuários Remotos da Área de
Trabalho podem ter uma sessão remota.

Dicas para Terminal de Serviços da IPConsult

Desempenho

Remoção forçada do fundo de tela remoto da área de trabalho


Habilite esta configuração e protetores de tela não serão exibidos na área de
trabalho remota, isto a dará mais velocidade.

Limitar profundidade máxima de cores


Configure para 16 bits. Esta opção dará cores adequadas a todos seus
aplicativos. Usando cores com 24 bits a área de trabalho remota fica mais
lenta e requer mais recursos do servidor, e o usuário não notará diferença
entre cores com 16 e 24 bits.

Remover a opção desconectar da janela de encerramento


Removendo a opção desconectar, o usuário não pode escolher desconectar-se
de sua sessão, ele somente poderá fazer o log off.
Segurança

Criptografia e Segurança \Sempre perguntar ao cliente a senha quando


conectar
O usuário pode salvar seu nome e senha de acesso na sua área de trabalho
remota cliente. Fazendo isto, poderá fazer o login somente clicando duas vezes
na sua área de trabalho remota.
Usando esta configuração todos os usuários serão forçados a sempre digitar
sua senha de acesso.

Sessões \Tempo expirado


Muitas opções de tempo expirado são possíveis, prazos curtos são boas
opções do ponto de vista de segurança.

Configurar um tempo limite de ociosidade


A princípio, o tempo de ociosidade deverá ser de 30 minutos. Depois de 30
minutos, a área de trabalho remota será desconectada ou será efetuado logoff.

Terminar a sessão quando um tempo limite é atingido


Quando o limite de 30 minutos for atingido, a sessão da área de trabalho
remota, não se desconecta, mas sim faz o logoff completo. Este procedimento
salva recursos no servidor e também é uma forma de aumentar a segurança.

Dicas de usuários e grupos da IPConsult

Membro do grupo de administradores

Por uma questão de segurança nenhum usuário da área de trabalho remota


deverá ser membro do Grupo de Administradores. Quando um usuário é
membro do Grupo de Administradores, ele poderá alterar todas as
configurações do terminal de serviços.

O usuário normal “RbR” é membro dos “Usuários” e dos “Usuários da Área de


Trabalho Remota”.
Controle de aplicativos

Modos

Controle de aplicativos tem 3 diferentes modos de operação:

O modo pré-selecionado é “Sem Controle de Aplicativos”. O usuário remoto


sempre vê uma área de trabalho completa.
A segunda e a terceira opções acionam o Controle de Aplicativos. A diferença
entre a segunda e a terceira opções é que o usuário pode ver, caso os
aplicativos não estejam disponíveis para ele. A segunda opção dará ao usuário
uma área de trabalho completa sem nenhuma restrição. A terceira opção
mostrará ao usuário que o Administrador não deixou disponível nenhum
aplicativo. O usuário remoto não poderá continuar o trabalho:

Administrador e Controle de Aplicativos

O Controle de Aplicativos não se aplica ao usuário Administrador. É importante


que o administrador não tenha restrições quanto ao uso de aplicativos, por que
se ele tiver restrições, ele não poderá mais iniciar o Programa de Manutenção
para fixar suas restrições.
Usuários, Grupos e Aplicativos

Exemplo:

O usuário RbR tem os aplicativos:


· Mozilla Firefox
· Open Office Writer
· Notepad
O usuário RbR também possui o aplicativo Notepad porque é um membro do
Grupo de Usuários Remoto da Área de Trabalho.
Todos os membros do Grupo de Usuários Remoto da Área de Trabalho têm o
aplicativo:
· Notepad

Ler, Verificar e Salvar

A barra de botões contém 3 opções:

· O botão “Ler”, lê a configuração tal como é salva no Registro. Qualquer


alteração recente feita pelo Administrador sem ter usado o botão “Salvar”, será
perdida quando ler as configurações do Registro.
· Pode-se usar o botão “Ler” para “resetar” qualquer alteração recente que
não deveria ser feita.
Poderá usá-lo também para “Reler” os usuários e grupos caso você tenha
feito alguma alteração tal como definir novos usuários.
· O botão “Verificar” confere a consistência das configurações. No caso de
usuários serem apagados, eles serão visualizados com uma cruz vermelha.
Caso um Arquivo\Atalho de um aplicativo não existir, você será informado.
· O botão “Salvar” salvará a configuração incluindo todas as alterações feitas
pelo Administrador. Note que antes de salvar, uma verificação será feita. Em
caso de inconsistências como, aplicativos não existentes, estas serão fixadas
automaticamente.

Adicionando aplicativos

A tabela com os aplicativos comporta-se como uma tabela no seu processador


de texto. Usando a tecla “TAB” você poderá saltar através dos campos.
Também usando esta tecla enquanto o cursor estiver na localização mais à
direita abaixo, uma nova linha para um novo aplicativo estará disponível.
Um aplicativo tem um nome e um Atalho\Nome de Arquivo. Use a tecla “F3” ou
clique duas vezes para procurar por arquivos executáveis. O nome será exibido
no menu Iniciar do usuário remoto.
Lembrando que deve salvar as novas configurações usando o botão “Salvar”.

Selecionando aplicativos

A primeira coluna é usada na seleção de Aplicativos. Clicando na primeira


coluna você (de) selecionará algum aplicativo. Usando o botão direito do
mouse na primeira coluna, um pequeno menu de opções será exibido para
algumas opções inteligentes:

Apagando aplicativos

Apagar um Aplicativo implica que este será removido da tabela. Não será
removido, apagado ou desinstalado do servidor.
Selecione os aplicativos que devem ser apagados usando a primeira coluna e
clicando no botão “Apagar”.
Exemplo:
“App1” e “App4” serão apagados da tabela.
Não se esqueça de salvar as novas configurações usando o botão Salvar.

Designando aplicativos para um usuário ou grupo

1.Selecione os aplicativos.
2.Selecione o usuário ou grupo.
3.Clique no botão “Designar”.

Exemplo:

O “App1” é selecionado. O usuário “test2” é selecionado. Clicando-se no botão


Designar, o usuário terá acesso ao aplicativo Firefox.
Não se esqueça de salvar as novas configurações usando o botão “Salvar”.

Removendo Aplicativos de um usuário ou grupo

1.Selecione o aplicativo.
2.Clique no botão “Remover”.

Não se esqueça de salvar as novas configurações usando o botão “Salvar”.


Nenhum Aplicativo Designado

Caso um terceiro Modo Aplicativo seja escolhido e o usuário remoto não tenha
aplicativos designados, o usuário remoto verá a seguinte mensagem:

Um Aplicativo Designado

Caso um usuário tenha 1 (um) aplicativo designado, este Aplicativo iniciará


diretamente após o login e será mostrado em tela cheia. Quando o usuário
fechar o Aplicativo, a sessão remota será encerrada.
Observe que as vezes um Aplicativo pode não ser mostrado em tela cheia
porque o Aplicativo não esta habilitado ou não suporta tela cheia.
Veja também Aplicativos Ocultos. Um aplicativo oculto não “conta”. No caso de
um usuário ter um aplicativo e 3 aplicativos ocultos, este um aplicativo não
oculto, será inicializado diretamente após o login.
Diversos Aplicativos Designados
Caso um usuário tiver dois ou mais Aplicativos Designados, um botão Menu
Iniciar será exibido no canto superior esquerdo da tela.

Diversos Aplicativos Designados

Caso um usuário tiver dois ou mais Aplicativos Designados, um botão Menu


Iniciar será exibido no canto superior esquerdo da tela.

Este botão Menu Iniciar dá ao usuário acesso aos aplicativos designados.

A diferença entre um ou mais Aplicativos designados está no botão Menu


Iniciar. Caso só exista um Aplicativo designado, o botão não será exibido.
Restrições

Não é possível ao usuário iniciar algum aplicativo que não está na lista de
Aplicativos designados. No caso do usuário tentar iniciar algum Aplicativo fora

Controle rígido ou ameno de Aplicativos

Controle rígido de aplicativos significa que seus usuários somente poderão


iniciar aqueles programas que você designou para eles. Às vezes este controle
é muito rigoroso. É possível que um aplicativo precise iniciar todo tipo de outros
sub-aplicativos. Quando usado o controle rígido, isto não é permitido.
O controle rígido de aplicativos é desejável por questão de segurança e
estabilidade; ele previne programas indesejáveis de serem iniciados pelos
usuários.
Contudo, se o controle rígido for muito rigoroso, o Administrador pode
selecionar o Controle Ameno de Aplicativos. Isto ainda implica em que o
usuário somente poderá ver os aplicativos que foram designados a ele.
Contudo, se um aplicativo tentar iniciar um outro (sub)aplicativo, isto será
permitido.
Normalmente esta configuração é necessária para seus aplicativos. Observe
que esta opção não é tão boa quanto a opção rígida no que se refere às
questões de segurança e estabilidade.
Aplicativos Ocultos

Normalmente um Aplicativo inicia outros Aplicativos. Estes sub-aplicativos não


devem aparecer no menu “Iniciar” do usuário, mas este deverá ter permissão
para executá-los.
Qualquer aplicativo que começar com o símbolo $ será chamado de “Aplicativo
Oculto”.
Exemplo:

O usuário test2 tem permissão para iniciar os programas de Ajuda do Windows


pré-selecionados. Aqueles programas de ajuda podem ser iniciados pelo Bloco
de Notas do Windows ou pressionando-se a tecla “F1”.
Arquivo oculto implica em que o usuário pode executar o aplicativo, mas ele
não é exibido no Menu Iniciar do usuário remoto.

Tela incômoda

A versão demo do XP Unlimited mostra uma tela incômoda depois do login


caso do Controle de Aplicativos ser usado:

Esta tela incômoda não é exibida quando a versão completa do XP Unlimited é


usada.

Parâmetros de Linhas de comando

Um aplicativo pode não ter, ter um ou mais parâmetros de linhas de comando:

Normalmente o caractere “espaço” é utilizado para separar os parâmetros.


Você pode usar “aspas duplas” no caso de espaço ser preciso dentro de um
parâmetro.
Variáveis de Ambiente e Parâmetros de linhas de comando

Ao abrir a caixa clássica DOS, você pode digitar o comando “set”. Ele mostrará
a disponibilidade “Environment variables” (“Variáveis de Ambiente”). A maioria
das variáveis de ambiente está sempre disponível em todos os sistemas
Windows. Podem haver algumas variáveis de ambiente extras que somente
estão disponíveis no seu sistema Windows, porque são resultado de alguns
aplicativos instalados.
Exemplo de variável de ambiente que está sempre disponível:

Exemplos de como usar variáveis de ambiente

Você pode usar aquelas variáveis de ambiente nos parâmetros da linha de


comando. Exemplos:

Parâmetros da Linha de comando Resultado para o usuário rbr


no controle de aplicativos
E:\documents\%username% E:\documents\rbr

%userprofile%\some folder E:\Documents and


Settings\rbr\some folder

Variáveis de Ambiente e parâmetros da linha de comando, caractere de escape “&”

Em um parâmetro de uma linha de comando, você pode usar o caractere “&”


para caracteres especiais variando de $01->$FF (hexadecimal entre 1 e 255).
O caractere “&” é chamado de caractere de escape.
Exemplos:

Parâmetros da Linha de comando


no controle de aplicativos Resultado para o usuário rbr

E:\documents\&25username&25 E:\documents\%username%
E:\documents\&26username&26 E:\documents\&username&
E:\documents\&22username&22 %username% E:\documents\”username” rbr
“E:\documents\username” %username% “E:\documents\username” rbr

Observer os últimos dois exemplos: A primeira ocorrência de nome de usuário


não é considerada como uma variável de ambiente porque não está dentro do
símbolo “%”. No terceiro exemplo, está dentro do “&22”. “Este é um valor
hexadecimal do caractere” então o resultado será “username”.
A segunda ocorrência do nome de usuário é considerada como uma variável de
ambiente porque está dentro do símbolo “%”. Portanto, será substituída por
rbr.
A aparição de “&XX” numa linha de comando de parâmetros será sempre
traduzida em um caractere.

Parâmetros da Linha de comando


no controle de aplicativos Resultado para o usuário rbr

E:\documents\&25username&25 E:\documents\%username%
“E:\documents\&25username&25” “E:\documents\%username%”
“E:\documents\&26username” “E:\documents\&username”

Ferramenta de Teste “Como comecei”

É possível fazer o download a partir do site da ThinNetworks


(www.thinentworks.com.br) de uma Ferramenta grátis de teste chamada “How
Am I Started” (Como comecei). Esta ferramenta pode ajudar a testar e a
entender os parâmetros das linhas de comando e as variáveis de ambiente.
Mapa de caracteres do Windows

É possível utilizar o “caracter map tool” (ferramenta mapa de caracteres) para


obter o valor hexadecimal dos caracteres:

Opções de inicialização

Um aplicativo pode ser iniciado como segue:

Auto-executar: Este aplicativo será iniciado diretamente após o login do


usuário. Múltiplos aplicativos podem ser marcados como Auto-
executáveis (tantos quantos você desejar...).
Maximizar: Quando iniciado, o aplicativo pode ser mostrado
maximizado. O usuário poderá restaurar ou minimizar o aplicativo.
Minimizar: Quando iniciado, o aplicativo pode inicialmente ser mostrado
minimizado. O usuário poderá restaurar ou maximizar o aplicativo.
Visível: Selecione todos os aplicativos para serem visíveis. Um aplicativo
pode ser marcado para ser “não visível” ou “oculto”. Um usuário não
pode interagir com um aplicativo oculto.
Esta opção é útil para iniciar arquivos CMD que vão iniciar outro
aplicativo.
Em combinação com Autoexecutar, você poderá iniciar alguns tipos de
aplicativos de serviços ocultos para o usuário, sem mostrá-los ao usuário. Por
exemplo, você poderá usá-lo para iniciar algum antivírus.
Minimizar: Quando iniciado, o aplicativo pode inicialmente ser mostrado
minimizado. O usuário poderá restaurar ou maximizar o aplicativo.
Traduzir caixa de diálogo do usuário

A aba “Translate” (Traduzir) dá ao Administrador a opção de traduzir ou


customizar as caixas de diálogo que serão mostradas ao usuário:

O Administrador está livre para entrar com qualquer texto. Contudo,


certifique-se que seus usuários entendam o texto e certifique-se que há espaço
na caixa de diálogo. Se o Administrador colocar um texto grande, este será
interrompido e cortado.

Aplicativos não definidos para um usuário Elvis

Menu iniciars
Continuar ou fazer o log off

Autorização de domínio

O XP Unlimited Enterprise contém dois processos de terminal servidor. Um


processo lida com os usuários locais tais como definidos no Windows XP. Um
segundo processo de terminal servidor lida com os usuários tais como
definidos no Domínio.
Autorizações de Domínio não deverão ser manipuladas pelo Windows XP e sim
pelo XP Unlimited. Tendo nossos próprios módulos para autorização, o XP
Unlimited tem capacidade para manipular mais do que somente um domínio
ou outros tipos de autorização.
A versão 2.0 do XP Unlimited suporta apenas 1 domínio. Versões futuras terão
capacidade para mais.

Adicionar seu computador Windows XP ao Domínio

Antes de começar com autorização de domínios, certifique-se que o domínio


aceite o computador WXP:

Quatro sistemas Windows XP executando XP Unlimited são partes do Domínio


chamado “testxp.intern”.
Identificar seu domínio

No exemplo abaixo, o domínio é chamado “testxp.intern”. O servidor


executando o domínio é chamado “testw2k3”:

Testar a conectividade do seu domínio

Antes de proceder com a configuração do XP Unlimited, certifique-se que o


nome do Domínio e o Domínio do servidor são alcançáveis do servidor XP
Unlimited.
Pode-se verificar abrindo uma janela DOS e utilizar o comando “ping”:
IPC$

Servidores Windows tem o tão chamado “IPC$ compartilhador”. O terminal


processador XP Unlimited usa o IPC$ no servidor de domínio para informações
sobre os usuários. Então, certifique-se que o mesmo pode ser acessado pelo
servidor XP Unlimited.

Entrar configurações de domínio

A aba “Domain/Workgroup” (Domínio/Grupo de Trabalho) é o lugar onde você


entra as informações relevantes de domínio.

Clique em “Verificar”, e a informação entrada será verificada.


Quando o processo de verificação estiver pronto, a lista do Grupo de Domínios
será exibida.
Certifique-se em selecionar pelo menos o grupo Domínio de Usuários. Também
é possível selecionar outros grupos. Os grupos selecionados serão permitidos
usar o terminal servidor XP Unlimited, e aparecerão na aba de Controle de
Aplicativos.
O grupo domínio de Usuários é selecionado. Membros deste grupo darão
acesso ao terminal servidor XP Unlimited.
Clique em “Aplicar” quando terminado.

Reinicialização recomendada

Uma reinicialização do terminal servidor XP Unlimited é recomendada depois


de aplicar as configurações de Domínio.

Controle de aplicativos e autorização de domínios

Depois de aplicar as configurações de Domínio, e da reinicialização, o Controle


de Aplicativos também exibirá os Grupos de Domínio que foram selecionados:

Somente grupos de domínios, sem usuários

Quando se refere à autorização de domínios, limitamos o controle de


aplicativos aos grupos de domínio. Seria possível incluir usuários na árvore de
visualização, mas isto poderá acarretar em problemas de desempenho.
Ainda que o nome de nosso produto seja XP Unlimited, não podemos oferecer
a opção de mostrar os usuários, porque grandes Domínios podem conter
diversos milhares de usuários. Mostrando e gerenciando todos os usuários em
um sistema WXP pode resultar em problemas de desempenho.
Se esta limitação é um problema para você, por favor, comunique-nos.
Terminal de login

A tela de login do terminal, não oferece a opção para Domínio de Login,


somente login local. Isto é devido ao fato do XP Unlimited Enterprise conter
dois processos de terminal servidor. E o processo que lida com os usuários
locais é dono do login terminal. É possível habilitar o domínio Login no
terminal, mas implicaria em que os usuários locais definidos não poderiam
usar o terminal servidor XP Unlimited.

Nomes de usuários duplicados

O XP Unlimited Enterprise contém dois processos de terminal servidor. Um


processo lida com os usuários locais tais como definidos no Windows XP. Um
segundo processo de terminal servidor lida com os usuários tais como
definidos no Domínio.
O que acontece quando o usuário John é definido em ambos servidor WXP e no
Domínio?
Exemplo:
Nosso WXP / XP Unlimited servidor é chamado XPUServer.
Nosso Domínio é chamado testxp.intern. O servidor do Domínio é chamado
testw2k3.
Nós temos dois usuários: \\XPUServer\John e \\testw2t3\John
Do ponto de vista técnico, estes dois usuários não são o mesmo. Eles têm
diferentes Números de Identificação de Segurança (SIDs). Eles podem ter
diferentes senhas de acesso.
Do ponto de vista do XP Unlimited Enterprise, estes usuários são o mesmo.
Interpretamos estes dois “Johns” como o mesmo usuário, caso contrário, o
processo se tornaria mais complicado.
Nosso terminal servidor XP Unlimited Enterprise lida como segue, com os dois
Johns:
Suponha-se que \\XPUServer\John faça o login usando a área de trabalho
remoto do PC número A.
Algum tempo depois, \\testw2t3\John faz o login usando a área de trabalho
remoto do PC número B.
A área de trabalho remoto do PC número A é mudada para o PC número B
assumindo que este é o mesmo John. Aparentemente, John quer continuar
trabalhando usando a área de trabalho remoto do PC número B.
Suponha-se que \\XPUServer\John tenha três aplicativos definidos usando o
Módulo de controle de aplicativos. E que o grupo Domínio de Usuários tenha
dois aplicativos definidos.
John faz o login e terá 5 aplicativos.
Administrador (linguagem idêntica às versões do Windows)

Este caso aplica-se para situações onde a linguagem do servidor WXP/XP


Unlimited e do servidor do Domínio usam a mesma linguagem.
Suponha-se que \\XPUServer\Administrador faça o login usando a área de
trabalho remoto do PC número A.
Algum tempo depois, o Administrador quer ser \\testw2t3\Administrador e
tenta fazer o login usando a área de trabalho remoto do PC número B.
A área de trabalho do \\XPUServer\Administrador é mudada para a área de
trabalho remoto do PC número B. Neste caso, o Administrador deve fazer o
logout antes que ele possa fazer o login como um diferente Administrador.

Administrador (linguagem não idêntica às versões do Windows)

Suponha que o servidor XP Unlimited está sendo executado em uma versão em


Espanhol do Windows. O usuário Administrador local encontrado é:
\\XPUServer\Administrador

O servidor de Domínio está sendo executado em uma versão em Inglês do


Windows. O usuário Administrador local encontrado é:
\\testw2t3\Administrator

O XP Unlimited – Enterprise entende que ambos usuários são


Administradores. Contudo, se eles têm diferentes nomes, serão manipulados
independentemente:
Suponha-se que \\XPUServer\Administrador faça o login usando a área de
trabalho remoto do PC número A.
Posteriormente, o Administrador quer ser \\testw2t3\Administrator e tenta
fazer o login usando a área de trabalho remoto do PC número B.
O Administrador está logado em ambos PC número A e PC número B.

Ferramentas de Teste

Para o profissional de TI ou para aqueles envolvidos em testar o XP Unlimited,


temos algumas ferramentas de teste. É possível fazer o download no site da
ThinNetworks: www.thinentworks.com.br.
As Ferramentas de teste podem auxiliá-lo a entender e trabalhar com o
Controle de Aplicativos, Parâmetros de Linhas Comando e opções de Auto-
execução de um Aplicativo.
Alterações

Versão XP Unlimited – Enterprise. Versão que suporta


2.0.8.1 Autorização de Domínio
01/082006
Versão Fixado um bug mínimo: Versões do XP não americanas
1.8.7.14 têm diferentes nomes para administradores e para grupo
14/07/2006 de administradores. XP Unlimited pode lidar com isto de
maneira correta.

Versão Aplicações extras em nosso módulo de controle:


1.8 · Parâmetros de Linhas de Comando podem conter
11/07/2006 variáveis de ambiente. Exemplos: %username% ,
%windir%.
· Caixas de diálogo de usuários podem ser traduzidas em
uma língua local. A ferramenta de manutenção possui
uma página extra de configurações que permite o
Administrador entrar com a tradução. É limitada à caixa
de usuário, assumindo que o Administrador é capaz de
trabalhar com o inglês no manual, caixa de diálogos e
FAQs.
Correções:
· O programa de configuração foi atualizado
· O desinstalador foi fixado; em alguns casos, nem todas
as teclas de registro foram apagadas durante as
desinstalações.
Versão Melhorias no módulo de controle de aplicativos:
1.7.6.19 · Aplicativos podem ser iniciados com parâmetros de linhas
de comando
· Aplicativos podem ser iniciados maximizados,
minimizados ou ocultados.
Aplicativos podem ser marcados como Auto-executáveis.
Eles iniciarão quando o usuário fizer o login.

Versão · A opção para desconectar-se está de volta. Foi removida


1.7.6.1 devido ao feedback de clientes solicitando esta remoção.
01/06/2006 Contudo o número de clientes que gostariam de utilizá-la
foi maior. Temos nas FAQs a descrição de como desabilitar
a funcionalidade - desconectar do servidor XP Unlimited.
· Novos módulos centrais. Estes módulos são
necessários para Autorização de Domínios. A opção para
Autorização de Domínios ainda não está disponível
porque ainda não foi descoberta maneira de como
combinar Autorização de Domínios com o Controle de
Aplicativos.
· Tela de logon no terminal é agora a tela clássica de
logon. Temos vários relatos dizendo que a tela rápida de
logon se torna muito lenta para mais de 50 usuários.
Pequenos improvisos no programa de configuração: no
caso dos arquivos ou pastas estarem marcados como
somente para leitura, nosso programa de configuração
continua capaz de localizá-los.
Alterações

Versão Pequenas melhorias:


1.6.4.17 · O controle de aplicativos não se aplica ao usuário
17/05/2006 Administrador. É importante que o administrador não
tenha restrições quanto ao uso de aplicativos, por que se
houver restrições, não poderá iniciar o programa de
manutenção para fixar suas restrições...
· O desinstalador foi fixado; Em alguns casos, nem todas
as teclas de registro foram apagadas durante as
desinstalações.

Versão Suporte para Aplicativos como o Citrix


1.6 Com o Controle de Aplicativos, o XP Unlimited pode dar
01/05/2006 um ou mais aplicativos a um usuário ou grupo de
usuários. O usuário não possui uma área de trabalho,
menu iniciar etc.
Controle de Aplicativos vem com segurança. O usuário
remoto não tem permissão para executar outros
aplicativos.

Versão Os módulos centrais do XP Unlimited não são


1.5.4.10 modificados. Somente os programas de configuração e de
10/04/2006 manutenção são melhorados. Se a versão anterior
funciona, não há necessidade de atualização.
· O Administrador pode mudar o número da porta com o
qual o servidor XP Unlimited detecta sessões remotas.
· O arquivo de log é movido da pasta %TMP%, então
informações importantes de conexão não serão perdidas
devido a diferentes pastas %TMP%.
· Os vários programas XP Unlimited podem cooperar com
as telas usando 120 dpi ou grandes configurações de
fontes (sem esconder textos ou botões).
· Fixado um bug que não permitia exibir os termos da
licença.
Removida a opção de desconectar. Havia alguns
problemas referentes a sessões de desconexão. Por
enquanto, orientamos fazer o log off.

Versão Os módulos centrais do XP Unlimited não são


1.5 modificados. Somente os programas de configuração e de
27/03/2006 manutenção são melhorados. Se a versão 1.4 funciona,
não há necessidade de atualização.
· Melhor suporte. Mais informações são colocadas em
um arquivo ZIP.
· O usuário Administrador está disponível na tela de login
no terminal.
· Removida a função download o último código no
programa de configuração e substituído por um botão
verifique por atualizações. É importante este botão seja
utilizado, porque versões anteriores parecem perder-se na
internet.
Adicionada extra funcionalidade no programa de
manutenção
Alterações

Versão · Melhor suporte. Um botão ZIP foi inserido no aplicativo.


1.4 Usando este botão, um arquivo ZIP é criado na área de
27/02/2006 trabalho contendo todas as informações necessárias para
receber suporte da IPConsul.
· XP Unlimited agora deve funcionar com as versões do
Windows XP Profissional versões especiais localizadas
dos arquivos do sistema.

Versão · Cooperação com o TCP/IP update da Microsoft em 15-17


1.3 de fevereiro de 2006.
20/02/2006 · Quando desinstalando o XP Unlimited, é adicionada uma
notificação que usuários devem ser removidos do grupo
“Usuários remoto da área de trabalho” e que a porta TCP
3389 deve ser fechada.
· Funções extras no programa de manutenção.
· Algumas artes no guia do programa de manutenção.
· Fixar as FAQs.
· Número da versão em titulo do Windows e em arquivo de
log. facilita a identificação da versão do software.

Versão Adicionada uma entrada no grupo inicial do menu Iniciar


1.2 do usuário de instalação. Esta entrada contém a url
11/02/2006 “http://www.xpunlimited.com/version_1.2.html. Em razão
da versão demo ter mais downloads que o manual.
Veja o capítulo “Passos adicionais antes de usar o XP
Unlimited” pois é importante que se leia o manual depois
da instalação.

Versão
1.1 Primeira versão produzida.
08/02/2006

Versão
1.0 Usada apenas por clientes-beta selecionados.
Nov/2005