Você está na página 1de 26

Introdução

•A soldagem a gás oxi-combustível(Oxy-FuelGasWelding–OFW) ou simplesmente


soldagem a gás é um processo no qual a coalescência ou união dos metais é obtida pelo
aquecimento destes até a fusão com uma chama de um gás combustível e oxigênio. O
metal de adição, se usado, também é fundido durante a operação.
Equipamento
Equipamento
Reguladores de pressão
•Reguladores de pressão de gases são necessários para reduzir a pressão do gás em um cilindro ou controlar a pressão
usada na tocha de solda. O princípio de construção de reguladores para diferentes gases é o mesmo, isto se deve
sempre por causa da pressão que eles são submetidos para controlar diferentes soldagens de gás a gás ( por exemplo
150 bar para oxigênio e 17 bar para o acetileno) além do mais eles são designados para manter respectivamente
diferentes pressões. Isto ocorre porque um regulador de gás é usado apenas para o gás para o qual ele é designado.
Para evitar confusão e perigos, a conexão para gases combustíveis e tubos de oxigênio têm roscas diferentes e
correspondentes ao filetes das válvulas, um tem rosca direita o outro com rosca esquerda
Equipamento
Mangueiras
•O acetileno e oxigênio são levados do cilindro
para tocha de solda por meio de mangueiras
feitas de borracha reforçada com as cores
vermelha, preta ou verde, capaz de conduzir os
gases em linhas com altas pressões a uma
temperatura moderada. Mangueiras de cor
verdes são destinadas para o oxigênio e as
conexões são feitas com nipplesde rosca plana
e a direita.
•Mangueiras vermelhas são usadas para levar
gás combustível com porca diferenciada com
rosca a esquerda para conectar na saída do
regulador de pressão e na conexão com a
tocha. Na industria normalmente usa
mangueiras pretas para transportar outro gás
combustível.
Equipamento
Maçarico

Um maçarico típico consiste de um punho, um


misturador e um bico montado. Ele fornece um meio
de controle independente do fluxo de cada gás, um
método de conectar uma variedade de bicos ou
outros aparatos a punhos convenientes e possibilita
o controle dos movimentos da chama.
•Os gases passam pelas válvulas de controle, através
de passagens separadas no punho, vão para o
dispositivo misturador onde o Oxigênio e o gás são
misturados, e finalmente saem por um orifício pela
extremidade do bico. O bico é apresentado como
sendo um tubo simples, estreito na extremidade
para produzir um cone de soldagem adequado
Equipamento
Maçarico

Um maçarico típico consiste de um punho, um


misturador e um bico montado. Ele fornece um meio
de controle independente do fluxo de cada gás, um
método de conectar uma variedade de bicos ou
outros aparatos a punhos convenientes e possibilita
o controle dos movimentos da chama.
•Os gases passam pelas válvulas de controle, através
de passagens separadas no punho, vão para o
dispositivo misturador onde o Oxigênio e o gás são
misturados, e finalmente saem por um orifício pela
extremidade do bico. O bico é apresentado como
sendo um tubo simples, estreito na extremidade
para produzir um cone de soldagem adequado
Gases
•Gases comerciais têm uma propriedade em
comum, ou seja, requerem sempre oxigênio
para sustentar a combustão. Um gás, para ser
conveniente às operações de soldagem, deve
apresentar as seguintes propriedades quando
queimado:
–Alta temperatura de chama.
–Alta taxa de propagação de chama.
–Conteúdo de calor suficiente.
–Mínimo de reação química da chama com os
metais base e de enchimento.
•Dentre os gases comercialmente disponíveis,
o acetileno é o que mais se aproxima destes
requisitos.
Gases

Embora o calor da chama secundária seja importante em várias aplicações, o calor mais concentrado da chama
primária é a principal contribuição para a capacidade de soldagem de um sistema a oxi-gás. A chama primária é dita
neutra quando a equação da reação primária está balanceada, fornecendo apenas COeH2. Sob estas condições, a
atmosfera da chama primária não é nem carburizantenem oxidante.
Gases
Acetileno –C2H2
•Teoricamente, a combustão completa do C2H2 ,é representada pela equação química:

C2H2 + 2.5O2→ 2CO2+ H2O

•A combustão acontece em dois estágios. A reação primária acontece na zona interna da chama (chamada de cone
interno) e é representada pela equação química:

C2H2 + O2→ 2CO+ H2

•Aqui, O conteúdo de calor e a alta temperatura desta reação resultam na decomposição do C2H2 e na oxidação
parcial do C resultante daquela decomposição. Quando os gases que escoam do bico estão na proporção 1:1
indicada na segunda equação, a reação produz o típico cone interno azul brilhante. Esta chama relativamente
pequena gera a intensidade de combustão necessária para a soldagem. A chama é dita neutra porque não há
excesso de C ou O2 para carburizar ou oxidar o metal.
Gases

Acetileno –CC2H2
•O acetileno é auto explosivo a pressões acima de 2 bar
portanto não podem ser comprimidos diretamente dentro de
simples cilindros. Cilindros utilizados para estocar acetileno são
além de tudo especialmente preparados para armazenar uma
emulsão de carvão ou acetona, pedra pomese terra infusóriaou
alternativamente silicato de cálcio. Ambos materiais formam
aglomerado altamente poroso sendo o último com 92% de
porosidade.
•Assim, se a pressão for de 15 ATM , 1 litro de acetona dissolvera
15x25 = 375 litros de acetileno
Gases

Obtenção do acetileno (C2H2 )


oxigênio
O oxigênio é o gás utilizado como
comburente na chama oxi-acetilênica. É um
gás incolor, inodoro e insípido. Ao contrário do
acetileno, é um gás que se encontra na
atmosfera; seu processo produtivo consiste em
separá- lo dos demais componentes da
atmosfera.
O oxigênio não pode estar no estado líquido
sob temperatura acima de -118,574°C, sob
qualquer pressão, mesmo que elevada ao
máximo. No entanto, sob temperatura de -
118,574°C e sob pressão de 50,43bar, os
estados líquido e gasoso do oxigênio
coexistem; por isso, diz-se que para o oxigênio,
a temperatura crítica é de -118,574°C , e a
pressão crítica é 50,43bar.
Cilindros de oxigênio
O oxigênio tem que estar armazenado de forma
definitiva em cilindros de aço na cor preta ou
verde, por causa da alta pressão nos cilindros
de aço e a possibilidade de deterioração das
paredes do cilindro de gás comprimido é
necessário que sejam testados em intervalos
regulares de cinco anos. Cilindros de oxigênio
necessitam ser testados periodicamente com
pressão de água acima de 2375 N/m2.
Não deve ter graxa ou óleo nas válvulas, pois
provoca combustão.
Não deve ser utilizado mais de 1200 a 1500 l/h,
por curto espaço de tempo.
a cada cinco anos, os cilindros devem ser submetidos a testes
hidrostáticos, com pressões da ordem de uma vez e meia a
pressão de serviço
Chama
Tipos de chama

De acordo com as proporções dos gases, é possível obter três tipos diferentes de
chamas:

• neutra,
• oxidante e
• carburante.
A chama carburante ou redutora é usada para solda de alumínio e de revestimentos,
nela a proporção do acetileno na mistura é maior que a do oxigênio, pode ser
observado um cone interno brilhante e um cone intermediário que aumenta de
comprimento à medida que cresce o teor de acetileno.
Tipos de chama
PROCESSO SOLDAGEM

A chama resultante dessa queima pode atingir temperaturas ao redor dos


3.200º C. A soldagem é na realidade uma fusão que pode ser feita com ou
sem adição de material (material de adição ou eletrodo).
Brasagem
Neste processo as partes a serem unidas não se
fundem, apenas são aquecidas à uma temperatura
próxima do intervalo de fusão do metal de adição.
A união ocorre através do efeito de molhabilidadee
capilaridade. Não ocorrendo a fusão das partes a
serem unidas e nem o elevado aquecimento da
região adjacente à junta, o material manterá suas
propriedades mecânicas originais.
•Para se caracterizar como brasagem, o metal de
adição deve sempre ter a temperatura de fusão
inferior a do material base, evitando-se assim a
diluição do mesmo na junta.
•O processo de brasagem é dividido em três tipos:
–soldagem branda;
–brasagem (propriamente dita);
–soldabrasagem.
Brasagem

A brasagem utiliza uma vareta de adição que


funde a temperaturas acima de 450ºC,
podendo variar de acordo com a liga e os
metais base da junção podem ser de natureza
diferentes
Brasagem

Soldagem branda também denominada como


soldagem branca ou solda fraca. Muito semelhante
ao processo de brasagem, diferencia-se pela menor
resistência mecânica e pela temperatura de trabalho
do metal de adição sempre inferior à 450°C.
Possibilita a obtenção de juntas e obturações lisas e
isentas de poros, podendo unir entre si diversos tipos
de metais como cobre e suas ligas, ferro, ferro
fundido, zinco e aços inoxidáveis.
Brasagem

Soldabrasagem é semelhante ao processo de


brasagem, diferencia-se devido a folga na junta ser
maior que 0,50 mm e/ou possuir chanfro. Pode-se
afirmar com segurança que a soldabrasagem é um
processo intermediário entre a soldagem e a
brasagem, pois reúne características de ambos os
processos. Daí o nome “solda” “brasagem”. Os
metais mais utilizados são latão e alpaca, com
temperatura de trabalho em torno de 900°C
Brasagem

Molhabilidade
•O metal de adição tem que “molhar” o material base. A molhabilidade ocorre quando uma gota de metal de adição
no estado líquido se espalha sobre a superfície do material base no estado sólido, “molhando” a mesma e
consequentemente aumentando a sua superfície.

•Para que a umectação ocorra, a superfície do material base tem que estar limpa, isenta de óxidos, gorduras, óleos,
graxas e detritos de qualquer natureza. O aquecimento tem que ser suficiente para fundir o metal de adição, porém
não pode fundir o material base. Recomenda-se uma diferença de no mínimo 100°C entre os pontos de fusão do
material base e a temperatura de liquidusdo metal de adição.
Brasagem

Capilaridade
•Capilaridade é um conjunto de fenômenos físicos que promove pressão nos líquidos, fazendo com que os mesmos
penetrem entre duas superfícies.
•A figura a seguir mostra uma experiência simples, em que se coloca um tubo de vidro com pequeno diâmetro
interno em um recipiente com água. Assim que a face do tubo entra em contato com a água, esta entra no interior
do tubo até uma altura (h), a qual não se altera ao levar o tubo até o fundo do recipiente.
•Se o tubo for retirado do recipiente, esta coluna de água, de altura (h), formada dentro do tubo, permanecerá a
mesma, constatando-se o fenômeno da capilaridade.
Brasagem

Os fluxos são substâncias de origem mineral, composto de fluoretos cloretos,


boretos, fluoboretos, borax, agentes molhantes, água, etc, geralmente na forma de
pastas, pós ou líquidos, que são aplicados diretamente sobre as superfícies a
serem brasados para fornecer as condições de molhabilidade necessárias a
brasagem. Devem ainda apresentar as seguintes características : 1. não atacar ou
reagir com o material base 2. desoxidar a superfície do material de base antes do
início da fusão do metal de adição (pelo menos 50°C abaixo da temperatura de
trabalho), mantendo-a desoxidada até o final da brasagem; 3. apresentar boa
molhabilidade e fluidez sobre o material base, espalhando-se adequadamente
sobre as superfícies a serem brasadas; 4. ser facilmente removido após a
brasagem.
Brasagem

Aplicações

Os processos de brasagem, podem ser aplicados em:


Junção de metais dissimilares;
União de peças de pequenas espessuras, que poderiam se deformar excessivamente se fossem
soldadas;
União de materiais tratados termicamente, para evitar perda do tratamento;
União metal-cerâmica;
Materiais médico-hospitalares;
Indústria de eletrodomésticos.