Você está na página 1de 293

MANTENDO O MUNDO A SALVO DA

HIPOCRISIA AMERICANA
Isto é o que é chamado, nos negócios de história, uma história revisionista. A
história americana, pelo menos tanto quanto o público em geral sabe disso,
está na necessidade desesperada de revisão, trazendo o que é ensinado e o
que é dito sobre o passado da América mais em linha com a verdade.

Tornar o Mundo Seguro para a hipocrisia é uma cronologia da história em grande


parte suprimida dos Estados Unidos. É a história que os bem aprumados
americanos não devem saber.

Quase tudo que você ler aqui é baseado em informações publicamente


disponíveis e a maioria dos historiadores sabem tudo sobre ela. E
ainda assim eles permanecem estranhamente silenciosos, permitindo
que a fantasia, a versão propagandeada da história americana e da pura
besteira pseudo-patriótica vomitada por políticos e pela mídia de massa
sem questionamento.

Uma nação que não sabe o que foi ontem, não sabe o que é hoje.

Woodrow Wilson

Quem controla o presente, controla o passado. Quem controla o passado,

controla o futuro. George Orwell

A essência da propaganda consiste em ganhar mais pessoas para uma idéia


tão sincera, tão vital, que no final elas sucumbem a ela totalmente e
nunca poderão fugir dela. Joseph Goebbels

América tem sido algo de uma personalidade dividida, tragicamente


dividida contra si mesma. Por um lado temos professado orgulho dos
grandes princípios da democracia, mas por outro lado temos,
infelizmente, praticado exatamente o oposto destes princípios. Martin
Luther King

Ninguém é mais perdidamente escravizado do que aquele que falsamente


acredita que é livre. Johann Wolfgang von Goethe

Sempre que alguém se atreve a apontar o fato dolorosamente óbvio que os EUA e
seus líderes têm de forma consistente a mais de 200 anos agido de forma
diametralmente oposta aos valores que afirmam representar a América,
essa pessoa é imediatamente acusada de ser anti-americano.

Eu sou anti-americano? Eu não penso assim. Mas, se acreditar na liberdade de


expressão e uma verdadeira democracia é anti-americano, então eu acho
que eu sou. Se acreditar que um governo não deve existir eternamente é
anti-americano, então eu acho que eu sou. Se acreditar que um governo
não deve espionar seus próprios cidadãos, é anti-americano, então eu acho
que eu sou. Se acreditar que um governo não deve seqüestrar, torturar e
assassinar é anti-americano, então eu acho que eu sou. Se acreditar que um
governo não deve matar milhões de pessoas inocentes simplesmente para
enriquecer ainda mais o mesmo punhado de velhos bastardos psicopatas e
sua prole é anti-americano, então eu acho que eu sou.
1620: Mentira número Um, os puritanos.

1620: PLYMOUTH, MASSACHUSETTS. Como todos


sabem, os primeiros colonos europeus, no que um dia se tornaria os Estados Unidos
chegaram no Mayflower, tendo deixado a Inglaterra em busca de liberdade religiosa em
uma brava nova terra .... ... a cena de abertura gloriosa desse blockbuster de Hollywood,
"America ! ". Muitos americanos orgulhosamente traçam sua ascendência até os amantes da
liberdade, esses bravos pioneiros, esses campeões da liberdade religiosa.

Infelizmente, como quase tudo o que têm sido sistematicamente programado para acreditar
sobre o Estados Unidose sua história, ele simplesmente não é verdade. O Mayflower estava
longe de ser o primeiro navio para transportar colonos europeus para o que se tornaria os
EUA. Antes da viagem do Mayflower, houve inúmeras tentativas de colonizar a América
do Norte pelos europeus, incluindo pelo menos nove pelos britânicos, cinco dos quais
foram bem sucedidos, e muitos outros por franceses e espanhóis e, possivelmente, alguns
por escandinavos.

Nenhum dos grupos de emigrantes britânicos, incluindo os puritanos, deixou a Grã-


Bretanha exclusivamente, a fim de escapar da perseguição religiosa. Eles viajaram para a a
América do Norte buscando vantagem econômica. A viagem do "Mayflower" foi, de fato,
financiado por um grupo de investidores de Londres que estavam a receber sessenta por
cento dos lucros da colônia em seus primeiros seis anos.

Os puritanos que pisaram em terra a partir do Mayflower promoveram um reinado de terror


e opressão na Novo Mundo que durou mais de um século. O comparecimento na Igreja
aprovada apenas duas vezes, todos os domingos era obrigatória. Aqueles que se recusavam
eram presos. Aqueles que vestiam roupas que não foram aprovadas pelos fanáticos eram
presos. Aqueles rotulados como ateus tinham a língua queimada com ferros em brasa por
estes amantes de Cristo. A fim de assegurar a obediência universal a que eles alegaram ser
"a palavra de Deus", estes buscadores muito elogiados pela sua liberdade religiosa também
chamados de "criminosos" com ferros em brasa, enforcamento e queimaram muitas outras
pessoas vivas na fogueira. Os Quakers foram enforcados pelo crime de serem Quakers.
Mulheres acusadas de adultério foram marcadas. Os chamados bruxos pelos puritanos
foram queimados vivos na fogueira em grande número.

Longe de buscar a liberdade religiosa, o objetivo dos puritanos era criar uma prisão aberta
em que apenas o seu próprio fanatismo estreito, cruel e delírios religiosos foram permitidos
e que a dominação da sociedade seria mantida por meio de intimidação, terror, tortura e
assassinato.

1650-1651:. MASSACHUSETTS Estes


fabulosos puritanos amantes da liberdade tomaram para si a honra de realizar a primeira de
muitas queimas de livros em que será nos Estados Unidos. Empresário e magistrado
William Pynchon vai um pouco louco e escreve um tratado teológico sobre algum ponto
absurdo da doutrina puritana. Ao fazê-lo, ele entra em conflito com os mulás puritanos. O
livro foi devidamente confiscado pela policia religiosa puritana, ele foi condenado pelo
Tribunal Geral e queimado pelo carrasco público no mercado de Boston. Um dia de "jejum
e humilhação" é proclamado pelos mulás, para que a população poça considerar como
Satanás havia prevalecido entre eles. Claro que todos nós amamos a nossa liberdade
religiosa.

1757:. VIRGINIA Isso impecavelmente pelo honesto amante da democracia, George


Washington, começa uma grande tradição americana, comprar eleições. Disputando uma
eleição para a Câmara da Virgínia, Washington compra em cada um dos 390 eleitores do
seu distrito com uma e meia quartas de licor.
1763-1783: Mentira número dois, a Revolução Americana
1763:. As Treze Colônias - A
Proclamação Real de 1763 impede a apreensão de terras indígenas por parte de
especuladores das Treze Colônias, e estabelece uma fronteira, essencialmente, os Montes
Apalaches, a oeste do que vastas extensões de terra estão a ser preservado em perpetuidade,
onde indiana as nações serão capazes de exercer a sua forma de vida tradicional.Além
disso, as reservas de proclamação para a Coroa o direito exclusivo de compra de terras de
nativos americanos.
Mesmo após que a fronteira foi estabelecida, os especuladores de terra, como o proprietário
de escravos George Washington, o homem mais rico nas colônias americanas mais
proeminentes entre eles, mandou "para ir caçar e demarcar" as terras indígenas além da
fronteira a ser apreendidos, logo que a Proclamação Real e tratados pode ser ignorada.
Washington, na qual as gerações de crianças americanas, foram doutrinadas para acreditar
na história inventada da árvore de cereja, ", não pode dizer uma mentira", escreve a seu
penais co-conspirador, o capitão William Crawford, que o esquema "deve ser perfeitamente
realizada em por você, sob o pretexto de caçar outro jogo. "

Washington foi apenas um dos muitos ricos especuladores de terras envolvidos na definição
das bases para o roubo de terras indígenas em violação da lei e dos tratados juridicamente
vinculativos. Seu companheiro, o tão propagandeado proprietário de escravos Benjamin
Franklin foi o grande promotor atrás da Walpole, mais tarde, a Vandalia Company, um
grupo de especuladores de terra da Filadélfia que tinham os olhos em dez milhões de
hectares de terras indígenas protegidas pelo Edital. Outros grupos de especuladores estavam
ansiosos para roubar terras indígenas em "Charlotiana" (a maioria dos Illinoise Wisconsin),
Em Kentuckye Tennessee. Os planos foram feitos para roubar quase toda Michigan.

1766-1776: Treze Colônias. profundamente em dívida da sua guerra com a França, as


tentativas do governo britânico para que as Treze Colônias cobrissem parte do custo de sua
própria defesa. Uma série de atos impõe impostos sobre os colonos, mas na verdade, eles
são consideravelmente mais baixos do que os impostos cobrados sobre o povo da Grã-
Bretanha.
Devido à oposição de vários impostos, estão revogadas. Em 1766, a Lei do Selo foi
revogada. Em 1779 o governo britânico revogados os Atos Townshend e todos os direitos
sobre as importações das Treze Colônias, com exceção do chá. Em 1773, o Parlamento
britânico eliminou todos os impostos britânicos sobre o chá importado das Treze Colônias,
com exceção de uma pequena contribuição nas próprias colônias. Fora isso, pelo 1773 não
havia tributação nas Treze Colônias, em tudo a Grã-Bretanha, fazendo com que o slogan da
propaganda revolucionária "no taxation without representation" algo de um mistério.

1770:. Treze Colônias De acordo com John Adams,


que se tornaria o segundo presidente dos Estados Unidos, "uma multidão heterogênea de
rapazes irreverentes, os negros e mulatos, Teagues irlandês e tarrs jack bizarros", estavam
perturbando uma sentinela britânico. Ele pede ajuda, mas os soldados que vêm em seu
socorro são rechaçados pela multidão. A "ralé" cresce para cerca de cinqüenta pessoas
armadas com pedras e paus. O público é avisado para desistir, mas continuar a atirar pedras
contra os soldados britânicos. Eventualmente, os soldados abrem fogo contra a multidão
matando cinco pessoas. O primeiro a morrer é um marinheiro negro, Crispus Attucks.
Vários soldados britânicos estão finalmente condenado por homicídio culposo.

Attucks é freqüentemente acusada de ser a primeira pessoa a morrer na Revolução


Americana. A ironia de um homem negro a ser a primeira pessoa a morrer em uma
revolução que teve como objetivo principal de manter a escravidão parece ter escapado à
atenção. Em 1888, a cidade de Boston erigiu uma estátua em vez florida para Attucks no
Boston Common, novamente sem um pingo de ironia.
O propagandista "chefe" dono de escravos,
Samuel Adams cria a partir do incidente um mitológico Massacre de Boston onde os maus
soldados britânicos massacraram a sangue frio, colonos inocentes. Cada ano, no aniversário
do tiroteio, os fogos de propaganda são relembrados. Paul Revere faz sua parte, enganando
e inflamar o público (e no raking da massa), criando e oferecendo para venda uma gravura
retratando o chamado massacre, que é impreciso em quase todos os detalhes, mais
significativamente no fato de que os soldados são mostrados em pé em uma linha reta
atirando em uma multidão ordeira e completamente inocente em pleno dia. Na verdade, era
uma cena de caos noturno com a multidão a atacar os soldados.

Entre os muitos detalhes falaciosos na gravura Revere é a raça de Crispo Attucks, que jaz
morto no chão. Ele é mostrado como sendo branco. Não pode ser havin não nigger mortos
em nossas peças de propaganda, podemos agora?
1772-1783:. Treze Colônias "Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas,
que todos os homens são criados iguais, que são dotados pelo Criador de certos direitos
inalienáveis, que entre estes estão a vida, liberdade e a busca da felicidade. "

Palavras de toque com a liberdade. A Revolução Gloriosa, somos informados, liderada


pelos altamente amantes da liberdade que lutaram para trazer o milagre da democracia a um
povo valente,empreendedor e amante da liberdade oprimida por um poder colonial mal.

Infelizmente, como quase tudo o mais que foram cuidadosamente treinados para acreditar, é
apenas uma carga enorme de merda vermelha, branca e azul.
Com mais de dois séculos de lavagem cerebral e
masturbatória invenção propaganda sobre o tema da Revolução Americana, é quase
impossível encontrar referência nos Estados Unidos, fora de trabalhos acadêmicos, para o
fato de toda a década de 1760 e 1770, houve uma crescente movimento para abolir a
escravidão em todo o Império Britânico, incluindo as Treze Colônias. A campanha de
abolição chegou a um ponto culminante em 22 de junho de 1772 quando o Senhor
Mansfield, Lord Chief Justice de Inglaterra, proferiu uma tomada de decisão na época, no
caso do "escravo negro conhecido como James Somerset", contra o homem que
supostamente a própria ele, Steuart Charles de Virgínia.

Em sua decisão, Lord Mansfield, declarou que "a


escravidão não é permitida nem aprovada pela lei da Inglaterra" e que Somerset deve ser
posto em liberdade. Ao ouvir a decisão, os negros na platéia levantou-se e curvou-se ao
Tribunal. O Tribunal também reconheceu que o princípio jurídico do habeas corpus era
aplicável às pessoas negras, uma perspectiva assustadora para donos de escravos. A
decisão de Somerset, e uma outra similar de juízes escoceses logo em seguida, foram
vitórias impressionante para os abolicionistas e escravistas derrotas catastróficas para todo
o Império Britânico. Estas decisões pivotal jurídica acabaria por levar à abolição da
escravatura em todas as colônias britânicas e bens em todo o mundo.
O caso de Somerset foi seguido avidamente nas Treze Colônias, com extensa cobertura de
imprensa. Era muito claro para a classe dominante nas Treze Colônias que, sob domínio
britânico, a liberdade para os escravos que possuíam era inevitável e que a base de sua
riqueza e poder, a escravidão, acabaria se as colônias permanecessem sob domínio
britânico.

A única maneira de conservar a sua riqueza e poder era manter a escravidão e a única forma
de manter a escravidão era romper com a Grã-Bretanha. Ao contrário da crença popular, a
cada uma das Treze Colônias, incluindo Nova York, Nova Jersey, Rhode Island,
Massachusetts, Pennsylvania, Delaware e Maryland praticavam a escravidão.
Logo após as palavras da decisão de Somerset chegaram à Virgínia, o proprietário de
escravos Thomas Jefferson e outros quatro políticos da Virginia começaram a se reunir em
privado. Eles propuseram a formação de um "comitê de correspondência" das colônias, que
foi um primeiro passo para romper com a Grã-Bretanha. Eles persuadiram seus comparsas
na Câmara dos Burgueses da Virgínia a apresentar uma resolução para a formação dos
comitês de correspondência. A resolução incluía uma lista de membros da comissão,
Peyton Randolph, Richard Henry Lee, Patrick Henry, Thomas Jefferson e muitos outros.
Cada um proprietário de escravos.
Também falta a versão fantasia da Revolução Americana foi vendido para o público
americano é o fato central que, em 1768, os britânicos haviam entrado em acordo com as
nações indígenas americanas, que proíbia ainda mais o roubo de suas terras por
especuladores como George Washington e Benjamin Franklin . O Tratado de Fort Stanwix
com os iroqueses, o Tratado de Hard Work com os Cherokee e o Tratado de Pensacola com
os Cree efetivamente confirmado o estabelecimento da fronteira da Proclamação Real de
1763.

A própria palavra "fronteira", como aplicado as


Treze Colônias, é logo pervertida pelos propagandistas da classe dominante norte-
americana para uma terra do faz de conta onde valentes, pioneiros amantes da liberdade
com sua melhor garota ao seu lado lutando com ursos para domar o deserto. Na realidade, a
fronteira era um limite legalmente estabelecido, destinado a ser o limite do roubo de terras
por parte dos especuladores, como George Washington, preservando sempre a terra em que
as nações indígenas foi garantido por lei o direito de exercer a sua forma tradicional de a
vida.
A maioria dos signatários da Declaração de Independência foram, de fato, os proprietários
de escravos ou seus representantes. Praticamente todos os signatários da Declaração foram
especuladores de terras. A maioria dos "heróis" da Revolução e da América precoce foram,
na realidade, os adversários resolutos da igualdade, liberdade, fraternidade, o Estado de
direito e, acima e além de tudo, da democracia. Os seus verdadeiros objetivos e gritante
foram para roubar terras indígenas em violação de acordos juridicamente vinculativos, para
preservar a escravidão, em perpetuidade, a fim de manter a sua própria riqueza e poder
como classe dominante e para instalar uma tirania da mesma elite que por trás de uma
fachada de democracia . Na verdade, como só sobre isso tudo neste mundo triste velho, que
foi tudo por dinheiro e poder.

A Declaração de Independência foi seguido pelas Leis de teste,


destinado a forçar todos os colonos em jurando fidelidade à sua junta local. Um registro foi
mantido de quem fez o juramento e foram emitidas com um "certificado de segurança da
prisão". Falha ao fazer o juramento significava prisão, confisco de bens, perda de todos os
direitos legais, expulsão e até mesmo a morte. Aqueles que se recusaram a participar na
revolução os donos de escravos eram impedidos de exploração de escritório, banido da
profissão e obrigados a pagar impostos duplos ou triplos.

Oito meses depois de supostamente dar o seu famoso grito: "Dá-me a liberdade ou a
morte", que pode ser ele próprio ainda outra invenção da máquina de propaganda, o
"amante da liberdade" proprietário de escravos e especulador de terras Patrick Henry
ordenou "patrulhas diligentes" para impedir que os escravos na Virgínia aceitassem uma
oferta de liberdade pela Grã-Bretanha. Propagandeada para tédio-terra especulador
Benjamin Franklin, na elaboração de instrumental que imortal hino à liberdade, a
Declaração de Independência, de propriedade seres humanos como escravos. Os "patriotas"
amantes da liberdade da colônia de Rhode Island, um importante centro de comércio de
escravos, compravam escravos Africanos que foram forçados a lutar e morrer nos exércitos
revolucionários no lugar dos "amantes da liberdade do lírio branco " que os tinha comprado
como propriedade .

Em contraste, a Bretanha, a potência colonial má, por fim não só aboliu a escravidão nas
suas próprias posses, mas combateu a escravatura em todo o mundo, mantendo caros
bloqueios navais da costa durante todo o ano e perseguir navios negreiros Africanos em
alto-mar, libertando os africanos capturados. No novo Estados Unidos dos "livres", a
escravidão continuou a existir durante um século após a Revolução. Os escravos, que
podiam escapar para a liberdade em território britânico no Canadá através de túneis
subterrâneos.

Mesmo depois da Guerra Civil, legalmente acabando com o apartheid, levando o selo de
aprovação do referido grande defensor dos direitos humanos, a Suprema Corte dos Estados
Unidos, existia até a década de 1960, com linchamentos, queima de cruzes, assassinatos em
massa e de fraude eleitoral por atacado. De fato, o apartheid, a discriminação sistemática na
raça , o racismo entranhado e baseada fraude eleitoral existe até o presente momento, 230
anos depois da Revolução, a maioria de nós foram doutrinados para acreditar que trouxe
independência, liberdade e democracia para a América.

Os colonos comuns foram forçados a se juntar à Revolução, por uma campanha sistemática
de terror feito em grande parte pelos chamados "Filhos da Liberdade". Aqueles que não
desejavam lutar pelos lucros e poder dos proprietários de escravos e especuladores de terra
foram perseguidos, presos, torturados e assassinados, roubados de suas terras, suas casas,
fazendas, empresas e navios queimados ou destruídos por "patriotas". Os homens que não
conseguiram fugir foram obrigados a entrar no exército revolucionário, exceto para os ricos
que podiam, como sempre, comprar a sua saída do projeto ou comprar escravos para tomar
o seu lugar, a Guarda Aérea Nacional do Texas, não tendo ainda sido criadas. Centenas de
milhares de pessoas de todos os grupos étnicos e raciais, mais de metade da população em
algumas áreas, se tornaram terroristas agitando bandeiras sobre o Canadá, Bahamas,
Bermudas e outros santuários.

Mentiras e propaganda, histórias inventadas de atentados e massacres, em grande parte


inventados e disseminados por proprietário de escravos Sam Adams, a maior parte mítica
"Massacre de Boston", sendo o exemplo mais notório e ridículo, foram utilizados para
manipular a opinião pública e obter apoio para a guerra.

Os "republicanos patriotas" que se aliaram com o rei Luís XIV da


França, cujos exércitos e da marinha foi a maior responsável pelo sucesso militar da
Revolução, como parte de uma guerra mundial contra a Grã-Bretanha. A França também
forneceu dinheiro e armas para os "patriotas" para continuar sua guerra contra a Grã-
Bretanha.

Apesar das palavras de toque da Declaração, "os governos são instituídos entre os homens,
derivando seus justos poderes do consentimento dos governados" e o slogan da propaganda
freqüentemente citado "não há tributação sem representação", os instigadores da
Revolução, o escravo e a especulativa classe dominante donos da terra, não tinham
nenhuma intenção de permitir que o povo dos Estados Unidos, branco, preto, "vermelho"
ou não, dar ou recusar o seu consentimento para nada. "Representação" era para ninguém,
mas os membros da sua camarilha própria, muito rica, muito exclusiva e muito pequena dos
hipócritas, a classe dominante norte-americana.

Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas,


Que todos os homens são criados iguais.
Proprietário de escravos, limpeza étnica,
abusador sexual e artista de merda,
Thomas Jefferson

1773: Treze Colônias. O Boston Tea Party: patriotas


valorosos chuck chá em Inglês Boston Harborpara protestar contra a tributação injusta.
Bem ... ... talvez não. O maior traficante de Treze Colônias ", John Hancock, que dirigia
uma grande empresa criminosa que lhe rendeu o equivalente a milhões de dólares por ano
em dinheiro de hoje, havia organizado um boicote de chá de Chinavendidos pela British
East India Company. Por uma incrível coincidência, isso criou um mercado enorme e
pronto para o seu próprio chá de contrabando. Até 1773, a Companhia das Índias Orientais
tinham acumulado grandes estoques de chá para vender nos seus armazéns, pois não
poderia competir com Hancock e outros contrabandistas. O governo britânico, em seguida,
aprovou a Lei de chá, o que permitiu a Companhia das Índias Orientais a vender chá para as
colônias diretamente, sem o pagamento do imposto britânico ou dever. A Companhia das
Índias Orientais poderia vender chá, a preços inferiores aos contrabandistas.

Sim, você leu certo que a gente ... ... o Boston Tea Party foi um protesto contra os ingleses
para o governo REMOVER o imposto sobre o chá. Agora, por que diabos alguém iria
querer protestar contra a remoção de um imposto que resulta um produto mais barato?
Bem, se você é um tempo grande contrabandista que ganha uma fortuna vendendo chá de
contrabando, você pode ser um pouco chateado com a perspectiva de ter uma parte de seu
império criminoso colapso durante a noite. E, se você é um bom amigo de Sam Adams,
mestre da propaganda e mão orientadora do chamado macônico dos Filhos da Liberdade
assim, não é muito difícil organizar uma devassa desruction pouco. Primeiro, porém, você
começa Sam e os meninos para aterrorizar os agentes e destinatários da Companhia das
Índias Orientais, com ataques às suas empresas e residências. Em seguida, os Filhos da
Liberdade, disfarçados como índios e armados com machados e paus, atacam três navios
noBoston Harbore destruindo cerca de 100.000 libras de chá, jogando-a no porto. Tudo isso
para protestar contra a remoção de um imposto.

1775:. Treze Colônias "Os britânicos estão chegando, os ingleses


estão chegando!" O que uma grande história, Paulo Revere andar pela noite com a sua
famosa mensagem. Faz você se sentir formigamento e patriótico. Mas mantenha seus
chapéus, pois verifica-se que esta história é apenas mais uma mentira. O choro pode ser
melhor, "A Mentira está chegando, a mentira está chegando!" A verdade é que o pobre
velho Paulo foi parado por soldados britânicos e nunca entregou sua mensagem. Então
porque é que acreditamos nessa bobagem? Em grande parte devido ao fato de que, em
1860, Henry Wadsworth Longfellow escreveu o poema, Paul Revere's Ride, que se inicia
com as linhas imortais: " Ouvi, meus filhos, e você deve ouvir / Dosmeia-noite passeio de
Paulo Revere. "glorificação de Longfellow Reverenciar foi pura invenção. Uma pergunta
melhor pôde ser, porque é que a mentira sobre Paulo Revere continua, como tantos outros,
não só não corrigida na mente do público, mas continua a ser alimentada e veiculada pelos
meios de comunicação?

1775-1776:. CANADÁ americano "revolucionário" tropas invademCanadá. Duas


expedições separadas são lançados, que juntam forças antes de atacarQuebec City. Os
invasores são derrotados e expulsos de volta paraFort Ticonderogaem Nova York Estado.
1776:. Treze colônias John Hancock coloca a primeira assinatura
da Declaração de Independência. Hancock foi, na época, o presidente do Congresso
Continental e mais tarde seria governador de Massachusetts. Mas há que ser mais velho de
John do que isso, certo? Não é para colocar um ponto demasiado fino sobre ele, ele era um
gangster na sua época com uma grande peruca empoada. A família Hancock tinha sido
envolvida em contrabando em grande escala. Herdou uma fortuna do tio traficante e passou
a se tornar o maior contrabandista das Treze Colônias, acumulando uma fortuna ainda mais,
usando o suborno e o terror para realizar seus empreendimentos criminosos.
Para tomar um exemplo simples, Hancock contrabandeou cerca de um milhão e meio de
litros de melaço em um ano para as Treze Colônias, em que ele deveria ter pago cerca de £
37.500 que devia. Na verdade, ele normalmente paga apenas R $ 2.500. Os £ 35.000 por
ano, ele fez o contrabando de melaço isoladamente foi uma grande soma de dinheiro no
século XVIII, o equivalente a milhões de dólares hoje. Hancock também fez contrabando
de grandes quantidades de chá e foi o instigador por trás do Boston Tea Party. Hancock
viveu a vida de Riley no auge da sociedade Beacon Hill em Boston. A revolução aconteceu
em um momento bom para ele: centenas de acusações contra ele, por contrabando nunca
foram levados a um tribunal e ele estava livre para viver uma vida de luxo em sua vida de
criminoso.

1776-1782: Treze Colônias. Virginiaplantador de Charles Lynch coloca seu nome na


língua quando ele cria um tribunal canguru para a perseguição dos legalistas e os seus
forçados a conversão para o "patriota" por causa da tortura e do terror. Lynch e seus
vigilantes sequestraram legalistas, submetê-los a julgamentos falsos e logo em seguida
realizar uma "frase" que pode incluir até trinta e nove chicotadas, apreensão de bens e
pendurado pelos polegares da nogueira sobre a propriedade Lynch, dando origem ao termo
" linchamento ". Lynch também coagido promessas de fidelidade à causa rebelde e o
recrutamento forçado para as forças rebeldes. Lynch também facilitou o roubo de bens
pertencentes a suas vítimas.

Por razões de equidade e de justiça, em 1782, a Assembléia Geral da Virgínia passou de um


ato especial de nomenclatura Lynch e três de seus companheiros vigilantes, retroativamente
proporcionando-lhes imunidade para seus crimes.

1778: Treze Colônias. Os aliados do governo revolucionário com França.


1779: Treze Colônias. Os aliados do governo revolucionário com Espanha.

1779:. Treze colônias proprietário de escravos e especulador de terras George Washington,


comandante em chefe do Exército Continental, começa sua carreira de limpeza étnica em
grande forma quando ele ordena o major-general John Sullivan para destruir
completamente as tribos Iroquois que tinham se aliado com os legalistas durante a
Revolução Americana. Washington ordenou que "as partes devem ser destacados para
arrasar todos os assentamentos em torno de Iroquois, com instruções para fazê-lo na forma
mais eficaz, que o país não pode ser apenas superação, mas destruiu."

Sullivan mais tarde relata que "os objetos


imediatos da expedição são realizadas, a saber: a ruína total dos assentamentos indígenas e
a destruição de suas colheitas." As nações Iroquois nunca se recuperaram da Expedição de
Sullivan, e ao longo das próximas décadas perderam quase todas as suas terras, tornando-o
disponível para os especuladores, como Washington. Por seu papel na campanha,
Washington ganhou o apelido de " Destruidor de Cidades " ou "Devorador de Aldeias".

O Governo dos EUA terá, em 1929, orgulhosamente emitido um selo postal comemorativo
desta fúria implacável dos assassinatos em massa e limpeza étnica.

1783:. ESTADOS UNIDOS O Tratado de Paris termina a Guerra Revolucionária. Entre


suas disposições são um fim ao roubo de propriedade Loyalist e compensação de
propriedade Loyalist roubadas ou destruídas pelos "patriotas". Na verdade, o roubo de
propriedade Loyalist continua após a assinatura do tratado e, virtualmente, nenhuma
restituição é sempre feita. Centenas de milhares de legalistas mudar para o Canadá e outros
territórios britânicos.
Mas, você tem que admitir que os bastardos escravistas que orquestraram a Revolução não
discriminam a quem eles usam. Dois anos depois de lutarem na guerra dos donos de
escravos contra a Inglaterra, os soldados do exército continental ainda não foram pagos.
Centenas de veteranos da Guerra Revolucionária marcharam na State House, em Filadélfia,
onde o Congresso está em sessão e exigir o seu pagamento. Corajosamente, o Congresso
foge para Princeton, New Jersey e, várias semanas depois, o Exército dos EUA
expulsa os veteranos pela força.

1783-1799: Mentira número Três, O Milagre da Democracia

1783-1865:. ESTADOS UNIDOS A Constituição dos EUA foi aprovada. Entre outras
coisas, este fabuloso instrumento de liberdade traz uma disposição que impede o Congresso
de proibir a importação de escravos. Mas, mais significativamente, os autores da
Constituição foram muito cuidadosos para assegurar que a escravidão é validado por meio
de uma chamada positiva "lei" incorporado no artigo 4 º, ponto 2: "Nenhuma pessoa detida
ou ao Serviço do Trabalho em um Estado, sob as suas leis, fugindo para outro, deverá, em
consequência de qualquer lei ou regulamento nela, ser dispensado do serviço ou do
Trabalho, devendo ser entregue; crédito da entidade a quem ou Serviço Trabalhista pode
estar devidamente ligado ". Na planície Inglêsa, não houve nenhuma fuga de escravos na
terra da liberdade e da Constituição dos EUA fez maldito certeza.
Em uma inversão da realidade mágica, histórias EUA repetidamente referem-se a
assembléias, governadores e presidentes de ser eleito pelo voto popular. Na verdade,
porém, nos Estados Unidos, o voto popular é estritamente proibido por lei. Negros na
nova "democracia" são itens de bens que não podem votar ou ocupar cargos. Os brancos
comuns são simplesmente escravos com um outro nome e outra cor e que não podem votar
ou ocupar cargos. Os Índios, em cujas terras foram roubadas para a nova nação, e que
foram descritos na Declaração racista de Independência como "impiedosos selvagens
índios", não podem votar ou ocupar cargos. Na maioria dos estados nesta nova e brava
pátria da "liberdade religiosa", católicos e judeus não podem votar ou ocupar cargos. As
mulheres, independentemente de raça, credo, cor ou religião, são bens móveis que não
podem votar ou ocupar cargos. Os homens brancos, mesmo aqueles mais "sagrados de
todas as criaturas de Deus", o branco protestante, os homens não-contratados, não podem
votar ou ocupar cargos a menos que cumpram uma qualificação maior para a adesão da
classe dominante, que deve ser muito, muito rico e maçom.

Embora variando de estado para estado, a qualificação da propriedade, que abria as portas
para a participação na nova era da democracia, era tanto quanto $ 4000, uma soma
astronômica no século XVIII, igual a milhões de dólares hoje.

O direito de votar e exercer o cargo e todo o poder político e econômico na nova


democracia era, naturalmente, realizada por um pequeno punhado de que mais tarde
viria a ser conhecido como fascistas, uma pequena fração de um 1% da população, os
ultra ricos, homens brancos , protestantes, escravocratas, especuladores de terra, elite,
terroristas completamente sem escrúpulos, uma aristocracia auto-nomeado de
hipocrisia que olhou com desprezo aberto em cima da maioria de seus companheiros
seres humanos, incluindo os americanos comuns de todas as raças.
Depender dele, senhor, é perigoso abrir mais fecunda fonte de controvérsia e polémica,
como seria aberto por tentativa de alterar a qualificação dos eleitores. Não haverá final.
Os pedidos novos irão surgir. As mulheres vão exigir uma votação e as de 12-21 vão
pensar os seus direitos não é suficiente atendidos, e cada homem, que não tem um centavo,
vai exigir uma voz igual à de qualquer outro em todos os atos do estado. Eles tendem a
confundir e destruir todas as distinções, e prostrados todos os escalões, para um nível
comum. John Adams.
Imagine que essa é a igualdade na terra dos livres!

Aqueles que se recusaram a jurar fidelidade à ditadura recém-instalada do ultra-ricos


foi negado praticamente todas as liberdades civis, foram presos, assassinados ou
forçados ao exílio e os seus bens roubados.

Os "três quintos" cláusula da Constituição contados cada escravo, propriedade de três


quintos de uma pessoa por causa da repartição dos distritos eleitorais, embora os próprios
escravos não eram, naturalmente, direito de votar. O efeito foi dar escravistas uma
proporção imensamente desproporcional de poder político entre a pequena minoria de
americanos que tinham alguma. Os proprietários de escravos tinha cerca de um terço a mais
assentos no Congresso e um terço a mais votos eleitorais do que de outra forma teriam tido.

O desejo de manter o controle do país nas mãos dos donos de escravos também estavam por
trás da criação do Colégio Eleitoral. Votos no Colégio Eleitoral, que "elege" o presidente,
ordenadamente sidestepping eleição direta, foram distribuídas, utilizando a regra de três
quintos mesmo. Graças à cláusula de três quintos, proprietários de escravos dominavam o
governo dos Estados Unidos até 1865. Para a maior parte do período, proprietários de
escravos ocuparam a presidência, a presidência da Casa Formas e Comitê de Meios e
cadeira do Presidente. Durante o mesmo período, de dezoito trinta e um ministros do
Supremo Tribunal Federal, que grande protetor dos direitos humanos e da dignidade, eram
proprietários de escravos.

O presidente propagandeada tanto por um


lado, George Washington, era um elitista esnobe que considerava os americanos comuns
não melhores do que gado. Ele chamou os cidadãos brancos do país de novo sobre o qual
ele alardeava como "a multidão de pastejo". Washington era um proprietário de escravos e
um especulador de terras.

O "grande amante da liberdade" possuía cerca de duzentos e cinquenta escravos, vestidos


de trapos, leiloou seus filhos por dinheiro ainda mais, da qual ele nunca poderia,
aparentemente, adquirir o suficiente, e eles tinham violentamente chicoteado por
"desobediência". Entre os muitos negócios e "empresas" de Washington foi a construção de
um canal através do Great Dismal Swamp na Carolina do Norte. O canal foi cavado à mão
pelos escravos por meio de vapor, o pântano era infestado de mosquitos. Os escravos
tinham que trabalhar até a morte em condições deploráveis, para que Washington, já o
homem mais rico nos Estados Unidos, pudesse crescer ainda mais rico.

Além de seu desejo de manter a escravidão, em


Washington, como um líder na especulação de terras, estava particularmente ansioso para
ganhar o controle do governo, porque os britânicos haviam assinado um tratado com a
Nação Cherokee e outras nações indígenas, que impediu o roubo de suas terras ancestrais
para o lucro. Como presidente, Washington, no seu fervor para roubar o máximo possível
de terras indígenas, também era um assassino em massa considerável de realização, médico
principal do país início da limpeza étnica dos nativos americanos. De acordo com
Washington, os americanos nativos eram "lobos e feras", que não mereciam nada dos
brancos, mas a "ruína total."

O segundo presidente, John Adams, não tinha mais parecer do ordinário americanos
brancos de Washington. Eles estavam, segundo ele, o "rebanho comum" e "não tinha ideia
de aprendizagem, eloqüência e do gênio" e foram "trancados dentro vulgar, imaginação
caipira".

1780:. ESTADOS UNIDOS Capitão Daniel Shays, um veterano da


Guerra da Independência, lutou em Saratoga, Bunker Hill e Lexington e foi ferido na ação.
Um agricultor pobre, ele, como milhares de outros, não foi pago pela classe dominante, que
forçou os colonos por ameaça e violência em que os exércitos revolucionários. Ele retornou
à sua cidade de Pelham, Massachusetts, onde ele, como muitos outros, foi imediatamente
preso por não pagar impostos pelo novo regime.

Embora ele tivesse de lutar pela "democracia" e foi avaliado impostos que não podia pagar,
Shays não era permitido votar ou ocupar cargos na nova democracia. Para Shays e a grande
maioria das pessoas no novo Estados Unidos, o slogan de "propaganda" dos proprietários
de escravos " não há tributação sem representação" foi simplesmente uma piada de mau
gosto dos hipócritas ricos, que agora estavam controlando completamente o país.

O "herói" revolucionário Sam Adams, hipócrita e mentiroso convicto, instalada com


segurança como uma das classes dominantes sentado no Conselho do Estado de
Massachusetts, alcançado um novo patamar, mas esperadas de hipocrisia quando ele propôs
para pendurar Shays e qualquer outra pessoa recorrer à desobediência civil em uma
tentativa para trazer a verdadeira democracia e liberdade, ou mesmo algo tão simples como
"não há tributação sem representação" para os Estados Unidos.

O Massachusetts Riot Act de 1786 ordenou a morte de um agricultor rebelde e instituiu


uma lei de apreensão de propriedade. Os agricultores rebeldes foram para "perder todas as
suas terras, bens móveis para a comunidade." Massachusetts também suspendeu o habeas
corpus que significa que os cidadãos podem ser aprisionados indefinidamente pela junta
sem acusação ou julgamento. A liberdade de expressão em Massachusetts foi banido se
"em prejuízo do governo." Quem era o promotor-chefe de toda essa opressão fascista?
Nada menos que o grande lutador pela liberdade Sam Adams. Vermont foi pelo mesmo
caminho, decretando o ato de motim, que autorizou xerife do condado de disparar nos
agricultores rebeldes à vista.

Petições foram feitas para o regime de um sistema honesto monetário, impostos mais
baixos e um sistema judicial justo. As petições foram ignoradas e, em desespero, grupos de
agricultores ocuparam a tribunais em Northampton, Worcester, Concord, Taunton e Great
Barrington, Massachusetts, em uma tentativa de impedir a prisão em curso daqueles que
não podiam pagar os impostos que incidem pelo regime .

A Suprema Corte Judicial, sentado em Springfield, indiciado onze líderes do levante de


"sedição". Após a sua libertação da prisão, Shays conduzir um exército de quinze mil ex-
soldados, vestindo o uniforme do exército revolucionário, que os havia traído, para ocupar
o Palácio de Justiça. Mais tarde, Shays vantagem de dois mil agricultores em um assalto no
Arsenal Federal em Springfield.

Rebelião Shays, a verdadeira revolução americana para a liberdade e a igualdade (para as


pessoas brancas, pelo menos), pois não há tributação sem representação e, por algum
arremedo de democracia, foi brutalmente esmagado pela força militar esmagadora,
deixando os Estados Unidos firmemente nas mãos do escravista classe dominante. Shays e
outros treze foram condenados à morte por "traição" contra a ditadura elitista. Finalmente,
doze dos quatorze foram perdoados pelo governador recém-instalada de Massachusetts.
Dois deles foram executados. Shays, um dos poucos verdadeiros heróis da época, morreu
na pobreza.

1782:. ESTADOS UNIDOS Um bando de invasores de


cento e cinqüenta Pensilvânia milicianos sob o tenente-coronel David Williamson rodadas
de um grupo de índios Munsee perto Gnadenhutten, Ohio. Mesmo que os índios são não
combatentes desarmados que se converteram ao cristianismo, eles são falsamente acusados
de participar de ataques em Pensilvânia. De forma democrática verdade, o voto milicianos
para abater os índios de qualquer maneira e informar o Munsee do seu destino.

O Munsees passaram a noite orando e cantando hinos. Na manhã seguinte, eles são abatidos
à medida que se ajoelhavam, rezavam, seus crânios esmagados com marretas. Vinte e oito
homens, 29 mulheres e trinta e nove crianças são assassinados e depois escalpelados por
parte das forças da liberdade. Os corpos são então empilhados em edifícios próximos da
missão cristã e toda a cidade foi queimada até o chão. Outras cidades próximas são
queimadas. Dois meninos Munsee, um dos quais tinha sido escalpelado, sobreviveu para
contar sobre o massacre. A reação para o massacre do proprietário de escravos e
especulador de terras o general George Washington foi de não punir os assassinos, mas a
fim de que nenhum soldado americano se permitir ser capturado vivo pelos índios por medo
de retaliação pelo massacre.

1783-presente:. ESTADOS UNIDOS O


novo regime permite imediatamente que os especuladores de terra que havia sido
fundamental para o planejamento e execução da Revolução de aproveitar as terras
indígenas, que revoga a tratados e da realização de uma implacável programa de genocídio
e limpeza étnica contra os nativos americanos que durou mais de um século. Milhões de
índios americanos são mortos a título definitivo ou morrer em consequência de doença
induzida deliberadamente e fome. Praticamente todas as terras indígenas, que consiste na
grande maioria das terras do oeste do rio Mississippi, é roubada. Claro, tudo isso vai ser
apresentado aos americanos de gerações posteriores como os valentes pioneiros domando o
deserto.

Os brancos americanos têm a mais rancorosa antipatia


a toda a raça dos índios;
nada é mais comum do que ouvi-los falar
de extirpá-las totalmente da face da terra,
homens, mulheres e crianças.
Um visitante britânico para os Estados Unidos, 1784

1789-1797:. ESTADOS UNIDOS proprietário de escravos, especuladores de terra,


limpeza étnica e assassinato em massa de acobertamento artista George Washington se
torna o primeiro presidente dos Estados Unidos, um escritório para o qual foi "eleito" por
unanimidade pelos seus colegas maçônicos especuladores de terras e proprietários de
escravos no Colégio Eleitoral, dispensando até mesmo o mero pretexto da democracia.

Um grande defensor da liberdade, Washington tem oito de seus escravos para a mansão
executiva em Filadélfia. Pennsylvania, aboliu a escravidão, mas Washington, um cara
atirando em linha reta ", como todos sabemos, tem todo o direito, declarando que ele era
um residente Virginia apenas temporariamente hospedado no que era então a capital.

Em 2002, o National Park Service irá construir um novo pavilhão para abrigar "o sino da
liberdade". Os visitantes do pedaço 12 milhões dólares de propaganda, sem dúvida,
continuam alegremente inconscientes de que elas estão andando nos trimestres de George
Washington escravo.

Uma vez que ele obtém seus escravos e se estabeleceu, Washington começa a trabalhar, a
despesa de oitenta por cento do orçamento da nação para uma nova limpeza étnica, com o
extermínio de nativos americanos e roubar suas terras, algo muito querido para seu próprio
coração e conta bancária.

1791-1794:. ESTADOS UNIDOS O


governo dos EUA, com um presidente não eleito e votar em outros escritórios restrito aos
ricos, brancos, homens maçôns protestantes, continua a explorar os limites da hipocrisia,
ampliando sua política de tributação sem representação. O governo federal impõe um novo
imposto sobre as bebidas alcoólicas destiladas. Naturalmente, a taxa é de cinqüenta por
cento mais elevado do que em fazendas pequenas em grandes produtores comerciais.
Porque eles não dispunham de qualquer maneira de começar o seu grão para o mercado, a
destilação de bebidas alcoólicas, tornando-se facilmente, transportado de commodities
compacto, foi, para muitos pequenos agricultores, a única maneira de fazer algum dinheiro
em tudo de suas culturas.

Amargamente opostos tributação sem representação, os agricultores assediar os cobradores


de impostos e palco, por vezes, violentos protestos na Pensilvânia, Maryland, Virgínia,
Norte e Carolina do Sul e Geórgia, no chamado Whiskey Rebellion. Como no caso de
rebelião Shay, a coima novo governo "democrático" dos Estados Unidos usa a violência
para suprimir a dissidência esmagadora dos cidadãos americanos e para fazer cumprir a
política de tributação sem representação. O proprietário de escravos o não eleito Presidente
George Washington invoca a lei marcial e monta uma força de 13.000 soldados, cerca do
mesmo tamanho que todo o exército americano na Guerra Revolucionária. Ele dirige
pessoalmente as tropas contra os cidadãos dos Estados Unidos, a fim de assegurar a
obediência aos seus ditames do regime e a sua política de tributação sem representação.
Finalmente, vinte moradores da nova democracia são presos. Um morre em cativeiro. Dois
são condenados por traição e condenado à morte por enforcamento.

1793: ESTADOS UNIDOS. Congresso aprova a Lei do Escravo Fugitivo que determina a
devolução de escravos fugidos a seus "donos" de qualquer lugar do negros que fugiam da
escravidão dos EUA já não basta para chegar a um estado que tenha abandonado a
escravidão, mas temos que escapar completamente da a "terra dos livres" para território
britânico no Canadá ou em outros lugares, a fim de encontrar a liberdade.

1798: República. DOMINICANA EUA fuzileiros navais invadem a República


Dominicana e apreendem um navio francês na cidade de Puerto Plata.

1798: ESTADOS UNIDOS. Não é tão dang muita liberdade e


liberdade nos Estados Unidos estas aqui faz um cara orgulhoso. Apenas sete anos após a
ratificação da Carta de Direitos, a Primeira Emenda à Constituição vai direto no vaso
sanitário quando a Lei de Sedição de 1798 faz com que seja um crime, suspiro, criticar o
governo. Não pode ser "nenhum havin do que nos de maior democracia do mundo,
podemos agora bubba?

Foram inúmeras denúncias, acusações e condenações ao abrigo da lei, o mais conhecido


dos quais foi a sentença de prisão dada ao congressista Matthew Lyon de Vermont.
Tomando a primeira alteração um pouco demasiado literalmente para os gostos da classe
dominante, o Lyon tinha algumas palavras duras para o presidente John Adams dizendo que
é "engolido por um aperto contínuo de energia, em uma sede ilimitada de pompa ridícula,
tola adulação , a avareza eo egoísmo. " Lyon está devidamente jogado aos "cristãos".
1800-1849: Trinta e cinco invasões e um genocídio.
1800: ESTADOS UNIDOS. Em "Revolução de 1800" o
proprietário de escravos e limpeza étnica Thomas Jefferson capta a Casa Branca apenas
como resultado dos "três quintos" cláusula da Constituição que dá a proprietários de
escravos o poder político muito desproporcional em relação ao seu número.

Comercializado com sucesso para as gerações de americanos e outros ao redor do mundo


como um maravilhosamente articulado defensor da liberdade e igualdade, Jefferson era, na
realidade, um profundo fascista, falastrão um hipócrita, uma limpeza étnica de realização
considerável e, muito provavelmente, um predador sexual. Ele possuíu milhares de
escravos em sua vida, quase certamente teve relações sexuais com pelo menos uma delas, e
foi um entusiástico defensor da expansão da escravidão nos territórios ocidentais, em
seguida, ser roubado de nativos americanos pelos especuladores de terras. Mesmo Jefferson
é muito elogiado defesa do Universidadede Virginiafoi em grande parte um esforço para
transformar a educação e articular os defensores da expansão da escravidão para o oeste
para a terra depois de ser roubado de nações indígenas em violação de tratados
juridicamente vinculativo.

O tão reverenciado "apóstolo da democracia" teve seus escravos chicoteados e vendidos no


Deep Southcomo uma tática de terror para induzir seus escravos remanescentes de
obedecer. Em 1822, Jefferson era proprietário de 267 escravos, entre eles,
inacreditavelmente o suficiente ou talvez não, eram quase certamente vários de seus
próprios filhos. Dos milhares de escravos que possuía, apesar da montanha de bobagens
hipócritas que ele vomitou sobre "liberdade",Jefferson libertou apenas três de seus escravos
durante sua vida, e mais cinco na sua morte, todos prováveis de ser seus próprios
descendentes.

Uma contribuição tipicamente Jeffersoniana para a democracia, liberdade, igualdade e


fraternidade está contido em suas "Notas sobre o Estado da Virgínia", em que ele
desenvolveu a sua doutrina da inferioridade da raça negra, um pouco de maldade que
formaram a base ideológica do racismo americano e a justificação da escravidão e do
apartheid, nos EUA durante décadas.
O grande Jefferson não foi um pouco mais "democrático" quando se tratava de brancos que
não faziam parte da classe dominante escravista e que não estavam autorizados a votar na
nova democracia. Dos ordinários americanos brancos, o "grande democrata", disse,
"pessoas comuns não devem ser consideradas quando calculamos o caráter nacional".

As melhores contribuições de Jefferson vieram, no entanto, como George Washington, na


área de limpeza étnica e assassinato em massa. Um brilhante e articular campeão de
genocídio contra os nativos americanos, o grande democrata escreveu que o governo é
obrigado "agora a persegui-los (os proprietários da terra natal de Jefferson e sua espécie tão
cobiçada) para o extermínio ou levá-los a novos lugares além do nosso alcance. "

1802-curso: ESTADOS UNIDOS. Um dos mais prolíficos mercadores da morte da


América e pilar de longa vida da classe dominante norte-americana, a família Dupont,
depois de terem escapado da França revolucionária com uma vasta fortuna, estabeleceram
um negócio de fabricação de pólvora em Delaware com o apoio de Napoleão Bonaparte.
Como é a forma com a classe dominante, é tudo muito aconchegante. Os Duponts ajudaram
a negociar o estado da Louisiana com cerca de um milhão de quilômetros quadrados da
França, O que tornou algumas pessoas muito, muito ricas. Os Duponts receberam um
verdadeiro presente quando o proprietário de escravos e limpador étnico presidente Thomas
Jefferson, coloca ordens maciças de pólvora federal com seus amigos, o Duponts. É o início
de um relacionamento longo e amoroso. O Duponts fornecerá energia matando para cada
guerra americana até os dias atuais. Hey, é apenas um bom negócio e uma vida melhor e,
para alguns, morrendo, através da química.

1803-1804:. HAITI combatentes da independência do Haiti derrotam o exército de


Napoleão na batalha de Vertieres. Pouco tempo depois, o Haiti declara independência da
França e a emancipação de todos os escravos. Não poderiaser haver uma nação livre de
negros na entrada da América, e a classe dominante dos EUA inicia uma campanha de
boicote e de desestabilização contra o Haiti que dura até hoje.

1804: LÍBIA. Os EUA invadem Tripoli usando os mercenários árabes, gregos e berberes.

1806: MÉXICO. As forças dos EUA invadem o México e constroem uma fortaleza no
estado mexicano do Colorado.

1806:. ESTADOS UNIDOS Depois de uma greve por melhores salários, o sindicato da
Filadélfia Journeymen Cordwainers (sapateiros) é condenado por falência e por acusações
de conspiração criminal. O governo dos EUA usará a tática para garantir um fornecimento
constante e barato, desorganizado de trabalho, incluindo o trabalho infantil, à classe
dominante para a maior parte do século XIX.

1810: FLORIDA. As tropas dos EUA invadem e tomam o território espanhol, tanto a leste
como a Perdido Rio.
1810-1850: Estados Unidos / Canadá / México. entre
trinta e cem mil escravos americanos escapam para a liberdade no Canadá através do
metropolitano, uma rede de quakers, abolicionistas e as pessoas que realmente acreditam na
liberdade. Embora a maioria dos escravos fugidos para o Canadá Superior (atual Ontário), a
liberdade encontrada muitos em Nova Scotia, no Canadá Inferior (Quebec) e na Colúmbia
Britânica. Um número menor fugiu dos EUA para o México.

Entre os muitos heróis e heroínas do metro era Harriet Tubman, se um escravo fugitivo que,
ao longo de um período de onze anos, conduziu pessoalmente o escape de setenta escravos
para a liberdade em Canadá.

1811:. ESTADOS UNIDOS Charles Deslandes lidera uma revolta de escravos vencida no
território da Louisiana. Deslandes e quinhentos escravos marcham em direção à Nova
Orleães, Matando dois brancos, queimando plantações e colheitas, e capturar armas e
munições. Os lutadores da liberdade são interrompidos a oeste de Nova Orleães por uma
milícia de proprietários de escravos ", apoiada por tropas do governo dos EUA. Sessenta e
seis escravos estão mortos. Deslandes e vinte outros são condenados a tiro, morte e
decapitados e suas cabeças decepadas colocados em postes ao longo do rio Mississippi
estrada como um alerta aos outros escravos que poderiam estar abrigando idéias erupção
sobre a liberdade.

1812: FLORIDA. As tropas dos EUA invadem e ocupam partes do território espanhol do
Leste da Florida.

1812-1815: CANADÁ. Enquanto a Grã-Bretanha está em guerra com a França, Os EUA


usa a aplicação de um bloqueio naval contra a França como pretexto para uma invasão e
tentativa de anexação do Canadá. A grilagem de terras foi derrotada pelos britânicos e
canadenses e seus aliados indígenas. De volta a bater o ataque americano, as forças
britânicas e canadenses ocuparam Washington DC, forçando o presidente James Madison
para fugir.

Embora o motivo principal e mais óbvio para a tentativa de anexação do Canadá foi
simplesmente para adquirir mais terras para aumentar a riqueza da classe dominante dos
EUA, um provável motivo subjacente era que, como o término do norte do metro, Canadá
tinha-se tornado um refúgio para os escravos fugidos da terra da liberdade. Com o Canadá
anexado teria sido sujeito ao Fugitive Slave Act. No mundo de fantasia da "história"
americana, a fracassada tentativa americana de ocupar e anexar o Canadá magicamente
mudou o elenco como sendo uma "vitória" e como a "Segunda Revolução", uma ficção
que, como tantas outras, é amplamente acreditada nos EUAaté os dias atuais.

1813: FLORIDA. Os EUA invadem e tomam o território espanhol na Mobile Bay.

1813-1814: Nuku Hiva, Marquesas. Os EUA invadem as Ilhas Marquesas no Pacífico, e


constróem um forte.

1814:. ESTADOS UNIDOS o especulador de terra, limpador


étnico e proprietário de escravos Andrew Jackson, cujo nobre retrato enfeita a nota de vinte
dólares dos EUA, dirige pessoalmente o massacre e, em seguida, supervisiona a mutilação
de mais de oitocentos índios Creek, homens, mulheres e crianças. As valentes tropas de
Jackson cortaram os narizes de suas vítimas para proporcionar uma contagem de corpos
precisas e, em seguida, corte tiras de carne dos corpos, para curtir e se transformar em
freios.

1815: ARGÉLIA. Os EUA invadem a Argélia em busca de "indenizações".

1815: LÍBIA. Os EUA invadem Tripoli em busca de "indenizações".

1816-1818: FLORIDA. O Exército dos EUA atacam índios Seminole os perseguem em


território espanhol no norte da Florida que se tornou um refúgio para escravos fugidos em
busca da liberdade. As forças de ataque dos EUA ocupam os postos espanhois e assassinam
os cidadãos britânicos que vivem no território.
1817: FLORIDA. Os EUA invadem o território espanhol da Ilha Amelia.

1822: LIBÉRIA. A Sociedade de Colonização Americana,


chefiada por donos de escravos Thomas Jefferson e James Monroe, compram terras na
região noroeste da África, Supostamente com uma arma, para criar um "lar" para os negros
libertos, inventando a partir do ar o fabulosamente intitulado "país" da Libéria, tendo como
sua capital, a fabulosa cidade de Monróvia, que indecentemente foi nomeada em
homenagem ao proprietário de escravos Monroe. Os proprietários de escravos como
Jefferson e Monroe estavam ansiosos para obter escravos que tinham sido libertados, por
uma razão ou outra, fora dos EUA.

A maioria dos "pretos" livres que ocuparam a Libéria eram, na verdade, mais mulatos do
que pretos, porque eram os filhos e netos dos campeões escravistas da liberdade, como
Jefferson, que abusam sexualmente das escravas que possuíam, pai de seus filhos para a
escravidão.

Os donos de escravos enviaram os seus "próprios filhos e netos" para a Libéria não só para
não terem um monte de nigerianos arrogantes nos EUA, mas também para eliminar a
possibilidade de que eles jamais teriam uma posição para fazer reclamações contra os bens
de seus pais e avós na competição com seus lírios brancos meio-irmãos e irmãs.

Os libertados "pretos" tinham aprendido muito bem as lições de Thomas Jefferson nas suas
plantações assim que logo se estabeleceram em "Libéria", escravizando os africanos locais
e desfilando de cartola e espartilhos imitando os seus pais brancos, os avós e os
proprietários de outrora. Foi dessa mistura que saiu o atual presidente dos EUA, Obama,
que é nigeriano de nascimento e tem parentesco com a elite americana é por isso que até
hoje não mostraram a sua certidão de nascimento, ele é um dos descendentes desses
escravocratas da elite americana.

1822:. ESTADOS UNIDOS os planos de Denmark Vesey de uma das maiores rebeliões de
escravos na história dos EUA Vesey a rebelião falha quando os detalhes são divulgados.
Carolina do Sulautoridades prenderam os líderes da revolta e cobrar 131 pessoas de
conspiração. 67 homens e 35 são condenados enforcados, incluindo Vesey.

1822-1824: CUBA. Os EUA repetidamente invadem Cuba para "Perseguir os piratas".

1823-presente: ESTADOS UNIDOS. O


proprietário de escravos e presidente dos EUA, James Monroe proclama a famosa Doutrina
Monroe, que servirá como a racionalização de várias gerações de americanos para a
incontáveis EUA invasões ilegais de quase todos os países da América Latina e Caribe,
muitos em várias ocasiões. Ele também irá servir como racionalização para a derrubada de
seus governos, muitos eleitos democraticamente, o roubo de suas terras e recursos e, em
alguns, casos, os seus países inteiros. Servirá como a racionalização de genocídios contra as
populações indígenas, a escravização e empobrecimento do seu povo, a instalação de
muitas das ditaduras mais brutais na história humana e do treinamento e armamento de
esquadrões da morte em seu seqüestro, tortura e assassinato. E tudo vai continuar, sem
esmorecer, até o presente momento.

Vamos conquistar o mundo,


mas vamos perder a nossa alma.
John Quincy Adams

1824: PUERTO RICO. Os EUA invadem Puerto Rico, Atacando a cidade de Fajardo, para
"vingar um insulto".

1825: CUBA. Os EUA e Grã-Bretanha conjuntamente invadem Cuba em Sagua La Grande


"para capturar os piratas".
1827: GRÉCIA. Os EUA invadem as ilhas gregas de Argenteire, Miconi e Andros para
"caça piratas".

1830:. ESTADOS UNIDOS


especulador de terras assassino em massa, e proprietário de escravos e presidente dos EUA
Andrew Jackson pede as tropas norte-americanas para a eficiência cada vez maior na
limpeza étnica dos nativos americanos. Ele diz aos soldados para "extirpar de suas tocas" e
matar as mulheres indias e seus "filhotes", acrescentando, em sua segunda mensagem anual
ao Congresso que, enquanto algumas pessoas tendem a crescer "melancolia" sobre os
índios serem levados ao seu túmulo ", "uma compreensão da" verdadeira filantropia
concilia a mente para essas vicissitudes como faz para a extinção de uma geração para dar
lugar a outra. " O governo dos EUA oferece recompensas para matar índios e terras livres e
outras boas oportunidades de negócio para os colonos dispostos a roubar as terras
indígenas.

1830-1838:. ESTADOS UNIDOS o assassino em massa e proprietário de escravos o


Presidente Andrew Jackson dá o sinal para de Remoção de lei do direito do índio, parte de
sua busca para roubar mais território que nunca das nações indígenas. O ato permite que as
milícias dos Apalaches e estados do Sul para realizar a limpeza étnica forçada,
arredondando-se índios e empurrando-os cada vez mais a oeste. O ato de remoção traz o
"Trail of Tears", o que resultou no genocídio da maioria da nação Cherokee restantes pelo
governo dos EUA.

1831: ESTADOS UNIDOS. Outra tentativa é feita


para tornar a mentira da liberdade na América em realidade quando Nat Turner lidera uma
revolta de escravos em Virginia. Turner e cinqüenta escravos e negros livres, vão de porta
em porta, libertando escravos e matando seus "donos" brancos . No total, cerca de
cinqüenta e cinco donos de escravos e os membros da sua família são mortos na revolução.
Tal como acontece com todas as revoluções pela liberdade e pela democracia genuína na
América, a Revolta do escravo Turner é reprimida pela força militar esmagadora. Turner é
julgado, condenado e enforcado, em seguida, esfolado, decapitado e esquartejado. Quinze
outros revolucionários também estão pendurados. América está mais uma vez segura para a
escravidão.

1831: ILHAS FALKLAND. As forças dos EUA invadem as Ilhas Malvinas e destroem o
assentamento argentino de Porto Soledad depois de um americano é detido por captura
ilegal de selos nas águas das Ilhas Malvinas.

1832: SUMATRA. As forças navais dos EUA invadem Sumatra para "Punir os nativos".
Os EUA matam quatrocentos e cinqüenta Sumatranos quando eles destroem a cidade de
Quallah Battoo.

1832: o México. As petições do governo federal da Louisana fazem um acordo com o


México para permitir escravos fugidos dos EUA para serem apreendidos no México.

1832: ESTADOS UNIDOS. Valiant massacre tropas do governo EUA mais de cento e
cinqüenta homens, mulheres e crianças da Sauk e nações indígenas que Fox tentou entregar
a eles.

1833: ARGENTINA. Os EUA invadem Buenos Aires para "proteger interesses dos EUA".

1835:. ESTADOS UNIDOS O Correio Geral dos Estados Unidos proíbe material
defendendo a abolição da escravatura do Correio dos EUA.

1835:. ESTADOS UNIDOS A generosa classe dominante de sempre oferece


oportunidades de emprego para todos, inclusive crianças a partir dos sete anos. Crianças
em Patterson, New Jersey entraram em greve para um dia de onze horas e uma semana de
trabalho de seis dias.

1835-1836: PERU. Os EUA invadem Limae Callao para "proteger interesses dos EUA".

1836: MÉXICO. Os EUA invadem e ocupam partes do estado mexicano de Texas.


1836: MÉXICO. Ah, sim, lembrar o
Alamo. A merda e a máquina de propaganda realmente é dobrada para cima em um
presente. Um punhado de valentes americanos amantes da liberdade lutando contra os
morenos e opressores maus mexicanos e dando suas vidas pela causa da liberdade. Faz seu
coração bater muito orgulho no peito estrelado, não é?

E quem são esses heróis da liberdade? Davy Crockett,


um limpedor étnico e proprietário de escravos. Jim Bowie, especulador de terras, dono de
escravos e comerciante de escravos. E o que foram fazer os nossos heróis na sua missão no
Alamo em primeiro lugar?

Em 1835, havia cerca de vinte mil norte-americanos e quatro mil escravos que viviam no
estado mexicano do Texas, A maioria dos escravos estavam envolvidos no cultivo de
algodão de seus ricos proprietários. Em dezembro de 1835, o governo do México proibiu a
escravidão no Texas. Sempre empenhados em defender a liberdade e a igualdade, os
colonos americanos tentaram se separar e roubar o Texas a partir do México a fim de
manter a escravidão e a riqueza e o poder que derivavam dele.

O General mexicano Antonio López de Santa Anna chegou com tropas e sitiou a missão
católica do Alamo, Que os donos de escravos tinham apreendido. No final de um cerco de
treze dias, todos os habitantes do Alamao, com exceção das mulheres, crianças e escravos,
estavam mortos.

O cerco do Álamo é re-inventado, a verdade é virada de cabeça para baixo, tornando-se


mais uma das grandes mentiras da "história" americana, espalhados por uma série de
filmes, programas de televisão, livros e artigos feitos pela elite para imbecilizar as massas
dos crimes do governo "democrático" dos EUA e da sua elite maçônica despresível.

1837: ESTADOS UNIDOS. O Abolicionista Elijiah Lovejoy, o editor do Alton, Ohio


Observador é assassinado por um grupo de linchamento, branco e prensas de impressão do
jornal são esmagados pela quarta vez. Não podia haver liberdade de expressão, podemos ter
agora? Na época, a escravidão ainda existia no Estado de Ohio que era profundamente
caipira e racista. Mais de vinte membros da quadrilha que assassinou Lovejoy foram
julgados. Naturalmente, todos foram absolvidos.

1837-1843:. ESTADOS UNIDOS desenfreado especulação e à emissão de papel-moeda


lastreado por parte dos bancos leva ao pânico de 1837 seguido de uma grande depressão. O
governo dos EUA haviam criado a febre com a venda de milhões de hectares de terras
roubadas de nações indígenas, principalmente para os especuladores. Dos oitocentos e
cinquenta bancos nos EUA na época, 343 fecharam as suas portas para sempre, tomando o
dinheiro dos seus depositantes com eles.

1838: ESTADOS UNIDOS. No


interesse de promover a liberdade de religião nos EUA, o governador Lilburn Boggs, do
Missouri emite uma ordem executiva conhecida como a "Ordem do Extermínio", que torna
legal para matar qualquer um que pertencesse à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos
Últimos Dias (Mórmons). Boggs diz, "Os mórmons devem ser tratados como inimigos e
devem ser exterminados ou expulsos do Estado."

1838: ESTADOS UNIDOS. É aberta a temporada de caça aos Mórmons em Missourie, no


monte de Haun, uma milícia do estado massacra dezessete homens e meninos Mórmons. Os
líderes mórmons são julgados por um tribunal militar, condenados por alta traição contra o
Estado do Missourie e condenados à morte. Os mórmons são ordenados a deixar o estado
em outubro e novembro. Eles cruzam o congelado Rio Mississippi para buscar refúgio em
Illinois. Durante a marcha forçada, muitos mórmons idosos morrem de exposição e, pelo
menos, sessenta homens Mórmons são massacrados por turbas. Dezenas de mulheres e
meninas são estupradas. Esse é o país da liberdade tão apregoado pela mídia.

O despacho que diza ser legal matar Mórmons no Missouri não foi resolvido até 1976.

1838: ESTADOS UNIDOS. Uma multidão queima Pennsylvania Hall, na Filadélfia, em


uma tentativa de parar de reuniões anti-escravidão.

1838-1839: SUMATRA. As forças dos EUA invadem Sumatra para "punir os nativos".
Eles queimam a cidade de Mukapara até o chão.

1840: FIJI. As forças navais dos EUA invadem Fiji para "punir os nativos" que
precipitadamente tentaram parar os americanos que ilegalmente estavam invadindo seu
país.

1841: ILHA DE DRUMMOND Kingsmill GROUP. Os EUA invadem a ilha do Pacífico


com o pretesto de "vingar o assassinato de um marinheiro pelos nativos." Era o que os
militares dos EUA diziam. De fato, sem o consentimento, os EUA
desembarcaram uma força sobre a ilha para "pesquisar" e quando o
trabalho foi feito, um marinheiro dos EUA, John Anderson não conseguiu
regressar ao seu navio. Assumindo, sem provas, que Anderson tinha sido
assassinado, o comandante invadiu a ilha, queimando a cidade até o
chão e assassinando doze ilhéus de Drummond.

1841: SAMOA. A força naval dos EUA invadem e queimam cidades Samoanas até o chão
depois do assassínio de um marinheiro americano em Upolu Ilha.

1841-1842:. ESTADOS UNIDOS Em 1841, apenas pequena proporção da


população de Rhode Island, tem direito a voto. Todas as mulheres e quem não é branco são
completamente marginalizados. Só os homens brancos que tinham propriedades são
autorizados a votar na pseudo-democracia. O resultado líquido é que o Estado é controlado
por um pequeno número de proprietários brancos do sexo masculino.

Em 1841, os defensores do sufrágio, liderada por Thomas Wilson Dorr, mantenha


Convenção do Povo, que emancipa todos os homens brancos, com um ano de residência no
estado, independentemente da propriedade possuída. Os eleitores apóiam maciçamente um
referendo sobre a Convenção do Povo, em dezembro.

Com a maioria das milícias no estado apoiaram os resultados do referendo, Dorr conduz a
um ataque malsucedido contra o Arsenal, em Providence maio 1842. Dorr dispersa as
forças rebeldes e foge de Rhode Island. Em 1843, Dorr é acusado de traição e condenado à
prisão solitária de trabalhos forçados por toda a vida, balançando o carrinho de maçã da
classe dominante sendo estritamente proibido por lei. Em 1845, Dorr é perdoado, mas, até
então, sua saúde está destruída e ele morre alguns anos mais tarde.

1841: ESTADOS UNIDOS. Maryland aprova uma lei obrigando de dez a vinte anos de
prisão para qualquer negro livre que tiver em sua posse materiais abolicionistas.

1842: MÉXICO. As forças dos EUA invadem e ocupam Monterreye, uma semana depois,
San Diegono estado mexicano de Califórnia.

1842:. ESTADOS UNIDOS O Distrito de Columbia começa a execução de um "toque de


recolher colorido." Os negros nas ruas depois das dez horas da noite são susceptíveis de
prisão, multa e flagelação.

1843: CHINA. Marines dos EUA invadem o Cantão para esmagar a oposição às tentativas
americanas de expansão comercial da China.

1843: COSTA DO MARFIM. Os EUA invadem vários lugares na Costa do Marfim da


África para "punir os nativos".

1844: MÉXICO. Os EUA mais uma vez invadem o estado mexicano do Texas.

1844:. ESTADOS UNIDOS O controle dos meios de comunicação de massa pela classe
dominante é reforçado quando as tropas federais confiscam a imprensa do Advogado
Cherokee, que tolamente faz perguntas ao genocídio dos povos indígenas a ser realizado
pelo governo dos EUA.
1845-presente:. ESTADOS UNIDOS O
conceito do "destino manifesto" é inventado, que se funde ilusão religiosa com a hipocrisia
sem limites e racismo dos EUA para vir acima com a proposição de que é "Estados"
Destino Manifesto a se espalhar e possuir a totalidade do continente que a Providência
(sic) nos deu (sic) para o desenvolvimento da grande experiência da liberdade (sic) e
federados auto-governo responsável (sic) para nós. "

A embalagem de guerras de genocídio, agressão e imperialismo na camuflagem esfarrapada


de liberdade com uma rotação divinamente dirigido são velhos truques de propaganda que
tenham sido utilizados para iludir as massas dos EUA ao longo da história do país até o
presente momento.

1845: MÉXICO. O Congresso dos EUA para aproveitar votos no estado mexicano do
Texas que tinha imprudentemente permitido os americanos para viver dentro das suas
fronteiras. Os colonos vêm tentando desde 1836 a roubar o Texas do México e incorporá-lo
aos Estados Unidos com a boa razão que a Constituição mexicana especificamente proíbe a
escravidão enquanto ela é perfeitamente legal nos EUA dos “amantes da liberdade”.
1845-1849:. ESTADOS UNIDOS O
maçom proprietário de escravos J. Marion Sims, honrado por todos os EUA como o "pai da
ginecologia" e comemorado por muitas estátuas e monumentos públicos, realiza uma série
de experiências ginecológicas horríveis em mulheres escravas em South Carolina. Suas
vítimas incluíam mulheres que eram "propriedades" dele próprio. Sims escreveu que ele
sentia que tinha uma "missão divina" para realizar seus experimentos, por isso não devemos
ser demasiados críticos. Todos os experimentos cirúrgicos sobre as mulheres negras eram
realizados sem anestesia e muitas morreram. Uma mulher sofreu 34 operações
experimentais nas “mãos” de Sims. Sims foi, no entanto, um vivisseccionista igualdade de
oportunidades e, posteriormente, aplicou as suas capacidades para a experimentação em
mulheres imigrantes irlandeses miseráveis no Hospital das Mulheres, em Nova York. Ser
de status social inferior das mulheres irlandesas não se qualificou para qualquer anestésico.

1846:. ESTADOS UNIDOS New Jersey reivindica para si a dúbia distinção de ser o norte
último estado a abolir a escravidão.

1846-1848: MÉXICO. Os EUA invadem o México sob o pretexto de manufaturados e


absurdo de uma invasão mexicana dos EUA. Os EUA invadiram com tropas e também
lançamentos pesados bombardeios e assassinou civis comartilharia e navios . A base é o
choque da guerra esmagadora e do terror.

Um bombardeio de quatro dias longos do porto de Veracruz provoca destruição em massa


da cidade e as mortes de quatro a cinco centenas de civis mexicanos, incluindo um grande
número de mulheres e crianças. A proposta mexicana, feita sob uma bandeira de trégua
para evacuar civis de Veracruz é recusada pelo galante comandante dos EUA. Atrocidades
e assassinatos em massa de não-combatentes são cometidos por tropas americanas, mais
notoriamente pelo Texas Rangers.
Os Texas Rangers ... eram em sua maioria composta de aventureiros e vagabundos .... A
quadrilha de meliantes sob a liderança do Mustang Gray foram desta descrição. Esta
festa, com sangue-frio, matou quase toda a população masculina do rancho de Guadalupe,
onde nem uma única arma, ofensivo ou defensivo, pode ser encontrada! Seu único objetivo
era saquear! S. Compton Smith

Os EUA roubam quase meio milhão de


quilômetros quadrados do México, quase a metade da área total do país, incluindo todos os
hoje em dia Texas, Califórnia, Nevada, Utah e partes do Novo México, Arizona, Colorado
e Wyoming. As forças dos EUA invadiram tanto quanto a Cidade do México. Mais de vinte
e cinco mil mexicanos são mortos pelos EUA e dezenas de milhares de feridos tentaram
resistir à invasão e roubo das terras mexicanas.

Filósofo e escritor Henry David Thoreau se opõe à apreensão do México pelos EUA e, em
protesto, se recusa a pagar impostos para sustentar a guerra americana de agressão.
Ele é, claro, imediatamente preso. O congressista Abraham Lincoln é igualmente contra a
agressão norte-americana, chamando-o de "expansionismo agressivo". Ex-presidente John
Quincy Adams disse que a guerra contra o México é fundamentalmente um esforço para
expandir a escravidão. Direito João e não se esqueça que todo o ouro na Califórnia e que
todo o cobre no Arizona e em tudo o que ......

Eu não acho que já houve um mau guerra mais do que a travada pelos Estados Unidos no
México. Foi o que pensei na época, quando eu era jovem, eu não tivesse a coragem moral
suficiente para me demitir. Ulysses S. Grant

1847-1848:. ESTADOS UNIDOS O legislador da Virgínia, profundamente comprometido


com todas as liberdades, incluindo a liberdade de expressão, aprova uma lei decretando
"livre, qualquer pessoa que, falando ou escrevendo, e os proprietários não deverão manter o
direito de propriedade sobre seus escravos , devem ser passíveis de confinamento na prisão,
não superior a 12 meses, e multa não superior a quinhentos dólares. " Inferno, parece ser
mesmo "livre" gente não é livre, na terra dos livres.

1848:. ESTADOS UNIDOS Pensilvânia passa o direito do trabalho, primeiro filho,


exigindo que os trabalhadores tenham pelo menos, 12 anos de idade.
1848-curso: ESTADOS UNIDOS. Após o furto de metade da área de terra
do México, Tornando-o seguro para a escravidão com Deus e a bandeira, o governo dos
EUA entra no negócio do genocídio em grande forma e começa a aniquilação sistemática
de todas as nações indígenas que habitam Texas, Califórnia, Nevada, Utah, Novo México,
Arizona, Coloradoe Wyoming. Depois que as terras pertencentes a nações indígenas foram
roubadas, que é muito bonito tudo isso, os sobreviventes são confinados em reservas.

1849-curso: ESTADOS UNIDOS. É apenas fantástico 'como essas coisas acontecem.


Acontece que logo após os EUA matou o seu caminho para a posse da Califórnia, há
descobertas importantes de ouro. O que um golpe de sorte!

Sob a Verdade, da Justiça ou o jeito americano, atualmente em vigor na Califórnia, os


latifundiários mexicanos na Califórnia são necessários para comprovar a propriedade de
acordo com a legislação dos EUA, que é mais ou menos impossível. Como resultado
puramente acidental, naturalmente, muitos perdem suas propriedades, fazendas, empresas e
casas e são forçados ao trabalho servil simplesmente para sobreviver. A migração em massa
de mineiros brancos para a Califórnia durante a corrida do ouro, no início de 1849, torna os
nativos da Califórnia uma minoria em sua própria terra.

1850-1859: Invasões, racismo, escravidão e limpeza étnica

1850:. ESTADOS UNIDOS Parece que a Fugitive Slave


Act de 1793 e 4 Seção artigo 2 º da Constituição dos Estados Unidos que exige a devolução
de escravos fugidos de seus "donos" não está apenas fazendo o trabalho na terra dos livres.
Assim que o Congresso aprove um brilhante, nova Lei do Escravo Fugitivo para combater
algumas dificuldades de arredondamento escravos fugidos em alguns dos estados do norte.
A nova lei impõe o dever legal de oficiais da lei nos Estados Unidos para prender qualquer
suspeito de ser um escravo fugitivo. A única prova necessária para impor o envio de uma
pessoa capturada a escravidão era uma declaração juramentada do proprietário putativo.
Nos termos da Lei, a pessoa disse para ser um escravo não tinha direito a um julgamento
com júri e não foi permitida a testemunhar em seu próprio nome. Os apanhadores
profissionais de escravos percorriam todos os EUA.

1850s-60s: ESTADOS UNIDOS. individualmente ou como tribos inteiras, os índios


americanos são seqüestrados e comprados e vendidos como escravos na Califórnia,
recentemente roubada do México. Homens indígenas são escravizados para trabalhar nas
minas de ouro. Mulheres e meninas são compradas e vendidas como escravas sexuais. Em
uma "festa de amizade" com comida envenenada servida por brancos, uma centena de
pessoas da nação Nomsuus e quarenta e cinco pessoas da nação Wintu são assassinados.

1850-1862:. ESTADOS UNIDOS O governo dos Estados Unidos repetidamente viola os


tratados que fez com os índios da nação Dakota e não consegue fazer os pagamentos
acordados. Como a fome aumenta a dificuldade, os Dakota se levantam contra os brancos
ocupando suas terras, que eles não tinham o direito de fazer desde que os EUA tinham
abrograted tratados.

O "Honesto" Presidente Abe Lincoln não é completamente honesto o suficiente para


garantir que o governo dos EUA homenageia tratados juridicamente vinculativo que entrou
e, em vez envia o Exército dos EUA para completar o roubo de sua terra natal.
Eventualmente, mais de mil Dakota são colocados em um campo de concentração. Muitos
são acusados de vários crimes de guerra, uma acusação de que os soldados Lincoln
parecem ter imunidade.

Os povos nativos, em seguida, obter uma rápida aula de verdade, justiça ou o American
Way. Os chamados testes são realizados, alguns com duração de cinco minutos. Os
processos não são explicadas aos réus e eles não estão representados por advogado.
No dia seguinte ao Natal de 1862, trinta e oito Dakota, principalmente os homens santos e
os líderes políticos estão pendurados na execução maciça a maior da história americana.
1850-1884:. ESTADOS UNIDOS William Avery Rockefeller,
um agricultor do norte de Nova York descendente de imigrantes judeus alemães chamados
Roggenfelder, se muda para Cleveland, e com a integridade da verdadeira família
Rockefeller, lista a si mesmo no diretório da cidade como um médico: "Doutor
Livingstone". Rockefeller, em seguida, começa o engarrafamento de petróleo bruto e o
vende para os doentes morrendo como uma cura para o câncer chamado "Nujol".
Rockefeller tem o dom de enganar o público americano ignorante e acha fácil com suas
infelizes vítimas para descascar para fora o dinheiro para a sua cura o câncer falsificado.

Além de ser um mentiroso, vigarista e trapaceiro, Rockefeller é indiciado, embora não seja
condenado, por estupro e foge quando ele é acusado por vizinhos de roubo de cavalos,
roubo, incêndio criminoso e falsificação. Rockefeller se casa com uma segunda esposa,
enquanto posando como Levingston e vive como um bígamo de 34 anos.

1851: ILHA Johann, ÁFRICA. As forças dos EUA invadem para "punir os nativos".

1851:. ESTADOS UNIDOS O governador do Estado da Califórnia, que foi recentemente


roubado do México, Oficialmente chamou de "extermínio" dos índios no estado.

1851:. ESTADOS UNIDOS Governador fundamento não vai inédito e um grupo montado
em Weaverville ataca uma aldeia indefesa do abate nação Wintu entre duas e três centenas
de pessoas.

1851:. ESTADOS UNIDOS milícia Estado matar dois atacantes ferrovia e ferir outro em
Portgage, Nova York.
1851-1856:. ESTADOS UNIDOS O maçônico Comité de Vigilância
de San Francisco opera durante este período como um bando de vigilantes privados
distribuindo extra-judicial "justiça", obrigando os funcionários públicos a demitir-se e
conduzir os linchamentos. O Comité de Vigilância depois concentra-se na perseguição de
imigrantes asiáticos, levando a numerosos asiáticos corrida anti-motins.

1852-1853: ARGENTINA. Marines dos EUA invadem a Argentina para "proteger os


interesses americanos".

1853: MÉXICO. Os Estados Unidos transferem dez milhões de dólares para o bolso do
colete do ditador meio louco mexicano Antonio López de Santa Ana e, simultaneamente,
difamando-o pelo "massacre" no Alamo. Um grato Santa Ana então dá de presente para o
Estados Unidos as porções dos estados mexicanos de Arizona e Novo México que tinham
esquecido de roubar durante a invasão do México em 1846.

1853: NICARÁGUA. Marines dos EUA invadem a Nicarágua para "proteger os interesses
americanos".

1853-1854: JAPÃO. Marines dos EUA invadem o Japão a fim de forçá-lo a abrir-se à
exploração por interesses corporativos dos EUA.

1853: Ryukyu e ILHAS BONIN, JAPÃO. Marines dos EUA invadem o Japão para
"assegurar instalações para o comércio", forçando os japoneses a permitir navios mercantes
dos EUA de usar os portos japoneses.

1854: CHINA. EUA e as forças britânicas invadem a China para "proteger os interesses
nacionais".

1854: NICARÁGUA. Durante um período de seis dias, os navios da Marinha dos EUA
casca e queimar a cidade nicaragüense de San Juan del Norte para "vingar um insulto ao
ministro americano na Nicarágua". Os habitantes da cidade estavam tentando prender o
ministro americano para Nicarágua.

1854: Ryukyu e ILHAS BONIN, JAPÃO. Marines dos EUA invadiram novamente o
Japão a fim de "assegurar recursos para o comércio", forçando os japoneses a permitir os
navios EUA a utilizarem os portos japoneses.
1855: CHINA. forças dos EUA invadem a China para "proteger os interesses americanos".

1855:. ESTADOS UNIDOS famoso médico de


Harvard e comentador social Oliver Wendell Holmes observa que os índios não são nada
mais do que um "cheio de contorno da metade da humanidade", cuja "extermínio" é
necessário. Holmes descreve os povos nativos como "um desenho em lápis de cor vermelha
de uma masculinidade rudimentar", acrescentando que é natural para o homem branco ao
"ódio" do índio e caçar "ele para baixo como os animais selvagens da floresta, e assim o
sketch-crayon vermelho está apagado, e a tela está pronta para uma imagem de
masculinidade um pouco mais como a própria imagem de Deus ".

1855: FIJI. forças dos EUA invadem Fiji para "buscar reparação".

1855: URUGUAI. forças dos EUA invadem o Uruguai para "proteger os interesses
americanos".

Vamos conquistar o mundo,


mas vamos perder nossas almas.

John Quincy Adams

1856: COLÔMBIA. As forças dos EUA invadem o estado colombiano de Panamá para
"proteger os interesses americanos", que consistem de uma ferrovia americana construída,
dos nacionalistas colombianos.
1856: CHINA. As forças dos EUA invadem a China para "proteger os interesses
americanos" e "vingar um insulto em um barco com a bandeira americana". Os EUA
abatem quinhentos chineses.

1856:. ESTADOS UNIDOS A aldeia de


Lawrence, Kansas, fundada por colonos contra a escravidão e um centro de atividade pró-
democracia, é cercada por um pelotão de 750 sob o xerife Samuel Jones. No interesse de
promover a liberdade de expressão, dois escritórios de impressão são eviscerados, as
prensas destruídas, e todos levam o tipo de jogada em um rio.

1857: NICARÁGUA. O americano WilliamWalker tenta assumir o controle da


Nicarágua, Declara-se presidente e institutos de trabalhos forçados e escravidão como
voltar para casa. As forças dos EUA sob o Commodore Hiram Paulding invadem e
capturam Walker. O Secretário de Estado dos EUA rejeita ação Paulding e obriga-o a se
aposentar.

1857:. ESTADOS UNIDOS No infame caso de Dred Scott, um


homem negro que havia sido comprado por um oficial do Exército dos EUA, o grande
defensor da liberdade, a Suprema Corte dos EUA, corajosamente apóia a escravidão e, ao
que a sua decisão, diz que os negros " não tinham direitos que o homem branco era
obrigado a respeitar, e que o negro pode ser legalmente reduzido à escravidão em seu
benefício ". Só para conduzir o repouso do ponto, o Tribunal também aponta que os negros,
escravos, libertos ou não "não foram e nunca poderiam se tornar cidadãos doEstados
Unidos. "O Tribunal também declara a inconstitucionalidade de compromisso Missouri
1820, colocando o seu carimbo de aprovação legal da escravatura em todos os estados e
territórios dos EUA.

Os negros são
"Uma classe subalterna e inferior
de seres que haviam sido subjugados
pela raça dominante ".
Chefe de Justiça Roger Taney

1858: URUGUAI. Forças dos EUA invadem o Uruguai para "proteger os interesses
americanos".

1858: FIJI. Marines EUA invadem Fiji para "castigar nativos".

1858:. ESTADOS UNIDOS Samuel Green, um ministro da religião, em Maryland, é


condenado a dez anos de prisão por posse de uma cópia do Tom's Cabin tio.

1858-1859: TURQUIA. Os EUA fazem uma demonstração de força naval ao largo da costa
turca para intimidar o governo turco a fazer a sua licitação.

1859: MÉXICO. Soldados dos EUA invadem o México "Em busca de um bandido".

1859: CHINA. forças dos EUA invadem a China para "proteger os interesses americanos".

1859:. ESTADOS UNIDOS abolicionista John


Brown, que, ao contrário de Abraham Lincoln, era realmente empenhado em libertar os
escravos, e dezoito dos seus homens, capturar o arsenal federal em Harper's Ferry, com a
esperança de começar uma rebelião de escravos emVirginiaque vai se espalhar para todos
os estados escravistas. Ele e seus homens são capturados e Brown é levado a julgamento e
condenado por traição contra o Estado de Virginia, Assassinato e conspiração criminosa.
Ele está pendurado em 2 de dezembro de 1859.
Em que é vendido aos norte-americanos brancos como a sua história, Brown vai ser pintado
como um louco virtual quando, na verdade, ele foi um dos poucos grandes forças morais do
século XIX na América.

Agora, se for considerado necessário


que eu devo perder minha vida
para a prossecução dos fins da justiça,
e se misturar meu sangue mais
com o sangue dos meus filhos
e com o sangue de milhões
de escravos neste país
cujos direitos são ignorados
por decretos mau, cruel e injusta,
Eu digo, deixe-o ser feito.

John Brown

1859: ANGOLA. tropas dos EUA invadem Angola para "proteger os cidadãos nativos dos
EUA ".

1859: PARAGUAI. Os EUA enviam uma grande força naval para intimidar o governo do
Paraguai.

1860-1864: A Guerra Civil, mas primeiro, vamos matar alguns índios e se


livrar dos judeus
1860: COLÔMBIA. Os EUA invadem o Estado colombiano de Panamá para "proteger os
interesses americanos".

1860-1890: ESTADOS UNIDOS. barão Jay Gould acumula uma fortuna de subornar
legisladores estaduais e emissão de ações fraudulentas no Erie Railroad.
Acredito que um negro não é e nunca deveria
ser um cidadão dos Estados Unidos.
Acredito que este governo foi feito
com base branca, feita pelos homens brancos,
para o benefício dos homens brancos
e sua posteridade, para sempre,
e deve ser administrado
por homens brancos e nenhum outro.

O senador Stephen A. Douglas


O candidato presidencial do Partido Democrata de 1860
1861-1865: ESTADOS UNIDOS. Proeminente entre
os mitos e mentiras que constituem grande parte da ilusão do que é a "América" é aquela
que nos querem fazer crer que a Guerra Civil dos EUA foi travada com o nobre objetivo de
abolir a escravidão. De fato, o "Grande Emancipador", o presidente Abraham Lincoln
resolutamente resistiu as chamadas dos abolicionistas.

Em seu discurso inaugural, Lincoln disse: "Eu não tenho nenhuma finalidade, direta ou
indiretamente, interferir com a instituição da escravidão nos estados onde ela existe. Eu
acredito que eu não tenho o direito legal de fazê-lo." EmAgosto 22, 1862, Lincoln
escreveu: "Se eu pudesse salvar o União sem libertar nenhum escravo, eu o faria. "Em
setembro de 1862, Lincoln deu aos estados confederados quatro meses para parar de lutar,
prometendo deixar os escravos em suas cadeias se fizeram.

Não posso conceber nenhuma maior calamidade


que a assimilação
do negro em nossa vida social e política
como nossos iguais.
Abraham Lincoln

As verdadeiras razões para o abate de mais de seiscentos mil americanos comuns em


ambos os lados eram, na verdade, apenas as mesmas duas razões de idade para cada
guerra desde o início dos tempos até hoje: a ganância insaciável da classe dominante
para sempre mais riqueza e poder.
A classe dominante do norte,
representada por Lincoln, babando com a possibilidade de fazer dinheiro no tipo de
industrialização em grande escala que ocorria na Grã-Bretanha, queria a terra livre, um
grande reservatório de mão de obra barata, que o banco central iria operar em seus
interesses e de um mercado "livre" cercado por altas tarifas para proteger as suas próprias
operações industriais e maximizar seus lucros.

A classe dominante do sul, que era em grande parte controlada pelo governo federal desde a
Revolução, simplesmente queriam manter o status quo e, sobretudo, não queria as barreiras
tarifárias que aumentaria o custo dos bens manufaturados importados para o Sul da Europa,
que conduziria inevitavelmente para outros países, colocando tarifas rotatórias sobre
produtos agrícolas exportados a partir do sul.

A "emancipação" dos escravos era uma tática que teve o efeito de destruir a base de poder
da classe dominante do sul que era derivada da escravidão e de "libertar" milhões de
escravos, que depois se tornariam disponíveis como uma mão de obra barata para as
fábricas do norte e moinhos. Eles aumentaram o número enorme de pobres brancos,
homens e mulheres, adultos e crianças, que trabalhavam em condições atrozes durante
longas horas para um pagamento lamentável.

Abraham Lincoln é ainda um outro ícone americano, uma criação ficcional em grande
parte, que não resiste ao escrutínio. O "Grande Emancipador" em oposição a integração e
miscigenação, não achava que os escravos libertos devia ser dado plenos direitos de voto
legal, e defendeu vigorosamente , tanto antes como durante a Guerra Civil que todos os
negros deveriam ser deportados para a África ou para a India.
Nós não podemos realizar a união ideal
que nossos pais fundadores sonharam,
com milhões de uma raça, estranha e inferior entre nós,
cuja assimilação não é nem possível nem desejável.
Abraham Lincoln
Os exércitos de Lincoln cometeram
crimes de guerra e atrocidades incontáveis, incendiando e saqueando a propriedade civil,
destruindo cidades inteiras e estabelecendo vastas áreas da paisagem. Lincoln instituiu um
regime fascista dentro dos estados da União, tornando uma farsa da Constituição. Seu
regime prendeu milhares de críticos de suas políticas de guerra, incluindo dezenas de
editores de jornais e editoras. De acordo com Lincoln, A ordem de habeas corpus, uma
característica fundamental de uma sociedade democrática, foi revogada, e-mail e censura à
imprensa foi imposta.

Só depois dos Estados Confederados recusaram a oferta de Lincoln para deixar os escravos
nas cadeias, se ele parasse de lutar a questão da Proclamação da Emancipação que
pretendia libertar os escravos nos estados que não estão sob controle da união. Escravos nos
estados controlados por Lincoln permaneceram na escravidão.

Nós mostramos a nossa simpatia com a escravidão


pela libertação dos escravos
onde não podemos alcançá-los
e mantendo-os em cativeiro
onde podemos libertá-los

William Seward
Lincoln'S Secretário de Estado

1862:. ESTADOS UNIDOS União general Ulysses Grant questões S.


ordens de proibição de viagens por judeus e ordenando ferrovias para não permitir os
judeus a bordo.
1862:. ESTADOS UNIDOS John R. Baylor, governador genocida do Arizona, deu ordens
ao Capitão Helms, o comandante da Guarda Arizona, para "utilizar todos os meios para
convencer os apaches ou qualquer tribo de entrar para a finalidade de fazer a paz e a ,
quando você levá-los juntos, matar todos os índios adultos e levar as crianças prisioneiras e
vendê-las para custear as despesas de matar os índios. "
Os índios Sioux de Minnesota
devem ser exterminados
ou expulsos para sempre
além das fronteiras do estado.
Governador de Minnesota Alexander Ramsey
1862: ESTADOS UNIDOS. Governador de Minnesota Ramsey Alexander postou uma
recompensa para os escalpos de Indios Dakota. A generosidade eventualmente atinge US $
200 por couro cabeludo.

1862:. ESTADOS UNIDOS geral da União Ulysses Grant questões S. "Ordem Geral
Número 11 ", expulsando todos os judeus de territórios conquistados dentro de 24 horas.
Henry Halleck, o general-em-chefe, fios de subvenção da União no apoio de sua ação,
dizendo que nem ele nem o presidente Lincoln foi contra "a sua expulsão de traidores e
vendedores ambulantes judeu."

1862-1865: ESTADOS UNIDOS. Durante a Guerra


Civil, os EUA entra no campo de concentração de negócios em grande estilo com ambos os
lados mantendo prisioneiros em enormes campos de concentração, em condições horríveis.
O campo mais notório é executado pelos confederados em Anderson ville, Geórgia. Mais
de 45 mil soldados da União estão presos lá durante pouco mais de um ano da guerra. Cerca
de 13.000 morrem de disenteria gangrena e diarréia. Um segundo campo deMacon,
Geórgia, Concebido para manter 10.000 presos, está abarrotado com mais de 32.000 até ao
final da guerra. Presos são vestidos em trapos, ou nada quando seus trapos desmoronar. Os
presos vivem em seu próprio esgoto, devido à capacidade insuficiente de latrina.
Nos campos de concentração da União, os presos também
estão vestidos com trapos ou nus, e as notícias do dia, descrevem os presos Confederados
comendo ratos e cães, a fim de sobreviver. Em Elmira, Nova York, um campo de
concentração significava para 5.000 presos detém cerca de 10.000. guardas prisionais da
União vendiam ingressos para gawkers local, que aparentemente gozam o site de homens
vestidos em trapos a morrer de fome, de varíola e um anfitrião de outras doenças mortais.
Isso lembra os campos da FEMA hoje nos EUA? Se o governo fez isso antes com sua
população provavelmente está se preparando para fazer de novo no futuro quando a
economia entrar em colápso de vez. E depois os EUA com sua enorme hipocrisia tem
coragem de falar dos campos de concrentração nazistas que foram financiados pela elite
bancária americana como fizeram com o comunismo.

1863:. ESTADOS UNIDOS Os dois homens que são, provavelmente, os mais


gananciosos, e mais bem sucedidos em lucrar com a guerra mais cruel da história, os judeus
ashkenazi John D. Rockefeller e JP Morgan, pagaram trezentos dólares cada um para evitar
o serviço militar no exército da União durante a Guerra Civil, a Texas Air National Guard
não ter sido criado ainda.

1863-curso:. ESTADOS UNIDOS John D. Rockefeller, filho do mentiroso, vigarista,


bígamo e vendedor de cura de câncer falsificado, William Avery Rockefeller (nascido
Roggenfelder), começa sua carreira como um especulador de guerra durante a guerra civil
na qual ele tem, apropriadamente, serviço sonegados. Venda de bebidas alcoólicas bootleg
de um homem que será mais tarde um dos principais investidores na Standard Oil para
soldados da União, Rockefeller acumula uma pequena fortuna e investe os lucros na nova
indústria de óleo.

Muitas vezes descrito, e com razão, como o americano mais cruel da história, Rockefeller,
em 1880, construiu um império que refina 95% do petróleo dos Estados Unidos e levou,
pelo conluio e formação de quadrilha com a família Harriman proprietária de ferrovias,
entre outros, a maioria concorrentes fora do negócio. Se há algo que os Rockefellers
odeiam, é a livre iniciativa e concorrência e a verdadeira estratégia e negócio principal de
Rockefeller é destruir toda a concorrência. Em 1900, a Standard Oil Trust controla quase
dois terços da oferta mundial de petróleo.

A competição é um pecado.
John D. Rockefeller

1863: JAPÃO. Os EUA incêndeia em navio de guerra da marinha mercante japonêsa.

1863:. ESTADOS UNIDOS Abraham Lincoln


introduz o recrutamento para fornecer tropas para a Guerra Civil. Homens com idades entre
dezoito e trinta e cinco estão sujeitos a três anos de serviço forçado no US military exceto,
é claro, para os ricos e os filhos dos ricos. O grande Lincoln prevê que o rico compre a
sua saída do projeto por 300 dólares, exatamente como eles poderiam durante a Guerra
Revolucionária. Opositores do projecto dos pobres começam a descrever a Guerra Civil
como " o homem rico assiste a guerra e o homem pobre a luta."

Um motim anti-recrutamento ocorre em Buffalo, Nova York seguido por um grande


tumulto e agitação da matança em Nova York. Os trabalhadores expressam sua raiva sobre
os negros, que eles vêem como tendo o seu trabalho e como a causa da Guerra Civil. Os
negros são torturados e espancados. Uma vítima é atacada por uma grande multidão,
espancados com cassetetes, pendurado em uma árvore e depois queimado vivo. Um
orfanato negro é atacado por uma multidão e uma menina de nove anos de idade, é
espancada até à morte.

O custo exato é desconhecido, mas estima-se que pelo menos cem mortos (principalmente
negros) e trezentos feridos. Cinqüenta e edifícios foram queimados até o chão.
1863: ESTADOS UNIDOS. Depois de
derrotar os guerreiros Shosone em uma batalha desigual na Bear Riverem Idaho, tropas dos
EUA estupram e molestam as mulheres sobreviventes do acampamento. Muitas crianças
são baleadas e mortas. Em alguns casos, os soldados americanos são vistos para prender os
pés dos bebês e "vencer os seus miolos de qualquer substância dura que poderiam
encontrar." mulheres indianas que se recusam a submeter ao estupro por parte das tropas
federais são baleadas e mortas. Um residente local, Alexander Stalker, observa que muitos
soldados sacaram suas pistolas e atiraram várias pessoas Shoshone à queima-roupa. Os
soldados deliberadamente queimam quase tudo o que pode ter em suas mãos, especialmente
os edifícios em que a Shoshone estava dormindo, matando todos dentro.

1863:. ESTADOS UNIDOS O Rocky Mountain News, em Denver executa um editorial


pedindo a limpeza étnica dos nativos americanos no Colorado, Um território recentemente
roubado do México. O editorial é intitulado de forma sucinta, "exterminá-los".

1863:. ESTADOS UNIDOS Em outro exemplo brilhante da Verdade, justiça ou o


American Way, o Congresso dos EUA declara, unilateralmente, todos os tratados com a
nação indiana Dakota nula e sem efeito o que torna o roubo de suas terras um lote inteiro
mais fácil.

1864: JAPÃO. Os navios de guerra EUA e britânicos ameaçam fazer repetidas entradas em
águas japonesas para obrigar os japoneses a permitir a utilização de suas águas territoriais
da EUA e Grã-Bretanha.

1864:. ESTADOS UNIDOS Oitocentos


soldados dos EUA Exército comandado pelo ex-ministro metodista Coronel John M.
Chivington, que aparentemente é um ávido leitor do Rocky Mountain News, atacar um
grupo de desarmados Cheyenne na Enseada de areia na Colorado Território recentemente
roubado pelo EUA a partir de México.

os Cheyenne já tinha entregado suas armas em Fort


Lyon. Na realização de sua jihad, o abate os indefesos soldados cento e cinqüenta homens,
mulheres e crianças. De acordo com as ordens do coronel Chivington para "matar e couro
cabeludo todos, grandes e pequenos", muitas das vítimas são mutilados. Clusters de
mulheres são filmados tentando se render. heróicos soldados cortar as vaginas de cadáveres
de mulheres indianas e cortar suas crianças por nascer de seus corpos. Crianças são mortas
e espancadas até à morte. Chivington e os seus homens, mais tarde mostrar escalpos de suas
vítimas e de outras partes do corpo no Apollo Theater e em salões de diversasDenver.
Segundo o testemunho ao congresso, ao escroto líder indiano White Antelope foi cortado,
para posteriormente ser usada como uma bolsa de tabaco.

Eu vim para matar índios


e acreditamos que é certo e honrado
usar qualquer meio sob o céu de Deus
para matar os índios.
John M. Chivington
Coronel do Exército dos EUA e homem de Deus

1864-1945:. ESTADOS UNIDOS Nós fomos avisados inúmeras vezes que a Guerra Civil
acabou com a escravidão, mas, em grande medida, era apenas remontado. Por quase um
século após o fim da Guerra Civil, há muitas leis para as do sul limitar a liberdade dos
negros que é quase impossível para uma pessoa negra não se um criminoso. Vadiagem e
mudar de emprego sem o consentimento do empregador anterior, são as acusações que mais
freqüentemente levam os negros a ser preso.

Uma forma de escravidão, reservado quase exclusivamente para os presos negros, é o


encarceramento em campos de trabalho forçado operados por governos estaduais e
municipais, agricultores e empresários. Entre as empresas que utilizam trabalho escravo
fornecidos pelo sistema penal é sul Unidos JP Morgan States Steel.

1865-1869: A solução definitiva para o problema do índio e as invasões


continuam chegando

1865-1869:. ESTADOS UNIDOS A


"códigos negros" são introduzidos nos estados do sul, restringindo os direitos e as vidas dos
escravos "libertos".. As leis variam de estado para estado, mas a maioria mesmo estabelecer
os tipos de restrições Normalmente em liberdade , a força de Códigos escravos libertos para
o trabalho. Em muitos estados, os negros desempregados face a ser preso e acusado de
vadiagem. Os códigos muitas vezes tiram o direito dos negros livres para escolher sua
própria maneira de ganhar a vida, obrigando-os a trabalhar como operários agrícolas ou
domésticas para os brancos. Os códigos evitar escravos libertos de aumentar sua própria
produção e, em alguns estados, de locação ou arrendamento de terrenos. negros estão
proibidos de cidades entrar sem permissão. residência dentro das cidades só é possível se
um empregador concorda em branco assumir a responsabilidade de funcionário seu
comportamento.
O Todo-Poderoso que tenha sido fixada a distinção das raças;
o Todo-Poderoso fez o negro inferior,
e, senhor, por nenhuma legislação, por não poder militar,
você pode acabar com esta distinção.
Fernando Madeira
Prefeito de Nova York
1865-1890:. ESTADOS UNIDOS Agora que o
contínuo genocídio dos nativos americanos é tão bem abrir áreas para a construção da
ferrovia e colonização branca, existem fortunas inimagináveis para ser feita a construção de
ferrovias e, em seguida, especulando no roubo das terras indígenas. O genocídio, realizado
por tropas federais, é, naturalmente, pago por americanos comuns, através do governo
federal. A construção dos caminhos de ferro, é claro, fortemente subsidiada pelos norte-
americanos comuns, através do governo federal e envolve uma série interminável de
fraudes e golpes. Os lucros, é claro, vão para os bolsos de um punhado de ricos e
poderosos. A coisa toda é montada sob a presidência de Abraham Lincoln, um advogado de
uma vez para as ferrovias.

Durante a época da construção da estrada de ferro


transcontinental, barões e os políticos fossem donos trabalharam em conjunto para retirar
um dos maiores golpes da história americana, a Union Pacific Railroad. Thomas C. Durant
primeiro adquira uma participação de controlo na União do Pacífico, usando táticas ilegais
e, em seguida, compra alguns dos líderes políticos da América, incluindo dois vice-
presidentes, o presidente da Câmara, um futuro presidente (James Garfield) e quase todos
os presidente da comissão importante do Congresso. Durant mãos para fora $ 435.000 em
dinheiro e US $ 250.000 em títulos para os legisladores, seus representantes, amigos e
parentes. Congresso obedientemente aprova projeto ferrovia revista no verão de 1864.

O ato tão gentilmente passado pelo Congresso recentemente subornado duplica a concessão
de terras indígenas roubado concedido às empresas ferroviárias para cada quilômetro
construído, permite que as ferrovias para pedir o dinheiro antes da linha que está sendo
construído e doa todos os direitos minerários sobre as concessões de terra Durant e para os
meninos. Durant em seguida, define-se uma empresa separada, empresa americana de
responsabilidade limitada primeiro, o Credit Mobilier, que nada mais é um jogo viciado.
Durant próprio detém a maioria do Credit Mobilier, que toma dinheiro emprestado em terra
nem sequer próprio. A construção da estrada de ferro, usando o dinheiro federal, é realizado
através de Credit Mobilier. Além de todos os truques para artificialmente aumentar a
quilometragem e, portanto, os montantes de dinheiro e terra subsídios recebidos do governo
federal, o Credit Mobilier encargos dobro do que a construção por quilômetro custa
realmente, com o dinheiro indo para o bolso de Durant. Um aspecto interessante é que o
Durant tinha sido culpado de traição durante a Guerra Civil, fazendo uma fortuna com o
contrabando de algodão do sul, mas, porra, não podemos deixar que uma coisa pequena
como stand traição na maneira de distribuir dezenas de milhões de dolars de dinheiro do
governo, não é?

As quantias roubadas por Durant através das boas graças dos líderes políticos da América
eram vastos. A Union Pacific custar cerca de US $ 50 milhões, incluindo todas as
deslocações a aumentar artificialmente, para construir, mas Durant e os meninos tem cerca
de 110 milhões dólares dos contribuintes mais milhões de hectares de terras indígenas e
roubado todos os direitos de exploração mineral. A quantidade de dinheiro roubado por
Durant e seus comparsas é igual a muitos bilhões de dólares hoje.

E, além da América políticos honrados e alguns milhões de mortos americanos nativos, que
tornaram tudo isto possível? Milhares de trabalhadores chineses e irlandeses de trabalho por
trinta dólares por mês. Idoso de treze a sessenta fizeram um trabalho árduo para até 12
horas por dia para fazer pessoas como Durant inacreditavelmente ricos.
No meio da farsa, Grenville Dodge, um amigo de
Lincoln, é nomeado engenheiro chefe da ferrovia transcontinental. Não é novidade que,
Dodge é uma espécie de genocídio artista ter sido no negócio de abate de índios com o
Exército dos EUA e também está profundamente envolvido em fraudes de investimento da
ferrovia. Ele também é culpado de traição. Enquanto um major-general no exército da
União durante a Guerra Civil, o rodeio teve um lateral fornecer informações secretas para o
seu bom amigo Thomas Clark Durant, que em seguida fez uma fortuna de algodão
contrabando contrabando dos Estados Confederados.

Em 1866, a Dodge foi eleito para o Congresso. Ele conseguiu gastar apenas o tempo
suficiente para fazer lobby em Washington para o embuste da União do Pacífico.

E, para tornar tudo isso possível, em julho de 1865, o general William Tecumseh Sherman
tinha sido colocado no comando do Distrito Militar do Missouri (todas as terras a oeste do
Mississipi) e dada a tarefa de exterminar os índios das planícies, a fim de abrir caminho
para a ferrovia transcontinental. Sherman foi sem dúvida o homem para o trabalho,
antecipando-se Adolf Hitler, chamado de "a solução definitiva para o problema do índio."
Por uma feliz coincidência, Sherman foi também um amigo de Grenville Dodge e um
investidor da ferrovia.

Devemos agir com seriedade vingativo


contra os Sioux,
mesmo ao seu extermínio,
homens, mulheres e crianças.
General William Tecumseh Sherman

Sherman emite a seguinte ordem para as suas tropas ", durante um assalto, os soldados não
pode pausar a distinção entre masculino e feminino, ou mesmo discriminação quanto à
idade. Contanto que a resistência é feita, a morte deve ser dispensado." A maioria dos
ataques aos campos de indianos são realizados no inverno, quando as famílias estão juntas e
podem ser mortos em massa. Todos os animais devem ser mortos para que os sobreviventes
serão mais propensos a morrer de fome. Um elemento-chave do genocídio é o abate maciço
de búfalo, a principal fonte de alimento para os nativos americanos. Em 1882, o búfalo
americano será essencialmente extinto.

Em 1890, a Solução Final Sherman tinham sido alcançada. A maioria dos índios das
planícies tinham sido assassinados, os sobreviventes forçados a ir para reservas. Mas
sempre perfeccionista, Sherman não estava feliz com o genocídio de 99% de sucesso,
expressando desapontamento que, se não fosse por "interferência de civis", seu exército
teria "se livrado de todos eles", e mataram todos os índios no passado dos EUA, Zieg Heil!

1865-curso:. ESTADOS UNIDOS Centenas de motins motivados racialmente ter lugar


nos Estados Unidos desde 1865 até os dias atuais. Os alvos da revolta são geralmente
pretos, embora os italianos, gregos, católicos, hispânicos, os franco-canadenses e outros
grupos minoritários também são alvo. Milhares de pessoas são mortas. Milhares de casas e
empresas e bairros são destruídos. Há demasiados incidentes ao pormenor cada um em
fazer o seguro do mundo para a hipocrisia. Apenas uma amostra, será dada através dos
anos.

1866:. ESTADOS UNIDOS civis Brancos e a polícia matam quarenta e seis norte-
americanos negros e ferem muito mais, em Memphis. Noventa casas, doze escolas e quatro
igrejas são bured na seção negra da cidade.
1866:. ESTADOS UNIDOS Em um ataque de pré-meditado, tempestade polícia misturada
republicano corrida uma convenção em Nova Orleans, matando mais de quarenta pessoas e
ferindo mais de cem e cinquenta.

1866: a China. forças dos EUA invadem e ocupam partes da China por três semanas, a fim
de "punir" a China na sequência de um "assalto" em um cônsul dos EUA.

1866-1951:. ESTADOS UNIDOS Com


a Guerra Civil acabou, e muito forte, jovens negros errantes em torno de mais ou menos
livre, menos os que podem evitar ser linchado, o Congresso autoriza a criação de novas
unidades segregadas negro na Exército dos EUA: dois regimentos de cavalaria negros e seis
regimentos de infantaria negra, a chamada Buffalo Soldiers assim. Em uma divisão clássica
e conquistar a operação, as ordens do governo dos EUA as tropas para o oeste a participar
do genocídio em curso, o governo dos nativos americanos. O poder corrosivo da
propaganda americana irá garantir que muitos negros vão olhar com orgulho por
instituições como o Buffalo Soldiers e no papel dos soldados negros em intermináveis
guerras da América para escravizar e / ou extermínio de outras raças e nações.

Segregado regimentos negros se tornarão ferramentas da elite americana em guerras contra


o povo de Cuba, Porto Rico e as Filipinas. Durante o século XX, os negros no exército dos
EUA será usado principalmente em "serviço" de unidades, mas, em 1945, quando as tropas
de combate em branco EUA estão ficando um pouco fina no chão, o General Eisenhower
vai oferecer "soldados negros em unidades de serviços de uma oportunidade ser voluntário
para o serviço com a infantaria. " Por que, graças massa.

Os militares dos EUA permanecerão estritamente segregados até 1951.

1866-presente:. ESTADOS UNIDOS Uma das mais


hediondas organizações terroristas da América, a Ku Klux Klan, é fundada. Ao longo dos
anos vai aumentar e diminuir, mas o seu objetivo fundamental de grupos minoritários
intimidante, especialmente os negros, por meio de tortura, o linchamento e queima
permanecerá bastante coerente. Em seus primeiros anos, a Klan também realiza
assassinatos políticos. A KKK foi formada pela maçonaria que sempre esteve envolvida em
todo tipo de coisa suja e vil.

1866: o México. forças dos EUA invadem o México e ocupam a cidade de Matamoros.
1866-1871:. CANADÁ Com algumas exceções, o
governo dos EUA geralmente fecha os olhos para os ataques terroristas realizados por
veteranos da Guerra Civil de ascendência irlandesa para o Canadá. Durante um período de
cinco anos, cinco dos chamados Fenian Raids são lançados os EUA através da fronteira.

1867:. NICARÁGUA EUA fuzileiros navais invadem a Nicarágua e ocupar as cidades de


Manágua e Leon.

1867:. ESTADOS UNIDOS o proprietário de escravos e presidente dos EUA Andrew


Johnson oferece o clássico all-American mistura de racismo, genocídio e delírio religioso
quando ele diz ao Congresso: "Se o resiste selvagem, a civilização, com os Dez
Mandamentos numa mão e a espada na outra, exige a sua execução imediata. "Louvai ao
Senhor.

Se os negros tiveram direito a voto,


que "a cada splay-footed,
bandy-shanked, corcunda,
de lábios grossos, de nariz chato, woolly-cabeças,
Negro ébano de cor no país
em pé de igualdade com o homem branco pobre ".
Andrew Johnson

1867:. FORMOSA Os EUA invadem Formosa e queimaduras aldeias para "vingar o


assassinato de um marinheiro".

1867: ILHA. MIDWAY forças navais dos EUA invadem e ocupam Midway Island no
grupo havaiano e construir uma base naval.

1868:. JAPÃO Os EUA invadem o Japão, em Osaka, Hiogo, Nagasaki, Yokohama e


Negata para "proteger os interesses americanos".

1868: ESTADOS UNIDOS. Quando doze negros vêm para o resgate de um editor de
jornal ser espancado por uma multidão em Opelousas, Louisiana, eles são presos e, mais
tarde naquela noite, linchados. No dia seguinte, multidões de americanos brancos armados
percorriam o interior da cerca Opelousas caça e matar negros. Estima-se que entre duas e
três centenas de negros foram assassinados por gangues.

1868:. URUGUAI Os EUA invadem o Uruguai para "proteger os interesses americanos".

1868:. ESTADOS UNIDOS EUA Dez


mil soldados do Exército previamente atacam os desarmados índios Cheyenne acampados
ao longo do rio Washita em Oklahoma, matando cem e cinquenta pessoas no local e
causando a morte de milhares de pessoas pela fome e pela exposição. O massacre faz parte
do plano do governo dos EUA para a desonra do Tratado de Fort Laramie e roubar a terra
que o tratado de garantias para o Cheyenne, incluindo quase todas as Grandes Planícies.

1868:. COLÔMBIA Os EUA invadem a Colômbia para proteger "tesouro a ser enviado".

1868-1871: ESTADOS UNIDOS. O famoso Tweed Ring ganhos do controle do governo


de Nova York. Vereador William Marcy Tweed coloca seus apaniguados nos postos-chave
da cidade, incluindo o ex-procurador distrital, Oakey A. Hall, que fica handpicked prefeito
Tweed. Todos os negócios de contrato com a cidade tem para pagar o Anel Tweed. A perda
financeira, eventualmente, as unidades de Nova York em dificuldades financeiras e da
cidade de crédito despenca a classificação.
1869:. ESTADOS UNIDOS EUA massacre tropas 173
mulheres e crianças da nação indiana Piegan nas margens do rio Marias em Montana. Os
sobreviventes fogem para o Canadá. Exército dos EUA general Philip Sheridan, que
mandou para fora da cavalaria dos EUA para atacar o Piegan, em grande parte consegue
encobrir o massacre. A única vítima entre as tropas heróicas realizar o massacre é uma
pessoa que caiu de seu cavalo durante o abate e quebrou a perna. Sheridan foi,
naturalmente, também praticada em crimes de guerra ter realizado "terra arrasada"
campanhas durante a Guerra Civil.

1869:. ESTADOS UNIDOS barões Jay Gould e James Fisk quase monopolizar o mercado
de ouro nos EUA até que o Tesouro libera alguns de seus próprios estoques de ouro,
levando ao pânico sexta-feira negra de setembro 1869

Eu posso contratar metade da classe trabalhadora


para matar a outra metade

1870-1884: mais invasões, mais racismo, mais limpeza étnica. América


Happy Birthday 100.
1870: o México. Os EUA invadem o México para atacar um navio de quarenta milhas até o
Rio Tecapan.
1870:. ESTADOS UNIDOS Esse ícone
americano, Mark Twain, entra no espírito do genocídio em curso contra os americanos
nativos e desce ódio racista em "O Homem Vermelho Nobre quando ele escreve:" Ele é
ignóbil, base e traiçoeiro, e detestável, todos os sentidos. Nem mesmo a morte iminente
pode assustá-lo em um espasmo de virtude. O traço dominante de todas as selvagens é um
egoísmo e de consumo voraz, e no nosso Nobre Vermelho Homem é encontrado em seu
mais amplo desenvolvimento. Seu coração é uma fossa da mentira, da traição, e do
diabólico e baixos instintos. "

1871:. ESTADOS UNIDOS Em outubro, uma multidão de mais de quinhentos brancos


invadem o bairro de Chinatown em Los Angeles e os ataques-americanos residentes
chineses da cidade. Todos os ocupantes edifício chinês na rua é saqueada e chineses
residentes são atacados e roubados. Mais de vinte pessoas foram mortas, dez por cento da
população chinesa a cidade.

1871:. CORÉIA as forças dos EUA invadem a Coréia para "punir os nativos de
depredações e atacar um barco de pesquisa dos EUA" ilegalmente tendo sondagens em
águas coreanas. Duzentos e quarenta e três coreanos são mortos pelos EUA

1873:. COLÔMBIA Os EUA invadem a Colômbia para "proteger os interesses


americanos".
1873:. ESTADOS UNIDOS Depois de
uma disputada eleição e o assassinato de homem negro pelos brancos, os moradores negros
da Louisiana área, Colfax procurar segurança no tribunal Colfax. Xerife Colombo C. Nash,
cuja instalação como xerife em vez do candidato negro fazia parte da disputa eleitoral, leva
três centenas de homens armados, em grande parte membros da Ku Klux Klan e outros
grupos de supremacia branca, para o tribunal. Quando os abrigos, tendo no prédio se
recusam a sair, a quadrilha Nash abre fogo. Um negros sessenta estimado correr a partir da
construção e são perseguidos por terrenos florestais e mortos. Todos, menos de cinqüenta
pessoas que permanecem no tribunal são mortos. Muitas das vítimas são os órgãos mais
tarde se verificou ter sido mutilado.

Cerca de cinqüenta negros sobrevivem ao abate e são levados como prisioneiros. Disse que
estão sendo levados para uma prisão local, apenas um é assassinado naquela noite. O único
sobrevivente do Massacre de Colfax, Benjamin Brimm, é um tiro na cabeça, mas vive e
consegue rastejar invisível.

Quando chegam as tropas federais, que estimam o número de vítimas em cento e cinco.
Essa estimativa é contestado e que o número real pode ser tão elevada quanto duzentos e
oitenta e desde muitos corpos estavam escondidos na mata ou jogado nas proximidades do
Rio Vermelho.

Eventualmente, noventa e sete pessoas são acusadas embora apenas nove estão presos e
levados a julgamento. Só um homem é acusado de homicídio, o resto com as violações da
lei de execução de 1870 que havia sido destinado a proteger de voto dos negros e dos
direitos civis. Todos os nove defendents são finalmente absolvido. Ninguém é condenado
por nenhum dos homicídios.

Os casos de três dos arguidos acabar no Supremo Tribunal dos EUA declara que temporada
está aberta para os negros, ao considerar que as proteções dadas aos ex-escravos pela
Décima Quarta Emenda da Constituição dos EUA não são aplicáveis às ações dos
indivíduos, mas apenas para as ações dos governos estaduais e suas agências.
1873-presente: ESTADOS UNIDOS.
Congresso aprova o chamado Comstock lei que torna ilegal, na terra dos livres, para enviar
qualquer "obsceno, lascivo, e / ou lascivos" materiais através do correio, incluindo
dispositivos contraceptivos e de informação . Vinte e quatro estados passam proibições
semelhantes no material distribuído nos Estados. O New York Sociedade para a Supressão
do Vício, fundada em 1873 por Anthony Comstock, se encarregaram de decidir o que era
"indecente" e mostrou orgulhosamente queima de livros em seu selo oficial. Comstock
pessoalmente trouxe a destruição de quinze toneladas de livros, muitas toneladas de chapas
de impressão e quase quatro milhões de fotos.

1873-1877:. ESTADOS UNIDOS A chamada Panic assim de 73 os EUA mergulha em


depressão. Provocado por uma falha de banco conectado via férrea, a causa básica foi a
década anterior de fraude realizada por interesses ferrovia como o contínuo genocídio
contra os nativos americanos abriram mais espaço que nunca para a construção de
ferrovias.

Das 364 ferrovias do país, 89 foram à falência. Um total de 18 mil empresas faliram nos
primeiros dois anos da depressão. Os salários foram cortados, os trabalhadores entraram em
greve. As tropas federais foram utilizados contra os trabalhadores e mais de cem pessoas
foram mortas.

1873-1896:. MÉXICO Os EUA repetidamente invade o México "em busca dos bandidos".
1874:. ESTADOS UNIDOS Quando os
trabalhadores desempregados demonstrar, em Nova York Tompkins Square Park, montado
carga policial sobre a multidão, batendo os homens, mulheres e crianças. Centenas estão
feridos. Polícia de Nova York Comissário Abrão Duryee, é citado como tendo dito: "Era a
visão mais gloriosa que já vi."

1874:. HAWAII os Estados Unidos invadirem o país independente do Havaí para "proteger
os interesses americanos".

1874:. ESTADOS UNIDOS O governo


dos EUA catracas a sua política de limpeza étnica, quando o secretário do Interior,
Columbus Delano testemunha ao Congresso: "O búfalo estão desaparecendo rapidamente,
mas não mais rápido do que eu desejo índios. Considero que a tal destruição do jogo como
subsistir como para facilitar a política do Governo, de destruir os seus hábitos de caça,
coagindo-os em reservas, e obrigando-os a adotar os hábitos da "civilização" (sic). "

Nos últimos dois anos, quase oito milhões de búfalos foram abatidos na campanha de
extermínio pela fome dos Cheyenne, Sioux, em Dakota e nações Comanche. O extermínio
dos búfalos foi realizado com o objetivo de roubar as terras que haviam sido garantidos
perpetuamente para os índios das planícies por tratados juridicamente vinculativo. No total,
quantas sessenta milhões de búfalos são mortos, a redução da população de búfalos total
para pouco mais de mil, em 1889 e, como se pretendia, destruindo completamente a
capacidade dos índios das planícies para manter seu modo de vida.
1874: ESTADOS UNIDOS. O médico de Cincinnati Robert Bartholow realiza cirurgia de
cérebro em experimentos em Maria Rafferty, de trinta anos, empregada doméstica o ano
que morre de uma úlcera infectada.

1875:. ESTADOS UNIDOS Vinte negros americanos são mortos em um massacre de


Clinton, Mississippi.

1876:. ESTADOS UNIDOS A limpeza étnica e roubo das


terras dos nativos americanos avança rapidamente como América comemora seu primeiro
centenário. líder intelectual do país literária, William Dean Howells, tira o tempo em um
ensaio expressando sua "emoção de orgulho patriótico" nos Estados Unidos a defender que
"o extermínio dos selvagens vermelhas das planícies". Grava Howells no influente Atlantic
Monthly, "O homem vermelho, pois ele aparece em efígie e na fotografia .... é um demônio
horrível, cujos traços malignas dificilmente podem inspirar qualquer emoção mais suave do
que horror."
1876:. ESTADOS UNIDOS As tentativas do governo dos
EUA para forçar a nação Lakota para concordar com uma alteração dos termos do Tratado
de Fort Laramie 1868, a fim de permitir que os brancos para levar o ouro de Serra Negra.
Quando o Lakota insistem que o tratado seja honrado, o governo dos EUA tenta conduzir o
Lakota de suas terras e para a reserva. Em junho, o Crazy Horse e quinhentos guerreiros
nativos EUA tropas surpresa no Rio Rosebud, forçando-os a recuar. Pouco depois, o major-
general George Custer descobre sessão do acampamento Bull no rio Little Bighorn. Ele
ataca, mas é dominado por guerreiros Lakota. Custer e todos os seus soldados são mortos
na batalha que se torna conhecido como Custer's Last Stand. Quando a notícia da derrota de
Custer emerge, o governo dos EUA inundações na região com tropas, realizando a limpeza
étnica desejado e roubar a terra que havia sido garantido ao Lakota. Touro Sentado captura
escapa, deixando um grupo de guerreiros para a segurança no Canadá.

1876: ESTADOS UNIDOS. motins raciais e o terrorismo contra os negros ocorrem ao


longo da Carolina do Sul durante o verão de 1876.

1877:. ESTADOS UNIDOS Dez ativistas de mineração de carvão são enforcados na


Pensilvânia.

1878:. ESTADOS UNIDOS Um grande número de empresas chinesas de propriedade são


queimadas em distúrbios racialmente motivada por brancos, em San Francisco.
1879:. ESTADOS UNIDOS Como todos sabemos, em
1879, o grande “inventor” americano Thomas Alva Edison inventou a lâmpada elétrica,
inaugurando uma nova era na existência humana.

Bem, não exatamente. É apenas mais uma mentira contada para estudantes americanos que,
como os demais, eles acabam por continuar a acreditar que os adultos. A iluminação
elétrica foi inventada em 1809 pelo químico Inglês Humphry Davy. As melhorias foram
feitas em 1820 por Warren de la Rue, em 1835 por James Lindsay, em 1850 por Edward
Shepard, em 1854 por Henricg Globel, em 1875 por Henry Woodward e Matthew Evans, e
em 1878 por Sir Joseph Swan, que desenvolveu o primeiro lâmpada que iria queimar por
horas.

Em 1879, Edison "inventa" uma lâmpada que queima cerca de duas vezes enquanto Cisne
antes da falha. A "invenção" é baseado em uma patente Edison comprou da Woodward
1875 e desenvolvimento de Evans e sobre o trabalho roubado de outros inventores,
incluindo Swan. Edison foi processado por Sir Joseph Swan por infração de patente e, em
1883, a patente de Edison da lâmpada não foi permitida pelo Patent Office dos EUA,
porque se baseou em trabalhos anteriores de outros inventores.

Embora tenhamos sido doutrinados a respeito de Edison, inventor talvez o maior de todos
os tempos, na verdade ele estava em primeiro lugar um homem de negócios e não como um
excessivamente escrupuloso.
1880-1910:. MÉXICO Sob a ditadura de Diaz apoiado pelos EUA, as
empresas petrolíferas dos EUA, especialmente os Rockefellers "Standard Oil (Exxon-
Mobil, e Esso) e do Texas Oil Company (Texaco), extrair enormes quantidades de petróleo
do México sem pagar qualquer royalties ou taxas de qualquer natureza para o povo
mexicano.

Os interesses dos EUA, mais notavelmente os Rockefellers e McCormick (International


Harvester), "usam" milhões de indianos contratados, que são, na realidade, os escravos, em
vastas plantações em Yucatan e em outros lugares. Incontáveis centenas de milhares de
pessoas morrem de fome, excesso de trabalho, espancamentos e outras formas de abuso. As
crianças nascem para a escravidão nas plantações e morrer ali, ainda na escravidão.

A ditadura de Diaz realiza genocídios de numerosos mexicanos e raças indianas, para que
suas terras podem ser roubados e vendidos por uma ninharia para os interesses americanos,
incluindo o magnata da mídia amarelo, belicista e propaganda nazi-a-ser de William
Randolph Hearst, que adquire cerca de sete milhões de hectares de México dessa maneira.
Outros membros da classe dominante americana beneficiando os genocídios são os judeus
Harrison Gray Otis, EH Harriman, os Rockefeller e Guggenheim.

As empresas americanas que operam no México, com a conivência da ditadura mansa de


Diaz, empregam mexicanos em condições terríveis para salários de fome. Os sindicalistas
mexicanos e os atacantes tentando conseguir pagar o mínimo e os padrões de trabalho são
assassinadas por Pinkerton e outros esquadrões contratado.

1881-1907:. ESTADOS UNIDOS Apartheid no transporte público é imposta pelo estado


do Tennessee em 1881. Florida (1887), Mississippi (1888), Texas (1889), Louisiana
(1890), Alabama, Kentucky, Arkansas, Geórgia e (1891), Carolina do Sul (1898), Carolina
do Norte (1899), Virgínia (1900), Maryland (1904) e Oklahoma (1907) sigam o exemplo.
1882:. ESTADOS UNIDOS O Congresso dos EUA passa o Ato de
Exclusão Chinesa, que proíbe a maioria dos chineses de imigrar para os EUA e restrição
chinesa de se tornar cidadãos naturalizados.

1882:. EGITO forças dos EUA invadem Egito para "proteger os interesses americanos".

1883:. ESTADOS UNIDOS Em suma sempre os interesses de liberdade e igualdade, a


Suprema Corte dos EUA derruba o Civil Rights Act de 1875 que terminaram sancionado
apartheid estado em hospedagem, restaurantes, transporte e outros lugares públicos. Será
quase uma centena de anos antes de o Congresso aprovar uma outra lei proibindo o
apartheid nos Estados Unidos.

O mundo nunca viu


tais leis bárbaras
implicou em cima de um povo livre
como têm crescido fora da decisão
do Tribunal Supremo dos Estados Unidos.
Henry Turner McNeil

1883:. ESTADOS UNIDOS Uma multidão branca abre fogo sobre um grupo de homens
negros desarmados, mulheres e crianças em Danville, Virginia. Entre os democratas
brancos, em seguida, um golpe e assumir o controle da cidade negro eleito governo
democraticamente.
]
1885-1894: Os EUA roubos Havaí, quatro mil linchamentos, atira em
trabalhadores nas ruas e o planejamento de uma esplêndida
guerrinha

1880-1998:. ESTADOS UNIDOS A United States Census Bureau estima que 4.742
linchamentos ocorreram nos EUA entre 1882 e 1968. Entre 1882 e 1930, cerca de 2.828
pessoas foram linchadas no Sul, 585 no Ocidente, e 260 no Centro-Oeste. A maioria das
vítimas de linchamento foram homens negros, embora algumas mulheres negras e alguns
chineses, italianos e judeus, foram vítimas de linchamento feitos por americanos. Antes do
surto em massa de linchamento na década de 1880, os americanos tinham linchado pelo
menos 163 mexicanos, incluindo as mulheres, na Califórnia, no período 1848-1860. Os
mexicanos, cujo estado tinha sido roubado pelos EUA em 1846, estavam competindo com
os garimpeiros americanos e por isso foram devidamente assassinados.

Os linchamento freqüentes incluíam a tortura e mutilação. As


vítimas eram açoitadas, tinha orelhas, dedos e outras partes do corpo cortadas. As fêmeas
foram estupradas. Muitas das vítimas foram queimadas vivas. As vítimas eram, por vezes
castrados. Partes do corpo como os dentes, dedos, órgãos sexuais e roupas foram vendidas
como souvenirs. A 02 de fevereiro de 1893 edição do The New York Times descreveu o
linchamento de Henry Smith, em Paris, Texas. Smith foi colocado em um andaime de dez
metros e torturado por quase uma hora com ferro quente. Ele então foi queimado vivo.
Ministros da religião cristã e líderes empresariais participaram e, muitas vezes uma
atmosfera de férias prevaleceu. Estradas de Ferro, por vezes, faziam trens de excursão
especial para permitir que os espectadores assistissem os linchamentos. As multidões tão
grandes como 15.000 compareceram aos linchamentos, às vezes compravam bilhetes para
ter o privilégio.

cartões postais fotográficos de linchamentos eram


alegremente comuns nos Correios dos EUA até 1908. O último registrado oficialmente no
linchamento os EUA ocorreu em 1968, mas muitos consideram o assassinato em 1998 de
James Byrd no Texas, por três brancos que puxaram para trás de uma pick-up com uma
corrente, como um linchamento.
Os americanos usaram táticas de terror como linchamentos e outros para intimidar os
negros e outros grupos oprimidos na submissão política, económica e social. Muito poucas
das vítimas eram acusadas de crimes como assassinato ou estupro como se pensava. A
maioria das vítimas foram acusados apenas de coisas como sendo arrogante, uma pessoa
que insultava os brancos, questionando a quantidade ofertada de bens ou de procurar
emprego, para além de sua estação atribuída. Os torturadores e assassinos que executaram
os linchamentos quase nunca foram cobrados, a despeito do fato de que muitos
linchamentos foram realizadas na frente de milhares de testemunhas e que uma enorme
quantidade de evidências fotográficas existiam, muitos deles enviados como postais através
do correio dos EUA.

Cerca de duzentos leis anti-linchamento


foram apresentados à Câmara dos Deputados dos EUA ao longo dos anos. Três projetos de
lei conseguiu aprovar na Casa. Todos os três foram derrotados no Senado dos Estados
Unidos. Em 2005, o Senado aprovou uma resolução pedindo desculpas por seu de fato
sanção de linchamento por mais de um século. No ano de 2005, quinze senadores
americanos se recusaram a endossar o projeto de lei de desculpas. Faz uma cara muito
orgulhoso, não é?
1885:. GUATEMALA A canhoneira dos EUA, Wachusett invade as águas da Guatemala
para "proteger os interesses dos EUA".

1885:. ESTADOS UNIDOS Mineiros no


Harrimans 'mina de carvão da União do Pacífico em Rock Spring, Wyoming vêm lutando
há anos para se sindicalizar, a fim de garantir um salário digno e mais seguras condições de
trabalho. O Harrimans tem resistido a cada esquina e, vendo os seus colegas chineses como
bodes expiatórios, os mineiros brancos em um arrastão e atacam os chineses. Eles
assassinam pelo menos 28 pessoas e ferem mais de uma dúzia. Mais de cinqüenta casas
pertencentes a famílias chinesas são queimados no chão.
Inevitavelmente, os "suspeitos" nos motins são rapidamente libertados e ninguém é sempre
acusado de um crime. Em seu lançamento, os assassinos são atendidos por uma multidão de
centenas e dado uma ovação pelo seu bom trabalho. Claro que fazem você se sentir
orgulhoso, não é?
1885:. ESTADOS UNIDOS catadores chinêses que estavam dormindo são massacrados no
Vale Squak em Washington. Três são mortos a tiros e três feridos.

1885:. ESTADOS UNIDOS Um grupo racista queima grande parte da Chinatown de


Seattle.

1885:. ESTADOS UNIDOS Um grupo racista de trezentos, liderada por Tacoma,


Washington prefeito Jacob Weisbach e apoiado pelo departamento de polícia de Tacoma,
força três centenas de chineses a entrarem em vagões e os expulsa da cidade.

1885:. COLÔMBIA tropas dos EUA invadem Colón e Cidade do Panamá, na província
colombiana do Panamá.
1886-curso:. ESTADOS UNIDOS A decisão da Suprema Corte no caso de imposto de
Santa Clara contra o Southern Pacific Railroad é frequentemente citado como líder do
estatuto jurídico de "pessoa" e consequente liberdade de expressão e outros direitos para as
empresas, garantindo assim proteção no âmbito da Primeira e Décima Quarta Emendas da
Constituição dos EUA para as criações abstratas de advogados corporativos. Na realidade, a
decisão não fez isso. Chefe de Justiça Morrison Waite, escreveu: "Evitamos reunião a
questão constitucional na decisão."

No entanto, aquando da elaboração do resumo do processo, o relator do tribunal, o ex-


presidente da estrada de ferro JC Bancroft Davis, escreveu: "As corporações são recorrida
pessoas na intenção da cláusula no ponto 1, da Décima Quarta Emenda da Constituição dos
Estados Unidos, que proíbe um Estado que negar a qualquer pessoa sob sua jurisdição a
igual proteção das leis. " A Emenda 14 havia sido supostamente escritas para proteger os
negros recém-libertos da perseguição e opressão, para não aumentar o poder e a riqueza das
ferrovias e outras corporações.

Mesmo que o tribunal não tinha feito a determinação legal reivindicada na nota
introdutória, deturpação da funcionária do caso para levar reivindicações de sucesso para o
status de "pessoa" para a captação legal de uma corporação.

A porta traseira concessão de personalidade pavimentou o caminho para maiores lucros e


poder quase ilimitado político e econômico para as empresas nos Estados Unidos. Usando a
definição das corporações como "pessoas", a Suprema Corte derrubou uma série de
regulamentos de estado a tentar controlar as atividades mais vorazes das corporações. Em
1938, o juiz Hugo Black notou que, nos cinquenta anos desde Santa Clara, "menos de
metade de um por cento (de decisões do Supremo Tribunal que invocou a Emenda 14),
invocou a proteção da raça negra, e mais de cinqüenta por cento pediram que seus
benefícios sejam estendidos para as corporações. "
1886:. ESTADOS UNIDOS Estado ponto de fogo de milícia em branco em uma multidão
de metalúrgicos marcante em Milwaukee pedindo um dia de trabalho de oito horas. Sete
pessoas, incluindo uma criança são mortos no local. O Journal Milwaukee informa que oito
vítimas mais morrerão dentro de 24 horas. O documento elogia Governador do Wisconsin,
Jeremias Rusk, que tinha fixado a milícia sobre os grevistas, pelos seus esforços corajosos.
1886-1893:. ESTADOS
UNIDOS – os sindicatos americanos e canadenses organizam uma greve geral em apoio de
um dia de trabalho de oito horas. Comícios são realizados em todo os EUA e Canadá, com
dezenas de milhares de trabalhadores que se voltam para fora. Um rali de 80.000 pessoas
marchas em Chicago, em apoio à greve. Strikers na fábrica de proprietários de escravos do
México, a Colheita McCormick Machine Company (International Harvester), são alvejados
por policiais da cidade de Chicago. Quatro atacantes foram mortos e outros ficaram feridos.

Os organizadores exigem uma manifestação de protesto na Praça Haymarket, em Chicago


no dia seguinte. Uma bomba é lançada em uma linha de policiais avançavam sobre a
multidão, matando um policial. A polícia então abrir fogo sobre a multidão. Pelo menos
quatro civis foram mortos e mais de cinqüenta feridos. Sete policiais também morreram e
um grande número de feridos, quase certamente todos por policiais do companheiro. Oito
pessoas são presos e acusados pelo assassinato do policial morto por uma bomba, embora a
acusação admite que nenhum dos acusados foi responsável por lançar a bomba. Nenhum
policial são acusados de quaisquer crimes.

A mídia dos EUA faz o seu belo trabalho habitual de enganar a população e inflamar a
opinião pública por espalhar o medo do "ismo" du jour. Em um pedaço histeria "Anarquia é
da Mão Vermelha", o New York Times chama o massacre de Haymarket "fruto sangrenta"
de "os ensinamentos vilão dos anarquistas" felizes para ignorar o fato de que todos, mas
uma das vítimas foram abatidos pelas forças da a lei e ordem. O Chicago Times descreve os
réus como "conselheiros arco de motim, incêndio criminoso pilhagem e assassinato". A
Pesquisa Mensal estados do Atlântico que os trabalhadores têm apenas a si mesmos para
culpar por sua sorte na vida. Sete dos acusados são condenados à morte e um a quinze anos
de prisão. Os vereditos inspirar protestos ao redor do mundo.

O caso é recorreram, sem sucesso todo o caminho até esse bastião brilhante da justiça, o
Supremo Tribunal dos EUA. Governador de Illinois, Richard James Oglesby então comuta
as sentenças de morte de dois réus à prisão perpétua. Um réu comete suicídio. Quatro são
pendurados pelo pescoço até que estejam mortos.
Os trabalhadores acreditavam que a bomba tinha, de fato, foi acionada por um agente
provocador, provavelmente trabalhando para Pinkerton, que foram amplamente empregadas
na época pelos proprietários de várias corporações como esquadrões. O lançador de bomba
nunca foi identificado. O comandante que ordenou à polícia a avançar sobre os
trabalhadores na praça Haymarket foi mais tarde condenado por corrupção. Em 1893, o
governador de Illinois, John Peter Altgeld mostrou integridade notável para um político
quando ele assinou o perdão de três dos réus executados depois de concluir que todos os
oito réus haviam sido inocentes. Altgeld disse que a verdadeira razão para o ataque era a
cidade de Chicago fracasso de manter guardas Pinkerton responsáveis pela morte de
trabalhadores. O perdão devidamente fim da carreira política de Altgeld. Não pode ser
havin nenhuma integridade na política.

1886: ESTADOS UNIDOS. Um grupo racista em


Seattle, Washington rodadas up's Chinese população da cidade e tenta conduzi-los para os
navios de espera, a fim de expulsá-los da cidade. Em março, praticamente todas as pessoas
de ascendência chinesa foram expulsas da justa cidade de Seattle.
1886:. ESTADOS UNIDOS Vinte negros americanos são massacrados em Carrollton,
Mississippi.

1886:. ESTADOS UNIDOS barão Jay Gould, que se vangloriou de que "eu posso
contratar uma meia classe de trabalhadores para matar a outra metade", faz o seu ponto
quando contrata pistoleiros para assassinar trabalhadores que faziam greve contra a sua
ferrovia.

1887:. ESTADOS UNIDOS Dez mil trabalhadores nas plantações de açúcar em


Louisiana são organizadas por um sindicato secreto, os Cavaleiros do Trabalho. Os
trabalhadores, cerca de noventa por cento de preto e dez por cento brancos, ganham cerca
de US $ 13 por mês. Graças à "loja empresa" sistema mais, tornar-se perpetuamente em
dívida para com as empresas de açúcar e, nos termos da legislação da Louisiana, tornam-se
servos vitual das empresas. Eles entram em greve por um aumento no seu salário para US $
1,25 por dia. Governador da Louisiana Samuel Douglas McEnery está indignado com o
pensamento de negros e brancos trabalhando em conjunto para se opõem à opressão da
classe dominante e declara que "Deus Todo-Poderoso tem atraído a linha de cor". A milícia
do estado seja retirado, permitindo turbas de linchamento ao assassinato entre vinte e trinta
dos trabalhadores em greve.
1887:. ESTADOS UNIDOS Trinta e quatro mineiros chineses são abatidos em Deep
Creek, Oregon. Os assassinos, em seguida, roubar entre R $ 4000-5000 em ouro
pertencentes às vítimas.

1887:. HAVAÍ A conspiração dos ricos


americanos brancos, consistindo principalmente de produtores de açúcar e latifundiários, as
forças do monarca eleito democraticamente do Havaí, David Kalakaua, para assinar uma
nova Constituição, sob a ameaça de violência por parte de uma milícia armada denominada
Rifles Honolulu. The Rifles Honolulu são controlados por uma sociedade maçônica secreta
chamada Liga dos havaianos, que quer anexar o Havaí aos EUA, a fim de aumentar os
lucros do açúcar, eliminando a tarifa sobre o açúcar do Havaí exportados para os EUA
porque a Constituição foi imposta sob a ameaça de violência, ela é conhecida como a
Constituição da baioneta.

A nova Constituição faz um bom trabalho de destruir a democracia e os havaianos, além de


ser anti-democrático, tem todo a clássica mistura do racismo e da mentira religiosa
americana. Sob a nova Constituição, as pessoas de descendência asiática, que anteriormente
podiam participar da democracia do Havaí, estão impedidos de votar apenas em função de
sua raça. Nos termos da Constituição da baioneta, só ricos proprietários do sexo masculino
estão autorizados a votar, efetivamente deixando de lado a maioria dos havaianos no seu
próprio país. A votação na nova democracia é limitado aos machos não-asiáticos ganhando
pelo menos US $ 600 por ano e possuindo uma propriedade que vale pelo menos US $
3000, um inferno de um lote em 1887.
Mas a melhor parte da Constituição da baioneta é um artigo que diz: "Deus
dotou todos os homens de certos direitos inalienáveis, entre os quais estão a vida, à
liberdade e ao direito de adquirir, possuir, e proteger a propriedade ....."

Por que o inferno, que era poderoso agradável de Deus para dotá-los barões do açúcar com
o direito inalienável de adquirir, possuir e proteger a propriedade. Isso é melhor do que as
virgens no Paraíso, em qualquer dia.

1888:. CORÉIA as forças dos EUA invadiram a Coréia para "proteger os americanos".
1888:. HAITI forças dos EUA invadem o Haiti para forçar a libertação de um navio
americano preso por execução de um bloqueio.

1888-1889:. SAMOA forças dos EUA invadem Samoa para "proteger os interesses
americanos".
1889:. HAWAII forças dos EUA invadem a nação do Havaí para "proteger os interesses
americanos".

1890:. ARGENTINA forças dos EUA invadem a capital argentina de Buenos Aires para
"proteger a propriedade dos EUA".

1890: ESTADOS UNIDOS. Usando


metralhadoras Gatling, soldados da Sétima Cavalaria dos EUA massacram trezentos e
cinqüenta homens, mulheres e crianças da nação Lakota em Wounded Knee, Dakota do
Sul.
Quando eu olho para trás agora
desta alta montanha
da minha idade,
eu posso ver que massacraram
mulheres e crianças
mentindo amontoados e espalhados
ao longo da ravina torto
tão simples como eu os vi
com os olhos ainda jovens.
Black Elk
Oglala Holy Man

1890:. ESTADOS UNIDOS Alfred T. Mahan, chefe do Naval War


College, EUA, publica A Influência da Sea Power na história, 1600-1783, que defende a
apreensão das ilhas do Caribe, Havaí e as Filipinas pelos Estados Unidos, a fim construir
bases militares. Mahan defende também a construção de um canal entre o Atlântico ao
Pacífico e à criação de um "Great White Fleet" do movido a vapor, navios de guerra
blindados com que levar tudo para fora. o livro de Mahan torna-se o modelo para a
expansão do império americano na última parte do século XIX.

1890-curso: ESTADOS UNIDOS. A era


dos barões começa a sério mortal. As grandes fortunas dos judeus Rockefellers, a
Harrimans, o Mellon, o Goulds, o Carnegies e os outros membros da classe dominante dos
EUA, juntamente com as fortunas menor dos seus lacaios e homens da frente, que incluirá
em breve a família Bush e os irmãos Dulles , são adquiridos através de uma mistura de
criminalidade, conspiração, crueldade absoluta e à corrupção e apropriação pura e simples
de políticos de todos os matizes. É tudo impulsionado por um desejo insaciável por
dinheiro e poder e os delírios de superioridade.

Os poucos que entendem o sistema,


ou serão tão interessados nos seus lucros,
ou tão dependentes de seus favores
que não haverá nenhuma oposição
a partir dessa classe,
enquanto, por outro lado,
a grande massa de pessoas,
mentalmente incapazes de compreender
as enormes vantagens ..
arcarão com a sua carga sem se queixar,
e talvez sem suspeitar
que o sistema
é inimigo do seu interesse.
Banco Irmãos Rothschild

1890-1910:. ESTADOS UNIDOS Mississippi introduz testes de alfabetização e


"compreensão" para desqualificar os cidadãos negros. Carolina do Sul (1895), Louisiana
(1898), Carolina do Norte (1900), Alabama (1901), Virgínia (1901), Georgia (1908), e
Oklahoma (1910) saltam no movimento para impedir os negros de ter qualquer poder
político.

1891: ESTADOS UNIDOS. Uma multidão de dez mil brancos tempestades de Omaha,
Nebraska prisão e toma um negro acusado, Joe Coe, de sua cela. Ele é agredido e linchado.
Seis mil pessoas supostamente visitaram a exposição de cadáver de Coe e pedaços de
compra da corda usada para linchá-lo como recordação.

1891-presente:. HAITI Os EUA invadem o Haiti para reprimir uma revolta de


trabalhadores negros contra os terríveis condições de trabalho na Ilha Navassa e aproveita a
própria ilha, que ainda se mantém.

1891:. CHILE EUA Marines invadem Chile para reprimir os nacionalistas que se
rebelaram contra a ditadura apoiada pelos EUA.

1891:. CHILE Cento e vinte marinheiros do USS Baltimore receber a ida a terra em
Valparaíso, Chile. Eles se envolvem em brigas de bar e violência de rua que resultou na
morte de dois americanos, o ferimento de dezessete e a prisão de trinta e seis. O
USdemands um pedido de desculpas do Chile e reparações. Os chilenos conduziram uma
investigação que concluiu que a embriaguez dos marinheiros americanos provocaram os
distúrbios. Em sua mensagem anual ao Congresso, o presidente Benjamin Harrison ameaça
para buscar aprovação do Congresso para uma invasão dos EUA no Chile.

1891: ESTADOS UNIDOS. L. Frank


Baum, o amado autor de O Mágico de Oz, escreve no Aberdeen, Kansas sábado Pioneer
que o Exército dos EUA deve "terminar o trabalho" da "aniquilação total" dos poucos
índios dos EUA. Em 1891, a chamada de Baum para o assassinato em massa foi quase
redundante. Através de um genocídio cruel realizado pelo Governo dos Estados Unidos, a
população nativa dos EUA tinham sido reduzidos a 2,5% do seu número original e 98% das
terras indígenas já haviam sido roubadas, quase todas em violação de tratados
juridicamente vinculativo. Centenas de povos nativos com línguas e costumes originais
haviam sido apagados da face da Terra.

1892:. ESTADOS UNIDOS em nome de interesses corporativos, as tropas dos EUA


reprimiram violentamente prata "uma greve dos mineiros em Idaho.
1892:. ESTADOS UNIDOS A brigada dos capangas de
Pinkerton abre fogo sobre metalúrgicos marchando na fábrica de Carnegie em Homestead,
Pennsylvania. No tiroteio, três Pinkerton entrega e depois espancado por uma multidão
composta principalmente de mulheres. Sete Pinkerton e os onze atacantes e espectadores
são mortos a tiros.

1893:. ESTADOS UNIDOS Agora que


Thomas Durant e os rapazes têm as suas ferrovias construídas em todas as terras roubadas
dos indios, é hora de expulsar os sujos chineses para fora dos EUA ajudado pelos brancos
americanos que perseguiram sistematicamente pessoas de ascendência chinesa, levando-os
de sua casas e, muitas vezes, os assassinando.

A Suprema Corte dos EUA, mais uma vez está na vanguarda do racismo e da injustiça,
esmagando os pedaços esfarrapados de liberdade e igualdade que de fato existem na
América. O Tribunal defende o Ato de Exclusão Chinesa de restrição as pessoas de
ascendência chinesa a partir do racismo institucionalizado EUA é uma questão de auto-
preservação, diz o Tribunal de Justiça, e o "direito natural do governo". No caso Fong Yue
Ting, o Tribunal oferece um manto de legalidade espúria à deportação de imigrantes
chineses sem o benefício do devido processo legal.
1893-presente:. HAVAÍ Um golpe de estado de gestão fase
de açúcar americana e magnatas de frutas, liderada por Sanford Dole, derruba o governo
democraticamente eleito da nação independente do Havaí com a ajuda de tropas enviadas
por terra a partir do USS Boston ancorado no porto de Hololulu . O Ministro dos EUA para
o Havaí, John L. Stevens, "auxilia" no estabelecimento de um direito "governo". EUA
fuzileiros permanecem na ocupação ilegal. O objetivo de Dole e seus co-conspiradores não
incriminado é ter o Havaí anexado pelos Estados Unidos de modo que o imposto de
importação dos EUA sobre o açúcar do Havaí será eliminado, aumentando o lucro dos
“barões do açúcar”. Aparentemente, Dole e os meninos só não podem fazer bastante
dinheiro para ser felizes, mesmo usando chicotes para incentivar os seus trabalhadores nos
canaviais.

Após um pouco de canto e dança, os EUA ocupa permanentemente o Havaí como uma
colônia em nome dos EUA e os interesses de açúcar de frutas e como base para a extensão
do poder militar norte-americana no Pacífico. Os EUA continuam na ocupação ilegal da
nação independente do Havaí até os dias atuais.
1893-1896: ESTADOS UNIDOS. Os anos de especulação desenfreada e fraudes nos
negócios da ferrovia trazem a crise de 1893. Ferrovias não um após o outro. Como mais um
estouro da bolha de "investimento", os americanos correm para retirar suas economias dos
bancos, antes de entrarem em colapso. Os americanos tentam resgatar suas contas de dólar
para o ouro, como prometido, achando que o governo dos EUA tem ouro suficiente para
resgatar todas as notas em circulação. Muitas ações e títulos detidos pelos norte-americanos
se tornam inúteis.

No total, mais de quinhentos bancos e quinze


mil outras empresas falham. A queda dos preços das commodities, leva os agricultores à
falência. Desemprego atinge quase vinte por cento. Os americanos perdem suas fazendas,
residências e empresas em grandes números. Muitos abandonaram suas casas e fazendas e
se movem para o oeste. Os banqueiros judeus responsáveis pela crise especulativa se
aproveitam eliminado grande parte dos bancos concorrentes e compram a preço de banana
terras e grandes empresas.

A corrida do ouro de Klondike ajuda a acabar com a depressão e, de 1896 a 1907, as


coisas estão olhando para cima e depois ..... o Pânico de 1907.

1894:. ESTADOS UNIDOS O Presidente Theodore Roosevelt dá o seu racismo um pouco


de exercício, quando ele opina que, "Todos os homens de sã e salutar pensamento deve
rejeitar com desprezo impaciente o fundamento de que estes dois continentes devem ser
reservados para o uso de selvagens espalhadas tribos, cuja vida foi, mas alguns graus menos
sentido, esquálido e ferozes do que as feras com quem realizou a responsabilidade conjunta.
"
1894:. HAWAII Em 04 de julho de 1894, data a ser escolhida com cuidado, o senhor
Sanford Dole anuncia a invenção da República do Havaí, e modestamente declara-se
presidente.

1894:. ESTADOS UNIDOS Depois Dole e os meninos têm derrubado o governo legítimo
da nação do Havaí, e depois de os EUA conduziram uma invasão armada e ocupação do
Havaí e agarrou-a como uma colônia em nome da família Dole e seus asseclas, as putas e
shills do empreendimento Senado dos EUA em níveis estratosféricos de hipocrisia quando
passam uma resolução de advertência "os governos estrangeiros não interferir nos assuntos
políticos do Havaí".

1894:. ESTADOS UNIDOS mundo


colombiana A Exposição em Chicago, Jackson Park é incendiada por grevistas protestavam
uma redução drástica nos salários da empresa Pullman. O governo federal intervém e utiliza
14 mil tropas federais e estaduais para acabar com a greve. Trinta e quatro trabalhadores
são mortos por tropas.
1894:. NICARÁGUA Os EUA invadem a Nicarágua em Bluefields para "proteger os
interesses americanos".

1894:. BRASIL Os EUA usam uma mostra do poder naval para intimidar o Brasil.
1894:. HAWAII havaianos e simpatizantes
não-havaianos do governo legítimo da nação insular lançam uma insurreição contra a
ditadura ilegal de barões do açúcar, que havia roubado seu país. Eles são derrotados por
uma força esmagadora da ditadura que captura a rainha Lili `uokalani e a mantém sua
prisioneira. A rainha é coagida a assinar um documento de abdicação que na verdade não
tinha validade, pois a abdicação não está prevista na Constituição do Havaí. Apesar das
promessas feitas para a rainha, cinco patriotas havaianos são condenados à morte e outros a
longas penas de prisão pelos tribunais de canguru da ditadura.

A hipocrisia não tem limites quando a rainha Lili `uokalani, a cabeça legal e constitucional
do governo do Havaí, é acusada injustamente de traição e condenada a cinco anos de prisão
no trabalho duro e uma multa de US $ 5.000 para tentar derrubar os criminosos que haviam
roubado a nação do Havaí. Ao ganhar sua liberdade, Lili `uokalani viaja para Washington,
para pedir ao presidente Cleveland para restabelecer o governo democrático e
constitucional, no Havaí. Ele se recusa.
Tenho vergonha de todo o assunto.
O presidente Grover Cleveland
(Ed: Mas não o suficiente vergonha
para retornar ao Havaí havaianos).
1894-1895:. CHINA tropas dos EUA invadem a China para "proteger os interesses
americanos" e "infiltraram-se" em Pequim.
1894-1896:. CORÉIA tropas dos EUA invadem a Coréia para "proteger os interesses
americanos".
1894: ESTADOS UNIDOS. Centenas de
americanos desempregados, liderado por Jacob Coxey, marcham pelos Estados Unidos em
direção a Washington para protestar contra as condições durante a pior depressão até à data
na história dos EUA após o pânico de 1893. Os manifestantes se tornaram conhecidos
como o Exército Coxey. Centenas de manifestantes em seu caminho a partir do noroeste
são impedidos por tropas federais em Montana. Mais de quinhentos fazem isso para
Washington, DC, mas, o protesto democrático sendo estritamente proibido por lei, Coxey e
os outros líderes do protesto são presos por "andar sobre a grama do Capitólio dos Estados
Unidos."
1894-1898:. ESTADOS UNIDOS Em 1894, os EUA Naval War College, começa o
planejamento formal de uma "pequena guerra esplêndida" para aproveitar as colônias
espanholas no Caribe e do Pacífico, que têm movimentos de independência ativa. O
importante é se apoderar de Cuba , Porto Rico e as Filipinas antes da independência de seus
movimentos de sucesso, que mostram todos os sinais do fazer. Eles devem ser autorizados a
ter sucesso e os países devem realizar eleições democráticas, os EUA teriam muito nações
de não-brancos na sua porta. Inferno, que possa dar a volta para casa nigras algumas idéias
malucas.
O plano de guerra é a personificação do projeto para o Império Americano publicada pela
cabeça do Naval War College, Alfred T. Mahan, em 1890.
Em 1894, os EUA começam a desestabilização de Cuba, o seu terceiro maior parceiro
comercial, impondo enormes tarifas às importações de açúcar cubano, destruindo tudo, mas
a economia cubana. Por coincidência fabulosa, este trabalha muito em benefício de açúcar
barão Sanford Dole e sua gangue de bandidos que acabaram roubadas Havaí desde os
havaianos.
Em 1896, o plano de guerra é finalizado pelo tenente William W. Kimball, um oficial da
inteligência naval na Escola Superior de Guerra. O plano de Kimball inclui não só os
ataques a Cuba e as Filipinas, mas, na costa mediterrânea da Espanha. Em 1898 adiantado,
o Departamento da Marinha dos EUA inicia preparativos operacionais para ataques a Cuba
e Porto Rico. Durante o mesmo período, os jornais dos EUA e revistas realizam uma
massiva campanha de propaganda preparar a opinião pública americana para a guerra
planejada. O roteiro da campanha de propaganda é suposto apoio dos EUA de rebeldes
cubanos que estão a tentar libertar Cuba do domínio colonial espanhol. E se você acredita
que uma treta, eu tenho uma ponte agradável que eu gostaria de vender para você.
A campanha de propaganda apresenta incontáveis histórias fabricadas em grande parte das
atrocidades cometidas pelos espanhois e, uma vez que você tem que ter uma cara mau
identificáveis sobre os quais a concentrar todo o ódio manufaturados, a demonização
sistemática de General espanhol Valeriano Weyler, que é referido na notícia " "Os papéis
do jornalista amarelo e nazista bocal-a-ser de William Randolph Hearst como" Açougueiro
"Weyler. Entre as atrocidades que fabricou Hearst, Pulitzer e outros proprietários amarelo
uso da mídia para inflamar a opinião pública dos EUA são inventados contos de ataques
espanhóis em hospitais, estupro, envenenamento de poços e, como a cereja no topo do bolo,
horrível, totalmente fictícia, as contas de " torrefação 2.005 padres católicos vivos ". A
mentira padres torrados soa como um ensaio para o "crueis soldados iraquianos jogando
bebês do Kuwait de incubadoras" a mentira que a mídia dos EUA irão obedientemente
levar cem anos mais tarde para fazer. Bom saber que algumas coisas são consistentes neste
mundo incerto. Como é o caso hoje, a imprensa do século XIX, foi estranhamente
silenciosa sobre as atrocidades reais e crimes que estão sendo realizados por ditaduras
apoiadas pelos EUA, como Porfírio Diaz no México, cujo genocídios beneficiavam
diretamente a Hearst.
E tudo que é necessário para fazer a "esplêndida guerrinha" acontecer é a versão do século
XIX, de uma Pearl Harbor ou 11/09 "evento", como tais coisas são chamadas nos negócios
de guerra. Fique atento para o próximo emocionante Fazendo o Mundo Seguro para a
hipocrisia e vamos ver o que os meninos vêm acima com.
http://mtwsfh.blogspot.com/2008/11/1937-1938-murdering-workers-again.html

1895-1899: A Guerra dos hispano-americanos, A Guerra sórdida


1895:. COLÔMBIA tropas dos EUA invadem o Estado colombiano do Panamá para
"proteger os interesses americanos".

1895:. ESTADOS UNIDOS Josiah Strong, o ministro da religião cristã, publica


nosso país: o seu futuro possível e sua crise atual, no qual ele afirma que os Estados
Unidos, como a casa do "superior" raça anglo-saxão, tem uma obrigação de spread
"político" liberdade "cristianismo" e "civilização". Forte livro foi extremamente popular e a
primeira edição vendeu 158.000 cópias. Os delírios de, morais e sociais da superioridade
racial promulgada pelo forte foi um importante fator para incentivar os americanos do dia,
para racionalizar a agressão dos EUA contra outras nações.

1895:. COLÔMBIA EUA Marines invadem o Estado colombiano do Panamá. Mais uma
vez.

1895:. ESTADOS UNIDOS preto atacar trabalhadores brancos, em Nova Orleans matando
seis pessoas.

1896:. ESTADOS UNIDOS uma vez na vanguarda da liberdade e da liberdade, a Suprema


Corte dos EUA coloca seu selo de aprovação sobre o apartheid na terra da liberdade. Em
Plessy v. Ferguson do Tribunal de Justiça declara que "separados, mas iguais" satisfazerem
as garantias no âmbito da Décima Quarta Emenda à Constituição.
1895-1898: ESTADOS UNIDOS. magnata da mídia
Amarelo e nazista bocal-a-ser William Randolph Hearst, magnata da mídia e amarelo
Joseph Pulizter se engajaram numa disputa para ver qual o homem podia reduzir os
padrões jornalísticos americanos ao menor nível possível. Uma mistura de exageros,
mentiras descaradas e invenções, sem sentido ultranacionalista, da xenofobia e do
sensacionalismo, o chamado "jornalismo amarelo", aparentemente vende jornais nos EUA e
a Hearst e Pulitzer esforçar para superar uns aos outros na corrida para os esgotos. Os dois
barões do jornal desempenharam o papel principal em "consentimento de fabricação",
manipulando a opinião pública dos EUA antes e durante a planejada longa guerra que levou
à invasão de Cuba pelos EUA, Filipinas, Guam e Porto Rico.

Na fantasia América, Pulitzer, que mergulhou nas profundezas da publicação


desprezível e desonestas, acabará por ser lembrado apenas para o Prémio Pulitzer,
ironicamente, pretende ser um reconhecimento do jornalismo de qualidade. Para se
ver a forma malígna e despresível como a “elite” trabalha homenageando sempre o
lixo do lixo entre eles.

1896:. ESTADOS UNIDOS Vivissecção recebe um impulso quando o Dr. Arthur


Wentworth realiza punção lombar de 29 crianças no Hospital da Criança em Boston, para
determinar se o procedimento é prejudicial.

1896:. NICARÁGUA EUA Marines invadem o porto de Corinto.


1896:. ESTADOS UNIDOS corporações compram
diretamente sua primeira eleição presidencial. William McKinley foi eleito com US $ 6
milhões em dinheiro a partir de corporações. Seu adversário, populista William Jennings
Bryan, tem apenas 600 mil dólares para gastar na campanha. Os seis mil compra de
campanha McKinley centenas de oradores treinados, milhões de cartazes, crachás e
cartazes, e trezentos milhões de panfletos da campanha impressa em nove idiomas.

McKinley foi peculiarmente suscetível


aos meninos com o dinheiro. Em 1893, já tinha sido resgatado da falência, com US $
100.000, um pedaço muito grande de mudança, em 1893, por uma conspiração, desculpe,
de consórcio, de John D. Rockefeller, seu amigo Mark Hanna e tipos similares. Hanna
devidamente tornou o principal conselheiro político do McKinley e presidente do Comitê
Nacional Republicano. Rockefeller Standard Oil Trust chutou no quarto fresco milhões
para campanha eleitoral do McKinley. E, para manter rival Rockefeller, JP Morgan, feliz,
seu assecla A. Garret Hobart, o diretor de várias empresas, incluindo o Morgan Nacional
Liberty Bank of New York, foi feito vice-presidente, bem arredondando para fora o bilhete
de barão.

Uma grata McKinley, em breve, em nome dos mesmos interesses das empresas que
compraram a sua eleição, presidirá a anexação ilegal da nação do Havaí e de uma guerra do
império contra Cuba, Porto Rico e as Filipinas.

Todas as questões em uma democracia são questões de dinheiro.


Mark Hanna
Gerente de McKinley Campanha

1896:. ESTADOS UNIDOS milícias estatais são usadas para quebrar greve dos mineiros
em um em Leadville, Colorado.

1897-curso:. ESTADOS UNIDOS principais comerciantes do América de morte, a família


Dupont, entra em uma conspiração com os seus concorrentes europeus, de monopolizar o
mercado mundial de pólvora. Melhor matar com a química.

1897:. ESTADOS UNIDOS Theodore Roosevelt, fortemente aliado à banca de interesses


de JP Morgan, é feito Secretário Assistente da Marinha. Durante um discurso na Escola de
Guerra Naval dos EUA em que os planos para uma guerra do império contra Cuba, Porto
Rico e as Filipinas já estão em desenvolvimento desde 1894, Roosevelt diz, "a diplomacia é
totalmente inútil quando não há força por trás dele, o diplomata é o servo, não o mestre, do
soldado ... Não triunfo da paz é tão grande como o triunfo supremo da guerra ".

1896:. NICARÁGUA forças dos EUA invadem o porto nicaragüense de Corinto para
"proteger os interesses americanos".

1897: ESTADOS UNIDOS. Lattimer da Mina, na Pensilvânia, um xerife e seus agentes


abrem fogo contra os mineiros impressionantes, matando dezenove. A maioria das vítimas
são um tiro nas costas.

I897:. ESTADOS UNIDOS secretário adjunto da Marinha dos EUA, Theodore Roosevelt,
envia um cabo para o Almirante George Dewey aconselhando-o a preparar-se para um
ataque à frota espanhola nas Filipinas pendente "evolução" em Cuba. Whoa lá Teddy, que
não tenha explodido o Maine até o momento. E seis semanas antes do Maine faz explodir,
Roosevelt escreve uma carta ao seu amigo muito, arma corredor William Astor Chanler,
dizendo: "Eu sinceramente espero que as coisas vão-se assim de forma que temos de
interferir (em Cuba) o tempo não alguns em o futuro distante. "

1898-1900:. CHINA tropas dos EUA invadem a opor-se a Revolta dos Boxers, que é uma
tentativa de acabar com a dominação ocidental da China.

1898:. NICARÁGUA EUA Marines invadem o porto nicaragüense de San Juan del Sur.
1898:. ESTADOS UNIDOS Branco democratas
discordam com um editorial escrito pelo Wilmington, Daily Record preto editor da
Carolina do Norte. Eles marcham em newpaper é o escritório, queimando e destruindo-o. A
multidão vai em um rampage racista na cidade, matando quatorze negros. Os democratas,
em seguida, um golpe forçando Wilmington prefeito Silas P. Wright e preto e branco
membros do governo da cidade a se demitir.

1898:. ESTADOS UNIDOS uma vez, a Suprema Corte dos EUA demonstra claramente
cuja puxar as cordas ao declarar inválida uma seção da Lei de Erdman, que tinha feito uma
ofensa criminal para ferrovias de demitir empregados ou discriminar candidatos a emprego
com base na união das suas actividades de . Não pode ser "nenhum havin do que na terra
dos livres.

1898:. ESTADOS UNIDOS Wall Street em bolsa de


mercado manipulador EH Harriman e juiz Robert Scott controle de ganho Lovett da
Estrada de Ferro Union Pacific com dinheiro organizado pelos banqueiros judeus William
Rockefeller ,Warburg a família Kuhn Loeb e Companhia. Em contrapartida, os recibos de
depósitos Harriman grande da estrada de ferro em Rockefellers "Cidade do Banco e,
quando ele emite dezenas de milhões de dólares em" regado ") da estrada de ferro de ações
fraudulentas (, Harriman, que vende principalmente através da vigaristas na Kuhn, Loeb.

Harriman e os Rockefellers tem uma conspiração pouco agradável ir. Harriman taxas às
empresas de petróleo em concorrência com os Rockefellers altamente inflacionados taxas
de frete. O Rockefellers, em seguida, compram as empresas lutam para o amendoim e
construir a Standard Oil em um monopólio monstruoso e implacáveis. O Rockefellers
vender produtos abaixo do custo do petróleo em todos os mercados em que há um
concorrente, fazendo-o sair do negócio. O Rockefellers, em seguida, Jack os seus preços
para o máximo absoluto que podem extorquir os consumidores.

1898-1959:. CUBA No meio de inúmeras ações hostis, a


destruição da economia cubana e um curso, a campanha de propaganda por vitriolic os
EUA contra a Espanha, o USS Maine entra no porto de Havana sobre o absurdo pretexto
manifestamente de ser, no palavras do cônsul EUA grotesco em Havana, um "ato amigável
de cortesia". O pretexto secundário, de proteger os americanos em Cuba, é igualmente
absurdo como Frederic Remington apontou.

Remington, um ilustrador para os jornais de Hearst, o elemento-chave na campanha de


propaganda a preparação dos cidadãos dos EUA para a invasão dos EUA há muito
planejada de Cuba, envia um cabo para Hearst dizendo-lhe que, ao contrário dos contos
histéricas sendo inventadas e desenvolvidas no papéis Hearst, "tudo está quieto" em Cuba e
pede permissão para voltar à Hearst EUA enviam Remington um cabo dizendo: "Por favor,
permaneçam. Você fornece as fotos e eu forneço a guerra ".
Por sugestão e como que por magia, o
USS Maine oh-assim-convenientemente explode no porto de Havana, resultando na morte
de 266 marinheiros dos EUA. Por um golpe de sorte fabulosa, dos 266 mortos, apenas dois
pertencem aos oficiais e oficiais subalternos para isso. Recrutas foram impedidos de ir a
terra. Os diretores não estavam.

Por outro golpe de sorte fabulosa, os EUA, desde 1894, foi afastado beavering
planejamento de uma guerra em grande escala contra a Espanha e à apreensão de Cuba,
Porto Rico e as Filipinas. A explosão do navio USS Maine é o apito inicial.

O "ato de terrorismo", é claro,


imediatamente atribuído aos espanhois, que, evidentemente, não tinham absolutamente
nada a ganhar e tudo a perder em explodir o Maine. A massiva campanha de propaganda
histérica e nos meios de comunicação dos EUA, em grande parte propriedade da Hearst e
seus companheiros de mídia vagabunda, Pulitzer, chicoteou o público americano, que já foi
bem preparado por vários anos de propaganda viciosa anti-espanhola, em um frenesi de
guerra insensata .

Os jornais americanos realizam a sua missão


sagrada de imprimir mentiras para enganar as massas e levar manchetes como "O Navio de
Guerra Maine foi dividido em dois por uma máquina Inimiga Infernal", "Como o Olhares
Maine onde se encontra, destruído pelos espanhóis Traidores" e " O Maine foi destruído
por "Traição. As ilustrações nos jornais, apresentada como fato e como tal reconhecido pelo
público americano, mostram explosivos imaginário sob o Maine e fios imaginários
correndo em terra imaginária malfeitores espanhois.

E o secretário adjunto da Marinha, Theodore Roosevelt, que tinha, antes da explosão do


Maine, advertido o almirante Dewey para estar pronto para atacar os espanhóis, a sangue
frio, começa a guerra contra Cuba, Porto Rico e as Filipinas, quando ele diz que os jornais
americanos a explosão do Maine, definitivamente não foi um acidente, uma declaração de
que não havia absolutamente nenhuma base factual e era claramente destinado a inflamar a
opinião pública americana. (Como aconteceu inúmeras vezes depois nos chamados “falsas
bandeiras” e o público ignorante engole tudo como no caso das explosões das embaixadas
americanas no exterior feitas por “terroristas árabes e afins” e por último a destruição das
torres do WTC em Nova York feita pelo Mossad e CIA.)
Seis semanas mais tarde, o Inquérito do
Tribunal da Marinha dos EUA não surpreende ninguém por chegar à conclusão de que a
explosão do Maine foi causada por uma mina e estão todos devemos saber quem a colocou
lá, não sabemos? O chefe do Tribunal de inquérito, o Capitão William T. Sampson, será
devidamente recompensado com uma boa promoção para o comando da Frota do Atlântico
Norte dos EUA.

Mas há uma ou duas coisas sobre o Inquérito do Tribunal de Justiça, que parecem ter sido
esquecidos. O advogado-juiz da Marinha dos EUA, Adolf Marix, relatou ao tribunal que
seus informantes, em Havana indicaram que uma mina de duzentas libras tinha sido
colocada debaixo revistas do Maine em pó por mergulhadores que trabalham para os
empresários cubanos, e não pelos espanhóis, que eram, claro, as últimas pessoas no mundo
que faria qualquer coisa para dar os EUA uma desculpa para atacar.

Os empresários cubanos, por sua vez, conectados com a American Gun Runner William
Astor Chanler que estiveram envolvidos no contrabando de armas para Cuba, e foi, por
pura coincidência, um amigo muito bom de secretário adjunto da Marinha, Theodore
Roosevelt. E Roosevelt não era a pouco menos escrúpulos em matar algumas centenas de
americanos. Em um dos seus momentos menos vigiados, ele havia escrito para Henry
Cabot Lodge, "Eu não me importo se as cidades de nossa costa marítima são bombardeados
ou não, este país precisa de uma guerra."

Em 1971, o historiador britânico Hugh Thomas cita William Astor Chanler como a
reivindicação de responsabilidade pela explosão do Maine, em uma conversa com o
embaixador americano para a URSS, William C. Bullitt no início dos anos 1930. Logo após
a conversa com Bullitt, Chanler morreu. Informações sobre a causa da morte é difícil de
encontrar.

A explosão do navio USS Maine serve de pretexto para o ataque dos EUA em todas as
possessões espanholas no Caribe e no Pacífico, que havia sido planejado pelos EUA desde
1894. Os EUA invadirem Cuba e ocupa apreende Puerto Rico, impedindo sua eleição
prevista inicialmente democrática. Os EUA depois apreende Guam e invade as Filipinas.
Na fantasia de "história" americana, esta guerra não provocada de agressão e construção de
império é chamado a Guerra Hispano-Americana. Em Cuba, é mais conhecida com
precisão como a intervenção dos EUA na Guerra de Independência de Cuba.

E agora que Theodore Roosevelt tem a esplêndida guerrinha ele


tem sido tão grande questão, é hora de transformá-lo em vantagem política. Roosevelt
encabeça a "libertação" de Cuba com a Primeira Voluntário Regimento de Cavalaria dos
EUA, os Cavaleiros chamado Rough. Roosevelt tem bons amigos na mídia de massa dos
EUA e ele garante que não haja um fluxo constante de relatórios de suas façanhas, reais ou
imaginárias. Para ter certeza, ele tem seu próprio repórter "embromador" Richard Harding
Davis do New York Herald, cujos brilhantes relatórios são captados por uma série de outros
jornais americanos e revistas. O motor de propaganda de Roosevelt nos quer fazer crer que
ele e os Rough Riders derrotaram os espanhois em San Juan Hill em Cuba que praticamente
se entreguaram. Roosevelt pressionou fortemente para receber a Medalha de Honra do
Congresso, mas ele e seus companheiros não conseguiram persuadir o Deparmento de
Guerra a dar-lhe. Teria que esperar até 2001 para William "Wet Willy" Clinton para
colocar a cereja no topo do bolo de propaganda de Roosevelt.

O Humboldt Times (Califórnia) dá um toque agradável racista sobre as coisas quando se


imprime uma nova história imprensa informando que "Japoneses estão excluídos" de servir
na Marinha dos EUA. O relatório continua dizendo que "tendo em vista o fato de que havia
vários japoneses a bordo do Maine, quando foi destruído, é interessante saber que o
governo adotou um método que irá mantê-los fora da nossa marinha." A idéia,
aparentemente é que todas as pessoas de ascendência japonesa são espiões e aqueles que
foram mortos no Maine tinha "informações úteis que (poderia) ter sido usadas para o
benefício do Japão". Bom, Louvado seja o Senhor que os demônios amarelo tem-se
explodido antes que eles pudessem trair a maior democracia do mundo. O documento
prossegue: "O governo aprovou uma regra que homens admitidos na Marinha devem ter
mais de 1,80 de altura. Os oficiais da Marinha dizem que vão excluir os japoneses. "
E quem está fazendo dezenas de milhões de dólares, mais uma vez
no seu papel de líder na América mercadores da morte durante a "esplêndida guerrinha"?
Ninguém menos que os Duponts claro, que fornecem a maioria da pólvora para o governo
dos EUA para a sua conquista de Cuba, Porto Rico e as Filipinas. Mais uma vez, é um caso
de matança através Melhor Química graças à família Dupont.

Quando os espanhóis em Cuba são derrotados, os EUA


imediatamente muda sua tática, que era supostamente destinado a ajudar os cubanos a
ganhar a sua independência. Os militares dos EUA se recusam a permitir que combatentes
da independência cubana, a maioria dos quais são negros, para participar nas cerimônias de
entrega ou a criação de um governo cubano. Os EUA não permitem que os cubanos estejem
presentes no momento da assinatura do tratado de paz em Paris. Para evitar que a
democracia vigente e o governo cubano caiam nas mãos da sua maioria, gasp, os pretos, o
ditador dos EUA, John R. Brooke desfaz o exército cubano, principalmente de negros, mas
deixa o anteriormente demonizado oficiais espanhóis brancos no lugar. Espere aí, John, eu
pensei que estávamos lutando contra os espanhois e ajudar os cubanos ...

Ao contrário de Porto Rico, Guam e as Filipinas, Cuba não é diretamente apreendido pelos
EUA, devido à Emenda Teller à declaração dos EUA de guerra contra a Espanha. Em vez
disso, após a ocupação militar dos EUA, uma série de repressão, as ditaduras racistas, em
última análise, ligadas à máfia dos EUA, está instalado. As empresas açucareiras
americanas, as multinacionais, a máfia, vários simpatizantes nazistas e mercadores da
morte, como a família DuPont e outros ricos, amigos brancos dos EUA várias ditaduras
apoiadas pelos prosperar enquanto a grande maioria dos cubanos vivem vidas curtas de
pobreza, desesperança e medo.
1898. NICARÁGUA. Marines EUA invadem o porto da cidade de San Juan del Sur.

1898-presente:. HAWAII No meio de todo o império assassino de construção disso, os


EUA pretende formalmente anexar a nação independente do Havaí, o governo que havia
sido derrubado por um golpe dos barões do açúcar americano em 1893. Por uma feliz
coincidência, a anexação ilegal do Havaí acontece na hora certa para que os EUA usam o
Havaí como uma base para sua planejada invasão e ocupação das Filipinas.

Os EUA continuam na ocupação ilegal do Havaí até os dias atuais.

1898:. HAWAII Agora que o Havaí foi


roubado pelos EUA, os grandes benefícios da liberdade e da igualdade desfrutado em os
EUA são generosamente para os havaianos. Congresso amplia o racista Ato de Exclusão
Chinesa para o Havaí com a imigração de pessoas de ascendência chinesa do Havaí para os
EUA é proibida. Os EUA comissários encarregados de executar Havaí. Não é novidade
que, entre os quais é barão de açúcar e líder do golpe, Sanford Dole. E para garantir a
harmonia com o nosso bem-irmãos não-brancos no Havaí, a lista de comissários é bem
arredondado por John T. Morgan, um Grande Dragão da Ku Klux Klan, um defensor do
apartheid, um apoiante de linchamento legalizado e um adversário devoto da Décima
Quinta Emenda da Constituição dos EUA que visava impedir a negação do direito de voto
com base na raça.

1898-presente: PUERTO RICO. Os EUA invadem e ocupam Porto Rico, uma rica ilha
em uma posição estratégica muito cobiçada pelos militaristas norte-americanos e barões,
assim como seu um milhão de pessoas no processo de alcançar a independência da Espanha
e estão prestes a realizar suas primeiras eleições democráticas. A primeira prioridade é a
mais alta democracia do mundo, é claro, para cancelar as eleições previstas, que, como em
Cuba, teria resultado em um país livre, governado por, suspiro, o povo negro. O povo de
Porto Rico é roubado de seu povo e se torna uma colônia ocupada da independência dos
EUA são movimentos repetidos e assassina brutalmente esmagado pelo porto-riquenho
patriotas da independência dos EUA e líderes são presos e torturados. A língua espanhola é
proibida nas escolas e os colonizadores americanos enviam missionários para continuar a
destruição da cultura local. A agricultura local é sistematicamente destruída, tornando a ilha
depende de importações de alimentos provenientes os EUA e Porto-riquenhos dirigindo
para o trabalho como o trabalho escravo virtual para o que rapidamente se tornou de
propriedade plantações americanas. Outros Porto-riquenhos são levados para as fábricas
das empresas públicas nos EUA como mão de obra barata. Um completamente legislador
fantoche impotente está instalado para criar a ilusão de mau gosto habitual da democracia.
De fato simples, Puerto Rico é uma ditadura executada pelos militares dos EUA.

As forças do EUA porto-riquenhos para


se tornar cidadãos dos EUA, em 1917, a fim de lhes permitir ser convocado para o militar,
após os EUA entrarem WW I just in time para a assinatura do tratado. Na tradição da
democracia dos americanos, Porto Rico é dado "sem voto" estatuto no Congresso dos EUA.
Os EUA constrói grandes bases militares e usa grande parte de Puerto Rico, especialmente
as ilhas de Vieques e Culebra, como faixas de bombardeio. El Puerto Rico floresta Yunque
é usado pelos EUA para testes de armas químicas. A ilha de Vieques é utilizado para
queima de testes radioativos do urânio empobrecido (DU) armamento (bombas sujas) que
os EUA irão usar mais tarde nas suas guerras nucleares secretas contra o povo do Iraque,
Iugoslávia e Afeganistão.

General Nelson A. Miles, que chefiou a invasão dos EUA, de Porto Rico não era apenas um
artista talentoso genocídio que realizaram inúmeros massacres de nativos americanos, para
que a terra pudesse ser roubada, ele foi também, como convém a um oficial militar dos
EUA, um mentiroso verdadeiramente talentoso. Miles disse: "Nós não viemos para fazer a
guerra contra o povo de um país que durante séculos foi oprimido, mas, pelo contrário, para
trazer-lhe proteção, não só para si mesmos, mas a sua propriedade, para promover a sua
prosperidade, e para conceder-lhes as imunidades e as bênçãos das instituições liberais do
nosso governo. "Bem, puxa, muito obrigado aí Nelson. Pensei por um minuto que você
estivesse aqui para roubar o nosso país. "

1898-presente:. GUAM Os EUA invadem e aproveitam a ilha localizada estrategicamente


de Guam. Torna-se uma parte permanente do império americano.

1898:. FILIPINAS A Marinha dos EUA sob o almirante Dewey, que foi advertido pelo
Secretário Assistente da Marinha, Theodore Roosevelt antes da explosão do Maine para
estar pronto para atacar os espanhóis, destrói a frota espanhola na Baía de Manila.
independência filipina líder Emilio Aguinaldo retorna do exílio e retoma a guerra filipino
de independência contra os espanhóis. Em 12 de junho de 1898, tendo vencido todas as
forças espanholas, nas Filipinas, fora da capital Manila, Aguinaldo assina a Declaração de
Independência das Filipinas e intervalos de vinte mil combatentes da independência filipina
em 14 milhas de trincheiras ao redor da cidade de Manila, prendendo quinze mil tropas
espanholas .

O sempre benevolente Estados Unidos está, obviamente, nas Filipinas, apenas, como o
almirante Dewey diz, para "proteger os índios e livrá-los do jugo da Espanha", uma espécie
de Operação do século XIX Liberdade Filipina. Aguinaldo homenageia um pedido
americano para não atacar a guarnição espanhola, prendendo fora por três meses como
Dewey espera por tropas dos EUA a chegar. Desconhecido para Aguinaldo, Dewey o
governo dos EUA assegura que vai "entrar na cidade e manter os índios (Filipinos) para
fora." Quando as tropas dos EUA finalmente chegaram, Dewey e General Wesley Merritt
fizeram um acordo secreto com o governador espanhol Fermin Jaudenes, para uma batalha
simulada após o que o espanhol vai render ao Dewey EUA alertam os combatentes da
independência filipina para ficar fora de Manila, ou eles vão ser baleados pelos EUA A
farsa é realizado e os espanhóis devidamente se entregam para os EUA

Poucas semanas depois, o conjunto das Filipinas ratifica a Constituição Malolos, que
institui a República das Filipinas como uma nação independente. Durante a Conferência de
Paz de Paris entre os EUA e a Espanha, ordens do presidente William McKinley primeira
vez que o anexo EUA Luzon, Guam e Porto Rico, mas não nas Filipinas. Mas,
aparentemente, Deus tem outras idéias. Na noite de 24 de outubro, o presidente dos Estados
Unidos da América recebe instruções formais de O Senhor Deus Todo-Poderoso.
Eu andei no chão da noite da Casa Branca após noite até meia-noite, e eu não me
envergonho de dizer, senhores, que eu fique de joelhos e orei a Deus Omnipotente luz e
orientação mais do que uma noite(Lúcifer o deus dos maçons). E uma noite ele veio a mim
desta forma, que não havia mais nada para nós ... mas para levá-los todos (as antigas
colônias espanholas) e para educar os filipinos, e os elevar, civilizar e cristianizar-los, e
por A graça de Deus fazer o melhor que podíamos por eles, como nossos companheiros
por quem Cristo também morreu. E então eu fui para a cama, e fui dormir, e dormi
profundamente, e na manhã seguinte eu enviei para o engenheiro-chefe do Departamento
de Guerra e eu lhe disse para colocar as Filipinas no mapa dos Estados Unidos.
William McKinley começou sua jihad contra o povo filipino. Quando disse que o povo das
Filipinas são católicos romanos, McKinley responde: "Exatamente."

1898:. ESTADOS UNIDOS Em dezembro, o McKinley questões que é chamado a


proclamação farcically assimilação benevolente, uma das obras mais escandalosas da
hipocrisia jamais criado.

Chegamos, não como invasores ou conquistadores, mas como amigos, para proteger os
nativos em suas casas, em seus empregos, e em seus direitos pessoais e religiosos. Todas
as pessoas que, quer pela ajuda ativa ou pela apresentação honesta, cooperar com o
Governo dos Estados Unidos para dar efeito para estes fins beneficentes receberão a
recompensa do seu apoio e proteção. Todos os outros serão trazidos dentro da regra legal
que assumimos, com firmeza, se necessário, mas sem gravidade, na medida do possível .....
Finalmente, deve ser o desejo sincero e objetivo primordial da administração militar para
ganhar a confiança, respeito e carinho dos habitantes das Filipinas, assegurando-lhes, em
todas as formas possíveis que a medida plena de direitos e liberdades individuais, que é a
“herança dos povos livres”, e provando-lhes que a missão dos Estados Unidos é de uma
BENEVOLENTE ASSIMILAÇÃO substituindo o balanço suave da justiça e da direita para
a arbitrariedade. No cumprimento desta “missão elevada”, apoiaremos a administração
dos assuntos de clima temperado para o maior bem do governado, deve ser diligentemente
mantido o braço forte de autoridade, para reprimir os distúrbios e superar todos os
obstáculos para a outorga das bênçãos do bem e do governo estável sobre o povo das Ilhas
Filipinas sob a “bandeira da liberdade dos Estados Unidos”.

Escusado será dizer que a realidade não estava muita alinhada com as piedosas mentiras de
McKinley.
No caminho do Regimento de Washington e da Sexta Bateria de Artilharia existiam 1.008
nigerianos mortos e muitos feridos. Nós queimamos todas as suas casas. Eu não sei
quantos homens, mulheres e crianças, os rapazes do Tennessee mataram. Eles não tiveram
nenhum prisioneiro. Soldado EUA

1899: FILIPINAS. A real Batalha de Manila ocorreu quando os EUA abateram três mil
soldados filipinos em uma batalha pela capital das Filipinas. O Admiral Dewey subiu com
seus navios a vapor acima do rio Pasig e abriu fogo contra as trincheiras filipinas. Os
cadáveres dos filipinos eram tão numerosos que os americanos depois utilizaram os seus
órgãos para faz parapeitos. Uma testemunha britânica diz, "Isto não é guerra, é
simplesmente massacre e a carnificina assassina."
O abate em Manila foi necessária, mas não glorioso. A população norte-americana
justifica o comportamento do seu exército em Manila, porque só por uma esmagadora
repulsa dos filipinos nossa posição poderia ser protegida. Nós somos os depositários da
civilização e da paz em todo o arquipélago. Chicago Tribune

1898:. ESTADOS UNIDOS Como


sempre, a imprensa dos EUA, está fazendo um bom trabalho de lavagem cerebral das
massas e, no entanto, podemos criticá-los por suas prostitutas, em nome da elite no poder,
temos que admirar sua flexibilidade. No piscar de um olho, líder da independência filipina
Emilio Aguinaldo, que estupidamente decidiu opor-se ao roubo dos EUA nas Filipinas, é
reposicionado de estadista internacional ditador brutal. Aguinaldo ainda passa por uma
mudança na cor da pele , adequada, dado que é a guerra dos EUA contra o povo filipino é,
fundamentalmente, uma guerra de conquista contra o racismo "nigeriano" e "índios".

1899:. FILIPINAS Em março, as tropas dos EUA capturam


Malolos, a sede do governo de Aguinaldo. Os EUA conduzem uma guerra contra o povo
filipino em todo 1899 em uma série de batalhas sangrentas. O ditador norte-nomeados das
Filipinas é o governador militar, o general Elwell Otis Stephen. Otis é bem qualificado para
o cargo, tendo sido fundamental na realização de Governo dos Estados Unidos, o sucesso
do genocídio dos nativos americanos. 'Comando Otis é composta por oficiais que, também,
ter aprendido o ofício de genocídio, matando os nativos americanos.

A guerra contra o povo das Filipinas se torna nada mais do que uma extensão das guerras
racistas dos Estados Unidos contra os nativos americanos e sua escravização dos negros. As
tropas americanas nas Filipinas rotineiramente falam e escrevem de caçar e matar
"nigerianos" e "índios". A frase "caça nigerianos" ocorre freqüentemente em cartas escritas
por soldados americanos para voltar para casa. Essas cartas também incluem detalhes
horríveis de aldeias queimando, os prisioneiros de abate e civis, o trabalho forçado e
saques. Em 1900, a Otis é substituído por um outro artista talentoso do genocídio, o general
Arthur McArthur, que exerce o bom trabalho.

Coronel do Exército dos EUA Jacob


Smith diz aos repórteres americanos que o combate aos Filipinos é "pior do que lutar contra
os índios". Smith diz que ele está usando táticas contra os filipinos que ele havia aprendido
de combate "selvagens" no oeste americano e Smith, um "veterano" do massacre de
Wounded Knee, trezentos e cinqüenta homens nativos americanos, mulheres e crianças,
sabe tudo sobre exterminar as “raças inferiores”. O New York Times endossa com
entusiasmo que o genocídio de Smith como "muito atrasado". A imprensa americana, como
sempre fazendo o seu dever sagrado de enganar e manipular a opinião pública americana,
em nome da elite dominante, rotineiramente se refere ao filipinos contra os invasores
estrangeiros de seu país como "insurgentes". E é o que fizeram contra o Iraque, Afeganistão
e seus “terroristas”.

No Senado dos EUA, Albert Beveridge não hesita em afirmar os verdadeiros motivos para
a guerra dos EUA contra o povo das Filipinas.
As Filipinas será nossa para sempre .... E um pouco além das Filipinas estão os mercados
da ilimitados da China. Nós não vamos recuar a partir de qualquer .... Não vamos
renunciar a nossa parte na missão da nossa raça, curador, sob Deus, da civilização do
mundo ..... O Pacífico é o nosso oceano ..... Sempre vamos ligar para os consumidores de
nossos excedentes? Geografia responde à pergunta. China é o nosso cliente natural .... As
Filipinas nos darão uma base à porta de todas as terras do leste .... Não na América
supera em fertilidade das planícies e vales de Luzon. Arroz e café, açúcar e cocos de
cânhamo e tabaco ..... A madeira das Filipinas pode fornecer o mobiliário para o mundo
por um século. Em Cebu homem melhor informado sobre a ilha me disse que 40
quilômetros de Cebu cadeia de montanha são praticamente montanhas de carvão ...... eu
tenho uma pepita de ouro puro pegou na sua forma atual, nas margens de um riacho das
Filipinas. . . . Ele foi acusado que a nossa condução da guerra foi cruel. Senadores, tem
sido o inverso ..... não estamos lidando com os americanos ou europeus. Estamos lidando
com os orientais.
E o assassinato em massa do povo filipino e o roubo de seu país tem um outro motivo. Um
dos principais objetivos da elite governante dos EUA foi a conquista econômica do
Extremo Oriente e, especialmente, a abertura dos vastos mercados asiáticos para os
produtos petrolíferos dos Rockefellers. Na época, a frota dos EUA não tinham uma base no
Extremo Oriente. A extensão do poderio militar norte-americana para o Extremo Oriente,
em nome dos Rockefeller e seus clubmates exigiu um lugar onde os navios de guerra
americanos poderia basear-se, consertou e alimentada por carvão e munições. Infelizmente
para os filipinos, o seu país se encaixam perfeitamente na fatura.

1899:. GUAM Os EUA estabelece uma prisão para presos políticos filipino na ilha de
Guam.

1899: FILIPINAS. Os correspondentes do pessoal dos jornais norte-americanos


estacionados em Manila cabo um protesto conjunto contra a censura da imprensa pelos
militares dos EUA. Os correspondentes fazer a acusação chocante que o povo americano
foi enganado sobre o que está acontecendo nas Filipinas. Eles relatam que foram obrigados
a participar neste deturpação. Genocídio artista Geral Elwell Otis, EUA ditador militar das
Filipinas, explica a supressão da verdade como sendo uma coisa boa. A verdade, diz ele,
"iria alarmar as pessoas em casa." Não pode ser ninguém havin alarmado na terra da
liberdade.

1898:. ESTADOS UNIDOS EUA tropas atacar índios Chippewa na Leech Lake,
Minnesota.

1898:. ESTADOS UNIDOS A Liga Americana Anti-Imperialista é formada para se opor à


anexação dos EUA nas Filipinas. Entre os membros é de Mark Twain, que servirá como
vice-presidente da Liga de 1901 até sua morte em 1910. Ele vai ter que esperar até 1992, no
entanto, até muitos dos anti-imperialista Twain escritos são publicados em forma de livro.
Antes tarde do que nunca.

1898:. ESTADOS UNIDOS Coisa


engraçada sobre a América, os meninos nessa foto têm todos recebido tão grande lavagem
cerebral para que eles matem e morram pelos pretextos mais ridiculamente fabricados pela
elite e mais ainda, durante e depois de cada guerra, os homens fardados são tratados como
se fossem uma merda. Tem sido assim desde a Revolução e ainda é assim hoje. Eles não
passam de “bucha de canhão”. É para isso que serve a farsa do chamado “Patriotismo” para
enganar os otários que acreditam nisso e na “bandeira do país para defendê-la contra os
invasores”. Os verdadeiros invasores, terroristas e inimigos dos cidadãos estão dentro e
não fora. Eles são seus próprios governos com a elite dos políticos, religiosos, empresários
e banqueiros todos de mãos dadas através de pactos feitos em uma rede de sociedade
secretas como a maçonaria. Para essa gente não existe país ou pátria e sim o lucro e poder .

A guerra contra Cuba, Porto Rico e as Filipinas não foram diferentes. As tropas americanas
foram alojadas de forma inadequada, mal alimentada e tinha os cuidados médicos de
qualidade inferior. Milhares morreram de doenças contagiosas como a febre tifóide. Houve
alegações de carne contaminada. A gente patriótica na Armor fornecidos 500.000 libras de
carne enlatada para os militares. Ela já havia sido enviada para a Inglaterra e retornou, mas,
negócios, hey é negócio. A resposta? Nomear uma comissão para "investigar" o problema.

E qual pessoa honesta de integridade inquestionável que nós selecionamos para chefiar essa
nobre comissão? Não outro senão Grenville Dodge, um grande artista do genocídio e,
grande vigarista de ferrovias, um homem que cometeu a traição por dinheiro contra o
governo federal durante a Guerra Civil. Uma das melhores raquetes que Dodge tinha foi o
de fraudar o governo federal em milhões de dólares em subsídios por quilómetro de
construção da ferrovia. Dodge foi nomeado para investigar possíveis fraudes e má gestão
pelo Departamento de Guerra é uma espécie de Allen Dulles, que nomeia a Comissão
Warren ou Henry Kissinger para a Comissão do 11-9-2001. Ah, sim, fizemos isso também.

Não é novidade que, Dodge faz seu trabalho do jeito que ele é suposto, e descobre que tudo
no Departamento de Guerra está apenas inchado. Que alívio!

1899:. NICARÁGUA forças dos EUA invadem as peças da Nicarágua para "proteger
interesses" durante a revolução de Juan Reyes. O que eles realmente estão fazendo é tentar
ajudar a Reyes que será mais "compreensão" à mineração de ouro americano e outros
interesses comerciais.

1899:. COLÔMBIA forças dos EUA invadem o Estado colombiano do Panamá.

1899:. SAMOA forças dos EUA e britânicas invadem a "proteger os interesses" e controlar
a sucessão ao trono de Samoa por isso dá certo.
1899:. ESTADOS UNIDOS Duas mil pessoas se reúnem na
Geórgia para testemunhar o linchamento de Sam Holt, um agricultor negro acusado de
matar seu patrão branco. Um relatório de um jornal contemporâneo afirma que Holt teve as
orelhas, dedos e outras partes de seu corpo cortados. Ele foi em seguida queimado na
fogueira. Os ossos de Holt foram esmagados e seu coração e fígado cortado em pedaços
pequenos. Os coletores de Souvenir pagaram 25 centavos por um pedaço de osso. Um
pedaço de fígado de Holt, cozido, é vendido por dez centavos. Será que o povo dos EUA é
tão diferente dos psicopatas que os governam?

1899:. ESTADOS UNIDOS Em um período de seis semanas nos meses de março e abril,
doze homens negros são linchados na Geórgia, incluindo um ministro da religião, Elias
Strickland, que foi torturado antes de ser linchado. Mais uma vez é um exemplo da
Verdade, da Justiça ou o American Way e nenhum dos assassinos é cobrado.

1899-1901:. ESTADOS UNIDOS em nome de interesses corporativos, o exército dos


EUA ocupa o Coeur d'Alene, Idaho região mineira de quebrar mineiros greve.

1899:. Ilha Wake Os EUA invadem e ocupam a Ilha Wake usá-lo como uma estação de
cabo como parte de sua estratégia militar contra o povo das Filipinas.

1899:. ESTADOS UNIDOS Em uma duração longa batalha com mineowners, mineiros
explodir máquinas em Wardner, Idaho. O presidente William McKinley envia tropas
federais para esmagar os mineiros e, usando elite padrão de dividir e conquistar o acórdão
do tática, escolhe unidades negro do exército dos EUA segregado na teoria de que as
divisões raciais irá impedi-los simpatizando com os garimpeiros brancos. As tropas
conduta-para-busca domiciliária na casa-ponto de baioneta e fazer prisões em massa em
toda a área. Mais de mil pessoas estão presos sem acusação ou julgamento durante meses
nas chamadas "bullpens". Eventualmente, todos são liberados sem uma única carga a ser
estabelecidas.

1900-1904: As Filipinas, um ensaio geral para o Iraque


1900: ESTADOS UNIDOS. Cuba
começa a se beneficiar imensamente com a sua associação forçada com a América como
Walter Reed infecta 22 trabalhadores em Cuba com a febre amarela pagando-lhes US $ 100
se eles sobreviverem e US $ 200 se contrairem a doença. Eles dá o nome de um hospital
militar como se tivesse sido um médico heróico.

1900-curso:. ESTADOS UNIDOS A sempre benevolente John D. Rockefeller dá oitenta


milhões de dólares para um pequeno colégio Batista, transformando-a em uma grande
instituição de ensino superior, a Universidade de Chicago.

Por diversas vezes, a Universidade de Chicago irá desempenhar um papel na publicação da


Enciclopédia Britânica, por muito tempo considerada uma fonte autorizada de informação e
ainda que tem sido muitas vezes criticada por preconceito.

Na segunda metade do século XX, a Universidade de Chicago se tornará o centro de


doutrinação primária na filosofia neocon dirigido por Rockefeller protegendo e fascista
filósofo Leo Strauss, que vai agitar para fora um impressionante grupo de bandidos,
assassinos em massa, os especialistas da propaganda fascista e de uso geral bastardos
incluindo neocon Paul Wolfowitz, Richard Perle, Abrams Elliot, William Kristol, Douglas
Feith, Abrão Shulsky e por último mas não menos importante, o homem vigarista do
regime GW Bush banco preferido e contras, Achmad Chalabi.

A chamada escola de Chicago de economia na Universidade de Chicago, liderada por


Milton Friedman, vai promover um programa mundial de suposta economia de livre
mercado, o resultado previsível de que é que os pobres ficam cada vez mais pobres e os
ricos ficam cada vez mais ricos. Entre as realizações de Friedman será um relacionamento
de cumplicidade com a ditadura norte-instalado no Chile, doutrinando burocratas financeira
do ditador fascista de Augusto Pinochet.

1900:. FILIPINAS Genocídio artista Geral do Exército dos EUA Elwell Otis tenta desviar
as críticas de atrocidades e torturas por tropas dos EUA, afirmando que os filipinos que
estão defendendo o seu país são tão impertinentes como os americanos que os invadiram e
ocuparam. O líder filipino Emílio Aguinaldo sugere que os jornalistas neutros e os
representantes da Cruz Vermelha Internacional inspeccionar as suas operações militares.

Otis se recusa a permitir tal coisa, mas Aguinaldo consegue contrabandear quatro
repórteres, dois Inglêses, um canadense e um japonês, para o campo para ver o tratamento
de prisioneiros americanos em primeira mão. Eles relatam que os prisioneiros americanos
dos filipinos são "tratados mais como clientes do que prisioneiros" e são "alimentados com
o melhor que o país oferece". Os quatro jornalistas são expulsos das Filipinas pelos EUA,
logo que as suas histórias são impressas. Os prisioneiros americanos libertados pelos
filipinos dizem a outros repórteres que eles também haviam sido bem tratados.

1900-1930:. ESTADOS UNIDOS as viagens de comboios de Circo levando emoção e


entretenimento para as comunidades em todo os EUA tendo os caipiras, como fregueses,
não sabem é que os trabalhadores dos circos são uma minoria oprimida horrivelmente,
trabalhando por salários de fome, que vivem em condições atrozes, e sendo
sistematicamente violados pelos proprietários e seus "segurança" capangas. Quando um
trabalhador não é mais utilizável, a maneira mais fácil de se livrar dele e evitar o
pagamento de qualquer pagamento de salários é usar a "luz vermelha" nele. Desconhecido
centenas de trabalhadores do circo são jogados para fora de trens em movimento. Aqueles
com sorte suficiente para sobreviver pode ser gravemente ferido e aleijado e sem dinheiro,
deixado para tentar sobreviver. É apenas um bom negócio ... ..

1900-1980: Bacia. AMAZÔNICA Desde o início dos anos 1900 até os anos 1980, a Sun
Oil (Sunoco), Weyerhaeuser, a Standard Oil (Exxon) e Plácido de óleo (Hunt) trabalharam
com uma organização cristã ostensivamente, Wycliffe Bible Translators, para agarrar a
terra e recursos dos povos indígenas que vivem na Bacia Amazônica. Após a Segunda
Guerra Mundial, a CIA irá se juntar ao esforço e trabalho com Wycliffe, que também opera
sob o nome do Summer Institute of Linguistics.

O papel de Wycliffe é identificar a oposição potencial para exploração de recursos pelas


corporações americanas e identificar formas de minar a coesão social dos grupos indígenas,
a fim de torná-los impotentes para resistir à tomada de suas terras e recursos. Wycliffe /
Summer também empresta a sua "missão" bases em outros países para os EUA para fins
militares. A sua base na Amazônia equatoriana é usado pelo Exército dos EUA em busca de
Boinas Verdes "insurgentes". A organização "cristã" também presta assistência a Força
Aérea do Peru, que tinha o napalm Mayoruna e Campa índios.

Financiamento para Wycliffe / Summer é fornecido pela Exxon, Sunoco, os militares dos
EUA e por várias frentes da CIA. Provavelmente eles devem estar por tráz das FARC.

1901:. CHINA fuzileiros navais dos EUA invadem a China a "instalações seguras" para o
Rockefeller Standard Oil.

1901:. COLÔMBIA Os EUA invadem o Estado colombiano do Panamá para "proteger os


interesses".

1901:. ESTADOS UNIDOS O Exército dos EUA suprime violentamente uma revolta
Indian Creek em Oklahoma.

1901:. CUBA O infame Emenda Platt para o Exército dos EUA Dotações Bill "dá os EUA
o direito (sic)" a intervenção é necessária. "Os cubanos, ainda sob a ocupação militar dos
EUA" intervir militarmente em Cuba, sempre que tal EUA decidir , é dada a "opção" de
aceitar a Emenda Platt, como parte da Constituição cubana ou que os EUA permanecem na
ocupação de Cuba para sempre.

1901-1922:. ESTADOS UNIDOS Em uma série de decisões, o Supremo Tribunal dos


EUA decide que as colônias dos Estados Unidos que, como todos sabemos, não existem,
são constitucionais, mas que os direitos constitucionais dos EUA não são necessariamente
aplicáveis aos povos colonizados das colônias não-existentes. Louvado seja o Senhor que
tem esse direito.

1901:. ESTADOS UNIDOS que a venerada


instituição Americana, o assassino solitário escolhido e financiado por Rockefeller, sai de
tráz da toca na Exposição Pan-Americana em Buffalo, e dispara alguns tiros contra o
presidente William McKinley.

McKinley sobrevive e parece estar se recuperando muito bem, mas depois,


inesperadamente e inexplicavelmente, adoeçe e morre. O culpado é um Leon Czolgosz,
identificado como um anarquista. Na época, os nativos americanos cometem um genocídio
de ter sido quase fora de existência, o anarquismo era o padrão do dia e a desculpa para o
que a repressão era necessária para manter o status quo. A guerra contra o anarquismo, para
cunhar uma frase, foi especialmente útil em manter os operários trabalhando em condições
atrozes por uma ninharia, a fim de enriquecer ainda mais a classe dominante.
E McKinley está sendo levado para o seio de Deus, o menino dos banqueiros judeus
Morgans , Theodore Roosevelt, financiado para a presidência, tendo sido vice-presidente de
apenas seis meses desde a morte de Garret Hobart. Roosevelt é o material ideal
presidenciais: um racista e belicista, ferramenta ultranacionalista dos Morgans. Que mais
poderia a elite dominante pedir?
Eu não vou tão longe a ponto de pensar que os únicos índios bons são índios mortos, mas
acredito que nove em cada dez são, e eu não gostaria de saber muito sobre o caso do
décimo. Theodore Roosevelt
O tiroteio de McKinley proporciona uma excelente oportunidade para alguns alarmistas e
perseguição. Em Chicago, nove anarquistas são acusados de conspiração para assassinar o
McKinley, embora não há absolutamente nenhuma evidência ligando-os ao assassinato.
Outro anarquista é preso por, gasp, publicando um artigo em um jornal em língua alemã
anarquista. Em Kansas, os vigilantes atacar uma reunião de anarquistas. Em Wyoming, uma
simpatia para o homem expressar Czolgosz é asfaltada e penas. Em Nova York, um
anarquista suspeito é assediado.

É impressionante a rapidez com que as rodas de "justiça"


pode girar quando querem. Ole Lee Harvey, desculpe, Leon é preso, julgado, condenado e
está sentado no corredor da morte, tudo dentro de 20 dias do tiroteio, recebendo uma lição
rápida em verdade, a justiça ou a maneira americana. Czolgosz exercer o seu direito
constitucional de permanecer calado. Seu advogado, Loran Lewis, não chamar as
testemunhas de defesa Czolgosz 'e, aparentemente, nunca ter ouvido falar da Constituição,
diz o júri que o silêncio de seu cliente é uma admissão de culpa. Com um advogado de
defesa como essa, quem precisa de um promotor? Czolgosz devidamente fritado na cadeira
elétrica. Lewis vai para coisas maiores.
1901: ESTADOS UNIDOS. Emma Goldman,
tomando todas as besteiras que cerca de liberdade de expressão um pouco literalmente
demais para o poder-que-se, escreve um artigo descrevendo o McKinley tarde como o
"presidente dos reis do dinheiro e magnatas." Goldman foi devidamente presa,
"vigorosamente" interrogada, detida há duas semanas, em seguida, liberada sem ser acusada
de qualquer crime. Goldman foi, claro, absolutamente certa. McKinley foi exatamente o
que ela disse; comprado e pago pelos Rockefellers e seus clubmates. Além disso, McKinley
foi o grande criminoso de guerra e primeiro assassino em massa do século XX, um detalhe
trivial, que continua a ser enterrado sob o monte de bobagens de costume piedoso.

1901:. CUBA O estupro de Cuba pela classe dominante dos EUA está a caminho com uma
vingança. interesses de empresas madeireiras americanas e começar a mover-se em corte
raso de Cuba dez milhões de hectares de madeira virgem. As empresas americanas assumir
minas, plantações de açúcar e ferrovias. A “assassina” United Fruit dos Rockefellers cai
sobre Cuba para "comprar" quase dois milhões de hectares do país por vinte centavos de
dólar por acre. Dentro de um ano, oitenta por cento mais do que das exportações minerais
cubano-americanos estão em mãos das empresas.

1901-1902:. FILIPINAS A resistência filipina à ocupação americana mata cinqüenta e


quatro soldados americanos na cidade de Balangiga na Ilha Samar. Que lutam contra a
ocupação norte-americana é, claro, estritamente proibido por lei e esta trivial oposição
relativamente ao furto americano do seu país por patriotas filipinos é massivamente
propagandeado pela imprensa dos EUA como o Massacre de Balangiga.
Os EUA lança um castigo cruel coletiva
do povo filipino em retaliação. General Jacob H. Smith diz o comandante do Corpo de
Fuzileiros Navais atribuído a "limpar" a ilha de Samar, "Não quero prisioneiros Desejo-lhe
a matar e queimar;. Mais você matar e queimar o melhor ele vai me agradar. " Ele ordena
que toda a ilha de Samar ser convertido em um "deserto uivante". Ele especificamente
ordena que todos os homens com mais de dez anos de idade devem ser fuzilados. O
primeiro passo é queimar a cidade de Balangiga até o chão.

Os EUA, em seguida, corta os alimentos e comércio, a fim fazer morrer de fome o povo de
Samar em submissão a seus mestres americanos. As tropas dos EUA em todo o rampage
saqueiam a ilha e milhares de casas são queimadas. E matar. Em sua busca incansável pela
justiça, os massacres dos Estados Unidos dezenas de milhares de habitantes da ilha de
Samar, praticamente todos civis indefesos. E isso é diferente hoje?

Três sinos da igreja saqueadas das ruínas da igreja


paroquial de Balangiga por soldados americanos ainda estão orgulhosamente mantido pelos
militares dos EUA, dois de Warren Air Force Base, em Wyoming, e os outros pelo 9 º
Regimento de Infantaria, atualmente sediado em regime cliente dos EUA Coreia do Sul.

Um voluntário brincalhão do estado de Washington, escreve: "Nosso sangue luta foi para
cima, e todos nós queríamos matar os "nigerianos'.... Isso seres humanos bate tiro de caça
ao coelho em pedaços. "
1901:. FILIPINAS Os EUA estabelece
os campos de concentração nas Filipinas. Eventualmente, centenas de milhares de
filipinos terá lugar cativo nos campos e milhares morrerão neles. As tropas americanas
cometeram inúmeros crimes de guerra e atrocidades, destruir sistematicamente tudo fora da
chamada "linha morta", incluindo culturas, barcos, animais, casas, edifícios agrícolas e
seres humanos. Imóvel pertencente ao campo de concentração de presos é roubado. As
tropas dos EUA escravizararam os filipinos, especialmente aqueles de descendência
chinesa, como o trabalho forçado.

Tortura é um procedimento padrão americano. A cura de água chamada foi muito utilizado
pelos EUA na sua guerra contra o povo das Filipinas. Outros beneficiários de "assimilação
benevolente" foram pendurados pelos polegares, arrastados por cavalos ou pendurados com
fogos, em seguida, começou por baixo deles. Um americano tortura favorita estava
amarrando a vítima a uma árvore e atirando-lhe pelas pernas. A vítima foi atingida
novamente a cada dia até que nem ele "confessou" ou morreram.

As tropas americanas rotineiramente assassinados filipinos feridos e se gabava de "sem


levar nenhum prisioneiro". Relatórios oficiais afirmaram que os filipinos foram mortos por
quinze os EUA para cada um ferido, quase o inverso da norma. General Arthur McArthur,
nunca perdendo a oportunidade de um comentário racista, explicou a morte unsual ratio
ferido, dizendo que os brancos não sucumbir aos ferimentos tão facilmente como as pessoas
de "raças inferiores".
A guerra nas Filipinas foi conduzida pelo exército americano com escrupuloso respeito
pelas regras da guerra civilizada, com uma análise cuidadosa e verdadeira para o preso e
os não-combatentes, com moderação, e com a humanidade nunca superada. Elihu Root,
EUA Secretário da Guerra
Root, bem pagos rábula para alguns dos americanos mais cruéis
da história, incluindo William "Boss" Tweed e barões Jay Gould e EH Harriman não foi,
surpreendentemente, um pouco flexível quando se trata de matéria de verdade.

Agora estou estacionado em uma pequena cidade no comando de 25 homens, e tem um


território de 20 milhas para patrulhar .... Na melhor das hipóteses, este é um país muito
rico, e nós o queremos. Minha maneira de conseguir isso seria colocar um regimento em
uma linha de combate, e matar cada nigeriano. Na quinta-feira, 29 de março minha
companhia matou setenta e cinco nigerianos e dez dos artilheiros nigerianos .... Quando
encontramos um que não está morto, temos baionetas. Soldado EUA

1902:. COLÔMBIA Um bloqueio naval dos EUA é criada e as forças americanas invadem
o Estado colombiano do Panamá para impedir que o governo da Colômbia defesa do Istmo
contra um ataque dos EUA iminente.
1902:. ESTADOS UNIDOS presidente maçom
Theodore Roosevelt faz seu bocado para a supremacia branca como ele inaugura o
Cemitério Nacional de Arlington no dia de finados. Trinta mil pessoas ouvem falar com
Roosevelt "indignação em cada palavra" sobre este "pequeno, mas particularmente penosas
e difíceis de guerra" e "a honra da bandeira". Melhor de tudo, Roosevelt caracteriza
genocídio imperial de guerra dos EUA contra o povo das Filipinas como um "triunfo da
civilização sobre as forças que representam o caos negro da selvageria e barbárie".

Até que ponto Roosevelt está apenas executando a sua tarefa primária como presidente e
deitado e em que medida ele é delirante continuem abertos ao debate, mas o povo filipino,
de quem América acabará por matar cerca de um milhão e cujo país será efetivamente
roubado há quase um século, sem dúvida desafio declaração de Roosevelt que é uma
pequena guerra.

Mas a hipocrisia viscosa de Roosevelt é racista, pelo menos, tem um local apropriado.
Cemitério Nacional de Arlington, teoricamente o lugar de descanso final de valentes
guerreiros americanos, será o local do repouso final de alguns dos piores assassinos em
massa da América, nazistas e traidores. O lixo do lixo.

1902:. ESTADOS UNIDOS senador George Hoar exige um inquérito como prova
montagens de crimes de guerra dos EUA nas Filipinas. Theodore Roosevelt resiste
demandas Hoar e crescente oposição da opinião pública para o carácter racista, a guerra
imperialista contra o povo das Filipinas e relatos persistentes de crimes de guerra,
atrocidades e torturas por parte das tropas americanas.

Uma declaração pública pela American Brigadeiro General Jacob H. Smith, que tinha a
intenção de definir toda a ilha filipina de Samar em chamas e, provavelmente, acabar com a
maioria da população, enfim forças Roosevelt a fazer um trabalho de RP pouco. Ele dá o
trabalho de encobrir os crimes de guerra americanos imperialistas perseverante, o senador
republicano Henry Cabot Lodge, cujo pé EUA do Senado sobre as Filipinas tem sido
cuidadosamente evitando a questão dos crimes de guerra americanos durante meses.

Mas mesmo Lodge não pode manter a tampa do caldeirão de crimes de


guerra e tortura sendo representado pelos Estados Unidos da América. A primeira
testemunha é o último ditador instalado pelos EUA, William Howard Taft, que concede ao
ser questionado que os filipinos estão sendo torturados pelos militares dos EUA. General
Robert P. Hughes, artista do genocídio chefe de gabinete, o general Elwell S. Otis, admite
que as casas dos filipinos foram queimadas de forma indiscriminada. David P. Barrows,
explica que os campos de concentração criados pelos militares dos EUA e as torturas sendo
conduzidas pelos EUA não são realmente tão ruins quanto as pessoas pensam e que os
filipinos estão realmente a beneficiar-se de tudo.

O relatório do ditador norte-instalado da província de Tayabas, Major Cornélio Jardineiro é


apresentado ao Comitê:
De tarde, em virtude da conduta das tropas, como a queima extensa dos bairros na
tentativa de assolar o país para que os insurgentes (sic) não pode ocupá-lo, a tortura de
nativos por cura de água chamada e outros métodos , a fim de obter informação, o
tratamento dura de nativos em geral, e na impossibilidade de inexperiente, Tenentes
recentemente nomeado postos de comando, para distinguir entre aqueles que são
simpáticos e os hostis e tratar todos os nativos como se ele fosse, ou não, um insurrecto
(sic) no coração, sentimento este favoráveis acima referidos está sendo destruída
rapidamente e um profundo ódio em relação a nós engendrado.
As tentativas para ter Major Jardineiro comparecer perante a Comissão sejam devidamente
bloqueado.
O sargento Charles S. Riley testemunha sobre
aldeias inteiras serem queimados pelas forças dos EUA e descreveu a tortura "cura de água"
praticada por soldados dos EUA contra a filipinos.
A. (a vítima) foi amarrada e colocada em sua volta com um tanque de água provavelmente
cem litros. A torneira era aberta, e um fluxo de água era forçado para baixo entrando pela
sua garganta. Sua garganta foi imobilizada para que ele não pudesse impedir a ingestão
da água, de modo que ele tinha que deixar a água correr em seu estômago. Ele esteve
directamente sob a torneira, com a boca bem aberta. Quando ele estava cheio de água, ele
foi forçado a sair dele, pressionando o pé no seu estômago, ou então com as mãos, e este
continuou a partir de cinco a quinze minutos chão. "Nativo Um intérprete ficou
diretamente sobre o homem enquanto ele estava deitado na , e "dizia alguma palavra um
juiz que eu deveria dizer 'confessar' ou 'responder'. Quando este homem infeliz foi levado
para baixo e fizeram mais perguntas, ele novamente se recusou a responder e, em seguida
foi tratado novamente.
P. Em frente?
A. Sim, sobre a pedra andar. Eles começaram a levá-lo dentro do edifício, e o capitão
Glenn disse: "Não levá-lo para dentro. Aqui é bom o suficiente." Um dos homens da
Infantaria XVIII foi a sela e pegou uma seringa no alforje, e um outro homem foi
encaminhado para uma lata de água, o que chamamos de querosene pode, prendendo
cerca de cinco litros. Ele trouxe esta lata de água de cima para baixo, e depois de uma
seringa foi inserido um fim na água ea outra ponta em sua boca. Desta vez ele não estava
preso, mas ele foi mantido por quatro ou cinco homens ea água foi forçado a boca da lata,
por meio da seringa.
P. Seria este, outro partido?
A. Não, isso era o mesmo homem. A seringa não parece ter o efeito desejado, e o médico
pediu um segundo. O homem tem uma segunda seringa, e que foi inserido no nariz. Em
seguida, o médico (Dr. Lyons, um norte-americano) ordenou um pouco de sal e um
punhado de sal foi obtido e atirada na água. Duas seringas foram então em vigor. O
intérprete estava sobre ele, entretanto, pedindo para esta segunda informação que foi
desejado. Finalmente, ele desistiu e deu a informação que procuravam, e, em seguida, ele
foi autorizado a subir.
Private William L. Smith confirma depoimento do sargento Riley e admite que ele tinha
assistido a completa destruição por incineração da cidade de Igbaras, uma cidade de dez mil
pessoas. O sargento Edward J. Davis relacionadas outros incidentes de tortura pelas forças
dos EUA e da queima de uma outra cidade de doze mil pessoas. Outras testemunhas
contaram incidentes semelhantes.
Até recentemente, eu pensava que essas coisas (tortura) foram esporádicos e isolados, mas
fui forçado a acreditar que eles são apenas uma parte do plano geral de campanha.
senador Joseph Lafayette Rawlins
Por um voto partidário estrito, a Comissão se recusa a chamar outras testemunhas
propostas, convocar testemunhas, em vez de uma lista de "seguro" criado pelo
Departamento de Guerra dos EUA. A tentativa de esconder a verdade de que os EUA estão
fazendo com o povo filipino tiro sai pela culatra quando os veteranos na lista segura
lecionasse os membros anti-imperialista da Comissão sobre a necessidade de filmar e / ou
gravar todos os filipinos por causa de sua incapacidade " a apreciar a bondade humana ".

1902:. FILIPINAS presidente dos EUA, Theodore Roosevelt declara que a guerra dos
EUA contra o povo filipino terminou, mas, inevitavelmente, é apenas mais uma mentira. Os
filipinos "resistência à ocupação do seu país por os EUA continua inabalável. Os filipinos
defender seu país contra os EUA são, de maneira habitual, em relação à medida que os
rebeldes pelo governo dos EUA e pela cooperação EUA-prima que nunca. No total, os
EUA vão usar apenas em 130 mil tropas para invadir e ocupar as Filipinas. As tropas
americanas será conduzida por um total de trinta generais, 26 dos quais são altamente
qualificados para o trabalho, tendo sido envolvidos em Governo dos Estados Unidos o
genocídio dos nativos americanos.

A guerra contra o povo das Filipinas foi


uma guerra clássica americana do império. Os EUA usaram o que foi, para a época,
armamento de alta tecnologia e contou com navios de guerra americanos bombardeiam
posições filipinos. Os filipinos defendendo seu país foram forçados a usar rifles escolhido
dentre os mortos, lanças e facões. As perdas americanas foram triviais, 4.234 óbitos, dos
quais a maioria eram da doença. Menos de 1.500 americanos foram mortos em combate.
Philippine mortes de militares estão estimados em cerca de 20.000. O número de civis
filipinos completamente inocentes mortos pelos EUA no processo de "assimilação
benevolente" é provavelmente entre 600.000 e 1.000.000. Milhões de filipinos foram
feridos e mutilados. Centenas de milhares de casas foram queimadas, centenas de cidades e
vilarejos destruídos.
Temos pacificado alguns milhares de habitantes da ilha, e os sepultaram; destruiu seus
campos; queimaram suas vilas, e virou as suas viúvas e órfãos fora de portas; desgosto
fornecidos pelo exílio a algumas dezenas de patriotas desagradável e subjugaram os
milhões restantes dez por Benevolente assimilação, que é o novo nome piedosa do
mosquete. Mark Twain

Os EUA realiza uma ocupação militar das Filipinas até 1920. Depois de deixar os EUA
ocupação militar direta, ele instala uma série de ditaduras brutais, armado, apoiado e
controlado pelos EUA, culminando no regime ferozmente repressivo e voraz de Ferdinand
Marcos. Enquanto roubar bilhões para si e seus comparsas, as ditaduras reembolsar os seus
benfeitores americanos, permitindo que os militares dos EUA para construir e manter bases
militares maciças nas Filipinas e usar os filipinos como uma piscina enorme de mão de obra
barata e politicamente impotente.

Entre os muitos notáveis realizações americanas nas Filipinas, foi a destruição da primeira
república a ser criada na Ásia.

1902: / estados. UNIDOS FILIPINAS pressão por grupos anti-imperialista, os EUA


finalmente em força o Departamento de Guerra para carregar dois oficiais norte-americanos
em relação ao holocausto Samar. Major Littleton Waller é acusado de ordenar a execução
de onze guias filipinos que tinham cometido o crime de encontrar raízes comestíveis, sem
contar as tropas americanas sobre eles. Durante a corte marcial, Waller depôs que, durante
um período de onze dias individuais, seus homens queimaram mais de duzentos e cinqüenta
casas, tiro treze bubalinos e trinta e nove pessoas morreram. de defesa Waller foi uma
admirável que ele estava apenas "seguindo ordens" a defesa padrão nazista parece
perfeitamente razoável para a placa de corte marcial e Waller está devidamente absolvido.
General Jacob "matar a todos, mais de dez" Smith é
então corte marcial. No mundo kafkiano dos militares dos EUA, ele não é acusado de
assassinato em massa de genocídio ou de crimes de guerra, de que abundantemente e
evidentemente culpada, mas por "conduta em prejuízo da ordem e da disciplina militar".
Em outras palavras, tiro a boca fora com a imprensa sobre o giro de Samar num deserto
uivante e matando todo mundo ao longo dos dez anos de idade. Não há problema em matar
todos os nigerianos, você não é suposto dizer a todos que você vai fazer isso. Smith é
devidamente considerado culpado de dizer coisas desagradáveis aos ouvidos da imprensa e
condenado "a ser admoestados pela autoridade de revisão." "Advertência" de Smith é a
aposentadoria. Quando ele pisa em terra em San Francisco em agosto de 1902 ele é
barbaramente aclamado como um herói.
Eu, pessoalmente, amarrados trinta e cinco filipinos, sem julgamento, de modo que estava
todo o alarido sobre o envio de "Waller" alguns "selvagens traiçoeiras"? Se tivesse havido
Smiths mais e Wallers, a guerra teria acabado há muito tempo. Impromptu pendurado
doméstica também pode apressar o fim da guerra. Para começar, todos os americanos que
recentemente petição ao Congresso para pedir a paz nas Filipinas, deve ser arrastado
para fora de suas casas e linchado. coronel Frederico Funston em um banquete em
Chicago.
Na boa tradição dos militares americanos, Funston, um confesso assassino em massa e um
homem que defendia o linchamento de americanos para a prática da liberdade de expressão,
será sempre honrada por ter Fort Funston na Califórnia nomeado após ele.
1902-1913: Filipinas. Os "Moros" muçulmanos povos do
arquipélago de Sulu e a ilha de Mindanao, aparentemente, não ter ouvido dizer que a guerra
dos EUA contra o povo das Filipinas acabou e eles continuam a batalha contra os invasores.
Pode ser necessário matar metade dos filipinos, para que a metade restante da população
poderá ser antecipada para um plano superior de vida do que seu atual estado de barbárie
proporciona semi-. -geral dos EUA William Shafter
Os mouros nunca tinham sido conquistados durante 300 anos de domínio espanhol e seu
território, que compreendia um pouco menos de metade da área das Filipinas, não fazia
parte do tratado entre Espanha e os EUA a guerra americana contra os mouros foi
completamente separado guerra de conquista imperial. O primeiro grande massacre de os
EUA estão em Padang Karbala. As tropas americanas atacaram a cidade com três centenas
de soldados e armamentos sofisticados. Centenas de Moros são mortos.

O Moros levará a uma guerra de guerrilha contra os invasores por onze anos. Mais de cem
mil pessoas, a maioria civis, serão mortos pelos EUA

1903:. HONDURAS EUA Marines invadem para parar uma revolução popular contra a
ditadura cliente dos EUA em Honduras.

1903-presente:. CUBA Usando a Emenda Platt como a "base" jurídica, os EUA roubam e
ocupam uma grande área de terra em torno de Guantánamo, em Cuba, a fim de construir
uma base naval em massa que, um século mais tarde, será utilizado como parte de uma rede
mundial de campos de concentração e centros de tortura pelo governo dos Estados Unidos
da América.
1903:. ESTADOS UNIDOS Em 17 de
dezembro, os irmãos Wright fazem o primeiro voo movido em uma máquina mais pesada
que o ar em Kitty Hawk, na Carolina do Norte, iniciando a era da aviação. Sabemos que
isso é verdade, porque tenho dito isso e ter lido milhares de vezes. O único problema é, ele
é apenas mais uma mentira.

O vôo foi conhecido primeiro alimentado por Augustus Herring em Michigan em 1899. Em
março de 1902, Richard Pearse voou um ar mais pesado do que motorizados avião na Nova
Zelândia. O que os irmãos Wright fizeram foi desenvolver uma maneira de controlar o
avião, uma vez que estava no ar. Contrariamente ao que a placa da Carolina do Norte e de
todas as mentiras foram ter sido dito por centenas de anos, os irmãos Wright não fizeram o
"primeiro vôo".

1903:. ESTADOS UNIDOS Thomas Edison é fechado em uma batalha com George
Westinghouse sobre o tipo de energia elétrica a ser utilizada no sistema elétrico dos EUA.
Edison está promovendo seu atual equipamento direto enquanto Westinghouse quer que o
sistema a utilizar o seu equipamento atual alternado.

A propaganda e oportunidade fabulosa surge quando um elefante de circo, Topsy, deve ser
"executado" por matar três pessoas, um dos quais tinha colocado nela um cigarro aceso.
Edison oferece para eletrocutar Topsy, usando corrente alternada, demonstrando assim que
é terrivelmente perigoso e não é adequado para uso no sistema elétrico dos EUA.

Topsy foi devidamente eletrocutada por Edison na frente de uma multidão de mil e
quinhentas pessoas. O que o público não sabe é que Topsy foi alimentada com cenouras
atadas com um quilo de cianeto de potássio só para ter certeza que ela morreria realmente
como anunciado.

Edison faz um filme da "execução" e mostra-lo ao público durante todo os EUA no que
poderia ser o primeiro, mas certamente não o último uso, do filme para fins de propaganda
nos Estados Unidos. Infelizmente, para Edison, matando Topsy de não conseguir criar
medo suficiente da corrente alternada e ele perde a batalha para Westinghouse.

1903-1904: República. DOMINICANA forças dos EUA invadem e ocupam a cidade


capital de São Domingos para "proteger os interesses americanos", impedindo que uma
revolução nacionalista contra a ditadura apoiada nos EUA.
1903-1907:. ESTADOS UNIDOS Mercadores da morte, a família Dupont, compra mais
de uma centena de seus concorrentes americanos e os fecha, deixando-se praticamente em
situação de monopólio na morte por biz química.

1903-1914:. COLÔMBIA O governo da Colômbia se recusa a ceder aos EUA que ditou as
condições para a construção de um canal através do istmo de Panama.Os interesses
bancários de JP Morgan, o que essencialmente o regime próprio Roosevelt, comprar, por
uma ninharia, as ações da empresa francesa que havia tentado construir um canal através do
istmo.

Um lobista de Morgan ligado para a Companhia do Canal do


Panamá, advogado William Cromwell, em seguida, dirige, literalmente, da Branca de
Roosevelt House, um estágio conseguiu "revolução" e posterior invasão e ocupação do
Estado colombiano do Panamá pelos os EUA a "nação" do Panamá é inventado fora do ar
por Sullivan e os meninos e uma ditadura fantoche controlado pelos EUA está instalado.

A farsa Hay-Buneau Tratado é assinado, destinada a conceder a autoridade dos EUA sobre
uma ampla faixa de dez milhas do "Panamá", em perpetuidade. Dando a terra em nome do
país inventado de "Panamá" é um francês chamado Buneau, accionista da empresa francesa
que havia falhado em sua tentativa de construir um canal. Depois de fornecer a sua
assinatura no documento sem sentido assinando afastado território "Panamá", Buneau
hotfoots para Washington para a sua recompensa em dinheiro e em seguida vai para a casa
para a França, para nunca mais pôr os pés na nação mítica do "Panamá" novamente.

O regime de Roosevelt recebe em mãos $ 40 milhões do dinheiro do governo dos EUA para
os interesses de Morgan, que havia adquirido a companhia francesa do canal inútil antes da
"revolução". Por uma incrível coincidência, um dos principais beneficiários do esquema
fraudulento é cunhado-Teddy Roosevelt Douglas E. Robinson, diretor do Astor Morgan
Banco Nacional bolsos que um fresco seis milhões de dólares.

William Cromwell torna-se o agente fiscal do recém-inventado "nação" do Panamá, uma


posição muito rentável. Seu escritório de advocacia Sullivan and Cromwell e seus dois
vigaristas estrela, irmãos Allen e John Foster Dulles, vai continuar a desempenhar o papel
central na organização dos cartéis e acordos de negócios que acabará por trazer-nos Adolf
Hitler e da Segunda Guerra Mundial.
1903:. ESTADOS UNIDOS Mary Harris
("Mãe") Jones lidera trabalho infantil exige um máximo de cinco semanas de cinquenta
horas de trabalho.

1904:. ESTADOS UNIDOS racista e nazista entusiasta da Guerra bocal-a-ser William


Randolph Hearst inicia a publicação de artigos em seu San Francisco Chronicle sobre a
ameaça amarela de trabalhadores japoneses na Califórnia. o ódio de Hearst campanha de
medo e levará para a legislatura da Califórnia de aprovar uma resolução que a imigração
japonesa deve ser evitada.

1904: ESTADOS UNIDOS. Como o abate no raivas Filipinas sobre a censura e a auto-
censura impede a publicação de Twain's War Prayer Mark, uma denúncia contundente da
aliança profana da religião e do falso patriotismo, que é sempre usada para manipular os
americanos no apoio a guerra imperial du jour. Harper's Bazaar se recusa a publicar a
história e, desde Twain está sob contrato com eles, ele não pode publicá-lo em outro lugar.
Twain mais tarde admite que ele evitou publicar a história nos anos seguintes, porque "ele
tinha uma família para sustentar" e publicação da Oração Guerra na terra dos livres seria
efetivamente encerrar sua carreira. Twain escreveu a um amigo: "Só os mortos podem dizer
a verdade neste mundo." A Oração de Guerra é devidamente publicada após sua morte.

1904:. ESTADOS UNIDOS John D. Rockefeller seus problemas de "ocasionais Carta


No.1" detalhando planos para moldar o caráter do povo dos Estados Unidos, para reduzir a
inteligência nacional para o menor denominador comum e destruir a influência dos pais,
tradição e costumes "a fim de aperfeiçoar a natureza humana".

1904:. ESTADOS UNIDOS A Milícia Colorado é utilizado para suprimir a greve dos
mineiros em um Dunnville. Seis atacantes foram mortos. Quase oitenta mineiros são
"deportado" para o Kansas.

1904:. REPÚBLICA DOMINICANA forças dos EUA e britânicas invadem e ocupam


Puerto Plata, Sosua e Santo Domingo para "proteger os interesses nacionais".

1904:. PANAMÁ forças dos EUA invadir o recém-inventado "nação" do Panamá, para
reprimir o movimento de independência panamenha. Não pode ser havin não locais
"correndo do lugar.

1904-1905:. CORÉIA EUA Marines invadem e intervem na guerra russo-japonesa.

Muçulmanos traiçoeiros e Zé Quest Para Master Race Zé: 1905-1909


1905:. HONDURAS EUA Marines invadem Honduras "para proteger os interesses".

1905:. REPÚBLICA DOMINICANA Os EUA invadem e ocupam as cidades de Monte


Cristo, Puerto Plata, Samaná e Sanchez, a fim de aproveitar as receitas aduaneiras em favor
dos interesses bancário dos EUA. Os navios da Marinha dos EUA continuam fora da costa
para intimidar qualquer dominicanos que poderiam estar abrigando idéias tolas sobre a
defesa de seu país.

1905:. RÚSSIA Na primeira das muitas tentativas de agarrar as


reservas de petróleo da Rússia, o barão ladrão judeu sionista calhorda John D. Rockefeller
envia grandes somas de dinheiro a Lenin e Trotsky, em uma tentativa de derrubar o czar,
que não vai aceitar os presentes de Rockefeller. O objetivo de Rockefeller é instigar e
controlar a primeira revolução comunista na Rússia e, em seguida, colocar as mãos no óleo
com a conivência dos gratos revolucionários judeus ateus.

1905-1913:. ESTADOS UNIDOS Os grandes banqueiros judeus maçôns, inclusive os


mais implacáveis ladrões os barões da América, começam a conspirar para estabelecer um
banco central de propriedade privada que irá criar e controlar a oferta monetária dos EUA,
efetivamente dando aos barões ladrões judeus quase o controle completo da economia dos
EUA . Entre os conspiradores são o JP Morgan, John D. Rockefeller, Paul Warburg e os
judeus ingleses Rothschilds.

Em uma trama particularmente tortuosa para construir o apoio público e político para um
banco central, Morgan publica rumores de que muitos bancos americanos estão insolventes,
criando uma corrida aos bancos. Os bancos menores que têm de pôr em empréstimos para
pagar aos seus depositantes, obrigando os mutuários a vender suas propriedades por uma
ninharia. O resultado é uma espiral de falências que levaram ao colapso financeiro de 1907.

O colapso é devidamente seguido por


uma comissão do Senado que, por incrível coincidência, determina que um banco central,
exatamente como previsto pelos homens que haviam trazido sobre o colapso, em primeiro
lugar, é a resposta para todas essas pequenas dificuldades financeiras. Por outra
coincidência incrível, a comissão do Senado é dirigido por ninguém menos que Nelson
Aldrich, um homem nos profundos bolsos dos banqueiros e prestes a se casar dentro da
família Rockefeller.

Um efeito colateral feliz do Pânico de 1907, como com todos os outros pânicos, depressões
e colapsos financeiros, é que os meninos no quarto dos fundos, os Rockefellers, Morgans,
Rothschild, Warburg e seus clubmates, pode swoop baixo e pegar os destroços dos bancos
de seus concorrentes menores "por uma fração de seu valor anterior, consolidando seu
controle sobre o setor bancário. "

Os interesses Morgan aproveitou


para precipitar o pânico (de 1907),
guiá-lo com astúcia conforme progredia.
Fredrik Allen, a revista Life.

1905:. ESTADOS UNIDOS O San Francisco Chronicle, em uma batalha para leitores com
o jornal San Francisco Examiner propriedade warmongerer e propaganda nazi-a-ser de
William Randolph Hearst, que decide uma corrida racistas para os esgotos é a maneira de
ganhar dinheiro e lançar uma odiosa campanha de ódio contra a vida japonesa na cidade.
Entre as manchetes realizado por este excelente exemplo da imprensa na terra da liberdade
e da liberdade são as seguintes:

O Perigo Amarelo
COMO OS JAPONESES expulsarão a raça branca

A AMEAÇA japonêsa para as MULHERES americanas

ARTESÃOS MORENOS roubam cérebros dos brancos

A campanha racista continua por meses, fornecendo um terreno fértil para o nascimento de
mais uma organização vergonhosa e anti-democráticos na América, a exclusão do
campeonato asiático. "Enquanto a Califórnia é o país do homem branco, ele permanecerá
um dos estados mais grandiosos e melhores do sindicato, mas o momento em que o Golden
State é submetido a uma invasão coolie ilimitado asiática não haverá Califórnia mais",
afirma um boletim do campeonato . Um alto-falante em uma reunião da Liga estados é
muito bem, "uma lei eterna da natureza decretou que os brancos não podem assimilar o
sangue de outra pessoa sem corromper as fontes da civilização."

1906:. ESTADOS UNIDOS Emma Goldman é presa em Nova Iorque numa reunião
anarquista chamado para protestar contra repressão policial da liberdade de expressão na
reunião anterior. Não pode ser havin sem a liberdade de expressão da liberdade de
expressão na terra da liberdade agora, podemos? É correto dizer isso?

1906: FILIPINAS. A resistência dos muçulmanos "Moro" povo das Filipinas para a
invasão e ocupação de seu país pelos EUA continua. O Moros total, cerca de trezentas mil
pessoas, menos de cinco por cento da população filipina total, mas o controle de cerca de
quarenta e cinco por cento da área terrestre, a situação dos invasores americanos
intolerável.

O Senhor Deus Todo-Poderoso por meio de seu representante na Terra, William


McKinley, teve em 24 de outubro de 1898, ordenou pessoalmente os EUA para aproveitar a
Filipinas e assim os EUA devidamente realizaram uma campanha genocida contra os
"selvagens" Moros, destruindo casas e aldeias, assassinando homens, mulheres e crianças.
A cruzada americana contra os mouros atinge seu ponto mais baixo no que é
eufemisticamente chamada de Batalha de Bud Dajo.
Cerca de seis centenas de pessoas, a maioria dos quais são mulheres e crianças desarmados,
buscar refúgio na cratera fortificada de um vulcão extinto na Ilha de Jolo. Os homens Moro
estão armados com menos de duas centenas de rifles de idade e com facas e lanças. A sua
"artilharia" é constituída de rochas para ser jogado na atacantes.

Major-general Leonard Wood, um bom amigo de Theodore Roosevelt, leva cerca de oito
centenas de soldados americanos para a cratera. peças de artilharia são criadas, variando em
torno da borda da cratera e então usado para abater os mouros ", como os peixes em um
barril", matando todas as pessoas na cratera. Entre os mortos estão 196 mulheres e 340
crianças. O Washington Post fôlego imprime a história do massacre Dajo Bud como
"emocionante história de Valor Americano." Theodore Roosevelt, para não ser superado
por ninguém na disputa besteira assassina, felicita Wood sobre "o brilhante feito de armas
onde você .. .. tão bem defendeu a honra da bandeira americana. "

EUA Secretário da Guerra William Howard Taft, cabos de Roosevelt de que "a traição bem
conhecido dos muçulmanos" e "o desejo fanático e selvagem que as mulheres e as crianças
devem perecer com eles" o abate "inevitável." Com certeza é um alívio saber que a
América mantém a moral elevada e que o massacre foi culpa deles sujo, muçulmanos
fanáticos e não o puro, branco meninos cristãos arremessando as cascas para baixo sobre
suas cabeças. Como os corpos dos muçulmanos podridão famílias em Bud Dajo, Taft lança
um jantar Filipino-temático.

Presidente Roosevelt encontra explicação


Taft "inteiramente satisfatório". Cal Um oficial, desculpem o trocadilho, cancela
rapidamente Madeira de ter feito algo anti-cristão. Em vez de balançando na ponta de uma
corda como um assassino em massa e criminoso de guerra, a madeira é, apropriadamente
bastante, fez do Exército dos EUA Chefe de Gabinete.

Vamos conquistar o mundo,


mas vamos perder a nossa alma.
John Quincy Adams

1906: ESTADOS UNIDOS. tropas Negras se amotinaram contra a segregação racial nas
forças armadas dos EUA. Três empresas de soldados negros são lançadas pelo Presidente
Theodore Roosevelt. Não pode havir arrogantes nigerianos tentando perturbar o apartheid
no Exército dos EUA.

1906:. ESTADOS UNIDOS No rescaldo do terremoto de San Francisco, elementos


racistas forçam os moradores de Chinatown para fora da cidade. Na queda, a diretoria da
escola de San Franciso, operando sob a direção da exclusão do campeonato asiático, as
encomendas que as crianças japonesas, que haviam ido para a escola com crianças brancas,
assistir às escolas segregadas racialmente já criado para crianças chinesas.

1906:. HONDURAS Marines invadem Honduras "para proteger os interesses" dos EUA.

1906: o México. No espírito da cooperação internacional, Arizona State Troopers é


apresentado no México pela administração aos trabalhadores abate marcante no detida mina
de cobre de Cananea americano.

O povo do México terá


a ser suplantada por uma outra raça,
que está gradualmente a ser feito,
antes de qualquer grande desenvolvimento
se pode esperar lá.
James Stillman

1906:. FILIPINAS filipinos desfrutam dos benefícios ilimitados da América de Deus e sua
"assimilação benevolente" quando o Dr. Richard "Mengele" Strong, professor de medicina
tropical na Universidade de Harvard, faz experiências com a cólera sobre os presos nas
Filipinas, matando treze dos gentios imundos .
1906-curso: ESTADOS UNIDOS. devoto cristão, magnata do floco
de milho e ativista anti-masturbação JH Kellogg começa a busca para a corrida de mestre
ze ze, fundando a Foundação Melhoria da Raça. Kellogg era um defensor da clássica “raça
mestre”, um maluco gritando, para colocar luvas de boxe em meninos na hora de dormir
para que eles não podiam tocar seus pees xixi e considerado um enema diário de vários
galões de água para ter um efeito benéfico na redução da tensão sexual. Talvez ele tivesse
um ponto, o enema foi muito divertido, você não precisa de mais nada.
Um remédio para a masturbação, que é quase sempre bem sucedido em meninos é a
circuncisão. A operação deve ser realizada por um cirurgião sem administração de um
anestésico, como a dor breve irão a operação terá um efeito salutar sobre a mente,
especialmente se for ser conectado com a idéia de punição. Nas fêmeas, o autor descobriu
o pedido de puro ácido carbólico para o clitóris um excelente meio de acalmar a excitação
anormal. JH Kellogg. São pessoas dementes e pervertidas como esse indivíduo que
compôe a classe da “elite” da América e Européia.

Ao contrário do que temos sido cuidadosamente


programados para acreditar, a busca para a corrida principal da “raça mestre” não era uma
criação dos nazistas alemães, mas da elite norte-americana e seus asseclas, seguindo
naturalmente o racismo dos "Pais Fundadores" dono de escravos, incluindo Thomas
Jefferson, que escreveu que "os negros, se originalmente uma raça distinta, ou feito
distintas no tempo e circunstâncias, são inferiores aos brancos em ambos os dons do corpo
e da mente."

Kellogg, um acérrimo defensor do apartheid, que acreditavam que o pool genético


americano estaria "contaminado" por imigrantes e de várias raças inferiores, em breve se
juntou aos Rockefellers, a Harrimans, a família Dulles, a família Bush e muitos outros
membros da classe dominante e seus lacaios, que irão financiar e promover a
pseudociência da eugenia (agora maquiada com outro nome transhumanismo) não só nos
Estados Unidos, mas na Alemanha, em última instância, para o assassinato em massa de
dezenas de milhões de eslavos, judeus, ciganos e outros "sub-humanos".

Eugenia goza rápido crescimento em rico solo da América racista e se torna parte
integrante da cultura americana. Ministros da religião cristã são encorajados a fazer
referência à busca da pureza racial em seus sermões e são premiados pela American
Eugenics Society por seus esforços.

Os textos americanos de biologia no ensino médio contém capítulos sobre a limitação da


imigração e sobre a esterilização e a segregação racial na causa da eugenia. Quando o filme
é inventado, filmes eugenia são rapidamente feitos e distribuídos. As crianças americanas
são ensinados que a eugenia é moralmente certo e é a única forma de preservar a "pureza da
América do gene pool" ze. "Fitter Família" competições são realizadas em feiras estaduais
para determinar a "pureza" da linhagem de uma família. Perdedores são enviados para as
câmaras de gás. Desculpa, estou brincando. Por enquanto, pelo menos.

1906-1909:. CUBA Os EUA invadem e ocupam Cuba para "proteger os interesses


americanos", controlando o resultado das eleições.

1906:. ESTADOS UNIDOS rumores falsos de homens negros atacando mulheres brancas
dar início a um longo massacre de três dias em Atlanta, Geórgia. Homens Brancos atacar e
matar negros, homens, mulheres e crianças no centro de Atlanta. A contagem oficial da
morte é dada como quatorze, mas que tem sido afirmado que o número de mortos real era
muito maior, mas que a informação foi suprimida por oficiais da cidade de Atlanta,
tentando preservar a reputação da cidade, tal como ela é.

1907:. NICARÁGUA Os EUA invadem a Nicarágua em Puerto Cortés, em nome do


costume "interesses", as corporações americanas.
1907:. ESTADOS UNIDOS Em
dezembro, uma mina de carvão na Monongah, West Virginia explode matando pelo menos
362 homens e 250 crianças e deixando viúvas e mais de mil crianças sem apoio. Equipes de
resgate são forçados a trabalhar nos destroços da mina, sem máscaras de gás ou aparelho
respiratório e muitos estão gravemente feridos. O desastre Monongah, que ainda se
classifica como o pior acidente industrial da história americana, é apenas um de uma longa
série de desastres que marcaram a indústria do carvão americano desde o início. Poucas
semanas depois da explosão Monongah, 239 mineiros são mortos em Jacobs Creek, na
Pensilvânia. Em novembro de 1909, 259 mineiros são mortos em Cherry, Illinois.

A maioria dos mineiros mortos são


imigrantes, forçados pela economia a trabalhar por salários pobres em condições inseguras
que são grosseiramente piscou pelos tribunais e os governos estaduais e federal. Como na
indústria de todo os EUA, o trabalho infantil é utilizado extensivamente nas minas de
carvão para manter os salários para baixo e lucros para cima. Nas bacias, meninos de 10 a
14 anos de idade trabalham como garotos disjuntor ou catadores de ardósia por US $ 1 a
US $ 3 por semana.

No momento do desastre Monongah, o número de acidentes em os EUA está a aumentar


devido ao fracasso do governo de legislar e aplicar normas de segurança. Na Europa, por
outro lado, o número de acidentes está em declínio. Nos três anos seguintes à catástrofe
Monongah, mais do que um carvão mil mineiros morrem em os EUA em 1910, o
Congresso cria a Secretaria dos EUA de Minas, teoricamente, para melhorar a segurança
das minas, mas, na realidade, um exercício de propaganda para silenciar os críticos da
indústria da mineração. A matança continua. Uma explosão em outubro de 1913, em
Dawson, Novo México mata 263 mineiros. Em abril de 1914, 181 mineiros são mortos em
Eccles, West Virginia. 172 mineiros morrem março 1924 em Castle Gate, Utah. Em maio
de 1928, uma explosão em uma mina de carvão na Mather, Pennsylvania mata 195.

1907: ESTADOS UNIDOS. Entre 145 brancos, principalmente os membros do racista de


exclusão do campeonato asiático, forma uma multidão e ataque Oriente trabalhadores
indianos nos, Bellingham serrarias de Washington. Os sikhs que os imigrantes,
principalmente, com a ignorância racista típico são rotulados como "hindus", são
espancados e seus objetos de valor roubados. As autoridades de Bellingham vêem e não
fazem nada como os índios do leste são dirigidos à Câmara Municipal. Seis vítimas são
hospitalizadas e mais de quatrocentas vítimas são detidos na prisão Belligham, em
"custódia protetora". Naturalmente, nenhum dos máfia são julgados.

1907:. HONDURAS tropas dos EUA invadem e ocupam cinco cidades de Honduras para
"proteger os interesses americanos". Tente adivinhar o que são.

1907:. CHILE A ditadura chilena


apoiada pelos americanos usam metralhadoras fornecidas pelos EUA a arma até três mil
trabalhadores do salitre grevistas e suas famílias em Iquique. Os trabalhadores são parte do
crescente movimento trabalhista no Chile, que ameaça reduzir os lucros dos empresários,
exigindo um salário digno e condições de trabalho mais seguro.

1908:. PANAMÁ tropas dos EUA invadem a garantir a correta "resultado" das eleições.

1907:. ESTADOS UNIDOS Emma Goldman é presa em Nova York durante a tentativa de
exercer a liberdade de expressão ao falar sobre "Os Equívocos do Anarquismo". Não desta
vez Emma.

1908:. ESTADOS UNIDOS Um veterano de quinze anos do Exército dos EUA, William
Buwalda, sacode a mão de Emma Goldman depois que ela dá uma palestra sobre o
patriotismo em San Francisco. Devidamente a corte marcial condena Buwalda a cinco anos
de trabalho duro e uma baixa desonrosa. Não desta vez William. Não há nenhum direito
constitucional de apertar as mãos.
1908: ESTADOS UNIDOS. Quando
dois homens acusados negros são transferidos da cadeia local para sua própria segurança,
os moradores brancos de Springfield, Illinois ir em um rampage racista. Os moradores da
cidade natal de Lincoln Abraham incendiaram casas e empresas na parte negra de
Springfield. Uma multidão de quase doze mil vem para assistir a diversão e as tentativas de
sabotagem por bombeiros para apagar as chamas. Um homem negro, que tenta defender o
seu negócio é morto, seu negócio é queimada e seu corpo pendurado em uma árvore.

Milhares de moradores negros fugir de Springfield como cinco mil soldados da Guarda
Nacional entrar. A Guarda Nacional não parar a matança. A multidão apreende um preto
velho de 84 anos, cujo crime é ser casado com uma mulher branca. A multidão corta sua
garganta e lincha-lo em uma escola. Quarenta casas de propriedade de pretos e cerca de
vinte empresas negras são destruídas no tumulto. Pelo menos sete pessoas morreram.

Finalmente, um júri traz em mais de uma centena de acusações, mas apenas um réu seja
condenado por um crime, por roubar uma espada. A mulher branca que tinha dirigido a
maior parte do suicídio violência cometida antes de enfrentar acusações. A mulher cuja
acusação de estupro tinha começado o tumulto, depois admitiu que tinha mentido.
1908-1921:. ESTADOS UNIDOS boxeador negro Jack
Johnson bate para fora Tommy Burns na Austrália e se torna campeão de boxe peso-pesado
do mundo. A vitória de Johnson dá início a uma avalanche de racismo orquestrada pela
imprensa americana que apelam a uma "grande esperança branca para restaurar a ordem no
mundo."

A grande esperança é o ex-campeão Jim Jeffries, que sai da aposentadoria, dizendo: "Eu
estou indo para essa luta com o único propósito de provar que um homem branco é melhor
do que um negro." Em 1910 a luta entre Johnson e Jeffries, a banda ringue execuções
"Todos os crioulos são iguais a mim" e os cantos de torcida toda branca "Mate o nigeriano".

Jeffries é, na verdade, uma grande decepção branca e Johnson chuta o seu traseiro branco
muito bem. A vitória de Johnson é seguida por distúrbios raciais em todo os EUA, como
multidões de brancos atacando bairros negros. A Assembleia Legislativa do Texas proíbe
filmes da vitória de Johnson sobre o boxeador branco. Em 1913, Johnson foge dos EUA na
sequência de falsas acusações de violar as estipulações da Lei Mann contra o transporte de
mulheres brancas em todo estado linhas para a prostituição. Ele retorna para os EUA em
1920 e está devidamente preso e enviado para prisão de Leavenworth, onde há uma redução
do risco de ele derrotar qualquer um dos campeões brancos de boxe.

1909:. MÉXICO A pedido do magnata


do cobre americano William Greene, as tropas dos EUA apoiaram a ditadura de Porfirio
Diaz abate trabalhadores na mina de cobre Cananea-Greene impressionante para um
aumento mínimo de fome os seus salários, o fim da discriminação racial e de trabalho mais
seguro condições. Greene é um amigo próximo do assassino vice-presidente do México,
Ramón Corral. Diaz e Corral é conhecido no México como "Diaz e Morte".

1909:. ESTADOS UNIDOS Um homem grego acusado de ter um caso com uma "mulher"
branca em Omaha mata um policial tentando prendê-lo, provavelmente sob a cidade n
porking de Honky Mulheres por portaria gregos. O Omaha Daily News desencadeia uma
campanha de ódio contra os imigrantes. "Os gregos são uma ameaça para o trabalhador
homem americano ... assim como os japoneses, italianos e outros trabalhadores similares
(são)", o jornal diz aos seus leitores.

Quando os caipiras americanos fracassam em sua tentativa de apreender e linchar o


acusado, que liga o bairro da Cidade grega queimando e saqueando casas e empresas e
homens que batem, mulheres e crianças. Eventualmente, cada edifício no bairro de
imigrantes é queimado no chão. A polícia não faz nada para parar a violência e, em última
análise todas as pessoas de ascendência grega são expulsos da área.

A notícia e a verdade não são a mesma coisa.


Walter Lippmann

1909-1912:. NICARÁGUA Os Estados Unidos várias vezes invadem a Nicarágua para


"proteger os interesses americanos", que consistem principalmente daqueles do notório
Brown Brothers Bank, financiador da produção de algodão de escravos e mais tarde a ser
fundamental no financiamento do aumento do Alemão partido nazista e de Adolf Hitler via
W. Bush, o avô de George, Prescott Bush, e, por incrível coincidência, na venda de opções
de venda antes dos ataques ao World Trade Center em 2001.

1909-1959:. CUBA Uma série de norte-racistas mantiveram ditaduras branco, por vezes
instalados através fase de gestão "eleições", regras de Cuba. A corrupção, a repressão, a
discriminação racial e a pobreza desesperada para a maioria são a norma, enquanto o elite
branca local, como a família Bacardi e americanos ricos, como mercador da morte, da raça
mestre e defensor nazista torcedor-a-ser Irenee Dupont roubam as terras e riqueza do país.
1909: ESTADOS UNIDOS.
trabalhadores da indústria de vestuário entram em greve em Nova York e um grande
número estão devidamente presos. Não pode ser haver não retirada do trabalho na terra dos
livres. O juiz diz para as mulheres presas, "Você está em greve contra Deus".
1910-1912: Invasões, Apartheid, linchamentos, censura e The Quest For The
Master Race Mas no Conspirações

1910:. NICARÁGUA EUA fuzileiros


navais invadem a Nicarágua em Corinto e Bluefields "para proteger os interesses
americanos".

"Interesse" dos Estados Unidos na Nicarágua principal é a derrubada do sucessor do


presidente José Zelaya, que fez a sugestão ultrajante que a mineração americana e frutas
empresas que operam na Nicarágua deve pagar impostos e que não deveriam ser
autorizados a operar em regime de monopólio.

Isso é coisa bem louca por uma nação soberana para tentar puxar a multa corporações
norte-americanas, para que o governo dos EUA instala seu próprio ditador fantoche,
Adolpho Diaz, que terá a certeza de fazer exatamente como ele é falado.
1910:. ESTADOS UNIDOS Em novembro, Paul
Warburg, da família de banqueiros Warburg e outros quatro de grandes banqueiros judeus
sionistas do mundo a reunir-se em um esconderijo secreto em Jekyll Island, na costa da
Geórgia para planejar a criação de uma central de propriedade do banco privado para criar e
emitir todo o dinheiro nos Estados Unidos, efetivamente dando-lhes o controle da economia
dos EUA.

Os banqueiros judeus sionistas viajam incógnitos, fingindo ser caçadores do pato para que
ninguém saber quem eles são ou o que eles estão fazendo. Mas, como todos sabemos, não
há conspirações nos EUA de Deus., exceto aqueles realizados pelos muçulmanos maus, de
modo que este não poderia ser, eventualmente, ser um.

Por uma incrível coincidência, o senador Nelson Aldrich, da família Rockefeller, o homem
que chefiou a comissão do Senado que recomenda a criação de um banco central,
supostamente para evitar uma repetição do Pânico de 1907, também está presente na
secreta, reunião conspiratória.

1910:. ESTADOS UNIDOS Municipio de Baltimore passa uma portaria designando


oficialmente bairros racialmente segregados. Dallas, Texas; Greensboro, Carolina do Norte;
Louisville, Kentucky; Norfolk, Virginia, Oklahoma City, Oklahoma, Richmond, Virgínia;
Roanoke, Virgínia e St. Louis, Missouri, logo a seguir. Não é "nada como 'vivendo em um
país livre, não é?
1910:. ESTADOS UNIDOS A revista Mother Earth é banida dos
EUA depois que Anthony Comstock, auto-nomeado censor de tudo o que os americanos
podem ver e ler, critica o Post Office dos EUA sobre um ensaio de Emma Goldman,
intitulada O Tráfico de Escravos Brancos. Goldman agita o potenciômetro político,
apontando que a prostituição galopante nos Estados Unidos é um resultado direto dos
baixos salários pagos às mulheres criminalmente, deixando muitos sem outros meios de
sobrevivência.

1910:. ESTADOS UNIDOS Uma multidão invade a um tribunal em Dallas e apreende um


homem negro, Allen Brooks, que havia sido acusado de agredir uma garota branca. A máfia
estava dando um nó em volta do pescoço Brooks e arremessa da janela do Palácio da
Justiça, matando-o. Seu corpo é, então, ficou pendurado de um poste e cerca de dez mil
pessoas lotam as ruas para ver o espetáculo.

1910-curso:. ESTADOS UNIDOS A busca pela "raça mestre" foi iniciada pelo magnata
dos flocos de milho e anti-masturbação JH Kellogg que começa indo em sério mortal
quando as luzes principais da classe dominante norte-americana decide melhorar plantel ze
e fora das plantas daninhas "indesejáveis" na maior democracia do mundo.

A família de Carnegie sempre


benevolente Instituição Carnegie doa fundos para a evolução experimental em Cold Spring
Harbor, em Long Island, que irá desempenhar um papel de liderança na pseudociência da
eugenia. O laboratório de eugenia é, apropriadamente, sobre a propriedade dos irmãos Nazi
John Foster e Allen Dulles. Em 1910, os fundos da família Harriman o Eugenics Record
Office, que se torna o jogador de liderança na busca pela esterilização forçada de
"indesejáveis" e para as leis anti-imigração. Em 1917, quinze estados dos EUA têm leis de
eugenia, que prevê a esterilização forçada de americanos com epilepsia, a doença mental e
os condenados por crimes.

A pseudo-ciência racista da eugenia destina-se a destruir todos os seres humanos, exceto


aqueles que estejam conformes com o estereótipo dos nórdicos, europeus do norte. A
filosofia é aplicada através de esterilização forçada e as leis da segregação e as restrições do
casamento, em última análise, promulgada em 27 estados. O programa de extermínio é
dirigido principalmente aos negros, nativos americanos, hispânicos, europeus orientais,
judeus, pobres e deficientes.

os eugenistas norte-americanos
identificam árvores de família "defeituosas" e um plano de sujeitá-los a programas de
segregação ao longo da vida e da esterilização, destruindo a capacidade reprodutiva dos
"impróprios", aqueles considerados fracos, inferiores e indesejáveis pela classe dominante.

Em última análise, cerca de sessenta mil americanos são coercitivamente esterilizados,


milhares de casamentos são impedidos por motivos raciais e milhares de americanos são
forçosamente separados em "colônias".

Massive financiamento pelas "filantropias" isentas de impostos da classe dominante dos


EUA, especialmente da Instituição Carnegie, da Fundação Rockefeller, a fortuna da estrada
de ferro Harriman eugenia faz uma ameaça muito séria de grande escala para a liberdade
humana. Os barões ladrões estão em conluio com os principais cientistas da América da
Universidade de Harvard, Yale e Princeton, que criam dados falsos e torcem tudo para
servir aos objetivos racistas da classe maçonica dominante.

O complexo de Cold Springs desenvolve e mantém os registros de milhões de americanos


comuns como as parcelas movimento da extinção das famílias, linhagens e raças inteiras.
Cold Spring Harbor se torna o centro de um enorme esforço de lobby dirigida aos
legisladores e agências de serviço social para promover a agenda da eugenia. Os Harrimans
pagam as instituições de caridade locais, tais como o New York Mesa de Indústrias e da
Imigração, a procurar judeus e outros imigrantes e submetê-las à deportação, confinamento
e / ou esterilização.

Adolf Hitler estuda as leis americanas de


eugenia e as justificativas por trás delas e decide para legitimar o seu ódio racial inato e
anti-semitismo por envolvê-lo na fachada pseudo-científica da eugenia. A Fundação do
judeu sionista Rockefeller ajudou a fundar e financiar o programa de eugenia alemã, e
mesmo os fundos do programa, que em última análise, enviará o Dr. Josef Mengele em
Auschwitz, que, juntamente com cerca de quarenta outros campos de concentração, é uma
joint venture combinada da Standard Óleo dos Rockefellers e a indústria química nazista IG
Farben.

Nos anos 1920, cientistas eugênicos do Instituto Carnegie desenvolveram relacionamentos


pessoais profundos e profissionais com os eugenistas alemães. Quando Hitler “escreveu”
(na verdade foi um jesuita quem escreveu) Mein Kampf, ele freqüentemente cita a
ideologia eugenista americana e apresenta uma compreensão completa da eugenia
americana e seus jargões.

As leis raciais de Hitler, que em última análise, introduz na Alemanha se baseiam


diretamente em legislação eugenia norte-americana. A única diferença significativa na
busca de Hitler para um "mestre" raça é mudar a América termo "nórdicos" para
"Germânico" ou "arianos". Corrida da ciência, pureza racial e dominação racial, como a
promovida pela classe dominante norte-americana se tornou a força motriz por trás do
nazismo de Hitler. (Tanto o nazismo como o comunismo foram financiados pelos
banqueiros judeus maçons americanos e ingleses que são na verdade uma engenhosa
fachada para os Jesuitas e o Vaticano que são os verdadeiros Illuminati que controlam a
maçonaria.)

Em 1926, Rockefeller forneceu cerca de US $ 410.000, uma enorme fortuna na época, a


centenas de pesquisadores alemães da eugenia. Em maio de 1926, Rockefeller doa US $
250.000 para o Alemão Instituto de Psiquiatria do Instituto Kaiser Wilhelm. Entre suas
principais psiquiatras é Ernst Rudin, que se torna o diretor do Instituto e, eventualmente,
um arquiteto de repressão sistemática de Hitler médico de raças "inferiores".

Outro no complexo do Instituto Kaiser


Wilhelm de instituições eugenia é o Instituto de Pesquisas sobre o Cérebro. A concessão de
$ 317.000 do Rockefellers permite que o Instituto para a construção de um edifício
principal e assumir a liderança da "biologia racial" alemã. A bolsa é apenas o primeiro de
muitos a ser dado ao Instituto do Cérebro racista pela Fundação Rockefeller.

O Instituto do Cérebro, liderada por Rudin, torna-se uma força principal na experimentação
e assassina "investigação" realizada sobre os judeus, ciganos e outros "sub-humanos" pelos
nazistas. A partir de 1940, milhares de alemães retirado de lares de idosos, instituições para
doentes mentais e outras instalações são sistematicamente gaseados. No total, entre 50.000
e 100.000 são mortos.

Um receptor muito especial de dinheiro


Rockefeller é o Instituto Kaiser Wilhelm de Antropologia, Hereditariedade Humana e
Eugenia de Berlim. Durante décadas, os eugenistas americanos teriam procurado pares de
gêmeos, a fim de avançar em suas pesquisas de hereditariedade. Com o controle social
nazista e dinheiro Rockefeller, o Instituto foi capaz de realizar essa investigação a um nível
sem precedentes anteriormente. Na época de dom Rockefeller, Otmar Freiherr von
Verschuer, reverenciado nos círculos americanos de eugenia, funcionou como chefe do
Instituto de Antropologia, Hereditariedade Humana e Eugenia.

Com o dinheiro do “judeu” Rockefeller, a investigação sobre gêmeos no Terceiro Reich,


explodiu, dirigido por decretos do governo de fazer todas gêmeos no Reich elegíveis para o
programa de investigação. Em 30 de maio de 1943, assistente Verschuer de longa data,
Josef Mengele, vai chegar em Auschwitz e começar a tomar gêmeos da vagões que chegam
ao acampamento e realizando experimentos horríveis sobre eles, redigir os relatórios e
enviar a papelada de volta para Verschuer para avaliação .

1910-curso:. ESTADOS UNIDOS Andrew Carnegie faz um investimento de dez milhões


de dólares e cria o imaginativamente chamado Carnegie Endowment for International
Peace. Com Carnegie liderando o caminho, a América vai em breve ser repleta de livre
bases fiscais dos ultra-ricos, com aqueles que lucram com a guerra na liderança. Dentro
destas ficções jurídicas pouco, milhões, centenas de milhões e bilhões de dólares
multiplicar totalmente isento de impostos com o produto sendo usado para fazer lobby e
propaganda para os interesses dos filantropos de bom coração que os criou.

Um dos primeiros trabalhos do Carnegie Endowment for International Peace será, sem
nenhum traço de ironia, para fazer propaganda para os EUA para entrar na Primeira Guerra
Mundial. Quando Woodrow "Making The Safe World para a hipocrisia" Wilson decide que
a guerra realmente não é realmente uma coisa tão ruim, afinal os EUA e leva para ele, o
Carnegie Endowment telégrafos o presidente e encoraja-o a "ver que a guerra (não ) não
pode terminar muito rapidamente. "

Andrew Carnegie lucros resultante da venda da placa de armadura e disparar outras


guloseimas. Como os outros grandes "filantropias" da classe dominante, do Carnegie
Endowment criará relacionamentos pouco acolhedor com os presidentes americano e
funcionários em todo o governo federal e os meios de comunicação de massa.
Apropriadamente, o primeiro presidente do Carnegie Endowment for International Peace
não é outro senão Elihu Root, uma do século XX, o primeiro principais criminosos de
guerra.
Shyster para alguns dos barões do mundo
ladrão mais cruéis, como EUA Secretário da Guerra de 1899-1904 Root foi responsável por
inúmeros massacres, tortura e atacado uma ladainha quase interminável de crimes de guerra
contra o povo das Filipinas. Carnegie dificilmente poderia ter encontrado um presidente
mais adequado para a sua primeira "paz" da fundação.

1911:. HONDURAS EUA destacamentos navais invadem Honduras para "proteger os


interesses americanos". Os interesses norte-americanos são, na verdade, aqueles do Barão
de frutas americano, Sam Zemurray, depois da United Fruit (Chiquita Banana) da Empresa.
Os engenheiros dos EUA a derrubar o liberal, o governo legítimo de Miguel Davila e
instala Manuel Bonilla, um ditador fantoche que é muito mais confortável para as
necessidades das empresas bananeiras norte-americana.

O golpe é orquestrado por um mercenário americano, Lee Christmas, que é então instalado
como comandante-em-chefe do exército hondurenho pela ditadura Bonilla grato. Um dos
primeiros atos Bonilla é dar tratos Zemurray extensões de terras roubadas dos camponeses
e de dispensar todos os impostos por um período de 25 anos.

1911: ESTADOS UNIDOS. O Supremo


Tribunal Federal faz a descoberta surpreendente que Rockefellers 'Standard Oil cresceu a
monopolizar a indústria de petróleo para os EUA através de práticas ilegais e as ordens que
ele seja dividido em trinta e quatro novas empresas. Estes incluem Continental Oil
(Conoco), Standard de Indiana (Amoco), Standard da Califórnia (Chevron), Standard de
Nova Jersey (Esso / Exxon), Standard de Nova York (Mobil) e Padrão de Ohio (Sohio).
Estão todos de propriedade através de um intrincado labirinto legal que sempre nos leva de
volta a John D. Rockefeller e os grandes proprietários de outros da Standard Oil.
Claro, a coisa toda é só um monte de besteira e Standard Oil, em vários disfarces
continuarão a restringir a concorrência, engolindo competidores até os dias atuais.

Eu tenho maneiras de fazer dinheiro na qual você nem pode imaginar.


John D. Rockefeller

Eu prefiro ganhar um por cento fora os esforços de uma centena de pessoas do que
cem por cento sobre meus próprios esforços.
John D. Rockefeller

1911:. REPÚBLICA DOMINICANA Após a execução do ditador fantoche dos EUA para
a sua conivência com os EUA e a instalação de um governo nacionalista, de novo, os
Estados Unidos invadem a República Dominicana e derrubam os Dominicanos moderados
do novo governo e instalam outra ditadura fantoche dos EUA que permanecerá no poder
por décadas.

1911:. ESTADOS UNIDOS A Suprema Corte dos EUA ordena a Federação Americana do
Trabalho a cessar promover um boicote contra o Fogão Bucks e Empresa Gama. Não pode
haver ativismo do consumidor na terra da liberdade.

1911:. CUBA Os EUA eleva o USS Maine, que tinha convenientemente "explodido" e
afundou no porto de Havana, em 1898, servindo como inverosímil pretexto para a invasão
planejada EUA longo de Cuba, Porto Rico, Guam e as Filipinas. A empresa de sucata de
metal chinês ainda não estar em pleno funcionamento, o Hulk do Maine é rebocado para
águas profundas e afundado.

1911:. ESTADOS UNIDOS Cento e quarenta e sete


pessoas, principalmente mulheres e raparigas foram mortos em Nova York, quando um
sweatshop ocupando os três andares superiores de um edifício de dez andares, o Triângulo
Shirtwaist Company, pega fogo. Cinqüenta das mortes ocorreram quando as vítimas pulou
do prédio em chamas para fugir do fogo.

1911-1941:. CHINA forças dos EUA invadem e ocupam partes da China para "proteger os
interesses americanos". Cinco mil soldados dos EUA e uma frota de quarenta e quatro
navios são utilizados para forçar a China a abrir seus mercados para as corporações
americanas, preeminente entre eles o Rockefeller Standard Oil (Exxon-Mobil).

1912:. HONDURAS tropas dos EUA invadem Honduras para "proteger os interesses
americanos".

1912:. PANAMÁ totalmente EUA tropas armadas "supervisionar" uma eleição fora da
Zona do Canal ocupado a assegurar que a eleição dá certo.

1912:. CUBA A ditadura fantoche dos


EUA contra Cuba reprime sistematicamente, persegue e mata os negros cubanos e
estabelece os campos de concentração em que são forçados. Quando negros protestam
contra a repressão no Oriente, milhares (as estimativas variam 2000-6000) são abatidos
pela instalados e mantidos ditadura EUA.
1912:. ESTADOS UNIDOS
trabalhadores têxteis entrar em greve em Lawrence, Massachusetts, quando as usinas
Lawrence cortar seus salários que já são a nível de fome. As condições de trabalho nas
fábricas são tão horríveis que trinta e seis por cento dos trabalhadores morrem por volta dos
25. Os organizadores do sindicato são presos e grevistas são assassinados por bandidos da
empresa. Entre os defensores dos grevistas está Helen Keller que excursiona os EUA norte
angariar dinheiro para os trabalhadores.

1912:. CUBA tropas dos EUA invadiram Cuba para "proteger os interesses americanos"
por esmagamento de uma rebelião de negros na província de Pinar del Rio contra a
repressiva ditadura racista branco instalados e mantidos por os EUA

1912:. NICARÁGUA A bombardeia EUA, assaltos e, em seguida, ocupa a cidade de


Coyotepe.

1912-1917:. ESTADOS UNIDOS Joseph Kennedy, pai lhe consegue um emprego como
uma banca examinadora do Estado e Kennedy imediatamente lança sua carreira sombra
utilizando informação privilegiada obtida em sua posição para enriquecer a si mesmo.

1912: o México. Os Estados Unidos invadirem o México, Claris Estero.


1912:. ESTADOS UNIDOS A cidade de
San Diego decide que o direito de liberdade de reunião não se aplica aos trabalhadores mal
pagos e proíbe as reuniões de rua. Quarenta e um membros da Industrial Workers of the
World "são presos. Quando o IWW realiza uma reunião de protesto na frente do San Diego
City Jail, os manifestantes são atacados com mangueiras de incêndio.

1912-1933: a Nicarágua. forças dos EUA invadem e ocupam a Nicarágua por 22 anos a
fim de manter no poder o instalado anteriormente fantoche dos EUA contra a ditadura de
Diaz oposição popular maciça. Afirmando ser "promover a paz e a estabilidade do
governo" na Nicarágua, no estádio EUA gerencia o habitual fantasia "eleições" em que
apenas 4.000 das 572.000 pessoas estão autorizados a votar para o primeiro e único
candidato, o fantoche dos EUA Diaz.

Em troca da permissão para roubar uma fortuna para si mesmo, sua família e seus
comparsas, Diaz vende para fora do país para bancos dos EUA, especialmente o notório
Brown Brothers Bank, que controla o transporte da Nicarágua, a recolha de costumes e do
banco central.

1912-1968:. ESTADOS UNIDOS Na versão de fantasia da


história americana que todos nós conhecemos tão bem, Helen Keller é pouco mais que um
valente e doce senhora cega humorada, cujo único objetivo na vida parece ter sido a
prestação de um conto de fadas de inspiração para as crianças americanas .

Como tantas figuras na teia de mentiras e enganos que constituem a "história" americana, a
importância real de Keller e o foco real de sua vida foi, e ainda está sendo sistematicamente
suprimida e substituída por uma versão devidamente higienizada e altamente enganosa.

Reconhecendo que a pobreza, o sofrimento, a desnutrição, doenças e morte precoce era o


lote da maioria das pessoas na América, enquanto a classe dominante vivia vidas de quase
inimaginável luxo, a expensas suas e através de seu trabalho, Keller foi uma socialista sem
rodeios, uma opositora do governo pelo barões ladrões, uma forte defensora dos direitos
das mulheres e uma voz potente anti-guerra. Um acérrimo defensor para os cegos e os
surdos, Keller mantém que grande parte da cegueira e surdez no início do século XX na
América foi causado pelas condições horrivelmente inseguras de trabalho.

Keller visitou cortiços, falando contra as condições nojentas em que tantos americanos
viveram e muitos ainda o fazem. Ela chamou a atenção para a exploração de crianças como
mão de obra barata para a classe dominante. "Ora", ela escreveu em 1912, "Nesta terra de
grande riqueza porque há muita pobreza? Por que as crianças trabalham nas fábricas,
enquanto milhares de homens não podem começar o trabalho, por que as mulheres que não
fazem nada têm milhares de dólares por ano para gastar ? "

Tal como acontece com Emma Goldman, repetidas tentativas foram feitas para silênciar
Keller por apontar o óbvio. Como ela se tornou mais franca, as oportunidades de sua
publicação tornou-se cada vez mais limitadas. Quando os guardas de John D. Rockefeller
atiraram em treze pessoas e queimaram os seus onze filhos e duas mulheres vivas no meu
massacare de Ludlow, no Colorado, em 1914, os jornais se recusaram a levar a condenação
de Rockefeller feito por Keller. Ela então falou publicamente contra o velho bastardo
assassinato.

"Tenho acompanhado, passo a passo, a evolução no Colorado, onde mulheres e crianças


foram brutalmente assassinadas. Rockefeller é um monstro do capitalismo. Ele faz caridade
no mesmo fôlego, ele permite que os trabalhadores desamparados, suas esposas e filhos ser
derrubados ", disse ela.

Mas, os americanos da época não eram para ouvir ou ler tais coisas e os americanos de hoje
não é suposto saber que Keller nunca disse essas coisas.

1913-1914: Democracia Destruindo no México e no embuste da Reserva


Federal
1913:. ESTADOS UNIDOS Como os
barões ladrões ficam mais ricos e mais ricos, quase metade da população ativa dos EUA
trabalha longas horas em condições desumanas, indo para casa, para as favelas imundas
durante a noite. Uma enorme onda de greves começa e os socialistas americanos exigem a
derrubada do capitalismo. Em Ohio, a empresa guarda arma trabalhadores. Os membros da
Industrial Workers of the World "são linchados e os outros presos. Entre as principais vozes
a falar contra a exploração cruel dos trabalhadores americanos está Helen Keller, apesar de
a leitura a ter santificado e a versão censurada de sua vida comercializada para os
americanos, hoje, você nunca saberia disso.

1913: o México. O embaixador dos EUA no México, Henry Lane


Wilson, um advogado corporativo e colaborador próximo do Rockefeller e Guggenheim,
organiza uma campanha de propaganda mordaz e desestabilização, para derrubar e
assassinar o democraticamente eleito primeiro presidente do México, Francisco Madero .

Nos EUA, a campanha de propaganda contra Madero é liderada pelo senhor da guerra
racista, magnata de mídia amarela e propaganda nazi de William Randolph Hearst, que
tinha adquirido sete milhões de acres de terras roubadas dos camponeses mexicanos
assassinados graças à ditadura de Diaz apoiada pelos EUA . Sob Madero, os sete milhões
de hectares de "propriedade" de Hearst teriam eventualmente sido devolvidos aos seus
legítimos proprietários. No México, a campanha de ódio é liderada pelo jornal
fabulosamente chamado, El Imparcial, de propriedade, você só tem um palpite ..... os
Rockefellers.
Madero havia vencido a Revolução Mexicana, depondo o ditador apoiado pelos EUA e a
Grã-Bretanha, Porfirio Diaz. Díaz governou brutalmente por 30 anos e vendeu o país aos
interesses estrangeiros, principalmente americanos e britânicos, apesar de serem
autorizados a roubar uma fortuna para si, seus familiares e seus comparsas. Seu regime de
genocídio cometidos em grande escala, escravizaram milhões e roubaram centenas de
milhões de acres de terra dos povos nativos, dando origem à Revolução.

Francisco Madero ganhou a primeira eleição


democrática da história do México depois que ele derrubou Diaz. Madero foi, do ponto de
vista da classe dominante dos EUA, que o mais perigoso de todas as criaturas de Deus, um
crente em uma verdadeira democracia que implementou uma ampla gama de reformas
democráticas, incluindo a verdadeira liberdade de expressão, a verdadeira liberdade de
imprensa e eleições democráticas genuínas, coisas que os EUA gamais tiveram.

Além de tomar a medida radical e perigosa da execução a verdadeira democracia dentro da


curta distância dos Estados Unidos, que poderia dar as grandes massas dos EUA algumas
idéias impertinente, o maior crime de Madero foi impor um imposto de três centavos (um e
um centavo e meio) por barril sobre as exportações de petróleo do México, em grande parte
pela Standard Oil (Exxon-Mobil) e da Texas Oil Company (Texaco), o que enfureceu os
Rockefellers bilionários e seu club de ricos na classe dominante dos EUA.

Após o seqüestro de Madero, invoca a sua mulher com o embaixador Wilson para poupar a
vida de seu marido. Wilson, que está no meio de uma festa na Embaixada dos EUA celebra
a independência, liberdade e democracia no aniversário do proprietário de escravos,
especulador de terras, assassino em massa e limpeza étnica, George Washington, recusa-se,
explorando as alturas de hipocrisia dizendo que "seria impróprio para ele intervir nos
assuntos internos do México. "
Depois do assassinato a sangue-frio de
Madero e a tortura e assassinato de seu irmão, Gustavo, a instalação e o reconhecimento da
ditadura brutal de Huerta e seus esquadrões da morte é orquestrado pelo embaixador
Wilson. Milhares de mexicanos leais a Madero são abatidos no golpe que retira o México
do governo democrático só que nunca teve, mergulha o país em revolução, e leva
diretamente para a destruição em massa do país e as mortes de quase dois milhões de
pessoas, cerca de um oitavo de toda a população mexicana.

1913: ESTADOS UNIDOS. A Casa dos Representantes da Pensilvânia registra que pouco
menos de cento e cinqüenta crianças foram inoculadas com sífilis no Estado, " graças à
cortesia dos vários hospitais". Além disso, é registrado que quinze crianças no St.
Vincent's House em Filadélfia tiveram o agente infeccioso da tuberculose colocado em seus
olhos. Várias crianças estão permanentemente cegas. Sem taxas são estabelecidas.

1913-curso:. ESTADOS UNIDOS John D. Rockefeller decide


remontar sua auto implacável como um grande filantropo e estabelece uma série de
"caridades", o mais conhecido é o da Fundação Rockefeller. Além de ser um pouco
inteligente da propaganda, a fundações isentas de impostos fornecem uma maneira de
multiplicar a fortuna de Rockefeller completamente livres de tributação e, em seguida,
utilizando a vasta quantidade de dinheiro gerado, a expensas do contribuintes, para o
controle de uma grande extensão muito a direção e foco da ciência, educação, política,
medicina, economia, direito, mídia de massa, e mil outras coisas nos Estados Unidos e ao
redor do mundo para que tudo saia certo, do jeito que o velho JD teria gostado. E assim tem
acontecido.

1913-presente: ESTADOS UNIDOS. Aquela reunião secreta,


mas uma conspiração de banqueiros e do Senador Nelson Aldrich em Jekyll Island, em
1910, frutifica quando o chamado conselho da Reserva Federal dos EUA é formado. O
primeiro ato para estabelecer a Reserva Federal é elaborado pelo banqueiro Paul Warburg
internacional de Kuhn Loeb, e patrocinado por Aldrich, avô materno de Nelson e David
Rockefeller.

O ato Aldrich é rejeitado, mas, pouco antes do Natal de 1913, quando a maioria dos
congressistas estão convenientemente ausentes, o Bill Owens-Glass é rapidamente
aprovado, que institui a empresa privada que opera sob o nome enganoso da Reserva
Federal.

Um muito bom, multi-milionário de Hanukkah e Presente de Natal para os meninos no


quarto dos fundos. O projeto é assinado pelo Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para
banqueiros" Wilson, que havia concordado em fazê-lo antes de sua eleição em troca de
contribuições de campanha maciça dos meninos.

Ao contrário do que um equívoco cuidadosamente cultivado para as massas ignorantes, o


"Fed" não é um órgão do governo federal dos EUA, mas é uma empresa privada detida
integralmente pelos grandes interesses da banca comercial em grande parte controlada por
poucas famílias ultra ricas, a quadrilha de suspeitos de costume.
Este é o símbolo dito do grupo dos
luciferianos macôns ILLUMINATI mas que na verdade são uma fachada para os Jesuitas e
o Papa do Vaticano. Os banqueiros judeus sionistas são uma fachada para o Vaticano note
este símbolo da pirâmide com o “olho que tudo vê” que é muito ligado a maçonaria mas
que na verdade é um símbolo da Igreja Romana. Note as escrições em latim, qual é o único
estado do mundo onde essa língua morta é oficial? O VATICANO. Roma já controlava os
EUA há muito séculos antes dos banqueiros judeus sionistas entrarem em ação. Os jesuitas
controlaram por séculos os bancos e se utilizam dos judeus ateus como fachada para suas
operações. Os judeus Rothschild são os “guardadores” das imensas riquezas do Vaticano.

A identidade dos acionistas da empresa que cria e controla a oferta da moeda norte-
americana é, como é razoável, mantida em segredo do público americano. E, tal como
razoável, boa parte da atividade financeira do Fed é legalmente isento auditoria pelo
General Accounting Office (GAO). Afinal, os cidadãos americanos não têm o direito de
saber nada sobre a empresa privada que emite todo o dinheiro dos EUA e, para todos os
efeitos práticos, controla a economia dos EUA.

Alguns comentaristas dizem que os acionistas originais da empresa Reserva Federal foram
os Rothschild e seu Banco da Inglaterra em Londres, o Lazard Brothers' banco de Paris, o
Israel Moisés Seif Banco da Itália, o Banco Warburg de Hamburgo, Londres e Amsterdã, o
Lehman Brothers Bank de Nova York, o Banco Kuhn Loeb de Nova York, o Banco
Rockefellers 'Chase de Nova York e o Goldman, Sachs Bank de Nova York.

Dá-me o controle da economia de um país


e eu não me importo quem faz suas leis.
Mayer Rothschild Amsel
O Federal Reserve empresa "cria" todo o suprimento de dinheiro dos EUA. Na ausência de
ouro ou qualquer outra coisa de qualquer valor, trilhões de dólares são simplesmente
inventados do nada e considera existir, embora eles não têm mais substância, o valor ou o
valor real do dinheiro do jogo Monopólio. A moeda impressa representa apenas uma
pequena parte do dinheiro gerado. A maioria do dinheiro inventado hoje em dia existe
apenas como impulsos magnéticos em discos de computadores, apesar de tudo ainda tem
que pagar centenas de bilhões de dólares em juros para os meninos na sala de costas para
ela.

O "dinheiro" imaginário é emprestado a taxas relativamente baixas de juros pelo Federal


Reserve da empresa para os bancos privados que, em seguida, emprestam o recém-
inventado "dinheiro" a taxas mais altas de interesse para governos, empresas e indivíduos, e
não o fazem uma vez, não duas vezes, mas até dez vezes mais com o milagre do sistema
bancário chamado de reservas fracionárias. Sim meu caro eles emprestam o mesmo
dinheiro inexistente até dez vezes mais e cobram juros toda vez que eles fazem isso. E eles
recebem em juros sobre cada dólar do dinheiro inventado para sempre, década após década.

O Federal Reserve retrocede para trás a maior parte do lucro que faz sobre o golpe ao
governo federal que cria a ilusão de que tudo é útil kosher, mas isso é só fumaça e espelhos.
O lucro real é feita ao nível dos bancos que recebem o dinheiro barato inventado a partir do
Fed e, em seguida, emprestá-lo ao governo, empresas e consumidores dez vezes mais. Nem
um centavo dos bilhões ou trilhões é chutada de volta para alguém além das pessoas que
possuem os bancos.

É um sistema verdadeiramente milagroso e muito, muito rentável. Se os indivíduos


privados fazem exatamente o que os bancos privados do "Fed" fazem, eles serão
acusados de falsificação.

Além de fazer grandes fortunas do dinheiro inventado, a Reserva Federal dá aos meninos
na sala de volta o controle quase total sobre a economia dos EUA. Aumentando ou
diminuindo a "oferta" do dinheiro os meninos podem inflar ou desinflar o valor dos dólares
inventados pela sua própria vontade. A tendência de longo prazo é a inflação que
basicamente faz com que o dinheiro ganho pelos americanos comuns cada vez mais inútil.

Se o povo americano
alguma vez permitir que bancos privados
para controlar a emissão de seu dinheiro,
primeiro pela inflação
e depois pela deflação,
os bancos e corporações
que vai crescer ao seu redor
a privar o povo de sua propriedade
até que seus filhos acordarem sem abrigo
no continente que os seus pais conquistaram.
Thomas Jefferson
Fascista dono de escravos e assassino genocida
mas enganar ninguém.

1914:. ESTADOS UNIDOS Duas empresas da


Guarda Nacional, a sua remuneração subscrita pelos Rockefellers que possuem o Colorado
Fuel & Iron Corporation, com jagunços da Felts Baldwin Detective Agency lançar um
ataque contra os mineiros "tenda uma colônia, onde mil homens, mulheres e crianças
vivem. A Guarda pour arma de fogo automática das barracas, em seguida, colocá-las no
fogo. Dentre os vinte mortos são onze crianças e duas mulheres. Nenhum dos assassinos ou
aqueles que os contratou e pagou é punido.

1914:. ESTADOS UNIDOS Não é fácil ser rico. O


bilionário barão ladrão John D. Rockefeller teve um pouco de má imprensa, após o abate
que pagou no Colorado. Ele contrata propagandista Ivy Lee para enfeitar a sua imagem
pouco manchada. Lee surge com a brilhante idéia de ter o filho do puto velho assassino
dando-lhe a mão e distribuindo moedas para as pessoas pobres que se alinharam à sua
porta.
Deus deu-me o meu dinheiro ....
John Rockefeller D

1914:. ESTADOS UNIDOS Com seu impecável timing de costume, John D. Rockefeller
salva uns poucos centavos próprios para que ele possa adquirir a Remington Arms
Company apenas na hora de fazer algum dinheiro sério fora da Primeira Guerra Mundial.

1914-1999:. PANAMÁ Os EUA ilegalmente anexa e ocupa a zona do Canal do Panamá. O


Canal do Panamá, salvará os EUA e as corporações multinacionais e as forças armadas dos
EUA de dezenas de bilhões de dólares em combustível e tempo e ainda ganha o governo
bilhões dos EUA em taxas de trânsito.

Os EUA mantém nada menos que quatorze bases militares na zona do canal ocupado,
incluindo a facilidade de treinamento do mundo maior e mais famoso terrorista e tortura, a
Escola docemente chamado das Américas. As bases do Panamá são freqüentemente
utilizados como pontos de paragem para a desestabilização e / ou invasão das nações em
toda a América Central e o Caribe.

Ao governo do Panamá é pago anualmente uma ninharia em compensação, cerca de $ 1,4


milhões em 1980. Os EUA finalmente abandona o controle do Canal, quando já não tem
qualquer importância estratégica.

1914:. ESTADOS UNIDOS do presidente Woodrow Wilson


regime democrático é um tabuleiro virtual de administração do óleo, terra, madeira, bancos
e interesses da estrada de ferro que havia garantido a sua nomeação e, em seguida, comprou
e pagou por sua eleição. Seu assessor mais próximo, muitos dizem que seu mestre das
marionetes, é o "coronel" EM Home, intimamente ligado ao Petróleo Texas Company
(Texaco). Seu secretário do Tesouro é o seu genro, William Gibbs McAdoo, um empresário
falido que havia sido socorrido pelos interesses de JP Morgan e que lhe devia um ou dois
favor .

Fortemente apoiado pelos barões ladrões dos bancos, Wilson


havia concordado em assinar a lei criando a empresa privada Federal Reserve, em troca de
contribuições de campanha.

Wilson era conhecido por proferir o slogan da propaganda ridícula, " tornando o mundo
seguro para a democracia". Em 1907, em uma palestra na Universidade de Columbia,
Wilson tinha involuntariamente definido de antemão o que realmente significa a frase
quando disse: "Desde que o fabricante insiste em ter o mundo como um mercado, a
bandeira de seu país deve segui-lo e as portas das nações que estão fechadas contra ele
devem ser derrubadas. Concessões obtidas pelos financeiros devem ser salvaguardados
pelos ministros de estado, mesmo que a soberania das nações não querem ser ultrajado no
processo. " Isso é o máximo da cara de pau.

Quando ouviram isso, os meninos do fundo da sala sabiam que Woodrow era exatamente o
tipo de material presidencial que estavam procurando.

Wilson, interpretado na versão standard fantasia da história americana como um "liberal",


lançado pelo menos sete invasões não provocado e ilegal de outras nações em nome da
classe dominante norte-americana para quem ele trabalhava, mais do que qualquer outro
presidente na história dos EUA, incluindo os ostensivos fascistas, como Ronald
"Bloodbath" Reagan e Bush.
O grande "liberal" Wilson tinha apelado aos eleitores negros,
prometendo-lhes uma "Nova Liberdade". Ele recebeu mais votos devidamente pretos que
qualquer outro candidato democrata na história. Mas, um de seus primeiros atos como
presidente foi a ordem do apartheid nos locais de trabalho, salas de descanso e refeitórios
em todo o governo federal. Mas, naturalmente, a função primária de um presidente
americano é mentir para o povo e Woodrow era muito bom nisso.

1914-1917:. MÉXICO O México é o terceiro maior produtor de petróleo do mundo e o


porto de Tampico na costa Caribenha do México é o maior porto de petróleo no mundo.
Assim que Rockefeller Standard do Petróleo e do Texas Oil Company (Texaco) pode
continuar a extrair petróleo do México, sem pagamento de royalties e, mais importante
ainda, para garantir que a Revolução Mexicana falhasse, os scripts dos EUA e estágios que
é talvez a mais absurda de os inúmeros pretextos que tem encenado e produzido ao longo
dos anos para encobrir seus ataques não provocados em outras nações em nome da classe
dominante dos EUA.

Uma enorme frota de navios dos EUA


paira ameaçadoramente ao largo da costa mexicana. Os marinheiros do USS Dolphin,
congratulou-se no porto petrolífero de Tampico em terra sair, entrar ilegalmente numa área
restrita do porto. Eles são presos por patrulhas de segurança do México. Autoridades
mexicanas, lembrando do incidente USS Maine em Cuba, sem dúvida perceberam que eles
estão criadando confusão e rapidamente se desculparam e libertaram imediatamente os
agressores.

Para não ser superado pelos mexicanos simples, o almirante americano faz a procura insana
de uma salva de 21 à bandeira americana, sabendo perfeitamente bem que o orgulho
nacional não vai permitir que os mexicanos se submetam a tal humilhação pelos EUA

Depois que os mexicanos se recusam inevitavelmente, os EUA utilizam a recusa como


pretexto para começar o ataque sobre o México tinha começado a planejar quatro meses
antes. Os encouraçados dos EUA lançam um bombardeamento em larga escala, não de
Tampico, onde o incidente pretexto tinha sido encenada, mas a cidade portuária de
Veracruz quase 200 milhas de distância.

Os Estados Unidos atinja a


dúbia distinção de se tornar o primeiro país no mundo a realizar bombardeamentos
terroristas de uma população civil indefesa através de aviões, usando biplanos Curtiss
operacional do Texas.
A invasão e a ocupação de Veracruz pelos fuzileiros dos
EUA segue. Mais de quatro centenas de civis mexicanos são assassinados pelos Estados
Unidos ao tentar repelir os invasores com vassouras, pás e machados. Muitos mexicanos
estão mais feridos. Há muitos cadáveres para enterrar os sobreviventes para que eles sejam
cremados nas ruas com a gasolina. Construções por toda a cidade de Veracruz são
devastadas.

Veracruz foi cuidadosamente escolhida como alvo da América. Apesar da ocupação, os


EUA rouba todas as receitas alfandegárias de Veracruz, o maior porto comercial do
México, a fim de provocar a queda da ditadura de Huerta. Huerta tinha sido instalado há um
ano após o assassinato do Presidente democraticamente eleito Francisco Madero
orquestrada pelo embaixador dos EUA para o México, Henry Lane Wilson.

Como o Madero assassinado, Huerta cometeu o erro fatal de propor um imposto sobre o
petróleo exportado do México pelas companhias de petróleo dos EUA, principalmente os
Rockefellers "Standard Oil e do Texas Oil Company (Texaco), intimamente ligado ao
mestre de Woodrow Wilson fantoche, o" coronel " EM Home.
Instalado como ditador de Veracruz ocupada é nosso velho
amigo, assassino em massa, triturador de greves de trabalhadores e defensor de linchamento
cidadãos norte-americanos para falar contra a guerra, Frederick Funston, agora promovido
ao posto inebriante de seus esforços gerais para assassinar em nome do dirigente classe.

Ao fornecer classe dominante EUA favoritos Venustiano Carranza, com as grandes


quantidades de armas, munições, explosivos e gases venenosos, que cheguem a Veracruz
durante a ocupação ilegal, mantendo um embargo de armas contra populares líderes
revolucionários Emiliano Zapata e Pancho Villa, os Estados Unidos garante que forças
reacionárias de Carranza vai prevalecer e que a Revolução Mexicana irá falhar.

Como resultado, a terra e a riqueza do México continuam nas mãos de um pequeno número
de famílias brancas abastadas e dos interesses de empresas estrangeiras que tinham roubado
a terra do México e dos recursos com a conivência da ditadura de Diaz apoiados pelos
EUA. México vai continuar, ao longo do século XX, uma democracia clássico norte-
conformes, na realidade, uma ditadura de partido único, geralmente pouco mais do que um
fantoche de os EUA

Pelo menos um da Marinha dos EUA se recusa a vestir a Medalha de Honra (sic), ele é
concedido para a matança de civis inocentes em Veracruz. O líder da invasão ilegal, EUA
Corpo de Fuzileiros Navais major-general Smedley Butler, mais tarde expressa seu
arrependimento por suas ações em Veracruz e em muitas outras partes do mundo como um
homem de sucesso para os interesses dos EUA bancária, empresarial e do petróleo.

Nos meios de comunicação americanos, a política do regime de Wilson, que levou aos
ataques mortíferos no México e outros seis países e à morte de milhões em nome da classe
dominante dos EUA é alegremente designado "intervencionismo liberal".

1914-1934: Haiti. Os EUA invadem o Haiti por seis vezes durante 1914 e 1915 a fim de
aproveitar as receitas das casas alfândegarias haitianas, em nome dos interesses dos bancos
dos EUA, principalmente o National City Bank de Nova York. Cada vez que, "inquietação
interna" é usada como pretexto para as invasões ilegais dos EUA. Quando o recém-eleito
presidente do Haiti se recusa a entregar as ferrovias e bancos do Haiti para os banqueiros de
Nova York, os Marines dos EUA invadem mais uma vez, quebram o banco central de Porto
Príncipe e roubam US $ 500.000.

Os fuzileiros navais invadem permanecer


em ocupação ilegal do Haiti, reprimir violentamente a resistência em curso, matando
milhares e governar o país como uma colônia virtual até 1934. Entre os deveres dos
fuzileiros navais que amam a liberdade é a escravidão de centenas de milhares de haitianos
negros que são forçados a construir estradas e ferrovias para transportar os recursos
roubados do Haiti à espera de navios dos EUA.

Os EUA apreendem depósitos de ouro do Haiti, reescrevem a Constituição do país para


permitir que estrangeiros (leia-se "americanos") das empresas de propriedade de terras e
propriedades e, em seguida, as forças de sua aplicação, desfaz o exército haitiano e substitui
por um policial norte-treinados e "vigorosamente" doutrinados .

Na propaganda dos EUA, a invasão e ocupação ilegais do Haiti, o assassinato e escravidão


do seu povo e ao roubo de suas reservas de ouro e de recursos em nome dos banqueiros de
Nova York foi simplesmente o ato de sempre benevolente dos Estados Unidos "manter a
ordem durante uma período de insurreição crônica e ameaçados ".

1914:. REPÚBLICA DOMINICANA A fim de forçar o povo da República Dominicana


para pagar em dinheiro dado a ditadores fantoches EUA antes, navios de guerra americanos
do escudo da capital dominicana de Santo Domingo assassinar um número desconhecido de
dominicanos.

1914-1917: Primeira Guerra Mundial Países inteiros estão sendo devastados, milhões
estão sendo mortos e milhões de outras estão sendo feridos, estropiados para a vida, fome e
emocionalmente danificado, mas os membros da classe dominante norte-americana,
sentados em suas confortáveis cadeiras de segurança à margem, apenas ficam mais ricos e
mais ricos.
Os mercadores da morte, como eles serão chamados mais tarde, em audiências no Senado,
o financiamento da guerra e vender enormes quantidades de munições, aumentando
substancialmente a sua já enorme fortuna.

Na forma clássica da classe dominante, o


lucro que de ambos os lados da guerra. Quanto mais morte e destruição que pode facilitar,
mais dinheiro eles fazem. JP Morgan finanças tanto os Aliados e a Alemanha, a fim de
maximizar seus lucros. Morgan Guaranty Trust serão escolhidos por um pós-guerra comitê
do Senado dos EUA como sendo um importante financiador do esforço de guerra alemão.

Entre os maiores beneficiários do caos são os Morgans, o Duponts e o Carnegies. Graças às


vendas de guerra, os negócios de Carnegie / Steel dos Estados Unidos quintuplicaram e sua
margem de lucro aumentou para um astronômico 28%.

1914: ESTADOS UNIDOS. Há muito dinheiro que está sendo feito pelos mercadores da
morte da Grande Guerra, mas eles poderiam fazer ainda mais se os EUA se tornasse uma
nação combatente. Mais importante, é vital para os interesses da classe dominante que os
EUA estar em posição de influenciar o acordo de armistício que divide o mundo, quando a
guerra finalmente terminasse.

A classe dominante devidamente funda a chamada Segurança Nacional do campeonato, em


dezembro de 1914. Enquanto sua mão pegou o menino Woodrow Wilson fala suas linhas
de permanecer neutro, o campeonato começa uma grande campanha de propaganda para
preparar as massas dos EUA para uma eventual entrada da América na guerra. Um dos bits
mais criativos de decepção e difusão do medo é a ameaça que a Alemanha, se derrota da
Inglaterra, então os EUA invadem a Liga descreve paz e defende a neutralidade como
traidores e espiões. A NSL defende formação recrutamento militar universal, e o acúmulo
da Marinha dos EUA para o maior do mundo.

E quem é a Liga Nacional de Segurança realmente? Uma lista das pessoas por trás da NSL
é, na verdade, uma lista da maioria dos barões da América do líder ladrão e mercadores da
morte, Guggenheim, Dupont, Carnegie e Morgan, entre outros. Muitos dos nomes menos
conhecidos por trás da NSL, como o fabuloso chamado Henry Clay Prick, são
simplesmente lacaios da classe dominante. Antigo Henry Clay era Picar o Carnegie.

1915-1916: Cantores perigosos, os judeus Linchando e Nigerianos Falando


francês!

1915:. ESTADOS UNIDOS líder trabalhista Joe Hill (Joseph Hillstrom), um membro de
trabalhadores industriais do mundo, escreve canções capturar o espírito de luta e o
sofrimento dos trabalhadores dos Estados Unidos. Muitas vezes, definida como as melodias
de canções populares ou hinos, músicas de Hill-se uma muito eficaz, todos de protesto
contra as péssimas condições em que trabalham muitos americanos. Hill é silenciado
quando ele é condenado por acusações forjadas assassinato e executado por um pelotão de
fuzilamento, apesar dos protestos do mundo inteiro. Esse é o país da democracia.

1915:. ESTADOS UNIDOS os guardas da Fábrica de Roosevelt atiram em vinte atacantes,


em Nova Jersey, mas eles provavelmente estavam pedindo por isso.

1915:. ESTADOS UNIDOS A Suprema Corte dos EUA mais uma vez faz sua parte para
os interesses corporativos, quando defende os contratos chamados "Yellow Dog", que
proíbem a participação em sindicatos.
1915-1934:. HAITI Fuzileiros EUA invadem o Haiti e impor
uma constituição para a nação indefesa, tomando o controle das alfândegas de coleta para
os banqueiros americanos. Milhares de camponeses expulsos de suas terras, que é dado às
corporações dos EUA. Trabalho forçado (também conhecido como a escravidão) é imposta.

Uma revolta dos camponeses contra a ocupação dos EUA é


liderada por Carlos Magno Peralte. Durante um período de dois anos, o massacre EUA
Marines quinze mil haitianos negros. O movimento de liberdade é esmagado quando
Peralte é capturado e assassinado em novembro de 1919 e seu corpo colocado em exibição.

Os fuzileiros navais dos EUA ocupam o Haiti até 1934. Durante a ocupação, o presidente
fantoche dos EUA do Haiti é barrado justamente do Clube dos Diretores dos EUA em Port-
au-Prince, porque ele é negro.

Pense nisso, nigeriano falando francês!


EUA secretário de Estado
William Jennings Bryan

1915: ESTADOS UNIDOS. Dr. Joseph Goldberger, um médico de Saúde Pública dos
EUA, na tentativa de Mississippi para induzir deliberadamente a pelagra, doença de
deficiência em doze reclusos cujo "consenso" foi obtida por prometendo-lhes perdão.

1915:. ESTADOS UNIDOS


A Lei Comstock proíbe a distribuição de informação de controle de natalidade nos EUA
defendendo o planejamento familiar o marido de Margaret Sanger é preso por distribuir um
dos panfletos de sua esposa. Na época, Sanger fugiu na terra dos livres para evitar a
perseguição, repressão, pena, para defender o controle da natalidade.

1915: Estados Unidos . O papel crucial de Hollywood para criar a teia de ilusões, delírios,
fantasias, propaganda e mentiras descaradas que a maioria dos americanos acreditam que a
realidade fica um começo perfeito com sucesso DW Griffith, O Nascimento de uma Nação.

A Ku Klux Klan, em suas folhas brancas e chapéus pontudos, são os bons, e os loucos por
sexo escravos negros são os maus. A fim de manter as raças inferiores fora do negócio de
filmes, o sexo-enlouquecido "nigerianos" são retratados pelo direito de pensar honkies boot
com o polonês em seus rostos.
Presidente Woodrow "Making The Safe
World para a hipocrisia" Wilson era um grande fã da Klan e de propaganda racista de
Griffith. Wilson escreveu em sua História do povo americano, "Os homens brancos foram
despertados por um mero instinto de autopreservação .... até que finalmente havia saltado
para a existência de uma grande Ku Klux Klan, um verdadeiro império do Sul, para
proteger o país do Sul ".

Depois de ver o nascimento de uma nação em uma seleção especial da Casa Branca, Wilson
jorrou, "É como escrever história com relâmpagos, e meu único arrependimento é que é
tudo tão terrivelmente verdade".

1915-1916:. ESTADOS
UNIDOS Depois que os ingleses, franceses e alemães têm praticamente esgotado e falido-
se na Grande Guerra, a classe dominante dos EUA quer estar no fim para dividir os
despojos e os planos são feitos para aumentar a pro campanha de propaganda de guerra a
ser realizado pela elite da chamada Liga Nacional de Segurança. Henry P. Davison, um
parceiro JP Morgan, configura a Patrulha Aérea da Costa, procurando o céu por inexistente
aviões alemães. Bernard M. Baruch, um associado de longa data do Guggenheim, finanças,
em cooperação com os Morgans, os empresários os chamados Training Camp em
Plattsburgh, Nova York, projetado para empurrar para o treinamento militar universal e
preparados para a guerra.

A Liga da Marinha é criado pelo banco JP Morgan, George Westinghouse, Charles Schwab
e John Jacob Astor fazer lavagem cerebral do público e do Congresso em acreditar que um
vastamente expandida Marinha dos EUA é necessário para repelir os "Hunos". O deputado
Clyde H. Tavenner salienta que, "a Liga da Marinha, sob uma análise mais parece ser
pouco mais do que uma filial da casa do JP Morgan & Company, e um gabinete de
promoção geral de vendas para as várias armaduras e fabricantes de munições. "

Enquanto a Liga da Marinha e da propaganda de outros


equipamentos com êxito assustam o povo americano, Woodrow Wilson assina um projeto
de lei apropriando 662 milhões dólares para os militares dos EUA, o maior montante já
gasto para fins militares por toda a nação em paz na história do mundo. O senador Robert
LaFollette, em oposição à cessão de uma tal quantidade de dinheiro dos contribuintes
americanos para os Carnegies, Duponts, Morgans, Astors e seus amigos bandidos de
colarinho branco, diz: "Oponho-me, Sr. Presidente, para um jogo, um plano, uma
conspiração para forçar a este país um grande exército e uma grande marinha, para usar o
Tesouro do país, e se for necessário a vida do seu povo, para fazer o bem a especulação
estrangeira de alguns mestres inescrupulosos de financiamento. "

1915:. HAITI Marines dos EUA atacam os combatentes da resistência Caco tentar pôr fim
à ocupação ilegal dos EUA de seu país, matando duzentas pessoas e não deixando um único
ser humano vivo. Total de feridos entre os valentes fuzileiros navais? Um fuzileiro naval
foi atingido por uma pedra e perdeu dois dentes. Líder do massacre, o major Smedley
Butler, diz que suas tropas heróicas caçavam os haitianos "como porcos".
1915: ESTADOS UNIDOS. O transatlântico britânico
Lusitânia é afundado por um submarino alemão, matando 1.198 pessoas, incluindo 128
americanos. O naufrágio provoca indignação nos EUA e prepara o palco para a entrada dos
EUA na Primeira Guerra Mundial. De fato, como tanto os governos americano e britânico
estavam bem conscientes, o Lusitânia estava transportando mais de seis milhões de
toneladas de munição, tornando-o um alvo legítimo militar. Tudo foi premeditado com
antecedência e a pergunta é, quem são os terroristas?

E longe de ser um ataque furtivo, enquanto os americanos foram


repetidamente avisados, o governo alemão havia publicado os avisos aos passageiros nos
quarenta jornais dos EUA antes do Lusitânia partir.

1915-curso:. ESTADOS UNIDOS Os juros bancários de Morgan, que possui uma enorme
proporção do aço, construção naval, indústrias de armamentos e financeiras os EUA,
assumir o controle dos meios de comunicação dos EUA. Morgan doze recruta altos
executivos no negócio de jornais americanos e seleccionar as mais influentes jornais de os
EUA e identificar quais os que devem comprado fora, a fim de controlar efetivamente a
política da imprensa diária e, portanto, as idéias e crenças dos americanos.

A equipe de Morgan decide que é necessário para adquirir o controle de apenas 25 papéis
importantes para cumprir seu objetivo. Morgan efetivamente adquire o controle editorial
dos jornais, a ser pago mensalmente, e instala seu próprio editor em cada papel para
assegurar que todo o conteúdo editorial promova um ponto de vista que é benéfico para os
interesses de Morgan.

Não havia nenhuma necessidade de comprar a Time Magazine. Morgan tinha possuído uma
grande parte dela quase desde o início.

É claro que é uma imprensa livre, você está livre para comprá-lo, se você tem o
dinheiro.

1915:. ESTADOS UNIDOS Um judeu, Leo Frank, é acusado de


estupro e assassinato de uma menina que trabalhava em sua fábrica na Geórgia. Como de
costume, as contas de jornais sensacionalistas incitam ao ódio racista e inflamar a opinião
pública contra Frank. Depois que ele foi condenado em um julgamento duvidoso, Frank
tenta usar todos os recursos até a Suprema Corte se negar. Quando o governador comuta
pena de morte na Geórgia, um grupo que se autodenomina "Cavaleiros de Maria Phagan
seqüestram Frank da prisão e o lincham. Tente adivinhar quantos assassinos de Frank foram
julgados por assassinato.

1915-1916:. MÉXICO Os EUA repetidamente


invadem o México, às vezes penetrando várias centenas de quilômetros com uma força que,
eventualmente, os números quase 11.000 em "Black Jack" Pershing. Pershing é uma boa
opção para manter as raças inferiores no México em linha. Ele é um artista e assassino
genocídio em massa de alguma realização. Seus triunfos como um soldado americano
incluem o massacre de Wounded Knee.

O pretexto para a invasão do México é "perseguir bandidos", mas a verdadeira razão é a


interferir na Revolução Mexicana para ter certeza que dá certo e os malditos mexicanos não
ter controle sobre seu próprio país ou de seus recursos.

1916:. ESTADOS UNIDOS dois navios que levavam membros da Internacional dos
Trabalhadores do Mundo (IWW) são atacados por uma multidão em Everett, Washington,
sob o equívoco de que os membros da IWW são anarquistas. No caos, pelo menos sete
pessoas morreram e quarenta e sete feridos, embora os números reais podem ser muito
maiores. Escusado será dizer que este pequeno episódio, não para muito para o avanço dos
esforços do IWW para organizar os trabalhadores da madeira serrada no estado de
Washington.

1916:. ESTADOS UNIDOS Mesmo quando Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para a
hipocrisia" de Wilson ainda é supostamente comprometidos em manter os EUA fora da
Grande Guerra, os mercadores da morte estão indo bem de qualquer maneira sob o disfarce
de "preparação". O deputado afirma H. Clyde Tavenner que quatro empresas norte-
americanas "que constituem a confiança guerra receberam Exército e da Marinha contratos
totalizando US $ 175 milhões," e que "os oficiais do Exército e da Marinha generosamente
pagas a confiança guerra 20-60 por cento mais do que o mesmo material poderiam ter sido
fabricadas para nos arsenais do governo. " Quem diria que a Halliburton foi de cerca de
volta, então?

1916:. ESTADOS UNIDOS Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para a hipocrisia"


Wilson é reeleito com uma plataforma que dá muita importância ao fato de que ele manteve
os EUA da Grande Guerra (exceto, é claro, como financiador e fornecedor de armas ).
Quase cinco meses após sua reeleição, Wilson vai arrastar os EUA para a guerra.
1916-1917:. ESTADOS UNIDOS A polícia local fica
de braços cruzados e ver como fura-greves contratados pelo proprietário da fábrica de Neil
Jamison piquetes grevistas ataque em Everett, Washington. Ao retaliar os grevistas, a
polícia decide que é hora de intervir. Vigilantes vigor Industrial Workers of the World
falantes para executar um desafio, bater, tropeçando e chutando-los. Algumas das vítimas
são empalados em uma cerca fortificada. Quando o IWW convoca uma reunião para
discutir os ataques, os membros são alvo de disparos. Sete são mortos e cinquenta feridos.

1916-1924:. REPÚBLICA DOMINICANA Os EUA invadem


e ocupam a República Dominicana, desde uma colônia virtual de banqueiros de Nova York
e interesses açucareiros norte-americano, depois que o presidente dominicano exigências
dos EUA se recusa a nomear os cidadãos americanos a postos governamentais no governo e
para substituir o exército Dominicana com um norte-treinados e doutrinados nacional
"guarda".
Os militares dos EUA apreende bancos
Dominicana e alfândegas e coloca grandes segmentos da economia dominicana, incluindo
transporte terrestre e nas mãos de corporações americanas, a deslocação de milhares de
camponeses Dominicana.

No interesse sempre primordial de divulgar a liberdade e a democracia em todo o mundo,


os EUA se dissolve o legislador Dominicana, impõe a lei marcial e prende centenas de
presos políticos.

Os EUA proíbe dominicanos de possuir armas e censores notícias e informações, proibindo


a publicação de qualquer coisa considerada "anti-americano" pelos ocupantes ilegais. Não
pode ser havin sem liberdade de expressão em nossos países ocupados podemos?

1917-1918: Agora, A Grande Guerra é uma coisa boa, o fascismo na


América, Estágio SettingThe Para Adolf Velha Plus O Milagre da
liberdade de expressão

1917-1918:. ESTADOS UNIDOS Woodrow Wilson acabou de


ser eleito presidente com o slogan "Ele nos manteve fora da guerra", mas, sabe como é, as
pessoas mudam suas mentes. Agora que os britânicos, franceses e alemães têm
praticamente falido na Grande Guerra, parece que será mais rentável para a classe
dominante para colocar os EUA no ato de encerramento, como uma nação combatente ao
invés de apenas um fornecedor de armas. Terão, então, um papel em dividi-se os despojos e
escrevendo o roteiro para o futuro. Em 02 de abril, Wilson, não quer dizer mão na merda,
diz ao Congresso que "o mundo deve ser seguro para a democracia", alia-se com uma série
de monarquias não eleitos e, em seguida, define a destruir qualquer vestígio de uma
verdadeira democracia realmente existe nos Estados Unidos .
Temos agora um novo rumo nacional. Em termos de autocracia declaramos nossa
intenção de cavalgar o mundo com a democracia. Nossa determinação é fixa para
a democracia impulso amoroso com baionetas goela abaixo dos povos não
querem.

Olhemos para a empresa que irá manter no desempenho desta função


benevolente. Nós estaremos marchando lado a lado com o rei da Sérvia, o Rei da
Itália é a nossa companheira benefício, o rei da Bélgica está lá, assim também o
Rei da Roménia, o Imperador da Índia e do Rei de Inglaterra, o nosso irmão fiel;
para não falar do rei de Montenegro e vários outros principados e governantes,
assim como a Rússia caótica - a França é uma República apenas - e por último
mas não menos importante, são irmãos de sangue com o nosso querido amigo do
Imperador do Japão. E isso o nosso Chefe do Executivo, propõe como nossa "liga
de honra". O deputado Lundeen Ernest...

Os cadáveres pobres que trabalham no que os EUA não estão muito felizes com a coisa
toda, mas algumas pessoas estão esfregando as mãos cuidadas com alegria. A fabulosa
chamado Carnegie Endowment for International Peace telégrafos Wilson e encoraja-o a
"ver que a guerra (não) não pode terminar muito rapidamente." E não admira. Em 1916,
sozinho, o Reino Carnegies 'States Steel fez mais de US $ 348 milhões em lucros de guerra,
uma quantia quase inimaginável na época.
Para quem faz a guerra trazer prosperidade? Não é para o soldado que, para a
compensação generosa de 16 dólares por mês, ombros mosquete dele e vai para a
trincheira, lá para derramar o seu sangue e morrer, se necessário, não para a viúva de
coração partido que espera o retorno do corpo mutilado de seu marido, não para a mãe
que chora a morte do seu menino corajoso, não para os filhos pequenos que tremem de
frio, não para o bebê que sofre de fome, nem a milhões de mães e filhas que carregam o
coração quebrantado aos seus sepulturas.

Guerra não traz prosperidade para a grande massa de cidadãos comuns e patriótico. Ela
aumenta o custo de vida daqueles que trabalham e aqueles que já devem se esforçar todos
os esforços para manter corpo e alma juntos. Guerra traz prosperidade para o jogador de
ações em Wall Street, para aqueles que já estão na posse de mais riqueza do que pode ser
realizado ou apreciado. Nebraska senador George W. Norris como Woodrow Wilson
preparados para assumir os Estados Unidos na Grande Guerra

Para a classe dominante dos EUA, entrando na Grande Guerra como uma nação combatente
tem um outro efeito maravilhosamente benéfico: o crescente movimento trabalhista
liderado pelo Partido dos Trabalhadores Industriais do Mundo e da pressão dos
trabalhadores por uma parte um pouco mais justa do bolo econômico dos EUA está muito
bem, alguns diriam permanentemente, sabotado.

Agora, o inimigo dos americanos comuns não serão os barões e seus cafetões no governo,
os militares e a polícia, mas o Huno mal, o Kaiser alemão e todas as coisas. Os jovens não
serão lotação piquetes e protestando contra a depredações da classe dominante, eles irão,
em vez disso, ser convocadoS de forma segura e sob a lei militar.
Como podem nossos governantes afirmam que estão lutando para tornar o mundo seguro
para a democracia, enquanto aqui os negros dos EUA pode ser massacrados e suas
propriedades queimadas? Helen Keller
1917-1918:. ESTADOS UNIDOS Recrutamento começa nos EUA todos os homens
americanos entre 21 e 30 são obrigados a se registrar para o serviço militar, poucas semanas
após os EUA entrarem na guerra. No total, cerca de três milhões de homens americanos
estão redigidos. Ajuntamentos de homens em idade militar são realizadas nas principais
cidades. Em Nova Iorque, sessenta mil homens são apreendidos, em Chicago, vinte e sete
mil.

E, no entanto, estranhamente, existem alguns bons homens


jovens em idade militar que milagrosamente estão imune às inconveniências do projecto.

Edna J. Hoover, que adorava picar em torno de seu uniforme como um capitão de Cadetes,
teve anos de treinamento oficial de uma escola com links para West Point e estava apenas
na idade certa para ir e ficar morto na trincheiras lamacentas, continua a estar seguro no
seio quente da América, ou pelo menos do seu último namorado. Assim que a guerra é mais
segura, a Sra. Hoover valentemente obtém uma comissão como Major na Reserva dos
oficiais do Exército dos EUA.

W. Averell Harriman, naturalmente, não chegou perto das trincheiras. Ele está muito
ocupado ajudando a instalar os bolcheviques na Rússia, para sua família e os
Rockefellers podem ter em suas mãos todo o petróleo da bela russia, do manganês e
minério de ferro. O irmão de Averell e co-conspirador, "Bunny" Harriman também está
muito ocupado ficando mais rico para pegar uma arma a si mesmo. Inevitavelmente, os
organizadores do projeto Hitler-a-ser e primos Rockefeller, Allen Dulles e John Foster
Dulles conseguem escapar por entre a I Guerra Mundial, sem arriscar um fio de cabelo na
cabeça de seus patrícios.

Também imune ao projecto de Joseph "Joe Jittery" Kennedy. O sogro de Kennedy manda
Joe Jittery deixar seu trabalho de retirar falcatruas financeiras para se tornar gerente-geral
de Bethlehem Shipbuilding Corporation, um trabalho para que ele não tem absolutamente
nenhuma qualificação, mas que irá manter o seu jumento currupt segurança, fora da guerra.
Daniel Strohmeier, vice-presidente da Bethlehem Steel, dirá mais tarde que "Joe foi
acomodado para ignorar o projeto durante a Primeira Guerra Mundial por causa de muita
pressão de seu sogro." Sete meses após o fim da guerra, Joe Jittery encontra o seu interesse
na construção diminuiu e ele recebe de volta em seu primeiro amor, a burla financeira.

O projeto não pode ser bom para os pobres da classe


trabalhadora que são enviados aos montes para morrerem na lama da Europa, mas, para
alguns, o projeto é uma coisa muito boa. Em 06 de junho, dia seguinte ao registo
obrigatório para o projeto nos Estados Unidos, o mercado acionário salta para o céu sobre
as boas notícias e os relatórios de Chicago Tribune, "Projeto de Sucesso Coloca New Life,
em Nova York do mercado. Líderes Industriais em tendência ascendente. Os melhores
preços do ano chegaram. "Cada nuvem tem uma prata (ou ouro) forro.

1917: Porto Rico. As forças dos EUA a cidadania americana contra o povo da colônia
ocupada de Porto Rico sem o seu consentimento e sobre a oposição unânime da ilha Casa
dos Representantes. Não é "como a democracia americana estilo nada existe? O norte-
americano cidadania obrigatório para o povo da nação ocupada de Porto Rico significa que,
depois de ter seu país roubado pelos EUA, os porto-riquenhos vai agora ser objeto de
recrutamento para a prática do último minuto a entrada dos EUA na Primeira Guerra
Mundial.
1917:. ESTADOS UNIDOS tropas do Exército
dos EUA preto é atribuído o serviço perto de Houston, Texas. Enquanto os negros são,
aparentemente, bom o suficiente para servir no exército de Woodrow Wilson, que não são
bons o suficiente para sentar em qualquer lugar que eles querem em um ônibus ou comer
em algum restaurante que escolherem, nos Estados Unidos da América. Parece que quando
o velho Woody disse que todas as coisas que sobre a liberdade e tornar o mundo seguro
para a democracia, não significa que isso se aplique aos EUA.

Um dos soldados negros é preso por se sentar em um lugar num bonde "só para brancos".
Outro é preso por interferir na prisão de uma mulher negra pela polícia. Quando um cabo
preto pede à polícia local por que seus homens estão a ser preso, ele é chicoteado pistola,
tiro e, em seguida, preso.

Alarmado por boatos de que o cabo foi morto e que uma multidão branca estava marchando
em seu acampamento, os soldados negros apreender armas e marchar em Houston, atirando
nos cidadãos e a polícia. Os soldados matam cinco policiais Houston e onze cidadãos
brancos. Quatro soldados são mortos.

Os resultados judiciais que se seguem são


bastante diferentes daquelas que se seguiram centenas de casos de tumultos raciais branco e
ao linchamento de milhares de negros em que os EUA não são apenas os desordeiros
cobrada, mas mais de uma centena de soldados negros são condenados. Vinte e nove são
condenados à morte, dezenove dos quais são executados.

1917-curso:. ESTADOS UNIDOS EUA Exército Militar A Divisão de Inteligência com o


tenente-coronel Ralph Van Deman metas quatro grupos de cidadãos norte-americanos para
a vigilância e perseguição: ativistas sindicais, especialmente dos Trabalhadores Industriais
do Mundo, os adversários da proposta, os socialistas e negros . Prenunciando o assédio do
governo depois do Dr. Martin Luther King Jr., Van Deman abre um arquivo no avô
materno do rei.

Van Deman e mais oficiais da Divisão de Informações Militares são virulentamente anti-
semitas e promovem o anti-semitismo sempre que possível. Anti-semitismo e o ódio racial
são parte integrante das forças armadas dos EUA. Apropriadamente, West Point, na
verdade inclui material anti-semita e racista pseudo-ciência da eugenia no seu currículo.

1917:. ESTADOS UNIDOS


Internacional dos Trabalhadores dos mineiros nas minas de cobre do mundo Arizona greve
para exigir mais seguras condições de trabalho, o fim da discriminação contra a minoria dos
trabalhadores e um sistema de salário justo. Eles são demonizados como simpatizantes
alemães e vários milhares de homens armados, organizada pelo xerife local, o ataque aos
trabalhadores e força em mais de mil vagões cheios de estrume e "expulsar" os para o
deserto do Novo México. Sem custos são sempre constantes.
1917:. ESTADOS UNIDOS Industrial Workers of
the World organizador Frank Little é linchado em Butte, Montana.

1917:. ESTADOS UNIDOS A Grande Guerra é particularmente bom para mercador da


morte, Dupont. o maior produtor mundial de pólvora sem fumaça ancinhos e dinamite no
lucro impressionante de US $ 250 milhões de toda a morte e destruição que, seis vezes o
que tinha feito no período de quatro anos antes da guerra.

1917:. ESTADOS UNIDOS A seção


negra de East St. Louis é atacado por uma multidão branca. Seis mil negros estão
desabrigadas e até duzentos são mortos no massacre. Corpos são encontrados flutuando no
rio Mississippi. Sem custos são sempre constantes.

1917:. ESTADOS UNIDOS Sob a ameaça implícita dos EUA, Dinamarca, vende o que
vai tornar os EUA Ilhas Virgens dos Estados Unidos.
1917-1918:. ESTADOS UNIDOS The War Industries
Board (WIB) está estabelecida. Samuel P. Bush, pai do nazi-financiador a ser Prescott
Bush, e avô de George W. Bush, é nomeado chefe da Artilharia, Armas e Munições Seção
da Câmara. Embora ele não tem absolutamente nenhuma experiência no campo, Bush é um
servo bem comprovada do Harrimans e os Rockefellers e é isso que realmente importa.

Bush é atribuída a responsabilidade pela "ajuda" do governo para as relações com os braços
e os Rockefellers "Remington e outros fabricantes de armas. A Guerra das Indústrias
próprio Conselho é dirigido por Bernard Baruch, um especulador de Wall Street, com
estreitos laços pessoais e de negócio para o comerciante do Guggenheim de morte e de
barão ladrão EH Harriman. Baruch pessoalmente alças manipulações Harriman de Wall
Street.

Em 1918, Bush é nomeado diretor da Divisão de Instalações das Indústrias de Guerra


relatórios de Baruch e assistente de Baruch, o banqueiro de Wall Street privado e outro
nazi-financiador a ser, Clarence Dillon nee Lapowski.

Robert S. Lovett, o Presidente da Harrimans 'Union Pacific Railroad, conselheiro-chefe


para EH Harriman, executor de sua vontade e ainda um outro nazi-financista-a-ser é
colocado no comando da produção nacional e de compra "prioridades" para o WIB .

E, por incrível coincidência, outro financiador Nazi-a-ser, John Foster Dulles, em breve se
juntar ao WIB.
E, para completar o que será o Hitler do
projeto de equipe, Samuel Pryor, presidente da comissão executiva da Remington Arms,
que irá fornecer armas para os camisas pardas nazistas para aquisição de Hitler da
Alemanha, também é colocado no WIB.

A Guerra das Indústrias de mesa, além de sua finalidade principal de transferência de


riqueza dos americanos comuns para as famílias da classe dominante, parece ter funcionado
como um campo de treinamento e clube privado para os homens que mais tarde iriam
orquestrar a tomada da Alemanha por Adolf Hitler e os nazistas e mergulhar o mundo os
horrores da Segunda Guerra Mundial.

Todas as seções das Indústrias de Guerra são tripuladas por executivos das empresas muito
a Câmara deveria ser controlada. A Secção Locomotor é composto inteiramente de
executivos da indústria de transformação locomotiva. A Secção de Calçados e Couro é
composto por oito pessoas, todas elas de empresas de calçado ou couro. O mesmo vale para
as manufaturas de lã seção, a de cimento, a Seção de cobre e a seção de aço. Na verdade,
cada secção das Indústrias de Guerra é pouco mais que um clube privado do industriais a
Câmara é suposto estar a exercer controle sobre eles.

O exemplo mais escandaloso de controle societário da placa Indústrias de Guerra é a Seção


de petróleo, cujo presidente é o presidente do padrão dos Rockefellers 'Oil, uma empresa
que acaba de ser considerado culpado de violações maciças dos anti-trust e agora está
oficialmente dirigindo um parte do trabalho do governo dos Estados Unidos.

Sob a direção das Indústrias de Guerra, grandes quantidades de dinheiro dos contribuintes
dos EUA acaba nas mãos de bem ligado fabricantes de armas e os portadores de certas
matérias-primas e patentes.

Os lucros sobem como foguete na classe dominante dos EUA. Os lucros da Dupont
cresceram mais de um mil por cento e o mercador da morte ainda colhe benefícios enormes
dos contribuintes na forma de subsídios maciços para construir fábricas e fábricas de
produtos químicos que irão beneficiá-lo por muiot tempo após a guerra acabar.

As ações da Bethlehem Steel sobem pelo dois mil por cento. General Motors estoque
(detida em grande parte pela Duponts) aumentos no valor de quase mil por cento.

E, claro, há a habitual ronda de fraudes e dinheiro desaparecendo. Mais de um bilhão de


dólares do dinheiro dos contribuintes é gasto, supostamente para compra de aviões de
combate, que ainda não foi entregue, depois uma investigação irá revelar.
1917-1991: / SOVIÉTICA. UNIÃO RÚSSIA Na Rússia pré-
revolucionária, a cada centímetro quadrado de terra única, cada partícula de riquezas
minerais e cada gota de óleo é de propriedade pessoal da familia Romanov e, claro, esse é o
caminho que tinha sido ordenado pelo nosso bom amigo, o Senhor Deus Todo-Poderoso, de
acordo com os Romanov.

O Rockefellers, sendo um passo acima de Deus, não aceitam essa


distribuição arbitrária da riqueza de um ser divino e estão tendo sonhos molhados sobre a
obtenção de suas mãos em todo o petróleo da bela Russia. O depoimento no Congresso,
mais tarde, revelou que o Rockefellers enviaram grandes somas de dinheiro a Lenin e
Trotsky em uma tentativa de derrubar o czar, instigando e controlar a primeira revolução
comunista em 1905. Tanto o comunismo e o nazismo foram financiados pelos banqueiros
judeus sionistas satanistas dos EUA e Inglaterra seguindo ordens de seus superiores e reais
donos da banca internacional os Jesuitas e o Vaticano que são donos de vastas toneladas de
ouro, prata, obras de arte e imóveis sem fim pelo mundo. Nada nem ninguém tem mais
dinheiro, recursos, poder e influência sobre a façe da Terra do que o Vaticano e isso já dura
milhares de anos o Papa é extenção viva do antigo Império dos Césares.

Os banqueiros Rockefeller, Jacob Schiff da Kuhn Loeb, enviam um emissário pessoal,


George Kennan, a Rússia, onde ele gasta cerca de vinte anos a promover a revolução. O
financiamento para a revolução bolchevique também é fornecido pelos bancos Warburg, a
família Morgan Guaranty Trust e os Harrimans. Engraçado o velho mundo, não é?

O Czar abdicou, finalmente, e quando seus sucessores são derrubados, Leon Trotsky é
enviado para a Rússia por aquele bastardo assassinar velho, John D. Rockefeller, que obtém
um passaporte especial para Trotsky falsificou do regime de Wilson e fornece Leon, com
US $ 10.000 em dinheiro para despesas.

Em 1922, Averell Harriman e Herbert W. Walker, bisavô materno de George W. Bush,


criou seu escritório sede europeia em Berlim. Os crimes de guerra dos EUA contra o
promotor John Loftus tarde indica que o Harrimans estavam atrás de uma frente comunista
soviética, que se apoderou do ouro do Czar, a fim de apoiar os bolcheviques e financiar a
Revolução Russa. Mas o ouro russo foi para o Vaticano que desejava roubar os bens e
destruir a Igreja Ortodoxa Russa a sua mais antiga e mortal rival desde a caída de
Constantinopla pelos muçulmanos.

Segundo Loftus, Averell Harriman também alegremente faziam negócios, através da Brown
Brothers, Harriman e Harriman subsidiárias Quinze Corporation, com Joseph Stalin como
ele assassinou a sua oposição aos milhões.

Walker e Harriman entra em negócios com a nova ditadura soviética e liderar um grupo de
especuladores de Wall Street, que re-iniciar a indústria do petróleo russo, que tinha sido
devastada pela Revolução.

Eles contrato para mina de minério de ferro e manganês Soviética, um elemento essencial
na produção de aço moderno. Os negócios estão organizados diretamente com Leon
Trotsky, então com Feliks Dzerzhinsky, fundador da KGB, e continuou sob o regime
assassino de Joseph Stalin. As matérias-primas russas vão para os interesses de aço da
Thyssen, a maior parte do eixo de Rockefeller, Harriman-Walker Bush, no financiamento e
armamento de Adolf Hitler e os nazistas e organizando a sua aquisição da Alemanha.

Para poupar custos de transporte sobre o minério de ferro da Rússia e do carvão necessário
para fundi-la, Harriman procura um site no leste da Polônia para uma fundição e decidir
sobre os campos de carvão da Silésia, nas margens do rio Vístula, na Polónia. De lá, um
canal pode ser escavado para embarcar minério de ferro e manganês barato da Rússia.

O nome da cidade polonesa escolhido para o triunfo do capitalismo era Oswieczim. Nos
próximos anos, vai ser melhor conhecida por seu nome em alemão: Auschwitz.

1917-curso:. ESTADOS UNIDOS Depois Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para a


hipocrisia" Wilson faz o seu flip flop pouco sobre a Grande Guerra, é hora de chicotear
para o público americano na linha. Uma semana depois da declaração de Wilson de guerra,
ele cria o chamado Comitê imaginação de Informação Pública (CPI) para fazer propaganda
da guerra e, literalmente, para fazer lavagem cerebral em massa da América. Ele marca o
início do cientificamente massa de controle da mente baseado nos Estados Unidos.
A CPI, presidida por um dos comparsas pessoal de Wilson, um
publicitário chamado George Creel, é composta de pessoas cuidadosamente selecionadas a
partir do filme emergentes e da publicidade, bem como do meio académico, a psicologia, a
imprensa, a indústria musical e o mundo da arte. A CPI é para "proteger o controlo e gestão
da sociedade americana" por "uma elite técnica que serviria de poder estabelecidas". O
ministério do regime de Wilson de propaganda e manipulação imediatamente identifica os
métodos básicos que lhe permitirá controlar as mentes das massas americana: o apelo à
emoção, enquanto ignorando a verdade ou lógica, substitua os fatos com símbolos,
demonizar o "inimigo" e a promessa de uma guerra que vai "tornar o mundo seguro para a
democracia". Leitores astutos MTWSFH vai perceber o quanto as coisas mudam ao longo
dos anos.
A mais recente e sutil instrumento deve soldar milhares e até milhões de seres humanos em
uma massa amalgamada de ódio e de vontade e esperança. Uma nova chama deve
queimar o cancro da dissidência e da têmpera do aço de entusiasmo belicoso. O nome
deste novo martelo e bigorna da solidariedade social é a propaganda.
Harold Lasswell

O perito do IPC de controle superior da mente é Edward Bernays, um


sobrinho de Sigmund Freud, que se aplica obra de Sigmund antiga para a arte do controle
mental em massa, misturando técnicas de publicidade moderna, com um profundo
entendimento da psicologia individual e de massa. As técnicas básicas de controle da mente
utilizado pela CPI estão os antigos, utilizado com sucesso pela elite dominante durante a
Revolução Americana, a guerra hispano-americana e inúmeros outros eventos. Mas, agora,
há novas ferramentas extremamente poderosas de empregar no controle da mente
americana: rádio e filmes e, em poucas décadas, a lavagem cerebral mais poderosa e a
maior ferramenta de desinformação de todos eles vai aparecer, a televisão. A criação da
CPI por Wilson marca uma viragem na história mundial. O controle das percepções,
pensamentos e crenças de populações inteiras agora é não só possível, mas incrivelmente
fácil. Bernays chama de "engenharia do consentimento".

Aqueles que manipulam o mecanismo oculto da sociedade constituem um governo invisível


que é o verdadeiro poder do nosso país. Nós somos governados, nossas mentes são
moldadas, nossos gostos formados, nossas idéias são em grande parte por homens que
nunca ouviram falar. Este é um resultado lógico do modo em que a nossa sociedade
democrática é organizada. Um vasto número de seres humanos devem colaborar desta
forma para que possam viver juntos, como um bom funcionamento da sociedade. Em quase
todo ato de nossas vidas, seja na esfera da política ou dos negócios em nossa conduta
social ou o nosso pensamento ético, nós somos dominados pelo número relativamente
pequeno de pessoas que compreendem os processos mentais e padrões sociais das massas.
São eles que puxam os fios que controlam a mente do público. Edward Bernays

Como Bernays reconhecia, a ferramenta mais poderosa


para controlar a população é o medo e facilmente identificável um inimigo,
desumanizado é necessário para provocar o medo. Dentro de alguns meses, por inundar os
EUA com literatura de ódio anti-alemão, imagens, filmes e música, a CPI conseguiu
transformar os EUA de uma nação que consiste amplamente de isolacionistas a um bando
de inimigos raivosos e aterrorizado de Hunos cobiçando por sangue.
Tão grandes são as resistências psicológicas para a guerra nas nações modernas que toda
guerra deve parecer uma guerra de defesa contra um assassino, agressor ameaçador.
Harold Lasswell
A chave para controlar a CPI da mente programa é a desumanização e a demonização do
povo alemão e isso inclui americanos descendentes de alemães que são vítimas de
assassinos "patriotas", em grande número. Sob George Creel, o IPC inventa inúmeras
histórias falsas de atrocidades alemãs. A mídia de massa manso, obediente levar a CPI está
inclusive de doces envenenados sendo descartada por aviões alemães para as crianças, os
soldados alemães matando bebês e espetando-os com baionetas, o estupro de freiras belgas
pelos alemães, os alemães cortando as orelhas de cadáveres, os soldados alemães dando
crianças granadas de mão para jogar nos americanos e os alemães infectando temente a
Deus com tuberculose.
No início, a maioria dos americanos vê que a propaganda de
atrocidades sendo bombeada para fora da CPI não é nada absurdo, mas a fabricação e
referem-se à prática como "Creeling" em honra de mentiroso chefe da CPI. Mas, em poucos
meses, as mentiras que têm sido tão minuciosa e repetitiva distribuídos por todos os canais
de comunicação nos Estados Unidos que a maioria dos norte-americanos aceitam a mentira
como sendo verdade. E é assim até hoje como o caso do Iraque, Afeganistão e o atentado
“terrorista” ao WTC. Nosso esforço foi educativo e informativo em tudo, pois tínhamos
essa confiança no nosso caso, como a sentir que nenhum outro argumento era necessário
que o simples, simples apresentação dos fatos. George Creel

Comitê de Wilon de Informação Pública realiza uma guerra


psicológica contra o povo dos Estados Unidos em uma escala sem precedentes na história
humana e com um grau de sucesso da qual o ministro de propaganda nazista Josef
Goebbels só podiam sonhar. A CPI está organizada em dezenove divisões, cada uma focada
em um determinado tipo de propaganda. Equipes de especialistas em publicidade e
psicólogos inundações todos os meios possíveis de comunicação, os EUA com o objetivo
de gerar ódio de tudo o apoio alemão e fazer de cada aspecto da guerra, a única opção
possível para uma "patriótica" americana. As figuras públicas, tais como John Dewey e
Walter Lippmann são recrutados para dar credibilidade a propaganda do CPI.
A CPI cria o Four Minute
Men, 75.000 falantes voluntário em 5.200 comunidades, que entregam propaganda da CPI
para seus vizinhos e às congregações da igreja. Os psicólogos da CPI tem como alvo
diversos segmentos demográficos do público americano com propaganda tailor-made.
falantes de línguas estrangeiras são usadas para segmentar os imigrantes, os agricultores
são usadas para vender a guerra para os agricultores, os empresários são usados para
convencer outros empresários da força recentemente descoberta da guerra. Em todos, os
oradores da CPI dá mais de sete milhões de discursos, provocando ódio e do medo da
Alemanha e os alemães com mais de trezentos milhões de pessoas. Depois de muitos
discursos, agrupam-se e atacar casas germano-americano e das empresas.

Os peritos da CPI do controle da mente são muito


conscientes de que imagens são muitas vezes os instrumentos de propaganda mais
poderosos do que as palavras e da Divisão de Publicidade Pictorial recruta ilustradores
de publicidade superior e cartunistas que trabalham em estreita colaboração com
especialistas em publicidade na divisão de publicidade para prestação de propaganda
através da mídia impressa, notadamente cartazes e ilustrações e publicidade em revistas e
jornais em que são dadas espaço livre pelos editores da cooperativa. Praticamente todas as
publicações no mainstream dos EUA carrega um contingente substancial de propaganda da
CPI. Emocionalmente cartazes poderoso, freqüentemente pintado em cores patrióticas, são
rebocados em outdoors em todo o país pedindo o sacrifício de dinheiro ou de um filho ou a
própria vida para a guerra.

Divisão da CPI da notícia, distribui mais de seis mil comunicados de imprensa e se torna o
principal fornecedor da "notícia" de guerra para a mídia de massa americana e, portanto, o
povo americano. Em uma semana típica, mais de vinte mil colunas de jornal nos EUA estão
cheios de material fornecido pela CPI.

Ciente do fato de que muitos leitores de jornais pagam pouca atenção a "notícia" itens que
ele plantou, a CPI cria a Divisão de Recursos sindicado e recrutas principais romancistas,
contistas e ensaístas de entregar propaganda da CPI nessas formas. A CPI estima que mais
de doze milhões de americanos lêem a propaganda do Sindicado da Divisão de Recursos de
cada mês durante a guerra.

Para aqueles ainda menos interessados na palavra escrita, os


americanos que pular passado "notícias" da CPI e recursos para as páginas engraçado,
Bernays e os meninos criar uma divisão de desenhos animados que as plantas enormes
quantidades de CPI propaganda em páginas de desenhos animados e suplementos. O
objetivo declarado da divisão é "mobilizar e direcionar a energia dos desenhos animados
dispersos do país para o trabalho construtivo de guerra." A propaganda dos desenhos
animados atinge novos patamares na disseminação de ódio anti-alemão como os feitos
pela Disney. Os hunos maus dos desenhos animados têm focinhos, dentes, faces peludas,
olhos vermelhos e dentes. Nos desenhos, os alemães tornam os humanos em cadáveres,
roubam tudo à vista, assassinam e estupram aleatoriamente donzelas inocentes aos
milhares, coisas que os alemães nazistas acusam os banqueiros judeus de fazerem.
Uma das divisões de dezenove CPI dos usos da música
popular como parte de seu programa de controle mental em massa. A CPI contrata milhares
de compositores que criaram canções com letras anti-alemão. Partituras das músicas CPI é
impresso e distribuído completos, com ilustrações de hunos maus e grotescos. Dentre os
compositores está o judeu Irving Berlin que tinha nascido Israel Isidore Baline.
Curiosamente, Berlim não abandonar o seu nome alemão aprovou muito, em um ambiente
onde salsichas havia se tornado "salsichas liberdade" e dachshunds se tornaram "cães de
liberdade" . Talvez o Berlin calculou que, nos Estados Unidos, era melhor ter um "nome"
alemão, mesmo no meio da CPI do ódio anti-alemão de campanha do que um nome judeu.

Divisão da CPI da Educação Cívica e Cooperação usa estudiosos domar a escrever


panfletos de propaganda anti-alemã, com títulos como The Whisper alemão, Guerra alemão
Práticas e Conquista e Kultur.

A CPI manipula bibliotecários da nação para se tornar censores. Eles adotam rapidamente o
conceito da CPI que é seu "dever" de proteger os consumidores de materiais de "desleal".
"Pro-alemão" livros e pacifista são retirados das prateleiras da biblioteca e substituído por
propaganda CPI. Obras de grandes escritores alemães como Goethe e Schiller são
removidos de bibliotecas americanas. Bibliotecas mesmo desempenhar um papel na
americanização do Programa de Inscrição CPI. Milhares de cartas são distribuídas aos
imigrantes através de bibliotecas e, em seguida, retornou com a Divisão de assinaturas da
CPI do Trabalho com o nascimento dos Negócios Estrangeiros.

O CPI utiliza campanhas de publicidade em jornais para atingir os três milhões de homens
não-Inglês falando elegíveis para o projeto e, em um país já chock-a-block com as
organizações de fins esportivos falsificados e nomes enganosos, cria ainda um outro, a Liga
das nações oprimidas, que supostamente representa os vários "lealdade étnica" em grupos
os EUA, mas, é claro, nada mais nada menos do que outro instrumento de propaganda do
regime Wilson através da CPI.

O regime de Wilson massa aparato de controle da mente especificamente os seus objetivos


de guerra psicológica contra as mulheres americanas, com medo de que elas "poderiam
constituir um elemento subversivo no país, prejudicial para a guerra a unidade e o bom
funcionamento do serviço seletivo." Na planície Inglês, eles podem não querer seus
maridos e filhos assassinados da Europa para o enriquecimento do Morgans, Rockefellers,
Carnegies, Duponts etc, e eles não podem deixar que isso ocorra.

As proeminentes ativistas mulheres de paz, incluindo Helen


Keller, Carrie Chapman Catt, Jane Addams e Kate Richards O'Hare estão sendo ouvidas e
CPI deve silenciá-los e contra a sua mensagem anti-guerra. A CPI pretende motivar as
mulheres para ficar tranquilamente em casa a prática de conservação de alimentos, cultivo
de alimentos e de bom grado a enviar seus filhos fora para matar e morrer em nome da
“liberdade e democracia americana”. A CPI faz alianças com os editores de revistas de
mulheres americanas, sobretudo com The Ladies Home Journal. A CPI efetivamente
controla grande parte do conteúdo e muitas das capas da revista influente, que
obedientemente exaltam o sacrifício, a economia e uma vontade de enviar os filhos para a
guerra recentemente reposicionada. Quatro da CPI Minute Men estabelecer uma divisão das
mulheres para falar com grupos de mulheres para combater a resistência à guerra entre as
mulheres.

As imagens em movimento pode ser ainda mais


poderoso do que aqueles ainda, um fato que lavagem cerebral da CPI são rápidos em
explorar. Os cineastas americanos buscam respeitabilidade, dando um apoio quase ilimitado
para a máquina de guerra de Wilson. Um editorial de 1917 no The Motion Picture News
proclama: "cada indivíduo no trabalho nesta indústria quer fazer sua parte" e promete que
"por meio de slides, os líderes filme e trailers, cartazes e publicidade nos jornais que eles
vão espalhar propaganda tão necessário para a imediata mobilização de grandes recursos do
país. "

A indústria rapidamente bombeia para fora propaganda de ódio


anti-alemão ultrajantes como The Kaiser: A Besta de Berlim, as garras do Huno, o Cur
prussiano e Lobos de Kultur. A maioria dos filmes retratam as atrocidades fictícias por
alemães e incluir alguns dos contos de atrocidades completamente falsas inventadas pela
CPI, incluindo alemães assassinando bebês e várias histórias de estupro, apesar das
negações de sua exatidão pela Guerra dos EUA e Departamento de generais americanos.
Entre os maiores produtores de Hollywood de propaganda anti-alemã pró-guerra, é DW
Griffith, produtor do filme louvando a Ku Klux Klan, Nascimento de uma Nação, um dos
filmes favoritos de Woodrow Wilson. Além da produção de Hollywood, filmes da CPI
Divisão de si mesma, produz mais de sessenta filmes oficiais visto por uma média de
oitenta milhões de pessoas a cada semana.

Mas nada ilustra a falência total moral do regime de


Wilson em sua busca bem-sucedida para fazer lavagem cerebral em massa da América,
bem como os psicólogos fazem uso CPI dos jovens americanos para espalhar o ódio anti-
alemão para as outras crianças, pelo menos aqueles que não estão ocupados uma vida de
escravos nas minas e fábricas. Schoolboy "Four Minute Men" falar em suas escolas
entregando propaganda CPI para seus colegas. Viajar com espetáculos CPI puported
oficiais franceses fabricados entregar histórias de atrocidades alemãs para crianças em
idade escolar. Milhares de livros infantis, incluindo mistérios, aventuras e histórias em
quadrinhos, são publicados contendo propaganda de ódio anti-alemão e é claro que o
Império Disney colaborou com essa visão.

A CPI cria o Anti-Yellow Dog League, um grupo de vigilantes para as


crianças com cerca de mil agências a nível nacional, todas baseadas em escolas públicas.
Elegíveis para a adesão são dezenas de meninos e mais velhos, que são convidados a
"espiar deslealdade" e "casca", quando um "cão amarelo" é suspeito. As escolas norte-
americanas com entusiasmo cooperaram na "caça". Algumas crianças vão mais longe em
sua busca para ser "patriótico" e do ataque aos americanos alemães. Em St. Louis, crianças
jogam pedra diárias em um padeiro alemão. As crianças são parabenizadas pelo jornal local
para "cumprir o seu dever".

Ministros da religião cristã estão ansiosos para cooperar na


belicista e espalhando propagada da CPI em seus sermões e, como os adultos escutam a
Palavra de Deus (ou, pelo menos, de Edward Bernays) elogiando a guerra e amaldiçoando
os alemães, as crianças começam a sua boa dose de ódio anti-alemão na Escola Dominical,
com "Beat-up, o Huno" livros para colorir. Patrocinar Bibliotecas na "horas de história"
para milhares de crianças que utilizam a propaganda pró-guerra fornecida diretamente pela
CPI. Após a guerra, o governo dos EUA dá seus agradecimentos as crianças da nação "para
o seu serviço leal em tempo de guerra" com a distribuição de quinze milhões de cofrinhos
feitos de granadas de mão desengatado para eles. Você simplesmente não pode fazer essa
merda.

Não só a CPI vomitam milhões de peças de propaganda, é aplicada uma forma de auto-
censura nos meios de comunicação dos EUA por execução "diretrizes voluntárias". Como
eles fazem a este dia, os jornalistas americanos obedientemente cumprir com a censura e
controle da notícia, a fim de permanecer no "ciclo de informações" do governo.
Publicações fora dos meios de comunicação controlados são efetivamente destruídos pela
guerra de Wilson sobre a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa na América.

Dois livros escritos por propagandistas da CPI mestre,


Edward Bernays, propaganda e da engenharia do consentimento, continuam a ser livros
fundamentais da manipulação e controle do público pela elite dominante. A massa de
técnicas de controle mental de Bernays foram em uso contínuo dos EUA desde a grande
democrata Woodrow Wilson foram introduzidos em 1917. Somente o objeto do nosso
medo e repugnância é alterada de tempos em tempos para atender às necessidades da elite
dominante. Ironicamente, Bernays, que era judeu, viverá para ver as técnicas que ele
desenvolveu para incitar ao ódio anti-alemão usou com grande efeito por Josef Goebbels de
incitar ao ódio anti-judaico.
Se entendermos o mecanismo e as motivações da mente de grupo, é agora possível
controlar as massas e regimento de acordo com nossa vontade sem eles saberem. Edward
Bernays
1917-1918: Estados Unidos . Woodrow "Fazendo o Mundo
Seguro para a hipocrisia" de propaganda do Fuhrer Wilson, George Creel, surge com a
brilhante idéia de usar os grupos de vigilantes privados de vigilância e controle da
população americana. O resultado é o chamado americano de proteção do campeonato
(APL) formado por um publicitário de Chicago com o apoio de empresários ricos que, por
pura coincidência, têm a lucrar com a guerra. Os vigilantes são designados um auxiliar de
Edna J. Hoover's Bureau of Investigation, o precursor do FBI.

A rede da APL de vigilantes ("na web") se expande por todo os EUA até que tem mais de
trezentas mil membros em seis centenas de cidades que relata a um Conselho Nacional de
Diretores. Cada vigilante carrega um cartão e crachá mostrando que ele é ligado ao
Departamento de Justiça dos EUA, embora o APL é um clube privado, sem estar sob lei
alguma. Sem treinamento e controle, disciplina ou pelo governo federal, o APL é, na
verdade, uma gestão privada Gestapo americana, o objetivo do suposto que é "expulsar os
preguiçosos (dodgers projecto) e espiões alemães e aliviar o governo da preliminar
investigação e recolha de provas ".

Na primeira, o APL de alvos "estrangeiros", como não-cidadãos são


tão deliciosamente chamado nos Estados Unidos, e os opositores da guerra. Ao longo do
tempo, a APL expande suas atividades até que ele está espiando em milhares de cidadãos
americanos comuns, coleta de informações internas para o Departamento de Guerra. No
processo, a APL viola as liberdades civis e direitos constitucionais dos incontáveis centenas
de milhares de americanos, especialmente aqueles associados com os movimentos
trabalhistas e contra a guerra. Os membros da APL deter-americanos para o crime de ser
"demasiado alemão". Na primavera de 1918, as prisões em massa começar. Finalmente, a
APL irá realizar prisões mais de quarenta mil cidadãos e realizar incontáveis linchamentos,
espancamentos e banimentos.

Com a bênção de Hoover e do Bureau of Investigation, a Gestapo APL opera


completamente fora da lei, assim como o próprio BI. A AFL, com a conivência de agentes
postais dos EUA, examina mail americanos e até mesmo os recrutas postmasters para
relatar o comportamento "suspeito" entre seus clientes.

O APL reúne com os atuais grupos de extermínio, como os Homens Minuto de Seattle que
havia supressão impiedosa da Industrial Workers of the World (IWW), em nome dos
empregadores. Em poucos meses, os Homens Minuto acumularam arquivos em quase sete
mil pessoas na cidade de Seattle sozinha.

O APL é apoiado nos seus esforços patrióticos por estado "Comissões de Segurança
Pública" (CPS), que têm um considerável poder de "dirigir" os esforços de guerra de cada
estado. Apropriadamente, o Comité prazo de Segurança Pública se originou na França
revolucionária durante o reinado do terror a designar o órgão responsável pela denúncia,
experimentações rápida e execuções.

Na América pós-revolucionária, as Comissões de Segurança Pública são sempre dirigidas


por homens de negócios que estão lucrando com a guerra. As comissões são implacáveis
em sua vitimização e da opressão dos americanos alemães e qualquer um que não exibir o
"patriotismo" suficiente, tal como definido pelos comissários políticos da CPS. Os Comitês
espiam rotineiramente germano-americanos, agricultores e grupos de trabalho.

O Comité de Segurança Pública de Minnesota que se filia-se com a AFL, ataques de


imigrantes suecos e alemães, opõe-se à formação de um grupo de agricultores que querem
mais controle governamental da economia e as tentativas de depor o prefeito socialista de
Minneapolis. Um membro do CPS Minnesota vai perante um comitê do Senado para incitar
a formação de pelotões de fuzilamento que "deve trabalhar horas extras" para lidar com as
vítimas da AFL.

Outras organizações estaduais e municipais são parceiros ansiosos


com o governo federal e do APL, tanto a negação dos direitos civis e da maciça campanha
de guerra psicológica travada contra o povo americano, distribuindo milhões de peças de
propaganda e difundir as histórias sobre falsas atrocidades. Membros proíbem o uso de
qualquer idioma, mas Inglês. Milícias armadas são criados. juramentos de fidelidade
passam a ser obrigatórias. As organizações de cooperar com a APL em fazer incursões em
casas de particulares, escritórios de jornais e centrais sindicais.

Então Fidelidade chamado Bureaus, mas também nada grupos de vigilantes privados,
espionar os americanos ", farejando" os suspeitos de não ser suficientemente "patrióticos".
As agências de pressão sobre os governos locais para passar as suas próprias repressiva
"anti-motim" legislativas. Os americanos são coagidos a assinar " Cartões de Compromisso
de Fidelidade " e informar sobre os cidadãos que questionam a guerra. Os indivíduos são
espancados e presos. As publicações são expulsos do negócio. Ainda bem que estamos
lutando a guerra lá para a liberdade.

1917-1918:. ESTADOS UNIDOS Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para a hipocrisia"


Wilson, um fã da Ku Klux Klan, que, em um de seus primeiros atos como presidente, tinha
mandatado o apartheid em todo o governo federal, decide que ele tem de obter todos os
nigerianos a bordo para a guerra. Seu ministério de propaganda, o Comitê de Informação
Pública (CPI) não deixa pedra sobre pedra em sua busca para a massa total controle da
mente nos Estados Unidos e intimida os líderes negros a utilizar a mídia preta para suportar
o flip flop seu regime sobre a guerra.

Em uma de suas
maiores torções do tecido da realidade, o CPI, alegadamente preocupados com " subversão
Negra", os atributos dos distúrbios raciais nos Estados Unidos para a "influência da
propaganda alemã" do que a escravidão, o linchamento por atacado, repetidas perseguições
contra os negros , o apartheid e o racismo oficial endêmicas. Entre as muitas frentes, em
ofensiva Wilson contra os negros americanos é a criação de uma unidade de inteligência
militar para espionar os negros e uma campanha para "incentivar" os negros de destaque
para o apoio à guerra, ameaçando e intimidando os que exprimem uma "perigosa" visão
anti-guerra.

1917-curso:. ESTADOS UNIDOS Enquanto Woodrow Wilson afirma estar ansioso para
"tornar o mundo seguro para a democracia", isto não inclui os Estados Unidos da América
onde, dentro de alguns meses de sua declaração de guerra, Wilson, como Abraão Lincoln
durante a Guerra Civil, instituiu um regime fascista em que a liberdade de expressão,
liberdade de reunião e de liberdade de imprensa, são lembranças distantes. As principais
ferramentas de opressão estão a Lei de Sedição e da Lei da Espionagem. Agora é um crime
para dizer, escrever ou publicar qualquer coisa que "critique" o governo ou mesmo, e eu
não estou inventando isso, seus "símbolos". Não se divertido fazendo de águias não agora.

A punição para a tentativa de exercer a liberdade de expressão nos Estados Unidos da


América é uma multa de até US $ 10.000 (no momento em que o operário típico pode
fazer cinqüenta centavos por hora) ou 20 anos de prisão. O poder de suprimir a livre de
expressão e a liberdade de reunião ao abrigo dos atos é amplamente delegado a grupos de
vigilantes privados, mais notoriamente a liga americana de proteção, mas existem muitos
outros. Dá para ver que as coisas que estão acontecendo nos EUA hoje como o abuso nos
aeroportos com os scaners corporais que é uma afronta a liberdade das pessoas sempre
aconteceram na América a noção de um país livre é a mais pura propaganda enganosa
martelada na mente dos americanos.

A Lei da Espionagem é usada para silenciar e aprisionar os americanos que falam ou


escrevem contra a guerra e para perseguir e silenciar ativistas, sindicalistas,
socialistas e "alienígenas". Dois meses após a lei for aprovada, um socialista chamado
Charles Schenck é preso em Filadélfia para impressão e distribuição de quinze mil
panfletos que denunciam o projeto de lei e da guerra. Em um gesto fútil irremediavelmente,
o folheto recita a Décima Terceira Alteração disposição contra a "servidão involuntária",
afirmando que a Lei de Recrutamento viola a Constituição.

Constituição ou sem Constituição, Schenck é indiciado, julgado, condenado e sentenciado a


seis meses de prisão por violar a Lei de Espionagem. Isso é ser “livre” no país da
“liberdade”.

Os palhaços da corte americana.


Schenck apelou todo o caminho até a Suprema Corte controlada pelos maçôns,
argumentando que a lei, ao proibir a liberdade de expressão e escrita, viola a Primeira
Emenda da Constituição: "O Congresso não fará nenhuma lei ... cerceando a liberdade de
expressão ou de imprensa. ... " que diz e que parece bastante secas e cortadas, mas os EUA
Suprema Corte decide que não realmente não quer dizer que não e por unanimidade, rejeita
recurso da Schenck. A decisão condenando Schenk de prisão pelo crime de falar nos
Estados Unidos é escrito por mais famoso "liberal" da Corte, Oliver Wendell Holmes.

Entre os poderes da opressão englobadas na Lei da


Espionagem é a censura dos correios na “terra da liberdade”: "Cada carta, escrita, cartas,
circulares postais, imagem, impressão, gravura, fotografia, jornal, folheto, livro, ou outros
publicação de matéria, ou coisa do tipo contendo qualquer assunto que se destina a impedir
o serviço de recrutamento ou alistamento de os Estados Unidos são declarados não ser
postável". Cada um dos 125.000 postmaster na terra da liberdade é agora um verdadeiro
censor com autoridade para impedir o envio de qualquer coisa que, na sua opinião, vai
"impedir o serviço de recrutamento ou alistamento". É a mesma coisa o que os EUA e seus
comparsas estão querendo fazer com a internet atualmente, eliminar os “terroristas” que
ameaçam as suas mentiras descaradas, nesse caso nós somos os “terroristas”.

Em nenhum momento a todos, elementos de grande parte da imprensa dos EUA, não a
parte controlada pelos comerciantes da banca de morte, e óleo de interesses curiosamente, é
efetivamente encerrado. Os socialistas de Cleveland, o socialista Detroit, o Rebelde Texas,
a Internacional Socialista Review, o socialista americano e mãe de Emma Goldman Earth,
usado por muito tempo para ser banido do correio dos EUA para o seu conteúdo não
tradicional, e muitas outras publicações independentes são negados os utilização de e-mails
e silenciado.
A Lei da Espionagem é usado para fechar a revista sempre
progressiva, as massas, que inclui material de alguns dos principais ativistas, escritores e
artistas da época, incluindo Helen Keller, Carl Sandburg e Upton Sinclair. Entre os itens
muito perigosos para os presos da maior democracia do mundo é ver o desenho à direita,
que mostra um examinador médico do Exército, que diz: "Enfim, um soldado perfeito."
Inferno, nós estamos lutando ocupado "a independência e a liberdade aqui, e não podemos
viver sem liberdade de expressão.

Autoridades locais e estaduais estçao tão ansiosas quanto o governo federal para reprimir a
liberdade de expressão e de reunião livre na América. Reunião em salas estão fechadas,
falar na rua é proibido, organizações socialistas e Internacional dos Trabalhadores do
Mundo (IWW) habitantes são assaltados. Aqueles que criticam os opressores são,
naturalmente, denunciados como traidores. Milhares são presos por infrações menores,
incluindo a marcha em uma zona de exclusão ou que vivem em uma zona de exclusão.
Objetores de consciência, socialistas e aqueles que questionam a guerra tão recentemente
reposicionada pelo regime Wilson estão sujeitos à prisão.

A Lei da Espionagem é a ferramenta ideal para continuar a destruição dos Trabalhadores


Industriais do Mundo e qualquer esperança de um movimento operário verdadeiramente
eficaz nos agentes federais dos EUA raid Industrial Workers of the World, em sede de
quarenta e oito cidades. Mais de cento e cinqüenta pessoas são acusadas de tentar "causar
insubordinação, deslealdade, e da recusa do dever das forças militares e navais" contrária às
disposições da lei. Uma centena de pessoas são condenados e condenados a penas de prisão
que variam de dez dias para 20 anos.

Um homem é preso por três anos para chamar a guerra de uma "guerra homem rico". Um
pacifista que se recusa a comprar bônus de guerra passa mais de dois anos de prisão. Um
opositor da guerra é preso por espionagem porque ele "agredido" um vendedor de bônus de
guerra. O Secretário de Estado de Wisconsin, recebe uma sentença de trinta meses em
prisão federal para referir-se a ACM e a Cruz Vermelha como "um bando de politiqueiros."
Um ministro alemão da Igreja Reformada é acusado de sedição, quando ele diz que a
tradição cultural alemã deve ser respeitada.
Ativista Kate Richards O'Hare continua a dar palestras anti-guerra e
socialista por todo os EUA, embora ela esteja bem consciente de que está sob vigilância da
Gestapo (desculpe, o governo dos EUA). A liberdade de expressão a ser estritamente
proibido por lei na terra do livre, O'Hare é acusada de interferir com a inscrição dos EUA /
serviço de recrutamento por falar, e é condenada a cinco anos de prisão.

Escritora, socióloga e ativista Jane Addams, uma objetora de


consciência, se atreve a exercer o seu teórico direito de livre expressão e fala contra a
guerra. Por sua ousadia, Addams é expulsa das Filhas da Revolução Americana e ganha da
chantagista e homossexual BI Diretora Edna J. Hoover, o rótulo de "mulher mais perigosa
da América".
Helen Keller é uma maravilhosa articuladora adversária da
guerra e do sistema econômico que oprime tantos para enriquecer a tão poucos.
Inevitavelmente, a maior democracia do mundo, ela é mantida sob vigilância da Mesa de
Edna J. Hoover, de investigação e fiscalização continua por décadas após o fim da Primeira
Guerra Mundial.
Os poucos que lucram com o trabalho das massas querem organizar os trabalhadores em
um exército que proteja os interesses dos capitalistas. Vocês são convidados a adicionar à
carga pesada que você já tem o ónus de um exército maior e muitos navios de guerra
adicional. É em seu poder para se recusar a transportar a artilharia e os encouraçados e
deitar fora alguns dos encargos, também, como limusines, iates a vapor e quintas ...... o
Congresso não está se preparando para defender o povo do Estados Unidos. É o
planejamento para proteger a capital dos especuladores americanos ....

Aliás, esta preparação vai beneficiar os fabricantes de munições e máquinas de guerra ....
A nossa indústria florescente em instrumentos de assassinato está enchendo os cofres dos
bancos de Nova York com o ouro. E um dólar que não está sendo usado para fazer um
escravo de algum ser humano não está cumprindo a sua finalidade no regime
capitalista ..... Que preço a pagar por uma abstração, a vida de milhões de jovens, milhões
de outros aleijados e cegos para a vida, a existência de feitos horríveis ainda mais milhões
de seres humanos, a realização e a herança das gerações varrida por um momento e
ninguém melhor fora de toda a miséria!

Este sacrifício terrível seria compreensível se a coisa morre por país e chamar alimentado,
vestido, abrigado e aquecido você, educadas e queridas seus filhos ....... Os trabalhadores
não têm liberdade de seus próprios, não são livres quando eles são obrigados a trabalhar
doze, dez ou oito horas por dia. Eles não são livres quando estão doentes pagos por seu
exaustivo labor. Eles não são livres quando seus filhos têm de trabalho nas minas, fábricas
e usinas ou morrer de fome, e quando suas mulheres pode ser levado pela pobreza a vida
de vergonha. Eles não são livres quando são batidos e presos, porque eles entram em
greve por um aumento dos salários e para a justiça elementar que é seu direito como seres
humanos. Helen Keller

O regime de Wilson retém e lança a cega e surda Keller no xadrez, sem dúvida,
aconselhado pelo mestre da propaganda Edward Bernays, que isso pode não ser uma boa
jogada de propaganda.

No total, mais de duas mil pessoas são cobrados ao abrigo dos atos e receber frases média
de dezanove meses, para tentar exercer a liberdade de expressão nos Estados Unidos.
Muitas das condenações são baseadas em observações casuais feitos em tabernas e muitas
das vítimas são "dedurados" por seus vizinhos que estão atrás de seus imóveis.

A Lei da Espionagem, carimbada pelo Supremo Tribunal Federal, manteve-se na lawbooks


EUA desde 1917 e, apesar de que é suposto só se aplica em tempos de guerra, tem sido
continuamente em vigor desde 1950, porque os EUA tem, convenientemente, foi em uma
"estado de emergência" cada minuto de cada dia desde a Guerra da Coréia.

1917-1918:. ESTADOS UNIDOS Todos falso


patriotismo, para não falar do medo, sendo gerado pela CPI da propaganda não é só bom
para os negócios de armas. Isso resulta em um aumento da procura muito por bandeiras
americanas por quem está ansioso para mostrar seu "patriotismo" ou talvez apenas para
evitar ser preso ou linchado. Também dirigindo o aumento da procura de bandeiras é a
coerção de trabalhadores a contribuir para o custo das bandeiras nos seus locais de trabalho.
Se os trabalhadores se recusam a ante-se, eles são demitidos.
1917-1920:. ESTADOS UNIDOS É evidente que a
classe dominante norte-americana dá sempre ao povo americano um inimigo para odiar.
Um inimigo suculento justifica bem tanto a transferência de grandes quantias de dinheiro
dos americanos que pagam impostos para os membros da classe dominante para "defesa" e,
simultaneamente, proporciona a oportunidade e os meios para sabotar a liberdade na
América, então ninguém tem a chance de virar a mesa. O regime tardio de entrada Wilson
na Primeira Guerra Mundial proporciona uma oportunidade de livros didáticos para o
governo dos EUA para incitar o medo e o ódio de um novo inimigo e fá-lo a uma
velocidade e com uma ferocidade sem precedentes na história, inaugurando uma e
assustadora nova era de controle da mente em massa.

Os alemães são um dos principais grupos de imigrantes nos Estados


Unidos e tinham sido sempre muito considerados pela sua competência técnica e diligência.
Quando o regime de Wilson declara guerra à Alemanha, há pouco menos de três milhões de
pessoas de nascimento alemã nos EUA e muitos americanos de descendência alemã.

O regime de propaganda de Wilson de ódio histérico anti-alemão, realizado pelo Comitê de


Informação Pública usando sofisticados princípios psicológicos combinado com o controle
quase total dos meios de comunicação de massa americana, é surpreendentemente bem-
sucedido. As sementes da queda de ódio anti-alemão campanha em solo fértil. histeria anti-
alemã é criado quase de noite pela equipe da CPI dos especialistas em controle de mente.

Zonas de exclusão são criados nos Estados Unidos em que as pessoas de descendência
alemã são proibidos. Alemão "estrangeiros" são presos e internados. Em outubro de 1917,
quase mil pessoas tenham sido apreendidos e colocados em campos de concentração. As
autoridades locais levá-lo na prisão se a pessoas de descendência alemã, o número de
detidos continua a crescer. As prisões continuam mesmo depois da guerra ter terminado, a
"Justiça" do Departamento insistindo que os EUA sejam "limpos" dos cerca de cinco mil
pessoas de ascendência alemã que tinha internados. Os campos estão finalmente fechado
em 1920. Um terço dos detidos são autorizados a permanecer nos EUA, o restante são
deportados. Milhares de vidas são destruídas e famílias destruídas.

A guerra racista dos Estados Unidos contra tudo o que for alemão se espalha a cada aspecto
da vida. A ação jurídica é trazida para eliminar da língua alemã nas escolas americanas.
Vinte e sete estados proibem a instrução em muitas cidades de ascendência Alemã. As
escolas que continuam a ensinar alemão são atacadas por multidões incitadas à violência
pela CPI. Em Fergus, Montana, uma multidão de cerca de quinhentos cercam um escola,
enquanto outros membros da máfia que estão lá dentro apreendem livros em língua alemã.
Os livros são queimados, em seguida, enquanto a multidão canta The Star Spangled
Banner. O diretor da escola é forçado a beijar a bandeira dos EUA e proclamar sua lealdade
para com o mais alto democracia do mundo. O Wisconsin Guarda Nacional, sempre
vigilante em sua defesa da liberdade, da queima livros em língua alemã. Escolas alemãs
cujos livros não são queimados tranquilamente os descarta.

Desculpe, queima de livros errado, mas você começa a


idéia.

Uso de alemão na igreja é proibido, uma lei que será aplicada mesmo após o fim da guerra.
Falar em alemão em público agora é proibido por lei na terras dos “zumbis livres”. Em
algumas áreas, o alemão é proibido em linhas telefônicas. Cinco mulheres em Iowa são
presas por falar alemão no telefone. São multadas em US $ 225. Os livros alemães e
austríacos e música são retirados das bibliotecas em toda a organização dos EUA. Uma
mulher de Chicago, o Nada Use Clube Alemão esmaga e queima "produtos de Hunland"
para mostrar seu "patriotismo". Sob o título alemão Enemy Aliens, jornais americanos de
impressão de listas negras de locais Alemão-americanos, incluindo o respectivo endereço
para facilitar a perseguição. Os jornais americanos endossa tiro "traidores" e "traição e
deslealdade de cura por um pelotão de fuzilamento".

Milhões de homens e mulheres de nascimento alemãs e simpatia nativas vivem entre nós ....
Caso haja deslealdade eled serão tratados com a mão firme de repressão.
Woodrow Wilson

Um alemão-americano é morto a tiros por um soldado, enquanto fotografava, porque ele


"parecia um espião alemão". Um austríaco é encontrado espancado até à morte, em Iowa.
Um "Conselho Municipal de Defesa" oficial "atira e mata" inimigo estrangeiro "Joseph
sring, depois que ele supostamente faz uma" declaração na audição de um "patriota
patriótico". O assassino continua livre. Quando o búlgaro Steven Ivanoff faz comentários
sobre o assassinato SURPRESA, ele é morto a tiros por um policial que também fica livre.
Na Califórnia, um alfaiate alemão-americano é enforcado pelos chamados "Cavaleiros da
Liberdade". Uma multidão em Oklahoma apreende Henry Rheimer da custódia policial,
obriga-o a beijar cada estrela da bandeira dos EUA e, em seguida, pendura-lo com um fio
elétrico . Em Denver, Colorado, Fritz Seitz é amarrado a um caminhão com uma placa que
dizia "O Kaiser" e desfilaram pela cidade seguido por uma multidão. Ele é retirado do
caminhão e uma corda no pescoço. Ele chega ao hospital em críticas condições. Quando ele
se recupera, Seitz é preso por incitar um motim.

Nós vamos ensinar a esses senhores de uma vez por todas a lealdade que, para o pavilhão
é o primeiro teste de tolerância nos Estados Unidos. Woodrow Wilson

O Fergus, Montana, High School é incendiada por uma multidão de americanos "patriotas",
porque as classes alemãs estavam recebendo na escola. Um corretor imobiliário, que é
acusado de "infiel" declarações é tomado por uma multidão que julgá-lo culpado de sedição
e forçá-lo a carregar a bandeira dos EUA para três quarteirões da cidade.

Aqueles inclinados a atormentar a comunidade, mantendo-se contra a Cruz Vermelha,


recusando-se a comprar títulos da Liberdade e se recusando a assinar Penhor cartões de
fidelidade estão colocando-se em terreno perigoso. A indignação vai desenvolver a tal
ponto que "o devido processo legal" não será uma característica da punição entregue a
eles. Harvey Conselho Municipal de Defesa dos EUA, Kansas

As listras amarelas são pintadas nas portas dos metodistas alemão eles devem ser atrasados
em comprar bônus de guerra. Quatro homens, um deles um padre, foram espancados em
Illinois. As lápides com nomes alemães são depredados por todo os EUA. Em Sprague,
Washington, uma multidão força um germano-americano a se ajoelhar e beijar a bandeira
dos EUA e depois de comer um livro "sediciosos" encontrado em sua casa. O livro é de
poesia alemã.
Um pastor luterano é chicoteado por pregar em
alemão. Uma multidão invade o escritório de outro ministro e define seus livros alemães no
fogo. Outro alemão é espancado por pregar em alemão, enquanto o outro é açoitado
publicamente para fazer comentários sobre comissões de guerra local. Um professor é
seqüestrado, espancado e deixado sozinho em uma estrada nua.

Menonitas são especialmente visados para perseguição pelos cristãos "patriotas". Além de
sua origem alemã, menonitas são barrados por suas crenças religiosas de guerra apoiando a
guerra de ninguém. A caveira é pintada nas portas da igreja menonita nos Estados Unidos.
Um moinho de farinha Menonita é forçado a sair do negócio quando circulam rumores de
que existem pedaços de vidro na farinha de trigo que produz. Quando um agricultor
menonitas se recusa a comprar títulos de Liberdade ou saudar a bandeira por motivos
religiosos, a multidão cercava sua fazenda para bater nele, derrama tinta amarela em cima
dele e tenta enforcá-lo. No mundo surreal da América fascista de Woodrow Wilson, o
homem é, então, acusado de violar a Lei de Espionagem. Qual é então o caráter do povo
americando? É uma nação de Zumbis e bandidos? Um país que surgiu pelo roubo de terras
dos seus donos originais os índios americanos sem falar nos outros roubos e que depois
recebeu milhões de extrangeiros de diversas raças, credos e religiões que ajudaram a formar
e desenvolver o país dando seu suor e sangue para depois serem perseguidos por uma
bando de caipiras brancos idiotas. Primeiro foram os indios, depois os negros, depois os
mexicanos,japoneses, chineses,judeus e depois os alemães. Para os arrogantes e estúpidos
brancos americanos todos os países e pessoas ao redor do mundo estão alí para serví-los e
temê-los como o povo mais doentio, paranoico,belicista e pscopata o que não é diferente
dos brancos europeus no passado antes deles que fizeram a mesma coisa.

Local de "defesa" conselhos de ameaçar e intimidar as pessoas cuja não é suficientemente


pró-guerra para o seu gosto, especialmente alemães-americanos. Em Iowa, dois ministros
Evangélica Luterana são trazidos perante o município "conselho de defesa" que amarram
cordas ao pescoço e arrastá-los para a praça pública onde escapam de linchamento.

Um grande número de alemães-americanos estão condenados por crimes imaginários sob a


Lei de Sedição. Será quase 90 anos antes de muitos deles recebem indulto póstumo.
fazendas germano-americana, casas e empresas são destruídos. A associação alemã cai
social, cultural e política das organizações. Muitos alemães-americanos parar de falar
alemão, mesmo em suas próprias casas e mudar seus nomes.

RÚSSIA:. 1917-1918 Fora os EUA, Wilson Woodrow propaganda do ministério, o Comitê


de Informação Pública, opera em nove países estrangeiros, espalhando seu ódio alemão
campanha anti. Na Rússia, psicólogos CPI usar todos os truques em seu arsenal de artifício,
distribuindo milhões de folhetos de propaganda. Mas o mais eficaz instrumento de CPI na
Rússia é o filme. Grande número deles são projetados do começo ao fim de gerar o ódio de
tudo o alemão. Violência contra alemães étnicos e à destruição ou roubo de suas casas,
fazendas e empresas na Rússia se torna banal.

1917-1933:. CUBA O jovem John Foster Dulles, trabalha para ladrão 'barões favorito firme
a lei, Sullivan and Cromwell, e já está até o seu alfinete de gravata em conspirações. Seu
tio, EUA Secretário de Estado, Robert Lansing, assegura que o jovem John Foster não
acabe nas trincheiras, com o americano meninos pobres que estão sendo recrutados. Ele é,
em vez disso, encomendou a um capitão da inteligência militar e voa uma secretária para o
Comércio de Guerra. Mas, naturalmente, Dulles, mesmo usando um uniforme do Exército
EUA ainda está muito trabalho para os barões ladrões, não dos Estados Unidos da América.

Dulles recomenda a instalação de um novo ditador em Cuba, para o maior benefício da


Sullivan treze Cromwell e clientes que tenham "adquirido" interesses de açúcar enorme lá.
Woodrow Wilson se recusa a derrubar este governo em particular, preferindo invadir Cuba
com 1.600 fuzileiros navais para "proteger os interesses açucareiros norte-americano".
Além da oferta de guerra, a invasão e ocupação de Cuba irá garantir um fluxo constante de
açúcar barato, que logo se tornou uma matéria-prima vital para a indústria do contrabando
tão rentável para os Kennedys e outros da classe dominante dos EUA.

Os EUA ocupam Cuba como uma colônia de 26 anos. Durante esse período, as corporações
dos EUA "adquirir" dois terços das terras agrícolas de Cuba e quase todos os seus recursos
minerais. Crippling tarifas sobre as exportações para os EUA destruir as indústrias
transformadoras de Cuba, tornando o país um mercado forçado de mercadorias fabricadas
nos EUA. Apenas o açúcar em bruto, fumo em folhas e minerais não processados são
permitidos para os EUA

ditaduras Tame fantoche dos EUA sob a ocupação, já intimamente ligada à máfia, fazer
uma fortuna de jogo, prostituição e álcool durante a Lei Seca.
1917-1921: / a Alemanha. UNIDOS Como em
prática para seus trabalhos posteriores, em nome do nazismo, patrício rábula John Foster
Dulles, em meio a todos os anti-alemães ódio fabricado pela CPI, faz um grande trabalho
mantendo o Kaiser alemão Wilhelm II activos de ser apreendido pela Alien EUA Custódia
de Bens durante e depois da Grande Guerra. Como um membro do Conselho de Guerra de
Comércio dos EUA, Dulles é bem colocada para cometer traição e ao mesmo tempo assistir
a Kaiser com suas dificuldades pouco com o governo dos EUA.

Subornos são pagos por todo o caminho até o Procurador Geral dos EUA, Harry
Daugherty. Daugherty é finalmente levado a julgamento. Seu advogado, faz o gesto fútil de
apontar que existe uma maior vigarista do que o seu cliente por trás do escândalo de
suborno, John Foster Dulles. Boa tentativa, mas, evidentemente, ninguém nunca vai Dulles
chamado ir para a cadeia.

1917-1922: União Soviética. Aqui está um teste rápido. Quantas vezes a Rússia
invadiu os EUA? Resposta: 0. Quantas vezes os EUA invadiram a Rússia?
Resposta: 5.
Os Estados Unidos invadem a União Soviética em Vladivostok, com sete mil
soldados na primeira das cinco invasões, teoricamente, a tentativa de derrubar a
Revolução Russa e restauração dos Romanov fascistas ao poder. O que as tropas
dos EUA que combatem o bom combate não sabem é que a revolução que eles
estão tentando esmagar foi financiado em grande medida instigada pelos
governantes dos Estados Unidos, os Rockefellers, os Harrimans e seus
clubmates, em uma tentativa de colocar suas mãos em relação ao petróleo russo
e riqueza mineral.

Mas a classe dominante dos EUA nunca toma partido em qualquer guerra. Como
sempre, eles estão felizes em fazer empréstimos e vender armas e munições para
ambos os lados. Neste caso, eles oferecem centenas de milhões de dólares em
armas para ambos os bolcheviques e para o Exército dos EUA. Quanto mais os
dois lados estrondo fora uma para a outra, a mais armas e munições, os
Rockefellers vender e mais o dinheiro que eles fazem. É apenas um negócio, bom
som.

A atitude do governo dos Estados Unidos para o perigoso conceito da regra da


maioria e da democracia é perfeitamente resumido em uma carta do Secretário de
Estado dos EUA, Robert Lansing, o Presidente Woodrow "Fazendo o Mundo
Seguro para a hipocrisia" Wilson. Lansing escreve que a Revolução Russa é
"nada mais do que uma tentativa de fazer a massa ignorante e incapaz de
humanidade dominante na Terra."
1917: Estados Unidos. Assim como Woodrow

"Fazendo o Mundo Seguro para a hipocrisia" Wilson decide que é hora de lutar, o
Huno, o Congresso autoriza a emissão de títulos de sete bilhões de dólares, o
chamado empréstimo da liberdade. A idéia é que os americanos comuns que
comprar títulos da Liberdade, e não apenas fornecer bilhões de dólares para ser
transferido para o Morgans, Carnegies, Duponts, Rockefeller et al, mas vai se
tornar investidores, interessados, na própria guerra e, assim, cúmplices no mesmo
e inquestionável do mesmo.

Wilson ministério de propaganda, o Comitê de Informação Pública (CPI), lança


uma campanha maciça de propaganda em várias frentes promover a compra de
Liberty Bonds e consegue fazer americanos acreditam que não é apenas
antipatriótico, mas praticamente traição não comprar os títulos. Os funcionários
são coagidos a comprar títulos por seus empregadores. Moradores são coagidos
pelos vizinhos. A CPI ainda emprega crianças. Mais de duzentos mil escolas vão
participar na Terceira Liberty Loan Drive. E o mais chocante de tudo, os chamados
Conselhos de Defesa, com sede em comunidades por todo os EUA para forçar os
americanos a apoiar a guerra, vai realizar uma campanha de terror em todo o
país, ameaçando, asfaltamento e plumagem e às vezes os americanos
linchamento que, por qualquer motivo, não comprar ou não comprar "o suficiente"
Liberty Bonds.

No total, os Estados Unidos vão gastar US $ 39 bilhões em custos reais da guerra


durante o seu período de dezoito meses de participação direta na Grande Guerra.
Ninguém deveria se surpreender que 16000000000 dólares ou quarenta e um por
cento desse valor será como o lucro líquido para os mercadores da morte. Como
muitos dos compradores patriótico de Liberty Bonds perceber que quarenta e um
centavos de cada dólar que eles têm lutado para se inscrever vai direto para os
bolsos dos Rockefellers, a Duponts, os Morgans, o Carnegies e seus clubmates?

1918: Estados Unidos. Durante os tumultos raciais em Chester, Pensilvânia, três


negros e dois brancos são mortos.

1918: Estados Unidos. Três negros e um branco são mortos durante um motim da
raça na Filadélfia.
1918-1922: Estados Unidos. A Suprema Corte declara inconstitucional uma lei
federal do trabalho infantil. A nova lei do trabalho infantil será promulgada em
1919 e, em 1922, esta também será declarada inconstitucional pelo sensível,
sentimental Tribunal. As crianças tem que ser livre para trabalhar na terra dos
livres.

1918: Estados Unidos. autoridades dos EUA postal apreender exemplares do


Ulisses de James Joyce. Eles vão fazê-lo novamente em 1930.

1918-1919: o México. Os EUA invade o México pelo menos três vezes em 1918 e
seis vezes em 1919 "em busca dos bandidos", um eufemismo para interferir na
Revolução Mexicana.

1918-curso: MUNDIAL. Com um pouco de incentivo e os Rockefellers Harrimans,


o Congresso dos EUA passa o ato Web Pomerene o que torna os cartéis e
monopólios americanos fora das fronteiras dos Estados Unidos perfeitamente
legal, tanto quanto os EUA estão em causa. A lei estabelece os barões ladrões
soltos de ser presa em um mundo devastado pela guerra, com a bênção do
governo dos Estados Unidos. Seu primeiro alvo será a Alemanha.

1918: Estados Unidos. Socialista Eugene Debs é preso pelas forças da liberdade
e da liberdade depois de visitar três norte-americanos na prisão por se opor à
proposta dos pobres e dos fracos como o Harrimans, Hoovers e Rockefellers fugir
dela. Ele faz um discurso público próximo ao presídio, onde os três estão sendo
realizadas.

Debs é um orador carismático, cujas palavras cortadas um pouco perto do osso


para a classe dominante dos EUA: "Dizem-nos que vivemos em uma república
livre grande, que as nossas instituições democráticas, que somos um povo livre e
auto-regulam. Isso é demais, mesmo para uma brincadeira guerras ao longo da
história têm sido travadas para a conquista e pilhagem A classe dominante
sempre declarou as guerras;.. a classe oprimida sempre lutou as batalhas ".

Na prossecução da liberdade de expressão na maior democracia do mundo já


conheceu, Debs é preso e acusado de violar a Lei de Espionagem.

Os trovões julgar contra Debs: "Quem iria encontrar a espada da mão desta
nação, enquanto ela está empenhada em se defender contra uma potência
estrangeira e brutal?", Baba overwrought pseudo-patriotas que parece muito com
ele pode ter sido fabricado especialmente para o juiz por Wilson maven
propaganda do regime e controle da mente especialista Edward Bernays.

Debs está devidamente condenado a dez anos de prisão por exercer os seus
direitos teórica da liberdade de expressão. Debs recurso não é ouvido pelo
Supremo Tribunal Federal após a Grande Guerra é levado a uma conclusão. O
Supremo Tribunal Federal mais uma vez vem para baixo do lado da repressão e
da justiça "liberal" Oliver Wendell Holmes, escreve a decisão, apontando algumas
das partes mais perigosas do discurso não tão livre Debs.

Debs, escreve Holmes ", em seguida, manifestou a sua oposição ao militarismo


prussiano, de forma que, naturalmente, poderia ter sido pensado para ser
destinado a incluir o modo de proceder, nos Estados Unidos." Puta merda,
Eugene, não estar falando desse jeito!

Você precisa saber


que você está apto para alguma coisa
melhor do que a escravidão
e carne para canhão.

Eugene Debs

1918: Estados Unidos. Polícia mineiro de resgate, nascido na Alemanha, Robert


Paul Prager, a partir de uma multidão em Collinsville, Illinois, que o acusaram de
fazer "desleal" declarações sobre Woodrow "Fazendo o Mundo Seguro para a
hipocrisia" Wilson numa reunião socialista. A liberdade de expressão a ser
estritamente proibido por lei na terra dos livres, Prager tinha sido seqüestrado pela
máfia e, em seguida, marchou para a rua principal, onde os sapatos foram
removidos e seu corpo envolto em uma bandeira americana. O townpeople
heróico de Collinsville Prager tinha, então, forçados a beijar a bandeira
repetidamente e marchar para cima e para baixo agitando duas bandeiras
menores.

Não satisfeito com suas agressões contra a Prager antes de seu resgate pela
polícia, as quebras de multidão para dentro da cadeia Collinsville, domina a polícia
e arrasta Prager para a rua novamente. Trezentos e cinqüenta moradores animar
e agitar a bandeira americana como Prager é linchado.

Surpreendentemente, doze dos melhores cidadãos Collinsville são realmente


acusado de homicídio. Basta carregar os assassinos depois de um linchamento é
coisa muito radical, mas os EUA Prager era, afinal, branco. No julgamento, o juiz
permite que uma banda para tocar The Star Spangled Banner, antes que ele dá ao
júri suas instruções. O julgamento é um circo de maneira mais do que isso. Os
defensores dos réus, usando fitas vermelhas, brancas e azuis, se reúnem fora do
tribunal, a cantar canções patrióticas enquanto os fornecedores vendem comida.

Após alguns minutos de deliberação, os réus estão devidamente considerado não


culpado e que o juiz recomenda que os assassinos de seu humanitarismo em
permitir Prager para escrever uma carta de despedida para seus pais antes de ser
linchado.

1918: Estados Unidos. Um grupo de "patriotas" que se autodenomina a "Knights of


Liberty", arrasta um imigrante finlandês, Olli Kinkkonen, a partir de uma pensão em
Duluth, Minnesota, alcatrão e penas dele e, em seguida, lincha ele. Kinkkonen,
madeireiro e estivador, tinha feito saber que ele não queria lutar em uma guerra de
Woodrow Wilson e estava voltando para a Finlândia. Os "Cavaleiros da Liberdade"
entregar uma carta a um jornal local, tendo o "crédito" para Kinkkonen seqüestro,
dizendo que ele deve servir como "um aviso para todos os preguiçosos".
Kinkkonen corpo, coberto de alcatrão e penas, é encontrado duas semanas
depois, pendurado em uma árvore nos arredores de Duluth.

Verdade, justiça ou o American Way prevalece mais uma vez, quando as


autoridades decidem que Duluth Kinkonnen havia se suicidado, presumivelmente
asfaltamento e difusão si mesmo antes de se enforcar.

1918-1945: a Alemanha. Os EUA são apenas uma nação combatente na Grande


Guerra para um pouco mais de um ano e desempenha um papel relativamente
pequeno militarmente. Apenas 55 mil norte-americanos, a maioria deles
trabalhando conscritos da classe e, portanto, sem valor real, são mortos versus
mais de trinta milhões de europeus. O interruptor de atraso de armas e
financiamento do fornecedor para ambos os lados a nação combatente que,
felizmente, os EUA dão um papel importante na elaboração do Tratado de
Versalhes, que impõe massivos pagamentos de reparações, em ouro, na
Alemanha e estabelece limitações drásticas no rearmamento.

E quem deveria estar lá, bem no meio das coisas, contribuir para a elaboração do
Tratado, mas um elenco estelar de belicistas Rockefeller alternância, mercadores
da morte e aproveitadores incluindo Max e Paul Warburg de Kuhn, Loeb, primos
Rockefeller e nazi-advogados -a-ser John Foster Dulles e Allen e Thomas Lamont
do JP Morgan. Secretário Adjunto da Comissão de Reparações não é outro senão
Davis Jerome Greene, um banqueiro com ligações ao longo da vida para os
Rockefellers, através da Fundação Rockefeller, do Instituto Rockefeller e seu
trabalho como John D. Rockefeller assistente pessoal.

Os termos do Tratado de Versalhes deliberadamente criar o desastre financeiro


que levará à Segunda Guerra Mundial através da criação das reparações alemãs
a um nível que mutila a nova república alemã.

O Tratado sistematicamente falidos da economia alemã, que resulta em


desvalorização maciça da moeda alemã. O Rockefellers e outros membros da
rusga classe dominante dos EUA e pegar empresas alemãs e bens para uma
pequena fração de seu valor real. Enquanto a classe dirigente dos EUA pode
encontrar o dinheiro quase ilimitado para ir às compras na Alemanha e, em
seguida, criar as suas operações na Alemanha, como parte da máquina de guerra
de Hitler, eles não parecem ter muito dinheiro para investir em os EUA, criando o
clima em que a devastação da Grande Depressão os EUA e boa parte do resto do
mundo.

A família Harriman, em um arranjo tão tortuoso que ele ainda é classificado em


segredo pelo governo dos EUA, de alguma forma consegue adquirir a linha de
Hamburg-Amerika, uma das linhas maiores do mundo marítimo, por quase nada
Por uma incrível coincidência, os banqueiros

alemão Hamburg-Amerika, que estão intimamente envolvidos na venda, são a


família Warburg mesma envolvida na elaboração do Tratado de Versalhes e
colaboradores mais próximos do / Harriman Rockefeller eixo / Dulles. O
financiamento foi complicado arranjado por ninguém menos que Herbert W.
Walker, bisavô de George "Eu sou o cara Um Lyin '" Bush.

A linha de transporte, sob o controle do Harrimans e dirigido a partir da sua sede


em Nova Iorque por Prescott Bush, avô de George "I" m A Lyin 'Guy "Bush, vai
desempenhar o papel central na aquisição da Alemanha por Adolf Hitler e os
nazistas e, simultaneamente, servir como um canal de propaganda nazi e espiões
nazistas infiltrados na Hamburg EUA Amerika irá transportar armas de Armas do
Duponts "Remington de camisas pardas de Hitler 300.000 SA, para realizar uma
campanha de intimidação, terror e assassinato que levar a Adolf Hitler tomar o
poder na Alemanha.

Outra grande beneficiário do Tratado de Versailles é "Melhor Killing Through


Chemistry" Dupont, que não só fez fortuna fornecendo armamentos durante a
guerra, mas, em meio aos destroços econômico criado pelo Tratado, foi capaz de
agarrar patentes química alemã de valor quase inestimável que permitiu à
empresa expandir suas operações para se tornar uma das maiores empresas do
mundo a maior química.
1918: Estados Unidos. A Grande Guerra acabou, dezenas de milhões de pessoas
estão mortas, milhões de pessoas são mutiladas e incapacitadas para a vida, as
mulheres são viúvas, crianças órfãs, as mentes são destruídas, milhões de casas,
fazendas e empresas foram bombardeadas e queimadas em nada. Aqueles que
sobreviveram estará pagando as dívidas de guerra para os banqueiros
internacionais para as gerações. Mas, chega de más notícias já. Vamos ter
algumas boas notícias.

Em tempo de guerra, é dever patriótico de todos para fazer sacrifícios na luta pela
liberdade e pela liberdade e as famílias da classe dominante americana
certamente fez a sua parte durante a Grande Guerra pela limpeza de todo o
dinheiro em excesso que poderia ter apresentado um risco de incêndio se ficar por
aí.

Lucro anual da Dupont aumentaram quase 1000% para uma média de US $ 60


milhões por ano. Lucros anuais Bethlehem Steel passou de cerca de US $ 6
milhões por ano para US $ 50 milhões. Lucros United States Steel passou de
cerca de US $ 100 milhões por ano para US $ 240 milhões. Média Anaconda
Copper lucros anuais saltaram de US $ 10 milhões para US $ 34 milhões. Lucro
anual Utah Copper saltou de US $ 5 milhões a US $ 21 milhões. Central de couro,
que desde artigos de couro, os militares dos EUA, viu seu foguete lucros em
1100%. Lucros, a General Chemical Company aumentou 1.400%. Lucros
International Nickel Company foi de US $ 4 milhões para US $ 73 milhões, um
aumento de mais de 1700%.

E, claro, os Rockefellers, os Morgans, o Dillons, os Rothschild, os Warburg e os


outros membros da elite fizeram fortunas ainda maiores em seu papel de
financiadores da guerra. Mas uma vez que, como parcerias, eles não são
obrigados a comunicar os seus lucros, nós nunca saberemos exatamente o
quanto eles fizeram toda a morte e destruição.

Como são todas as guerras, A Grande Guerra foi, em primeiro lugar e acima de
tudo, uma oportunidade de negócio maravilhoso, um momento para o roubo dos
contribuintes numa escala inimaginável, um tempo para ainda mais do que o
habitual golpes, fraudes e esquemas de propina. Tio Sam comprou e pagou por
trinta e cinco milhões de pares de sapatos de serviço hobnailed, oito pares para
cada soldado americano alistados durante a guerra. No fim da guerra, vinte e
cinco milhões de pares de ser utilizadas. Tio Sam comprou milhões de selas, os
EUA ainda não enviou a cavalaria para a guerra. Os militares dos EUA comprou
vinte milhões de mosquiteiros e outra de quarenta milhões de metros de redes
mosquiteiras. Nada disso nunca me acostumei, mas alguém fez um monte de
dinheiro no negócio. Os fabricantes foram pagos um bilhão de dólares para fazer
aviões e motores de avião que nunca foram usados. Alguém vendeu o governo
dos EUA quatro milhões de mochilas e equipamentos relacionados. Eles nunca
foram usados. Alguém vendeu ao governo seis mil buckboards para o transporte
de coronéis. Não é um nunca foi usado. Construção Naval recebeu mais de três
bilhões de dólares do dinheiro dos contribuintes dos EUA ". Desse total, 635
milhões dólares foi para construir os navios que, descobriu-se, eram tão
desastrosamente construídas que se afundou. Não restituições foram dadas.

Estima-se que os contribuintes dos EUA foi preso com uma conta de cerca de US
$ 39 bilhões em reais guerra "custos" incorridos durante o período de dezoito
meses da participação americana na Primeira Grande Guerra. Desse montante,
US $ 16 bilhões foi o lucro puro para os mercadores da morte.

1918: Estados Unidos. Em Thanksgiving Day 1918, apenas duas semanas após o
armistício da Primeira Guerra Mundial termina, um novo inimigo magicamente
surge para substituir o Huno vencido como o bicho-papão necessária para manter
os americanos firmemente em linha, o comunismo. Um comitê do Senado declara
que ameaça Bolchevismo América. A Liga Nacional de Segurança não perder uma
batida em ir a caça "pró-alemães" para procurar para fora comunistas sujos. Os
EUA Post Office máquina de censura continua a tiranizar a imprensa
independente. A "Justiça" do Departamento começa a deportação dos
"estrangeiros" suspeitos de pertencer à "classes anarquista e similares", segundo
a lei federal que autoriza a deportação em massa.

Não pode haver hunos esquerda para a luta, mas que grande Woodrow liberal
"Tornar o Mundo Seguro para a hipocrisia" Wilson pede a aprovação de uma lei
federal sedição paz de qualquer maneira. Embora o Congresso nunca votos sobre
o projeto, a máquina do partido estado seguir o exemplo do presidente e, após o
armistício, quase todos os estados os EUA aprova legislação que restrinja a
liberdade de expressão. Em Connecticut, torna-se um crime para dizer algo que,
nas palavras da lei, é "destinado a lesivos afetar o governo" de Connecticut ou dos
Estados Unidos.

1918-curso: ESTADOS UNIDOS. Após a Primeira Guerra Mundial, os homens que


a massa lavagem cerebral América, Carl Byoir, Eward Bernays e George Creel do
ministério Woodrow Wilson de propaganda, o Comitê de Informação Pública (CPI),
são usados pelo governo dos EUA para fazer uma pequena mente adicionais
dobra no exterior. Entre os alvos são o povo da América Latina e Europa Central.
Outros agentes CPI permanecer no governo federal para continuar o bom trabalho
controlando as percepções e crenças dos americanos.

Os meninos são, naturalmente, para a venda pela melhor oferta. O Conselho


Nacional da Lituânia contrata Byoir, que subcontrata Bernays em uma campanha
de sucesso para convencer o público americano que os EUA devem reconhecer a
Lituânia. Bernays, em seguida, leva a CPI técnicas de propaganda para a Madison
Avenue, onde ele trabalha diligentemente para os interesses da indústria do
câncer.,
Entre os triunfos Bernays do pós-guerra

manipulação de massas é um engano clássico projetado para popularizar o


consumo de cigarros entre as mulheres. Bernays organiza a chamada "Brigada da
Liberdade" em 1929 na cidade de Nova York Easter Parade. Trabalhar para a
American Tobacco Company, Bernays diz à imprensa que um grupo de
manifestantes dos direitos das mulheres acendem "tochas da liberdade" durante o
desfile. Modelos contratados por Bernays acender cigarros Lucky Strike na frente
dos fotógrafos de imprensa e os meios de comunicação sempre cooperativa EUA
relata o dublê como um "gesto de liberdade" das mulheres. A publicidade na
sequência do desfile é enorme e, ao longo dos próximos anos, milhões de
mulheres norte-americanas se tornará dependente de cigarro graças a Edward
Bernays.
Bernays vai usar seu talento duvidoso, em nome

da indústria do câncer de tabaco / de outro modo, o desenvolvimento, com a


conivência da Associação Médica Americana, a decepção de publicidade que os
cigarros são benéficos para a saúde.

Bernays será a força motriz por trás do programa nazista de alumínio ALCOA
fornecedor de eliminação de resíduos tóxicos imaginativa, a fluoretação da água
potável. Um subproduto altamente perigoso de fundição de alumínio, fluoreto será
magicamente transformada de uma responsabilidade caro em um trabalhador com
renda de Bernays, quando, com a ajuda da American Dental Association, ele
vende a idéia de água fluoretada para o público americano através de uma mídia
massiva campanha.

Bernays irá fornecer seus talentos para os Rockefeller e os irmãos Dulles, quando
ele ajuda para demonizar o presidente democraticamente eleito da Guatemala,
Jacob Arbenz, como um comunista sujo. Propaganda Bernays irá fornecer a
"justificação ", em os EUA para a CIA, o derrube do governo da Guatemala e da
instalação de uma ditadura cruel que escraviza guatemaltecos durante décadas e
realizar um genocídio cruel, matando centenas de milhares de pessoas nativas.

1918-1920: PANAMÁ. Tropas dos EUA suprimir o movimento de independência


do Panamá e controlar o resultado das eleições para garantir a dominação dos
EUA continuou do Panamá. Eles permanecem na profissão por dois anos.
1919-1920: A Summer Of Blood, Linchando Will Brown e J. Hoover Edna
sobe ao palco

1919-1921:. ESTADOS UNIDOS Uma das inúmeras


vítimas da repressão sob Woodrow Wilson Espionage Act e Lei de Sedição é Victor L.
Berger, que tinha sido acusado de exercer o seu direito teórico à liberdade de expressão nos
Estados Unidos, expressando sua oposição a Wilson recentemente reposicionada guerra.

Embora sob a acusação, Berger é eleito para a Câmara dos Representantes dos EUA, em
Wisconsin, mas, nesta democracia bem para que os filhos dos pobres estão sendo enviados
para morrer, só porque o povo elege alguém não significa que ele permanece eleitos,
especialmente se ele pede coisas tão radical como a liberdade de expressão, liberdade de
imprensa e lucram com a guerra fiscal. Nós não podemos ser nada havin de que, assim que
a Casa se recusa a sede Berger, embora não tenha sido condenado por qualquer crime, e
pede uma eleição especial para tentar conseguir alguém que foi eleito, que é mais ao gosto
dos poderes -que-ser.

O povo teimoso de Wisconsin, sem entender como o sistema funciona, votar em Berger
novamente, e mais uma vez, a Câmara dos Deputados sabota a democracia na América e se
recusa a sede dele. Berger é finalmente condenado à liberdade de expressão, mas, em 1921,
ganha um recurso para o Supremo Tribunal dos EUA devido a uma tecnicalidade, altura em
que a sua oposição à guerra se tornou um ponto discutível.

1919:. HONDURAS Os EUA invadem Honduras para "proteger os interesses americanos",


controlando o resultado de uma eleição. Tenho que ter certeza que dá certo.

1919:. ESTADOS UNIDOS O Senado dos EUA Overman Comitê estabelece que a família
Morgan Guaranty Trust teve "um papel ativo no financiamento a Alemanha durante a
Grande Guerra de uma maneira unneutral". George Herbert Walker, bisavô de George W.
Bush, está intimamente ligado com Guaranty Trust. Nem o Walker, nem ninguém da
família Morgan é acusado de traição. É apenas um bom negócio.

1919-1922:. ESTADOS UNIDOS Joseph "Joe Jittery" Kennedy é um trabalho com a idade
de corretagem Boston linha de Pedra e Companhia, depois de seu pai-de-lei, o prefeito
Fitzgerald, promete enviar businesss seu caminho. Com a ajuda do pai-de-lei do seu amigo,
Galeno Stone, Joe Jittery usa informações privilegiadas para ganhar dinheiro com
investidores incautos. Kennedy também está envolvido no esquema conhecido como
piscinas de valores em que os membros de uma conspiração estoques comerciais e para
trás, levantando acima artificialmente o seu valor, atrair os otários, e então o dinheiro para
fora, levando os otários 'o dinheiro com eles.

1919-1922:. ESTADOS UNIDOS O abuso de prisioneiros, a vivissecção e eugenia são


bem combinados em San Quentin, quando experimentos de transplante testículo são
realizadas em cinco centenas de presos.

1919-1972:. ESTADOS UNIDOS Mitchell Palmer


toma posse como procurador-geral dos Estados Unidos. Como Custódia de Bens
Estrangeiros durante a Grande Guerra, a mais alta jurídica do oficial do país ter apreendido
milhões de dólares de activos alemã, que tinha, por incrível coincidência, acabou nas mãos
de seus amigos e companheiros.
J. Edgar Hoover é feita assistente especial Palmer e chefes
de uma nova secção da "Justiça" do Departamento, a Divisão de Inteligência Geral, criada
para recolher informações sobre "revolucionário e ultra radical" de pessoas nos Estados
Unidos. (Tradução em Inglês:. Principalmente os trabalhadores que tentam se organizar em
sindicatos eficaz para melhorar os salários e as condições deploráveis de trabalho e
socialistas que apoiaram)

ataque de meio século ao longo de Hoover, sobre a lei, na Constituição dos EUA e ao povo
dos Estados Unidos já começou. Ele constrói um imenso índice em "esquerdistas", que
inclui de meio milhão de nomes, juntamente com ficheiros mais detalhadas sobre a sessenta
mil pessoas. Hoover utiliza milhares de escutas ilegais e informantes para espionar os
americanos. Hoover contrata seu amigo ultra-direita, George Ruch como seu assistente.
Ruch, aparentemente, nunca ter ouvido falar da Constituição, que expressa espanto
esquerdistas "deveriam ser autorizados a falar e escrever tudo o que querem contra o
governo." Imagine isso!

Quando Ruch folhas lado Hoover para liderar a "polícia industrial" de uma empresa de
carvão Pittsburgh, Hoover atribui agentes do Departamento de Justiça para treinar
esquadrões Ruch é tonto nas técnicas que serão utilizados para aterrorizar os trabalhadores
sindicalizados.

Em novembro de 1919, as invasões notórias Palmer começa sob a Lei de Sedição e da Lei
da Espionagem. agentes Palmer invadir a sede da União dos Trabalhadores da Rússia em
uma dúzia de cidades em todo o EUA Centenas de pessoas estão presas, muitas são
espancadas pela polícia e há acusações de tortura. Hoover na "Justiça" Departamento
"pegas" os ataques. Praticamente todas as vítimas serão considerados inocentes de qualquer
crime e, eventualmente, são libertados sem acusação.
Hoover persegue sistematicamente os
trabalhadores, especialmente aqueles que estão tentando organizar, o Industrial Workers of
the World (IWW) e, em janeiro de 1920, mais seis mil pessoas estão presas, a maioria
membros da IWW. Os membros do sindicato são presos e railroaded fora das cidades em
todo os EUA Muitas vezes, os rodeios se tornar violentos e terminar em assassinato. Os
líderes trabalhistas freqüentemente enfrentam acusações forjadas e quando estes não
conseguem parar o movimento operário, o cross dressing usa homossexual Hoover
chantagem e escândalos sexuais reais ou fabricadas para intimidar, caluniar e desacreditar
os organizadores do trabalho. O BI configura locais união falsa e os coloca com os
informantes.

Durante uma única noite, a prisão de Palmer agentes com mais de quatro mil pessoas. De
novembro de 1919 a janeiro de 1920, mais de dez mil pessoas estão presas, as detenções em
massa o maior na história dos EUA. Milhares de mandados de detenção são finalmente
cancelada como sendo ilegal.

Hoover vai atrás de Emma Goldman, que foi muito mal exercer seu direito de livre
expressão teórica e defendendo o amor livre eo controle da natalidade e, suspiro, criticando
a religião organizada. Não pode ser nenhum havin do que na terra da liberdade.

A revolução Rockefeller-financiados na Rússia ter conseguido, o bicho-papão comunista


agora é uma ferramenta útil de controle social e é usado para criar um clima de medo e ódio
nos EUA O grande "Red Scare" é usado para prevenir o desenvolvimento de um Estado
independente e movimento sindical no sentido os EUA Para manter as coisas se movendo,
do Procurador Chefe Palmer anuncia que uma revolução comunista terá lugar nos Estados
Unidos em 01 de maio de 1920. Naturalmente, tal coisa não acontece.

Em 28 de maio de 1920, a American Civil Liberties Union (ACLU) publica seu relatório
das práticas ilegais dos Estados Unidos Departamento de "Justiça". O relatório documenta
fartamente a onda de crimes de Palmer e Hoover unawful incluindo a autorização de
detenção, encarceramento ilegal por agentes provocadores e detenção ilegal sem acesso a
advogado. Palmer é chamado antes do Regimento da Câmara dos Representantes, onde ele
defende a sua devoção Gestapo americana. "Peço desculpas por nada que o Departamento
de Justiça tem feito nesta matéria", diz ele, "a glória que eu nele."

Se o fascismo nunca chegou


para os Estados Unidos,
seria envolvido
em uma bandeira americana.
Huey Long

Em junho de 1920, o juiz George Anderson efetivamente termina a invade Palmer quando
ele ordena o cumprimento de vinte "estrangeiros" que tenham sido ilegalmente preso e
denuncia as ações do Departamento de "Justiça".

1919:. JUGOSLÁVIA EUA fuzileiros navais invadem a Jugoslávia ea atacar os sérvios na


Dalmácia, em nome do governo italiano.

1919:. ESTADOS UNIDOS A Ku Klux Klan é revivido em Maryland e Virgínia. Nos


primeiros seis meses do ano, 28 homens e mulheres negros são linchados publicamente nos
EUA Sete das vítimas são veteranos de guerra, linchado em seus uniformes.

O verão de 1919 torna-se conhecido


como o "Verão Vermelho" como pogroms em pelo menos 26 cidades em consequência do
assassinato de milhares de negros e de destruição em massa de comunidades negras. O
termo "Verão Vermelho" refere-se ao sangue dos negros americanos correndo pelas ruas da
América.
Em Washington, DC, uma agitação racista por uma
multidão de cerca de quatrocentos brancos é ignorado pela polícia. A violência da multidão
foi acionado, deliberadamente, ao que parece, pelos relatos sensacionalistas e inflamatórias
nos quatro principais jornais Washingston de crimes sexuais apresentadas por um anónimo
"demônio negro". A violência se estende ao longo de um período de quatro dias, como os
negros se defenderem e, eventualmente, nove pessoas estão mortas e mais de cento e
cinqüenta homens, mulheres e crianças são batidos, espancado e baleado.

1919: ESTADOS UNIDOS. Uma multidão em Omaha


tenta linchar um homem negro, Brown, que tinha sido acusado de estupro por uma mulher
branca, embora sua identificação de Brown foi descrita como "não é positivo". O que é
positivo é que Brown viveu com uma mulher branca de pano e que o local, a abelha de
Omaha, estava em um negro e uma campanha de medo contra o ódio concebido para
embaraçar a administração da cidade, que se opõem.

O Bee realizada histórias sem fundamento, provavelmente fictício, de ataques a mulheres


brancas por negros, uma tática comum para inflamar o ódio racial nos Estados Unidos na
época. Mais tarde Grand Jury depoimento revela que alguns ataques, de fato, ocorrer,
realizado por homens brancos em blackface.

Uma multidão de quatro mil vai em um rampage polícia atacando defendendo o tribunal em
que Brown está sendo mantido, atacando os negros que vivem na área de incêndio e,
finalmente, definir para o tribunal com gasolina roubada de uma estação de serviço nas
proximidades. Nas imediações do Palácio da Justiça, mais de mil armas são roubadas de
lojas pela multidão. Como o prefeito de Omaha tenta acalmar a situação, ele é apreendido
pela máfia e linchado, mas ele é resgatado pela polícia e sobrevive. A multidão continua a
jogar gasolina no tribunal e mangueiras corta fogo para que o fogo não pode ser extinta.

Em última análise, é apreendido Brown e


linchado. A multidão incêndios centenas de tiros em seu corpo sem vida, que é então
cortada e arrastada pelas ruas atrás de um carro. Seu corpo é queimado então eo cadáver
carbonizado arrastado pela zona empresarial de Omaha.

A multidão continua a revolta por horas após o assassinato de Brown até que as tropas
federais chegaram com metralhadoras. No dia seguinte, o major-general Leonard Wood
chega em Omaha com 1600 tropas para fazer um pouco de paz. Lennie é o herói do
massacre Dajo Bud, nas Filipinas, onde dirigiu as tropas americanas no assassinato em
massa de cerca de seis centenas de "mouros" (muçulmanos), incluindo 196 mulheres e 340
crianças. O nosso herói decide que o motim é uma boa oportunidade para fazer um pouco
de vermelho Assustar e publicamente e absurdamente culpa do tumulto em Omaha o
Industrial Workers of the World.

Apesar de alguns dos líderes do motim e os linchamentos são acusados de crimes, as


convicções são apenas para crimes triviais, como destruição de propriedade pública e mais
réus são condenados a penas suspensas.
1919:. ESTADOS UNIDOS Só para mostrar que não há
discriminação baseada no sexo nos Estados Unidos, United Mine Workers organizador
Fanny Sellins é assassinado a sangue frio por capangas empresa Brackenridge, Pensilvânia,
durante uma greve de mineiros de carvão. Miner Joe Starzeleski é assassinado ao lado dela.
Quatro capangas empresa são levados a julgamento e são, naturalmente, absolvido.

1919:. ESTADOS UNIDOS Parece mesmo que a polícia não está imune de ser reprimida
pelos poderes constituídos. Distúrbios, pilhagens, violência e sair em Boston depois de mil
policmen Boston declarar uma greve quando suas tentativas para se filiar à Federação
Americana do Trabalho são contrariados. governador de Massachusetts, Calvin Coolidge
chama a milícia do estado todo para acabar com a greve da polícia.
1919:. ESTADOS UNIDOS Industrial Workers of the World organizador (IWW) Wesley
Everest é torturado, castrado e depois linchado por uma multidão em Centralia,
Washington, depois de quatro membros da American Legion são filmados durante a
tentativa de forçar seu caminho para uma reunião IWW. Ninguém é cobrado.

1919-1924:. ESTADOS UNIDOS Em 1919, o governo-vigilante de um grupo privado


sancionada conhecido como o protetor da Liga Americana (APL), que tem operado nos
últimos três anos perseguindo e espiando os americanos e os "estrangeiros" é condenada
dissolvida pelo Procurador Geral . Mas, de trezentos mil os membros da APL são muito
apegados a seus semelhantes poder Gestapo e intrigas para que ir tão facilmente.
Continuam as operações sob uma variedade de nomes, incluindo o americano Liga
Patriótica de Chicago, a lealdade do campeonato de Cleveland, a Guarda Casa de
Cincinnati e ao Comité das Treze de Minneapolis.

Em 1919 e 1920, o Attorney General Mitchell Palmer utiliza ex-membros da APL, durante
as invasões notórias Palmer contra anarquistas alegado, socialistas e sindicalistas e do
Departamento de Guerra vai empregar os vigilantes em nome da Divisão de Inteligência
Militar. Além disso, vários governos estaduais e municipais utilizarão os vigilantes para
investigar os americanos de "desleal" ou "antiamericano" atividades, geralmente composto
de actividade sindical ou, suspiro, o exercício da liberdade de expressão na terra da
liberdade.

O governo federal não vai parar de usar os vigilantes ex-APL até 1924.
1919-1933:. ESTADOS UNIDOS Um movimento de
temperança existia nos Estados Unidos durante os anos 1900 e início de 1800, liderada por
mulheres e grupos de igreja protestante, pedindo a proibição de bebidas alcoólicas. Mas não
é até 1919 que os meninos no quarto dos fundos, o mais importante barão ladrão John D.
Rockefeller, de repente, decidir que a proibição de bebidas alcoólicas é essencial para o
bem social da América. A base da fortuna dos Rockefeller está, de fato, licor
contrabandeado ea idéia de que o assassino deu Rockefeller rato burro de um sobre o bem-
estar dos peões em os EUA é tão risível que deve haver mais para a história, certo?

E assim há. Entre os inúmeros fatos pouco conhecidos da história americana é que a Lei
Seca, que entrou em vigor jurídica plena, em 1920, não proibiu bebidas alcoólicas apenas,
mas também efetivamente interrompido o uso do etanol como combustível. Até a segunda
década do século XX, as vendas do "boom" no carro, ônibus, caminhão e trator estava em
andamento e do enorme crescimento futuro da indústria automóvel era óbvia. A procura de
combustível para todos esses veículos deve crescer exponencialmente e, desde Rockefeller
ganhou o controle de dois terços dos fornecimentos de petróleo do mundo, ele ficou de
fazer uma fortuna inimaginável e ganhar igualmente inimaginável poder dele.
Mas havia uma nuvem no horizonte
Rockefeller. Ao mesmo tempo, uma outra indústria estava crescendo rapidamente nos
Estados Unidos, a produção de etanol por parte dos agricultores americanos. Normalmente,
feito a partir de grãos como o da Cannabis, embora muitos outros produtos agrícolas podem
ser usados, o etanol é uma queima limpa, infinitamente recurso renovável. O motor de
combustão interna inventado por Nikolaus August Otto, foi concebida para funcionar a
etanol, e não gasolina. Modelo T da Ford veio com um carburador que poderiam facilmente
acomodar tanto a gasolina e etanol.

Em 1920, o etanol representava uma ameaça real ao império Rockefeller de petróleo. A


única coisa Rockefeller temia, acima de tudo era a livre iniciativa e concorrência, mas
verdadeiro, porque havia tantos fabricantes de pequena escala e os vendedores de etanol, e
se livrar deles era muito mais difícil do que simplesmente destruir ou absorver uma
companhia petrolífera concorrente, algo que Rockefeller fez em uma base regular. Mas,
como num passe de mágica, a proibição se livrou de quase todos os concorrentes em um
único golpe e do mercado de combustíveis é de Rockefeller.

A competição é um pecado. John D. Rockefeller


Claro, a proibição tem outros benefícios. Fortunas
serão feitas contrabando em uma escala gigantesca durante a Lei Seca por vários
criminosos e mafiosos, sobretudo Joseph "Joe Jittery" Kennedy. Kennedy tem seus lucros
mercado acionário burla e cria um império de contrabando, que em breve torná-lo um dos
homens mais ricos da América. Trabalhando com seus parceiros de negócios da máfia de
Boston, Nova York, Chicago e Nova Orleans, Kennedy estarão envolvidos não só na
pirataria em si, mas em todos os crimes associados, incluindo a coerção, suborno e
assassinato.

Ajudei Joe Kennedy a ficar rico. Frank Costello, chefe da máfia Luciano Família.

A partir de 1922, quando ele encerra seu trabalho burla as ventosas na pedra da Empresa,
em Boston, Kennedy não tem nenhum meio visível de apoio e, ainda, em meados da década
de 1920, sua fortuna é estimada em dois milhões de dólares, uma fortuna considerável no
tempo .

Joe Kennedy foi um dos maiores vigaristas que já viveu. chefe mafioso Sam Giancana

Em 1933, a produção de etanol nos EUA têm sido, para todos os fins práticos,
completamente destruído e esquecido há muito tempo. América tornou-se um viciado
sempre após a próxima correção de petróleo, geralmente a partir de Rockefeller, não
importa quantas pessoas têm de ser mortos ao redor do mundo para obtê-lo. Agora é seguro
para acabar com a proibição e assim por John D. Rockefeller, sempre o ajuda humanitária,
escreve para o New York Times, expressando sua preocupação sincera sobre os males da
Lei Seca e pedindo sua revogação. E assim vai.
1919: ESTADOS UNIDOS. J. "Edna" Hoover e sua turma
finalmente conseguiram silênciar Emma Goldman e, milagrosamente, não há assassino
solitário envolvido. Junto com 248 outros militantes, Goldman é deportada para a Rússia a
partir de Nova Iorque, em 21 de dezembro, para nunca mais voltar para os EUA. Goldman
tinham vivido nos EUA por 34 anos e foi casada com um americano.

Goldman não tinha conseguido entender os dois elementos essenciais da "liberdade de


expressão" na América: A) Você pode dizer o que quiser, contanto que que você diga o que
os meninos no fundo da sala querem, ou B) Você pode dizer qualquer coisa você quer,
contanto que ninguém esteja realmente ouvindo. As pessoas estavam ouvindo Goldman o
que fez dela perigosa.

1920:. ESTADOS UNIDOS Agora que


o Rockefellers, Rothschild, Morgan, Warburg e seus co-conspiradores têm o controle total
da oferta monetária dos EUA e da economia através da sua propriedade da empresa privada
conhecida como a Reserva Federal, é hora de diversão e jogos para começar.

A partir do momento que os meninos nos bastidores conseguiu deslizar o projeto de lei
dando-lhes controle total do fornecimento de dinheiro dos EUA no Congresso em 1913,
foram loucamente "criar" dinheiro, dobrando o valor em circulação. Os meninos foram
muito felizes para dar empréstimos para toda a gente e depois, de repente eles começam a
querer receber os empréstimos.
Segue o Pânico. Que surpresa. 5.400 pequenos e médios bancos colapsam e quem está ali
para pegar a todos os pedacinhos e consolidar seu controle sobre o setor bancário? Por que
a gente mesmo fina que a própria Reserva Federal que criou o colapso, em primeiro lugar.
A América não é grande?

1920: / a Alemanha. UNIDOS Depois de meses planejando e-queda de braço, Averell


Harriman anuncia que vai re-iniciar o Hamburg Amerika linha de transporte da Alemanha.
Todos os navios Hamburg-Amerika tinham sido confiscados pelos EUA no final da
Primeira Guerra Mundial. Por algum acordo secreto ainda, os navios magicamente passam
a ser propriedade da família Harriman. Hamburg-Amerika Line, em seguida, readquire os
navios apreendidos, por um alto preço pago ao Harrimans que mantêm "o direito de
participar em cinquenta por cento de todos os negócios originados em Hamburgo", e, para
os próximos 20 anos, ter "controle total de todas as atividades da linha de Hamburgo, nos
Estados Unidos. " Hamburg-Amerika torna-se a propriedade privada de transporte de linha
maior do mundo.

Uma empresa de fachada norte-americana é estabelecida


através da qual a controlar Hamburg-Amerika que inclui dois dos homens mais responsável
para o negócio, o "mercador da morte" famoso Samuel Pryor de armas Remington e garoto
de recados Harriman e homem de frente, George Herbert Walker, avô de George HW Bush.

E Hamburg-Amerika é muito mais do que apenas uma linha de transporte. De 1935 até a
Alemanha declarou guerra sobre os EUA depois de Pearl Harbor, a linha servirá como
canal privilegiado para serem espiões nazistas infiltrados para os EUA e para o transporte
de segredos de defesa americano para a Alemanha. Hamburg-Amerika também servirá
como o principal meio de importação de propaganda pró-nazista para os EUA

Com a aquisição da linha pela Harrimans também cria um instrumento eficaz para a
manipulação e subversão fatal da Alemanha. É um elemento vital para o "Projeto de
Hitler". Nas próximas décadas, Hamburg-Amerika ativamente financiamento pró-nazistas e
de propaganda anti-governo dentro da Alemanha e terá centenas de milhares de armas
Remington Arms em os EUA, que serão utilizados pela SS nazista e SA para aterrorizar a
população alemã em sua apresentação e assassinar centenas de políticos da oposição que se
atrevem a falar contra os nazistas.

1920-1950:
ESTADOS UNIDOS. Na sombria e longa história de fraudes cometidas por empresas
norte-americanas contra o povo americano, um dos mais prejudiciais é perpetrada pelos
nazistas armamentos fabricante General Motors Corporation (GM) em conluio com
Rockefellers 'nazista fornecedor de combustível a Standard Oil e da Firestone, Phillips
Petroleum e do caminhão Mack. Em um e bem financiada conspiração maciça para destruir
o transporte público eletrico nos Estados Unidos, a GM corre manso candidatos nas
eleições municipais e subornos outros políticos. Os políticos corruptos, em seguida, votar a
favor da compra de seus sistemas municipais de bonde por uma holding, a National City
Lines (NCL) detida conjuntamente pela GM, a Standard Oil ea Firestone.

Em 1941, a NCL tem obtido em suas garras os sistemas de trânsito municipais de oitenta e
três cidades americanas, incluindo Nova York, Los Angeles e na Filadélfia. NCL remove o
material circulante, rasga os trilhos e, mais importante, rompe-se o direito de passagem, o
que torna praticamente impossível já para reconstruir os sistemas. No total, a conspiração
GM / Standard / Firestone destrói mais de cem sistemas de bondes nos EUA. O número de
bondes em operação diminuiu de 73.000 para 18.000. A conspiração aumenta a força de
vendas de ônibus e automóveis, consumo e vendas de pneus, destruindo a mais segura,
mais limpa, mais alternativa, econômica e sustentável meio de transporte.
A longo prazo, efeitos negativos dessa
conspiração de alguns das corporações mais cruéis da América estão literalmente
incalculável. O interruptor forçadas a favor do meio ambiente de transporte público para os
automóveis particulares e os resultados ônibus a diesel no esbanjamento de recursos
petrolíferos insubstituível e todos os assassinatos e caos que tem ido para a segurança ou
roubar o petróleo ao redor do mundo. A conspiração que resultou em grande aumento da
poluição e, finalmente, na mudança climática. A obsessão da engenharia com o carro
privado levou a milhões de mortes em excesso e feridos em acidentes de automóvel,
centenas de bilhões de dólares em dívida para os americanos e uma mudança catastrófica
no caminho cidades norte-americanas desenvolveram, com a devastação de bairros urbanos,
a destruição dos pequenos negócios urbanos e inúmeros outros efeitos económicos e
sociológicos.

Quando foram feitas tentativas para restaurar os sistemas ferroviários urbanos em zonas
urbanas, os custos para os contribuintes se deparam com bilhões de dólares. Como a
produção mundial de petróleo diminui e o carro privado de passageiros torna-se
irremediavelmente rentável para correr, sem dúvida, os contribuintes serão chamados a
pagar milhões de milhões para reconstruir os sistemas destruídos pelos conspiradores.
Vamos tentar adivinhar quem vai fazer centenas de bilhões para reconstruir tudo?

Em última análise, a GM é considerada culpada de conspiração e é multada na soma


extraordinária de US $ 5000. Um punhado de executivos culpado é multado em US $ 1
cada.

1920:. ESTADOS UNIDOS Na primavera de 1920, um tipógrafo e anarquista chamado


Andrea Salsedo é preso em Nova York pelo Bureau of Investigation (BI) agentes e
mantidos incomunicáveis, sem acusação ou acesso a aconselhamento legal. Oito semanas
depois ele foi preso, o corpo mutilado de Salsedo é encontrado na calçada, catorze andares
abaixo do escritório BI de Nova York. A versão oficial é, claro, que Salsedo cometeu
suicídio pulando da janela do décimo quarto andar.
Dois amigos de Salsedo, anarquistas e
operários na área de Boston, tendo apenas conhecimento de sua morte altamente suspeito,
comece levar armas para a autodefesa. Eles estão presos em um bonde em Brockton,
Massachusetts, e acusado de um assalto e assassinato que havia acontecido duas semanas
antes. Os dois homens são Vanzetti Nicola Sacco e Bartolomeo. Eles são julgados,
considerados culpados e passar sete anos na prisão, enquanto os recursos são feitas. O
julgamento e os recursos tornam-se uma causa célebre no mundo inteiro. O registro do
ensaio e as circunstâncias sugerem fortemente que Sacco e Vanzetti foram condenados à
morte, porque eles eram anarquistas e estrangeiros. Em agosto de 1927, quando a polícia
acabar com marchas e piquetes com prisões e espancamentos, e as tropas cercaram a prisão,
eles são eletrocutados.

1920:. ESTADOS UNIDOS Charles Ponzi inventa o clássico


esquema da pirâmide de compra de vales postais da Espanha e vendê-los para o Serviço
Postal dos EUA com lucro. Para levantar capital, ele promete aos investidores um retorno
de cinqüenta por cento em 90 dias. Inicialmente, ele compensa os "velho" investidores com
dinheiro vindo de "novos" investidores. No total, ele defrauda quarenta mil pessoas de US $
15 milhões. É apenas um negócio ....

1920:. ESTADOS UNIDOS Como parte do "perigo vermelho" perpetrados contra o povo
americano, cinco membros da Assembléia Legislativa do Estado de Nova York são
expulsos por serem, gasp, os membros do Partido Socialista. Eles vão ser legitimamente
reeleitos, mas mais uma vez será recusada a permissão para sentar-se em no Legislativo.
Claro que te amo toda a democracia que aqui na terra da liberdade.
1920:. ALEMANHA advogado de Wall Street William "Wild Bill" Donovan, que mais
tarde a cabeça da Segunda Guerra Mundial Escritório de Serviços Estratégicos (OSS),
antecessora da CIA, é enviado para a Alemanha pela Fundação Rockefeller para elaborar
um relatório sobre a nação derrotada. Donovan relatórios para os Rockefellers na
popularidade do exército alemão e seu desejo de rearmar-se. Ele também aponta que, no
caos econômico do pós-guerra na Alemanha, que foi deliberadamente criado pelos termos
draconianos do Tratado de Versalhes, elaborado por procuradores John Rockefeller e Allen
Dulles, entre outros, existe uma oportunidade maravilhosa para um fanático prometendo
levar o povo alemão para fora do desastre.

1920: ESTADOS UNIDOS. departamentos de polícia nas principais cidades americanas,


principalmente Chicago, Nova York e Los Angeles, formam os chamados "Esquadrões da
Red". Sob o pretexto de combater o bicho-papão comunista, a sua verdadeira tarefa é
procurar e sabotar os esforços dos organizadores sindicais e críticos do governo. Muitos
imigrantes francos, trabalhando sob a ilusão de que eles se mudaram para uma democracia
e um país onde a liberdade de expressão é permitida, são implacavelmente perseguidos,
pois eles pedem salários mais altos ou melhores condições de trabalho. Eles são
freqüentemente presos sem acusação ou acesso a um advogado. Muitos são deportados sem
recurso judicial ou de recurso.

1920-1921:. ESTADOS UNIDOS o maçom e bandido Henry Ford lança 91 semanas


consecutivas de propaganda anti-semita em seu jornal Dearborn Independent. Adolf Hitler,
mais tarde, descreve Henry Ford como sua inspiração.

1920:. HAITI tropas EUA abatem dois mil camponeses haitianos que protestam contra a
ocupação ilegal dos EUA de seu país.

1920-1932:. ESTADOS UNIDOS


presidente Warren G. Harding nomeia Andrew Mellon, secretário do Tesouro e, em poucos
meses, Mellon empurra a infame lei da Provisão do Esgotamento Petrolífero no Congresso.
A lei prevê um manto de legalidade a um golpe de contabilidade que reduz os impostos
pagos pelas companhias petrolíferas para praticamente nada. Isso faz com que algumas
famílias nos EUA muito, muito, felizes e muito ricas, incluindo os Rockefellers e, por
incrível coincidência, a família Mellon, o que só acontece ser a própria Gulf Oil.
1920: ESTADOS UNIDOS. No Dia de Ano Novo de 1920, Edna J. Hoover's Bureau dos
agentes de investigação policiais e prisão de dez mil pessoas em 23 cidades por todo os
EUA com brutalidade bruto e violação generalizada dos direitos civis. Praticamente todos
são eventualmente liberados sem acusação. No verdadeiro espírito de um oficial da lei líder
de uma democracia constitucional, Hoover usa o BI para espionar os advogados das
pessoas que foram presas ou que trabalharam para expor as violações dos direitos civis por
parte do governo. Uma das metas da Hoover é o futuro da Corte Suprema Felix Frankfurter,
um distinto professor de Harvard Law School. Hoover vai manter arquivos em Frankfurter
durante meio século, se referindo a ele em particular como "o homem mais perigoso dos
EUA"

1920:. GUATEMALA Os EUA invadem Guatemala para "proteger os interesses


americanos" por reprimir as tentativas de se sindicalizar os trabalhadores da Guatemala a
fim de atingir os padrões de vida mínimos.

1920-1921:. ESTADOS UNIDOS O Exército dos EUA é utilizado em quatro ocasiões


distintas em relação aos trabalhadores de minas marcante em West Virginia. Entre os
hardware empregados: quatorze bombardeiros.

1920-2005: / A Irlanda. UNIDOS financiamento


primário do IRA e o terrorismo do IRA Provisório sempre não vêm supostamente mal (e
não por coincidência, rica em petróleo) "Estados bandidos" como a Líbia, como somos
levados a acreditar, mas de, você adivinhou-lo, os EUA de A., principalmente a partir de
Boston e Nova York áreas. O IRA Provisório manteve-se visivelmente ausente Designada
organizações terroristas estrangeiras ", os EUA do Departamento de Estado" Lista de.

1920:. ESTADOS UNIDOS Você nunca pode ser muito paranóico, então os EUA Guerra
do Departamento de Guerra Plano de formula Branca para lidar com uma revolução interna
nos Estados Unidos apenas no caso de os socialistas traquinas e sindicalistas conseguem
fazer um retorno de sua destruição por perto a democracia amorosa regime Wilson durante
a guerra.
Ver dicionário detalhado
Ver dicionário detalhado
Ver dicionário detalhado
Ver dicionário detalhado

1921-1922: Configurando o projeto de Hitler, dando-lhes o petróleo


iraquiano, assassino em série norte-americanos Black e
envenenamento Todos os americanos

1921-1922: secretário do
Interior, Albert B. Fall convence o Secretário da Marinha para passar a jurisdição sobre os
direitos do petróleo no chamadoTeapot Domeem Wyomingpara o Departamento de
Interior. Queda em seguida, dá o direito de óleo para Sinclair Oil sem licitação e também dá
o direito de as reservas de petróleo na NavalElk Hills, Califórniaa Pan American
Petroleum. Por uma incrível coincidência, Hall recebe sem juros "empréstimos" de mais de
quatrocentos mil dólares das companhias petrolíferas.

Em 1929, o Salão será multado em 100.000 dólares e ir para a


cadeia, possivelmente chegando a 300.000 dólares de manter seus ganhos ilícitos. Não
pagar ruim em 1929, para um ano de vida às custas dos contribuintes. Expor a moral usual
alta da indústria do petróleo, de Harry Sinclair faz um pouco de adulteração do júri e recebe
uma batida no pulso. Melhor de tudo, a Divisão de Investigação (BI), o predecessor do FBI,
faz uma pausa de esmagamento até os escritórios de sindicalistas e quebras em escutas
telefônicas e os gabinetes dos membros do Congresso que havia denunciado o escândalo.
Parece apenas razoável.

1921: AMÉRICA CENTRAL.


esquadrões navais dos EUA estão posicionados ao largo da Atlânticoe do Pacífico costas de
ambos os Panamáe Costa Rica a fim de coagir os dois países centro-americanos em um
litígio de fronteira na forma desejada pelos interesses corporativos americanos.

1921: ESTADOS UNIDOS. Depois de


um adolescente negro tropeça em uma mulher branca em seu caminho para um banheiro
separado, uma multidão de dez mil brancos sai em três dias de duração e massacres
rampage trezentos e cinqüenta e negros americanos, emTulsa, Oklahomaem outro de
pogroms periódicos da América.

A polícia e a Guarda Nacional participam no massacre. Aviões são usados para soltar a
dinamite em áreas da cidade onde vivem os negros. Grupos de caipiras brancos, alguns
acobertados pela polícia, destroem seiscentas empresas de propriedade dos negros,
queimam três mil casas, 21 igrejas, bibliotecas, escolas e um hospital. A trinta área do
bloco de cinco a comunidade negra de Greenwood, Uma área tão próspera que é conhecida
nacionalmente como Black Wall Street, está completamente destruída. Cerca de 16 mil
negros estão desabrigados e fogem para salvar suas vidas. A lei marcial é declarada e
buscas de casa em casa são conduzidas para os negros. Cerca de seis mil pessoas negros são
mantidos em campos de concentração "para seu próprio bem". Quando a lei marcial foi
revogada, os negros americanos são obrigados a usar a estrela de David, desculpe, cartões
verdes assinada por seus empregadores em suas roupas. Se for encontrado sem a carteira,
estão sujeitos a prisão.

Muitas das vítimas do massacre de Tulsa são enterrados em valas comuns ou simplesmente
despejados no Rio Arkansas. Nenhum branco é sempre acusado de um crime, como
resultado do abate. Ei lembre-se essa é o “País da Liberdade e da Democracia”.

1921:. ALEMANHA –o líder de quadrilha e nazista Henry Ford,


escreve O Judeu Internacional, que é publicado nos EUA, onde meio milhão de exemplares
são impressos. Edições também são publicadas em alemão, russo e espanhol. As cópias são
distribuídas pelas agências Ford em todo o mundo. O livro tem um impacto dramático na
Alemanha, que, devastada pela Grande Guerra, está agora a ser devastada pelas disposições
do Tratado de Versalhes. Entre muitos outros males, Ford culpa o Tratado de Versalhes,
aos judeus. Embora pelo menos duas das figuras por trás do Tratado, Max e Paul Warburg
de Kuhn & Loeb, são, pelo menos, nominalmente judaicos e lucram com a guerra,
igualmente culpados são os irmãos Dulles, bom e sólido cristãos nominais e, não
coincidentemente, primos da Rockefellers. Outro culpado é o goy Thomas Lamont do JP
Morgan. Os judeus comuns são utilizados pelos Illuminati( Vaticano e os Jesuitas ) como
pretexto para tudo que é ruim no mundo juntamente com os muçulmanos. Eles não passam
de gado para ser abatido com a conivência dos falsos “judeus sionistas askhezani ateus”.

1921-1923:. ESTADOS UNIDOS A Mesa Veteranos é estabelecida por portaria em 1921.


O primeiro diretor do Bureau é Charles R. Forbes, ex-director do Gabinete de Seguros risco
de guerra, que dá em cima de si o posto de coronel do Exército dos EUA. Na época, o
Bureau de Veteranos foi criada, veteranos americanos da Primeira Guerra Mundial estava
recebendo cuidados médicos e exames para as pensões ou indemnizações e outros
benefícios relacionados à saúde em uma mistura de Serviço de Saúde Pública, contrato,
militares, alugadas e Mesa Veteranos (ex-militares e Serviço de Saúde Pública) hospitais.

A Secretaria de Veteranos em Forbes é atormentado pelos mesmos relatórios escândalo de


corrupção e nepotismo que a administração Harding em si. Taxas variam de suborno direto
e de conluio na seleção dos sítios hospital propina por contratos, contrabando de bebidas
alcoólicas ações realizadas pelo governo federal e disposição inadequada de supostamente
excedente suprimentos médicos.

Em 1923, Forbes rouba 250 milhões dólares de fundos públicos e foge para a Europa. O
montante roubado por Forbes representa cerca de vinte por cento de todo o orçamento da
Secretaria dos Veteranos, para o período de três anos durante o qual ele era diretor.

1921:. ESTADOS UNIDOS Cinco mil mineiros se


reúnem para uma marcha de protesto em Condado de Logan, West Virginia. Cerca de 1.300
polícias estaduais, delegados adjuntos, guardas armados e outros parar os manifestantes
perto da linha de condado de Logan. Uma batalha acontece durante quatro dias.
Governador da Virgínia Ocidental Efraim Morgan pede para o Exército e 2.100 soldados
federais foram enviados para bloquear o protesto. O Exército realiza reconhecimento aéreo.
Finalmente, as forças do Exército ameaçando os manifestantes crescer para incluir uma
unidade de guerra química, um bombardeiro e aviões de combate. Um pouco poder de
fogo, os mineiros finalmente se render. 543 pessoas estão indiciados por acusações que
incluem, traição, assassinato e levar armas. A associação de carvão cai os sindicatos depois
de 1921.

1921-curso:. ESTADOS UNIDOS O Council on Foreign Relations (CFR) é fundada por


conspícuo não combatente "O coronel Edward Mandell House, o homem que tinha sido o
principal assessor, muitos diriam puppetmaster, o presidente Woodrow Wilson. Dinheiro
para estabelecer e operar o CFR vem de Rockefeller e o Carnegie via fundações isentas de
impostos. Os Rockefellers colocam o edifício sede da CFR, na Park Avenue em Nova
York.

Composto por grande parte dos lacaios da classe dominante dos Estados Unidos, o CFR
acabará por exercer uma influência impressionante sobre todos os aspectos da vida
americana. Os meios de comunicação americanos, muitos de cujos focos principais são, não
por coincidência, os membros do CFR, permanecerá sem surpresa tímido sobre as
atividades do CFR e sua influência nefasta sobre a política americana. Praticamente todos
os candidatos presidenciais americanos de ambos os partidos vêm do CFR.
O CFR é o estabelecimento. Não só tem influência e poder nos principais cargos de
decisão nos níveis mais altos do governo para aplicar a pressão de cima, mas também as
finanças e usa os indivíduos e grupos para trazer a pressão de baixo para cima, para
justificar as decisões de alto nível para a conversão do EUA de um soberano
constitucional República em um membro de um servil, uma ditadura mundial.
congressista John R. Rarick

As más idéias florescem porque eles são no interesse de grupos poderosos.


Paul Krugman

1921-curso:. ESTADOS UNIDOS cientista Thomas


Midgley, trabalhando em Dupont de propriedade da General Motors, desenvolve ums das
substâncias tóxicas mais perigosas já inventadas pelo homem, o chumbo tetraetila (TEL).
TEL, um anti-agente bater que permite que os motores a gasolina para funcionar em níveis
mais elevados de compressão e, portanto, mais eficiente, é apresentado pela General
Motors como a salvação da América, o que é suposto ser o fim da era do petróleo.

Rapidamente reprimido é o fato de que o etanol, derivado da cannabis, milho e de outros


recursos renováveis e ambientalmente benignos, faz exatamente a mesma coisa. Talvez
mais importante, a cada vez mais popular mistura de dez a quinze por cento de etanol à
gasolina estão a reduzir as vendas do petróleo de Rockefeller.
O desastre venenoso do chumbo tetraetila é infligida ao povo de os EUA e o resto do
mundo na busca por lucros cada vez maiores. A produção de etanol, um ambiente limpo,
seguro, alternativo, renovável nacional para o petróleo importado, é virtualmente destruída
nos EUA

Em 1925, a Duponts através da General Motors e os Rockefellers através da Standard Oil


(Exxon) formam a aliança profana da Ethyl Corporation para fabricar e vender o seu
produto venenoso para um público desavisado americano. Quase duas centenas de
trabalhadores são mortos e envenenados, incluindo a si próprio Midgley.

Desde o início, os peritos da saúde e funcionários do governo alertam


para os perigos da introdução de chumbo na gasolina, mas a máquina de propaganda das
empresas e políticos mentem garantindo que os Duponts e os Rockefellers fassam bilhões,
enquanto cada vez mais contaminam o ar, água, solo, corpos e cérebros dos americanos,
com 15,4 bilhões de libras de chumbo da TEL até que finalmente é banido em 1995. Em
um inquérito público dos serviços de saúde em 1925, um porta-voz da Standard Oil
(Exxon) se refere ao mortal chumbo tetraetila como "um dom de Deus".

Mesmo em 2008, um em cada seis crianças norte-americanas ainda terão níveis excessivos
de chumbo em seus corpos. Cerca de três milhões de crianças americanas têm altos níveis
de chumbo o suficiente para prejudicar o desenvolvimento neurológico. Em Chicago, quase
dois terços das crianças foram consideradas como envenenamento por chumbo em 1991.
Em Los Angeles, um terço das crianças estavam sofrendo de envenenamento por chumbo.

Não satisfeito com os seus lucros na América e envenenamento dos americanos, os


Rockefellers e Duponts proporcionará a tecnologia TEL para enviá-la para a Alemanha
Nazista antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Tenho que manter os Stukas,
Messerschmits e Focke Wulffs vôo para a Nova Ordem Mundial.

Em 1930, Midgley passa a desenvolver o refrigerante Freon de destruição para o Duponts


'General Motors, ganhando uma posição como um dos maiores colaboradores na história da
destruição do meio ambiente e a saúde humana.

Em 1940, Midgley fica paralisado. A paralisia é atribuída a poliomielite, geralmente


considerada como uma doença de crianças. Paralisia acontece de ser uma das muitas
manifestações de chumbo envenenamento do qual o idiota Midgley é conhecido por ter
sofrido.

Em 1944, Midgley acidentalmente se enforca em um artifício de cordas e polias que ele


tinha imaginado que o levantaria da cama. Uma grande bênção, antes que ele inventasse
outra coisa.

1921-1929: ESTADOS UNIDOS. Agora que o crash


de 1920 é seguramente fora do caminho e os grandes donos do Federal Reserve esgotaram
as milhares de bancos menores, é hora de começar o jogo novamente. Ao longo dos
próximos nove anos, a empresa privada de propriedade conhecida como a Reserva Federal,
uma vez mais expandirá dramaticamente a oferta de moeda nos EUA e criará um clima de
especulação desenfreada e inflação nos preços das ações que conduzirá inevitavelmente à
Bater de 1929 e a Grande Depressão. Parece que a conspiração na Ilha Jekyll não está
funcionando apenas para a direita.
1921-1957: COLÔMBIA. mantido no lugar por repetidas EUA
"intervenções", as empresas de petróleo dos EUA rouba todas as reservas conhecidas de
petróleo na Colômbia, fazendo com que bilhões de dólares em lucros e deixando o povo da
Colômbia sem petróleo conhecido. Liderando as companhias de petróleo é a fornecedora de
combustível nazista, Texaco, sob a implacável Torkild Rieber que ganha o nome de seus
amigos nazistas mais tarde irá usar para se referir a ele: "Leichengaenger", o homem que
caminha sobre cadáveres de sua própria autoria. Se você está procurando Torkild velha
sepultura querida, está em Arlington Nacional Cemitério junto com um monte de outros
nazistas e traidores. Fique atento para descobrir quem eles são.

1922: TURQUIA. Marines dos EUAinvadem a Turquia para esmagar os turcos


nacionalistas em Smyrna.

1922: PUERTO RICO. porto-riquenhos, que recentemente teve o seu país que lhes foram
roubados pelos EUA, São bons o suficiente para obter convocado para o exército, mas não
bom o suficiente americano, de acordo com os EUA Supremo Tribunal Federal, para ter
direito a toda uma série de direitos geralmente associados com as nações democráticas.
Segundo o Tribunal Supremo, os porto-riquenhos não têm direito a um julgamento com
júri, não têm o direito de não se incriminar auto, não tem o direito "de ser informado sobre
a natureza e a causa da acusação" e não ter um direito de contraditar testemunhas no
julgamento. Claro que é ótimo para obter-se todos liberados pelo Tio Sam, não é?
1922: ESTADOS UNIDOS. eleições
municipais em Dallas, Texas são vencidas pelos idiotas encapuzados da Ku Klux Klan.

1922: GUATEMALA. presidente dos EUA, Calvin Coolidge orquestra a derrubada do


governo do presidente Carlos Herrera, depois que ele se recusa a conceder concessões a
Rockefellers 'Unidos da Fruit Company.

O negócio da América é negócio.


Calvin Coolidge

1922-1927: CHINA. tropas dos EUA e forças navais invadem a China em nome dos
interesses corporativos dos EUA durante uma revolta nacionalista.
1922-1945: ALEMANHA. Averell
Harriman viaja para Berlim em 1922 e estabelece em Berlim o ramo da WA Harriman &
Co. em George Herbert Walker, sogro de Prescott Bush e menino de recados de longa data
Harriman e homem de frente. Harriman faz um acordo com o magnata do aço alemão Fritz
Thyssen para atuar como um canal para fundos entre a Thyssen Estados Unidos e
Alemanha. A organização Harriman se torna co-proprietário e gerente de operações da
Thyssen fora da banca Alemanha. Fritz Thyssen e seus parceiros comerciais, são
universalmente reconhecidos como os mais importantes financistas alemães de aquisição de
Adolf Hitler da Alemanha. Thyssen inicia financiamento Hitler e o Partido Nazista em
1923.

Em 1924, na certeza de que vai haver outra guerra mundial, os irmãos Dulles criou três
bancos para o Harrimans e seus parceiros no Projeto de Hitler. Uma delas é na Alemanha,
Uma em Nova York e um na Holanda. A idéia é um clássico jogo de conchas irmãos
Dulles: quem "ganha" a guerra, a propriedade dos bens dos organizadores do projeto Hitler,
muito inchado por lucros de guerra, será realizada de tal forma que eles possam ser
recuperados posteriormente através de um dos os três bancos.

Os irmãos Dulles estabelece a Union Banking Corporation, como uma unidade no


Manhattan escritórios da WA Harriman & Co., entrelaçados com a Thyssen-owned Bank
voor Handel en Scheepvaart na Holanda. EUAinvestigadores do governo, posteriormente,
concluir que "o Union Banking Corporation, desde a sua criação, principalmente de fundos
tratados que lhe são fornecidas através do banco holandês pelo interesse Thyssen de
investimento americano." O banco holandês é o principal canal para o dinheiro da Thyssen
para Adolf Hitler e também é usado para transferir dinheiro americano a Hitler.
Um de seus trabalhos é de sugar dinheiro da Union Banking
Corporation em Nova Yorka Hitler para construir a primeira sede nazista, a Braunhaus em
Munique. O Braunhaus se tornará o centro de propaganda nazista para toda a Alemanha.
Prescott Bush, avô de George W. Bush, é um co-proprietário e dirige as operações do dia-a-
dia dos / Harriman Rockefeller Union Banking Corporation. Thyssen, filial alemã da
Standard Oil e IG Farben todos usam a Union Banking Corporation para canalizar grandes
quantidades de dinheiro para os nazistas e para gerenciar e esconder seus interesses
financeiros americanos como fizeram com o comunismo.

Em 1926, Prescott Bush se torna vice-presidente da WA Harriman & Co. No mesmo ano,
banqueiro de Wall Street, Clarence Dillon, um amigo de ambos Averell Harriman e Bush,
estabelece uma nova organização para a Thyssen, principal patrocinador de Adolf Hitler. A
confiança do novo aço alemão,Alemanha é a maior empresa industrial, é organizada pela
Dillon, Read, que prevê a surpreendente soma de US $ 70 milhões em dinheiro. Dillon é
um velho compadre do pai de Prescott Bush, Sam Bush dos braços feliz e altamente
lucrativo lidar dias da Primeira Guerra Mundial. Dillon, Read é garantida dois ou mais da
diretoria da Trust. Entre as empresas Thyssen é uma usina siderúrgica na cidade polonesa
de Oswiecziminda região de carvão da Silésia. Em breve ele será mais conhecida como
Auschwitz.

William H. Draper, Jr. é feita Diretor, Vice-presidente e


tesoureiro adjunto do crédito alemão e Investment Corporation, que fornece empréstimos
de curto prazo e truques de gestão financeira para a Fundação Thyssen e do Aço, uma vez
que as finanças públicas de aquisição de Hitler da Alemanha.
O banco Harriman Rockefeller-Bush nazi-frente torna-se uma preocupação de bloqueio
com o German Steel Trust. Após a Segunda Guerra Mundial, os investigadores do
Congresso irá sondar os interesses Thyssen, Union Banking Corporation e afins unidades
nazista. A investigação irá mostrar que o Bush, Harriman e Dillon, confiança leitura ligada
produziu as seguintes porcentagens do total produção nacional alemã durante a Segunda
Guerra Mundial: 50,8% de ferro da Alemanha nazista, 41,4% da placa da Alemanha nazista
de aço padrão, 36,0% das chapas grossas da Alemanha nazista, 38,5% do aço da Alemanha
nazista, chapa galvanizada, 45,5% das tubulações da Alemanha nazista e os tubos , 22,1%
dos fios da Alemanha nazista, e 35,0% de explosivos da Alemanha nazista.

Em 1937, Prescott Bush vai contratar o guru das finanças e jurídico da águia nazista Allen
Dulles(futuro diretor da OSS) para continuar a esconder contas nazista, Thyssen está por
trás de uma nuvem de fumaça legal.

1923-1924: Rosewood Destroe a Pureza Racial na Virgínia e Prescott Bush e


os Velhos meninos investem em Adolf Hítler
1923-1942:. ESTADOS UNIDOS,
Prescott Bush o avô de George W. Bush, é o director-geral do banco de investimento
notório, Brown Brothers Harriman, a partir da década de 1920 até 1940 e, como seu pai
Samuel Bush, ao longo da vida torna-se um servo dedicado dos judeus sionistas Harrimans,
uma das principais famílias da classe dominante dos EUA. Em aliança com Averell
Harriman W. e seu irmão, E. Roland Harriman, Bush serve como homem de frente e
facilita o investimento e para a pontuação das empresas nazistas.

Bush, o Harrimans, a família Rockefeller, a


Standard Oil, a Duponts, o Morgans e os Fords proporcionaram financiamento para o
Projeto de Hitler, financiamento a ascensão de Adolf Hitler ao poder e à aquisição da
Alemanha, que começa em 1923. Isto inclui o financiamento direto da SS (Schutzstaffel ou
Black Shirts) e SA (Sturmabteilung, tropa de assalto ou camisas Brown).

A versão "aprovada" da ascensão de Hitler ao poder, o povo alemão, economicamente


devastado pela Primeira Guerra Mundial e os termos destrutivos do Tratado de Versalhes
(escrito pelos irmãos Dulles, os judeus sionistas Morgan e os Warburg, entre outros)
abraçaram Hitler como seu salvador. Na verdade, demorou cerca de 300.000 bandidos da
SS e SA, armados e financiados pelos Rockefellers, Fords, Bush, Harrimans, Duponts etc
para aterrorizar o povo alemão em sua apresentação para os nazistas. Estes mesmos
bandidos assassinaram mais de quatrocentos políticos alemães que tiveram a coragem
de se opor ao nazismo.

O dinheiro fornecido pela classe dominante norte-americana para a SS e SA é canalizada


através de uma variedade de empresas alemãs pela International Telephone and Telegraph
(IT & T). Praticamente todas as armas usadas pelos SS e SA para aterrorizar o povo
alemão, principalmente submetralhadoras e pistolas Thomson, armas são fornecidos pelos
Rockefellers "Remington e levado para a Alemanha pela linha Hamburg-Amerika
Harriman controlado liderada por Herbert W. Walker avô de George W. Bush. O Chase
Manhattan Bank dos Rockefellers serve como uma importante fonte de financiamento para
os nazistas e, como os nazistas enviaram os judeus, os ciganos, os socialistas e outros "sub-
humanos" para as câmaras de gás de acordo com a agenda da eugenia promulgada pela
classe dominante norte-americana , isso fecha as contas de seus clientes judeus. Chase
continuará a servir como banco para os nazistas, mesmo depois da Alemanha declarar
guerra sobre os EUA.

Joseph Kennedy, o multi-milionário contrabandista, associado da Máfia, caloteiro do


mercado de ações e fundador da dinastia política Kennedy, é um dos principais
contribuintes de capital aos nazistas por Prescott Bush. Kennedy é um vocal anti-semita e
pró-nazista, que mais tarde torna-se embaixador dos EUA na Grã-Bretanha. Suas
declarações pró-nazistas fizeram muito para moldar opinião pública dos EUA. Essa é a
“elite americana” que não passa do mais baixo e vil do caráter humano.

1923:. ESTADOS UNIDOS O Município negro de Rosewood, na Flórida é destruído e


cerca de 150 negros são assassinados(de novo)quando o município é atacada por brancos.
Como em muitas violências semelhantes e linchamentos, as mulheres brancas estão felizes
em participar ao lado de seus homens.

1924: o México. Depois de anos de recusa, os Estados Unidos finalmente concordam em


reconhecer o governo do México com a condição de que o artigo 27 da Constituição
mexicana, que escandalosamente afirma que petróleo mexicano é a propriedade do
México, não se aplica às empresas de petróleo dos EUA. A posição americana é defendida
pelo secretário do Tesouro, Andrew Mellon, cuja família, por incrível coincidência,
controlam o Óleo do Golfo do México.

1924:. ALEMANHA alemã fabricante de armas Krupp está em sérias dificuldades


financeiras, mas é salva por um empréstimo de US $ 10 milhões pela Hallgarten &
Company e Goldman Sachs, duas das melhores empresas conhecidas de investimento de
Wall Street. A Krupp revitalizado será uma das maiores fontes alemãs de dinheiro e
armamento para a Adolf Hitler e os nazistas. O planejado rearmamento da Alemanha é
capaz de continuar somente após Wall Street Dillon, Read flutua $ 100 milhões em títulos
da dívida alemã em Wall Street. No mundo incestuoso de guerra, a ditadura, o tráfico de
armas e das finanças internacionais, é quase inevitável que Dillon, Read parceiro e defensor
da eugenia William Draper, que tanto fez para financiar os nazistas, será nomeado czar
econômico da Alemanha após a derrota na 1945, beneficiando assim, da forma clássica da
classe dominante dos EUA, de ambos os lados da catástrofe da Segunda Guerra Mundial. É
apenas um bom negócio ....

1924:. ESTADOS UNIDOS Virgínia passa a agir para preservar a integridade racial. O ato
proíbe o casamento de uma pessoa branca com outra de cor, mesmo possuindo "uma gota"
de sangue não-ariano. Zieg Heil!

1924-1931:. ALEMANHA A economia alemã cai conforme o planejado e os urubus


circulam. O chamado Plano Dawes é criado para reestruturar pagamentos de reparações
alemãs. O autor nominal do plano é o banqueiro americano Charles Dawes. Por trás estão
Dawes, e surpresa, os onipresentes irmãos Dulles.

O Tratado de Versalhes, condena a Alemanha a pagar reparações em ouro, mas o país está
falido pois não tem ouro. Com os irmãos Dulles financeira merry-go-round, a Alemanha
pede vastas quantidades de ouro a clientes de Sullivan and Cromwell, os irmãos Dulles
"escritório de advocacia", que tem uma história longa e inglória de trabalho para a classe
dominante norte-americana. A Alemanha utiliza o ouro americano para pagar a Inglaterra e
a França com reparações de guerra. Em seguida, a Grã-Bretanha e França reembolsam os
Estados Unidos, o dinheiro que tinham emprestado durante a Grande Guerra. Os irmãos
Dulles fazem alguns dólares aqui e ali com o negócio, naturalmente.

Outros bandidos pino listrada, como os Morgan e os Rockefellers, são rápidos para oferecer
ouro sob o acordo e receber bônus e notas promissórias apoiada por ações em empresas
suíças holding que, por sua vez, possuem ações em bancos alemães. Os bancos, por sua
vez, possuiem o estoque de grandes empresas alemãs que, por sua vez, possuem muitas das
patentes mais importantes industriais do mundo, quase um monopólio no mundo high-tech.
As empresas americanas, como a DuPont e a General Motors, estão mais dispostos a trocar
o ouro pelos direitos de patente incrivelmente valiosos, a preços de saldo. Existe até mesmo
falar da criação de um cartel de patente mundial na Alemanha, para que as empresas
americanas possam operar sem a "inconveniência" de leis de concorrência dos EUA.

os financistas dos EUA organizam uma série de empréstimos,


totalizando US $ 800 milhões para consolidar a gigantesca química alemã e as combinações
de aço em cartéis, um dos quais é IG Farben formada pela fusão de três gigantes da química
as alemãs Bayer, Hoechst e Badische Anilina Soda Fabrik (BASF). Três casas de
investimento de Wall Street, Dillon, Reed & Co., Harris, Forbes & Co. e National City
Bank adquirir três quartos dos empréstimos usados para criar os cartéis. A família de
banqueiros judeus, os Warburg, através da subsidiária de seu Kuhn Loeb, estão também
fortemente envolvidas na montagem da IG Farben, que se tornará um fator crucial para a
ascensão de Adolf Hitler e o armamento da Alemanha antes e durante a Segunda Guerra
Mundial.

Farben também irá se tornar famoso como o fabricante do gás


Zyklon-B, que será utilizado para exterminar milhões de judeus e outros "subumanos". Em
parceria com os Rockefellers, Farben acabará por operar uma série de campos de
concentração de quarenta anos, incluindo Auschwitz. Os membros da família Warburg
assento no Conselho de Administração Farben. É apenas um negócio .....

1924:. ESTADOS UNIDOS Uma emenda à Constituição dos EUA destinado a controlar a
utilização de trabalho infantil é proposto. Ele falha quando apenas 28 dos necessários trinta
e seis estados ratificá-lo.

1924:. ESTADOS UNIDOS O Departamento Federal de Imigração restrição é passado,


limitando significativamente a admissão de imigrantes para os EUA há mais de quatro
décadas. A lei destina-se a assegurar que os “bons arianos” predominem nos EUA,
limitando a imigração de negros,italianos, chineses, japoneses, judeus europeus, eslavos e
outras “raças inferiores”. Mas que raio de raça superior ariana é esse afinal? Se até os
alemães loiros, altos e de olhos azuis foram discriminados pelos EUA que tipo de povo
“ariano” é esse então? Os americanos são descendentes da rapa do tacho que fugiu da
Europa muitos séculos antes roubando e matando os donos originais das terras, os índios, e
que não passam de caipiras com mania de superioridade achando que todos os habitantes da
Terra são seus inimigos. É um povo tão doente e desequilibrado quanto a sua “elite” idiota.

1924-1924: Estados Unidos . O altamente condecorado da Marinha dos EUA Smedley


Butler é dada uma licença oficial de ausência, por despacho presidencial de sua posição
como Comandante Geral da unidade dos Marines em Quantico, Virginia, para aceitar o
cargo de Diretor de Segurança Pública da Filadélfia. Lá, ele toma conta da cidade, a polícia
e bombeiros, que são notoriamente corruptos.
Poucos dias depois de ocupar a sua nova posição, os ataques Butler ordens por quase um
milhar de clandestinos na cidade e toma medidas para combater ativamente a contrabando,
jogo, prostituição e corrupção policial. Mas Butler faz um pequeno erro tático. Ele fez
incursões das articulações de bebida ilegal favorecida pela elite dominante, em especial os
clandestinos no Ritz-Carlton e o Union League. Ele é devidamente acionado para seus
problemas.

1924-1925:. HONDURAS forças dos EUA invadem Honduras para "proteger os interesses
americanos", controlando o resultado de uma eleição em favor de interesses corporativos
dos EUA.
Ignorância legislado, Supermen Dupont, Hoover travestido e nicaragüenses
assassinados: 1925-1926
1925:. PANAMÁ Marines dos EUA invadem o Panamá para esmagar uma greve geral.
Não pode haver tão arrogantes panamenhos no Panamá.

1925:. HAWAII O Exército dos EUA e privado Walter Trumbull aparece antes de uma
corte marcial na nação ocupada pelos EUA no Havaí acusado de ofender ao abrigo do
artigo 62 da Guerra. Um oficial de inteligência do Exército atesta que Trumbull havia dito:
"O presidente pode ser tudo direito, enquanto indivíduo, mas como instituição é uma
vergonha para todo o país amaldiçoado por Deus ... ... eu estou doente e desgostoso com o
maldito país, tudo e todos na mesma. Eu gostaria de poder chegar num lugar onde eu nunca
pudesse ouvir o nome dos Estados Unidos novamente. A bandeira e o país são uma
vergonha para a humanidade. " Ele está certíssimo.

A estátua da “Liberdade” que representa Lúcifer o deus na


maçonaria foi dada de presente pela maçonaria francesa e posta bem na entrada do porto de
Nova York, a Babilônia dos tempos modernos. Mas é claro que as massas são ensinadas
que este foi um presente da França para o “País da Liberdade”.
A liberdade de expressão foi estritamente proibida por lei, Trumbull foi devidamente
condenado a 26 anos de trabalhos forçados e uma baixa desonrosa. Em um tribunal marcial
anterior privados Paul Crouch havia sido condenado a quarenta anos de trabalho duro e
uma dispensa desonrosa para a tentativa de exercer a liberdade de expressão.
1925: / a Itália. UNIDOS EUA Secretário do Tesouro Andrew Mellon elogia o ditador
italiano fascista Benito Mussolini como um "homem forte, com boas ideias e força para
fazer essas idéias eficazes", enquanto Mussolini (um maçom) argumentando que merece o
apoio dos EUA e simpatia. E Mellon não é apenas cheio de ar quente quando se trata de
apoiar o fascismo. Ele põe seu dinheiro onde sua boca está em um acordo entre a família
Mellon da Aluminum Company of America (ALCOA) e IG Farben, para controlar a oferta
mundial de alumínio. O acordo irá garantir o monopólio que, enquanto a Luftwaffe tem
acesso ilimitado ao alumínio de aeronaves, o fornecimento para os EUA será limitada,
resultando em os EUA não ser capaz de construir cerca de dez mil aeronaves previstas no
momento da sua entrada em Segunda Guerra Mundial.

1925:. ESTADOS UNIDOS secretário de Comércio, Herbert Hoover nomeia um conselho


de nove membros, o Comitê Consultivo química, supostamente para combater o crescente
domínio do mercado químico mundial, o cartel alemão IG Farben. Por uma incrível
coincidência, quatro dos nove membros do conselho estão intimamente ligados com a IG
Farben, incluindo Walter Teagle dos Rockefellers "Padrão do Petróleo".

1925-1939:. ITÁLIA Os bancos Morgan desempenham um papel importante no


financiamento do fascista Benito Mussolini, oferecendo centenas de milhões de dólares
para Il Duce. Nazista financiador Dillon, Read e Empresa também fornece dinheiro para os
fascistas italianos. Os parceiros de Morgan vão continuar a elogiar a experiência "fascista"
quase a eclosão da Segunda Guerra Mundial.

1925:. HONDURAS forças dos EUA invadem a "proteger os


interesses americanos". Você só tem um palpite que interesses são.

1925-1930: Estados Unidos /. ALEMANHA Os luminares(maçons) da classe dominante


dos EUA e indústria dos EUA desempenham o papel fundamental na ascensão do Partido
Nazista na Alemanha.

Alguns, como Henry e Edsel Ford, Sosthenes Behn de TI & T e Irineu Dupont ajudaram no
lançamento de Hitler e os nazistas por razões ideológicas, todos são violentamente anti-
semitas e nazistas ardentes. Um notório anti-semita, Henry Ford, é o herói de Adolf Hitler e
aparece em Mein Kampf(que foi escrito na verdade por um jesuita). Dupont quer
desenvolver uma raça de "super-homens". Muitos membros da classe dominante dos EUA
são líderes no movimento de eugenia, na busca de uma raça superior(que raça superior é
essa ninguém sabe pois somente existe nos delírios de uma bando de vagabundos como
eles). Para outros, é simplesmente uma questão de ganância ilimitada, de aumentar os
lucros a qualquer custo, enquanto ele é outra pessoa.

Quando a Nova Ordem Mundial de Hitler está sob controle na Europa e em muitas outras
partes do mundo, incluindo a União Soviética, a classe dominante dos EUA terá uma mão
livre para roubar recursos, explorando os mercados e usando mão de obra barata ou
escrava, a fim de maximizar seus lucros(tudo isso obviamente sobre a atenção do “olho que
tudo vê” dos jesuitas e da Igreja Romana do Vaticano). A Nova Ordem Mundial também
promete impostos sobre negócios reduzidos, aumentaram os subsídios do governo para as
empresas, uma redução drástica do poder dos sindicatos dos trabalhadores, a abolição do
pagamento de horas extraordinárias e reduziu os salários. Paraíso na Terra para os
Rockefellers, Duponts, Fords, Morgans, Carnegie e todos os outros meninos da sala dos
fundos e sem dúvida do Papa/César Romano que se senta no trono dourado do Vaticano
cercado pelo seu exército particular os jesuitas. Ingênuos daqueles que acham que o Papa,
os Bispos e os jesuitas deixariam de controlar o mundo e ser substituidos por um bando de
banqueiros judeus satanistas. Não existe nada mais pérfido, malígno, corrúpto e execrável
do que o Vaticano que controla todas as principais redes de inteligência e sociedade
secretas do mundo incluindo a maçonaria. Os jesuitas depois de serem expulsos pelos reis
europeus e pelo Papa decidem se vingar e se infiltram na maior sociedade secreta da época
a Maçonaria e os Illuminati da Baviera. Depois eles treinam e financiam o infame Napoleão
Bonaparte para invadir e destruir a monarquia de todos os países que os expulsaram
incluindo o Papa. Eles se apossaram da imensa fortuna em ouro da França e do Vaticano e
com esse patrimônio governam o mundo por tráz de fachadas úteis como os banqueiros
judeus americanos e ingleses.

1920-curso:. ESTADOS UNIDOS O Escritório de Investigação (BI), e mais tarde o FBI,


sob observou cross dressing, homossexuais e criminosos gay basher J. "Edna" espiões
Hoover sobre a American Civil Liberties Union (ACLU), a recolha de relatórios sobre as
reuniões ACLU, receptação cópias das atas de reuniões e roubado as listas de contribuintes.
Na década de 1970, será revelado que o FBI está ainda a exercer a sua actividade
criminosa. Nos últimos anos, o FBI se recusa a confirmar ou negar se ele ainda está
cometendo crimes contra a ACLU.

1926:. ESTADOS UNIDOS procura Zé para a corrida de mestre ze pega velocidade


quando mercador da morte Irineu Dupont, em um discurso à American Chemical Society,
preconiza o desenvolvimento de uma raça de super-homens, ao ser atingido por uso de
drogas injetáveis em especial as crianças, a fim para tornar seus personagens por
encomenda. Não é difícil adivinhar qual grande empresa química seria de fabricação dos
medicamentos.
1926-1933:. NICARÁGUA Os EUA invadem e ocupam a
Nicarágua para "proteger os interesses americanos" por esmagamento do movimento de
independência da Nicarágua liderado pelo líder nacionalista Augusto César Sandino. E,
como sabemos, quem resiste à invasão de seu país por os EUA seja um rebelde ou um
terrorista ou ambos.

Em um dos usos mais ridícula do papão comunista como cobertura para justificar os
Estados Unidos "intermináveis invasões e ocupações ilegais de outros países em nome das
corporações americanas, Billings EUA Secretário de Estado Frank Kellogg afirma que as
tropas que amam a liberdade dos EUA estão ocupando apenas a Nicarágua, a fim de
bloquear uma "conspiração da Nicarágua e México-soviética de estabelecer uma
hegemonia bolchevista dentro da faixa marcante do Canal do Panamá." Ufa! Não teria sido
mais fácil dizer que eles tinham armas de destruição em massa?

Milhares de camponeses foram mortos, muitos em massacres como o que está em Ocotal,
em 1927, quando cerca de três centenas de homens desarmados, mulheres e crianças são
bombardeadas e metralhado por valentes Flyboys americano. Os fuzileiros navais sair em
1932, após a formação de uma Guarda Nacional domar liderado pelo ditador Anastasio
Somoza Garcia. Em 1934, bandidos de Somoza na Guarda Nacional assassinato de
Sandino, e a ditadura da família Somoza assume o controle assassina da Nicarágua sob a
orientação da mão firme de seus mestres americanos.
1927-1928: esterilização americanos, Abate Mineiros, Making Your
Boyfriend director assistente do FBI, a China invadir e nicaragüenses
bombardeio de mergulho
1927-1981:. ESTADOS UNIDOS A
Suprema Corte dos EUA, sempre vigilante na defesa dos direitos dos cidadãos americanos
e da Constituição dos EUA, coloca seu selo de aprovação na busca dos defensores da
eugenia para uma raça superior. O Tribunal de Justiça defende o direito na Virginia de
eugenia no caso da Buck v. Bell. A decisão, escrito por esse grande defensor dos direitos
humanos, Oliver Wendell Holmes, abre as comportas para a esterilização forçada de
cidadãos norte-americanos designados como "impróprios" sob as definições criadas pela
classe dominante através de instituições como a American Eugenics Society.
Carrie Buck foi esterilizada à força na sede da colônia de Virgínia
para os doentes mentais. Curiosamente, Buck era branca. Apesar de sua mãe era deficiente
mental, Buck era mentalmente normal. Sob a lei da eugenia da Virgínia, que formará a base
da egislação de eugenia do Terceiro Reich, Buck foi declarada capaz de ter um filho"menos
normal" e era portanto, sujeita a esterilização forçada pela liberdade amorosa da Virgínia.

Virginia é apenas um dos dezessete estados americanos que têm leis que supostamente a
legalizar a esterilização forçada de seus cidadãos. A lei de eugenia da Virginia permanecerá
em vigor até 1981.

1927:. ESTADOS UNIDOS John D. Rockefeller continua sua estratégia de negócios de


assassinar trabalhadores arrogantes quando seis mineiros, em um piquete de greve
convocada pelo Partido dos Trabalhadores Industriais do Mundo, são massacrados com
metralhadoras na mina de Rockefeller, em Columbine, no Colorado.
1927-1972:. ESTADOS UNIDOS a artista de merda,
evidente não-combatente e homossexuais e travestis a diretora do FBI J. Edna Hoover
contrata o bonitinho Clydie Tolson como um agente do FBI em treinamento.

Dentro de um ano, J. Edna está insistindo que seu aperto novo ser incluída em listas de
convite da Casa Branca. Em 1930, Clydie é milagrosamente promovido por todo o caminho
do agente em treinamento com o Director Assistente do FBI, J. Edna é braço direito, por
assim dizer. Tolson permanecerão nessa posição e ser amante de Hoover gay-bashing até a
morte de J. Edna, há muito, em 1972.

Embora a homossexualidade de Hoover é bem conhecida em certos círculos, a sua


personalidade muito propagandeada e completamente fictícia público é butch morto e,
como parte da tampa para cima e porque ela é uma rainha desagradável de idade, Hoover
persegue os homossexuais e outros "sexo desviados" implacavelmente.

J. Edna faz bastante irônico declarações públicas sobre a caça para


"desviar o sexo no serviço público" e os agentes do FBI tem ordens para "penetrar" em
Grupos de direitos homossexuais em todos os EUA, coletando os nomes dos membros,
fotografando as manifestações e os discursos de gravação.

O FBI penal espionar cidadãos norte-americanos tentam exercer os seus teóricos direitos da
liberdade de expressão e a liberdade de reunião vai continuar por pelo menos 23 anos.

Hoover usa repetidamente a homossexualidade, reais ou fictícios, como uma tática de


difamação contra aqueles que se atrevem a falar contra seu abuso de poder ou sem fim para
desacreditar as pessoas de quem ela desaprova. Além disso, a ameaça de exposição para a
homossexualidade real ou imaginada é uma poderosa ferramenta de chantagem no arsenal
de Hoover embora, sem dúvida há outras coisas em seu arsenal.

Hoover desvio será sua posição como o diretor do FBI durante quase meio século para
perseguir, oprimir e chantagear os homossexuais e heterossexuais fazer chantagem com a
ameaça de serem difamados como homossexuais.

Entre as vítimas de Hoover estão o subsecretário de Franklin Roosevelt de Estado, Sumner


Welles, que foi aprisionado em uma ligação de engenharia homossexual e forçado a
renunciar. Hoover também usará a tática difamatória homossexual na tentativa de
desacreditar Martin Luther King, Adlai Stevenson e três de Richard "Tricky Dick" bando
de criminosos de Nixon penal, para os quais é difícil sentir pena.

Mas o lado mais negro da homossexualidade


oculta de Hoover e predileção por usar roupas de senhora é que ela coloca-o aberto, sem
trocadilhos, para fazer chantagem. A Máfia, o diretor da CIA, escroque nazista e servo
Rockefeller Allen Dulles e outros são rápidos para aproveitar.

Uma fotografia do diretor do Federal Bureau of Investigation fellatio junto com o diretor
adjunto do FBI supostamente acabam nas mãos do chefão da máfia Meyer Lanksy. A posse
da foto garante total liberdade de operação para a máfia nos Estados Unidos durante quase
quarenta anos na posse de Hoover. Hoover repetidamente frustra e obstrui as investigações
sobre a máfia e afirma que a máfia simplesmente não existe.

Ninguém que é um desvio sexual


nunca vai ser nomeado para o FBI.
Edna J. Hoover
Homossexual travesti e o diretora do FBI
Lamento dizer que nós, do FBI
são impotentes para agir
em casos de intimidade oral-genital
a menos que tenha, de alguma forma,
obstruído o comércio interestadual.
Edna J. Hoover
Homosexual travesti e diretora do FBI

Edna J. Hoover deu grande.


Clydie Tolson
J. Edna é espremer principal e adjunto o diretor do FBI

Que velha filha da puta ....


Richard "Tricky Dick" Nixon
(Ed: Este pode ter sido praticamente a única coisa que Tricky Dick sempre disse que não
era uma mentira.)

1927:. NICARÁGUA pré-esvaziamento de Hitler


Luftwaffe, os EUA se torna a primeira nação na Terra a usar bombardeiros de mergulho,
atacando camponeses da Nicarágua em Ocotal que se ergueu contra as tropas americanas
que ocupam o seu país. Após o bombardeio de mergulho da cidade de Ocotal, os pilotos
valentes depois metralharam os camponeses com metralhadoras enquanto eles correm para
a segurança. A América massacra mais de três centenas de civis indefesos com este novo
empolgante inovação na prestação de liberdade e democracia para povos oprimidos do
mundo.
1927-1934:. CHINA Marines dos EUA invadem e
ocupam muitas partes da China para garantir que ela permaneça aberta às depredações das
corporações americanas, principalmente os Rockefellers "Standard Oil.

1928: Nicarágua. Os EUA tomam o controle militar do


exército nicaragüense e começam um programa de demonização e caça para a liberdade do
lutador Augusto Nicolás Calderón Sandino que está pregando aos meus trabalhadores
escravizados praticamente sobre a desigualdade social e a necessidade de mudança. Não
pode haver nenhuma conversa sobre liberdade e igualdade tão perto dos EUA. Alguém
pode ter idéias.

1928:. União Soviética No interesse de promover o comunismo, ou, o capitalismo, bem,


quem se importa? No interesse de fazer uma porrada de dinheiro, Harriman e Companhia
passa a ser o principal organizador de um programa de enorme engenharia para modernizar
a indústria pesada soviética. Averell Harriman fornece garantias para todas as compras
Soviética, nos Estados Unidos e, claro, faz uma fortuna no processo, lenocínio para os ratos
comunistas.
Segurem-se aqui, Averell, não estamos perseguindo implacavelmente alegados comunistas
em toda a terra dos livres? Ah, esqueci, isso é sobre um bilionário a ganhar mais dinheiro,
então está tudo OK.

1928:. ALEMANHA Henry Ford funde os seus bens com o cartel químico do nazismo
alemão IG Farben.

1929-1930: O Bater de '29 - A Produção do Federal Reserve, pseudociência


racista, assassinando trabalhadores (de novo) e os Velhos irmãos
Dulles Ajudam Adolf

1929-1941:. ESTADOS UNIDOS O


Wall Street Bater é o ato de abertura da Grande Depressão, a mais recente produção dos
meninos no quarto dos fundos que a própria empresa privada que opera sob o nome
enganoso da Reserva Federal. A Reserva Federal foi supostamente criada para impedir que
coisas como crises acontecessem em Wall Street. Mas, entre 1921 e 1929, o Fed aumenta
drasticamente a oferta de moeda dos EUA, alimentando especulações de massa.
Ao longo da década de 1920, os americanos com renda modesta e de poupança são atraídos
para o mercado de ações em grande número pela classe dominante, incluindo os
Rockefellers, os Morgans e Dillons. Pessoas que não sabem nada sobre as verdadeiras
forças e falcatruas ilimitadas por trás dos mercados financeiros e não podem se dar ao
luxo de perder o dinheiro que investem são persuadidas a pagar preços artificialmente
inflacionados para centenas de milhões de acções. Otários são atraídos para o mercado com
o truque de compra na margem. Um comprador põe dez por cento do valor das ações a ser
comprado e, em seguida, conta com a contínua inflação dos preços das ações para fazer um
lucro. É como comprar algo para nada. Com milhões de otários são atraídas para o
mercado, os preços das ações são movidos para cima e, por enquanto, John Q. Sucker,
parece sair na frente.

No entanto, essa não é a natureza do mundo financeiro. Na verdade, os Rockefellers, os


Morgans, o Dillons e seus asseclas estão espoliando os americanos comuns de centenas de
milhões de dólares numa orgia de fraudes financeiras, muitas das quais serão
posteriormente descobertas nas audiências de longa suprimida Pecora. A manipulação
maciça e preços especulativos chegam a níveis insuportáveis. Poucos meses antes do
estouro da crise, a palavra diz que os Rockefellers, Joe Kennedy e de todos os outros
artistas das falcatruas tranquilamente saem do mercado, vendendo sua ações quando os
preços estão artificialmente inflados. Em 24 de outubro, os grandes bancos, de propriedade
da mesma quadrilha de co-conspiradores, pedem de volta os empréstimos que deram aos
otários. Inevitavelmente, segue-se o pânico de venda e toda a casa de cartões entra em
colapso. Puxa, que surpresa.

Raramente é considerada, no entanto, que a maioria das ações que caiu em 29 de outubro e
nas próximas duas semanas tinha sido comprado há cerca de trinta bilhões de dólares mais
do que eles foram finalmente vendidos para, uma quantidade assombrosa de dinheiro em
1929, a maioria dos quais acabou nos bolsos de algumas pessoas que a conhecem. Também
não é considerado que se apressaram para comprar a um vasto número de ações objeto de
dumping durante e depois da Terça-Feira Negra, adquirindo empresas e seus ativos por
tostões de dólar. A Queda e a Depressão que se seguiu foi, para alguns, não tanto um
desastre como simplesmente outra oportunidade de negócio em que pudesse comprar ativos
por uma fração de seu valor real e, simultaneamente, e muito importante, reduzir o custo do
trabalho .
A forma de fazer dinheiro é comprar quando o sangue está correndo nas ruas.
John D. Rockefeller

Claro, ajuda se você estiver em uma posição para fazer o sangue correr nas ruas. Ao longo
dos próximos dez anos, dezenas de milhões de americanos vão pagar o preço da miséria e
sofrimento incalculável para a acumulação de riqueza ainda mais por um punhado de
famílias que constituem o lixo do lixo da classe dominante norte-americana.

Após a Queda, os meninos que dirigem o Federal Reserve contraem o fornecimento de


dinheiro, mergulhando os EUA na Grande Depressão e fazendo o possível para abocanhar
tudo o que quiserem, incluindo fazendas, empresas e terrenos por tostões de dólar. Não por
coincidência, centenas de pequenos bancos que fornecem os meninos grandes, com um
pouco de competição, também são levados à parede e agarrados.

A Queda e a Grande Depressão que se seguem vêm depois de


quase uma década de domínio econômico pelos multi-milionários banqueiros e homem do
óleo Andrew Mellon como secretário do Tesouro dos EUA. Mellon, se poderia supor, sabia
exatamente o que estava fazendo. Na era durante o mandato de Mellon que as
manipulações e fraudes desenfreadas que levaram à Queda foram autorizados a ser
realizadas. Mellon reduziu dramaticamente impostos sobre os ricos e ultra-ricos,
incluindo o imposto sucessório, até o ponto onde muitos não pagaram nenhum imposto.
Mellon, naturalmente, aumentou os impostos em grande parte pagos pelos pobres e a classe
trabalhadora, tais como impostos sobre produtos. Mais uma vez “o povo que se foda”.

Como um pequeno presente para os seus amigos da indústria do petróleo e à sua própria
Gulf Oil, ele também introduziu o "subsídio de esgotamento do petróleo", uma bonitinha
fraude contábil que reduz os impostos pagos pelas companhias de petróleo a quase zero. O
multi-milionário Mellon alegou ser um crente no chamado "trickle down" teoria da
economia em que, se você fizer a pinga ultra-ricos ainda mais ricos, pequenas de dinheiro,
teoricamente "trickle down", mais cedo ou mais tarde, para a subclasse. Mellon se recusou
a dar incentivos fiscais para os pobres em razão perfeitamente compreensível que eles
simplesmente mijar fora na roupa, comida e abrigo.
Mellon reconheceu claramente que, para alguns, a Grande Depressão foi uma coisa boa,
uma boa oportunidade de negócio, e não fez nenhum osso sobre ele. "As pessoas vão
trabalhar mais, viver uma vida mais moral", o milionário Mellon pontificava como a
Grande Depressão se aprofundou. "As pessoas empreendedoras vão pegar(roubar) os
destroços(negócios) de pessoas menos competentes(que foram enganadas)."

Este nosso sistema norte-americano,


chame-o de americanismo, chame-o de capitalismo,
chame-o de que você quiser,
dá a cada um de nós
uma grande oportunidade
se nós o agarrar-mos com ambas as mãos
fazeremos mais do mesmo.
Al Capone

Em 1933, o valor das ações na Bolsa de Nova York é inferior a um quinto do que tinha sido
no seu pico em 1929. As empresas fecham suas portas, fábricas são fechadas e os bancos
falham. O rendimento agrícola cai para cinqüenta por cento. Em 1932, aproximadamente
um em cada quatro trabalhadores americanos estão desempregados e muitos daqueles que
têm emprego estão a trabalhar por uma fração do seu salário pré-Crise da Bolsa. E é
exatamente o que está acontencendo agora nos EUA desde 2007, sempre a mesma
artimanha feita pelas mesmas famílias.

Entre 1929 e 1933, 40% de todos os bancos nos Estados Unidos, alguns com 10.797 dos
25.568 existentes em 1929, não tendo as suas poupanças dos depositantes com eles. Como
é o caso com o crash da bolsa, em falhas de banco, para cada perdedor, algum lugar que
haja um vencedor. Cada dólar depositado pelos americanos que perderam tudo nas
falências bancárias acabaram no bolso de alguém em algum outro lugar. E, como um
benefício pouco agradável para os Rockefeller e os Morgan, 40% dos bancos concorrentes
nos EUA deixaram de existir.

A saída da economia dos EUA de bens e serviços (PIB) diminui em 30% entre 1929 e 1933
e recupera o nível de 1929 só em 1939, com a época do boom da Segunda Guerra Mundial.
Antes de 1939, o investimento empresarial nos EUA vem quase a uma paralisação, os
Rockefellers, Harrimans, Duponts, Fords, Mellons e o resto da classe dominante dos EUA
têm outras prioridades: investir enormes somas de dinheiro na Alemanha nazista e o
armamento de Adolf Hitler para outra guerra muito lucrativa contra os otários(o povo) que
vão morrer e pagar a conta depois.

Quando os eleitores dão a Mellon e Hoover o arranque em 1932, o New Deal de Roosevelt
alivia parte do sofrimento dos americanos comuns, através de amplos programas de obras
públicas. Como muitos de doze milhões de americanos trabalham, em algum momento em
obras públicas ou em trabalhos de socorro (através das obras da Administração Pública, das
obras do Projeto de Administração Civil e o Conservation Corps). O que finalmente
termina a Grande Depressão, porém, é a oportunidade fabulosa de negócio conhecida como
a Segunda Guerra Mundial.

Foi uma ocorrência cuidadosamente planejada.


Os banqueiros internacionais procuraram trazer
uma condição de desespero
para que possam emergir
os governantes de todos nós.
O congressista Louis McFadden

Nos próximos anos, McFadden, que é um crítico ferrenho do


Federal Reserve e as famílias que pertencem a ela, será a vítima de uma tentativa de tiro e
depois será envenenado num banquete político, mas, ei, essas coisas acontecem em um país
livre.

A verdadeira ameaça à nossa república é esse governo invisível que, como um polvo
gigante, estende sua envergadura viscosa sobre a cidade, estado e nação. Como o polvo da
vida real, ela opera sob a cobertura de uma tela de auto-criado .... Na cabeça desse polvo
estão os interesses de Rockefeller Standard e um pequeno grupo de casas bancárias
poderosas geralmente referidos como banqueiros internacionais.

O círculo pequeno de poderosos banqueiros internacionais praticamente executam o


governo dos Estados Unidos para seus próprios fins egoístas. Eles praticamente controlam
todos os partidos políticos. prefeito de Nova York John F. Hylan, 1922

1929:. ESTADOS UNIDOS – a autobiografia Confissões de Jacques Jean Rousseau, é


proibida na terra da liberdade.
1929:. ESTADOS UNIDOS Ella Mae Wiggins é
assassinada por vigilantes quando seu caminhão de membros do sindicato chama a atenção
é uma emboscada durante uma greve têxtil em Gastonia, Carolina do Norte. Todos os réus
serão devidamente absolvidos.

1929:. ESTADOS UNIDOS Charles


Davenport é diretor do Laboratório Cold Spring Harbor, financiado pela classe dominante
norte-americana, nomeadamente a família Carnegie, e está localizado na propriedade da
família Dulles, em Long Island, Nova York. Em Cold Spring Harbor, Davenport criou o
notório Eugenics Record Office, financiado pelos Harrimans, para organizar a criação da
“raça mestre” ou melhor a “raça mente controlada”.
Em 1929, Davenport publica Race Crossing na Jamaica, um texto
supostamente científico destinado a comprovar a degradação biológica e cultural seguintes
cruzamentos entre as populações brancas e negras. A fim de promulgar o racismo
disfarçado como ciência, Davenport impiedosamente torce e distorce dados o que é
muito comum hoje em dia.

Davenport mantém ligações estreitas com instituições e indivíduos na Alemanha nazista e


detém posições editoriais em dois influentes revistas "científicas"alemãs. Um dos mais
importantes colaboradores do nazista Davenport é Otto Reche, que se tornará uma figura
importante no regime nazista de "eliminar" aquelas pessoas consideradas "inferiores".

1929-42: / a Alemanha. UNIDOS Durante meio século antes de 1929, Rua da lei mais
poderosa firma de Wall, Sullivan und Cromwell prevê, para um preço legal por trás da
cortina de fumaça que uma grande parte da classe dominante dos EUA fizeram sua trabalho
sujo. Após a Primeira Guerra Mundial, os "especialistas em finanças internacionais" de
Sullivan und Cromwell não são outros senão os primos de Rockefeller, Allen e John Foster
Dulles. Ambos são violentamente anti-semitas e boicotam o casamento da sua irmã porque
ela está se casando, suspiro, com um judeu.

Os irmãos Dulles, ambos os quais tinham


sido envolvidas na elaboração do Tratado de Versalhes, que sistematicamente levou a
Alemanha a falência após a Primeira Guerra Mundial, organizou uma rede obscura
financeira que fundiu enormes quantidades de ouro americano e de capital para financiar a
ascensão do nazismo na Alemanha . Os irmãos Dulles configuraram vários acordos para a
IG Farben, desenvolvedores e fabricantes de gás Zyklon-B para ser usado no extermínio de
judeus, ciganos, eslavos, os socialistas, os homossexuais e outros "sub-humanos".

John Foster Dulles tem assento no conselho de diretores da IG


Farben, que apoia o partido nazista, pois se opõe à livre iniciativa real e favorece a criação
de campos de trabalho escravo para tornar a produção industrial "mais eficiente".
Farben vai se tornar um líder no projeto da bomba atômica nazista que depois vai ser
contrabandeada para os EUA.

Além de organizar o financiamento de empreendimentos no interior da Alemanha nazista,


os irmãos Dulles organizaram um labirinto de centenas de empresas nos Estados Unidos e
América Central e do Sul para fornecer frentes por trás da qual Farben e outras empresas
podem operar secretamente quando a guerra que vem contra os nazistas. Entre elas estão as
companhias farmacêuticas e de química Bayer, Agfa, Schering, Winthrop e Sterling.

Um acordo secreto é organizado por Sullivan und Cromwell em que o Rockefellers


'Standard Oil recolherá os pagamentos de royalties sobre milhares de patentes para a IG
Farben, mesmo que os EUA vão à guerra com a Alemanha.

Um investimento maciço na Alemanha nazista é feita pela classe dominante dos EUA,
enquanto os Estados Unidos definham durante a Grande Depressão e dezenas de milhões de
americanos estão desempregados e perdendo suas casas, fazendas e empresas para os
bancos de propriedade dos Rockefeller e seus clubmates.
Depois de os nazistas tomarem o poder na
Alemanha, com armas e ao financiamento fornecido pelos Rockefellers, os Harrimans, os
Duponts e outros membros da classe dominante dos EUA, com a ajuda de seus asseclas,
como a família Bush, os nazistas começam a "arianização" do programa em que os judeus
são obrigados a vender seus ativos de negócios para uma pequena porcentagem do seu
valor verdadeiro aos "arianos". Muitas empresas americanas são rápidas em fazer dinheiro
com os nazistas e a sua "arianização" e nenhum deles com mais avidez do que a Ford
Motor Company e o mais fanático anti-semitas do mundo, Henry Ford.

1929: / ESTADOS Nicarágua. UNIDOS EUA Marines


major-general Smedley Butler admite veteranos em Pittsburgh, que, em 1912, na
Nicarágua, ele tinha ajudado a fraudar eleições, em nome do famigerado Brown Brothers
Bank (Brown Brothers Harriman). Por falar a verdade na terra dos livres, Butler é chamado
no tapete pelo secretário da Marinha Adams, que só acontece de ser firmemente ligado a
interesses bancários americanos.

1930:. ESTADOS UNIDOS funcionários aduaneiros na terra dos livres apreendem cópias
do Cândido de Voltaire em seu caminho para Harvard. É muito perigoso para as pessoas
"livres" no "país da liberdade " ficarem lendo.
Aqueles que acreditam em absurdos
vão cometer atrocidades.

A religião é meramente
o ópio das massas,
é o cianeto.

A mentira é uma mentira


mesmo que todos acreditem.
A verdade é a verdade
mesmo que ninguém acredita nisso.
Voltaire

1929:. ESTADOS UNIDOS Joseph "Joe Nervoso", Kennedy faz


uma oferta para comprar a cadeia de teatro Pantages de Alexander Pantages, um imigrante
grego que havia construído do nada um negócio bem-sucedido de milhões de dólares.
Quando Pantages se recusa a vender, Kennedy usa sua influência no negócio do filme para
evitar Pantages ficando filmes primeira corrida para o seu teatro Pantages, mas ainda não
vai vender para fora.

Em agosto, uma jovem mulher chamada Eunice Pringle faz uma acusação de estupro contra
Pantages que foi condenado a cinqüenta anos de prisão. No recurso, a condenação é
anulada quando o advogado de Pantages "demonstra que o alegado estupro era uma
impossibilidade física".

Arruinado pela má publicidade, Pantages é finalmente forçado a vender a sua cadeia para
Kennedy por menos da metade do valor oferecido originalmente.

Há versões contraditórias sobre o que causou Pringle para fazer a falsa acusação de estupro,
o primeiro dos quais é que Kennedy deu a Pringle $ 10.000 para fazê-lo. Seja qual for a
verdade, Pantages foi arruinado e Kennedy, um homem possuído de não hesitar um só,
conseguiu a cadeia de teatro de Pantages.
1930: ESTADOS UNIDOS. Um homem negro, George Hughes, é acusado de estuprar
uma mulher branca em Sherman, Texas. Uma multidão branca dinamita o tribunal em que
Hughes está sendo mantido, queimando-lhe até a morte. A multidão, então aproveita seu
cadáver, corta-lhe os órgãos genitais e arrasta seu corpo através da área de negócios negro
antes de queimá-lo para o chão. Para este dia, o concelho onde Hughes foi assassinado tem
apenas dois profissionais negros.

1930-curso:. SUÍÇA O Banco de


Compensações Internacionais (BIS) é criado por um grupo de grandes bancos centrais. O
propósito ostensivo do BIS, criado no âmbito do banqueiro JP Morgan Owen D. Young
chamado Plano Young, é fornecer os Aliados com reparações alemãs para a Primeira
Guerra Mundial. Estranhamente, o BIS logo se transforma-se exatamente no oposto da sua
finalidade, virando o sifão de dinheiro dos EUA aos nazistas para construir a máquina de
guerra de Hitler.

A estrutura do BIS, enfiado em Basileia livre da guerra, na Suíça, é inspirado por ninguém
menos que Hjalmar Schacht, que em breve se tornar ministro nazista da Alemanha de
Economia e presidente do Reichsbank, um homem com poderosas conexões em Wall
Street. Mesmo antes de Hitler subir ao poder político, Schacht tinha empurrado para uma
instituição que venha a manter canais de comunicação e cumplicidade entre os líderes
financeiros do mundo, no caso de uma guerra mundial. Por sua própria estrutura, acordadas
por todos os governos dos países participantes, o BIS é o instrumento perfeito para os
meninos no quarto dos fundos. Escrito na Carta BIS é total imunidade de apreensão de
encerramento, ou censura, independentemente de quem está em guerra com quem. Como
conveniente.

Em 1939, o BPI terá investido milhões na Alemanha nazista, enquanto os nazistas, por sua
vez, depositaram grandes quantias roubadas de vários grupos de "subumanos" no BIS.
Além de lavagem de saque nazista, o BPI irá crescer para ser um clube supranacional, com
participação restrita a um punhado de famílias que têm o controle de fato de grande parte da
economia global.

1930:. ESTADOS UNIDOS A evolução de uma raça


superior nórdica, através da "ciência" da eugenia é caro ao coração de muitos da classe
dominante da América. Entre os membros mais proeminentes da American Eugenics
Society em 1930 estão: o magnata dos cereais e anti-masturbação o guru J. Harvey Kellogg,
barão ladrão, banqueiro e presidente do Aço dos EUA JP Morgan Jr., herdeira do câncer
Mary Biddle Duke, barões do cobre Cleveland H . Cleveland e E. Dodge e suas esposas,
banqueiro e B & O Railroad Tycoon Robert Garrett, United Press International herdeira
Miss EB Scripps, Brush Electric Company herdeira Dorothy H. Pincel e a ativista do
Planned Parenthood Margaret Sanger, casada com o 3-M magnata do petróleo, Noah Slee.

O nacional-socialismo não é nada mas aplicado a biologia. Rudolph Hess

1930-42: / ESTADOS UNIDOS. A Alemanha declara que Herbert


Walker avô de George W. Bush, que já está jogando um papel fundamental no
financiamento da aquisição da Alemanha pelo nazismo, decide ajudá-los ainda mais,
agindo como homem de frente dos EUA para as empresas ligadas nazistas, incluindo a
família Harriman controlado Hamburg-Amerika Steamship Line.

A linha de Hamburg-Amerika carrega armas, em grande parte armas fabricadas de


propriedade da Remington Rockefeller, dos Estados Unidos para a Alemanha para ser
usado pelos nazistas em sua ascensão ao poder através da intimidação da população alemã e
ao assassinato de políticos anti-nazistas. Hamburg-Amerika também rotineiramente realiza
propagandistas nazistas e materiais de propaganda para os EUA. A linha de transporte,
mais tarde, serviu como um canal importante para a introdução de espiões alemães no
Estados Unidos e para o transporte de centenas de roubo de segredos de defesa americano
para a Alemanha.

1930:. ESTADOS UNIDOS Em meio à Grande Depressão,


uma onda de criminalidade atinge o Centro-Oeste. Seqüestro e assaltos a bancos armados
são realizadas pelos gostos de Bonnie e Clyde, Machine Gun Kelly, John Dillinger e Pretty
Boy Floyd.

O travesti, homossexual, Edgar J. Hoover cria seu próprio ministério da propaganda que vai
explorar a situação para criar uma imagem completamente falsa do FBI e de si mesma na
mente dos americanos.

Hoover contrata um Courtney Ryley Cooper que tem um passado variado como um palhaço
de circo, como um agente de imprensa para "Búfalo" Bill Cody e como escritor de westerns
de celulose para imortalizar o travesti e diretor do FBI. Cooper vai usar sua imaginação
exagerada para criar o fluxo incessante de mentiras, desinformação e propaganda que fará
Hoover um nome familiar nos EUA até o final da década de 1930.

1930:. ESTADOS UNIDOS Mais de cem trabalhadores rurais são presos no Vale Imperial
da Califórnia para tentar formar sindicatos. Oito são condenados por "sindicalismo
criminoso". Não pode haver peões organizados na terra da liberdade.

1930: ESTADOS UNIDOS. Michael Fooner do FBI faz o erro de apoiar a formação de um
ramo do FBI da Federação de funcionários do governo. Quando, quarenta anos depois, ele
se apodera do arquivo de Edgar J. Hoover, então monta sobre ele, será de seis centímetros
de espessura.

1930:. ESTADOS UNIDOS o apoiante nazi e odiador de judeus Henry Ford usa suas
conexões na Mafia para aterrorizar os trabalhadores que tentam se sindicalizar nas fábricas
da Ford. O mesmo braço de Ford, Harry Bennett, mantém um contato pessoal com Joe
Tocco e Leo Cellura da máfia de Detroit e organiza veículo franquias motor Ford para os
associados da máfia. Fornecido Mob bandidos espancaram Walter Reuther e outros que
tentam organizar os trabalhadores da Ford. Eventualmente Bennett reúne sua turma em casa
própria, de bandidos, armados com pistolas, matracas e os comprimentos de mangueira de
borracha para dispersar as reuniões sindicais e ativistas sindicais.

1930-1962:. ESTADOS UNIDOS Um


ultra direita conspícua não-combatente, Harry J. Anslinger, é nomeado chefe do Bureau
Federal de Narcóticos (FBN) pelo Gulf Oil representante da Alcoa secretário do Tesouro,
Andrew Mellon. O reinado de Anslinger, que rivaliza com "Edna" Hoover como chefe J. do
FBI, é marcado por flagrantemente campanhas racistas de desinformação e absurdas sobre
os males terríveis de maconha, transportadas para o público dos EUA pelo império de
mídia do belicista, jornalista amarelo e pagos nazista bocal, William Randolph Hearst.

A guerra de Anslinger contra a maconha pode ter algo a ver com o fato de que seu patrono,
Mellon, está fortemente envolvido com os interesses da Dupont cuja petroquímica baseada
em fibras estão em concorrência direta com o cânhamo, que é cultivada em em escala
industrial e promete oferecer uma grande variedade de fibras, matérias-primas químicas e
outras matérias-primas para a indústria em forte concorrência com o óleo. Anslinger sabota
tentativas por parte da classe médica para o uso da maconha e outras "drogas" para alívio
da dor.

Na forma clássica da classe dominante dos EUA e seus asseclas, Anslinger executa ambos
os lados da rua e, na década de 1950, passa a ser o fornecedor de morfina para alcoólicos
drogados caçadores de bruxas do senador Joseph McCarthy. Depois de sua aposentadoria
em 1970, após décadas tentando bloquear o uso médico de "drogas" para alívio a dor,
Anslinger acaba tomando morfina para controlar a sua própria dor.

Dois negros capturaram uma garota 14 anos de idade e a mantiveram durante dois dias
sob a influência da maconha. Após a recuperação, ela foi encontrada para estar sofrendo
de sífilis.a partir de artigo antimaconha propaganda por Harry Anslinger publicado no
American Hearst Magazine.

Uma combinação muito agradável de racismo difusão do medo, e propaganda anti-cânhamo


dos altos princípios da revista Hearst.

1930-1970:. ESTADOS UNIDOS Em 1930, a


revista de comércio, da indústria de amianto, publica seu último artigo sobre a crescente
evidência das conseqüências desastrosas do amianto. Para os próximos quarenta anos, esse
farol que brilha da imprensa livre na América, não vai publicar uma única palavra do
pedágio de montagem da morte e da miséria causada pelos anunciantes de "seus produtos".

1930:. ESTADOS UNIDOS Prescott Bush garoto de recados da família Harriman e


homem de frente, tira o tempo do financiamento a ascensão de Adolf Hitler e os nazistas
para organizar as finanças para William Paley para comprar a Columbia Broadcasting
System (CBS), no momento em que rede de rádio, mas logo a evoluir para a maior rede de
televisão da América. Paley será eternamente grato a Bush, Harriman, e o resto da gangue
do Projeto Hitler e fazer feliz a CBS à disposição da CIA para operações de guerra
psicológica e de propaganda contra o povo dos Estados Unidos.

1930:. ESTADOS UNIDOS A Legião Negra (mais uma organização maçônica), afiliada
com a Ku Klux Klan(criada e mantida pelos dementes maçôns), é formada em Detroit.
Membros juram "o apoio de Deus" e para dar tudo de si em qualquer "guerra" contra os
católicos, judeus, negros, estrangeiros (presumivelmente os estrangeiros não extra-
terrestres) e os comunistas. Cada membro paga 7 dólares por um manto semelhante KKK
completa com caveira e ossos cruzados, paga dez centavos por mês em impostos e é
obrigada a possuir uma pistola.
A Legião Negra é, na verdade, um braço
de terror e de execução para a família Dupont, a General Motors, organizada em moldes
militares. A Legião Negra tem cinco brigadas, 16regimentos, 64 batalhões, e 256 empresas.
Há provavelmente entre 20.000 e 30.000 membros em Michigan na década de 1930, um
terço, em Detroit. Entre os deveres do Legião Negra é parar os trabalhadores da General
Motors de organizarem um sindicato. Os membros da Legião jogam bombas em salas de
união, incendiaram casas de ativistas sindicais, torturam sindicalistas e mataram sozinhos
pelo menos cinqüenta pessoas em Detroit. Muitas das vítimas são negras. Uma vítima da
Legião Negra é o reverendo Earl Little, assassinado em 1931. Seu filho, mais tarde
conhecido como Malcolm X, tinha de seis anos de idade na época. Dois anos antes, a
Legião Negra teve casa incendiada Reverendo Little.

1930-1985: / ESTADOS Alemanha nazista. UNIDOS Herr Doktor Erich Traub leva uma
vida variada e interessante. Em 1930, o cientista alemão é treinado na arte de manipulação
de bactérias e vírus no Instituto Rockefeller, em Princeton, New Jersey. Ele arredonda para
fora o seu primeiro mandato, em associação com os EUA na Deutscher Volksbund-
Amerika, o americano "clube" um alemão, também conhecido como Camp Sigfried. Camp
Sigfried é a sede nacional do movimento nazista americano.

Com a eclosão da Segunda Guerra


Mundial, Traub retornará à sua Alemanha natal, e aplicar suas habilidades adquiridas pelos
Rockefeller para a guerra bacteriológica nazista, a trabalhar diretamente sob Reichsfuehrer
SS Heinrich Himmler, e conduzir experiências grotescas sobre as vítimas vivas. Entre suas
muitas “realizações” para a Alemanha nazista será a liberação de aerossóis de vírus vivos
sobre a ocupada União Soviética.

No final da Segunda Guerra Mundial, a vida


Traub virá um círculo completo, quando, juntamente com milhares de outros criminosos de
guerra nazistas e assassinos em massa, ele é resgatado da acusação pela Operação Paperclip
de Allen Dulles e depois de bem des-nazificado, vai trabalhar para o governo dos Estados
Unidos da América. Traub encontra um trabalho satisfatório no novo programa da Marinha
dos EUA de guerra biológica no Naval Medical Research Institute, em Bethesda, Maryland.
A América é com certeza a terra das oportunidades.

1930-curso: PUERTO RICO. Com seu país roubado


pelos EUA, a produção local de alimentos, mas todos destruídos e reduzidos a trabalhar em
plantações de propriedade da americana e de propriedade fábricas norte-americanas para os
salários do trabalho escravo, os porto-riquenhos são levados a maior Desesperado pela
Depressão. Um novo movimento de independência de Porto Rico nasce, liderada por Pedro
Albizu Campos, que sobe à cabeça do Partido Nacionalista de Porto Rico (PNP).
O PNP rejeita completamente a participação na farsa da política colonial e eleições
manipuladas pelos EUA. Eles proclamam o fato óbvio de que a dominação dos EUA Porto
Rico é ilegítimo e se recusam a reconhecer as autoridades coloniais de ocupação, os
tribunais ou as suas leis. O PNP acusa os EUA de provocar a ruína e a pobreza do povo de
Porto Rico. Mais ousado de todos, eles afirmam que os porto-riquenhos têm direito ao
salário luta armada contra os invasores e ocupantes EUA a fim de ganhar sua liberdade.

1930:. ESTADOS UNIDOS primo Rockefeller, John Foster Dulles


configura uma filial americana da química nazista combinar e operador de campo de
concentração a ser IG Farben, IG americana. Seus diretores incluem Teagle Walter,
presidente da Rockfeller "Padrão do Petróleo, Paul Warburg, da casa de investimento
bancário e de Kuhn Loeb & Company, Carlos Morais, presidente do National City Bank e
Ford Edsel, representando os interesses da Ford. Pelo menos dois dos diretores da Farben,
Teagle e Warburg, também têm assento na diretoria da empresa responsável pela operação
privada, sob o nome da Reserva Federal dos EUA.

1930-1940: Alemanha. NAZI Antes e depois de Pearl


Harbor, a transmissão americana e elétrico gigante, RCA é em parceria com uma série de
empresas nazista, incluindo a Telefunken, com Italcable, pertencente à ditadura de
Mussolini, e com a França de Vichy da Compagnie colaboracionista Generale , numa
organização conhecida como o Consórcio Transradio. RCA também detém uma
participação com outro parceiro de negócios nazista, International Telephone and
Telegraph (IT & T), em uma controlada telefone Axis and Telegraph Company na América
do Sul.

De acordo com os EUA do Departamento de Estado, Transradio, com o pleno


conhecimento de cabeça RCA, David Sarnoff, manteve uma linha direta para Berlim
durante a Segunda Guerra Mundial proporcionando um canal unmonitored para enviar
grandes quantidades de inteligência para os nazistas.

REPÚBLICA DOMINICANA: 1930-1961. EUA-


treinados, armados e apoiados polícia nacional e chefe do Exército, Rafael Leonidas
Trujillo toma o poder e começa um reinado de assassinato, tortura, terrorismo, estupro e
roubo de riquezas do país. Sua tomada de poder é feita todos os facilitada pelo fato de que
durante a sua ocupação militar ilegal da República Dominicana 1916-1924, as forças dos
EUA havia proibido dominicanos ordinária de possuir armas enquanto estava fortemente
armado traidores e colaboradores locais, como Trujillo e o norte- doutrinados exército e da
polícia.

Os adversários políticos e aqueles que


ofendem Trujillo e seus comparsas são torturados e assassinados, muitas vezes jogados
sobre falésias da costa sul da ilha-nação para os tubarões, ou são detidos em campos de
concentração e trabalhou até a morte em fazendas Trujillo tem roubado do povo
dominicano . Todas as tentativas feitas pelos dominicanos para alcançar a liberdade e a
democracia são brutalmente esmagadas com a aprovação de todo o coração, como EUA
Secretário de Estado Cordell Hull visto aqui com seu amigo Rafael.

No momento em que seus mestres americanos inevitavelmente ligar ele em 1960, a CIA
sob nazista rábula Allen Dulles começa a trama do assassinato, Trujillo torturou e
assassinou dezenas de milhares de desconhecidos dominicanos e assassinou vinte mil
haitianos. Até o final de sua ditadura e os EUA mantiveram, Trujillo e sua família vão ter
"adquirido" de setenta por cento da terra e noventa por cento da indústria do país, enquanto
a grande maioria do seu povo uma vida curta do medo e da pobreza desesperada.

1930-1972: Estados Unidos. J. Edgar Hoover traz todas as "lei" em propaganda nos EUA
sob seu controle pessoal. Com seu prostituto pago, Courtney Ryley Cooper ainda
produzindo descaradamente baboseiras lisonjeiras, e os meios de comunicação de massa
compatível nunca entregaram as mentiras a um público americano desavisado, Hoover
contrata Louis "Nick do grego" Nichols para planejar uma campanha de propaganda
nacional em curso. Nichols cria a divisão do FBI chamada "Crime Records" que é
simplesmente um desvio enorme de dinheiro dos contribuintes e os recursos do FBI para
convencer o público norte-americano da grandeza de J. Edgar Hoover e da imagem da
fantasia do FBI que quer se projetar.

Ameaças e subornos são amplamente utilizados por


Hoover para encorajar os media a fazer sua vontade. Conforme os jornalistas são
recompensados com presentes e dicas. Os jornalistas que não vê a luz é punido por ter
retido informação a partir deles. Os agentes do FBI mais uma vez estão na vanguarda da
atividade criminosa, nos Estados Unidos ilegalmente quando espionagem de jornalistas e da
Mesa criando arquivos detalhados estendendo aos milhares e, às vezes dezenas de milhares
de páginas em cada um ao longo de décadas com o objetivo de chantagear ou manchar
campanhas .

Hoover cultiva colunista Walter Winchell, que, desde que com "dicas" de Hoover, torna-se
um dos maiores mercados para a campanha de Hoover auto-promoção. Durante os
primeiros 35 anos do reinado de Hoover, apenas uma publicação single major americano, o
New Yorker, se atreveu a publicar o material para o FBI, que não foi inventado ou
higienizado por Hoover e Nichols. Não há nada como uma imprensa livre, não é?
a campanha de propaganda de Hoover financiada pelos
contribuinte opera em uma escala maciça. Existe um programa de rádio G-Man, G-Man
filmes, livros G-Man e quadrinhos. As crianças americanas correm com os distintivos G-
Man e armas tommy G-Man, em seguida, ir para a cama com seus pijamas G-Man. Há
rumores de que o próprio Edgar gostava de empinar em um G-String.

Um levantamento de 11.000 meninos de escola americana, em 1936, mostra que J. Edgar


Hoover se tornou a segunda pessoa mais popular nos Estados Unidos, perdendo apenas para
Robert Ripley de Ripley acredita ou não, um comentário impressionante sobre a eficácia da
Hoover em manipular a mídia de massa em fazer o seu lance.

Depois de virar Hoover em um semi-deus, o objetivo


secundário do Crime Records é manter o povo norte-americano aterrorizado com o bicho-
papão comunista. Nichols cria literatura de ódio "anti-comunista", o mais conhecido dos
quais é um livro, mestres do engano, aparentemente escrito por Hoover, mas, de fato,
produzido pela equipe de escritores fantasmas de Nichols.

Muito obrigado pela cópia autografada generosamente


(Do Mestres do Engano). Mais uma vez você foi
na vanguarda da defesa da nossa nação contra os ratos comunista.
"jornalista" Raymond Henle da NBC em uma carta a J. Edna Hoover

Os escritores fantasmas de Nichols cuspiram para fora um outro pedaço de propaganda


descarada, um livro intitulado, A História do FBI. O valor da propaganda do livro é muito
multiplicado quando a Warner Brothers faz um filme dele. Tanto Jack Warner e Jimmy
Stewart, que estrelaram o filme, tinham sido cultivados e dados favores especiais e
tratamento por Hoover à custa dos contribuintes americanos.

A série de televisão bem conhecida, O


FBI, que começou a transmitir em 1965, foi pura propaganda. Cada roteiro foi
pessoalmente lido e tiveram de ser aprovados por Hoover com a ajuda de seu habitual,
amante, o milagrosamente promovido a Subdiretor do FBI Clyde Tolson. Um agente do
FBI esteve presente no jogo em todos os momentos para supervisionar a tiro e certifique-se
os atores não dissessem nada que não deveriam.

1930-1996:. ESTADOS UNIDOS Thomas Midgley, colaborador de um dos e substâncias


tóxicas mais perigosas do mundo, o chumbo tetraetila, supera a si mesmo e inventa o
aerosol Freon para a Duponts da General Motors. A invenção coloca Midgley como a única
pessoa na história a ser na maioria os responsável pela destruição do meio ambiente.

Ao longo dos anos, milhões de quilos de Freon será lançado, migrando para a alta
atmosfera, degradando em cloro e eventualmente causando a destruição completa da
camada de ozônio, uma barreira de proteção essencial para a vida na Terra.

A camada de ozônio será fina e dramaticamente o tamanho


dos buracos de ozônio polar vai crescer quase todos os anos como uma quantidade
crescente de Freon são lançadas no ar. Como as camadas da thins ozônio, o aumento dos
níveis de luz ultravioleta que atinge a superfície da Terra a partir do resultado do sol em
milhões de cancros da pele adicional em todo o mundo. Em apenas 27 anos, de 1973 a
2000, a taxa de câncer de pele entre os homens americanos irá quadruplicar. Mas, hey, é
apenas um bom negócio. Você começa a fazer todo esse dinheiro em Freon e ainda mais na
cura do câncer.

Níveis elevados de UV também a produção de alimentos profundos efeitos, tanto em terra


quanto no mar.

A campanha de desinformação, tipificados pelos esforços de não-combatentes conspícuo e


drogas abusador Rush Limbaugh, tenta convencer o público que desde Freon é mais pesado
que o ar, não pode subir para a atmosfera. Se Freon fato, e outros clorofluorcarbonetos
(CFCs) são transportados de alta para a atmosfera pelas correntes de vento e convecção e
estão presentes em concentrações quase igual ao nível do solo até seis quilômetros de altura
e, em concentrações menores, muito mais do que isso.