Você está na página 1de 2

Programa de Discipulado da PIB

Módulo 01 - A Mensagem do Evangelho


Lição 1.6 - Como posso ser restaurado?

Jesus morreu por nossos pecados e ressuscitou do túmulo.

Pela fé em Jesus, os nossos pecados podem ser perdoados e podemos ter a certeza de que
viveremos com Deus para sempre e de que um dia ressuscitaremos da morte como aconteceu
com Jesus.

Então o que significa crer, ter fé?

Em primeiro lugar, significa entender ​A SALVAÇÃO "PELA FÉ".

Crer em Cristo não significa que temos de nos empenhar para viver uma vida melhor do que
vivemos anteriormente. Se você crê nisso, então continua pondo sua fé em si mesmo e se
considera seu próprio salvador.

Crer em Cristo é confiar que nosso passado está perdoado e iniciamos uma nova vida. Você
espera que seus próprios esforços morais e habilidades o restaurem perante Deus? Então, isso
nunca vai funcionar, pois ninguém tem uma vida perfeita. Até nossos melhores feitos são
manchados por motivações egoístas e impuras.

O Evangelho, a boa notícia, é que, quando cremos no salvador, não há mais “condenação
alguma para aqueles que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8.1).

Depositar a fé em Cristo não é questão de esforço cada vez maior; significa deixar de confiar
em nós mesmos, passar a confiar em Jesus e descansar nele. Significa pedir: ​“Pai, aceita-me,
não por causa do que fiz ou farei, mas por causa do que Jesus fez em meu lugar”​. Quando
agimos assim somos adotados na família de Deus e recebemos o direito ao seu eterno amor
paternal (​João 1.12,13​).

O que nos salva não é o tamanho da nossa fé, mas o objeto da nossa fé.

Em segundo lugar precisamos ter em mente que não somos salvos pela qualidade da nossa fé,
mas pelo que Jesus fez por nós. É fácil pressupor que ser “salvo pela fé” significa que Deus
agora vai nos amar por causa da tamanho do nosso amor e da nossa fé. Mais uma vez, isso
nos transforma sutilmente em nossos próprios salvadores, e não Jesus.

A fé salvadora não é um nível de certeza psicológica; é uma decisão pessoal de descansar em


Cristo. Entregamos nossa vida totalmente a Ele porque Ele se entregou totalmente por nós (​Mc
8.34​; ​Ap 3.20​).

Trecho do livro - Em Busca de Deus

“Enquanto o pecado não for amargo, Cristo não será doce” Thomas Watson

Parábola do semeador - Mateus 13.1-23

A Permanência do jardim de Deus nas cidades dos homens (Gênesis 4.16-26)


https://open.spotify.com/episode/0OGCneriWaWkQfbMWt9XJs?si=AwAjZdqGQfyDGSXLV-h3xw
Após as últimas lições, podemos agora relembrar o plano de Deus para nossa Salvação.
E quem sabe, podemos experimentar contar tudo que aprendemos para alguém que ainda
não experimentou o perdão oferecido por Jesus, através de sua morte e ressurreição.
Precisamos nos alegrar pelo maravilhoso amor de Deus por nós; e, ao mesmo tempo, nos
importar, através da oração pelas pessoas que amamos e ainda não vivem esse amor em
suas vidas.

Você também pode gostar