Você está na página 1de 6

MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF

Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

O texto poético
Noções de versificação

A composição, a métrica e a rima


MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF
Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

NOÇÕES DE VERSIFICAÇÃO

Para se compreender a versificação, é de extrema importância conhecer o texto lírico ou poético.


Entende-se texto lírico como o texto que permite exprimir as emoções, os sentimentos ou os
pensamentos mais íntimos do sujeito poético. (Helena, 2011: 238). Neste tipo de texto, dá-se ênfase à
conotação, à inteção estética e é escrito habitualmente em versos.
VERSIFICAÇÃO é o conjunto de técnicas que regem a estrutura ou organização de um texto
literário.

Versificação:
1. A estrutura textual
1.1.1. Organização dos versos e estrofes.
1.1.2. Classificação dos versos e estrofes.
2. A estrutura métrica
2.1.1. A sílaba métrica.
2.1.2. Classificação da sílaba métrica.
3. A estrutura rimática.
3.1.1. A rima
3.1.2. Classificação da rima.
1. ESTRUTURA TEXTUAL

Quanto à estrututa textual, podemos considerar o verso e a estrofe.


O verso corresponde a cada linha que constitui o texto. É cada linha da composição poética.
A estrofe ou estância corresponde ao agrupamento de linhas (versos), geralmente, com um
sentido completo e separado por espaço em relação às outras linhas ou versos.

Organização e classificação das estrofes


Numero de versos Classificação
Um verso Monóstico
Dois versos Dístico ou parelha
Três versos Terceto
Quatro versos Quadra
Cinco versos Quintilha
Seis versos Sextilha
Sete versos Sétima (Não é costume dar-lhe nome)
Oito versos Oitava
Nove versos Nona (Não é costume dar-lhe nome)
Dez versos Décima
Estrofe com mais de dez versos Irregular

Nas ondas dos pensamentos


trago as melancolias
da sepultura da minha Assim, temos: 5 versos, cuja classificação é quintilha.
alma. Alma onde jaz o temor
do passado.

Gloriosa memória!
gloriosa vivência. Ah! O meu passado não deu certo... 2 versos, distico.

in metamorfose hodierna, Felizardo Cunzonza


MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF
Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

2. A ESTRUTURA MÉTRICA

O metro consiste na contagem da quantidaee e localização das sílabas tónicas e átonas que cada
verso possui. O métro é constituido por sílabas métricas e acentos rítmicos. (Pinto et.al 2011:263).

Cada verso contém um determinado número de sílabas. Mas a contagem destas sílabas no verso é
um pouco diferente das sílabas gramaticais, pois consiste em contar a primeira síbala da primeira
palavra do verso até à sílaba tónica da última palavra do verso. Por outro lado, costuma-se fazer elisão
da vogal átona final de uma palavra quando a palavra seguinte começa por vogal.

Proceder a contagem destas sílabas é o processo que se chama escansão ou escandir.

Ex.: gente sem lei, quase infindável...

Gen/te/sem/lei/, qua/se/in/fi/ni/ ta/ 10 sílabas gramaticais


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Gen/te/sem/lei/, qua/se in/fi/ni (ta ) 8 sílabas métricas
1 2 3 4 5 6 7 8
Sílaba átona

Como se vê nos versos acima, na primeira ocorrência, acham-se 10 sílabas, pois são gramaticais.
Já no segundo verso, apenas se acham 8 sílabas, pois são sílabas métricas. Os acentos fortes estão na 4ª e
na 8ª sílaba - que é a última por ser a tónica da última palavra do verso. Houve a elisão na 6ª sílaba porque
a partícula “se” termina em vogal átona e a partícula “in”começa com vogal.

2.1.1. NÚMERO E CLASSIFICAÇÃO DE SÍLABAS MÉTRICAS

NÚMERO DE SÍLABAS CLASSIFICAÇÃO

Monosssílabos
Uma sílaba
Dissílabos
Duas sílabas
Trissílabos
Três sílabas
Tetrassílabos
Quatro sílabas
Pentassílabos (ou redondilha menor)
Cinco sílabas
Hexassílabos (também chamados de heróico
Seis sílabas quebrado)
Heptassílabos (ou redondilha maior)
Sete sílabas
Octossílabos
Oito sílabas
Eneassílabos
Nove sílabas
Decassílabos
Dez sílabas
Hendecassílabos
Onze sílabas
Dodecassílabos ou alexandrinos
Doze sílabas

Com mais de doze sílabas Versos irregulares (também


chamados de bárbaros)
MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF
Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

Exemplificando:

Mo/ro/ lá, 3 sílabas métricas (trissílabo)


nos/ con/fins/ do
â/ma/go/ do/ pen/sa/men/(to) 7 sílabas métricas (heptassílabo)
lou/co /de
a/mor /e /pai/xão... 5 sílabas métricas (pentassílabo)
in ensaios do pensamento, Felizardo Cunzonza

Exercícios de divisão e classificação métrica


O/ poe/ta é/ um/ fin/gi/dor -7 sílabas métricas (exemplo)

Finge tão completamente

Que chega a fingir que é dor

A dor que deveras sente.


MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF
Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

3. ESTRUTURA RIMÁTICA

A rima consiste na semelhança e correspondência de sons, normalmente, nas sílabas finais dos
versos. Também pode ocorrer no interior dos versos.
Os versos que não rimam são chamados de soltos ou brancos.

Classificação das rimas

a) Quanto ao valor (riqueza)


b) Quanto à disposição no poema

a) Classificação da rima quanto à riqueza:

Rima rica - quando a rima acontece entre palavras de diferentes classes gramaticais.
cicatriz/ feliz (nome e adjectivo) cantar/mar (verbo e nome)

Rima pobre –quando acontece entre palavras da mesma classe gramatical.


coração/ razão (nome e nome) dizer/fazer (verbo e verbo)

b) Classificação da Rima quanto à disposição na estrofe:

Atribui-se uma letra a cada rima (som), pela ordem das letras do alfabeto, processo o qual se chama
de esquema rimático.

Rima cruzada –quando os versos rimam alternadamente, o 1º com o 3º e o 2º com o 4º –ABAB


Rima emparelhada-quando os versos rimam seguidos –AABB
Rima interpolada – quando dois versos que rimam são separados por dois ou mais versos de rima
diferente –ABBA; ABCDA
MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA - CAF
Prof. Felizardo Furtuoso Cunzonza, Lic.

Na análise de um texto lírico, deve ter-se em atenção o seguinte:

A análise da estrutura externa

Neste tipo de análise, devem considerar-se os seguintes itens: número de estrofes, número de
versos que constituem cada estrofe, nome de cada uma das estrofes, número de sílabas métricas, nome de
cada um dos versos, tipos de rimas.

A análise da estrutura interna


Esta consiste na análise do conteúdo da mensagem. Encontram-se o tema e o assunto, relaciona-
se o título com o conteúdo, etc.
Na análise de conteúdo podem igualmente intervir situações de estilo do autor, do período
literário em que o mesmo se insere e outras condicionantes contextuais ou culturais.

Praticando (análise externa e interna do poema abaixo)


Amor é um fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.
É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se e contente;
É um cuidar que ganha em se perder;
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.
Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor.