Você está na página 1de 14

ONTEÚDO

FOREWORD...........................................................................................................................8

INTRODUCTION...................................................................................................................11

1 Scope.............................................................................................................................12

2 Referências normativas .....................................................................................................12

3 Termos e definições .....................................................................................................15

3.1 Os termos gerais .......................................................................................................15

3,2 unidades estruturais de montagens de ............................................. ........................... 16

3.3 design externo de conjuntos de ............................................. .................................. 17

3,4 partes estruturais de montagens de ............................................. .................................. 18

3.5 Condições de instalação de conjuntos ............................................ ..................... 20

3,6 características de isolamento ............................................... ........................................ 20

3.7 Protecção contra choques eléctricos ............................................. .............................. 23

3.8 Características ......................................................................................................24

3.9 Verificação ............................................................................................................27

3.10 Manufacturer.........................................................................................................27

4 símbolos e abbreviations.............................................................................................27

5 características de interface ............................................... .................................................. 29

5.1 Geral .................................................................................................................29

5.2 As tensões nominais ......................................................................................................29

5.2.1 Tensão nominal (Un) (da Assembleia) ..................................... ................... 29

5.2.2 Tensão nominal de operação (Ue) (de um circuito de uma montagem) ...................... 29

5.2.3 Tensão nominal de isolamento (Ui

) (De um circuito de uma montagem) ......................... 29

5.2.4 Tensão impulsos estável (Uimp) (da Assembleia) ........................ 29

5.3 As classificações actuais ......................................................................................................29

5.3.1 Corrente nominal do conjunto (INA) ....................................... ................... 29


5.3.2 Corrente nominal de um circuito (Inc) ....................................... ............................ 30

5.3.3 M fator de diversidade (RDF) ......................................... ............................. 30

5.3.4 pico M suportar atual (IPK) ........................................ .................... 30

5.3.5 nominal de curta duração admissível atual (ICW) (de um circuito de uma montagem) .......
30

5.3.6 Corrente de curto-circuito condicional de uma montagem (ICC) ....................... 30

5.4 Frequência nominal (fn) ............................................ .................................................. 31

5.5 Outras características ............................................... .............................................. 31

6 Informações .....................................................................................................................31

6.1 designação MONTAGEM marcação .............................................. ................................ 31

6.2 Documentação ......................................................................................................31

6.2.1 As informações relativas à montagem .......................................... ................ 31

6.2.2 Instruções para o manuseio, instalação, operação e manutenção ............. 32

6.3 Dispositivo e / ou identificação de componente ........................................... ......................


33

7 Condições de serviço ..........................................................................................................33

7.1 condições normais de serviço .............................................. ....................................... 33

7.1.1 Temperatura ambiente ............................................ ................................ 33

7.1.2 As condições atmosféricas ............................................. ................................. 33

7.1.3 Grau de poluição ............................................. ........................................... 33

7.1.4 Altitude......................................................................................................34

7.2 condições de serviço especiais .............................................. ......................................34

7.3 Condições durante o transporte, armazenamento e instalação .......................................... ...


35

8 requisitos de construção ............................................... ............................................ 35

8.1 Força de materiais e peças ............................................ .................................. 35

8.1.1 Geral .....................................................................................................35

8.1.2 Protecção contra a corrosão ............................................ .......................... 35


8.1.3 A estabilidade térmica ............................................. ........................................... 35

8.1.4 Resistência à radiação ultra-violeta ......................................... .................... 35

8.1.5 Resistência de materiais isolantes ao calor e fogo ..................................... 35

8.1.6 Resistência mecânica ............................................. ..................................... 36

8.1.7 prestação de elevação ............................................. ............................................ 36

8.2 Grau de protecção conferido por um invólucro MONTAGEM ...................................... 36

8.2.1 Protecção contra os choques mecânicos ........................................... ............. 36

8.2.2 Protecção contra contacto com peças sob tensão, a entrada de estrangeiros sólida

corpos e líquidos ............................................... ....................................... 36

8.2.3 Grau de proteção de partes removíveis ......................................... ........... 37

8.3 Folgas e distâncias de escoamento ............................................. ......................... 37

8.3.1 Geral .....................................................................................................37

8.3.2 As folgas .............................................. .................................................. 38

8.3.3 As distâncias de fuga ............................................. ...................................... 38

8.4 Protecção contra choques eléctricos ............................................. .............................. 38

8.4.1 Geral .....................................................................................................38

8.4.2 Básico protection.........................................................................................39

8.4.3 falha de proteção ............................................. ............................................ 40

8.4.4 Limitação de corrente de toque de estado estacionário e cobrar ................................... 43

8.4.5 Condições de funcionamento e manutenção ........................................... ................. 43

8.5 Incorporação de dispositivos e componentes de comutação ........................................... ...


45

8.5.1 partes fixas ............................................. .................................................. .45

8.5.2 As partes removíveis ............................................. .......................................... 45

8.5.3 Seleção de dispositivos e componentes de comutação ......................................... 45

8.5.4 Instalação de dispositivos e componentes de comutação ...................................... 46

8.5.5 Acessibilidade .............................................. ................................................ 46

8.5.6 Barreiras .....................................................................................................46


8.5.7 Sentido de funcionamento e indicação de posições de comutação ........................ 46

8.5.8 Luzes indicadoras e botões de pressão ......................................... ...................... 46

8.6 circuitos elétricos internos e conexões ............................................ ................ 47

8.6.1 Principais circuitos ............................................. ................................................. 47

8.6.2 Circuitos auxiliares ............................................. ........................................... 47

8.6.3 nua e condutores isolados ........................................... ....................... 47

8.6.4 Seleção e instalação de não-protecção condutores activos para reduzir

a possibilidade de curto-circuitos ............................................ ....................... 48

8.6.5 Identificação dos condutores dos circuitos principais e auxiliares ..................... 48

8.6.6 Identificação do condutor de protecção (PE, PEN) e do

condutor neutro (N) dos principais circuitos ......................................... ......... 48

8,7 Cooling..................................................................................................................49

8.8 Terminais para condutores externos ............................................. ............................. 49

9 Requisitos de desempenho ............................................... .............................................. 50

9.1 Propriedades dielétricas ............................................... ............................................... 50

9.1.1 Geral .....................................................................................................50

9.1.2 Power-freqüência suportar tensão .......................................... ................. 50

9.1.3 Tensão suportável de impulso ............................................ ............................. 51

9.1.4 Protecção dos dispositivos de proteção contra surtos .......................................... .............


51

limites de elevação de 9,2


Temperatura .............................................. ............................................ 51

proteção 9.3 de curto-circuito e curto-circuito suportar a força ................................... 51

9.3.1 Geral .....................................................................................................51

9.3.2 Informação relativa de curto-circuito suportar a força ............................. 52

9.3.3 Relação entre a corrente de pico e de curto tempo atual ......................... 52

9.3.4 Coordenação de dispositivos de proteção ......................................... ................... 52

9.4 compatibilidade electromagnética (EMC) ............................................ ......................... 53


10 projeto verification..........................................................................................................53

10.1 Geral .................................................................................................................53

10.2 Força de materiais e peças ............................................ .................................. 54

10.2.1 Geral .....................................................................................................54

10.2.2 resistência à corrosão ............................................ ................................. 54

10.2.3 Propriedades de materiais isolantes ........................................... .................... 55

Resistência 10.2.4 a ultra-violeta (UV) ...................................... radiação ............... 57

10.2.5 elevação ........................................................................................................57

10.2.6 impacto mecânico ............................................. ........................................ 58

10.2.7 Marcação .....................................................................................................58

10,3 Grau de proteção de conjuntos ............................................ ........................... 58

10.4 Espaços e distâncias de escoamento ............................................. ......................... 58

10.5 Protecção contra choques e integridade dos circuitos de proteção elétrica .......................
59

10.5.1 Eficácia do circuito de protecção .......................................... ............... 59

10.5.2 continuidade de terra eficaz entre as massas de

A montagem e o circuito de proteção ............................................ .......... 59

10.5.3 curto-circuito suportar a força do circuito de protecção ............................. 59

10.6 Incorporação de dispositivos e componentes de comutação ........................................... ...


60

10.6.1 Geral .....................................................................................................60

10.6.2 Compatibilidade Electromagnética ............................................. ....................... 60

10,7 circuitos elétricos internos e conexões ............................................ ................ 60

10.8 Terminais para condutores externos ............................................. ............................. 60

10,9 propriedades dielétricas ............................................... ............................................... 60

10.9.1 Geral .....................................................................................................60

10.9.2 Power-freqüência suportar tensão .......................................... ................. 60

10.9.3 Tensão suportável de impulso ............................................ ............................. 61


10.9.4 Ensaios de caixas feitas de material isolante ...................................... 63

10.10 Verificação de aumento de temperatura ............................................. ..............................


63

10.10.1 Geral ...................................................................................................63

10.10.2 Verificação testando com corrente .......................................... ................. 63

10.10.3 Derivação de classificações para as variantes


semelhantes ......................................... ......... 69

Verificação 10.10.4 por cálculo ............................................ ............................ 70

10.11 curto-circuito suportar a força ............................................ ............................... 72

10.11.1 Geral ...................................................................................................72

10.11.2 Circuitos de conjuntos que são isentos da verificação da

o curto-circuito suportar a força ............................................ .............. 73

Verificação 10.11.3 através da aplicação de regras de design ........................................ ..73

Verificação 10.11.4 por comparação com um design de referência ................................. 73

Verificação 10.11.5 pelo teste ............................................ ...................................... 73

10.12 compatibilidade electromagnética (EMC) ............................................ ...................... 78

10,13 mecânica operation..........................................................................................78

11 rotina verification.........................................................................................................79

11.1 Geral ..............................................................................................................79

11,2 Grau de proteção de gabinetes ............................................ ......................... 79

11.3 Espaços e distâncias de escoamento ............................................. ...................... 79

11.4 Protecção contra choques eléctricos e integridade dos circuitos de protecção ....................
80

11.5 Incorporação de componentes embutidos ........................................... ........................ 80

11.6 circuitos elétricos internos e conexões ............................................ .............. 80

11.7 Terminais para condutores externos ............................................. .......................... 80

11,8 mecânica operation..........................................................................................80

11,9 dielétrica properties............................................................................................80

11.10 Fiação, o desempenho ea função operacional ........................................... .......... 80


Anexo A (normativo) Mínimo e máximo secção transversal de condutores de cobre

apropriada para conexão com terminais para condutores externos (ver


8.8) .................................. 88

Anexo B (normativo) Método de cálculo da área da secção transversal do protector

condutores em relação às tensões térmicas devido às correntes de curta


duração ....................... 89

Anexo C (informativo) Itens sujeitos a um acordo entre a Assembleia

Fabricante e do Usuário ...................................................................................................90

Anexo D verificação (informativo) Projeto ........................................... ................................. 93

Anexo E (informativo) M fator diversidade .......................................... .............................. 94

F (normativo) de medição de distâncias e de escoamento distâncias Anexo ........................ 103

Anexo L (normativo) Correlação entre a tensão nominal do sistema de abastecimento

eo Tensão impulsos estável do equipamento ......................................... ......... 109

Anexo H (informativo) Operando perda de corrente e potência de condutores de


cobre .................. 111

Anexo J (normativa) de compatibilidade electromagnética


(EMC) ........................................ .......... 115

Anexo K Protecção (normativa) por separação eléctrica ......................................... ............ 122

Anexo L (informativo) Folgas e distâncias de escoamento para a região da América do


Norte ....... 125

Anexo H (informativo) limites de elevação de temperatura norte-


americanos ........................................ ... 126

Bibliography........................................................................................................................ 127

Figura E.1 - Montagem típica ........................................... .................................................. .95

Figura E.2 - Exemplo 1: E.1 Tabela - carregamento unidade funcional para uma montagem com
uma

classificado factor de diversidade de


0,8 ...................................................................................................97

Figura E.3 - Exemplo 2: E.1 Tabela - carregamento unidade funcional para uma montagem com
uma
classificado factor de diversidade de
0,8 ...................................................................................................98

Figura E.4 - Exemplo 3: E.1 Tabela - carregamento unidade funcional para uma montagem com
uma

classificado factor de diversidade de


0,8 ...................................................................................................99

Figura E.5 - Exemplo 4: E.1 Tabela - carregamento unidade funcional para uma montagem com
uma

classificado fator diversidade de


0,8 ........................................... .................................................. .... 100

Figura E.6 - Exemplo de cálculo da média ....................................... efeito de aquecimento .........


101

Figura E.7 - gráfico Exemplo para a relação entre a RDF equivalente eo

parâmetros com direito intermitente a t1 = 0,5 s, I1 = 7 * I2 em diferentes tempos de


ciclo .................... 102

Figura E.8 - gráfico Exemplo para a relação entre a RDF equivalente eo

parâmetros com direito intermitente a I1 = I2 (sem sobrecorrente de


partida) ..................................... . 102

Figura F.1 - Medição de costelas .......................................... ............................................. 104

Figura J.1 - Exemplos de portas .......................................... ................................................. 115

COPYRIGHT © IEC. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. USO desta publicação é restrito.


LICENCIADOS à Siemens AG, CT SR, D-81730 MUENCHEN

 - 6 - 61439-1 © IEC: 2009

Tabela 1 - Distâncias mínimas no ar a) (8.3.2) ......... .................................................................82


Table 2 – Minimum creepage distances (8.3.3) .....................................................................82
Table 3 – Cross-sectional area of a copper protective conductor (8.4.3.2.2) .........................83
Table 4 – Conductor selection and installation requirements (8.6.4)......................................83
Table 5 – Minimum terminal capacity for copper protective conductors (PE, PEN) (8.8) ........83
Table 6 – Temperature-rise limits (9.2) .................................................................................84
Table 7 – Values for the factor n a) (9.3.3)............................................................................85
Table 8 – Power-frequency withstand voltage for main circuits (10.9.2) ................................ 85
Table 9 – Power-frequency withstand voltage for auxiliary and control circuits (10.9.2).........85
Table 10 – Impulse withstand test voltages (10.9.3)..............................................................85
Table 11 – Copper test conductors for rated currents up to 400 A inclusive
(10.10.2.3.2) .........................................................................................................................86
Table 12 – Copper test conductors for rated currents from 400 A to 4 000 A
(10.10.2.3.2) .........................................................................................................................86
Table 13 – Short-circuit verification by design rules: check list..............................................87
Table 14 – Relationship between prospective fault current and diameter of copper wire ...... 87
Table A.1 – Cross-section of copper conductors suitable for connection to terminals for
external conductors .........................................................................................................88 Table
B.1 – Values of k for insulated protective conductors not incorporated in cables, or bare
protective conductors in contact with cable covering.................................................89 Table C.1
– Items subject to agreement between the ASSEMBLY manufacturer and the
User......................................................................................................................................90
Table D.1 – List of design verifications to be performed........................................................93
Table E.1 – Examples of loading for an ASSEMBLY with a rated diversity factor of 0,8 ............96
Table E.2 – Example of loading of a group of circuits (Section B – Figure E.1) with a rated
diversity factor of 0,9 ................................................................................................. 101 Table
E.3 – Example of loading of a group of circuits (Subdistribution board – Figure E.1) with a rated
diversity factor of 0,9................................................................................ 101 Table F.1 –
Minimum width of grooves................................................................................ 103 Table G.1 –
Correspondence between the nominal voltage of the supply system and the equipment rated
impulse withstand voltage, in the case of overvoltage protection by surge-arresters according
to IEC 60099-1 ...................................................................... 110 Table H.1 – Operating current
and power loss of single-core copper cables with a permissible conductor temperature of 70 °C
(ambient temperature inside the ASSEMBLY: 55
°C) ................................................................................................................111 Table H.2 –
Reduction factor k1 for cables with a permissible conductor temperature of 70 °C (extract from
IEC 60364-5-52, table A.52-14) ........................................................ 112 Table H.3 – Operating
current and power loss of bare copper busbars with rectangular cross-section, run horizontally
and arranged with their largest face vertical, frequency 50 Hz to 60 Hz (ambient temperature
inside the ASSEMBLY: 55 °C, temperature of the conductor 70
°C)................................................................................................................. 113 Table H.4 –
Factor k4 for different temperatures of the air inside the ASSEMBLY and / or for the
conductors............................................................................................................... 114 Table J.1
– Emission limits for Environment A..................................................................... 118 Table J.2 –
Emission limits for Environment B..................................................................... 119 Table J.3 –
Tests for EMC immunity for Environment A (see J.10.12.1) .............................. 119 Table J.4 –
Tests for EMC immunity for Environment B (see J.10.12.1) .............................. 120 Table J.5 –
Acceptance criteria when electromagnetic disturbances are present................. 121

Tabela K.1 - O tempo máximo de desconexão para sistemas TN ....................................... ..........


124

Tabela L.1 - Folgas mínimas no ar ......................................... ....................................... 125

Tabela L.2 - As distâncias mínimas de


escoamento .......................................... ................................. 125

Tabela M1 - limites de elevação de temperatura norte-


americanos ........................................ .................... 126
Comissão Electrotécnica Internacional

____________

Aparelhagem de baixa tensão e de controlo para CONJUNTOS -

Parte 1: Regras gerais

PREFÁCIO

1) A Comissão Electrotécnica Internacional (IEC) é uma organização mundial para padronização


compreendendo

todas as comissões electrotécnicos nacionais (Comités Nacionais CEI). O objecto do IEC é


promover

cooperação internacional em todas as questões relacionadas com a normalização nos campos


eléctricos e electrónicos. Para

Neste sentido, e para além de outras actividades, IEC publica Normas Internacionais,
Especificações Técnicas,

Relatórios Técnicos, Especificações Publicamente Disponíveis (PAS) e Guias (doravante referida


como "IEC

Publicação (s) "). Sua preparação é confiada a comitês técnicos; qualquer Comitê Nacional IEC
interessados

no assunto tratado podem participar dos trabalhos preparatórios. Internacional,


governamentais e não governamentais

organizações ligação com o IEC também participam nesta preparação. IEC colabora
estreitamente

com a Organização Internacional de Normalização (ISO), de acordo com as condições


determinadas pela

acordo entre as duas organizações.

2) As decisões formais ou acordos de IEC sobre questões técnicas expressar, tanto quanto
possível, uma organização internacional

consenso de opinião sobre os assuntos relevantes uma vez que cada comissão técnica tem
representação de todos os

interessadas Comités Nacionais IEC.

3) IEC Publicações tem a forma de recomendações para o uso internacional e são aceitos pelo
IEC Nacional

Comitês nesse sentido. Enquanto todos os esforços razoáveis são feitos para garantir que o
conteúdo técnico do IEC
Publicações é preciso, IEC não pode ser responsabilizada pela maneira em que eles são usados
ou por qualquer

má interpretação por qualquer extremidade do usuário.

4) A fim de promover a uniformidade internacional, Comitês Nacionais da IEC se


comprometem a aplicar IEC Publicações

de forma transparente para o máximo possível em suas publicações nacionais e regionais.


qualquer divergência

entre qualquer Publicação IEC ea publicação nacional ou regional correspondente deverá ser
claramente indicada no

o último.

5) IEC oferece nenhum procedimento de marcação para indicar a sua aprovação e não pode
ser tornada responsável por qualquer

equipamentos declarado em conformidade com uma publicação IEC.

6) Todos os usuários devem garantir que eles tenham a última edição desta publicação.

7) Não responsabilidade recai sobre IEC ou seus diretores, empregados, funcionários ou


agentes, incluindo especialistas individuais e

membros das suas comissões técnicas e comitês nacionais IEC para quaisquer danos pessoais,
danos materiais ou

outros danos de qualquer natureza, direta ou indireta, ou custos (incluindo taxas legais) e

As despesas decorrentes da publicação, uso ou dependência, esta publicação IEC ou qualquer


outro IEC

Publicações.

8) Chama-se atenção para as referências normativas citadas nesta publicação. A utilização das
publicações referenciadas é

indispensável para a correcta aplicação da presente publicação.

9) Chama-se atenção para a possibilidade de que alguns dos elementos desta publicação IEC
podem ser objecto de

direitos de patente. IEC não deve ser considerada responsável pela identificação de qualquer
ou de todos os direitos de patentes.

Norma Internacional IEC 61439-1 foi preparado pela subcomissão 17D: de baixa voltagem

conjuntos de aparelhagem, de IEC comissão técnica 17: Painéis e

controlgear.
Esta primeira edição da norma IEC 61439-1 anula e substitui a quarta edição do

IEC 60439-1 (1999), e constitui uma revisão técnica.

Esta edição da IEC 61439-1 inclui as seguintes alterações técnicas significativas no que diz
respeito

para a última edição da IEC 60439-1:

- O duplo papel de IEC 60439-1, como um tipo de produto no seu próprio direito, bem como
uma Geral

regras padrão para conjuntos abrangidos por uma parte do produto subsidiária do IEC 60439

série, foi abandonada;

- Consequentemente, IEC 61439-1 é um "regras gerais" padrão puro para ser referido por

partes de produtos subsidiária da série IEC 61439;

- O padrão do produto substituindo IEC 60439-1 é IEC 61439-2;

COPYRIGHT © IEC. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. USO desta publicação é restrito.


LICENCIADOS à Siemens AG, CT SR, D-81730 MUENCHEN

61439-1 © IEC: 2009 - 9 -

- A discriminação entre os conjuntos ensaiados (ATT) e parcialmente Type-testado

conjuntos (PTTA) é eliminado pela abordagem de verificação;

são introduzidos três tipos diferentes, mas equivalentes de verificação dos requisitos -:

verificação por meio de testes, verificação por cálculo / medição, ou verificação, satisfazendo

regras de design;

- Os requisitos em matéria de aumento de temperatura foram esclarecidos;

- O fator diversidade classificado (RDF) é coberto com mais detalhes;

- Requisitos do padrão para invólucros vazios para conjuntos (IEC 62208) têm

foram incorporados;

- Toda a estrutura da norma está alinhada com a sua nova função como "regras gerais"

padrão.

No entanto, quando é feita uma referência datada a norma IEC 60439-1, em outra parte da IEC
60439

série de normas de montagem ainda não transferidos para a nova série IEC 61439, o
substituído IEC 60439-1 ainda se aplica (ver também a Introdução abaixo).

O texto desta norma baseia-se nos seguintes documentos:

Relatório CDV em votação

17D / 357 / CDV 17D / 362A / RVC

A informação completa sobre a votação para a aprovação desta norma podem ser encontradas
no relatório sobre

votações previstas na tabela acima.

Neste padrão, os termos escritos em pequenos capitais são definidos na cláusula 3.

As notas "em alguns países" sobre diferentes práticas nacionais estão contidos no

seguinte subseções:

8.2.2

8.3.2

8.3.3

8,8

9.2

10.11.5.4

10.11.5.6.1

anexo L

anexo H

Esta publicação foi elaborada em conformidade com as Directivas ISO / IEC, Parte 2.

Uma lista de todas as partes da série IEC 61439, sob o título geral Aparelhagem de baixa
tensão e

montagens controlgear, pode ser encontrada no site do IEC.

COPYRIGHT © IEC. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. USO desta publicação é restrito.


LICENCIADOS à Siemens AG, CT SR, D-81730 MUENCHEN

 - 10 - 61439-1 © IEC: 2009

A comissão decidiu que o conteúdo desta publicação permanecerá inalterado até que

a data resultado manutenção indicados no site do IEC em "http://webstore.iec.ch" em

os dados relacionados com a publicação específica. Nesta data, a publicação será


• reconfirmado;

• retirada;

• substituída por uma edição revista, ou

• alteradas.

Google Tradutor para empresas:Google Toolkit de tradução para appsTradutor de sitesGlobal


Market Finder

Sobre o Google TradutorComunidadeCelular

ATÉ FOLHA 10

Você também pode gostar