Você está na página 1de 55

9 TIPOS DE PERSONALIDADES

DO ENEAGRAMA
Guia Definitivo Para Entender a
Sua Personalidade, Identificar Seus
Pontos Fortes e Fracos e Aumentar
o Seu Autoconhecimento

por JULIA MACARTHUR


Este Valioso Livro Pertence A:.
____________________________________________
ÍNDICE
________________

BÔNUS ESPECIAL: RECOMENDAÇÃO DE CURSO PARA VOCÊ


CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO
CAPÍTULO 2 - NOÇÕES BÁSICAS
CAPÍTULO 3 - O REFORMADOR E O AJUDANTE
CAPÍTULO 4 - O BEM-SUCEDIDO E O INDIVIDUALISTA
CAPÍTULO 5 - O INVESTIGADOR E O LEALISTA
CAPÍTULO 6 - O ENTUSIASTA, O DESAFIADOR E O
PACIFICADOR
CAPÍTULO 7 - PERSONALIDADES
CAPÍTULO 8 - O CONTROLADOR, PROMOTOR E ANALISADOR
CAPÍTULO 9 - O APOIANTE, PROMOTOR/SUPORTADOR E
PROMOTOR/CONTROLADOR
CAPÍTULO 10 - O CONTROLADOR/ANALISADOR ,
ANALISADOR/SUPORTADOR E CENTRALIZADOR
CAPÍTULO 11 - UM OLHAR RÁPIDO SOBRE AS POLARIDADES
CAPÍTULO 12 - CONCLUSÃO
BÔNUS ESPECIAL: RECOMENDAÇÃO DE CURSO PARA VOCÊ
________________

Como forma de agradecer você por estar lendo este livro, também irá gostar
deste curso na Udemy.
Clique no link abaixo e receba um valor promocional para acessar o curso
"INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: Como lidar com as suas emoções".
Aprenda o poder das emoções para vencer seus medos e alcançar suas metas
e seus objetivos usando a Alquimia da Mente, Neurociência e Psicologia,
aprenda os segredos das pessoas que possuem maior Inteligência Emocional
em suas vidas e em suas carreiras profissionais, como lidar melhor com sua
ansiedade e seu imediatismo em sua vida e como treinar e criar uma
metodologia eficiente de emoções durante momentos tensos e negativos.
Para acessar este Bônus Especial com um valor promocional, por favor,
clique no link abaixo:

http://bit.ly/inteligenciaemocional-udemy
CAPÍTULO 1
INTRODUÇÃO
________________

Aprender a forma como trabalhamos (assim como outras pessoas) é um


aspecto muito importante quando se trata de viver uma vida eficaz.
Nós fomos criados de forma única e embora sejamos como as outras pessoas,
também somos diferentes das outras pessoas. Se fôssemos como todas as
outras pessoas, então todos seriam uma cópia a carbono uns dos outros sem
individualidade ou sentido artístico. A humanidade será enfadonha - até os
macacos e outros animais têm espécies diferentes que evidenciam a
diversidade.
Você e eu somos diversos, ao contrário um do outro. Nós não podemos ser
como os outros - só podemos ser nós mesmos.
Mas não se contente em ser apenas você mesmo - seja um você melhor!
É por isso que o Eneagrama da Personalidade é um assunto tão importante a
ser empreendido.
Com a diversidade da humanidade, é mais importante aprender a entender as
outras pessoas e entender como elas funcionam. Não tente mudar a si mesmo
para se encaixar no molde deles nem tente mudá-los para se encaixar no
nosso - não é o que somos chamados a fazer.
Este livro é o culminar de anos de estudo, análise da psicologia humana e da
experiência pessoal enrolados juntos.
O que funciona para um pode não funcionar para o outro e da mesma forma
você pode ou não concordar com alguns dos resultados, quer seja ou não da
sua situação atual - é apenas para fins de autodescoberta, sem intenção de
ofender ou ridicularizar.
Não existe um tipo certo ou errado.
Por favor, não se exalte quando o seu resultado aparecer porque a vida é um
processo de descoberta e uma jornada constante. Você pode estar diferente 10
anos depois... você nunca saberá.
Além disso, se algo mais importa... saiba que viver uma vida eficaz envolve
interações com outras pessoas, o que muitas vezes é muito difícil porque não
as entendemos.
Basta saber, por enquanto, que a leitura deste livro abrirá sua mente se você o
deixar - tome notas se necessário e, acima de tudo, divirta-se com ele!
Prepare-se para desvendar o mistério e o seu verdadeiro potencial ao mesmo
tempo!
CAPÍTULO 2
NOÇÕES BÁSICAS
________________

Os eneagramas são uma ferramenta fascinante. Descubra as suas origens


humildes, o seu papel na psicologia e como ela ajuda as pessoas.
Este capítulo fala sobre:
- As origens dos eneagramas...
- Quem o iniciou e como evoluiu
- Porque é importante para a compreensão dos outros
- A sua popularidade nos círculos de desenvolvimento pessoal
- Quais são os 9 tipos diferentes - reformador, ajudante, conquistador,
individualista, investigador, lealista, entusiasta, desafiador e pacificador.
O desenvolvimento pessoal como você o conhece vai mudar quando você
descobrir o seu tipo. Continue lendo para encontrar a beleza em cada tipo
diferente!
Por onde começar
O Eneagrama é tipicamente conhecido pela sua precisão na previsão dos
vários tipos de personalidade humana. O primeiro início do eneagrama
começou com George Ivanovich Gurdjieff - um místico armênio e mestre
espiritual. Embora o modelo do eneagrama seja conhecido desde os tempos
antigos, foi Gurdjieff quem tornou o modelo conhecido publicamente.
Apenas nas últimas décadas o eneagrama ganhou mais destaque no campo
dos estudos de desenvolvimento pessoal através destes dois indivíduos -
Oscar Ichazo e Claudio Naranjo.
Não é realmente uma tipologia que se perpetua entre os círculos acadêmicos -
especialmente no campo da psicologia. No entanto, ela tem um forte
seguimento entre os círculos de desenvolvimento pessoal, devido à sua
estrutura única para descobrir como as pessoas trabalham.
Simplificando, se você não se conhece a si mesmo, é muito difícil começar a
entender os outros.
Uma vez que você se conhece, você será capaz de fazer algumas
adivinhações sobre como as outras pessoas trabalham, poupando-lhe muita
frustração ao lidar com pessoas que são de "tipos" diferentes.
O teste é bastante preciso se a pessoa que o faz responder autenticamente.
O eneagrama consiste em 9 pontos diferentes, cada ponto está conectado a
outro ponto em uma forma de conectividade e associação. Cada ponto
também afeta o ponto adjacente, que você aprenderá nos capítulos a seguir.
Abaixo está um diagrama do gráfico e como você pode entender as
diferenças entre todos os diferentes tipos e suas colocações. No próximo
capítulo, você aprenderá como você pode fazer alguns testes e ver como eles
trabalham juntos para descobrir o seu tipo, bem como um subtipo.
A parte emocionante da autodescoberta está prestes a começar! Qual dos 9
tipos você vai ser?
Este capítulo fala sobre:
Websites onde você pode fazer o teste
Onde está o seu tipo e como é afetado pelo que lhe está adjacente e ligado
pelas linhas O efeito das "asas"... O que são subtipos?
Todas as diferentes combinações de tipos e subtipos adicionados juntos para
formar a sua personalidade única
Para viver uma vida eficaz, compreender suas fixações, ego, ideias sagradas,
tentações e outros fatores para os quais seu tipo tende a inclinar-se - é
importante conhecê-los no fundo, caso contrário você não será capaz de viver
fiel a si mesmo.
Os Diferentes Níveis de Consciência
Primeiro de tudo, por favor, faça o teste a partir de qualquer uma destas 3
fontes:
http://www.eclecticenergies.com/enneagram/test.php
http://www.enneagraminstitute.com/begin.asp
http://similarminds.com/test.html
Depois de fazer alguns (ou todos) destes testes, você descobrirá como pode
facilmente identificar duas coisas:
(1) Você saberá qual dos 9 'tipos' você é. Você será nomeado entre um desses
tipos:
- O Reformador
- O Ajudante
- O Alto-Performador
- O Individualista
- O Investigador
- O Lealista
- O Entusiasta - O Challenger
- O Pacificador
(2) Note que entre estes 9 tipos, há sempre a possibilidade de se inclinar "para
a esquerda" ou "para a direita" em relação a um dos outros tipos que o
acompanham. Em outras palavras, você pode ser um puro conquistador, um
conquistador com uma 'asa' de ajuda, ou um conquistador com uma 'asa'
individualista.
(3) Cada tipo é também ligeiramente afetado por outros tipos com os quais
está ligado (Veja o diagrama novamente para uma ideia melhor).

Por exemplo, um ajudante irá sentir-se estressado quando um desafiador está


por perto, mas à vontade quando 'ajuda' um individualista. Da mesma forma,
os Lealistas são estressados em torno dos que alcançam, mas confortáveis
com os pacificadores. Isto acrescenta mais dinâmica ambiental a todos os
tipos envolvidos.
(4) Há também mais um componente chamado subtipo. Também é chamado
por alguns de energia instintiva. O que isto significa é que, juntamente com o
seu tipo, existe um subtipo natural para todas as pessoas e este nível
instintivo manifesta-se em 3 formas:
- Autopreservação
- Sexual
- Social
Os subtipos de autopreservação são pessoas que podem colocar ênfase
internamente e expressar externamente a necessidade de se protegerem. Os
subtipos sexuais (não o corpo sexual...) são mais para a intimidade e a
formação de laços estreitos com seus parceiros e os subtipos sociais são
tipicamente aqueles que funcionam no seu melhor quando em grandes
grupos.
No final do dia, com os 9 tipos e 3 subtipos, você normalmente terminará
com pelo menos 27 combinações (não incluindo as várias asas e pontos de
estresse).
Lembre-se que quando fizer o teste, você deve permanecer calmo, recolhido e
não sob estresse. Não pense nas respostas por muito tempo - se você demorar
muito tempo, você está muito analítico e suas respostas serão prejudicadas
por sua parcialidade. Também não responda a respostas socialmente
aceitáveis ou idealistas - entenda que um tipo não é superior ou inferior ao
outro... o ponto chave é entender quem você é e ser você mesmo - um você
melhor, mas não um você diferente.
Vamos entrar em detalhes sobre cada tipo e como lidar com cada um deles!
CAPÍTULO 3
O REFORMADOR E O AJUDANTE
________________

Os "Martinho Lutero" de hoje, reformadores são tipicamente pessoas que


procuram mudar as coisas e construir sobre as imperfeições para tornar as
coisas mais perfeitas.
Este capítulo fala sobre isso:
- Do que se trata um reformador
- Porque é que os reformadores são bons para ter por perto
- O que é mais difícil nos reformadores
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Defender a causa da mudança, seja para o bem ou para o mal faz parte de um
reformador - aprenda a amá-los, a aceitá-los pelo que são e a trazer o melhor
de si!
Você pode sempre contar com eles para dar uma mãozinha. Estas pessoas
vivem para servir e gostam de o fazer no processo!
Este capítulo fala sobre isso:
- Do que se trata um ajudante...
- Porque é que é bom ter ajudantes por perto
- O que é mais difícil sobre os ajudantes
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Viver em serviço e contribuir para os outros é a estrutura central de um
ajudante - aprender a aceitá-los, compreendê-los pelo que são e trazer o
melhor de si!
Os Dois Primeiros
Os reformadores são os perfeccionistas de si, do lar e da sociedade. O seu
desejo constante é melhorar as coisas, tornar as coisas melhores porque as
coisas nunca lhes parecem suficientemente boas. Sua atenção aos detalhes é
impecável - muitas vezes encontrando falhas e consertando até mesmo as
menores coisas.
Altamente comprometidos e nunca se comprometem, eles vivem de acordo
com as regras e seguem todas as regras - eles até esperam que os outros
também o façam. Eles também tendem a ser ambiciosos e até certo ponto,
como um workaholic.
Essas pessoas são pessoas verdadeiramente sérias, cuja busca pela perfeição é
muitas vezes uma bênção e um vício para as pessoas ao seu redor.
O Bem
A santa ideia de perfeição do reformador é omnipresente. Seu maior desejo é
criar bondade, manter integridade impecável em suas relações e equilibrar o
caos ao seu redor.
Eles são sempre os primeiros a tomar a ação correta, defendendo aquilo em
que acreditam e agindo sobre ele quando outros são meandrosos e
comprometedores ou sem coragem, você pode sempre contar com um
reformador para se colocar em primeiro lugar e fazer o que precisa ser feito.
São também as melhores pessoas quando se trata de consertar as coisas. Não
é preciso fazer muitas coisas em casa porque o prazer deles é consertar
coisas, mover móveis, agregar valor e criar algo diferente ou melhor.
O Mau
Viver com estas pessoas é como um inferno pessoal. Você não precisa morrer
para experimentar o inferno - tudo o que você precisa fazer é casar ou viver
na mesma casa com eles, pois eles esperam constantemente que você cumpra
as (ou as regras deles).
Eles também têm uma tendência ultra forte para se inclinar para a hipocrisia
porque ninguém é perfeito, mesmo que eles estabeleçam os padrões. A
hipocrisia torna às vezes insuportável estar perto deles, porque eles sempre
encontrarão falhas com os outros e as consertarão.
A sua emoção mais comum é a de raiva, porque nada à sua volta lhes parece
suficientemente bom - constantemente ressentida com a imperfeição em
coisas, circunstâncias ou outros.
Como Lidar com Eles
Devido à sua santa ideia de perfeição, o seu medo e tendência básica é cair no
pecado/ diabo e tornar-se corrupto devido à sua própria ganância natural.
Um reformador auto preservador nunca deve ser questionado sobre seus
motivos pessoais de reforma, pois eles tendem a guardar para si mesmos seus
grandes planos para transformar o mundo. Eles fazem as coisas
silenciosamente, então a melhor maneira de lidar com eles é reconhecer seus
esforços de poucas maneiras (eles raramente mostram contentamento ou
satisfação).
Um reformador sexual é aquele que precisa de atenção constante aos seus
planos. Você tem que ser paciente ao ouvi-los porque eles querem tanto
mudar o mundo, mas não têm ninguém com quem compartilhá-los.
Eles tendem a sentir-se sozinhos quando ninguém reconhece os seus grandes
planos.
Um reformador social é aquele que muitas vezes acaba como políticos e
ativistas sociais. É preciso colocá-los com a multidão certa para a multidão
errada, o que só reforça a sua hipocrisia e transforma o reformador social
num líder de culto.
Eles trabalham muito bem com entusiastas (tipo 7) que são frequentemente
vendidos e entusiasmados com os seus planos de reforma e odeiam estar
perto de individualistas (tipo 4) que são autocomplacentes, muitas vezes
deprimidos e não conseguem fazer nada.
Os ajudantes vivem para servir. Desde que sintam que estão a contribuir para
os outros, sentem-se dignos. Um ser altruísta, eles acreditam que dar aos
outros é a sua maior vocação, pois sentem que o amor é a emoção mais
importante do mundo.
Estas são as pessoas mais calorosas e prestativas ao redor, que nunca
esquecerão seu aniversário (ou se sentirão realmente culpadas quando o
fizerem...) e farão a milha extra para ajudar alguém em necessidade.
Um extrovertido na natureza, eles trabalham duro para se relacionar e mostrar
amor a todos os seus amigos e família. Vivem para o apreço e muitas vezes
caem na armadilha de atender às necessidades dos outros por negligência
própria, o que muitas vezes causa um problema.
O Bem
Os ajudantes amam o sentimento de liberdade sem limites que inclui a
liberdade de expressar o seu amor ao mundo. Um ser expressivo no amor
incondicional, eles anseiam por dar e dar e dar até não poderem mais dar.
Os ajudantes são altamente altruístas - você pode sempre contar com eles
para se sacrificarem pelo bem dos outros, muitas vezes às suas próprias
custas.
Estar perto deles é bom porque eles estarão sempre lá para satisfazer as suas
necessidades e sentir o amor deles.
Os maus
O problema com os ajudantes é que eles têm uma forte tendência a procurar a
vanglória por causa do seu amor em ajudar os outros. Porque sentem que
contribuir para os outros é a sua maior vocação, eles farão o que for preciso,
até ao ponto de serem manipulados para que as pessoas reconheçam a sua
ajuda. Eles são propensos a bajular.
Alguns ajudantes, ironicamente... mesmo estando cheios de amor, podem
tornar-se realmente feios se o seu amor não for retribuído. Eles sentem que
são heróis por causa do amor e ajuda da natureza, eles terão constantemente
um sentimento de direito aos que lhes são mais próximos - muitas vezes
sentindo que as pessoas lhes devem apreço e gratidão.
Quando suas necessidades emocionais não são atendidas, elas vêm realmente
mandonas e manipuladoras, porque ganharam seu direito de reciprocidade.
Na pior das hipóteses, elas podem tornar-se histéricas, irracionais, muito
difíceis de lidar e até mesmo abusivas!
Como Lidar com Eles
A melhor coisa que um ajudante pode fazer por si mesmo é cuidar de suas
próprias necessidades, mesmo quando se sente pleno em ajudar os outros.
Desde que não se queimem, são menos susceptíveis à exaustão emocional e à
secura. Muitas vezes temem que sejam indignos de que os outros os amem.
Um ajudante que se preserva a si mesmo ajudará os outros e muitas vezes se
recusa a contar aos outros sobre suas próprias necessidades. Para ajudar essas
pessoas, você tem que ajudá-las a voltar para trás, caso contrário, elas
sentirão que você é
intrudindo a sua autovalorização sem perceber que estão a correr num tanque
de combustível vazio.
Um ajudante sexual vai precisar de muito amor e carinho expresso de forma
visível ou visual. Eles devem ser reconhecidos por seus companheiros ou eles
irão funcionar mal. Seja paciente ao ouvir as suas necessidades de
reconhecimento e ajude-os a ajudarem-se a si mesmos e você vai sair-se bem.
Os assistentes sociais são bons em organizações caritativas ou centros de
aconselhamento. Dar-lhes bons projetos sociais é bom, desde que as pessoas
que eles estão servindo dêem muito incentivo e apoio. Cuide de suas
necessidades quando você vir que eles estão servindo muitas pessoas para
que não se sintam queimados com o enorme fardo ou tentando agradar a
todos.
Eles trabalham muito bem com individualistas (tipo 7) que muitas vezes são
profundamente complexos e têm muitas necessidades diferentes (que os
ajudantes adoram estar por perto e ajudá-los) e odeiam estar perto de
desafiadores (tipo 8) que ameaçam as suas zonas de conforto.
CAPÍTULO 4
O BEM-SUCEDIDO E O INDIVIDUALISTA
________________

Os maiores realizadores da sociedade, eles vivem para alcançar e alcançar,


eles devem! Estas pessoas nunca se contentam com a mediocridade e farão o
que for preciso para cantar a canção da vitória!
Este capítulo fala sobre isso:
- Do que se trata um conquistador.
- Porque é que é bom ter por perto
- O que há de mais difícil em quem alcança
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Defender a causa da realização, amar uma pessoa por seus altos padrões é a
chave para entender esses indivíduos. Só não lhes tire momentos de glória e
eles vão brilhar como uma estrela cadente alcançando maiores alturas!
"Eu sou eu". Não há mais ninguém como eu." Este é o grito de um
individualista - diferente e distinto do resto (de acordo com eles...)
Este capítulo fala sobre:
- Do que se trata um individualista
- Porque é que os individualistas são bons para ter por perto
- O que é mais difícil nos individualistas
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Elitista da sociedade, eles estão sempre se esforçando para ser únicos e
diferentes.
Compreendê-los requer esforço, mas vai render a sua mistura única de
humanidade. Apenas nunca lhes lembre o quão 'comuns' eles são.
Os próximos dois
Os realizadores são seres que vivem para a validação. Eles farão o que for
preciso para alcançar o sucesso, a riqueza, a fama ou qualquer coisa que
chame a atenção da sua comunidade.
Eles são os tipos que são trabalhadores, competitivos, esforçam-se e adoram
desafios e recompensas de alto desempenho, como as melhores vendas, a
melhor divisão ou mesmo a pontuação mais alta em um videogame.
Eles também são extrovertidos, têm alta energia por causa da forma como se
apresentam, amam suas imagens de sucesso e nunca vão recuar para que não
sejam rotulados como "perdedores".
O Bom
Um vencedor vive para o objetivo - ou a esperança de alcançá-lo. Por causa
de seu desejo básico de parecer que eles são de valor para si mesmos, para os
outros e para a sociedade, eles vão lutar pelos resultados a todo custo.
A melhor coisa sobre eles é que lutam pela veracidade - incrivelmente
simples, eles vão direto ao ponto ou cortar todas as cortinas de fumaça para
chegar à verdade seja na vida, saúde, religião ou qualquer outro assunto.
Impulsionados, autoconfiantes e altamente práticos, a sua energia inspira as
pessoas à sua volta a trabalharem mais e eles irão subir nas fileiras, uma vez
que são também bons colaboradores de rede.
Os maus
O pior de uma pessoa neste estado é que tem dificuldade em ter intimidade
com outras pessoas.
A fixação em parecer 'bom' torna difícil para eles serem autenticamente
vulneráveis, o que pode ser frustrante para os parceiros.
No fundo, eles são vergonhosos por não serem "suficientemente bons" para
os outros - o que muitas vezes os levará a criar uma imagem falsa que não é
verdadeira para eles mesmos.
Os vencedores são fixados na vaidade - muitas vezes agradando a todos a fim
de manter a sua imagem e são propensos a ser enganadores.
Como Lidar com Eles
A fim de se dar bem com uma pessoa, você deve ajudá-la a remover seu
medo básico de inutilidade - lembrando-a constantemente de que eles são
basicamente de valor para todos.
Os auto realizadores são tipicamente tipos solitários porque não
compartilharão suas fraquezas, então você precisará substituí-los quando
souber que eles estão faltando, mas não deixá-los saber o que você fez porque
eles não querem aparecer em necessidade.
Os realizadores sexuais devem ter parceiros compreensivos que validem o
seu valor pessoal o tempo todo, reconhecendo o seu sucesso, seja ele grande
ou pequeno. É muito importante perceber que eles querem parecer bem-
sucedidos e dar/fornecer aos seus companheiros, pois isso é uma sensação do
seu sucesso.
Os realizadores sociais devem ser reconhecidos em público. Seja através da
vitória em competições ou situações de alto desempenho, seja o seu apoio
para vê-los vencer.
Certifique-se de que não deixam que os outros os vejam quando perdem.
Eles trabalham muito bem com lealistas (tipo 6) que são leais a eles e
alimentam seu ego de sucesso e odeiam estar perto de pacificadores (tipo 9)
que preferem ceder à mediocridade em vez de abalar a norma das pessoas a
fim de lutar pela excelência ou sucesso.
Temático como "especiais", o individualista é uma pessoa que prospera como
sendo completamente única para o resto da humanidade. Eles são muito
autoconscientes sobre sua individualidade e são seres de criatividade sem
limites porque são diferentes dos outros.
Pensadores e analisadores profundos, são os filósofos da vida e têm um forte
interesse pelas artes, mesmo que não acabem por se tornar artistas.
São esteticamente sensíveis e adoram tudo sobre auto expressão,
autodescoberta ou auto revelação... muitas vezes compartilhando suas
grandes descobertas com os outros e dando uma forte contribuição para o
mundo.
O Bom
Porque se veem como inerentemente únicos, muitas vezes são pessoas que
tendem a pensar fora da caixa.
Eles adoram voltar à ideia sagrada da origem - muitas vezes indo ao fundo de
si mesmos para encontrar a verdadeira "fonte" e compartilhar esse nível de
humanidade com outras pessoas.
Eles são muitas vezes pessoas muito calmas ou com a cabeça nivelada -
dando um equilíbrio de autocontrole enquanto lidam com as situações.
A sua característica mais poderosa é que valorizam a singularidade,
reconhecendo a raridade encontrada nos outros e são seres que se esforçam
por ser tão genuínos e autênticos quanto possível. Você pode sempre contar
com eles para expressar seus verdadeiros sentimentos sem usar uma máscara.
Os Maus
Um individualista normalmente tem uma forte tendência a ser elitista -
desgostoso com a banalidade das massas, pode tornar-se incrivelmente
racista, preconceituoso e impaciente com as diferenças, especialmente
quando isso ameaça a sua singularidade e ideias.
Estão também cheias de inveja - especialmente das coisas que querem tão
profundamente que as distinguem das outras.
Quando as coisas dão errado na vida para um individualista, elas se tornam
hiper analíticas, muitas vezes caindo em profundos momentos de depressão e
tristeza. A retirada do mundo e a punição auto infligida (quase chegando ao
ponto do masoquismo...) ajuda-os a se sentirem sãos.
Como Lidar com Eles
Lidar com um individualista é simples. Porque eles valorizam tão
profundamente sua singularidade que muitas vezes a veem como uma bênção
ou uma maldição, não faz mal deixá-los chafurdar em depressão por um
tempo porque eles são emocionalmente complexos e altamente sensíveis.
Um individualista que se preserva deve ser tratado com cuidado. Porque sua
singularidade nunca é compartilhada com o resto do mundo, deve-se aprender
a tolerar sua tendência a se tornar egocêntrico em pensamentos profundos até
que esteja pronto para sair e viver suas vidas.
Um individualista sexual anseia por compartilhar seu eu autêntico e único
com seus parceiros - muitas vezes funcionando muito mal quando eles estão
em (ou depois de) uma discussão com seus entes queridos. Se eles estão
enfrentando uma depressão, note que é importante não os arrancar da casca
porque isso só vai frustrar ainda mais a depressão deles.
Os individualistas sociais adoram a partilha comunitária e gostam de se
partilhar autenticamente com grandes grupos a quem se sentem distantes da
sua comunalidade. Se as coisas derem errado, eles muitas vezes se retiram,
vendo o mundo como cruel e anseiam por um salvador que venha resgatá-
los.
No final das contas, uma profunda compreensão emocional é importante
porque todos os subtipos do individualista anseiam por ser compreendidos e
aceitos pelo que realmente são.
Eles encontram conforto com reformadores (tipo 1) cujas formas
reformadoras lhes dão um canal que eles podem canalizar suas formas únicas
e incomuns e eles odeiam estar perto de ajudantes (tipo 2) que provavelmente
não entendem sua singularidade e odeiam devido a um senso de direito
(preferindo a retirada em depressão).
CAPÍTULO 5
O INVESTIGADOR E O LEALISTA
________________

Se eles são o Sherlock Holmes, não tem nada a ver. Estas pessoas são os
pensadores de elite da sociedade - você pode sempre contar com eles para lhe
dar uma análise profunda sobre um assunto!
Este capítulo fala sobre isso:
- Do que se trata um investigador.
- Porque é que os investigadores são bons para ter por perto
- O que é mais difícil sobre os investigadores
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
A sua busca pelo conhecimento é admirável! Graças a Deus pelos
investigadores, senão o nosso mundo ficará sem conhecimento detalhado!
Eles ficarão a seu lado até a morte. Tal é o ideal de um lealista - se você
ganhar a confiança deles, isto é...
Este capítulo fala sobre:
- Do que se trata um lealista
- Porque é que os lealistas são bons para ter por perto
- O que é mais difícil nos lealistas
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Defendendo a causa da lealdade, aconteça o que acontecer... eles vão ficar! -
aprender a amá-los, aceitá-los pelo que são e trazer o melhor de si!
Mais
Um investigador, é um tipo de pensador que gosta de ficar em segundo plano,
observar a situação, fazer todas as considerações analíticas para as melhores
opções e volta após uma análise completa da situação.
Normalmente não partilham o seu estado emocional com os outros, uma vez
que muitas vezes se abstêm de encontrar segurança nas suas mentes, onde se
podem retirar e estrategizar, só para emergir mais tarde com total confiança!
Você sempre pode contar com eles para dar respostas inteligentes, e quando
eles estão interessados em algo, eles tendem a se tornar realmente bem lidos e
conhecedores nessa área
Eles também são um pouco tímidos, mas mais independentes (ou relutantes
em aceitar ajuda) preferindo fazer as coisas por conta própria, mesmo quando
outras pessoas estão mais do que dispostas a dar ajuda.
O Bom
Para o investigador, o conhecimento conquista tudo - porque a sua ideia
sagrada é baseada na omnisciência. O seu desejo básico é ser competente em
tudo o que se esforça, sentindo-se à frente em termos de conhecimento e
compreensão.
Eles são bons em se desapegar emocionalmente quando se trata de lidar com
tarefas mentalmente desafiadoras, passando por grandes quantidades de
estudo e pesquisa até nenhum fim - ótimo se você realmente quer entrar em
detalhes sobre um assunto complexo.
O Mau
Os investigadores tendem a ser demasiado analíticos - daí o termo... paralisia
por análise.
Eles também são frequentemente pessoas muito mesquinhas, não dispostas a
partilhar para além dos seus limites de segurança e conforto. Por causa da sua
atitude de "saber tudo", eles tendem a ser distantes dos outros, muitas vezes
se tornando muito egoístas e julgadores, pensando que outras pessoas nunca
entenderão ou conhecerão melhor.
Por vezes, a sua busca de conhecimento e compreensão torna-os altamente
cobiçosos e gananciosos por mais no fundo. Sua "sede" nunca será satisfeita e
a pior parte é que eles não expressam isso emocionalmente.
Como Lidar com Eles
Lá no fundo, os investigadores são pessoas sensíveis e realmente comedidas
quando se trata de expressão emocional.
Ao lidar com os investigadores de autopreservação, não pergunte sobre seus
pensamentos secretos ou pesquisas profundas. Eles sentirão que você não os
entenderá de qualquer forma e isso é altamente intrusivo para a sua
privacidade.
Quando se lida com investigadores sexuais, pode ser um processo de
comunicação muito complexo. Uma razão é porque eles não são muito bons
em comunicar seus sentimentos internos, mas eles anseiam por compartilhar
profundamente com seus parceiros sua compreensão sobre certos tópicos. O
melhor que se pode fazer é tentar encontrá-los a meio caminho e pesquisar
sobre o tema o suficiente para ter uma conversa inteligente com eles.
Por último, mas não menos importante, são os investigadores sociais - a
multidão terá de tolerar com a sua arrogância social, tendo de suportar as suas
longas teorias (e por vezes cansativas e aborrecidas), mas tente e pareça
interessado o tempo suficiente para lhes dar reconhecimento da sua grande
compreensão e você vai sair-se bem com eles.
Eles trabalham muito bem com desafiadores (tipo 8) que muitas vezes os
empurram para os limites da omnisciência e odeiam estar perto de entusiastas
(tipo 7) cuja natureza sanguínea afasta os investigadores melancólicos com
sua diversão e excitação sem sentido.
Um lealista é uma pessoa que é epitomizada pela famosa canção "Stand by
me". No dia em que eles construírem uma confiança sólida com alguém, eles
vão ficar ao seu lado até o fim.
Eles são um tipo muito único de pessoas quando se trata de confiança, porque
tendem a confiar nas pessoas quase tanto quanto desconfiam das pessoas ao
mesmo tempo. Estas pessoas estão sempre à procura constante de algo ou
alguém em quem acreditar profundamente - uma vez que as pessoas em que
acreditam "ganharam a sua confiança", serão leais até à morte.
O Bom
O bom dos leais é que eles são realmente corajosos com as pessoas que
ganharam a sua confiança - muitas vezes metaforicamente atirando-se para a
frente do trânsito para salvá-las.
No fundo, eles querem se sentir seguros - eles querem acreditar que em uma
relação leal e de confiança, não há medo de traição e muitas vezes os
projetarão para o seu povo de confiança, especialmente para os seus parceiros
de vida.
Ao mesmo tempo, eles também são muito bons parceiros de vida.
Tendo uma ideia sagrada de fé, eles constantemente acreditam que milagres
acontecerão e mesmo que as pessoas em quem confiam façam asneira, eles
terão a tendência de acreditar neles até se tornarem uma pessoa melhor.
Os maus
Os lealistas são por vezes cobardes - sentindo-se inseguros com as pessoas
que os rodeiam.
Eles são tão conflituosos com a confiança e desconfiança que às vezes isso
vai parecer realmente conflituoso (até que a pessoa ganhe sua confiança).
Eles também são seres fóbicos - com medo de muitas coisas. Embora eles
possam ser bons em resolver problemas, eles também estão cheios de
ansiedade até o âmago, pois não têm realmente paz de espírito.
Como Lidar com Eles
Como os lealistas geralmente têm medo do isolamento e da vulnerabilidade, a
melhor maneira é sempre acalmá-los e confortá-los - mostrando-lhes que
você também pode ser confiável porque, no fundo, eles estão sempre
desconfiados dos outros (daí a sua fixação em lotes e muita lealdade).
Um lealista auto preservador estará sempre trabalhando sozinho, ajudando
tranquilamente os outros com medo de que as pessoas descubram a sua falta
no seu ser.
A melhor maneira de lidar com eles é devolver-lhes a sua confiança e dar-
lhes fé.
Um lealista sexual sempre se agarrará ao companheiro, mas às vezes, ser leal
pelas coisas erradas é sempre ruim - portanto, concentre-se em fazê-las
crescer.
Por último, mas não menos importante, um social lealista é uma pessoa que
sempre se manterá com um grupo ou uma causa até o fim.
Eles trabalham muito bem com pacificadores (tipo 9) que muitas vezes
reforçam a sua lealdade e segurança em busca da natureza e odeiam estar
perto de realizadores (tipo 3) que lhes dá uma sensação de insegurança, pois
abala a sua zona de conforto de segurança ao mesmo tempo.
CAPÍTULO 6
O ENTUSIASTA, O DESAFIADOR E O PACIFICADOR
________________

A vida do partido e a sempre onipresente voz da excitação - você tem que


amá-los por sua natureza multitalentosa e multifacetada.
Este capítulo fala sobre:
- Do que se trata um entusiasta...
- Porque é que os entusiastas são bons para ter por perto
- O que é mais difícil para os entusiastas
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Eles se aborrecem facilmente e podem acelerar sem você. Está à altura do
desafio de se manter a par de um entusiasta? Vamos correr!
Eles serão a pessoa que gritará no seu ouvido ou podem ser alguém que o
empurrará para alturas maiores. Tal é o papel de um desafiador que nunca vai
recuar numa luta... ou deixá-lo recuar de uma!
Este capítulo fala sobre isso:
- Do que se trata um desafiador.
- Porque é que os desafiadores são bons para ter por perto
- O que é mais difícil sobre os desafiantes
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
A raiva deles é uma força a ter em conta! Mas eles serão sempre os mais
fortes. Tens de amá-los por causa das suas forças, pois sem eles, ninguém
conseguirá fazer nada.
O amor. Paz. Serenidade. Serenidade. Amantes da paz. Shhhh... mantenham a
quietude, senão vai abalá-los!
Este capítulo fala sobre..:
- O que é um pacificador...
- Porque é que os pacificadores são bons para ter por perto
- O que é mais difícil nos pacificadores
- Lidar com eles e trazer à tona o melhor
- Com quem eles se dão bem
- Com quem eles não se juntam
Como uma rocha firme, eles não se comoverão, mas são os amigos mais
amorosos de se ter por perto! Aprenda a amá-los, acariciá-los e sentir a
serenidade que os rodeia! Verdadeiramente um bom amigo para ter de fato!
Os Últimos 3
O entusiasta é uma pessoa excitante para estar por perto. Eles estão sempre
em busca de excitação, prazer e uma maneira de distraí-los da vida cotidiana
mundana.
Eles estão constantemente a viver num futuro brilhante - antecipando o
divertimento e a excitação que dele sairá e mal podem esperar para chegar lá,
trazer a diversão e a excitação com outras pessoas.
Eles são criativos, multi talentosos e com a mente aberta. Também são
desenfreados e negam qualquer forma de autonegação ou de gratificação
tardia.
Promotores naturais, muitas vezes não se concentram em uma coisa por
muito tempo e passam para a próxima coisa mais excitante. Eles adoram
especialmente a luz da ribalta que brilha sobre eles.
O Bem
Estes entusiastas adoram fazer coisas - qualquer coisa que lhes excite os
sentidos... até a ideia de o fazerem mais tarde! Este é um fator de motivação
muito bom quando precisam de irritar um grupo morto de pessoas que são
emocionalmente aborrecidas. Nunca há um momento aborrecido com os
entusiastas por perto.
O seu zelo em experimentar a vida é enorme - muitas vezes se engajam a
100% numa tarefa para senti-la ao máximo. Tal tipo de entusiasmo da vida é
tão contagioso que até inspira outras pessoas!
São também pessoas muito práticas que têm muitas habilidades e gostam de
fazer todo o tipo de coisas.
Os maus
O triste dos entusiastas é que a sua capacidade de atenção é como um flash
numa frigideira. No momento em que se aborrecem, abandonam o projeto.
Eles se entediam muito facilmente porque são os que mais odeiam isso. Eles
também têm a tentação de se mover muito rápido, muitas vezes abandonando
as coisas que devem fazer no processo ou se espalhando muito.
O seu maior vício é que querem tudo - tudo aquilo em que põem os olhos, na
pior forma de gula.
A pior parte é que a sua natureza egocêntrica lhes dá muitos direitos (de
diversão, talvez...) e eles têm dificuldade em se concentrar em outras pessoas
por causa disso.
Como Lidar com Eles
Os entusiastas auto preservadores farão o que acharem divertido (um
exemplo seria entregar-se a jogos de vídeo por horas prolongadas). A única
maneira de distraí-los da diversão é dar-lhes algo mais divertido, porque eles
não lhe dirão por que gostam de algo.
Os entusiastas sexuais devem estar com parceiros excitantes - talvez viajando
pelo mundo ou se envolvendo em atividades divertidas constantes. Se você o
manter em casa, será um suicídio na relação.
O tipo social vai gostar de ir a muitas festas frequentemente ou estar na
ribalta por desafios - isto vai fazê-los sentir-se inteiros.
Eles trabalham muito bem com investigadores (tipo 5) porque eles vão fazer
todo o pensamento por eles (e atender aos detalhes quando eles planejam
fazer algo divertido...) e eles odeiam estar perto de reformadores (tipo 1) que
eles acreditam que são assassinos divertidos.
Um desafiador não quer ser controlado. Parada completa.
Eles se consideram e apenas a si mesmos como o mestre do seu próprio
destino - tendo total autonomia para viverem suas vidas. Pessoas de mente
extremamente dura, eles continuarão a se empurrar a grandes extremos para
obter os melhores resultados, mesmo que estejam apenas desafiando a si
mesmos.
Como os seus instintos são tão fortes, muitas vezes têm apetites físicos fortes
para obterem exatamente o resultado que querem da vida. Muitas vezes eles
também odeiam trabalhar para os outros, optando por trabalhar para si
mesmos.
São também pessoas que tendem a ser financeiramente independentes ou
capazes. Eles não gostam que as pessoas os vejam como uma pessoa fraca.
O Bom
Altamente nobres e íntegros, farão o que for preciso para se mostrarem como
fonte de força e protegerem os fracos. Você pode definitivamente contar com
eles para fazer as coisas facilmente - muitas vezes sem contar com a ajuda de
outros.
Tendo a ideia sagrada da verdade, eles nunca se renderão ou se
comprometerão mesmo sob tentação de conseguir algo em troca de falsidade.
Essas pessoas não são mesquinhas - elas mostrarão suas forças e não se
preocuparão com a mesquinhez daqueles mais fracos do que elas em termos
do que pensam sobre ele, porque ele ou ela sempre vai querer parecer ser um
magnânimo para os outros.
O Mau
Os desafiantes se irritam facilmente e se vingarão facilmente de alguém que
os enganar.
Em outras palavras, sua forma de vingança pode muitas vezes incluir
trabalhar mais duro para provar que estão errados, ganhar mais dinheiro para
esconder suas fraquezas, combater sua falsidade ou simplesmente se tornar
mais forte.
Eles temem tanto a perda de controle que se tornam tiranos no processo. A
luxúria por todas as coisas é comum para o desafiador por causa de fortes
desejos e desejos.
Como Lidar com Eles
Os desafios de autopreservação vivem no seu próprio campo de batalha
pessoal, onde o seu maior inimigo a desafiar é sempre eles próprios. Não lhes
pergunte por que querem desafiar nada - eles o farão independentemente do
que as pessoas pensarem e só podemos deixá-los crescer quando obtiverem
mais resultados.
Os desafiadores sexuais são muito difíceis de conviver porque ou querem
sempre desafiar ou mudar os seus parceiros, ou vão desabafar muitas
frustrações contra pessoas mais fracas para os seus companheiros. Um
companheiro deve ser muito forte e ter grandes reservas emocionais -
mostrando muita paciência ao mesmo tempo.
Os desafiadores sociais por vezes desafiam as pessoas a um nível superior ou
em público. Não brigue com eles porque eles não terão problemas para lutar
(mesmo fisicamente) em plena luz do dia.
Eles trabalham muito bem com ajudantes (tipo 2) porque gostam de pessoas
que os ajudam e detestam estar perto de investigadores (tipo 5) que acham
que são demasiado lentos para fazer alguma coisa com as suas atitudes
excessivamente analíticas.
Os pacificadores adoram a paz, claro - e farão o que for preciso para mantê-la
a todo o custo. Incrivelmente introvertidos, eles muitas vezes veem deitados,
como se não estivessem totalmente presentes em tudo aquilo em que estão
envolvidos.
Eles tendem a ser muito otimistas na vida acreditando que, de alguma forma,
tudo vai dar certo no final, venha o que vier. Eles fazem amigos muito
calorosos e atenciosos.
Porque têm medo de conflitos, muitas vezes são resistentes a qualquer forma
de mudança que traga à tona esses desagradáveis sentimentos de tensão. Eles
são menos hesitantes em expressar sua raiva externamente em comparação
com o desafiador ou o reformador.
O Bem
Por serem pessoas tão amorosas e solidárias, elas tendem a fazer os melhores
pais ou tornarem-se seus melhores amigos sempre que você precisa de
alguém com quem conversar.
Nunca de cabeça quente, a sua natureza acolhedora traz uma sensação de
calma e paz a todos à sua volta. A sua natureza descontraída dissolve
qualquer sentimento de desagradabilidade em comparação com outros tipos
de confronto.
Eles são pessoas de serenidade.
Você tem muita paz de espírito apenas por estar ao seu redor.
Os maus
É quase impossível coagir essas pessoas contra a sua vontade, pois muitas
vezes elas se revelam uma das pessoas mais teimosas ao redor. Indolentes e
sem movimento, elas tendem a esquecer-se de si mesmas.
Lá no fundo, eles não gostam de ser mandados e na superfície, eles podem
parecer agradáveis e complacentes, cedendo a cada exigência, eles estão na
verdade abrigando um rancor profundo que quando acumulado por um longo
tempo, resultará em raiva explosiva ou manifestações de comportamento
passivo-agressivo.
Às vezes, eles são muito fáceis e não têm um cuidado no mundo.
Sua tendência a ignorar o conflito também pode ter um efeito adverso nas
relações humanas, especialmente durante os momentos em que os resultados
mais afetam.
Como Lidar com Eles
Não mandes neles. Deixe-os saber que a melhor paz e harmonia que eles
podem ter com outras pessoas é fazer as escolhas que melhor apoiam isto.
Os pacificadores auto preservadores podem parecer muito desconectados,
mas apenas faça o que puder para apoiar o seu ambiente pacífico.
Os pacificadores sexuais amam a intimidade de uma relação calma e serena e
tentam não causar conflito com eles, o que os levará a se apegar
completamente.
Os pacificadores sociais são um tipo muito interessante. Eles gostam de estar
perto de pessoas que lhes dão uma comunidade e um senso de paz - servindo
e agradando aos outros. Colocar estes tipos de pessoas num ambiente não
intrusivo e seguro ajuda-os a serem eles próprios. Desse modo, vai subjugar
lhes o medo de se sentirem a perder algo ou de serem aniquilados.
Eles trabalham muito bem com realizadores (tipo 3) porque gostam de quem
os motiva e lhes vende um sonho bonito e odeiam estar perto de lealistas
(tipo 6) que pensam que são diferentes da forma como pensam sobre as
pessoas.
CAPÍTULO 7
PERSONALIDADES
________________

Nós somos todos diferentes! Você sabe que não é preciso ser um cientista de
foguetes para saber isto. Entretanto, quando se trata de lidar com pessoas que
não têm a mesma personalidade como a sua, como você reagiria?
Pessoas diferentes
Só porque você tem sido um brincalhão, isso não significa que você pode
fazer um CEO de uma empresa multinacional rir. Só porque você é
apaixonado por pessoas, não significa que seu chefe pense da mesma forma
que você. Só porque você não quer ferir a sua melhor amiga, não significa
que você deve esconder dela as informações desagradáveis (ser enganada
pelo namorado).
Quando eu estava trabalhando em uma joalheria, eu não tinha ideia do que
estava errado com o meu chefe que ele continuava empurrando o limite de
seus patrões para trabalhar horas extras. Quando isso aconteceu, alguns dos
funcionários começaram a murmurar e a reclamar por não terem tempo
suficiente para passar com suas famílias ou entes queridos. Para estes
funcionários, as relações com os seus entes queridos significam muito para
eles.
Por outro lado, meu chefe tinha uma ideia totalmente diferente sobre todo o
incidente. Só havia uma coisa em sua mente - entregar a promessa, os
melhores produtos e um excelente serviço ao seu grande cliente. Não é difícil
entender por que ele continuou empurrando os funcionários até o limite. Não
importa o que seja necessário, sua prioridade é manter o seu negócio no topo
da indústria.
Demorei algum tempo para entender isto.
Neste e-book, você vai aprender e entender muito mais sobre os diferentes
tipos de personalidades. Enquanto todos são únicos, você geralmente pode
agrupá-los em 9 tipos: Controlador, promotor, analisador, apoiante,
controlador/analisador, promotor/controlador, apoiante do promotor,
analisador do apoiante e centralizador.
Não se preocupe se você não souber o que estes termos significam. Ao viajar
junto com este e-book, você vai se familiarizar com essas personalidades e
seu benefício?
Entenda-as melhor e saiba como lidar com elas de forma eficaz.
Cada tipo de personalidade será discutido em suas áreas de atributos, pontos
fortes, fraquezas e a maneira certa de lidar com elas.
CAPÍTULO 8
O CONTROLADOR, PROMOTOR E ANALISADOR
________________

Você tem o que é preciso para ser um controlador? O que significa ter a
mentalidade e a conduta de um controlador? Não se assuste com o termo
controlador. Ao aprenderes os seus atributos neste capítulo, vais estar
equipado para lidar com eles de forma eficaz.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade do Controlador Como Lidar com um
Controlador?
Nem todos nós gostamos dos termos dos controladores, mas você aprenderá
exatamente porque você precisa desses controladores na Terra para tornar o
mundo um lugar melhor para se estar.
Você tem amigos que são extremamente expressivos? Eles vão gritar de
repente, e eles tendem a ser as pessoas mais criativas que você poderia
encontrar na Terra. Eles são os promotores!
Este capítulo fala sobre eles:
- Os Atributos da Personalidade Promotora
- Como Lidar com um Promotor?
Geralmente é divertido ter um promotor no grupo porque são eles que nos
entretêm mais. Parece bom, mas isso também significa que algumas pessoas
vão ficar irritadas simplesmente por causa de suas ações expressivas.
Você já conheceu alguém que joga um milhão de perguntas antes de pisar em
um barco? Se você não, mas já enfrentou o cenário acima, você acabou de ter
a sua experiência com um analisador.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade do Analisador
- Como Lidar com um Analisador?
Os analisadores são normalmente lentos e seguros. Você aprenderá
exatamente por quê com as informações que vou compartilhar com você a
partir da próxima página.
Os 3 primeiros
Um controlador é normalmente alguém que toma a iniciativa de fazer as
coisas naturalmente. Eles são aqueles que não têm problemas com a tomada
de decisões. Estas pessoas parecem ser fortes, confiantes, capazes e
eficientes.
Quando os controladores andam com seus amigos, eles saem com ideias
sobre as atividades. Eles decidirão onde estarão os lugares e quem será o
encarregado de uma determinada tarefa. Quando um controlador está
dirigindo sua própria empresa, ele sabe exatamente para qual direção ir. Em
uma família, se o marido é um controlador, a esposa e os filhos não
precisarão se preocupar com uma coisa simplesmente porque o marido já
tomou todas as decisões.
Este grupo de pessoas é muito orientado para as tarefas. Sempre que uma
tarefa é dada a elas, você pode ter certeza de que elas estão em boas mãos e
saber que elas vão conseguir fazer isso a tempo. O seu lema é este - não
importa o que seja preciso, tem de ser feito.
E quanto ao lado sensível deles? Bem, se você é uma senhora e está à procura
de um tipo sensível da nova era, os controladores vão decepcioná-lo.
Os controladores parecem ser insensíveis e as emoções normalmente não os
afetarão de forma alguma. Enquanto alguns dos seus amigos podem nem
ousar confrontá-lo de seus erros, essas pessoas não têm problemas com isso,
mas sim com o confronto.
Há toneladas de maneiras, realmente, mas para o propósito deste e-book, eu
vou compartilhar alguns pontos práticos para que você possa usá-los em
tempo de necessidade.
Seja Submisso: Submeter-se significa basicamente obedecer e fazer o que o
seu superior lhe pede (dentro dos limites legais). Indo mais fundo, a
submissão é mais do que apenas obediência e conduta. Se você pensar sobre
isso, a submissão vem quando há desacordo. Mesmo quando há momentos
em que você não concorda com a ideia do seu chefe, você ainda terá que se
submeter a ele. Se você nunca sabe, os chefes favorecem os subordinados que
se submetem a eles em vez dos que são contra eles.
Saiba o que é melhor para eles: Isto pode ser mais fácil para você agora, pois
você já sabe o que eles têm em mente - resultados. Portanto, sempre que você
trabalha com eles, você deve trabalhar para os seus melhores interesses.
Eu sei que mencionamos a submissão nos pontos anteriores, mas será
possível para o seu chefe implementar as ideias que você tem em mente? A
resposta é um sim muito retumbante! É quando a sua ideia é percebida como
muito mais funcional, eficaz e prática do que a ideia do seu chefe.
Quando ele souber que suas ideias o ajudarão a alcançar os objetivos (que é
fazer um balde de dinheiro, de marca ou de caridade) da empresa, ele não terá
problemas em dizer "sim" às suas ideias propostas. É simplesmente para o
bem da empresa.
Muitas pessoas na Terra acham difícil trabalhar com ou para aqueles que têm
a personalidade de controlador. Bem, as coisas mudam quando você sabe o
que eles pensam e o que é importante para eles. Quando o fazes, a unidade e
a harmonia instalam-se.
Você já se perguntou por que alguns dos seus colegas ganham favores dos
seus superiores? Eles apenas sabem como fazer os seus chefes felizes. Apesar
da maioria dos exemplos acima serem ilustrados no contexto de um emprego,
você encontrará controladores entre seus amigos e familiares também.
Acredito que você será capaz de identificá-los a partir de agora.
Embora os controladores sejam os que tomam decisões para o grupo ou
organizações, eles podem não ser os que recebem mais atenção no momento.
No momento em que a parte de planejamento é feita, o trabalho dos
controladores também é feito.
Por outro lado, a promotora pode captar a atenção do público muito
facilmente, simplesmente devido à sua natureza promotora. Eles são
expressivos, mantêm a multidão entretida, saem com as piadas
espontaneamente e captam a atenção das pessoas que estão presentes. As
coisas que eles dizem não precisam sequer fazer sentido.
Eles parecem ser felizes, ativos, extrovertidos e amigáveis. Alguns podem até
se perguntar por que podem falar e expressar tão bem e, ao mesmo tempo,
uma minoria vai achá-lo irritante. As pessoas geralmente adoram ter
promotores por perto porque não são chatos e personalizáveis.
Quem são os exemplos de um promotor?
- O Máscara (representada por Jim Carrey)
- Buddy Love do filme "Buddy Love from the Nutty Professor Movie".
- O Burro do Shrek
Sim, eu sei que são todos personagens fictícios, mas tenho a certeza de que
consegue dizer quem tem os atributos do promotor entre as pessoas à sua
volta.
Há sempre uma forma de domar o macaco, se souberes como. Bem, talvez
não tanto domá-los, mas se você conhece os truques, isso vai ajudá-lo a se
dar muito bem com os promotores. Por 'muito bem', quero dizer que o
momento pode ser partilhado e desfrutado por ambas as partes.
Proporcionar Solução para Eles: Você não gostaria de entregar o trabalho a
uma pessoa impulsiva quando se trata de resolver problemas. Os promotores
podem não ser a melhor fonte para resolver problemas, eles são
definitivamente de grande ajuda quando se trata de implementar o plano.
Você vai se surpreender com o quanto a viagem pode ser divertida com os
promotores ao redor.
Eles Querem Reconhecimento: A melhor maneira de motivar os promotores é
dar-lhes reconhecimento. Eles adoram ser reconhecidos pela contribuição que
investiram. Por exemplo, se você elogiar Dennis (um promotor) por fazer um
grande trabalho diante da multidão, ele vai se lembrar disso por muito tempo
e a melhor parte é que ele vai querer trabalhar com você de novo e de novo.
Proteja Seu Ego: Seja extra cuidadoso ao lidar com eles. Eles são
supersensíveis com o ego deles e você tem que tentar o seu melhor para
proteger o ego deles. O melhor lugar para confrontá-los é geralmente quando
ninguém mais está por perto. Faça-o de forma sincera e honesta.
Compartilhe sentimentos interpessoais com eles: Se você puder encontrar
maneiras de ter uma conversa de coração para coração com eles, será ótimo.
Mesmo a maioria deles são piadas, eles também gostam deste tipo de
conversa profunda com os seus pares. Mesmo sendo sempre expressivos, eles
sabem o que deixar sair e o que não deixar sair. Portanto, os seus segredos
estão sempre seguros com eles.
O ponto principal é o seguinte. Aos promotores deve ser dado espaço para se
expressarem. Às vezes, eles são muito difíceis de entender e, no entanto,
tornam a viagem muito mais divertida e agradável. Elimine deles o processo
essencial de tomada de decisões. Eles não nascem para isso. No entanto,
envolva-os na implementação e eles vão torná-la agradável.
Os analisadores são muito baseados em sentimentos. Na maioria das vezes,
eles tomam decisões com base em seus sentimentos de segurança. Se houver
algum sentimento de insegurança, o processo levará ainda mais tempo,
simplesmente porque eles precisam reunir mais dados para si mesmos ou para
as situações.
Dados e análises são extremamente importantes para este grupo de pessoas.
Quando o problema surgir, elas levarão tempo para estudar, reunir dados e
analisar a situação com quaisquer recursos disponíveis. Não só dados e fatos,
opiniões e pensamentos das pessoas envolvidas também são essenciais para
elas.
Normalmente os analisadores parecem ser muito acadêmicos e tendem a ser
muito sérios quando se trata de ambiente de trabalho. A sua conversa pode
ser baseada em factos, histórias ou ilustrações passadas.
Algumas pessoas podem achar aborrecido falar com elas e, ao mesmo tempo,
as coisas que saem de sua boca são boas para serem usadas como conselhos.
Um dos exemplos comuns incluiria funcionários de meia-idade que têm
pouco interesse na mudança de cultura, especialmente na empresa. Eles se
sentem confortáveis com o lugar onde estão atualmente e o risco não é algo
que eles desejariam no seu caminho. Eles podem ser seguros, mas teimosos.
Lidar com um analisador pode exigir algumas habilidades. Lembre-se
sempre, tudo o que eles querem é apenas segurança e dados. Quando você
tem essas duas coisas com você, você não pode errar com um analisador.
Aqui estão mais algumas maneiras práticas...
Usar a sua capacidade de construir amizade: Caso não saiba, os analisadores
tendem a usar a sua capacidade de ganhar atenção ou construir amizade, em
vez do seu eu genuíno. Se você puder fornecer um ambiente para encontrar
amigos ou construir relacionamentos com outros através de suas habilidades
(provavelmente trabalhando em um grande projeto juntos), as coisas vão ser
melhores para eles.
Incentive-os a serem menos críticos: Sim, eles são definitivamente críticos,
mas você também pode aliviar seus críticos, assegurando-lhes que é hora de
implementar as estratégias e que não há necessidade de se preocupar com os
erros que vão acontecer. Gaste mais esforço para convencê-los e encorajá-
los.
Diz-lhes coisas que eles não sabem: Especialmente quando você está na
reunião, coisas que eles já sabem só os irritarão se você repetir. Quando você
lhes fornecer as informações úteis que eles precisam para ajudar a resolver os
problemas, você ganhará facilmente o favor deles.
Esses são os atributos de um analisador e eu não posso enfatizar o suficiente
este ponto - é tudo sobre segurança e dados.
CAPÍTULO 9
O APOIANTE, PROMOTOR/SUPORTADOR E
PROMOTOR/CONTROLADOR
________________

Você provavelmente já viu apoiantes à sua volta. Quando você está


emocionalmente fraco, eles são geralmente aqueles a quem você gostaria de
ir.
Eles são as pessoas e nós chamamos-lhes os apoiantes.
Este capítulo fala sobre eles:
- Os Atributos da Personalidade do Apoiante.
- Como Lidar com um Sócio Fundador?
Não só existem promotores e apoiantes na Terra. Algumas pessoas têm a
personalidade mista que vem com o promotor, assim como os apoiadores.
Nós a chamamos de personalidade promotora/apoiadora.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade Promotora/apoiadora
- Como Lidar com um Promotor/Suportador?
Você já viu pessoas que têm se gabado de seu próprio sucesso e sem
brincadeiras, elas são realmente bem-sucedidas? Este é um dos exemplos de
promotor/controlador.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade Promotora/Controladora
- Como Lidar com um Promotor/Controlador?
Os 3 Próximos
Os adeptos são normalmente simpáticos e muito orientados para as pessoas.
Para os promotores, as pessoas apreciam a presença de um promotor apenas
devido à sua capacidade de entretenimento. No entanto, as pessoas depositam
a sua confiança nos apoiantes principalmente devido à sua capacidade de
cuidar, encorajar e apoiar.
É por isso que, quando você termina com seu namorado de 10 anos, você não
gostaria de ir a um controlador ou analisador, mas a um apoiador para
conforto.
Como é sua natureza ser orientada para as pessoas, eles tendem a evitar
conflitos pessoais de qualquer maneira possível; até mesmo isso significa
custar a inocência de si mesmos. Será realmente difícil para eles rejeitarem as
pessoas e eles agradarão a qualquer um que venha em seus caminhos (e,
claro, não estou falando do tipo de exigência criminosa).
Eles também são muito receptivos às pessoas. Quando as pessoas estão por
perto, elas geralmente se misturam à conversa e vão com o fluxo. Elas
deixam os outros iniciarem qualquer tipo de atividade e ainda assim não têm
o interesse de impressionar os outros.
Esta é a espécie que parece ser inofensiva e não ameaçadora. Mesmo quando
estão ameaçados, não vão conseguir chegar ao público e alguns deles
reprimem seus sentimentos até a depressão, o que não é nada bom.
Até agora, os adeptos parecem ser o tipo de pessoa simpática e fácil de se
dirigir. Na verdade, é perigoso ter esse tipo de mentalidade porque os
partidários também parecem ser uma bomba relógio que não lhe dá uma ideia
de quando ela vai explodir.
Por que isso acontece?
Os fardos que eles carregam para os outros podem tornar-se pesados e não é
raro encontrar a pessoa mais simpática que sempre o escuta e lhe agrada ter
depressão. Este pode até ser o caso sem o nosso reconhecimento.
Não os force demais: Agora que você sabe que eles vão dizer 'sim' a quase
tudo que você pedir a eles e não é uma boa ideia empurrá-los ao limite e
tomá-los como garantidos. Lembre-se, eles também são seres humanos.
Seja grato a Eles: Mesmo que o reconhecimento ou as recompensas não
sejam as coisas que eles estão procurando, seria bom dar-lhes encorajamento
e um tapinha nos ombros para as coisas que eles fizeram por você. Lembra-se
dos tempos em que ele estava lá quando você estava totalmente em baixo? É
assim que você pode se vingar.
Ajuda-os a se levantarem por eles mesmos: Sei que é anormal que os
apoiantes expressem o que lhes vai no coração, mas mesmo assim podeis
encorajá-los a fazê-lo. Eles também têm o direito de exprimir as suas
opiniões. Como não é da natureza para eles, você pode pressioná-los um
pouco para se protegerem no futuro.
Agora que você sabe que as razões por trás dos apoiadores estão sendo
emocionais e orientadas para as pessoas. Apenas tenha em mente que quando
você estiver lidando com eles você precisa reconhecê-los pelo que eles
fizeram por cortesia e nunca os tome como garantidos.
Basicamente, a personalidade promotora/apoiadora é a mistura de
personalidades promotoras e apoiantes. Um promotor pode ser divertido de
conviver, mas isso não significa que tenha amizades genuínas. O mesmo vale
para um apoiante - não é preciso captar a atenção da multidão para ter muitas
amizades genuínas.
O que acontece então com a personalidade do promotor/apoiador? Refere-se
simplesmente a uma pessoa que é muito expressiva nas coisas que faz e, ao
mesmo tempo, valoriza as relações e as pessoas à sua volta.
Este tipo de pessoas usa o seu carisma para construir relacionamentos com as
pessoas à sua volta. Mesmo que pareçam ser a estrela na multidão, o
relacionamento com as pessoas é definitivamente uma grande coisa para ele.
Enquanto os promotores podem valorizar apenas as suas próprias opiniões, na
personalidade do promotor/suportador, uma pessoa valoriza tanto as suas
próprias como as ideias dos outros. Este tipo de pessoas pode ser mais
apelativo simplesmente devido à força escondida que têm.
Eu diria que a personalidade do promotor/apoiador está naqueles que gostam
de sair sem muita seriedade em um ambiente tenso. Artistas, designers,
freelancers ou palhaços podem ter este tipo de personalidade.
Como é que lida com eles, então?
Estimamo-los em público: Você precisa estimá-los em público pelas coisas
que eles fizeram e contribuíram. Eles gostam de ser reconhecidos e, no
entanto, são também os apoiantes. Eles devem ter ajudado as pessoas à sua
volta de uma forma ou de outra.
Deixe-os Desenvolver Amizades Genuínas: Embora pareçam carismáticas,
suponho que tenham medo de se sentirem sós. Este é provavelmente um dos
segredos escondidos que vêm com o promotor/apoiador.
Trabalhar melhor em grupo: No caso de os designar para o trabalho, deixe-os
trabalhar em grupo. Eles adoram rir e, ao mesmo tempo, amam as pessoas.
Trabalhar em grupo pode ajudá-los a desenvolver relações próximas com
seus pares e, por sua vez, isso também fará do local de trabalho um ótimo
lugar para se estar.
Agora que você conheceu o promotor/apoiador, você pode identificar algum
dos seus amigos que pertencem a este grupo?
Uma pessoa com personalidade de promotor/controlador é normalmente
expressiva de uma forma agressiva. Ao contrário do promotor/apoiador, os
relacionamentos podem não ser importantes para eles, mas o sucesso e a
sensação de realização podem ser uma coisa muito grande para eles.
Agora, um controlador pode estar alcançando grande sucesso, mas ainda
assim permanece um perfil baixo. Eu pessoalmente conheço uma pessoa que
foi declarada em falência e, no entanto, é dono de uma empresa que ganha
milhões de dólares em lucros anualmente. Por outro lado, o
promotor/controlador pode estar alcançando grande sucesso ao mesmo
tempo, mas o fato de ele ser rico e bem-sucedido é dado a conhecer a todo o
mundo.
Este grupo de pessoas adora desafios e sempre se esforça para vencer. Não
apenas para ganhar, mas para ganhar com distinção. Não é muito comum eles
permanecerem na mesma posição por muito tempo. Eles precisam saltar de
um lugar para outro. A estagnação vai aborrecê-los e eles perseguem seus
objetivos e sonhos com intensidade.
Em termos de conversas, eles são os que dominam. As pessoas os escutam no
momento em que falam e suas vozes acabam se tornando claramente visíveis.
Além disso, os discursos que eles fazem geralmente têm muito peso.
Provavelmente, por esta altura, já não quererá trabalhar sob um chefe que
tenha uma personalidade promotora/controladora. Ou talvez, você queira ser
um promotor/controlador. Seja como for, está totalmente bem.
Aqui está como você pode lidar com eles...
Contribuir com ideias com base nos seus interesses: Se lhe for dada a
oportunidade de contribuir com ideias para um promotor/controlador, deve
fazê-lo corretamente. Sem mencionar que você não tem muitas chances de
falar com eles, coisas que você diz a eles devem contribuir para ajudá-los a
alcançar seus objetivos e sonhos.
Estimar o sucesso deles: Sim, os promotores/controladores podem ser muito
egoístas às vezes. Uma coisa que você pode fazer para fazê-los felizes se
estimar o sucesso deles. Celebre o seu sucesso e diga-lhes que fizeram um
bom trabalho. Se o elogio for feito diante de uma grande multidão, é ainda
melhor. Os que certamente querem ser reconhecidos pelo seu sucesso.
Envolvê-los para trabalhar em grupo: Se for possível, tente levá-los a
trabalhar em grupo. Seu ritmo de trabalho pode não ser agradável enquanto
trabalham com o resto dos membros do grupo, mas é uma boa maneira de
permitir que eles aprendam a viajar juntos com a equipe, em vez de apenas
ter que caminhar sozinhos.
Em suma, os promotores/controladores são aqueles que fazem as coisas de
forma eficaz com a intenção de serem reconhecidos pelas suas realizações.
Quando você entende isso, você sabe por que eles se comportam de tal
maneira.
CAPÍTULO 10
O CONTROLADOR/ANALISADOR , ANALISADOR/SUPORTADOR
E CENTRALIZADOR
________________

É verdadeiramente uma combinação de personalidades tanto do controlador


como do analisador. Este tipo de personalidade parece estar distante e as
pessoas têm dificuldade em ter acesso às suas vidas.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade Controlador/Analisador Como Lidar com um
Controlador/Analisador?
Agora você tem uma mistura de personalidades do analisador e do apoiador.
Nós chamamos-lhes a personalidade do analisador/apoiador.
Este capítulo fala sobre:
- Os Atributos da Personalidade Analisador/Suportador Como Lidar com um
Analisador/Suportador?
Você acredita que existem pessoas que têm todas as personalidades
discutidas neste e-book? Essas pessoas têm o que chamamos de
personalidade centralizadora.
Este capítulo fala sobre isso:
- Os Atributos da Personalidade Centrica Como Lidar com uma Centrica?
3 Mais
A primeira coisa que me vem à cabeça em relação à personalidade do
controlador/analisador é isto - eles são rígidos! Eu não tenho certeza se é a
palavra certa para descrevê-los, mas para mim, eles são provavelmente a
última pessoa na terra com quem eu gostaria de sair. A menos que isso seja
necessário, não haverá maneira de eu querer conhecê-los.
De qualquer forma, vamos falar sobre os controladores/analisadores. Eles são
eficientes e têm uma visão de negócios. Além de obterem os resultados
desejados, eles também estão interessados em recolher informações. Mesmo
às vezes a implementação do plano pode levar muito mais tempo do que o
necessário, no entanto, a probabilidade de sucesso é quase garantida.
Este grupo de pessoas não é tão bom em depositar a sua confiança nos outros.
Eles podem ser muito críticos e julgadores, a ponto de só confiarem nas
pessoas que têm trabalhado eficazmente para eles no passado. Qualquer
primeiro cronometrista terá que ter um desempenho extremamente bom para
ganhar o favor inicial dos controladores/analisadores.
Escusado será dizer que eles são muito orientados para as tarefas. Eles não
são movidos por emoções e muitas vezes são muito racionais quando se trata
de tomar decisões. Eles são calmos e estáveis, mesmo os maiores obstáculos
que se colocam. Aconteça o que acontecer, eles vão conseguir fazer isso.
Finalmente, é normal para eles que façam um scan através da situação ou
uma pessoa que esteja à sua frente. Eles vão gerar todo tipo de percepções,
dados e julgamento sobre as situações e a pessoa, fazendo com que a pessoa
especialmente entre em pânico facilmente.
Os controladores/analisadores parecem ser sérios e enfadonhos. Como você
lida com eles, então?
Forneça um plano detalhado: Esqueça de lhes contar sobre o concerto do
Justin Bieber está a chegar. Eles só querem saber o que você tem a oferecer
para ajudá-los a alcançar seus objetivos e quais são os passos que eles
precisam dar para que seus objetivos sejam cumpridos.
Esforço Extra para Minimizar Erros: Quando você está trabalhando com eles,
você precisa prestar atenção aos detalhes e dar mais de 100% da sua energia.
Você não pode permitir quaisquer margens para erros e para os
controladores/analisadores, os erros irão custar-lhes muitos recursos.
Portanto, tenha cuidado.
Eficiência: Tudo o que eles querem é eficiência. Se você pode fazer uso dos
recursos disponíveis, você está recebendo a atenção deles e eles gostariam de
envolver você para trabalhar como parte da equipe deles.
Embora eu pessoalmente ache difícil lidar com controladores/analisadores,
não estou sugerindo que este seja o caso para todos. Eu acredito que o mundo
precisa de controladores/analisadores para dirigir e implementar as estratégias
para fazer do mundo um lugar melhor para todos.
O grupo de analisadores/apoiadores é bastante interessante. Mesmo os
relacionamentos podem ser importantes para eles, eles sempre lutarão para
desenvolver amizades genuínas simplesmente por causa de sua natureza de
analisadores também.
Por exemplo, eles podem desejar amizades e, ao mesmo tempo, também são
críticos quando se trata de escolher os amigos certos.
Como resultado, eles raramente iniciam conversas em situações interpessoais.
Geralmente esperam que outros se aproximem deles ou deixam que outros
expressem suas opiniões antes de dizerem sua primeira palavra na conversa.
Eles podem ser de muito bom apoio, porém analíticos. É necessário tempo
para que eles depositem toda a sua confiança numa pessoa.
Os analistas são normalmente mais lentos antes de tomarem decisões sobre os
assuntos. Portanto, algumas das melhores maneiras são dar-lhes mais espaço
para desenvolverem amizades.
Faça uso de bons testemunhos: Quando você está falando com um
analisador/apoiador, eles podem facilmente levar as coisas que você disse
sobre outra pessoa ao seu coração. Então quando da próxima vez que um
analisador/apoiador encontrar a pessoa que você mencionou no passado, ele
terá uma breve ideia de quão boa ou má a pessoa pode ser. Ele pode ser
defensivo ou aberto à amizade, com base nos testemunhos que você disse.
Então você deve ter cuidado com as palavras que você usa para falar sobre
outras pessoas na frente dos analisadores/apoiadores.
Dê-lhes mais espaço para desenvolver a amizade: Certas coisas na vida não
podem ser forçadas. Para os analisadores/apoiadores, mesmo que eles possam
desejar amizades sinceras, você precisa dar a eles mais espaço para
desenvolver esse tipo de relacionamento.
Os analisadores/apoiadores podem ser facilmente compreendidos quando
você sabe o que está acontecendo ao seu redor. Lembre-se sempre, eles são
um pouco lentos quando se trata de desenvolver amizades, então você só
precisa ir com o ritmo deles.
Agora, eu diria que as pessoas com a personalidade centralizadora são quase
perfeitas. Elas usam a abordagem certa para se comunicarem, dependendo de
com quem estão falando. Quando estão a falar com os controladores, eles
mudam o seu modo para se relacionarem com os controladores. Quando as
pessoas vêm até eles para obter apoio, elas se tornam compassivas com os
sentimentos dos de coração partido.
Não é incrível se tivermos a personalidade centralizadora?
Mesmo eles são fortes de vontade, eles não parecem ser manipuladores.
Mesmo quando estão apoiando, eles não tentam reter informações
desagradáveis da pessoa pretendida. Na verdade, eles escolhem a maneira
correta de entregar as más notícias à pessoa.
No ambiente de trabalho, eles provavelmente podem se dar bem tanto com os
superiores como também com os subordinados. Os chefes os amam e os
funcionários estão felizes por trabalhar sob eles.
A sério, eles parecem ser impecáveis e pessoas com personalidade
centralizadora são normalmente os líderes mais carismáticos que se pode
encontrar na Terra.
Sério, você só precisa ser você mesmo. Deixe o centralizador ler sua mente e
fazer suas maravilhas enquanto fala com você. É claro que também há certas
coisas que você pode fazer para que eles se sintam melhor. Aqui estão
algumas delas...
Honestidade: Você já ouviu falar do ditado que diz: "Honestidade é a melhor
política"? Se você tem pensado em usar a abordagem correta e palavras para
impressionar o centralizador, deixe-me sugerir que não haverá tal
necessidade. Eles sabem exatamente o que você está pensando no momento
em que começam a falar com você. Portanto, seja honesto com eles.
Entenda que eles são diferentes no momento: Não te surpreendas se vires os
diferentes lados do centralizador. É só neles. Eles podem ser expressivos
nesta hora, e podem ser muito controladores e analíticos durante as reuniões.
Aprenda com eles: Se você for capaz, por favor, aprenda com eles porque o
mundo precisa de mais pessoas como eles para ajudar a tornar o mundo um
lugar incrível para se estar. Se você for capaz de adaptar algumas das suas
maneiras de lidar com as coisas, você vai ser diferente!
Centralizar parece não ter falhas de caráter, mas isso não é verdade. Ninguém
nasce perfeito debaixo do sol. O truque do centralizador é que, eles apenas
sabem como jogar o jogo. Portanto, se você quer ter uma personalidade
centralizadora, este capítulo está definitivamente aqui para ajudar.
CAPÍTULO 11
UM OLHAR RÁPIDO SOBRE AS POLARIDADES
________________

Tornar-se um trabalhador da luz ou um trabalhador da escuridão não é algo


que simplesmente ocorre. É uma escolha inteligente, à qual a grande maioria
dos indivíduos nunca chega.
Você pode ter inclinação para uma ou outra polaridade, e certamente pode
experimentar ambas as polaridades tanto quanto quiser, mas se tornar um
trabalhador da luz ou das trevas significa fazer um compromisso particular
para o comando de uma única polaridade.
Pólos diferentes
Quando você escolhe polarizar, você está construindo um compromisso de
viver um determinado tipo de vida. É como chegar a um compromisso para
um campo específico que leva anos para dominar, como a preparação para os
Jogos Olímpicos, tornar-se músico, ou tornar-se mestre de xadrez.
Você não vai simplesmente despertar um dia para descobrir que... sim... você
é faixa preta, nem vai acordar abruptamente e reconhecer que é um
trabalhador da luz ou um trabalhador das trevas. Polarizar como um
trabalhador da luz ou um trabalhador das trevas é uma vasta dedicação a
longo prazo. Ela não ocorre simplesmente por si só, instantaneamente, a
partir da percepção.
A determinação de polarizar é uma determinação que você faz com cada fibra
do seu ser. Para alguns indivíduos, pode ser uma escolha inata, sentida como
uma espécie de chamado. Outras pessoas devem gastar muito tempo
explorando ambas as polaridades para fazer a dedicação à polarização de
forma realmente consciente e deliberada. Mas a maioria dos indivíduos nunca
polariza.
Se você polariza como um trabalhador da luz, você está comprometendo sua
vida a ajudar o bem maior. Se você se polarizar como um trabalhador das
trevas, você está comprometendo sua vida a ajudar a si mesmo.
Deve ser óbvio que a maioria dos indivíduos nunca faz este tipo de
compromisso em toda a sua vida. Portanto, a maioria dos indivíduos não são
trabalhadores da luz nem das trevas. Os dois extremos de se dedicar a vida a
ajudar o bem maior ou a ajudar a própria autoconsciência não são atraentes
para a maioria dos indivíduos. Não é simplesmente para eles.
Após a polarização, a sua polaridade torna-se o foco chave da sua vida. Você
vive e respira-a diariamente. Praticamente faz parte do seu ADN. É
inimaginável compartimentar uma tal dedicação. Você não pode trabalhar em
um trabalho humilde e fazer trabalho leve ou trabalho não-oficial. Isso é
como tentar ser presidente dos Estados Unidos "não oficialmente". Ser um
trabalhador da luz ou um trabalhador da escuridão é uma coisa 24 horas por
dia, o ano todo. É quem você é, não simplesmente o que você faz.
Aqueles que não polarizaram são livres para sentir ambas as polaridades,
porém com um nível de força muito inferior ao de um trabalhador da luz ou
de um trabalhador das trevas. De fato, é de grande vantagem explorar ambas
as polaridades e compreender como elas funcionam.
Se você é um trabalhador da luz ou um trabalhador da escuridão, você não
terá dúvidas sobre isso. Isso é por definição. Se você tem alguma dúvida
sobre isso, você não polarizou. Esta é uma questão tão primária como
reconhecer que és cinturão negro numa determinada arte marcial. Se tiveres
de questionar, não és cinturão negro.
A racionalidade para polarizar é porque você está preparado para fazer uma
dedicação espirituosa a um determinado tipo de vida. Você está desejando
dedicar todo o seu ser ou para ajudar o bem maior ou para ajudar a si mesmo.
Essa dedicação torna-se a sua intenção de vida. Ela se torna o centro da sua
identidade. Você está a afirmar ao cosmos,
"É quem eu sou."
Quando fizeres esta dedicação, conhecer-te-ás de uma forma que nunca te
conheceste antes. Você vai acordar diariamente reconhecendo porque está
aqui, não porque alguém lhe disse o porquê, mas como você especificou o
seu próprio porquê com o poder da escolha consciente. A cada momento de
cada dia, você vai reconhecer quem você é e o que você está aqui para
realizar.
A polarização traz um novo nível de força, motivação e motivação.
Problemas e obstáculos que anteriormente teriam ultrapassado você vai
parecer como mesquinharia. Uma vez estabelecido um objetivo que se alinha
com sua polaridade, você reconhecerá - não desejará - que ele será
alcançado.
Agir substitui a tentativa. Portanto, você expandirá o escopo dos seus
objetivos para igualar a sua força. Da mesma forma, você expandirá muito
sua linha do tempo para considerar os resultados de suas escolhas, pensando
dez, vinte, muitos anos à frente como uma conclusão antecipada. As loucuras
de curto prazo serão substituídas por lealdades de longo prazo.
Há níveis de polarização. Quanto mais polarizados vocês ficarem, mais vocês
se aproximarão de seus graus mais ricos de poder interior. Quer você seja um
trabalhador das trevas ou um trabalhador da luz, sua origem de força é
sempre encontrada dentro de você.
Não é uma espécie de meio ou poder posicional. Você pode ser privado de
todos os seus títulos e posses mundanos e ainda assim sentir-se tão seguro.
Como um trabalhador da luz, o teu poder flui para fora. Como um trabalhador
das trevas, o teu poder flui para dentro. A origem deste fluxo está sempre
dentro de vocês - baseado dentro da consciência de vocês - e a polaridade de
vocês regula a direção do fluxo.
Se não queres polarizar, não o faças. Você é livre de ir utilizando as duas
polaridades, se assim o decidir. Simplesmente esteja ciente de que você pode
nunca esperar superar uma ou outra polaridade, a menos que você se dedique
a uma ou outra.
Dito de outra forma, se você não polarizar, você viverá para sempre com o
conhecimento de que viveu muito abaixo do seu potencial em termos do seu
poder para ajudar os outros ou para ajudar a si mesmo. A sua assistência ao
mundo, assim como a sua assistência a si mesmo, será, na melhor das
hipóteses, média em comparação com o que você pode ter conseguido se
você tivesse polarizado.
Isto deve ser um pouco óbvio. Uma vez polarizado, você está fazendo uma
dedicação sólida, e quando você está realmente dedicado a algo, você
investirá muito mais tempo e energia em suas buscas do que você faria de
maneira diferente.
A polarização é um tipo particular de dedicação, como a dedicação ao
domínio de um campo particular como música, arte, medicina ou
programação de computadores. A maioria dos indivíduos nunca faz uma
dedicação tão grande. Mas você não pode esperar controlar nada, a menos
que você se dedique ao domínio de uma coisa.
O controle é um procedimento, não um lugar. Controle é quando você
transforma um desejo em uma necessidade. Para trabalhadores da luz e
trabalhadores das trevas, estas dedicatórias são alcançadas por diferentes
razões.
No entanto, em ambos os casos, uma conclusão espirituosa é feita para
dedicar seu tempo, poder, recursos e talentos ao papel selecionado com um
elevado grau de intensidade. Essa força de concentração é possivelmente o
que mais distingue alguém que está polarizado.
CAPÍTULO 12
CONCLUSÃO
________________

Agora que você sabe quem você é - é hora de viver a vida autenticamente!
Não te martirizes porque não gostas do teu "tipo". Você é tudo o que você
tem, então trate sua vida com cuidado. Se você não a viver autenticamente,
você só estará vivendo uma vida meio cozida porque isso não é quem você é!
Aproveite a jornada de autodescoberta e compartilhe isso com os outros!

Você também pode gostar