Você está na página 1de 2

III Milênio - Um Portal

Quando me pediram para compartilhar meus sentimentos e


comentários a respeito da relação entre Messias e o novo milênio,
eu imediatamente pensei no imenso interesse que tem se
focalizado nessa simples mudança no calendário.
Por que o evento do milênio provocou tanto espanto e temor?
Qual é o significado de todas as preparações que foram feitas? O
que exatamente foi celebrado?
Por estranho que pareça, ainda não recebi uma resposta satisfatória
para as minhas céticas questões a respeito do novo milênio. Parece
que quando um milênio se aproxima, as esperanças das pessoas
são naturalmente atiçadas. Como por reflexo, elas procuram por
uma era que trará maior significado e realização.
Eu me sinto compelido a perguntar, entretanto, por que este novo
milênio deveria ser diferente de todos os anteriores?
Novos milênios tem feito muito pouco para a melhoria da
humanidade. Isso não deveria estimular aqueles que olham a vida
adiante no novo milênio a considerar por que este momento no
tempo terá alguma diferença daqueles no passado?
Acredito que a expectativa mundial neste novo milênio deriva de
algo mais profundo do que o aparecimento de alguns zeros
adicionais na data.
De fato, a expectativa a respeito dessa transição se origina em uma
esfera além da nossa realidade física. Mais de 400 anos atrás, o
Rabino Abraham Azulai revelou que o ano Bíblico de 5760 iria
levar a um milênio de ressurreição e restauração daqueles que
faleceram. Ainda mais miraculosamente, a nova era veria a
eliminação da morte em si para aqueles que no presente se
encontram entre os vivos.
Enquanto o Centro de Estudos da Cabala fez grande progresso na
disseminação das surpreendentes revelações de Rabi Azulai, para
a maioria das pessoas ainda não está claro - conscientemente, pelo
menos - por que este milênio é tão importante. Entretanto, pelo
fato das impressionantes revelações de Rabi Azulai terem sido
enviadas para o cosmos, podemos esperar que a humanidade como
um todo sinta essa excitação, ainda que de uma maneira não
informada. Enquanto em um nível intelectual esse conhecimento
possa não ser reconhecido por todos, a consciência coletiva da
humanidade é influenciada pela informação que está revelada em
um nível cósmico. Isso explica as emoções extremas e as grandes
expectativas que acompanharam  a aproximação deste novo
milênio.
Muitos de nós da Comunidade da Cabala já começamos a
testemunhar milagres assombrosos e sem precedentes associados
ao surgimento da nova era. Mas outras pessoas não estão aptas ou
se recusam a admitir o processo de ressurreição e do fim da morte
que já está a caminho. "Racionalistas" poderia ser uma boa
palavra para descrever esses indivíduos - mas o racionalismo tem
seus limites, conforme a Cabala há muito entendeu e a ciência está
começando agora a reconhecer. O Zohar, por exemplo, ensina que
o princípio da "mente sobre a matéria" foi estabelecido já no
tempo da Criação, e hoje a ciência está explorando a
impressionante evidência de que a consciência pode influenciar,
em alguns casos verdadeiramente criar, o universo físico.
Nossas mentes são tão fundamentais para a fabricação da
realidade quanto o tempo, o espaço e a matéria.

Rabino Berg
Presidente Centro de Estudos da Cabala Internacional.

Você também pode gostar