Você está na página 1de 16

Perseguição do povo

Rohingya
DIREITOS HUMANOS

GEOGRAFIA C
PROFa CONCEIÇÃO GUERRA
Sobre este povo
Povo oriundo de
Arracão, ou Rakhine,
em Myanmar

É uma minoria
muçulmana com língua
própria - o rohingya

Encontra-se espalhado
por diversos países

Existe uma maior


concentração em
Myanmar http://desvendandopolitica.com.br/wp-content/uploads/2018/05/rohingya-3.jpg

Povo rohingya
Coordenadas geográficas de Myanmar

- Latitude: 39°54ʹ26″ N
- Longitude: 116°23ʹ50″ E https://www.google.com/maps/place/Myanmar/@18.8011492,87.6262484,5z/data=!3m1!4
b1!4m5!3m4!1s0x305652a7714e2907:0xba7b0ee41c622b11!8m2!3d21.916221!4d95.95597

- Altitude do nível do mar: 49 m 4


Para onde fogem?
▪ Bangladesh (pela região de Cox’s Bazar onde
existem sete acampamentos):
▪ seis na província de Chittagong;
▪ um na região de Daca, capital do Bangladesh.

▪ Coordenadas geográficas:
Coordenadas Daca, Chittagong,
geográficas Bangladesh Bangladesh
Latitude 23°42ʹ37″ N 22°20'18.24" N
Longitude 90°24ʹ26″ E 91°49'54.05" E
Altitude do 23 m 29 m
https://www.google.com/maps/search/daca+e+chittagong/@22.9704969,89.2364226,7.25z
nível do mar
Daca e Chittagong
Como fogem?
▪ Migram, primeiro, para o leito do rio Naf onde chegam até à fronteira entre o Bangladesh e
Myanmar.
▪ Sem qualquer pausa no percurso, apenas esperam para cruzarem a fronteira ou ir a algum dos
campos com esperanças de receber algum asilo.

https://www.juponline.pt/wp-content/uploads/2017/11/170902-myanmar-rohingya-refugees-fleeing-cheat_jqcnpk.jpg

Povo rohingya
Religião
▪ As duas comunidades, de budistas e
muçulmanos, já viviam separadas há
décadas, assim ficaram totalmente
segregadas após os acontecimentos de
Rakhine;
▪ Os muçulmanos rohingyas são das
minorias mais perseguidas no mundo;
▪ Estão proibidos de se casar ou viajar sem
a permissão das autoridades;
▪ Não têm o direito de possuir terra ou
propriedade. https://pt.wikipedia.org/wiki/Povo_rohingya#/media/Ficheiro:Rohingya_flag.png

Bandeira rohingya
São perseguidos por quem e porquê
▪ Desde 1940 que o exército de Myanmar persegue os rohingya, pois são alvo de discriminação
recorrente e considerados pelo governo como imigrantes ilegais e como tal não podem:
▪ viajar;
▪ aceder ao mercado de trabalho;
▪ à assistência médica;
▪ à educação.

https://noticias.r7.com/internacional/exercito-rohingya-matou-hin
dus-em-mianmar-diz-anistia-internacional-23052018

Oficial de Mianmar faz guarda na fronteira com Bangladesh, no Estado de Rakhine


Características do povo

https://www.siganossatrilha.com/o-povo-do-myanmar/ https://www.siganossatrilha.com/o-povo-do-myanmar/

Tem como hábito mastigar noz de areca com folhas de Este povo tem como costume diário a utilização de
bétel, que faz uma mistura num tom avermelhado na boca e tanaka, pasta feita do pó da casca de uma árvore, que tem
dentes. a função de um protetor solar.
São mais de 100 grupos étnicos que vivem em várias regiões do país e usam os trajes típicos.

https://www.siganossatrilha.com/o-povo-do-myanmar/

É comum encontrá-los por todo o lado e, assim, deixam bem


específico qual é a sua tribo e origem.
Principais conflitos
▪ Em Rakhine era praticada uma grande violência contra os rohingya, o que constitui um extenso padrão
de violações e abusos;
▪ O confronto intensificou-se quando uma mulher de religião budista foi violada por três homens
muçulmanos, em Rakhine;
▪ Sucederam-se 78 mortes e milhares de propriedades foram destruídas.

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2017/09/13/quem-sao-os-rohingyas-povo-muculmano-que-a-onu-diz-ser-alvo-de-limpeza-etnica.htm

Povo a transportar uma vítima


▪ Em outubro de 2016, três postos da guarda fronteiriça foram atacados por grupos de homens armados,
e colocou Rakhine em estado de emergência.
▪ Este acontecimento marcou a primeira ação do Exército de Salvação dos rohingya de Arracão (ESRA),
um grupo que se apresenta como a resistência armada contra os abusos sofridos pelos rohingya.
▪ A 25 de agosto de 2017, o conflito tomou proporções maiores, quando cerca de trinta postos da polícia
na região foram atacados, exigidos pelo ESRA, causando uma centena de mortos.

https://s3.observador.pt/wp-content/uploads/2017/09/13134040/845514998.jpg

Povo rohingya
Situação atual do conflito
▪ Está a sofrer o que a ONU denominou de
“limpeza étnica”, conduzindo a uma crise
migratória sem precedentes;
▪ A “limpeza étnica” teve origem no conflito
entre os Budistas e os muçulmanos rohingya,
em junho de 2012;
▪ No Tribunal Internacional de Justiça (TIJ), a 23
de janeiro de 2020, ordenou o Myanmar a
tomar medidas de emergência para prevenir o
genocídio da minoria rohingya.

https://static.poder360.com.br/2019/12/ONU.png

Tribunal da ONU julga Myanmar por massacres


dos rohingya
Consequências do conflito

Vários ataques e Foi criada uma petição


Protestos por parte de
conflitos recorrentes o que pretende retirar o
Crise humanitária organizações
que acabou por prémio Nobel da Paz a
internacionais
causar: Aung San Suu Kyi

Grandes perdas Desnutrição Condições


humanas sub-humanas
Ajudas ao povo
(ONG e outras instituições)

https://www.aboutfarma.com.br/images/materias/2019/10/ https://www.dnoticias.pt/documents/1/0/768x384/0c0/0d0/none/1
1049950602_Unicef_logo_450.png 1506/OQEO/14_61.jpg

▪ Promover a defesa dos direitos das crianças: ▪ Defende os direitos humanos:


▪ Denuncia a escassez de alimentos, de água potável ▪ Fim da campanha de violência e abuso dos direitos
e de cuidados de saúde. humanos;
▪ Não deixa passar despercebido: ▪ Garantia de acesso livre ao estado de Rakhine, a
atores de ajuda humanitária, e às Nações Unidas
▪ Os abusos sexuais, casamentos forçados e o
trabalho infantil.
Ajudas ao povo
(ONG e outras instituições)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Flag_of_Europe.svg
https://www.facebook.com/pg/ACNURportu
gues/posts/ União Europeia

▪ A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) protege e ▪ Ajuda com a assistência humanitária básica
oferece assistência às pessoas: disponibilizando:
▪ Equipamentos e bens materiais; ▪ Abrigos;
▪ Cria novos espaços e instalações; ▪ Serviços de saúde;
▪ Medidas para os problemas de saúde. ▪ Água e saneamento;
▪ Assistência nutricional;
▪ Educação e serviços de proteção.
Conclusão

https://images.impresa.pt/expresso/2019-11-11-rohingya/original/mw-860

Povo rohingya

Você também pode gostar