Você está na página 1de 2

Cinética Química

Fatores que influenciam nos aspectos quantitativos da taxa de reação:

 A natureza química dos reagentes;


 A habilidade dos reagentes para entrarem em contato um com o outro;
 As concentrações dos reagentes;
 A temperatura;
 A disponibilidade dos agentes aceleradores das taxas, chamados catalisadores.

Reação homogênea: Os reagentes se encontram na mesma fase.

Reação heterogênea: Os reagentes se encontram em fases distintas.

Em uma reação heterogênea a área de contato entre as fases determina a taxa de


reação. Essa área é controlada pelo tamanho da partícula e reagentes.

Um expoente numa lei de taxa é chamado de ordem de reação.

A teoria da colisão é que a taxa de uma reação é proporcional ao mínimo de colisões


efetivas por segundo dentre as moléculas reagentes.

A medida que aumenta a concentração dos reagente a quantidade de colisões efetivas


aumenta.

Um aumento modesto da temperatura geralmente não afeta a energia de ativação.

Calor de reação é a diferença entre a energia potencial do produtos e a energia


potencial dos reagentes.

Reação exotérmica: A energia potencial dos produtos é mais baixa do que a dos
reagentes. A temperatura do sistema aumenta durante uma reação exotérmica porque
a energia cinética molecular média do sistema aumenta.

Para reações endotérmicas o valor da energia de ativação é elevado, tornando assim


as reações bastante lentas.

Uma reação que é exotérmica numa direção deve ser endotérmica na direção
contraria.

A energia potencial do estado de transição corresponde ao ponto de máximo no


diagrama da energia potencial.

Complexo ativado: são as substância químicas instáveis que se formam durante o


estado de transição, neste instantes suas ligações encontram-se parcialmente
quebradas.
Energia de ativação é a energia cinética combinada que as partículas que colidem
devem ter para a reação ocorre.

Uma energia de ativação muito alta sugere que a ligação de quebra contribui muito
profundamente para a formação do complexo ativado, porque a ligação de quebra é
um processo de absorção de energia.

Um processo elementar é uma reação cuja lei de taxa pode ser escrita a partir de sua
própria equação química.

Um catalisador heterogêneo é comumente um sólido, e normalmente funciona


promovendo uma reação na sua superfície.

A indústria petrolífera usa os catalisadores heterogêneos para quebrar


hidrocarbonetos em fragmentos menores e então transformá-los nos componentes
úteis da gasolina.