Você está na página 1de 6

Discente: Arcenio Artur Munguambe

Marque com x a alternativa que melhor responde a questão. (cada resposta certa 0.75x4=3v)

1. Ao misturar uma solução aquosa de iodeto de potássio com uma solução aquosa de nitrato de
chumbo, ocorre a formação imediata de um precipitado amarelo. Aquecendo-se a mistura até
próximo da ebulição, o precipitado é totalmente dissolvido, sendo formado novamente com o
resfriamento da mistura até a temperatura ambiente. Quanto à fórmula do precipitado
formado e à natureza termoquímica de seu processo de dissolução, pode-se afirmar com
acerto que são, respectivamente:

a) KNO3 — endotérmica c) Pb(NO3)2 — exotérmica e) KNO3 — exotérmica


b) PbI2 — exotérmica d) PbI2 — endotérmica

2. São dados os gráficos representativos do caminho das reacções (C.R.): Qual das reacções é,
provavelmente, a mais rápida?

3. Dada a equação termoquímica:


S (s) + O2 (g) →SO2 (g) ∆H = -72 kcal
Na formação de 160 g de dióxido de enxofre:
a) há liberação de 72 kcal, pois a reacção é exotérmica.
b) há desprendimento de 180 kcal, pois a reacção é exotérmica.
c) há absorção de 72 kcal, pois a reacção é endotérmica.
d) há absorção de 180 kcal, pois a reacção é endotérmica.
e) não há troca de calor, pois a reacção é atérmica.

4. Uma reacção química processa-se conforme o gráfico abaixo:

É incorrecto afirmar que:


a) a passagem I é endotérmica.
b) a passagem II envolve a menor energia de activação.
c) a passagem III é a mais lenta.
d) a passagem III libera mais calor do que II.
e) a reacção se processa em etapas.

Analise as proposições abaixo, e discuta por que cada uma delas é verdadeira ou falsa.
(1.0x4=4v)
I. Na teoria de Brönsted, a base conjugada de um ácido forte é sempre fraca ____.
II. Todos os ácidos de Arrhenius são ácidos de Lowry-Brönsted, mas nem todo ácido de
Lowry-Brönsted é ácido de Arrhenius___.
III. Segundo Lowry-Brönsted, ácido é uma substância capaz de doar protões ____.
IV. Conforme teoria de Brönsted, uma substância não precisa ter OH – para ser uma base,
mas deve ser doador de protões ___.

Responde as questões a baixo demonstrando através dos cálculos


1. O soro caseiro, recomendado para evitar a desidratação infantil, consiste em uma solução
aquosa de cloreto de sódio (NaCl) 0,06 mol " L-1 e sacarose (C12H22O11) 0,032 mol " L-1.

a) Determine as quantidades (em gramas) de cloreto de sódio e de sacarose necessárias


para preparar um copo (200 mL) de soro caseiro (2v)

2. O ferro possui calor especifico de 0,46 J g-1 °C e o alumínio o dobro deste valor. A densidade do ferro
é 7,9 g cm-3 e do alumínio é a 2.700 kg m-3.
a) Com estas informações, calcule , respectivamente a energia necessária para aquecer uma panela de
ferro e outra de alumínio, ambas com cerca de 500 mL dos metais, em 1 oC. (3v)

3. O vinagre é uma solução de ácido acético que pode ser obtida pela oxidação do álcool etílico do
vinho. Sabendo que a análise de uma amostra de vinagre revelou ter [H +] = 4,5 x 10– 3 mol/L, pede-se
o pH e o pOH desta amostra, respectivamente: (3v)

4. A reacção que ocorre utilizando os reagentes A e B é de terceira ordem. Para essa reacção não
é possível aplicar a expressão da lei de velocidade:

a) Determine a sua lei da velocidade (2v)

6. O fluoreto de magnésio é um composto inorgânico que é transparente numa larga faixa de


comprimento de onda, desde 120 nm (região do ultravioleta) até 8 mm (infravermelho próximo), sendo
por isso empregado na fabricação de janelas óticas, lentes e prismas.
∆Hform (kJ.mol )
Mg2-(aq) 467
F-(aq) 335
MgF2(s) 1124

Mg-2 (aq) + 2F- (aq) → MgF2(s)


a) Escreva as equações químicas associadas às entalpias de formação fornecidas na tabela e mostre como
calcular a entalpia da reacção de formação do fluoreto de magnésio a partir de seus iões hidratados,
utilizando a Lei de Hess. (1.5v)

b) Calcule a entalpia para a reacção de formação do fluoreto de magnésio a partir de seus iões
hidratados (equação fornecida nos dados acima), com base nos dados de entalpia de formação
padrão fornecidos. 1.5v)

Resolução

Marque com x a alternativa que melhor responde a questão. (cada resposta certa
0.75x4=3v)
1. D)

2. II .
3. B)
4. D)

Analise as proposições abaixo, e discuta por que cada uma delas é verdadeira ou falsa.
(1.0x4=4v)
V. Na teoria de Brönsted, a base conjugada de um ácido forte é sempre fraca __V__.
VI. Todos os ácidos de Arrhenius são ácidos de Lowry-Brönsted, mas nem todo ácido de
Lowry-Brönsted é ácido de Arrhenius_V__.
VII. Segundo Lowry-Brönsted, ácido é uma substância capaz de doar protões __V__.
VIII. Conforme teoria de Brönsted, uma substância não precisa ter OH – para ser uma base,
mas deve ser doador de protões __F_.

Responde as questões a baixo demonstrando através dos cálculos

1. Resolução
Dados Calculo da massa para NaCl
Molaridade do NaCL = 0,06 mol/l M =m/ mm∗V
Massa molar NaCl = 23+35,5 = 58,5 g/mol
Volume = 200 ml =200/1000 =0,2 l mol m
0,06 =
l 58,5 g / mol∗0,2l
Massa de NaCl em gramas ---- ?
m=0,70 g de NaCl

Molaridade C 12 H 22 O 11 =0,032 mol/l


Massa molar =12*12+1*22+16*11=342 g/mol
Calculo da massa para C 12 H 22 O11
Volume=0,2 l
Volume=0,2 l
Massa de C 12 H 22 O 11 em gramas ---- ?

M =m/ mm∗V
m
0,032=
342∗0,2
m
0,032=
68,4
m=2,19 g de C 12 H 22 O 11

R: A quantidade em gramas de cloreto de sódio


é de 0,70 ge de sacarose é de 2,19 g

2. Dados Resolução
c Ferro=0,46 J∗g−1 Alumio

c Aluminio =0,92 J∗g−1 ρ=m/V


m=ρ∗V
ρ Ferro=7,9 g∗cm−3
−3 −3 m=0,0027 g∗cm−3∗500 cm3
ρ Aluminio =2,700 kg∗m =0,0027 g∗cm
m=1,35 g
3
V =500 ml=500 cm
Q=1,35 g∗0,92 J∗g−1∗1 o C
T = 1 oC
Q=1,242 J

Ferro
ρ=m/V
m=ρ∗V
m=7,9 g∗cm−3∗500 cm3
m=3950 g
Q=m∗c∗∆ T
Q=3950 g∗0,46 J∗g−1∗1 o C
Q=3634 J

3.
Dados Resolução
[H+] = 4,5 x 10– 3 mol/L Calculo de PH
PH → ? PH =−log¿ ¿
POH →? PH =−log[4,5∗10−3 ]
PH =−log 4,5+log 10−3
PH =−(0,65−3)
PH =2,35
Calculo de POH
PH + POH =14
2,35+ POH =14
POH =14−2,35=11,65

R: O PH da amostra é de 2.35 e POH é de 11,


65.

4.. a)
Resolução
Como os reagentes A e B são de terceira ordem.
3 3
V =K [ A ] ∗[B]
5..
a) Equação química das entalpias
−¿ ¿

Mg(S ) → Mg2( aq+¿+2 e ¿


)
−¿(aq)¿

1/2 F 2( g) +1 e−¿→ F ¿

Mg(S ) → F2 (g) → MgF 2 (s)

Balanceando a equação
−¿→Mg (S) 467 KJ /mol¿

Mg 2+¿+2 e ¿
( aq )

F
2 F−¿(aq)→
2 (g) +2 e−¿2∗335 KJ / mol¿ ¿
MgF 2 (s )+ F 2 (g) +¿. → MgF 2(s) 1124 KJ /mol ¿
−¿(aq) →MgF 2 ( s) ¿

Mg 2+¿+2 F ¿
( aq )

b)
∆ H =∆ HProdutos−∆ Hreagente
KJ KJ KJ
∆ H =1124
mol
− 467
mol
+2∗335(mol )
∆ H =−13 KJ /mol

Você também pode gostar