Você está na página 1de 13

Este material contém o conteúdo da aula 1 e aula 2 do workshop

conforme o sumário que segue:

Prazos processuais 2
Reavaliação das prisões provisórias 5
Peça processual 8
Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Prazos processuais

17 de março de 2020 - Recomendação 62 CNJ

Art. 1º ao Art. 6º:

- Reavaliação de prisão provisória;

- Suspensão de apresentações em juízo;

- Saída antecipada;

- Prisão domiciliar para grupos de risco e etc.

Art. 7º – Audiências e Sessões de Julgamento em Processo Criminais:

- A prioridade é a resignação em processos com ​réu solto​ e


realização por ​videoconferência​ se o réu estiver preso. Obs: e se
mantida audiência presencial?

Art. 8º – Audiência de Custódia:

- Recomendada a não realização durante o período de calamidade,


transferindo o controle para análise do Auto de Prisão em
Flagrante. Obs: Qual a legalidade dessa não realização? E se
mantida a audiência de custódia?

- Art. 9º ao 11 – Recomendações Sistema Prisional: medidas


preventivas e procedimento em casos de suspeitas ou
confirmação do COVID-19 dentro do sistema prisional.

Em 17 de março 2020 - Liminar na ADPF 347

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 2


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Ministro Marco Aurélio

18 de março - Liminar foi cassada pelo pleno do STF

Em 19 de março de 2020 – Resolução CNJ 313 (Prazos)

Art. 1º – Estabelece Regime de Plantão Extraordinário:

- aplicável a todo o Poder Judiciário Nacional para uniformizar os


serviços judiciários no país.

Art. 2º – Expediente Forense Regular (horário idêntico):

- suspensão do trabalho presencial de magistrados, servidores,


estagiários e terceirizados.

Art. 3º – Suspensão do Atendimento Presencial:

- realização de atendimento remoto.

Art. 4º – Fica garantida a apreciação de medidas urgentes:

- habeas corpus (pedidos de liberdade)

- mandado de segurança

- liminares e antecipação de tutela

- flagrantes

- medidas cautelares,

- progressão de regime e livramento condicional

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 3


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Art. 5º – Suspensão dos Prazos Processuais de 19/03/2020 até


30/04/2020:

- a suspensão não impede a prática de ato processual de natureza


urgente.

- Art. 798 CPP (aplicável a férias e dias não úteis) é aplicável?

- Não, pois estamos em situação sui generis, um Regime de Plantão


Extraordinário.

- Prazos publicados antes da suspensão: suspende contagem,


retomando a contagem em 01/05/2020 (feriado, mas será
computado – pois, aqui sim se aplica o Art. 798) pelos dias
faltantes.

- Prazos publicados após a suspensão: o início da contagem está


suspenso, se iniciando a partir do primeiro dia útil subsequente a
suspensão, ou seja, 04/05/2020.

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 4


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Reavaliação das prisões provisórias

Art. 4 da recomendação 62 do CNJ

Art. 316 CPP - O juiz poderá, de ofício ou a pedido das partes, revogar
a prisão preventiva se, no correr da investigação ou do processo,
verificar a falta de motivo para que ela subsista, bem como novamente
decretá-la, se sobrevierem razões que a justifiquem.

O que é reavaliar?

Art. 317 CPP - A prisão domiciliar consiste no recolhimento do indiciado


ou acusado em sua residência, só podendo dela ausentar-se com
autorização judicial.

Art. 319 CPP - Medidas cautelares diversas da prisão

II - proibição de acesso ou frequência a determinados lugares quando,


por circunstâncias relacionadas ao fato, deva o indiciado ou acusado
permanecer distante desses locais para evitar o risco de novas
infrações; (LEI MARIA DA PENHA)

III - proibição de manter contato com pessoa determinada quando, por


circunstâncias relacionadas ao fato, deva o indiciado ou acusado dela
permanecer distante;(LEI MARIA DA PENHA)

IV - proibição de ausentar-se da Comarca quando a permanência seja


conveniente ou necessária para a investigação ou instrução; (FUGIR)

V - recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga


quando o investigado ou acusado tenha residência e trabalho fixos;

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 5


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

VIII - fiança, nas infrações que a admitem, para assegurar o


comparecimento a atos do processo, evitar a obstrução do seu
andamento ou em caso de resistência injustificada à ordem judicial;

Obs: Não cabe fiança: racismo; tortura; tráfico de entorpecentes;


terrorismo; crimes hediondos; crimes cometidos por grupos armados,
civis ou militares; contra a ordem constitucional e o Estado Democrático.

IX - monitoração eletrônica.

priorizando-se:

a.1) mulheres gestantes, lactantes, mães ou pessoas responsáveis por


criança de até doze anos ou por pessoa com deficiência,

a.2) assim como idosos (60 anos), indígenas, pessoas com deficiência
ou que se enquadrem no grupo de risco;

"CONSIDERANDO que o grupo de risco para infecção pelo novo


coronavírus – Covid-19 compreende pessoas idosas, gestantes e
pessoas com doenças crônicas, imunossupressoras, respiratórias e
outras comorbidades preexistentes que possam conduzir a um
agravamento do estado geral de saúde a partir do contágio, com
especial atenção para diabetes, tuberculose, doenças renais, HIV e
coinfecções; "

b.1) pessoas presas em estabelecimentos penais que estejam com


ocupação superior à capacidade,

b.2) que não disponham de equipe de saúde lotada no estabelecimento,

b.3) que estejam sob ordem de interdição, com medidas cautelares


determinadas por órgão do sistema de jurisdição internacional,

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 6


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

b.4) ​ou que disponham de instalações que favoreçam a propagação do


novo coronavírus;

c.1) prisões preventivas que tenham excedido o prazo de 90 (noventa)


dias

c.2) ​ou que estejam relacionadas a crimes praticados sem violência ou


grave ameaça à pessoa;

   

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 7


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Peça processual
 
EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA JUÍZA DE DIREITO DA XX
VARA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA FAMILIAR CONTRA A MULHER
DA COMARCA DE CAMPO GRANDE/MS

Distribuição por dependência nos autos xxx.xxxx.xxx

TÍCIO DA SILVA​, qualificado nos autos vem,


respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, por intermédio do
advogado que esta subscreve, requerer a:

REVOGAÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA


C/C MONITORAÇÃO ELETRÔNICA

o que faz com sustentáculo nos artigos 316 e 319, IX, ambos do CPP,
recomendação 62 do CNJ (CORONAVÍRUS) e demais dispostos
legais aplicáveis à espécie, pelos motivos de fato e de direito que a
seguir expõe.

I- DA PRISÃO

A parte requerente foi presa em flagrante nos autos nº


XXXX.XXXX sendo que em audiência de custódia, a magistrada da 3ª
Vara De Violência Doméstica Familiar Contra A Mulher, houve por bem

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 8


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

decretar a prisão preventiva, porquanto o requerente teria em


22/01/2020 ameaçado e ofendido a integridade física da vítima MARIA
DA PENHA, sua ex-namorada, encontrando-se detido desde então.

Proposta a ação penal de nº ​XXX.XXX em trâmite na 1ª


Vara de Violência Doméstica Familiar Contra a Mulher, nota-se que a
denúncia foi recebida, estando os autos aguardando realização da
audiência de instrução e julgamento designada para 26/03/2020.

Ocorre que, a ​Humanidade vive uma ​pandemia causada


pelo vírus COVID-19 (“coronavírus”), assim reconhecida1 pela
Organização Mundial de Saúde no dia 11 de março de 2020. As
proporções que a pandemia pode atingir são desconhecidas, assim
como o são os seus efeitos no Brasil.

Alguns sistemas de saúde mundiais estão em risco de


colapso. Os números de infectados cresce de modo alarmante em
escala geométrica diariamente. Milhares de pessoas estão morrendo2.

A disseminação da doença está colocando em xeque o


sistema de saúde como um todo. Com isso, tem-se que um dos
objetivos da atual estratégia de saúde pública mundial é suavizar3 a
curva de contágio, de maneira que o sistema de saúde suporte a
demanda que virá.

1
​https://www.bbc.com/portuguese/geral-51842518

2
​https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200318-sitrep-58-covid-19.pdf?sfvrsn=20876712_2
3
​https://www.washingtonpost.com/graphics/2020/health/corona-simulation-portuguese/

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br 9


Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

O distanciamento social vem sendo adotado para


enfrentamento do COVID-19, pelos Órgãos Públicos a fim de frear seu
avanço.

O sistema de saúde de Mato Grosso do Sul também será


posto à prova em breve, com estimativa de pico de infecções em
pouquíssimas4 semanas. Os recursos humanos e de material, tais como
leitos em UTI’s são reconhecidamente limitados. (COLOCAR DADOS
ATUALIZADOS)

Na Itália médicos já tem que decidir quem vive e quem


ficará relegado à própria sorte5.

O requerente está atualmente preso preventivamente


aguardando a realização da audiência de instrução e julgamento
designada para o dia 26/03/2020.

Importante relembrar que o requerente está inserido em


um sistema prisional reconhecido como “estado de coisas
inconstitucional” (vide ADPF 347).

O Brasil está em esforço coletivo para minimizar os efeitos


da pandemia (cada qual dentro dos limites e competências que lhes são
devidos).

4
​https://www.jd1noticias.com/saude/reinaldo-preve-surto-de-coronavirus-em-um-mes/73589/
5

https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus/medico-italiano-relata-rotina-com-covid-19-como-uma-guerra-salvamos-quem-
podemos-24294811

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br


10
Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

O CNJ estabeleceu recomendações aos Tribunais e


magistrados, por meio de sua Recomendação 62/20206. A
Recomendação reconheceu que o grupo de risco para infecção pela
COVID-19 compreende pessoas idosas, gestantes, pessoas com
doenças crônicas, imunossupressoras, respiratórias e outras
comorbidades preexistentes que possam conduzir a um agravamento do
estado geral de saúde a partir do contágio.

Com isso, a Recomendação 62/2020 do CNJ assim


estabeleceu:

(...)
Art. 4º Recomendar aos magistrados com
competência para a fase de conhecimento criminal
que, com vistas à redução dos riscos epidemiológicos
e em observância ao contexto local de disseminação
do vírus, considerem as seguintes medidas:
I – a reavaliação das prisões provisórias, nos termos
do art. 316, do Código de Processo Penal,
priorizando-se:
a) mulheres gestantes, lactantes, mães ou pessoas
responsáveis por criança de até doze anos ou por
pessoa com deficiência, assim como idosos,
indígenas, pessoas com deficiência ou que se
enquadrem no grupo de risco;
(...)

6
​https://www.cnj.jus.br/wp-content/uploads/2020/03/62-Recomenda%C3%A7%C3%A3o.pdf
Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br
11
Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

c) prisões preventivas que tenham excedido o prazo


de 90 (noventa) dias ou que estejam relacionadas a
crimes praticados sem violência ou grave ameaça à
pessoa

No caso do requerente, a reavaliação prevista no inciso I


da Recomendação supratranscrita, é cabível vez que a prisão foi em
flagrante sem que houvesse qualquer tentativa do Juízo em aplicar esta
cautelar específica, qual seja, monitoração eletrônica.

Isso porque, é cediço que com o advento da Lei n.


12.403/2011, a prisão cautelar passou a ser, a mais excepcional das
medidas, devendo ser aplicada somente quando comprovada a
inequívoca necessidade.

No entanto, conforme já explanado acima, em audiência


de custódia a magistrada sequer avaliou a possibilidade de aplicar
qualquer outra cautelar e decretou a prisão preventiva em desfavor do
requerente.

Ademais, repisa-se que a custódia cautelar atual tem


impacto não somente na liberdade do acusado, mas também, na atual
conjuntura, diretamente na saúde pública como um todo, aí incluídos
agentes penitenciários, oficiais de justiça, policiais, internos etc. Tem
impacto na maior ou menor demanda de leitos de UTI’s e caso de
contaminação.

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br


12
Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br

Diante do exposto, pelas razões acima requer a imediata


revogação da prisão preventiva, em favor de ​TÍCIO DA SILVA ​aplicando
outra medida cautelar, qual seja, monitoramento eletrônico consistente
no uso de tornozeleira, conforme artigo 319, IX do Código de Processo
Penal​.

II - DO PEDIDO

Por tais razões, requer a Vossa Excelência a revogação da


PRISÃO PREVENTIVA​, em favor de ​TÍCIO DA SILVA​, aplicando-se a
medida cautelar de monitoramento eletrônico, consistente no uso de
tornozeleira prevista no artigo 319, IX do Código de Processo Penal.

Termos em que,
Pede Deferimento.

Campo Grande, 20 de março de 2020.

Nome
ADVOGADO OAB n XXX
 

Workshop Advogando na Crise - ​https://advogandonacrise.com.br


13