Você está na página 1de 7

O QUE TU TENS COM A BESTA?

(APOCALIPSE 13)

Página 1/3                
 
 
D'us em sua infinita Graça, Misericórdia e Onisciência revelou para um dos
seus servos querido a palavra profética chamada de APOCALIPSE!
Há cerca de 1907 anos atrás, o Senhor D'us permitiu que o apóstolo João por
causa do seu testemunho e da sua fé, fosse levado preso a uma ilha conhecida por
Patmos. 
As revelações seriam grandiosas e João precisaria de um lugar "calmo" para
compreender todas aquelas visões celestiais!
E nada melhor do que estar aprisionado em uma ilha pouco movimentada
como Patmos! D'us concedeu as revelações a João por volta do ano 94-96 d.C.
segundo vários historiadores conceituados no meio cristão.
O apóstolo Paulo já havia sido morto por causa da sua fé e testemunho.
Pedro, Tiago, Judas, Filipe, Mateus, André, Tomé e tantos outros milhares de
irmãos na fé também haviam sido mortos por causa do evangelho da Nova Aliança.
Dentre os apóstolos restava somente João! Talvez ele até vivia recordando
aquela resposta que o Senhor Jesus dera a Pedro: "Se Eu quero que ele
permaneça até que Eu venha, que te importa?" (João 21:22-23).
Mas ele bem sabia que o seu tempo estava se findando aqui na terra. Com
certeza o Espírito Santo já vinha preparando-o para partir rumo ao Paraíso de
D'us, assim como fizera com o apóstolo Paulo (2º Timóteo 4:6-8); também com o
apóstolo Pedro (2º Pedro 1:13-14) e certamente assim têm sucedido com todos os
servos atentos a voz do nosso Pai Celestial.
Nesses últimos tempos, sabemos que não são poucos os discípulos do
Senhor Jesus que fazem pouco caso da leitura e meditação do livro do Apocalipse.
No entanto o apóstolo e profeta João deixou-nos escrito assim: "Bem-
aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da
profecia e guardam as cousas nelas escritas, pois o tempo está próximo."
(Apocalipse 1:3)
"... o tempo está próximo". Tudo tem um propósito na palavra de D'us! Seria
D'us mentiroso ou em última análise os seus servos, os profetas, seriam
mentirosos? Pois já se passaram cerca de 2000 anos que João escreveu:...O tempo
está próximo!
Certamente que D'us não é mentiroso. D'us abomina a mentira! Também os
profetas de D'us amam a verdade e detestam a mentira. Porém ao escrever assim
devemos reconhecer o Amor, a Misericórdia e a Longanimidade do nosso D'us para
a humanidade. Cremos na palavra sagrada que diz que D'us não quer que ninguém
pereça, mas sim, que todos venham alcançar a vida eterna! E mesmo advertindo
ao povo de que o tempo está próximo, lamentavelmente são pouquíssimos aqueles
que estão buscando a reconciliação e o perdão de D'us para serem dignos do reino
dos céus. E pior: são poucos aqueles que tendo alcançado a Misericórdia de D'us
têm perseverado na presença do Senhor e no Amor Celestial para não serem
encontrados na vergonha de uma "nudez" espiritual.
"Bem-aventurados..."! O profeta João compara aqueles que lêem e ouvem as
palavras proféticas do Apocalipse como aqueles que o Senhor Jesus descrevera no
passado: "Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino
dos céus."..."Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos
injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.
Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois
assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós" (cf. Mt. 5:3 e
11-12).
Entretanto sabemos que uma mentalidade perniciosa ganhou um tremendo
espaço no meio cristão: - Para que estudarmos o Apocalipse ou nos preocuparmos
com os acontecimentos do futuro? O importante é que eu já aceitei Jesus em meu
coração!
Muito bem! Pois os cristãos/discípulos de Jesus deste século 20/21 deveriam
estender tal atitude e desprendimento para outros aspectos da vida, tais como:
desemprego, o que vestir amanhã, o que comeremos amanhã, como irei trabalhar,
pois quebrou o carro, como pagarei as contas quando surgem imprevistos
financeiros, ou quando se é comerciante e o movimento da loja esta fraco...!
O rei Shlomo (Salomão) com a sabedoria que o Eterno lhe deu deixou-nos
escrito: "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo
propósito debaixo do céu..."
Creia-me amigo leitor: Estamos no tempo de considerarmos seriamente as
palavras do APOCALIPSE! 
Ouvimos diversos sermões a respeito da ressurreição do Senhor Jesus e da
gloriosa vitória Dele sobre a morte e o inferno; Vitória essa, que também foi
outorgada para todos aqueles que disseram sim à Misericórdia de D'us e ao plano
de reconciliação através do Senhor Jesus o Messias!
E dizem tais "pregadores" da palavra de D'us, que, quanto à restauração
de Israel, ela se dará apenas quando o Senhor Jesus voltar (com a igreja
glorificada!) e assim todos os judeus olharão para Aquele a quem
traspassaram! A partir daí, segundo tais "pregadores" - "escribas da igreja", a
nação israelita reconhecerá que verdadeiramente Aquele que eles - judeus,
crucificaram em Jerusalém é o Messias da Salvação.
No entanto ao examinar o livro do Apocalipse 1:12-18 compreenderemos
que não é correto tal ensinamento, pois está escrito a respeito do Senhor Jesus
glorificado: "Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete
candeeiros de ouro e, no meio dos candeeiros, um semelhante ao Filho de
homem, com vestes talares e cingido, à altura do peito, com uma cinta de
ouro. A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve; os
olhos, como chama de fogo; os pés, semelhantes ao bronze polido, como
que refinado numa fornalha; a voz, como voz de muitas águas. Tinha na
mão direita sete estrelas, e da boca saia-lhe uma afiada espada de dois
gumes. O seu rosto brilhava como o sol na sua força.
Quando o vi, cai a seus pés como morto. Porém Ele pôs sobre mim a
mão direita, dizendo: Não temas; Eu sou o primeiro e o último e Aquele
que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e
tenho as chaves da morte e do inferno."
O Senhor Jesus foi glorificado com a glória que Ele tinha desde antes da
fundação do mundo! Peço aos amados leitores que examinem a palavra escrita no
evangelho de João 17:5 e comparem com a palavra sagrada escrita em Daniel
10:5-9!
Sendo assim, como é que os judeus reconhecerão ao Jesus crucificado?
Mediante a palavra de D'us descrita no Apocalipse compreendemos que não resta
nenhum "vestígio" da crucificação no corpo glorificado do Senhor Jesus. Aleluia!
Glória a D'us! Tal entendimento tem faltado à maioria dos pastores e doutores da
bíblia, lamentavelmente.
Mas o Senhor Jesus ressurreto mostrou a Tomé e aos demais discípulos as
"marcas" que estavam em suas mãos, em seus pés, e ao lado de seu corpo, não é
mesmo?
Certamente que o Senhor o fez! Pois naqueles 40 dias nos quais o Senhor
Jesus ressurreto permaneceu aqui na terra Ele ainda estava em um corpo de
"carne e ossos" (cf.Lucas 24:39); E assim sucedeu para testemunho da sua vitória
e do Poder de D'us sobre a morte!
Não podemos desprezar o fato que o Senhor Jesus é D'us. E jamais alguém
poderia vê-lo face a face em toda a sua glória e permanecer vivo. Moisés, Daniel,
Paulo e João entre outros viram-no em visão ou pelas costas (cf.Êxodo 33:17-23)
momentaneamente, e ficaram totalmente sem forças, praticamente como mortos
diante do resplendor da glória de D'us! Pois o nosso D'us é Fogo Consumidor!
(cf. Êxodo 19:18 e 24:17).
Neste contexto encontramos em Apocalipse 1:7: "Eis que vem com as
nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos
da terra se lamentarão sobre Ele. Certamente. Amém."
Erroneamente fundamentam neste texto a conversão e restauração de
Israel. Quando na verdade o profeta João está apenas confirmando que na vinda
do Senhor Jesus todos se apresentarão ao Rei dos Reis e Senhor dos Senhores;
Jesus o Messias! "... e todo olho o verá..." Comparemos esta afirmativa com o
testemunho do querido e amado irmão e apóstolo Paulo: "Portanto, nada
julgueis antes do tempo, até que venha o Senhor, o qual não somente
trará à plena luz as cousas ocultas das trevas, mas também manifestará
os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá o seu louvor da
parte de D'us".(1º Coríntios 4:5) e disse Jesus: "Porque o Filho do homem há
de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada
um conforme as suas obras." (Mt.16:27) e outra vez: "Então, aparecerá no
céu o sinal do Filho do homem; todos os povos da terra se lamentarão e
verão o Filho do homem vindo sobre as nuvens do céu, com Poder e muita
Glória." (Mt.24:30)
Portanto o texto de Apocalipse 1:7 não faz referência alguma a restauração
do tabernáculo de David neste evento. Simplesmente atesta a 2ª vinda do Senhor
Jesus em Poder e muita Glória e que todos comparecerão diante Dele até quantos
o traspassaram!
Quem traspassou o Senhor Jesus? Os judeus ou os romanos?
No evangelho segundo João 19:34 está escrito: "Mas um dos soldados lhe
abriu o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água".Quem traspassou o
Senhor Jesus com uma lança foi um soldado romano e não um judeu!
Quem verá o Senhor Jesus em sua vinda Gloriosa? Todo olho o verá! Até
aquele soldado romano que o traspassou com a lança sem nenhuma piedade ou
temor a D'us.
Podemos atentar para uma outra revelação do texto de Apocalipse 1:7 que
testifica que todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele. Se estivermos lendo
que a vinda Dele resultará em lamentação para todas as tribos, ou seja, todas as
nações, então definitivamente não há porque fundamentarmos neste texto como
algo exclusivo a nação judaica.
Pois será um dia de exultação e alegria para os santos, para todos aqueles
que tiveram as suas vestes lavadas no sangue do Cordeiro - que é Jesus; e
também será um dia de amargura, angústia e lamentação para aqueles que
desprezaram o grandioso Amor Divino e não se arrependeram de suas más obras.
E certamente pela Misericórdia do Senhor Jesus - o D'us forte de Israel e por
Amor ao seu Santo Nome, quando da vinda Dele em Poder e muita Glória (e as
Escrituras Sagradas testificam apenas a 2ª vinda!) então Israel já estará
restaurado e em Paz com o D'us de Avraham, e Yitzchac, e
Yaacov.                                                      
Apocalipse 1:19 revela: "Escreve, pois, as cousas que viste, e as que
são, e as que hão de acontecer depois destas”.
Sim, o Senhor Jesus glorificado, com vestes talares e cujo rosto brilhava
como o sol na sua força, disse ao profeta João que escrevesse "as cousas que
viste", ou seja, que testificasse do cumprimento da obra de D'us das quais ele
havia contemplado em visões; Que testificasse do nascimento do Messias, do
Ministério Messiânico já cumprido, da ressurreição do Messias e das perseguições
por Ele enfrentadas. Muitos daqueles acontecimentos João presenciou e participou
como discípulo amado que era do Messias Jesus; João era filho de Zebedeu e
Salomé - irmã de Maria; portanto ele era primo de Jesus!
E o profeta João as relatou não apenas de um modo "temporal" como ele
havia contemplado; D'us revelou a ele cada acontecimento que se cumpriu com
seu respectivo efeito no reino dos céus!
E dessa maneira João achou-se em espírito, e foi concedido a ele sob a ótica
espiritual os acontecimentos relacionados ao Ministério do Senhor Jesus na terra e
a sua repercussão no Reino Celestial (cf.Apocalipse 5:1-14; 12:1-17). Foi
concedida a João uma retrospectiva gloriosa da qual somente D'us pode realizar
em sua Onipotência, Onipresença e Onisciência Eterna! Verdadeiramente o Senhor
D'us é Soberano sobre a terra e todo o universo. O salmista David, de abençoada
memória, escreveu: "Em tempos remotos, lançaste os fundamentos da
terra; e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu
permaneces; todos eles envelhecerão como um vestido, como roupa os
mudarás, e serão mudados. Tu, porém, és sempre o mesmo, e os teus
anos jamais terão fim." (Salmos 102:25-27). Louvado seja D'us!
O Senhor Jesus ordenou; "... e as que são...". E foi revelado a João o teor de
(7)sete cartas as igrejas da Ásia; Cartas de exortação, repreensão, edificação,
esperança, fidelidade e recompensa. Cartas que revelam que nada há ocultado
diante de D'us.
"... e as que hão de acontecer depois destas".
E ao longo do tempo, D'us tem cumprido as suas palavras reveladas nas
Escrituras Sagradas! A palavra de D'us é viva e eficaz em seus efeitos e em seu
cumprimento sobre a terra; Quando lemos a palavra de D'us, algo está se
cumprindo na face da terra - o Espírito de D'us passeia sobre a terra e faz realizar
o seu querer segundo a sua vontade! Glória a D'us!
No evangelho de João 16:13 está escrito: "... quando vier, porém, o
Espírito da Verdade, Ele vos guiará a toda a Verdade; porque não falará
por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as cousas
que hão de vir".
Buscar a orientação do Espírito Santo é a chave do entendimento bíblico.
Somente Ele tem as respostas que o homem tanto necessita sobre os oráculos de
D'us e do seu Reino Celestial! E o Senhor Jesus testifica que o Espírito Santo veio a
terra, entre outras bênçãos, para nos anunciar o que virá sobre a terra. Devemos
crer na orientação do Espírito Santo - e quando Ele fala não pode haver dúvidas ou
confusão; Tampouco pode haver múltiplas opções de ensinamentos para se
acreditar. Ou é ou não é! 
Sendo assim, infelizmente, vejo com muita tristeza o trabalho dos teólogos
cristãos em todo o mundo. Professam uma diversidade de ensinamentos, onde o
critério para se proferir tais ensinos vem da sua própria capacidade intelectual.
Raramente dão espaço ao mover do Espírito Santo. Pois quando D'us fala não
restam margens para suposições humanas ou algum conselho para se oferecer ao
Criador. A maioria das escolas bíblica se tornou em "Centro de Suposições";
Doutores da bíblia que ensinam que "é isso, ou aquilo, ou aquilo outro" e cada um
acredita no que quiser...
O Senhor Jesus cheio do Espírito Santo ensinava como quem tem
AUTORIDADE (Mt.7:29) e não como os escribas (os teólogos de Israel), cuja
dedicação a leitura e ao manuscrito das Escrituras Sagradas faziam deles
"guardiões do texto canônico da bíblia". Ocupavam este cargo somente os homens
mais sábios de Israel; Na época do Senhor Jesus eram os escribas homens
escolhidos dentre os "mestres dos fariseus".
Os fariseus constituíam o maior grupo religioso no inicio da era cristã em
Israel. Fariseus (em hebraico "perushim") cuja tradução é "intérpretes"; porém o
significado deste nome levavam-nos a serem conhecidos como "aqueles que se
mantêm separados", pois os seus mestres muitas vezes interpretavam as
Escrituras Sagradas segundo as suas "conveniências"!
"Ai de vós escribas e fariseus, hipócritas..." qualquer semelhança em
nossos dias não é mera coincidência!
Não vou comentar o livro do Apocalipse "versículo por versículo" - como
muitos escribas o fizeram.
Mas estarei satisfeito em compartilhar aquilo que o Espírito Santo tem me
concedido. Entretanto devo enfatizar que as palavras a mim reveladas são sempre
sim, sim; Não, não.
E nesta certeza vos afirmo: Acabamos de adentrar ao tempo do 4º selo
apocalíptico! Está escrito: "Quando o Cordeiro abriu o quarto selo, ouvi a voz
do quarto ser vivente dizendo: Vem! E olhei, e eis um cavalo amarelo e o
seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o inferno o estava seguindo, e
foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar a
espada, pela fome, com a mortandade e por meio das feras da terra”.
(Apoc. 6:7-8).
Esta palavra profética estará se cumprindo por conflitos bélicos entre os
povos; Serão cerca de 1,5 bilhão de mortes!
Também estará assolando o mundo a falta de alimentos; Seja por problemas
de plantio ou mesmo de custo e distribuição adequada dos alimentos aos
necessitados.
A palavra revela que neste tempo haveremos de ver uma grande
mortandade de pessoas. O texto bíblico diz: "por mortandade”;
Distinguindo-a dos demais eventos, guerras e fome; Entenda esta palavra
como morte por doenças, pestes ou pragas mortíferas. Aids, câncer, Ébola,
rubéola, epidemias de cólera, entre outras doenças que até julgavam estar
erradicadas dentre os povos reaparecerão para desespero da medicina mundial. E
por fim assistiremos a cada dia mais noticias de mortes por intermédio de animais
em toda a face da terra. D'us é onisciente; E Ele permitiu que o seu servo - profeta
João, também visse tais acontecimentos!
O 5º selo serve para preparar a igreja em todo mundo para aquilo que
sobrevirá ao povo de D'us. Está escrito: "Quando Ele abriu o quinto selo, vi,
debaixo do altar, as almas daqueles que tinham sido mortos por causa da
palavra de D'us e por causa do testemunho que sustentavam. Clamaram
em grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano Senhor, Santo e
Verdadeiro, não julgas, nem vingas o nosso sangue dos que habitam sobre
a terra? Então, a cada um deles foi dada uma vestidura branca, e lhes
disseram que repousassem ainda por pouco tempo, até que também se
completasse o número dos seus conservos e seus irmãos que iam ser
mortos como igualmente eles foram." (Apoc. 6:9-11).
O sangue derramado injustamente daqueles que serviram a D'us no passado
continua clamando por vingança. E João viu as almas dos nossos irmãos, os
profetas da antiguidade e também a congregação dos cristãos da igreja primitiva;
Todos eles morreram por mãos impiedosas e malignas daqueles que jamais
aceitaram a justiça de D'us e a sua mensagem de reconciliação! Concernente a
isto, o apóstolo Paulo já ensinava: "... Não vos vingueis a vós mesmos,
amados, mas daí lugar à ira; porque está escrito: A mim me pertence a
vingança; Eu é que retribuirei, diz o Senhor." (Rm.12:19).
O Senhor Jesus garante a vingança aos santos redimidos que já estão no
Paraíso de D'us, no seio de Avraham. E disse o Senhor que eles repousassem
ainda por pouco tempo!
Para bom entendedor meia palavra basta...
E foi-lhes anunciado que haveria de se completar o número de irmãos
mortos da mesma maneira que eles. E isto é para aqueles da última geração dos
salvos dentre os gentios, cuja congregação chama-se Igreja ou Noiva de Jesus!
Louvado seja D'us.
Por amor a Igreja, D'us revelou esses acontecimentos ao profeta João e ele
as escreveu para prepara-la em testemunho, fé e perseverança nesta caminhado
rumo ao reino dos céus. Precisamos saber que no tempo da igreja primitiva era
assim que se demonstrava amor a obra de D'us; Ou seja: Anunciando a Verdade!
Por mais cruel que aparentava ser, a verdade sempre prevalecia nos ensinamentos
dos apóstolos e dos demais servos de D'us. Todos pregadores de "rosas"
certamente gostam de anunciar e ensinar a respeito de 1º Tessalonicenses 4:17,
não é mesmo? É uma benção falar do arrebatamento da igreja. Principalmente
dizer ao povo que a igreja estará isenta da grande tribulação! Todos ficam
maravilhados com essa pregação! Todos ficam satisfeitos com a religião "vida
mansa" que é ensinada para essa última geração da igreja. Até o diabo fica
envaidecido por estar conseguindo enganar tanta multidão de cristãos. Na verdade
este ensinamento conhecido como pré-tribulacionista não passa de uma
grandiosa cilada preparada por satanás; Pois esta gerando uma coletividade de
cristãos "covardes", justamente nos países com maior concentração de cristãos,
que não são maioria em nenhum país do mundo. Pois a maioria em todas as
nações é os idólatras! Sim, tentam disfarçar a sua idolatria, até mesmo usando o
Nome de D'us e de Jesus o Messias, no entanto o fim do culto e adoração deles é o
diabo - a quem eles servem! E neste contexto está o catolicismo, o islamismo, o
budismo, o espiritismo e todos aqueles que negam que o Senhor Jesus o Messias é
o D'us-"Emanuel", enviado pelo Pai Celestial para fazer a expiação pelos pecados
da humanidade!
No entanto, na mesma carta de Paulo ele dizia ao povo: "pelo que, não
podendo suportar mais o cuidado por vós, pareceu-nos bem ficar sozinhos
em Atenas; e enviamos nosso irmão Timóteo, ministro de D'us no
evangelho de Cristo, para, em benefício da vossa fé, confirmar-vos e
exortar-vos, a fim de que ninguém se inquiete com estas tribulações.
Porque vós mesmos sabeis que estamos designados para isto; pois,
quando ainda estávamos convosco, predissemos que íamos ser afligidos, o
que, de fato, aconteceu e é do vosso conhecimento”.(1º Tessalonicenses 3:1-
4).
Ensinar ao povo de D'us que estamos isentos da perseguição e morte por
causa do evangelho é no mínimo um atentado contra a palavra do Senhor Jesus
Cristo, nosso Supremo Pastor. Pois Ele mesmo disse: "Lembrai-vos da palavra
que Eu vos disse: Não é o servo maior do que seu Senhor. Se me
perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros..." (João 15:20).
Mais uma vez podemos citar o texto bíblico escrito pelo apóstolo Paulo:
"Porque vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo e não somente
de crerdes Nele." (Filipenses 1:29). O apóstolo Paulo jamais ensinou essa
heresia ao povo de D'us. Ele jamais ensinaria algo que nem ele e nem os demais
irmãos da igreja primitiva estavam vivendo. E será que atualmente, inicio de
século 21, é diferente? Igreja do Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, França, Itália,
Alemanha olhem para a situação dos nossos irmãos na fé na Colômbia, Peru,
México, Sudão, Somália, Nigéria, Líbia, Argélia, Malásia, Indonésia, Filipinas, Irã,
Iraque, Arábia Saudita, Turquia, Rússia, Turcomenistão, Uzbequistão, Egito, Israel,
Líbano, Síria, China, Vietnã...
Ah, mas nós estamos no tempo da graça! Ah, mas o Senhor Jesus Cristo já
sofreu por nós na cruz! São "chavões" utilizados pelos pré-tribulacionistas
para induzirem o povo na crença da isenção da igreja na grande-tribulação.
E porque nossos irmãos de todos os países acima citados (exceto alguns
países...) onde a situação é desesperadora por causa da perseguição, privações,
sofrimentos e morte, muitas mortes, por causa do evangelho da Nova Aliança de
D'us não participam dessa ISENÇÃO identificada indevidamente como "tempo da
Graça?”.
Na verdade, quem ensina que a igreja está isenta de perseguições ou morte
porque Cristo já sofreu pela sua Noiva na cruz do calvário desconhece ou
deturpa o verdadeiro significado do sacrifício do Cordeiro de D'us, Jesus o
Messias!
Devemos relembrar que Graça tem um significado que excede a todo
entendimento carnal, a toda sabedoria do homem! Pois GRAÇA é o dom inefável e
gratuito de D'us para a reconciliação do homem ao seu Criador - D'us, El Shaday!
É o favor imerecido que todas as pessoas tem acesso, judeus e gentio, em
alcançar o perdão e a misericórdia de D'us através do SACRIFÍCIO DO SENHOR
JESUS O MESSIAS.
E isto é gratuito! Dinheiro nenhum deste mundo poderia pagar pela Obra
outorgada aos homens pelo Senhor Jesus. E devemos ter esta consciência bem
presente em nosso coração e mente de que fomos resgatados, não por ouro, ou
prata; Mas pelo precioso sangue imaculado do Senhor Jesus Cristo! ISTO É
GRAÇA! Portanto o que passar disto é pura especulação e conveniência de homens
cheios de sabedoria humana porem desprovidos do Espírito de D'us.
Sendo assim, a palavra de D'us conclama ao seu povo a buscar primeiro o
Reino dos céus. Cada um dos santos redimidos no sangue do Cordeiro, o corpo de
Cristo, em todo o mundo a se levantarem (levanta tu que dormes...) e
proclamarem o Amor do Pai Celestial; Proclamemos o arrependimento e o Perdão
de D'us a todos quantos estão cativos nas garras do inimigo. Para que venham
participar da luz - que é Cristo (Isaías 42:6-7 e João 8:12) e experimentem o
refrigério da Fonte das Águas Cristalinas que flui de D'us; Nosso Senhor, Salvador
e Pai da Eternidade!