Você está na página 1de 3

1.

(Unicamp 2020) A origem da sociedade em rede decorre do desenvolvimento dos meios de transporte, das
comunicações e da transmissão de energia, característica essencial da organização espacial da sociedade moderna
– uma sociedade umbilicalmente ligada à evolução da técnica, à aceleração das interligações e da movimentação
das pessoas, de objetos e de capitais sobre os territórios. Nesse contexto, tem lugar a mudança, associada à rapidez
do aumento da densidade e da escala da circulação.

(Adaptado de Ruy Moreira, Da região à rede e ao lugar: a nova realidade e o novo olhar geográfico sobre o mundo.
etc..., espaço, tempo e crítica. n. 1(3), p. 57,2007.)

No mundo contemporâneo, as redes configuram uma nova forma de organização geográfica das sociedades porque
a) colocam todos os lugares em conexão, garantem fluidez ao processo global de produção e homogeneízam os
espaços.
b) anulam a importância dos territórios e fronteiras nacionais na articulação da geopolítica mundial, reconfigurando a
geografia do poder.
c) constituem sistemas usados livremente pelas sociedades em busca de projetos emancipatórios, ampliando os
conflitos e as disputas políticas.
d) sobrepõem-se, na escala mundo, às configurações regionais do passado, impondo um novo funcionamento
reticular e hierárquico aos territórios.

2. (Uece 2019) A ciência geográfica costuma estudar


a) a diferenciação de áreas com base no uso avançado de geotecnologias.
b) a influência que as condições geológicas exercem sobre o homem.
c) a morfologia, na paisagem, de diferentes fatores, em especial os climáticos e os ecológicos.
d) as relações próprias da natureza, as relações próprias da sociedade e, de forma integrada, as relações entre a
sociedade e a natureza.

3. (Uece 2019) Relacione, corretamente, os principais conceitos da Geografia com suas interpretações mais
recorrentes, numerando a Coluna II de acordo com a Coluna I.

Coluna I
1. Lugar
2. Território
3. Paisagem
4. Região

Coluna II
( ) É definido por e a partir de relações de controle e poder.
( ) Vincula-se à ideia de parte de um todo e conduz a uma concepção de divisão e à questão da dimensão das
partes.
( ) Costuma ser compreendido como espaço percebido e vivido, dotado de significado, e com base no qual se
desenvolvem os sentidos do quotidiano.
( ) Interpreta-se, principalmente, como imagem e representação de tudo o que forma o mundo exterior em um
determinado momento de nossa percepção.

A sequência correta, de cima para baixo, é:


a) 4, 2, 3, 1.
b) 2, 4, 1, 3.
c) 3, 1, 4, 2.
d) 2, 1, 4, 3.

4. (Uece 2018) Observe o que se diz a seguir a respeito do conceito de paisagem na geografia física:

“Por meio do conceito de paisagem, o imaginário social transforma culturalmente a natureza, ao mesmo tempo que
os sistemas técnicos agregam ao território as formas-conteúdo da paisagem constituídas por representações
sociais”.
Vitte, Antônio Carlos, O Desenvolvimento do conceito de paisagem e a sua inserção na Geografia Física. Mercator -
Revista de Geografia da UFC. 2007.

Considerando os aspectos relativos ao conceito de paisagem na geografia física, como tratado no excerto acima, é
correto concluir que paisagem
Página 1 de 3
a) é um elemento estático e imutável na escala de tempo humana.
b) é tudo aquilo que pode ser visto e não pode ser alterado.
c) possui um caráter dinâmico, podendo ser modificada e construída.
d) está restrita à dimensão física do espaço e é composta por elementos abióticos.

5. (Uece 2017) O “poder” corresponde à habilidade humana de não apenas agir, mas de agir em uníssono, em
comum acordo. O poder jamais é propriedade de um indivíduo; pertence ele a um grupo e existe apenas enquanto o
grupo se mantiver unido.
Arendt, H. Da violência. Brasília. Ed. UNB. 1985.

A ideia de poder proposta pelo autor está intrinsecamente ligada à concepção de


a) lugar.
b) paisagem.
c) território.
d) método.

6. (Ufrgs 2017) Leia o segmento abaixo.

A realidade geográfica apresenta-se então como composta por três elementos fundamentais: um substrato plástico,
uma energia de circulação, produzida pelos contatos entre forças opostas, e um conjunto de formas que são como
que o efeito desta energia sobre o substrato, justamente sua inscrição. É este último plano, o das inscrições,
entendido como fisionomia da Terra, que é o plano propriamente geográfico, aquele onde houve, efetivamente,
escrita da Terra.

BESSE, J.M. Ver a Terra. São Paulo: Perspectiva, 2006. p. 71.

O conceito geográfico referido pelo texto é


a) lugar.
b) território.
c) espaço.
d) escala.
e) paisagem.

7. (Uece 2016) A partir dos anos 1980, quando gradativamente espalharam-se pelo mundo as grandes empresas e
as novas tecnologias, como a internet, os satélites e os meios digitais, ocorreu um fenômeno global que favoreceu o
aumento da produtividade econômica e a aceleração dos fluxos de capitais, mercadorias, informações e pessoas.
Este processo, predominante em países desenvolvidos e alguns países emergentes, formou, nos territórios, um meio
conhecido como
a) científico-agrário.
b) técnico-científico-informacional.
c) técnico-informacional-agroindustrial.
d) acadêmico-industrial.

8. (Uefs 2016) Numa paisagem podem ser observados edifícios, áreas cultivadas, ruas, ferrovias, igrejas,
aeroportos, veículos, enfim vários objetos construídos e modificados pela sociedade humana ao longo da História,
além de formas naturais (animais e plantas, em geral) e as próprias pessoas. [...]
A simples observação da paisagem não nos traz explicações sobre as funções de cada uma das edificações, a
organização do sistema de produção, as tecnologias empregadas, as relações comerciais, as relações de trabalho, a
organização política e social, etc.

LUCCI, Elian A.; BRANCO, Anselmo; MENDONÇA, Cláudio. Geografia Geral e do Brasil: Território e sociedade no
mundo globalizado. São Paulo: Saraiva, 2005, p. 12.

O estudo da Geografia propõe o conhecimento dessa realidade dinâmica, investigando as causas, os efeitos, a
intensidade e a extensão dos fenômenos, inclusive os da natureza.

A partir da leitura do texto, da informação e dos conhecimentos sobre a temática apresentada, pode-se corretamente
afirmar que o objeto de estudo da Geografia é
a) o lugar.
b) a região.
Página 2 de 3
c) o território.
d) a paisagem.
e) o espaço geográfico.

9. (Uece 2016) Atente ao excerto a seguir: “Assim, não distinguimos natureza e fenômenos naturais, uma vez que
concebemos a natureza decalcando nosso conceito nos corpos da percepção sensível. Vemos a natureza vendo o
relevo, as rochas, os climas a vegetação, os rios etc. [...] Dito de outro modo, a natureza que concebemos é a da
experiência sensível, cujo conhecimento organizamos numa linguagem geométrico-matemática”.

Moreira, Ruy. Para onde vai o pensamento geográfico? Por uma epistemologia crítica.
Ed. Contexto. São Paulo. 2006. p. 47.

Ao ler o trecho acima, pode-se concluir acertadamente que a categoria da geografia que mais se aproxima do
pensamento do autor é o(a)
a) lugar.
b) região.
c) território.
d) paisagem.

10. (Uece 2015) Atente para o seguinte texto:

Serra da Boa Esperança, esperança que encerra


No coração do Brasil um punhado de terra
No coração de quem vai, no coração de quem vem
Serra da Boa Esperança meu último bem
Parto levando saudades, saudades deixando
Murchas caídas na serra lá perto de Deus
Oh minha serra eis a hora do adeus vou-me embora
Deixo a luz do olhar no teu olhar Adeus

BABO, Lamartine

O conceito de lugar foi utilizado durante muito tempo na geografia para expressar o sentido de localização de um
determinado sítio. Atualmente, este conceito vai além da simples localização de fenômenos geográficos,
expressando uma contextualização simbólica que compreende um conjunto de significados. Portanto, com base no
texto acima e na perspectiva atual de lugar, pode-se afirmar corretamente que
a) para o autor do texto, a serra representa uma dimensão da paisagem na qual o sentimento de posse está
relacionado a sua perspectiva econômica.
b) a simbologia representada pela serra é motivada por laços emocionais que foram construídos na dimensão do
espaço vivido.
c) a relação sujeito-lugar é percebida na perspectiva de uma relação simplesmente natural envolvendo apenas os
elementos da natureza.
d) a serra constitui-se enquanto aspecto morfológico como um espaço vazio de conteúdo, sem história, refletindo
apenas uma porção da natureza desprovida de afetividade.

Página 3 de 3

Você também pode gostar