Você está na página 1de 6

Arquitetura de Redes

Existem 2 arquiteturas de redes:


Ponto a Ponto (Peer-to-peer) – um computador pode actuar como servidor ou como
cliente, assim permitindo dois computadores trocarem informações.
Características:
- O usuário decide o que partilhar com o outro computador;
- Não existe administrador de rede;
- Normalmente é para um número pequeno de computadores;
- Pouca segurança;
- Não é necessário mais de um Sistema Operativo.

Cliente/Servidor – é um sistema na qual o processamento para completar uma tarefa


esta dividida entre computador central, servidor, estações de trabalho, clientes,
conectados por meios físicos que pode ser cabos ou wireless.
Características:
- As máquinas têm configurações de hardware e software distintas;
- Os serviços de rede estão localizados no servidor;
- Os ficheiros são facilmente salvaguardados e administrados;
- A distribuição de funções é muito vantajosa, mas incorre custos
elevados;
- Sem um sistema operacional a rede não funciona.
Topologia de Redes
Existem dois tipos:
-Logicas – é a forma como os dados percorrem as redes, temos por exemplo a Ethernet,
Token Ring e FDDI.
-Físicas – é a maneira como os dispositivos, cabos estão conectados, isto é, o layout
físico da disposição dos equipamentos. Podemos ter várias topologias físicas:

- Barramento (Bus) – todos computadores estão ligados a um cabo continuo,


que nas suas extremidades apresenta um terminador (pequena tampa).

Caracterististicas:

- A comunicação é feita por Broadcast, isto é, os dados todos os


computadores recebem os dados, mas só o destinatário irá receber.

- Se um dos computadores esta a comunicar os outros ficam em


espera até terminar a comunicação para iniciar uma outra.

Vamtagens:

- Fácil instalação, económica, usa menos cabos.

Desvantagens:

- Caso um computador falhe todos irão falhar, dificuldades em


identificar erros.
- Estrela (Star) – todos os dispositivos ligam-se a um equipamento central
(Concentrador) que pode ser um hub ou switch.

Características:

- O concentrador recebe o sinal e envia para o dispositivo de


destino.

Vantagens:

-Facil de modificar, se um dispositivo falhar nenhum outro é


afectado, Simplicidade no protocolo.

Desvantagem:

- Cabos maiores, se o equipamento central falhar não existe


comunicação em nenhum dos equipamentos.

- Anel (Ring) – são dispositivos conectados em série em um círculo fechado, os dados


são transmitidos em uma única direção até chegar ao destino.
Características:
- Os dados viajam ao redor do anel, parando em cada dispositivo,
se um outro quiser adicionar uma informação, poderá fazer acumulando a informação.
Vantagem:
- Cabo pequeno;
- Desenho da cablagem bastante simples.
Desvantagem:
- A falha de um dispositivo provoca a falha na rede;
- Dificuldade em localizar a falha;
- Dificuldade em reconfigurar.

- Estrela Estendida (Extended Star) – é a topologia em Estrela, mas o equipamento


central (Concentrador) se liga a outros concentradores.
Características:
- Rede maior.
- Malha (Mesh) – conecta todos os dispositivos entre si.
Características:
- Se acontecer uma falha em um cabo, não afecta a rede.
Vantagens:
- Não existe falhas no que diz respeito a cablagem.
Desvantagem:
- Complexidade.
- Híbrida (Hybrid) – combinação de duas ou mais topologias.
Vantagem:
- Pode ser implementada em diferentes ambientes.