Você está na página 1de 11

Avaliação – Geografia

7º ano – Unidade 3

1. A industrialização brasileira só foi possível graças às condições históricas favoráveis que a so-
ciedade apresentava. Insira corretamente as palavras do quadro nas frases que melhor esclare-
cem o significado dessas condições:

ACUMULAÇÃO MONETÁRIA - MÃO DE OBRA BARATA - DESENVOLVIMENTO DA


INFRAESTRUTURA - MERCADO CONSUMIDOR INTERNO

a) ___________________________: Desenvolvimento dos transportes e da energia com a finali-


dade de escoar a produção cafeeira.
b) ___________________________: O trabalho assalariado dos imigrantes e dos ex-escravos
contribuiu para formar uma população com condições de comprar os produtos fabricados no Bra-
sil.
c) ___________________________: Os lucros da produção cafeeira foram investidos na indus-
trialização do Brasil.
d) ____________________________: A chegada dos imigrantes juntamente com a presença dos
ex-escravos formaram a força de trabalho para o desenvolvimento industrial.

2. O Brasil é um país essencialmente industrial. Porém, a industrialização brasileira difere da dos


países desenvolvidos. Explique em que consiste essa diferenciação.
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

Observe a tabela abaixo e responda as questões 3 e 4:

BRASIL – NÚMERO DE EMPRESAS E OUTRAS ORGANIZAÇÕES DA INDÚSTRIA


DE TRANSFORMAÇÃO QUE TÊM ENTRE 50 A 99 PESSOAS OCUPADAS (2007)
Brasil 10.792
Rondônia 63

1
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

Acre 8
Amazonas 107
Roraima 3
Pará 181
Amapá 3
Tocantins 24
Maranhão 43
Piauí 48
Ceará 257
Rio Grande do Norte 86
Paraíba 55
Pernambuco 203
Alagoas 37
Sergipe 47
Bahia 236
Minas Gerais 1.156
Espírito Santo 201
Rio de Janeiro 532
São Paulo 4.221
Paraná 934
Santa Catarina 887
Rio Grande do Sul 1.026
Mato Grosso do Sul 55
Mato Grosso 117
Goiás 234
Distrito Federal 28
Fonte: Cadastro Central de Empresas, 2007. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/protabl.
asp?c=993&z=t&o=1&i=P. Acesso em: 22 fev. 2010.
3. a) Cite 3 estados com maior número de empresas que têm entre 50 e 99 pessoas ocupadas.
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

2
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

b) A qual complexo regional os estados da resposta da questão anterior pertencem?


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

c) Que característica da industrialização brasileira pode ser observada nos dados dessa tabela?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

4. Se levarmos em consideração a regionalização do IBGE, observamos que os três estados com


maior número de industrias entre 50 e 99 pessoas ocupadas pertencem à Região Sudeste e à
Região Sul. Podemos observar na tabela que outros estados da Região Sul, assim como alguns
estados do Nordeste, também têm um número bastante elevado de indústrias com essa faixa de
pessoal ocupado.
A partir desses índices, responda:

a) Qual fenômeno da industrialização brasileira explica a saída das indústrias da Região Sudeste
para as demais regiões?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

b) Quais fatores são responsáveis pela saída das indústrias da Região Sudeste para outras regi-
ões do Brasil?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

3
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

5. Observando o gráfico a seguir, responda:

a) A partir de qual década ocorre efetivamente a urbanização brasileira?


______________________________________________________________________________

b) Como você chegou à resposta da questão anterior?


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

6. Com relação à urbanização brasileira, podemos afirmar que:


I – Resultou do êxodo rural, com a emigração das pessoas do campo para a cidade, principal-
mente na Região Sudeste.
II – Aconteceu de forma planejada, pois era necessária a mão de obra urbana para o trabalho in-
dustrial.
III – Aconteceu paralelamente à industrialização, pois na década de 1970 o Brasil deixou de ser
um país agroexportador e tornou-se industrializado.
IV – Aumentou a oferta de serviços e equipamentos urbanos nas grandes cidades brasileiras.
V – Ocorreu de forma rápida e intensa, fato que contribuiu para o agravamento dos problemas
sociais e urbanos nas grandes cidades.
a) ( ) As afirmações I, II e III estão corretas.
b) ( ) Somente as afirmações I e II estão corretas.
c) ( ) Somente a afirmação II está errada.
d) ( ) Todas estão corretas.

4
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

7. Leia o trecho da reportagem da revista SuperInteressante e responda.

A EXPLOSÃO DAS CIDADES


“(...) Há menos de noventa anos, quando os tradicionais fabricantes de carruagens abriram
em São Paulo e no Rio de Janeiro as primeiras montadoras de automóveis, os habitantes dessas
duas grandes cidades começaram a conviver com esse engenho que na mesma época invadia
as ruas das cidades mais modernas no mundo ocidental, alterando para sempre o estilo de vida
pacato que nelas se desfrutava. Seus moradores passaram desde então a conviver com um fe-
nômeno essencialmente urbano: a velocidade. O automóvel, tanto quanto o cinema, apressou o
ritmo de vida, atropelou o tempo, encurtou as distâncias. Criaram, ambos, um novo modo de ver
as coisas, simples imagens observadas na tela ou no espelho retrovisor. A cidade moderna é o
mundo do movimento.
(...) São Paulo cresceu para cima, com edifícios de seis a doze andares, e para os lados,
com a criação de novos bairros e cinturões periféricos. À medida que ela se expandia, levas de
migrantes, sobretudo nordestinos, desembarcavam na estação ferroviária em busca de emprego,
com a esperança de melhores condições de vida. Eles formaram o grande exército da constru-
ção civil, responsável pela epopéia que foi a edificação de mais de 15.000 novos prédios em uma
década. Para dar vazão ao número respeitável de 30.000 automóveis que então trafegavam pela
capital paulista – 30% da frota nacional –, a prefeitura planejava obras gigantescas que come-
çariam a mudar a paisagem urbana. Na década de 40, foram abertas as avenidas Ipiranga, São
Luís, 9 de Julho, foi remodelado o Vale do Anhangabaú e construídos os túneis do Trianon, para
carros, e da Praça Patriarca (Galeria Prestes Maia), para pedestres.”
(Revista SuperInteressante. Ed. 8, out. 1990. p. 66-67).
a) Segundo o texto, como se caracteriza o modo de vida urbano?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

b) Explique como a relação entre a urbanização e a industrialização está exposta no texto.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

5
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

c) Explique qual foi à importância da chegada dos nordestinos para a urbanização de São Paulo.
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

8. Observe o mapa a seguir e responda.

6
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

a) Cite três regiões metropolitanas localizadas na Região Nordeste do Brasil.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

b) Cite três regiões metropolitanas que apresentam área de expansão.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

c) Explique como são formadas as regiões metropolitanas.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

9. Observe a imagem abaixo e responda.

a) Qual problema ambiental está representado nessa imagem?


______________________________________________________________________________

b) Quais os fatores urbanos responsáveis por esse problema ambiental?


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

7
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

c) O que fazer para diminuir os efeitos desse tipo de poluição?


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder as questões 10 e 11.

DEVAGAR, QUASE PARANDO

O trânsito da maior cidade brasileira irrita os moradores e projeta o que pode acontecer nos gran-
des centros do país. A saída para o caos: recuperar o transporte coletivo e integrar cada vez mais
o trem, o metrô e o ônibus.

Sete milhões de carros, quase um para cada dois moradores. A impressionante frota de
veículos da região metropolitana de São Paulo é a maior do país e uma das maiores do mundo.
Uma conta rápida mostra a dimensão do problema: se considerarmos que cada automóvel tem
3,5 metros de comprimento (tamanho de um carro compacto como o Uno, por exemplo), esses 7
milhões de veículos, enfileirados, ocupariam 24.500 quilômetros de vias – a distância entre a Pa-
tagônia argentina e o Alasca. Se todos os paulistanos e moradores das cidades ao redor saíssem
de carro ao mesmo tempo, a região e seus 16.000 quilômetros de ruas ficariam quase totalmente
travados nos dois sentidos.
O trânsito de São Paulo e seu efeito negativo sobre a qualidade de vida dos moradores po-
dem ser traduzido em alguns números dramáticos: são mais de 120 quilômetros de congestiona-
mento todos os dias (mesmo com o rodízio, que restringe a circulação de cerca de 20% da frota
nos dias úteis), 316 milhões de horas anuais que os paulistanos perdem nos engarrafamentos,
20% de queda de produtividade nas empresas devido ao estresse e ao atraso dos funcionários,
1,9 milhão de toneladas de monóxido de carbono e 430.000 de hidrocarbonetos que são emiti-
das no ar a cada ano. Um estudo do engenheiro e consultor de trânsito Adriano Branco traz mais
dados alarmantes: a região metropolitana perde nada menos que R$ 22 bilhões por ano com os
congestionamentos. Essa cifra inclui o desperdício de combustível (R$ 2,6 bilhões por ano), os
estragos causados pela poluição ao meio ambiente e a perda de tempo e de eficiência no traba-

8
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

lho, entre outros fatores.

Menos túneis, mais metrô


Grande parte das cidades brasileiras, incluindo São Paulo, cresceu desordenadamente e
relegando o transporte de massa a segundo plano. O que os paulistanos viram nos últimos anos
foram investimentos altíssimos em túneis, viadutos e avenidas. O dinheiro empregado no túnel
Ayrton Senna, que passa sob o parque do Ibirapuera e custou R$ 745 milhões aos cofres públi-
cos, seria suficiente para construir alguns quilômetros de metrô. “Gasta-se mais em sistema viário
para automóveis do que em corredores para transporte público”, diz Valeska Peres Pinto, presi-
dente do Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo. “São viadutos, túneis, cebolões, cebo-
linhas, uma verdadeira salada. E tudo só para o uso do carro.”
Os paulistanos – e os brasileiros em geral – vivem o que os especialistas chamam de “cul-
tura do automóvel”. “O carro é hoje muito mais que um meio de deslocamento. Ele mexe com va-
lores e sentimentos”, diz Nazareno Stanislau, diretor executivo da Associação Nacional de Trans-
porte Público (ANTP). Esse caso de amor não para de crescer e de complicar ainda mais a vida
dos moradores: a cada dia útil, 1.500 novos carros começam a circular na Grande São Paulo.
(Cláudia de Castro Lima, revista SuperInteressante. Ed. 51, maio 2003. p. 48-49).

10. Segundo o texto, qual a principal responsabilidade do poder público no aumento dos conges-
tionamentos em São Paulo?

a) ( ) O incentivo à disseminação da cultura do automóvel, que faz com que o carro represente
mais do que um meio de transporte e se transforme em um objeto de consumo da população.
b) ( ) O incentivo para que a população utilize transportes públicos, o que ocasiona a superlota-
ção dos ônibus, metrôs e trens da Cidade de São Paulo, fazendo que a população opte pelo auto-
móvel.
c) ( ) O alto investimento em sistema viário para automóveis em detrimento dos transportes pú-
blicos, apesar do crescimento desordenado da metrópole.
d) ( ) O alto preço das tarifas nos transportes públicos que faz com que a população prefira o
transporte individual.

9
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

11. Localize no texto os dados referentes ao:

a) excesso de automóveis nas ruas;


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

b) poluição do ar provocada pelos congestionamentos;


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

c) perda de produtividade das empresas.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________

12. Organize as palavras de acordo com a natureza social ou ambiental do problemas urbanos.

Violência - Efeito estufa - Poluição das águas - Poluição sonora - Precariedade dos serviços
públicos - Falta de áreas de lazer - Insuficiência de hospitais - Poluição visual

PROBLEMAS SOCIAIS URBANOS PROBLEMAS AMBIENTAIS URBANOS

10
Avaliação – Geografia
7º ano – Unidade 3

13. Leia as seguintes estrofes da canção de Chico Science & Nação Zumbi e assinale a alternati-
va correta.

A cidade
(...)
E a cidade se apresenta centro das ambições,
Para mendigos ou ricos, e outras armações.
Coletivos, automóveis, motos e metrôs,
Trabalhadores, patrões, policiais, camelôs.
(...)
A cidade se encontra prostituída,
Por aqueles que a usaram em busca de saída.
Ilusora de pessoas e outros lugares,
A cidade e sua fama vai além dos mares.

No meio da esperteza internacional,


A cidade até que não está tão mal.
E a situação sempre mais ou menos,
Sempre uns com mais e outros com menos.
Chico Science e Nação Zumbi, A cidade. Disponível em: http://vagalume.uol.com.br/chico-science-nacao-zumbi/a-
cidade.html. Acesso em: 23 fev. 2010.

As estrofes citadas referem-se a qual fenômeno da rede urbana?


a) ( ) Polarização, que é o poder de atração que uma cidade exerce sobre as outras.
b) ( ) Conurbação, que é a junção de mais de uma cidade por causa do crescimento urbano.
c) ( ) Urbanização, que é o crescimento da população urbana em relação à população rural.
d) ( ) Industrialização, que transforma a atividade industrial realizada na cidade no principal setor
da economia.

11

Você também pode gostar