Você está na página 1de 5

Indice

Introducao........................................................................................................................................2

Inconstitucionalidade material.........................................................................................................3

Conclusão........................................................................................................................................5

Página
1
Introducao
O presente trabalho tem como o tema a Inconstituicionalidade material,onde ocorre, portanto,
quando o conteúdo da lei contraria a Constituição. O processo legislativo (procedimento
constitucionalmente exigido para a elaboração da lei) pode ter sido fielmente obedecido, mas a
matéria tratada é incompatível com a Carta Política.

Página
2
Inconstitucionalidade material 

Os vícios materiais, diferentemente dos formais, estão ligados ao próprio mérito do ato,
referindo-se a conflitos de regras e princípios estabelecidos na Constituição.

Gilmar Mendes apresenta o seguinte entendimento da questão:

“A inconstitucionalidade material envolve, porém, não só o contraste direto do ato legislativo


com o parâmetro constitucional, mas também a aferição do desvio de poder ou do excesso de
poder legislativo.

É possível que o vício de inconstitucionalidade substancial decorrente do excesso de poder


legislativo constitua um dos mais tormentosos temas do controle de constitucionalidade
hodierno.
Cuida-se de aferir a compatibilidade da lei com os fins constitucionalmente previstos ou de
constatar a observância do princípio da proporcionalidade, isto é, de se proceder à censura sobre
a adequação e a necessidade do ato legislativo”. (In: BRANCO; COELHO; MENDES, 2010, p.
1172).

Nas palavras de Barroso,


“a inconstitucionalidade material expressa uma incompatibilidade de conteúdo, substantiva entre
a lei ou o ato normativo e a Constituição. Pode traduzir-se no confronto com uma regra
constitucional – e.g., a fixação da remuneração de uma categoria de servidores públicos acima do
limite constitucional– ou com um princípio constitucional, como no caso de lei que restrinja
ilegitimamente a participação de candidatos em concurso público, em razão do sexo ou idade),
em desarmonia com o mandamento da isonomia.

Página
3
O controle material de constitucionalidade pode ter como parâmetro todas as categorias de
normas constitucionais: de organização, definidoras de direitos e programáticas.” (2006, p. 29).

Destarte, a inconstitucionalidade material se dá quando a norma vai contra os parâmetros


explícitos da Constituição ou contra o as vertentes do princípio da proporcionalidade (adequação
e necessidade).

Página
4
Conclusão

Chegando a parte conclusiva do trabalho já abordado que teve como o tema


inconstituicionalidade material, ela apresenta se quando a violação é ao conteúdo da
Constituição. Uma norma que, por exemplo, permitisse a exploração do trabalho em condições
próximas à degradante seria materialmente inconstitucional por afronta ao conteúdo de um dos
fundamentos da República, qual seja o valor social do trabalho. Tal inconstitucionalidade
persistiria mesmo que a norma seguisse todas as etapas formais do processo legislativo.

Página
5

Você também pode gostar