Você está na página 1de 28
MANUAL DO USUÁRIO CP CTRL 5.0 para Microsoft Windows

MANUAL DO USUÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO CP CTRL 5.0 para Microsoft Windows

CP CTRL 5.0

para Microsoft Windows

Prezado Cliente: CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Parabéns! Você acaba de adquirir um produto da mais alta

Prezado Cliente:

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Parabéns! Você acaba de adquirir um produto da mais alta qualidade e tecnologia. Este produto foi projetado, desenvolvido e fabricado de acordo com elevados padrões de excelência, pois a nossa empresa possui Certificação de seu Sistema da Qualidade conforme a Norma NBR ISO

9001:2000.

Para que você obtenha os melhores resultados de seu Equipamento de Condicionamento de Energia, observe rigorosamente as instruções contidas neste manual.

Com a adoção destas instruções, nós garantimos a sua plena satisfação e segurança por muitos anos de perfeito funcionamento.

Para entrar em contato conosco acesse nosso site:

www.cp.com.br. A sua opinião é fundamental para melhorarmos continuamente nossos produtos e serviços.

CP ELETRÔNICA S.A.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

2

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 ÍNDICE 1 - Introdução 4 2 - Instalação 5 2.1 Sistema

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

ÍNDICE

1 -

Introdução

4

2 -

Instalação

5

2.1 Sistema Requerido

-

 

5

2.2 Comunicação serial

-

5

2.3 - Instalação e desinstalação do CP CTRL 5.0

5

2.4 - Configurando o programa

9

3 -

Operação

17

3.1 -

Executando o programa

17

3.2 - Supervisão do Nobreak

17

 

3.2.1 -

Aba

Equipamento

17

3.2.2 - Aba Eventos (Breakless New, Fit e Trunny)

19

3.2.3 - Aba Configuração (Breakless New, Fit e Trunny)

19

3.2.4 -

Aba

Agendamentos (Trunny)

20

3.2.5 - Aba Versão (todos os modelos)

20

4 via Web Browser

-

Acesso

 

22

5 -

SNMP

25

6 Solucionando problemas

-

 

27

7 - Anexos

28

7.1

- Diagrama de ligação dos cabos da comunicação serial

28

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

3

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 1 - Introdução O CP CTRL 5.0 é um aplicativo para monitoração

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

1 - Introdução

O CP CTRL 5.0 é um aplicativo para monitoração de Nobreaks com saída monofásica das linhas

BREAKLESS NEW, FIT, BREAKLESS PRO, BREAKLESS RMS e TRUNNY da CP ELETRÔNICA. O software é instalado como serviço no Windows 2000/2003/XP/Vista. Através de um cabo serial padrão RS-232, um Nobreak das linhas citadas acima poderá ser

conectado a um microcomputador padrão PC. Através do software, o usuário poderá visualizar as grandezas e estados globais do equipamento, e habilitar o “shutdown” automático do Windows ao final da autonomia do banco de baterias do Nobreak, ou quando o mesmo atingir nível crítico. Se estiver monitorando um equipamento BREAKLESS NEW e FIT ou TRUNNY, será possível também ajustar a data e o horário do Nobreak, configurar as opções de operação (modos econômico e silencioso) e acessar o histórico de eventos real do equipamento. No TRUNNY ainda é possível agendar testes do banco de baterias e horários para desligamento e religamento automático do equipamento.

O CP CTRL 5.0 transforma o microcomputador em um servidor WEB, disponibilizando uma página

de supervisão das grandezas e estados globais que pode ser acessada de qualquer ponto da rede através de um navegador de internet. É possível também ativar o envio de mensagens de e-mail com aviso sobre os alarmes monitorados. Na instalação pode ser habilitado o serviço SNMP que além do envio de traps SNMP, disponibilizará grandezas e estados globais do Nobreak para serem acessados de qualquer ponto da rede através de ferramentas para gerenciamento SNMP. O usuário ainda tem a opção de instalar o software CP CTRL 2.0 em outros microcomputadores da rede para que estes também efetuem o “shutdown” do sistema, monitorando os estados globais do Nobreak sinalizados pelo CP CTRL 5.0.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

4

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 2 - Instalação 2.1 - Sistema Requerido Para utilizar o CP CTRL

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

2 - Instalação

2.1 - Sistema Requerido

Para utilizar o CP CTRL 5.0 o usuário necessitará de um computador padrão PC com Windows 2000, 2003, XP ou Vista instalado. Para acesso via SNMP, o usuário deve incluir o serviço de SNMP do Windows na lista de serviços.

Para acessar remotamente via Web Browser, este deve suportar linguagem Java versão 1.1 ou superior.

Para executar shutdown dos microcomputadores alimentados pelo nobreak operando em rede com o software CP CTRL 2.0, este deve ser revisão “DA” ou superior.

2.2 - Comunicação serial

Para a comunicação com o equipamento, devem ser obedecidas as seguintes instruções:

1. Conecte o plugue DB-9 macho do cabo no Nobreak. A porta de comunicação do Nobreak (conector DB-9 fêmea) localiza-se na parte traseira do gabinete;

2. Conecte o plugue DB-9 fêmea na porta serial disponível no computador.

3. Recomenda-se não ultrapassar a distância de 15 metros para ligação serial entre Nobreak e PC.

2.3 - Instalação e desinstalação do CP CTRL 5.0

Para iniciar a instalação do CP Ctrl 5.0 em Windows 2000, 2003, XP ou Vista, você deve iniciar uma sessão de trabalho com uma conta de usuário com permissões de administrador na máquina em que estiver instalando. Se for instalar o CP Ctrl 5.0 com suporte a SNMP, verifique se existe o serviço SNMP na lista de serviços do Windows. Caso não exista, será necessário adicioná-lo. Obs.: após instalar o serviço SNMP no Windows 2000 é necessário reinstalar o “Service Pack”, caso tenha algum “Service Pack” instalado. Somente então proceda a instalação do CP CTRL 5.0 descrita abaixo. Para a instalação, siga os seguintes passos:

1. Execute o autorun do CD de instalação, ou o arquivo \instalacao\cpctrl5.0_win_08710055**\ instalacao_cpctrl50**.exe do CD do software, os ** do nome do diretório e do arquivo correspondem à revisão do software formada por duas letras. As figuras abaixo demonstram onde localizar o instalador do programa.

Pelo autorun, clique em Instalação do CP Ctrl 5.0:

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

5

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 1: Menu principal do autorun do CD do CP Ctrl 5.0.

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 1: Menu principal do autorun do CD do CP Ctrl 5.0. Ou

Figura 1: Menu principal do autorun do CD do CP Ctrl 5.0.

Ou clique diretamente no instalador, clique duas vezes no arquivo instalacao_cpctrl0**.exe :

clique duas vezes no arquivo instalacao_cpctrl0**.exe : Figura 2: Execução do instalador diretamente no

Figura 2: Execução do instalador diretamente no diretório.

2. A tela de abertura será exibida e o instalador iniciará a configuração do sistema para o início da instalação. Este processo pode demorar um pouco, dependendo da configuração de hardware do microcomputador.

dependendo da configuração de hardware do microcomputador. Figura 3:Tela de abertura do instalador. 3. Na tela

Figura 3:Tela de abertura do instalador.

3. Na tela inicial do instalador, clique em avançar.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

6

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 4: Tela inicial do instalador 4. Na próxima janela aparecerão dois

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 4: Tela inicial do instalador 4. Na próxima janela aparecerão dois

Figura 4: Tela inicial do instalador

4. Na próxima janela aparecerão dois componentes que podem ser incluídos se selecionados:

“Agente SNMP” e “Serviço de envio de email”. A opção “Agente SNMP” só deve ser marcada se houver um gerente ou browser SNMP instalado em algum outro computador da rede. A opção “Serviço de envio de email” deve ser marcada se houver um servidor SMTP que permita o envio dos e-mails.

se houver um servidor SMTP que permita o envio dos e-mails. Figura 5: Tela de seleção

Figura 5: Tela de seleção de componentes opcionais.

5. Será exibida a janela de progresso da cópia dos arquivos.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

7

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 6: Tela de progresso da cópia dos arquivos 6. Ao final

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 6: Tela de progresso da cópia dos arquivos 6. Ao final da

Figura 6: Tela de progresso da cópia dos arquivos

6. Ao final da instalação, será exibida a mensagem de término e nela a opção de abrir o painel de controle do CP Ctrl 5.0. Caso ela seja desmarcada ou a janela de configuração seja cancelada, o CP Ctrl 5.0 poderá ser configurado pela opção específica no painel de controle.

configurado pela opção específica no painel de controle. Figura 7: Fim da instalação. Para o desligamento

Figura 7: Fim da instalação.

Para o desligamento seguro das estações da rede em caso de fim de autonomia ou bateria crítica é

necessário que todos os microcomputadores que recebam energia do nobreak tenham o software CP Ctrl

2.0 instalado e recebendo avisos de energia do microcomputador do computador onde está instalado o CP

Ctrl 5.0. A configuração do programa, em cada computador, irá diferir em função do modo em que cada computador recebe avisos de energia do nobreak. Para maiores informações consulte o manual do CP Ctrl

2.0 adquirido separadamente.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

8

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 8: Monitoração para desligamento seguro das estações com CP Ctrl 2.0.

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 8: Monitoração para desligamento seguro das estações com CP Ctrl 2.0.

Figura 8: Monitoração para desligamento seguro das estações com CP Ctrl 2.0.

2.4 - Configurando o programa

No Painel de controle do Windows, ao abrir o CP CTRL 5.0 aparecerá uma janela como a da figura a seguir. Dependendo dos componentes incluídos na instalação, as abas “SNMP” e “Mensagens de E-Mail” poderão não aparecer. Abaixo segue a descrição de cada uma das seções.

Abaixo segue a descrição de cada uma das seções. Figura 9: Configuração da identificação do nobreak.

Figura 9: Configuração da identificação do nobreak.

Na seção “Identificação” o usuário deve configurar o modelo do equipamento que será monitorado:

BREAKLESS NEW, FIT, BREAKLESS PRO, BREAKLESS RMS ou TRUNNY. Poderá também atribuir um nome ou código, que aparecerá como identificação do Nobreak no acesso via Web Browser ou SNMP.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

9

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 10: Configuração de autonomia e ações. Na seção “Autonomia e

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 10: Configuração de autonomia e ações. Na seção “Autonomia e

Figura 10: Configuração de autonomia e ações.

Na seção “Autonomia e ações” o usuário pode habilitar o “shutdown” do Windows ao término da autonomia prevista e/ou quando o banco de baterias estiver em nível crítico e ainda gerar avisos sonoros na ocorrência dos alarmes falta de rede e bateria crítica. Se monitorar o BREAKLESS PRO, BREAKLESS RMS, BREAKLESS NEW ou FIT, o usuário deverá configurar o tempo de autonomia estimada em minutos e o tempo em horas para recarga completa do banco de baterias. Para o modelo TRUNNY essas informações são fornecidas pelo próprio Nobreak.

essas informações são fornecidas pelo próprio Nobreak. Figura 11: Configuração de comunicação. Na seção

Figura 11: Configuração de comunicação.

Na seção “Comunicação” o usuário seleciona em que porta serial o Nobreak está conectado e poderá habilitar o envio de informações pela rede, para o CP CTRL 2.0, sobre os estados de bypass, falta de rede e bateria crítica do equipamento.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

10

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 12: Configuração de execução de scripts. Na seção “Scripts” é

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 12: Configuração de execução de scripts. Na seção “Scripts” é

Figura 12: Configuração de execução de scripts.

Na seção “Scripts” é possível habilitar a execução de um Script de desligamento no caso de “shutdown” pelo CP CTRL 5.0. OBS.: O tempo de execução do script influenciará no tempo necessário para o fechamento de todos os arquivos do sistema operacional.

o fechamento de todos os arquivos do sistema operacional. Figura 13: Configuração de navegação Web. Na

Figura 13: Configuração de navegação Web.

Na seção “Web” o usuário poderá habilitar ou não o acesso via Web Browser (HTTP) e também que porta será utilizada para tal conexão (será necessário alterar esta porta se já existir algum outro software operando como servidor Web).

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

11

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 14: Configuração de agente SNMP. Se durante a instalação foi adicionado

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 14: Configuração de agente SNMP. Se durante a instalação foi adicionado

Figura 14: Configuração de agente SNMP.

Se durante a instalação foi adicionado o componente “Agente SNMP”, haverá uma seção “Snmp”. Nela o usuário poderá habilitar o envio de traps SNMP que serão gerados quando ocorrer algum evento no Nobreak.

que serão gerados quando ocorrer algum evento no Nobreak. Figura 15:Configuração de e-mail. Se durante a

Figura 15:Configuração de e-mail.

Se durante a instalação do serviço foi adicionado o componente “Serviço de mail”, haverá a seção “Mensagens de E-Mail”. Nela o usuário poderá habilitar e configurar o envio de e-mail, podendo ainda informar para quais usuários serão enviados e quais os eventos devem ser notificados.

A tabela com os eventos que podem ser notificados por e-mail para cada modelo de equipamento é mostrada a seguir.

 

Breakless

 

Breakless

Evento

New/Fit

Trunny

RMS/Pro

Nobreak ligado

     

Nobreak desligado

Inversor ligado

     

Inversor desligado

     

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

12

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Breakless Breakless Evento Trunny New/Fit RMS/Pro Funcionamento normal Falha

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Breakless Breakless Evento Trunny New/Fit RMS/Pro Funcionamento normal Falha interna Rede Presente Falta de rede
Breakless
Breakless
Evento
Trunny
New/Fit
RMS/Pro
Funcionamento normal
Falha interna
Rede Presente
Falta de rede
Tensão de entrada normal
Subtensão na entrada
Sobretensão na entrada
Tensão de entrada anormal
Freqüência de entrada normal
Freqüência de entrada baixa
Freqüência de entrada alta
Sem condições para teste de baterias
Condições normais para teste de baterias
Teste de baterias em andamento
Teste concluído sem falhas
Teste concluído e indicou falha
Tensão normal no banco de baterias
Subtensão no banco de baterias
Sobretensão no banco de baterias
Bateria descarregada
Bateria em descarga
Carregador de baterias normal
Falha no carregador de baterias
Bypass presente
Bypass ausente
Tensão de Bypass normal
Tensão de Bypass alta
Tensão de Bypass baixa
Freqüência de Bypass normal
Freqüência de Bypass baixa
Freqüência de Bypass alta
Carga alimentada pelo inversor
Carga alimentada pelo bypass
Carga normal
Sobrecarga (de 100 a 125%)
Sobrecarga (de 125 a 150%)
Sobrecarga (acima de 150%)
Carga econômica
Temperatura interna normal
Temperatura interna acima de 36ºC
Temperatura interna acima de 40ºC
Temperatura do inversor normal
Sobretemperatura no inversor
Modo econômico ativado
Modo econômico desativado
Modo silencioso ativado
Modo silencioso desativado

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

13

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Tabela 1: Eventos geradores de eventos. Para iniciar a configuração de e-mail

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Tabela 1: Eventos geradores de eventos.

Para iniciar a configuração de e-mail é necessário marcar a opção Enviar e-mail automaticamente na ocorrência de anormalidades. Com isso, os campos de configuração serão habilitados e será possível iniciar a configuração.

habilitados e será possível iniciar a configuração. Figura 16: Configuração de e-mail habilitada. Os campos de

Figura 16: Configuração de e-mail habilitada.

Os campos de configuração são descritos abaixo:

Servidor SMTP:

nome ou endereço do servidor de envio de e-mail a ser utilizado

Porta:

porta utilizada para acesso ao servidor de e-mail

Usar SSL:

se esta opção for marcada, será utilizada conexão segura para acesso ao servidor de e-mail

Usuário:

usuário do servidor de e-mail

Senha: senha do usuário configurado

endereço que será configurado como remetente da mensagem. Este endereço não precisa necessariamente ser o mesmo do usuário configurado

Lista de destinatários: exibe a lista de destinatários dos e-mails. Podem ser configurados até 10 endereços. Para adicionar um endereço clique no botão Adicionar, será exibido uma caixa de entrada de texto na qual deve ser inserido o endereço do destinatário

E-mail do remetente:

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

14

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 17: Adição de usuário. Para remover um usuário, deve-se selecioná-lo em

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 17: Adição de usuário. Para remover um usuário, deve-se selecioná-lo em

Figura 17: Adição de usuário.

Para remover um usuário, deve-se selecioná-lo em na lista e clicar no botão Remover. Para testar se as configurações estão corretas, é possível enviar uma mensagem de teste clicando no botão Mensagem de teste. Antes de encerrar a configuração de e-mail é necessário selecionar quais os eventos gerarão mensagens através do pressionamento do no botão Eventos. Ao pressionar o botão eventos é exibida a janela com a lista de todos os eventos que podem ser monitorados, dependendo do modelo de equipamento selecionado na janela de identificação. Os eventos que podem ser selecionados são aqueles da tabela 1.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

15

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 18: janelas de seleção de eventos. Após a seleção de e-mails,

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 18: janelas de seleção de eventos. Após a seleção de e-mails, deve-se

Figura 18: janelas de seleção de eventos.

Após a seleção de e-mails, deve-se fechar a janela clicando em OK e depois em Aplicar para salvar todas as configurações efetuadas.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

16

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 3 - Operação 3.1 - Executando o programa Para iniciar ou encerrar

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

3 - Operação

3.1 - Executando o programa

Para iniciar ou encerrar o CP CTRL 5.0 o usuário deve fazê-lo através do painel de serviços do Windows. Ainda neste painel, o serviço pode ser configurado para ter início automático ou manual. No modo automático, o CP CTRL 5.0 será iniciado sempre que o Windows entrar em operação, mesmo que ninguém efetue o “logon”. Se estiver em modo manual, somente será iniciado pelo painel de serviços.

3.2 - Supervisão do Nobreak

A seguir serão apresentadas as telas de supervisão dos diferentes modelos de nobreak. Se durante a monitoração ocorrer falta de rede surgirá no canto inferior direito da tela um gráfico indicando a autonomia prevista do Nobreak e um botão “Desligar”, para que o usuário possa efetuar o “shutdown” do sistema antes de um possível desligamento automático. Caso não seja feito este desligamento manual, ocorrerá desligamento automático quando a bateria atingir nível crítico ou quando acabar o tempo previsto de autonomia, conforme a configuração do software CP Ctrl 5.0.

Para abrir a janela de supervisão do nobreak basta clicar com o botão direito no ícone do CP Ctrl 5.0 na bandeja do sistema no canto inferior direito da tela para exibir o menu e na opção exibir supervisão do nobreak.

exibir o menu e na opção exibir supervisão do nobreak. Figura 19: Menu do programa. 3.2.1
exibir o menu e na opção exibir supervisão do nobreak. Figura 19: Menu do programa. 3.2.1

Figura 19: Menu do programa.

3.2.1 - Aba Equipamento

Esta aba está disponível para todos os modelos. Ela exibe as variáveis numéricas e o estado dos alarmes disponíveis no equipamento.

No grupo Entrada são apresentadas as medidas de tensão, corrente e freqüência.

No grupo Saída são apresentadas as medidas de tensão, corrente, freqüência, potência e carga. Nos modelos Breakless New, Fit e Trunny a potência e a carga são medidas em VA e Watts e nos modelos RMS e Pro, apenas em Watts. A carga é apresentada por uma barra indicando o nível de carga na saída com a seguinte identificação por cores:

Carga

Cor da barra

até 80%:

Verde

de 80% a 100%:

Amarela

acima de 100%:

Vermelha

Tabela 2: Cor da barra de carga

No grupo Bateria o usuário tem acesso às informações referentes à bateria do nobreak. O campo onde é apresentado o percentual de carga troca automaticamente para o tempo previsto de autonomia quando o banco de baterias estiver em descarga, ou seja, com baterias em

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

17

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 descarga é apresentada autonomia prevista e com baterias em recarga é apresentado

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

descarga é apresentada autonomia prevista e com baterias em recarga é apresentado o percentual de carga.

No grupo Comandos, está o botão que permite ligar e desligar o nobreak em todos os modelos e o botão que executa o teste de baterias no modelo Trunny.

Os grupos Inversor, Temperatura e Outros, trazem informações sobre o inversor, temperatura interna do nobreak.

O grupo Bypass, exclusivo do modelo Trunny, exibe as informações sobre o estado da rede alternativa do equipamento.

O grupo Alarmes exibe o estado de cada um dos alarmes disponíveis no equipamento. Os alarmes que podem ser visualizados são os mesmos descritos na tabela 1.

Abaixo são exibidas as janelas de monitoração de cada um dos equipamentos monitorados.

de monitoração de cada um dos equipamentos monitorados. Figura 20: Aba equipamento do supervisor para Breakless

Figura 20: Aba equipamento do supervisor para Breakless New / Fit.

20: Aba equipamento do supervisor para Breakless New / Fit. Figura 21: Aba equipamento do supervisor

Figura 21: Aba equipamento do supervisor para Trunny.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

18

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 22: Aba equipamento do supervisor para Breakless RMS e Pro. 3.2.2

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 22: Aba equipamento do supervisor para Breakless RMS e Pro. 3.2.2 -

Figura 22: Aba equipamento do supervisor para Breakless RMS e Pro.

3.2.2 - Aba Eventos (Breakless New, Fit e Trunny)

Nesta aba são lidos e exibidos os eventos diretamente da memória do equipamento. Através do botão Recuperar é feita a consulta e a listagem dos últimos 1018 eventos ocorridos pode ser visualizada na própria tela. O usuário pode Imprimir ou Salvar em um arquivo texto através dos outros dois botões.

em um arquivo texto através dos outros dois botões. Figura 23: Visualização de eventos do equipamento.

Figura 23: Visualização de eventos do equipamento.

3.2.3 - Aba Configuração (Breakless New, Fit e Trunny)

Esta aba permite a configuração do relógio e das opções de operação do Nobreak. À esquerda pode-se visualizar e ajustar a hora e a data do Nobreak. Para ativar a visualização basta utilizar o botão “Consultar”. Para ajustar uma nova data e hora, o usuário pode digitar no campo “Nova hora” ou utilizar o botão “Consultar PC” para que o campo seja preenchido com a data e hora do próprio PC e após basta transferir. À direita, é possível configurar as opções de operação do Nobreak, ativando ou desativando o modo econômico e o modo silencioso usando os botões disponibilizados para cada configuração.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

19

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 24: Configurações do equipamento. 3.2.4 - Aba Agendamentos (Trunny) Nesta

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 24: Configurações do equipamento. 3.2.4 - Aba Agendamentos (Trunny) Nesta

Figura 24: Configurações do equipamento.

3.2.4 - Aba Agendamentos (Trunny)

Nesta aba é possível agendar horário e dias da semana para a realização de teste automático do banco de baterias, além de desligamentos e religamentos automáticos. Para cada uma dessas operações, deve escolher em quais dias da semana a operação deve ser realizada e em que horário (escolhendo hora e minutos). Após configurar as três operações com os dias e horários desejados, deve-se utilizar o botão “Gravar agendamentos”, localizado na parte de baixo da tela. Para que uma dessas operações seja desabilitada devem-se desmarcar todos os dias da semana e gravar o novo agendamento.

todos os dias da semana e gravar o novo agendamento. Figura 25: Agendamentos para o modelo

Figura 25: Agendamentos para o modelo Trunny.

3.2.5 - Aba Versão (todos os modelos)

Esta aba apresenta informações sobre o software como nome, data e revisão.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

20

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 26: Aba com as informações de versão do software. 05.112.051 REV.:

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Figura 26: Aba com as informações de versão do software. 05.112.051 REV.: E

Figura 26: Aba com as informações de versão do software.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

21

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 4 - Acesso via Web Browser Com o CP CTRL 5.0 instalado

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

4 - Acesso via Web Browser

Com o CP CTRL 5.0 instalado em um PC conectado a uma rede, qualquer outro PC conectado à mesma rede poderá acessar a supervisão do Nobreak através de um Navegador Internet (ver item 2 do capítulo 2.1 - Sistema requerido). Para isto basta digitar o endereço IP do PC em que se está rodando o CP CTRL 5.0 da seguinte forma: http://xxx.xxx.xxx.xxx (ou simplesmente o nome do PC na rede). O usuário pode optar por atualizar os dados manualmente através do botão “Atualizar Dados”, ou selecionar que a atualização será automática, indicando o intervalo de tempo para atualização: a cada 1 segundo, 5 segundos, etc. Para a monitoração do BREAKLESS NEW e FIT a página Web que aparecerá é a seguinte:

NEW e FIT a página Web que aparecerá é a seguinte: Figura 27: Monitoração Web para

Figura 27: Monitoração Web para Breakless New e Fit.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

22

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Para a monitoração do BREAKLESS PRO e RMS a página Web que

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Para a monitoração do BREAKLESS PRO e RMS a página Web que aparecerá é a seguinte:

PRO e RMS a página Web que aparecerá é a seguinte: Figura 28: Monitoração Web para

Figura 28: Monitoração Web para Breakless RMS e Pro.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

23

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Para a monitoração do TRUNNY a página Web que aparecerá é a

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Para a monitoração do TRUNNY a página Web que aparecerá é a seguinte:

do TRUNNY a página Web que aparecerá é a seguinte: Figura 29: Monitoração Web para Trunny.

Figura 29: Monitoração Web para Trunny.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

24

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 5 - SNMP A MIB a ser utilizada no gerenciamento de Nobreak

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

5 - SNMP

A MIB a ser utilizada no gerenciamento de Nobreak da CP Eletrônica é a CP-UPS-MIB. O arquivo CP-UPS-MIB.my que define essa MIB acompanha o CP CTRL 5.0 e está gravado na pasta \MIB do CD do software CP CTRL 5.0. Esse arquivo deve ser compilado pela ferramenta de gerenciamento SNMP a ser utilizada e para a realização de consultas SNMP deve-se utilizar o protocolo SNMPv1. A seguir serão apresentados os objetos acessíveis dessa MIB quando for utilizado o CP CTRL 5.0. Eles variam dependendo do modelo monitorado e os capítulos a seguir apresentam os objetos SNMP de acordo com o modelo monitorado. O capítulo Erro! Fonte de referência não encontrada. apresenta as variáveis monitoradas para o BREAKLESS NEW E FIT, o capítulo Erro! Fonte de referência não encontrada. apresenta as variáveis monitoradas para o BREAKLESS PRO e RMS e o capítulo Erro! Fonte de referência não encontrada. apresenta as variáveis monitoradas para o TRUNNY. Nas tabelas abaixo é possível consultar quais variáveis e estados dos equipamentos estão disponíveis via SNMP.

Breakless Breakless Grupo de variáveis Trunny New/Fit RMS/Pro Tensão e corrente das fases da entrada
Breakless
Breakless
Grupo de variáveis
Trunny
New/Fit
RMS/Pro
Tensão e corrente das fases da entrada e da saída
Potência (em VA e em W) de saída
Percentual de carga na saída (em VA e em W)
Tensão e freqüência do bypass
Tensão e freqüência do inversor
Tensão, autonomia, capacidade e quantidade do banco de baterias.
Temperatura interna do equipamento
Modo econômico e silencioso (ativados ou desativados)
Relógio interno do nobreak
Dias da semana, hora e minuto para teste automático das baterias.
Dias da semana, hora e minuto para desligamento.
Dias da semana, hora e minuto para religamento.
Tabela 3: Grupos de variáveis monitoradas via SNMP. Breakless Breakless Estados Trunny New/Fit RMS/Pro Número
Tabela 3: Grupos de variáveis monitoradas via SNMP.
Breakless
Breakless
Estados
Trunny
New/Fit
RMS/Pro
Número de alarmes ativos
Operação por bateria
Temperatura anormal no inversor
Tensão de entrada anormal
Freqüência de entrada anormal
Freqüência de bypass anormal
Sobrecarga na saída
Operação pelo bypass
Nobreak desligado
Inversor desligado
Falha interna
Temperatura interna acima de 36ºC
Temperatura interna acima de 40ºC
Tensão de bateria anormal
Bateria em descarga
Falha no carregador de bateria
Teste de baterias em andamento
Concluído teste de baterias apontando falha
Concluído teste de baterias sem apontar falha
Sem condições de realizar teste de baterias

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

25

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 Tabela 4: Estados monitorados via SNMP. As traps SNMP são geradas pelos

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

Tabela 4: Estados monitorados via SNMP.

As traps SNMP são geradas pelos mesmos eventos descritos na tabela da configuração de e-mail. Todas traps são enviadas, não havendo opção de seleção como no caso dos e-mails.

traps são enviadas, não havendo opção de seleção como no caso dos e-mails. 05.112.051 REV.: E

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

26

6 - Solucionando problemas

Este capítulo contém uma lista de possíveis dúvidas que poderão surgir durante a utilização do CP CTRL 5.0:

O equipamento está ligado, mas ao iniciar o CP CTRL 5.0 indica falha na comunicação.

Verifique o tipo e integridade do cabo serial utilizado para interligar o equipamento ao PC.

Verifique se a porta serial utilizada está informada corretamente na configuração do software.

O equipamento está ligado e o CP CTRL 5.0 indica falha na comunicação após já estar funcionando.

Verifique a conexão e a integridade do cabo serial utilizado para interligar o equipamento ao PC.

O equipamento está sendo monitorado, mas algumas grandezas e/ou alarmes não são mostrados.

Verifique se o modelo monitorado foi informado corretamente na configuração do software.

Não é possível acessar os dados via SNMP.

Verifique se o serviço SNMP está iniciado no painel de serviços do Windows onde está rodando o serviço CP CTRL 5.0. Caso positivo tente reiniciá-lo.

Não é possível acessar os dados via Web Browser.

Verifique se o Windows não está rodando outro tipo de servidor Web. Caso positivo, este outro servidor provavelmente está utilizando a porta TCP padrão (80) e está ocorrendo um conflito. Para solucionar este problema deve-se modificar a porta utilizada pelo CP CTRL no painel de configurações, seção “Web”. Após alterar as configurações o serviço do CP CTRL deve ser reiniciado, e o acesso Web deverá ser feito na forma: http://xxx.xxx.xxx.xxx:<número da porta>.

Instalei o CP CTRL 5.0, mas os e-mails não são enviados na ocorrência dos alarmes.

Verifique se todos os requisitos e configurações apresentados no item 2.4.1 (“Configurando o sistema para o envio de mail”) foram atendidas e se os alarmes desejados estão marcados na janela “Seleção de eventos”.

Caso surgir alguma dúvida, entre em contato com o Representante Técnico local ou chame:

ASSISTÊNCIA TÉCNICA DA CP ELETRÔNICA S.A. FONE: (0xx51) 2131-2407 ou (0xx51) 2131-2420. FAX: (0xx51) 2131-2469 INTERNET: http://www.cp.com.br E-mail: assistec@cp.com.br

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0 7 - Anexos 7.1 - Diagrama de ligação dos cabos da comunicação

CPCPCPCP CtrlCtrlCtrlCtrl 5.05.05.05.0

7 - Anexos

7.1 - Diagrama de ligação dos cabos da comunicação serial.

Cabo único: Ligação direta entre Nobreak e microcomputador padrão PC.

NOBREAK

MICRO

(DB-9 MACHO)

(DB-9 FÊMEA)

PINO 2

PINO 3

PINO 3

PINO 2

PINO 4

PINO 4

PINO 5

PINO 5

PINO 7

PINO 7

Tabela 5: Configuração do cabo de comunicação.

05.112.051

REV.: E

DATA: 27/05/08

28