Você está na página 1de 25

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS

Unidade I – Barro Duro


Curso de Engenharia Civil
Avenida Presidente Roosevelt, nº 1200, Barro Duro, Maceió/AL

MECÂNICA DOS SOLOS 1


PLASTICIDADE DOS SOLOS

Prof. MSc. Luiz Carlos Véras


PLASTICIDADE DOS SOLOS
▪ Os solos que apresentam certa porcentagem da fração
fina (silte e argila), não podem ser adequadamente
caracterizados pelo ensaio de granulometria.

▪ São necessários outros parâmetros tais como: forma das


partículas, a composição mineralógica e química e as
propriedades plásticas, que estão intimamente
relacionados com o teor de umidade.
PLASTICIDADE DOS SOLOS
▪ Os solos que apresentam certa porcentagem da fração
fina (silte e argila), não podem ser adequadamente
caracterizados pelo ensaio de granulometria.

▪ São necessários outros parâmetros tais como: forma das


partículas, a composição mineralógica e química e as
propriedades plásticas, que estão intimamente
relacionados com o teor de umidade.
PLASTICIDADE DOS SOLOS

▪ Define-se plasticidade como sendo a propriedade dos


solos finos que consiste na maior ou menor capacidade de
serem moldados sob certas condições de umidade.

▪ O estudo da influência da água nas argilas é de


fundamental importância!!!

▪ Segundo a ABNT/NBR 7250, a plasticidade é a


propriedade de solos finos, entre largos limites de
umidade, de se submeterem a grandes deformações
permanentes, sem sofrer ruptura, fissuramento ou
variação de volume apreciável.
COMPOSIÇÃO DAS ARGILAS
COMPOSIÇÃO DAS ARGILAS

Superfície específica: Superfície específica:


10 m²/g 1000 m²/g
TEOR DE UMIDADE

▪ O comportamento das argilas é diretamente influenciado


pela ocorrência de água

TEOR DE UMIDADE
𝑃𝑎
w % = 𝑥 100
𝑃𝑠
𝑃𝑎 é o peso de água na amostra;
𝑃𝑠 é o peso de solo da amostra.
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ No início do século XX, um químico sueco Albert


Atterberg, realizou pesquisas sobre as propriedades dos
solos finos (consistência).

▪ Os solos finos apresentam variações de estado de


consistência em função do teor de umidade.

▪ Há teores de umidade limite que foram definidos como


limites de consistência ou limites de Atterberg.
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

Dependendo do teor de umidade, o solo apresenta


determinado estado de consistência que são limitados pelos
limites de consistência.
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

Dependendo do teor de umidade, o solo apresenta


determinado estado de consistência que são limitados pelos
limites de consistência.

LIMITE DE CONTRAÇÃO LIMITE DE LIQUIDEZ

LIMITE DE PLASTICIDADE
LIMITE DE LIQUIDEZ
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ O ensaio do limite de liquidez é normatizado pela ABNT


NBR 6459 – Determinação do Limite de Liquidez.

▪ O ensaio utiliza o aparelho de Casagrande


LIMITE DE LIQUIDEZ
LIMITES DE CONCISTÊNCIA
LIMITE DE LIQUIDEZ
LIMITES DE CONCISTÊNCIA
LIMITE DE LIQUIDEZ
LIMITES DE CONCISTÊNCIA
LIMITE DE PLASTICIDADE
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ O ensaio do limite de liquidez é normatizado pela ABNT


NBR 7180 – Determinação do Limite de Plasticidade.

▪ Prepara−se uma pasta com o solo que passa na #40,


fazendo−a rolar com a palma da mão sobre uma placa de
vidro esmerilhado, formando um pequeno cilindro.
LIMITE DE PLASTICIDADE
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ Quando o cilindro de solo atingir o diâmetro de 3mm e


apresentar fissuras, mede−se a umidade do solo.

▪ Esta operação é repetida pelo menos 5 vezes, definido


assim como limite de plasticidade o valor médio dos
teores de umidade determinados.

▪ Se algum dos valores de umidade diferir mais de 5 % da


média descarta-se esse valor e recalcula-se a média.
LIMITE DE PLASTICIDADE
LIMITES DE CONCISTÊNCIA
LIMITE DE CONTRAÇÃO
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ O ensaio do limite de contração é normatizado pela ABNT


NBR 7183 – Determinação do Limite e da Relação de
Contração de Solos.

▪ Molda−se uma amostra de solo passando na #40, na


forma de pastilha, em uma cápsula metálica com teor de
umidade entre 10 e 25 golpes no aparelho de Casa
Grande.

▪ Seca−se a amostra em estufa, pesando−a em seguida.


LIMITE DE CONTRAÇÃO
LIMITES DE CONCISTÊNCIA

▪ Utiliza−se um recipiente adequado (cápsula de vidro) para


medir o volume do solo seco, através do deslocamento de
mercúrio provocado pelo solo quando de sua imersão no
recipiente.
ÍNDICES DE CONCISTÊNCIA

▪ Os índices de consistência são relações estabelecidas


entre os limites de liquidez, plasticidade e contração, bem
como a umidade e os volumes.

▪ A partir dos limites de consistência, são calculados vários


índices, dentre os quais sobressaem os índices de
plasticidade (IP) e de consistência (IC) por causa de sua
maior utilização, na prática.
ÍNDICE DE PLASTICIDADE

▪ É a quantidade de água que seria necessário acrescentar


a um solo, para que ele passasse do estado plástico ao
líquido.

▪ Quando maior o “IP”, tanto mais plástico será o solo.

▪ Sabe-se, ainda, que as argilas são tanto mais


compressíveis quanto maior for o “IP”.
ÍNDICE DE PLASTICIDADE
ÍNDICE DE CONSISTÊNCIA

▪ Indica a consistência do solo no estado em que se


encontra em campo.
ÍNDICE DE CONSISTÊNCIA
ÍNDICES DE CONCISTÊNCIA
ÍNDICE DE CONSISTÊNCIA
ÍNDICES DE CONCISTÊNCIA