Você está na página 1de 18

Polímeros

Grupo 6
Disciplina de Química
Professor Rui Vítor Costa
O que são polímeros

Polímeros são materiais orgânicos ou inorgânicos, naturais ou sintéticos,


de alto peso molecular, cuja estrutura molecular consiste na repetição
de pequenas unidades, chamadas meros, a sua composição é baseada
num conjunto de cadeias poliméricas; cada cadeia polimérica é uma
macromolécula constituída por união de moléculas simples ligadas por
covalência e também reacções de difícil execução em laboratório.
Como são constituídos os polímeros

Sabias que?

As moléculas são as
mais pequenas porções
de matéria?
Os Polímeros são constituídos por BILIÕES ou TRILIÕES
de macromoleculas juntas.
Classificando os polímeros
 Quanto ao processo de preparação

Reacção de Polimerização: é a reacção que


transforma monómeros em polímeros.
Polimerização por reacção de adição

 A reacção de polimerização do eteno para formar polietileno


ocorre com a transformação da ligação dupla C=C em
ligações simples C-C, e ao aumento do átomo a que cada C
está ligado, por este facto dá-se o nome de polimerização
por adição.

n CH2 = CH2 [ CH2 – CH2 ] n


Polimerização por reacção de adição
 Uma polimerização por adição envolve três passos:
 Iniciação

R2
 2R
 Consideremos o exemplo da síntese do polietileno.

 R CH2 CH2 R CH2 CH2


 O qual reage com uma molécula de eteno

 R CH2 CH2 CH2 R CH2 CH2 CH2


Polimerização por reacção de adição
 …E assim por diante, num processo designado por
propagação, terminando com a fase de …

 Finalização

 R CH2 CH2 CH2 CH2 R CH2 CH2 CH2 CH2

 R CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 R

 R2 … CH2 CH2 CH2 CH2 … R2


Monómero Polímero
CH2 = CH2 [ CH2 CH2] n
Eteno Polietileno, PE
F2C = CF2 [CF2 CF2] n
Tetrafluoroeteno Politetrafluoroetano, PTEF
H2C = CH CH2 = CH
CH3 CH3 n
Propeno Polipropileno, PP

CH = CH2 CH CH2

n
Estireno Poliestireno, PS

CH = CH2 CH2 CH
Cl Cl n
Cloreto de vinilo Poli(cloreto de vinilo), PVC

CH3 CH3
H2C = C CH2 C n
CO2 CH3 CO2 CH3
Metacrilato de metilo Poli(metracrilato de metilo), PMMA
Polimerização por reacção de
condensação
 Um outro processo de polimerização é o de
condensação, que supõe a associação de moléculas
idênticas ou não, com formação simultânea de outras
moléculas além do polímero.
Monómero Polímero

HO CH2 CH2 OH O O
Diol
O O O CH2 CH2 O C C
HO C C OH
Diácido Poliéster
n
H 2N (CH2)6 NH2 O O
Diamina
O O C (CH2)4 C NH (CH2)6 NH
HO C (CH2)4 C OH
Poliamida n
Diácido
•Polímero de condensação e copolimero.
Classificação de Polímeros
Quanto á ocorrência
Os polímeros podem ser:
 Polímeros Naturais: são aqueles que existem na natureza.
Exemplos:

Seda do Bicho-da-seda Lã de carneiro

Celulose Algodão
Classificação de Polímeros
 Polímeros Sintéticos: são aqueles obtidos artificialmente,
ou seja, são sintetizados quimicamente, em geral, de
produtos derivados de petróleo.
Exemplos:

Placas de isopor

Acrílico

PVC
Classificação de Polímeros
 Polímeros artificiais: são polímeros naturais modificados.
Exemplos

Viscose

Rayon
Classificação de Polímeros
Quanto á estrutura
Sabias que?

Quase todos os
Termofixos são
tridimensionais?

Termoplásticos Termofixos Elastómeros


Aplicações e características especificas
dos polímeros
Tipo Nome Abreviatura Aplicações
Polietileno PE Sacos, frascos, tubos
Termoplásticos
Polipropileno PP Caixas, brinquedos
Poliestireno PS Esferovite, caixas de CD
Poli(cloreto de vinilo) PVC Objectos insufláveis,
isolamento eléctrico
Poli(tereftalato de etileno) PET Garrafas de água e
embalagens

Poli(metacrilato de metilo) PMMA Mobiliário, janelas de


aviões

Poliacrilonitrilo PAN Carpetes, vestuário


Poliéster PET Piscinas, caixas de água
Termofixos Baquelite Tomadas, amostras
metalográficas
Poliisopreno Borracha semelhante á
Elastómeros

natural
Buna S Pneus, câmaras de ar
Buna N Tubos de água
Silicones Silicones
Utilização de Polímeros na Indústria
Gráfico I - Utilização de polímeros na indústria em %

PE PVC
20%
36% PET PP
11%

20% 13%
Outros
Reciclagem de Polímeros

A reciclagem ou o reaproveitamento de material a ser


reciclado é o melhor caminho para o meio ambiente.
Curiosidades…
 Henry Ford, célebre patrão da Ford, utilizou
materiais de soja para a manufactura de peças
automóveis. Um Ford típico de 1936 continha
assim algum “plástico de soja”, polímeros, em
diversas peças.

Fibras de polímero microscópicas podem ajudar a


reconstruir o tecido humano!
Tendões, válvulas cardíacas e a medula espinal ou espinhal
podem ser capazes de se regenerarem após uma lesão ou
doença no futuro.
Bibliografia
 Teresina, “Os polímeros no cotodiano humano”, Universidade Federal de Piaui, 2002.
 R.Chang, “Química”, 5a Ed., Lisboa, 1994.
 P. Carrott, “ Sebenta de Novos Materiais”, Departamento de Química, Universidade de Évora,
 2005.
 www.gorni.eng.br
 P. Almeida,V. Magalhães, Polímeros, Universidade Fernando Pessoa, Porto, 2004.
 CARVALHO, Luiz. A História dos Polímeros Naturais e Sintéticos. Teresina (PI), Abril 2002.
 Universidade Federal do Piauí. Disponível em:
 http://www2.ufpi.br/quimica/mestrado/Icp2002/LuizFernando1.doc
 CURI, Denise. Polímeros e Interações Intermoleculares. Química Nova na Escola, n.23, p. 19-22, Maio 2005.

 SANTOS, Wildson et al. Química & sociedade. São Paulo, SP: Editora Nova Geração, 2008.

 SARDELLA, Antônio. Química. Ed. Ática, 2000. Volume único. Série Novo Ensino Médio.

 USBERCO, João; SALVADOR, Edgard. Química Essencial. São Paulo, SP: Editora Saraiva, 2003. 2ªed.
 SARDELLA, Antônio. Química. Ed. Ática, 2000. Volume único. Série Novo Ensino Médio.

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Polimeriza%C3%A7%C3%A3o

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADmero