Você está na página 1de 23

Determinação da fração

protéica- Método de Kjeldahl

Discentes: Alberth Gomes Wagner


Aniele Julye Motzko
Marcella Soares Moreira
Mariana Menezes Figueiredo

Docentes: Dra. Ana Lúcia Leite Moraes


Dra. Maria Teresa Pedrosa Silva Clerici

Monitora: Ana Rita T. Machado


1
1.Introdução
• Proteínas: Macromoléculas compostas de
vários AMINOÁCIDOS unidos por ligações
covalentes denominadas LIGAÇÕES
PEPTÍDICAS.

2
1.Introdução
Classificação das Proteínas:
- Globulares (ex: albuminas);

- Fibrosas ( ex: colágeno);

- Conjugadas ( ex: hemoglobina).

3
1. Introdução
Função biológica das Proteínas:
- Elementos estruturais (colágeno) e sistemas contráteis;
- Armazenamento;
- Veículos de transporte (hemoglobina);
- Hormônios;
- Enzimática (lipases);
- Nutricional (caseína);
- Agentes protetores (imunoglobulina);

Entre outras..
4
1.Introdução
Conteúdo em Alimentos:

-Muito variável;
-Alimentos de origem animal e leguminosas
são ótimas fontes de proteínas.

5
2.Análise de Proteínas

Determinação de nitrogênio orgânico (Kjeldahl)


Os passos incluem:

• Digestão: H2 SO4 (conc.) a 350-400ºC +


catalisador;
• Neutralização e Destilação;
Johann Kjeldahl •Titulação;
(1849-1900) •Conversão do teor de Nitrogênio total
para teor de proteína.
6
3.Princípio do método
Proteína H2SO4(conc.) + K2SO4 (NH4)2SO4
Δ + catalisador

K2SO4: aumenta o ponto de ebulição do K2SO4 (de 337°C para


mais de 400°C)

Digestão mais eficiente


CuSO4: catalisador. Acelera o processo de oxidação da matéria
orgânica

7
3.Princípio do método

Preparo da amostra:

1) Coleta de porções no lote ou lotes


do material em questão;
2) Redução de tamanho da amostra
bruta recolhida para um volume
adequado de trabalho
3) Homogeneização da amostra
analítica e preparação para
Amostra utilizada
análise

8
3.Princípio do método

Figura 1: trituração e quarteamento da amostra pra reduzi-la


9
3.Princípio do método
• 1ª Etapa: Digestão

-Pesou-se 100mg da amostra


( Sopão Knorr)

- Transferiu-se a amostra para o


micro Kjeldahl

10
3.Princípio do método

-Adicionou-se ao tubo 600 mg de


K2SO4 ,300 mg de CuSO4 e 4 - 6 mL
de H2SO4.

-Digestão da amostra em capela no


bloco digestor,até que ela se torne
incolor. O Aquecimento deve ser
feito a 350°C (8h) 11
3.Princípio do método
• 2ª Etapa: Destilação

12
3.Princípio do método

- Adaptou o tubo ao aparelho,


lavando com 10 mL de água. No
erlenmeyer colocou-se 10 mL de
solução de Ác. Bórico mais
indicadores (vermelho de metila
e verde de bromocresol)

13
3.Princípio do método

-Adicionou de 15 – 20 mL de NaOH a
50% lentamente. Coletando cerca de 50
mL destilado no erlenmeyer.
A cor passou a ser azul esverdeado.

14
3.Princípio do método

• 3ª Etapa: Titulação

- Titulação do branco

-Titulou-secom a solução de
HCl 0,02 mol/L até o
aparecimento de um tom
alaranjado
15
4.Resultados e Discussão
A maioria dos alimentos possui em média 16% de
nitrogênio,portanto:
16g de Nitrogênio 100g de proteínas
1g de N X g de proteínas
X g =6,25

O teor de proteína bruta de um alimento é obtido


pela multiplicação do teor de Nitrogênio total pelo
fator de conversão (6,25).

16
4.Resultados e Discussão
• Cálculos:
volumes gastos de HCl nas titulações:
V amostra 1 = 6 mL e V amostra 2 = 5,9 mL

volume real = volume amostra – volume branco


volume branco = 0,31 mL

Subtraindo o volume branco das amostras, temos:


V amostra 1 = 5,69 mL
V amostra 2 = 5,59 mL
17
4.Resultados e Discussão
Substituindo os valores na fórmula:

Nitrogênio(g) = V x N x 14 x 10
A
V = volume de HCl (mL)
A = peso da amostra (mg)

Para Vamostra 1 = 5,69 mL


A= 0,1076 g

N(g) = 5,69 x 0,0279 x 14 x 100


107,6
N(g) = 2,06 g x 6,25 = 12,90 g 18
4.Resultados e Discussão

• Para V amostra 2 = 5,59 mL:


A= 0,1076 g
Portanto,
N(g) = 5,59 x 0,0279 x 14 x 100
107,6

N(g) = 2,03 g x 6,25 = 12,68 g

19
4.Resultados e Discussão

x1  x 2 12,90  12,68
   12,79%
2 2
(   x1)  (   x)
S  0,155
n 1
S 0,155
CV   100  100  1,21%
 12,79

20
4.Resultados e Discussão
• Calculando a exatidão:
12 g de proteína em 100 g de amostra,
Portanto, exatidão = 12,79 x 100
12
106,6 % de exatidão

21
6.Referências
 http://www.fcf.usp.br/Ensino/Graduacao/Disciplinas/Exclusivo/Inserir/An
exos/LinkAnexos/An%C3%A1lise%20de%20Prote%C3%ADnas%20aula
%20diurno.pdf

22
23

Você também pode gostar