Você está na página 1de 28

Atualização Científica: Seminários e Estudo Dirigido II e IV

Desvio portossistêmico
em cão: Relato de caso

MVR. Ana Karla de Lima Silva


Introdução
• Função hepática
• Estruturas da circulação portal
o Artéria hepática e veia porta hepática
o Veia hepática
• “Shunt” – comunicação entre
circulação portal e sistêmica [1]
Introdução

NORMAL DESVIO INTRA-HEPÁTICO DESVIO EXTRA-HEPÁTICO


Introdução

• Desvio Porto Sistêmico (DPS): Anomalia no


desenvolvimento embrionário
• Adquirida secundariamente - Cirosse
• Mais comum em cães [2]
• Desvio Intra-hepático ➔ Raças maiores
• Desvio Extra-hepático ➔ Raças menores
Introdução

Encefalopatia
hepática
Diagnóstico
• Imagem
• US abdominal
• Radiografia
• Tomografia computadorizada
• Ressonância magnética

• Dosagens séricas
• Amônia
• Ácidos biliares
Tratamento

• Clínico: controle dos sinais de hiperamonemia


o Desvantagem: viabilidade hepática a longo prazo [2]
• Cirúrgico: definitivo [1,3]
o Anel ameroide
o Faixa celofane
o Ligadura de vaso
Caso Clínico
• Atendimento: 03/09/19 e 11/11/19
• Olívia, F, 3 meses
• 1,6 kg
• Shih Tzu
• Vacinas atualizadas éticas
• Vermífugo atualizado
Anamnese: 03/09
• Adoção há 1 mês, comportamento sempre
apático
• Andar em círculos
• Subdesenvolvimento
• Convulsão há 4 dias
• Atendida em outras clínicas – diagnóstico?
Exame Físico e Exames
complementares: 03/09
• Parâmetros vitais: NDN
• Linfodos normopalpáveis
• Fezes e urina sem alterações
• Propriocepção reduzida nos quatro
membros
• Andar compulsivo para esquerda
• Reflexos pupilares preservados
• Não conseguia desviar de obstáculos
Exame Físico e Exames
complementares: 03/09

• Exames hematológicos externos:


o ↑ ALT: 730 U/L (10-100 U/L)
o ↑ AST: 182 U/L (23-66 U/L)
o FA: 181 U/L (23/212 U/L)
o Albumina: 2,7 g/dL (2,3-4 g/dL)
Exame Físico e Exames
complementares: 03/09
• Ultrassonografia abdominal
• Suspeita de desvio portossistêmico - ?
• Situs inversus

• Tratamento domiciliar
• SAMe + Silimarina 32mg+64mg SID VO
• Lactulose xarope 0,8 ml SID VO
• Ração hepática ANR
Anamnese: 11/11

Não compareceu para Devolução do Sem medicação Agravamento dos


re-avaliação animal há 3 semanas sinais clínicos
Exame Físico (11/11)
• Alternância entre consciência e estupor
• Ataxia
• Head pressing
• Hipoglicemia: 60 mg/dL
• Desidratação
Diagnósticos Diferenciais

Outras hepatopatias
Intoxicações
Doenças neurológicas primárias
Trauma
Doenças infecciosas
Hemograma

Fonte: Cedido pelo setor de Patologia Clínica Veterinária/UFLA


Bioquímica sérica
Ultrassonografia abdominal

Fonte: Cedido pelo setor de Diagnóstico por Imagem Veterinário/UFLA


Ultrassonografia abdominal
Ultrassonografia abdominal

SHUNT PORTOSSISTÊMICO EXTRA-HEPÁTICO


ENCEFALOPATIA HEPÁTICA
Tratamento
Internação para estabilização do quadro
• Fluidoterapia Ringer Lactato IV
• Fenobarbital 2 mg/kg IV
• Metronidazol 7,5 mg/kg IV
• Lactulose xarope 0,5 ml/kg
• Monitoramento de parâmetros vitais
Tratamento
Domiciliar:
o Metronidazol 7,5 mg/kg BID 15 dias
o Amoxicilina+Clavulanato 15 mg/kg BID 15 dias
o Lactulose 0,5 mL/kg TID ANR
o Fenobarbital
o Ração hepática
o Probiótico
o Petiscos: queijos brancos ou iogurte natural
Retorno
• 10/12/19: Animal alerta e ativo
• Reflexos íntegros
• Propriocepção presentes nos quatro membros
• Reflexos pupilares íntegros
• Nega episódios convulsivos
• Seguindo recomendações terapêuticas
Retorno
Retorno
• Reavaliação ultrassonográfica: ausência de líquido livre abdominal
o Não visualizados cálculos renais ou vesicais

• Reforçada necessidade de correção cirúrgica


Conclusão
• Manejo clínico: qualidade de vida, porém temporário/estratégico
• Importante diferencial – manifestações neurológicas
• Unir informações clínicas e exames complementares ($$$)
Referências bibliográficas
• 1 - ETTINGER, Stephen J.; FELDMAN, Edward C.; COTE, Etienne. Textbook of Veterinary Internal Medicine-eBook. Elsevier health sciences, 2017.
• 2 - DOS SANTOS, Robson Oliveira et al. Shunt portossistêmico em pequenos animais. PUBVET, v. 8, p. 2173-2291, 2014.
• 3 - PIRES, M. J.; COLAÇO, A. O papel dos ácidos biliares na patologia e terapêutica das doenças hepáticas no cão e no gato. Revista portuguesa
de ciências veterinárias, v. 99, p. 137-143, 2004.
• 4 - SALGADO, Melissa et al. Hepatic encephalopathy: diagnosis and treatment. Compendium, v. 35, n. 6, p. E1-9, 2013.
• 5 - Martin, R. A. Congenital Portosystemic Shunts in The Dog and Cat. Veterinary Clinics of North America: Small Animal Practice, 23(3), 609–
623. doi:10.1016/s0195-5616(93)50309-1, 1993.
• 6 - UFRGS . Ácidos Biliares, recurso eletrônico. 2015. Acesso em 23/04/2020, disponível em: https://www.ufrgs.br/lacvet/site/wp-
content/uploads/2015/07/acidos_biliares.pdf
Obrigada pela
atenção!
Dúvidas?