Você está na página 1de 9

Conhecendo os

Você já parou para observar e perguntar-se por


que algumas pessoas são tão diferentes de você
no modo de se comportar, posicionar e de reagir
diante de uma mesma situação? Podemos ver
isso até entre irmãos, que, tendo recebido a
mesma criação e vivido o mesmo contexto
social, comportam-se de maneira distinta. Uma
chave de esclarecimento para essa realidade são
os temperamentos, uma estrutura inata e fixa da
psicologia humana.

Em cada pessoa, o temperamento aparece de


um modo específico, ele é algo inato no
indivíduo e nunca desaparece inteiramente. Não
existe temperamento bom ou mau, útil ou inútil;
existe o temperamento e a circunstância ao
redor da pessoa. Ele não determina as nossas
escolhas, e sim, as articula de um modo melhor
em nossas vidas.

Nas funções que desempenham, as pessoas


podem desenvolver-se de modo melhor ou pior
de acordo com seus temperamentos. Elas têm
condição de manejá-los intelectualmente. Por
isso, conhecer o nosso temperamento, assim
como o dos outros, é fundamental para que, de
forma clara, possamos compreender as pessoas
e também nos instalar mais adequadamente em
nossa realidade e em nossos relacionamentos.

Conhecendo os temperamentos na prática | Shaira Leite 2


Existem pessoas que são naturalmente inclinadas a ser mais expansivas e
comunicativas; outras, já são mais introvertidas e concentradas.

Podemos sistematizar essas características em dois eixos de qualidades opostas como


nos mostra a figura abaixo, segundo a Teoria Hipocrático-Galênica¹.

A qualidade quente é caracterizada pela expansão e rapidez na ação. Simbolicamente,


é representada pelos elementos ar e fogo. Já a qualidade fria tende a receber e
concentrar. Ela é representada pelos elementos água e terra.

No outro eixo, temos as qualidades da Umidade e Secura. A qualidade úmida remete à


ideia de envolvimento, adaptação, fluidez e falta de norma. Não prolonga impactos e
impressões, tem dificuldade de dar forma às experiências.

Quanto à qualidade seca, ela remete à firmeza, ordem, rigidez ou à capacidade de


receber uma forma fixa, que retém e guarda.

• Temperamento Quente:
Expansivo, impulsivo

• Temperamento Frio:
Concentrado, introspectivo

• Temperamento Seco:
Ordenado, estruturado

• Temperamento Úmido:
Envolvente, fluido.
_______________________________
1 Hipócrates- séc. III a.C. Buscava encontrar uma razão fisiológica para o temperamento, entendido como a estrutura
dominante de humor e motivação das pessoas, baseando na teoria dos quatro elementos, relacionando com o predomínio
fisiológico de um sistema orgânico (sist. Nervoso, sanguíneo ou de humor). Sanguíneo (sangue), fleumático (linfa ou
fleuma), colérico (bílis) e melancólico (astrabílis ou bílis negra). Galeno no século II d.C. expandiu essa teoria, voltando-se
para a personalidade. Para ele havia uma relação direta entre os níveis de humores no corpo e as inclinações emocionais e
comportamentais, que ele chamou de “temperamentos”, classificando os 4 tipos de temperamentos e suas combinações.

3
Com a junção desses elementos, temos os quatro temperamentos:

- Quente e úmido – Ar - Remete ao que voa, escapa, ecoa, envolve,


expande. Usa muito a linguagem.

- Quente e seco- Fogo - Remete ao que aquece, faísca, consome, sempre


a se mexer. Marca posição, muito ativo.

- Frio e Úmido – Água - Remete ao que espalha, derrama. Precisa de


tempo para se mover, envolve os demais, não mantém energia.

- Frio e seco – Terra - Remete ao que é fixo, estável, imóvel, ao que


aprofunda, muda com dificuldade.

4
quente e úmido - ar
Características principais
• Eloquente, comunica-se com facilidade.
• Facilidade para se relacionar, conviver,
compartilhar.
• Lúdico, criativo, imaginativo.
• Entusiasmado, empolgado, alegre.
• Simpático, dócil.
• Prestativo, disposto a colaborar.
• Amigável, encantador.

Pontos a trabalhar
• Pessoas mais distraídas, indecisas, dispersas.
• Inconstantes, fogem do esforço árduo, mais
voltadas aos prazeres.
• Idealizadoras, cheias de ideais, mas, por
vezes, pouco práticas.
• Superficiais no entendimento.
• Querem engolir o mundo, fazer tudo de uma
vez, mas têm dificuldade de concluir o que
idealizam.

Então, na prática, vão


precisar de: • Aqueles que tiverem problemas com timidez,
devem fazer curso de oratória, aprenderem a
• Buscar uma organização que naturalmente declamar poesias, para obter técnicas que lhes
não têm. ofereçam segurança para se expressarem em
público.
• Sair de perto de tudo que tira o foco - celular,
barulho etc. • Ter alguém por perto cobrando-lhe (de
preferência coléricos ou melancólicos).
• Colocar sua vontade num plano de vida, com • Falar sobre o que está estudando, lendo;
um horário bem regulado [uma boa rotina]. propor-se a ensinar os outros.
Fixar um tempo certo e curto de atividades e
lutar para cumpri-las da forma determinada, • No campo espiritual dedicar um tempo à
fazendo pequenos intervalos para a realização prática da oração, exercitando sua capacidade
das coisas que mais lhes agradem (Método de comunicação, mantendo um diálogo
Pomodoro). contínuo com Deus. Além disso, desenvolver
trabalhos voluntários, obras de caridade, ajuda
• Desenvolver a memória. ao próximo.
• Anotar as coisas para fixá-las (Post it).
• Decorar textos de sua preferência.
• Procurar expressar-se, para que possam estar
bem instalados no mundo. 5
quente e seco – fogo

Características principais
• São muito ativos, engajam-se muito bem nas
atividades que têm por finalidade a realização
de uma ação.
• Têm uma agitação motora, impõem-se no
ambiente.
• Para eles, é muito importante saber qual é o
plano a ser executado e quem é o líder.
• Desenvolvem bem suas potencialidades, para
a ação, liderança e coordenação.
• Têm um entendimento agudo, pois guardam
afetivamente as impressões.

Pontos a trabalhar
• São muito ativos, suas “paixões” são fortes,
confiam muito em si mesmos, podendo ser
orgulhosos, dominadores e autoritários.

• Por seu poder de iniciativa e determinação,


acreditam que facilmente dominarão um
assunto, bastando, para isso, uma lida rápida
do assunto; no entanto podem perder
rapidamente a motivação, assim não concluir
o que iniciam tão bem. • Supervalorizam suas capacidades. Precisam
aprender a exercitar diariamente a humildade
Então, na prática, os e a interagir com os outros, principalmente
com os melancólicos, que os ajudarão a
coléricos: aprofundar e concluir suas ações.

• Sendo naturalmente motivados, iniciam • Precisam traçar e visualizar uma meta,


facilmente a ação, mas podem viver de descrever quem e o quê querem tornar-se;
voluntarismo, fazendo as coisas por mera priorizar exercícios para se manterem em ação,
vontade, mas sem pensar. desafiando-se a alcançar as metas traçadas.

• Não conseguem realizar suas ações dentro de • No campo espiritual para elevar a mente às
uma ordem hierárquica, graduando-as de coisas transcendentais, bem próprias do fogo,
acordo com sua importância maior ou menor. dar esmola (trabalhar o desprendimento das
coisas materiais), praticar o não julgamento,
• Tendem a fazer o que os desafia; é importante bem como a obediência às coisas do alto.
fazê-los pensar antes de agir, para não serem
imprudentes.

• Cumprir um plano de estudo ou ação pré-


estabelecido.
6
Frio e seco – terra

Características principais
• Tendem a aprofundar e classificar as coisas.
Acomodam e resistem.
• Têm uma visão mais estável e organizada do
mundo (conseguem separar o joio do trigo, o
bem do mal).
• Inclinados à reflexão e introspecção.
• Tendem a ser metódicos, centrados, por isso
eles podem sofrer quando o mundo está
desorganizado.
• Recolhem as experiências do mundo dentro de
si e as trabalham internamente.
• São voltados para o seu mundo, têm amor à
solidão.
• Têm um profundo desejo de eternidade.

Pontos a trabalhar
• Ao receberem uma crítica esta o marca, e ele
tende a recolher-se, não consegue fingir que não
liga para as coisas.
• Tendem facilmente a guardar, remoer e a se
ressentirem.
• Capacidade de cristalizar impressões, o que
pode levá-lo a manter-se no pessimismo e no
negativismo.
• Movem-se melhor em uma rotina.
Organizar um ambiente harmonioso e
Então, na prática, é positivo no seu
preciso: dia a dia.

• Precisam combater sua indecisão e


• Que se voltem para realidade, já que são muito
covardia, aprender a dar resoluções
inclinados para o mundo interior; é importante
firmes e lançar-se a grandes feitos com
que observem, anotem o que estão vendo fora
ânimo e otimismo.
de si, mais do que guardem as fantasias do
pensamento que tende ao pessimismo.
• No campo espiritual ajuda muito terem
vida interior, práticas espirituais, contato
• Devem estar sempre bem ocupados, para não
com a bondade e a virtude da esperança.
darem tempo a pensamentos pesados e
Devemos inspirar-lhes uma confiança.
preocupados.
Voltar sua atenção para a busca de
conhecimento espiritual, prática de
• Falar com outras pessoas, compartilhar seu
ascese e na conquista das virtudes.
conhecimento, participar de grupo de estudos.

• Precisam de ajuda para agir, já que preferem


interiorizar-se, pensar, mas sem ação. 7
úmido e frio – água

Características principais
• Grande capacidade de introspecção aliada à
absorção e receptividade ao ambiente. Por essas
suas características, podem ser grandes
narradores da vida, pois tendem a ter uma
compreensão receptiva e profunda do que
acontece e que eles guardam na memória.
• Absorvem o impacto, não remoem tanto quanto
o melancólico, não guardam rancor.
• São mais compreensivos, entendem bem as
relações humanas nas suas grandezas e misérias.
• Conseguem mimetizar reações e expressões de
outros temperamentos, por isso é muito possível
parecerem sanguíneos ou melancólicos.
• Observam as coisas com cautela, envolvem-se
com as situações, moldando-se a elas.

Pontos a trabalhar
• Mais preguiçosos e negligentes no cumprimento
de suas obrigações.
• Podem perder muitas boas oportunidades, por
sua dificuldade de agir.
• Em decorrência de sua concentração, podem
ficar desligados do que se passa fora deles. • Exigir esforços metódicos e constantes em
• Dificuldade para mandar, liderar e se posicionar. ordem à perfeição, exercícios práticos para
• Esquivam-se de sacrifícios ou dificuldades. objetivos concretos.
• São muito propensos a descansar, comer e beber.
• Estimulá-los ao pleno domínio de si mesmos,
incentivando-os a utilizar suas forças
adormecidas.
Então, na prática, os
fleumáticos devem: • No campo espiritual, precisam dedicar-se à
prática do jejum, aprofundar a experiência de
domínio do corpo, de suas paixões, sua
• Buscar não negligenciar seus deveres, fazer o
concupiscência carnal, mediante a atenção ao
que deve ser feito sem autopiedade.
incômodo da fome, de modo a suportá-la,
treinando-se para vivenciar outras dores e
• Tendem a ficar parados, não têm energia
ganhando força para realidades mais altas,
própria. Precisam se treinar para ter iniciativa,
como a oração.
para ser mais ágeis.
• Devemos sacudi-los de sua inércia,
empurrando-os às alturas, em busca de um
grande ideal.

8
Para ter acesso a mais
conteúdos como este:

Nome da Sua Empresa


Aqui você deve colocar um pequeno resumo da sua
empresa e os serviços que são prestados.

Uma dica!
Quando citar os serviços prestados, a página de
materiais ricos, entre outros, adicione um link para a
página correspondente.