Você está na página 1de 6

PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F.

Aluno(a):
Nº: Turma: Data:
Professor(a):
VALOR: NOTA:

8,0

“CAMINHA PELA VEREDA DA HUMILDADE SE QUISERES CHEGAR À ETERNIDADE.”


Sto. Agostinho

Instruções:
Querido(a) aluno(a):
 Preencha o cabeçalho de modo completo.
 Leia o texto com bastante atenção, garantindo a compreensão.
 Preste atenção nos enunciados das questões.
 Elabore respostas completas e bem estruturadas.
 Compare pergunta e resposta e verifique se há coerência entre elas.
 Confira a grafia, a legibilidade das palavras e o uso da pontuação adequada.
 Faça a revisão de sua prova, antes de entregá-la.
 Marque, com lápis de cor, apenas uma alternativa nas questões de múltipla escolha.

IMPORTANTE:
As questões abertas ou fechadas com rasuras não serão revisadas.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto 1
QUANTO MAIS CEDO, MELHOR
Crianças que aprendem a lidar com o dinheiro ainda na infância
tendem a ser adultos mais equilibrados financeiramente

Engana-se quem pensa que ganhar e gastar dinheiro é coisa de gente grande.
Jovens e crianças estão cada vez mais ligados na economia da família e se preocupam em
encontrar formas de engordar o cofrinho. Ana Clara Santos Reis tem apenas seis anos.
Quando o assunto é dinheiro, porém, já pensa como um adulto. (...) Ela aprendeu que, para
comprar aquele brinquedo tão sonhado que aparece na televisão, é preciso economizar.
“Vou juntando meu dinheiro aos poucos. Depois peço à minha mãe para me levar na loja.
Se der, compro na hora. Se não, fica para depois”, conta.
Ana Clara não aprendeu a se comportar dessa maneira sozinha. Seus pais mantêm
um planejamento doméstico e conseguem controlar todos os gastos da família. Eles
ensinaram a ela que, antes de comprar algo, é preciso fazer as contas. “Não podemos ter
tudo. Mas negar, simplesmente, não é educativo e pode se transformar em frustração”,
opina o pai, Edmar dos Reis. Por causa disso, sempre que dizem não à filha, explicam a ela
o motivo. “Ou não temos dinheiro naquele momento, ou não está na hora dela ganhar um
presente ou o que ela quer não é apropriado para a idade”. Reis faz questão de mostrar a
Ana Clara que existem certos momentos para se ganhar presentes, como aniversário, dia
das crianças e Natal.

Colégio Magnum Cidade Nova | (31) 3429-9000 | www.magnum.com.br


PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F. – 101-2017-024
Ele conta que a mesada foi um ótimo instrumento para ajudar a filha a começar a
dar valor ao dinheiro e a decidir sozinha o que fazer com ele. “O valor é simbólico. Então
tivemos que mostrar a ela que, para ficar maior, é preciso economizar. Antes, Ana Clara
achava que o dinheiro era infinito, que podia comprar o que quisesse. Hoje, ela sabe que
precisa escolher o que quer primeiro”, conta.
(...)
Já para Nathália Vaz de Melo, de oito anos, a mesada tem um gostinho diferente. É
que ela só recebe a quantia mensal se realizar algumas tarefas dentro de casa para ajudar
a família. “Tentamos mostrar a ela que tudo tem um preço”, explica a mãe, Michelle Letícia
Braga. Hoje, a garota faz contas para saber quantas mesadas precisa juntar para comprar
alguma coisa nova. Quando não tem a quantia suficiente, negocia com a mãe o abatimento
nas mesadas futuras. “Eu já comprei brinquedos novos e um presente para meu irmão que
custou três mesadas”, conta a garota.
Foi dialogando com os filhos desde pequenos que a professora Eliane de Resende
Silva Mariano conseguiu ensinar a eles que, para manter as contas sempre em dia, a família
só pode comprar aquilo que tem condição de pagar. “Nós temos um planejamento
doméstico e sempre fizemos questão de desenvolvê-lo junto com nossos filhos. Não
compramos nada sem calcular antes”, ressalta.
Richard Vinícius Resende Mariano é o filho mais velho de Eliane. (...) Aos 11 anos,
ele confessa que observa as contas da família para saber quanto eles estão gastando.
“Sempre que eu peço alguma coisa para minha mãe, ela olha na planilha. Se passar do
limite, é porque não pode comprar. Eu entendo numa boa porque sei que, quando puder,
ela vai me dar o que eu pedi”, diz.
Fonte: Revista Nossa Escola, nº 16. Março, 2011. Páginas 7 e 8.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
1- Que argumento apresentado por Ana Clara demonstra que, apesar de ter apenas seis
anos, a menina já faz uso consciente do dinheiro?
_________________________________________________________________________
0,8
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2- Qual é a intenção dos pais citados no texto ao conversarem com seus filhos sobre
planejamento doméstico e financeiro?
_________________________________________________________________________ 0,8

_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2
PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F. – 101-2017-024

3- O trecho que indica uma opinião é

A) “Sempre que eu peço alguma coisa para minha mãe, ela olha na planilha.” 0,8

B) “... ela só recebe a quantia mensal se realizar algumas tarefas dentro de casa...”
C) “...negar, simplesmente, não é educativo e pode se transformar em frustração...”
D) “...temos um planejamento doméstico(...). Não compramos nada sem calcular antes.”
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Texto 2

https://jogadacerta.wordpress.com/category/charges/

4- Explique a mensagem transmitida pela charge. 0,8

_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Texto 3

https://blogueirossaocarlos.wordpress.com/2012/10/31/turma-da-monica/ 0,8

3
PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F. – 101-2017-024

5- Explique o humor presente na tirinha.


_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Texto 4

A CIGARRA E A FORMIGA
Baseada na fábula de La Fontaine

Durante o verão, a cigarra não fez outra coisa senão cantar feliz por encontrar tanto
alimento à sua disposição. Para qualquer lado que olhasse, ela avistava uma quantidade
incontável de folhas verdes e tenras com as quais podia saciar o apetite quando bem
entendesse. E, por isso, ela cantava sem parar, demonstrando a alegria que sentia por viver
naquele paraíso.
Mas o tempo passou, o clima mudou e, quando o inverno chegou, a cantora
imprevidente se viu em estado de extrema penúria, sem ter nada para comer. Por isso, ela
se viu forçada a bater na porta da casa da formiga, que morava perto dela, pedindo que
esta lhe emprestasse comida suficiente para que pudesse atravessar o período de estio
sem correr o risco de morrer de fome. Prometeu que pagaria esse empréstimo com juros,
tão logo chegassem novamente à estação da fartura. Mas a formiga perguntou:
– O que foi que fizeste durante todo o verão?
– Bem... eu cantava noite e dia, a qualquer hora – respondeu a cigarra.
– Oh! Mas que beleza! – replicou a formiga. Pois, se antes cantavas, agora poderás
dançar o quanto quiseres!

Moral da história: Os que não pensam no dia de amanhã pagam sempre um alto preço por
sua imprevidência.
http://www.luizberto.com/2010/09/07

Glossário:
tenra: fresca, nova, viçosa etc.
saciar: satisfazer completamente; matar a fome ou a sede.
imprevidente: descuidado, desleixado, negligente.
penúria: carência, pobreza, privação.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Releia o trecho:

“– Oh! Mas que beleza! – replicou a formiga. Pois, se antes cantavas, agora
poderás dançar o quanto quiseres!”

6- A expressão destacada na fala da formiga demonstra


4
0,8
PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F. – 101-2017-024

A) ironia.
B) confiança.
C) admiração.
D) entusiasmo.

Releia:

“... a cantora imprevidente se viu em estado de extrema penúria, sem ter nada para
comer. Por isso, ela se viu forçada a bater na porta da casa da formiga...”

7- No trecho acima, qual é a função do pronome em destaque?


_________________________________________________________________________
0,8

_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

8- Estabeleça a relação existente entre as informações presentes nos textos 1 e 4.


_________________________________________________________________________ 0,8

_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Texto 5

http://www.colchoesgazin.com.br/pt

5
PROVA DE 2ª CHAMADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – 5º ANO – E.F. – 101-2017-024
9- Explique a relação existente entre as linguagens verbal e não verbal apresentadas no
cartaz.
0,8
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

10- A mensagem do cartaz foi direcionada

0,8
A) aos visitantes da fábrica de colchões.
B) às mulheres que têm dificuldade para dormir.
C) às pessoas que desejam comprar um colchão.
D) aos jovens que querem sonhar todas as noites.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Você também pode gostar