Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDO


DEPARTAMENTO DE LETRAS DO CERES
CURSO DE LETRAS
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO LATIM 2020.5

I AVALIAÇÃO

Prof. Dr. Mário Lourenço

ALUNO(A)_Fernando Wanderson de Lima Costa

1 – Qual a origem da Língua Latina?

A origem do Latim se dá através da civilização romana, sendo descendente


principalmente do grupo itálico que pertence as línguas indo-europeias. Dessa forma,
ela irá abranger diversas comunidades linguísticas faladas nessa região, com exceção de
algumas regiões. Acredita-se que o Latim era falada pelos povos por volta de 5000 a
2000 a.C, dentro de um contexto histórico e politico na qual se passou o império
romano. Assim, se tornou a língua oficial e de grande representatividade de Roma.
Conforme Furlan e tal, o latim

[...] pertence ao ramo itálico das línguas indo-europeias; é, portanto, um dos


falares antigos que se praticavam na península itálica, e que tem como
origem o indo-europeu, a língua pré-histórica da qual deriva a maior parte
das línguas da Europa e algumas da Ásia, como o grego, o alemão e o
sânscrito, por exemplo. (FURLAN et al, 2012, p.15)

Essa língua tem em sua estrutura um conjunto de elementos que podem ser
identificadas facilmente nas demais línguas que são derivadas dela. Porem, em virtude
dos poucos estudos e da falta de documentos escritos, a língua indo-europeia não existe
mais pois como uma língua.

Em seu contexto histórico, o latim surge por meio das grandes migrações e
conquistas de terras onde foi fundada a cidade de Roma, na qual teve sua grande
expansão territorial do Império Romano. Assim, através dessas conquistas territoriais,
os romanos acabam levando a sua cultura e sua língua para demais regiões. Portanto,
essa nova língua, como afirma os autores, na qual
O latim foi sendo imposto a partir do século III a.C. às comunidades das
regiões conquistadas como língua de comércio e de cultura, nas quais
coexistia com as originais línguas regionais. A política romana sempre
admitiu o bilinguismo ou mesmo o multilinguismo em seus territórios. O
latim praticado nas províncias, porém, não era o latim clássico, língua
extremamente polida e regrada, da qual se valiam os escritores, mas o latim
vulgar, língua viva, de comunicação cotidiana dos cidadãos romanos.
(FURLAN et al, 2012, p.16)]

Conforme os autores, no latim irá apresentar algumas variantes da língua,


como é o caso do latim clássico e do latim vulgar. O primeiro trata-se de uma língua
mais formal, sendo utilizada pelos escritores em suas produções literárias,
pertencendo a um público mais seleto. Já o latim vulgar, é o oposto, trata-se do uso
corrente da língua por aqueles de todas as camadas da sociedade daquele momento.

REFERÊNCIA

Furlan, Mauri. Lingua latina I / Mauri Furlan, Zilma Gesser Nunes, Fernando Coelho.– 2.
ed. – Florianópolis : LLV/CCE;/UFSC, 2012. 184p. Disponível em:
https://latim.paginas.ufsc.br/files/2017/04/Livro_Lingua_Latina_I.pdf.

2 - Marque V quando a alternativa for verdadeira e F, quando falsa:


a. ( V ) No Latim as palavras se distribuem em declinações.
b. ( V ) As palavras de primeira declinação fazem o genitivo singular em -AE.
c. ( F ) Na primeira declinação predominam palavras de gênero masculino.
d. ( F ) Não há palavras masculinas na primeira declinação.
e. ( V ) O caso dativo pode assumir também a função sintática de
complemento nominal, nessa situação com a presença da preposição A ou
PARA.
f. ( F ) Na primeira declinação não há palavras do gênero neutro.
g. ( V ) O Latim sobrevive de modo modificado nas línguas neolatinas.
h. ( V ) De acordo com a pronúncia tradicional os ditongos AE e OE soam
apenas como um fonema “E”.
i. ( F ) Uma palavra no caso ACUSATIVO nunca assume a função de adjunto
adverbial.
j. ( V ) Os verbos de primeira conjugação latina fazem a terminação de
infinitivo em -ARE.
3 – Relaciona cada CASO latino com a sua respectiva PRINCIPAL função sintática:
( 1 ) GENITIVO ( 5) ) DATIVO
( 2 ) VOCATIVO ( 6 ) ABLATIVO
( 3 ) NOMINATIVO
( 6 ) ADJUNTO ADVERBIAL ( 2 ) VOCATIVO
( 2 ) VOCATIVO ( 4 ) OBJETO DIRETO
( 3 ) SUJEITO ( 5 ) OBJETO INDIRETO
( 4 ) ACUSATIVO
4 – Decline e Traduza as palavras latinas a seguir indicadas em cada caso:
a) INSULA, -AE (ILHA)
CASOS SINGULAR PLURAL
NOM INSUL-A a ilha INSUL-AE as ilhas
GEN INSUL- AE da ilha INSUL- ARUM das ilhas
DAT INSUL- AE a ilha INSUL- IS as ilhas
ACS INSUL- AM a/uma ilha INSUL-AS as/umas ilhas
VOC INSUL- A à ilha INSUL-AS às ilhas
ABL INSUL-A com a ilha INSUL-IS com as ilhas

b) DOMINA, -AE (SENHORA)


CASOS SINGULAR PLURAL
NOM DOMIN-A a senhora DOMIN-AE as senhoras
GEN DOMIN- AE da senhora DOMIN - ARUM das
senhoras
DAT DOMIN- AE a senhora DOMIN - IS as senhoras
ACS DOMIN- AM a/uma DOMIN -AS as/umas
senhora senhoras
VOC DOMIN- A à senhora DOMIN -AS à senhoras
ABL DOMIN-A com a senhora DOMIN -IS com as
senhoras
5 – Traduza as frases que se seguem e, em seguida, passe a frase inteira para a forma de
PLURAL, em LATIM.
a) Magistra amat ancilla.
Vocabulário: (magistra, -ae: professora; amo, -as, -are: amar; ancilla, -ae: criada
Tradução: A Professora ama a criada.
Plural: Magistrae amant ancillae
b) Ancilla sedula est.
Vocabulário: (ancilla, -ae: criada; est: verbo “esse” = ser/estar; sedula: diligente)
Tradução: A criada é diligente.
Plural: Ancillae sedulae sunt
c) Domina vocat servam.
Vocabulário: (dominus, -i: senhor; voco, -as, -are: chamar; serva, -ae: escrava)
Tradução: O senhor chama a escrava.
Plural: Dominae vocant servas.
d) Regina donat rosam poetae.
Vocabulário: regina, -ae: rainha; dono, -as, -are: doar; rosa, -ae: rosa; poeta, -ae: poeta
Tradução: A rainha doa rosas ao poeta.
Plural: Reginae donant rosas poetis
e) Poeta donat rosam filiae agricolae.

Vocabulário: poeta, -ae: poeta; dono, -as, -avi, -are: doar; rosa, -ae: rosa; filia, -ae:
filha; agrícola, -ae: agricultor

6 - Indique o tempo, o modo e a pessoa dos verbos abaixo e em seguida traduza:


Exemplo: (AMARE = amar) amo. 1ª ps. do sing. do pres. do indicativo. Tradução: Eu
amo.

1. (SALTARE = saltar)
a) Saltant: 3ª ps. do plural do pres. ativo. Tradução: Eles saltam.

b) Saltabo: 1ª ps. do sing. do fut. Ativo. Tradução: Eu saltarei.

c) Saltabam: 1ª ps. do sing. do pres. ativo. Tradução: Eu saltava.

d) Saltat: 3ª ps. do sing. do pres. ativo. Tradução: Ele salta.

e) Saltamus: 1ª ps. do plur. do pres. ativo. Tradução: Nós saltamos.

2 (PORTARE = trazerer)
a) Portat: 3ª ps. do sing. do pres. ativo. Tradução: Ele trouxe.
b) Porto: 1ª ps. do sing. do pres. ativo. Tradução: Eu trouxe.

c) Portamos: 3ª ps. do plur. do pres. ativo. Tradução: Nós trouxemos.

d) Portas: 2ª ps. do sing. do pres. ativo. Tradução: Tu trouxeres.

e) Portabant: 3ª ps. do plur. do imperf.. ativo. Tradução: Eles trouxeram.