Você está na página 1de 85

LAUDO TÉCNICO DE CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO TRABALHO – LTCAT

(MULTIPAVI PAVIMENTAÇÃO E OBRAS LTDA - ME)


CNPJ: 03.251.939 / 0001 – 17

FEVEREIRO DE 2019

GOIÂNIA

1
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon. Yes – Engenharia e Segurança do Telefone.: 62 – 39543606 / 62 –
Sala 1311 - Setor: Central Trabalho 994128806
E-mail: eduardo@yesgrupo.com www.yesgrupo.com
SUMÁRIO
1. PREMISSAS BÁSICAS................................................................................................2
2. OBJETIVO.................................................................................................................6
3. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA E DO EMPREGADO....................................................6
4. DESCRIÇÃO TRABALHO E ATIVIDADES......................................................................7
5. CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO LOCAL DE TRABALHO...............................................18
7. EXISTÊNCIA E APLICAÇÃO EFETIVA DE E.P.I............................................................28
8. MÉTODOS, TÉCNICA, APARELHAGENS E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA A
ELABORAÇÃO DO LTCAT.........................................................................................36
9. CONCLUSÃO...........................................................................................................42
10. OBSERVAÇÕES FINAIS............................................................................................76
11. DATA E LOCAL DA INSPEÇÃO TÉCNICA E ASSINATURA DO PROFISSIONAL
HABILITADO...........................................................................................................77
12. ENCERRAMENTO....................................................................................................78
13. BIBLIOGRAFIA........................................................................................................78
ANEXOS

1
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
1. PREMISSAS BÁSICAS

A introdução do chamado tempo “especial” se deu pelo artigo 31 da Lei 3.807/60, que tratava
da Aposentadoria Especial para os trabalhadores que exerciam atividades consideradas
insalubres, penosas ou perigosas sendo que esta lei foi regulamentada pelo decreto
53.831/1964.

A partir de então, ficou definido que os períodos especiais poderiam ser analisados e
reconhecidos a partir de dois grandes grupos: por agente nocivo (químico, físico, biológico
ou a associação de agentes prejudiciais à saúde ou à integridade física) ou por categoria
profissional (profissão dentro de grupos profissionais). Como exemplo de categoria
profissional, podemos citar o motorista de caminhão/ônibus que tinha direito de contar o
tempo trabalhado nesta condição como tempo “especial” pelo motivo da
sua profissão pertencer ao grupo profissional “Transporte Rodoviário” descrita no item 2.4.4
do Decreto regulamentador.

Em 24/01/1979 foi publicado o Decreto 83.080/1979, que aprovou o novo Regulamento dos
Benefícios da Previdência Social, o qual manteve o reconhecimento de tempo “especial” tanto
por agente nocivo quanto por categoria profissional. A nova listagem completa foi publicada
em seus anexos I (agente nocivo) e II (categoria profissional).

A partir da publicação do Decreto 3.048 de 06/05/1999 atualmente em vigor, a análise


por categoria profissional, foi mantida até a véspera da publicação da Lei 9.032 que se deu
em 29/04/1995. A partir de então, a análise por categoria profissional foi extinta,
permanecendo em vigor apenas a análise por agente nocivo.

Apesar da alteração da legislação ao longo do tempo, todo e qualquer trabalhador que exerceu
atividades sob condições consideradas especiais a partir da publicação da lei 3.807/1960,
poderão ter o tempo de serviço convertido em “especial” por agente nocivo em qualquer
época ou por categoria profissional (profissão) até 28/04/1995, desde que atenda aos
requisitos e apresente os documentos necessários previstos na legislação da época em que
exerceu estas atividades.

2
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Esse Laudo Técnico tem por finalidade atender às exigências previstas nos Decretos, Ordens
de Serviços e Instruções Normativas oriundas do Ministério da Previdência Social –
MPS e do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

A partir de 29 de abril de 1995, data da publicação da Lei nº 9.032, a caracterização de


atividade como especial depende de comprovação do tempo de trabalho permanente,
não ocasional nem intermitente, durante quinze, vinte ou vinte cinco anos em atividade
com efetiva exposição a agentes nocivos químicos, físicos, biológicos ou associação de
agentes prejudiciais à saúde ou à integridade física, observada a carência exigida.

Qualquer que seja a data do requerimento dos benefícios, as atividades exercidas deverão ser
analisadas da seguinte forma:

PERÍODO
ENQUADRAMENTO
TRABALHADO
Quadro anexo ao Decreto nº 53.831, de 1946. Anexos I e II do
De 5.9.60 a 28.4.95 RBPS, aprovado pelo Decreto nº 83.080, de 1979.Formulário:
CP/CTPS; LTCAT, obrigatoriamente para o agente físico ruído.
Código 1.0.0 do Anexo ao Decreto nº 53.831, de 1964. Anexo I
do Decreto nº 83.080, de 1979.Formulário:LTCAT ou demais
De 29.4.95 a 13.10.96
Demonstrações Ambientais, obrigatoriamente para o agente físico
ruído.
Código 1.0.0 do Anexo ao Decreto nº 53.831, de 1964. Anexo I
De 14.10.96 a 5.3.97 do Decreto nº 83.080, de 1979.Formulário:LTCAT ou demais
Demonstrações Ambientais, para todos os agentes nocivos.
Anexo IV do RBPS, aprovado pelo Decreto nº 2.172 de
De 6.3.97 a 31.12.98 1997.Formulário:LTCAT ou demais Demonstrações
Ambientais, para todos os agentes nocivos.
Anexo IV do RBPS, aprovado pelo Decreto nº 2.172, de 1997.
Formulário: LTCAT ou demais Demonstrações Ambientais,
para todos os agentes nocivos, que deverão ser confrontados com
De 1º.1.99 a 5.5.99 as informações relativas ao CNIS para a homologação da
contagem do tempo de serviço especial nos termos do art. 19 e 2º
do art. 68 do RBPS, com redação dada pelo Decreto nº 4.079, de
2002.
3
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Anexo IV do RBPS, aprovado pelo Decreto nº 3.048, de 1999.
Formulário: LTCAT ou demais Demonstrações Ambientais,
para todos os agentes nocivos, que deverão ser confrontados com
De 6.5.99 a 31.12.03 as informações relativas ao CNIS para a homologação da
contagem do tempo de serviço especial nos termos do art.19 e 2º
do art. 68 do RBPS, com redação dada pelo Decreto nº 4.079, de
2002.
Anexo IV do RBPS, aprovado pelo Decreto nº 3.048, de 1999.
Formulário que deverá ser confrontado com as informações
A partir de 1º.1.04 relativas ao CNIS para homologação da contagem do tempo de
serviço especial nos termos do art. 19 e 2º do art. 68 do RBPS,
com redação dada pelo Decreto nº 4.079, de 2002.

Para os efeitos técnicos e legais, neste documento considera-se trabalho permanente aquele
que é exercido de forma não ocasional nem intermitente, no qual a exposição do
empregado, do trabalhador avulso ou do cooperado ao agente nocivo seja indissociável da
produção do bem ou da prestação do serviço.

Aplica-se também o disposto acima aos períodos de descanso determinados pela legislação
trabalhista, inclusive férias, aos de afastamento decorrentes de gozo de benefícios de auxílio –
doença ou aposentadoria por invalidez acidentários, bem como aos de percepção de salário
maternidade, desde que, à data do afastamento, o segurado estivesse exercendo atividade
considerada especial.

Entende-se por agentes nocivos aqueles que possam trazer ou ocasionar danos à saúde ou a
integridade física do trabalhador nos ambientes de trabalho, em função de sua natureza,
concentração, intensidade e fator de exposição aos seguintes agentes:
Agentes Físicos: O que determina o benefício é a efetiva exposição de modo habitual e
permanente acima dos limites de tolerância especificados na legislação previdenciária,
quando for o caso, para a exposição a ruídos e temperaturas anormais ou exposição a
atividades, tais como: vibração, radiações ionizantes, pressão atmosférica anormal, que
independem de limite de tolerância.

Agente Químicos: O que determina o benefício é a presença do agente no processo produtivo


4
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
e sua constatação no ambiente de trabalho em condições de causar dano à saúde ou a
integridade física do trabalhador.

Para fins de reconhecimento como atividade especial, em razão da exposição a agentes


químicos, considerado o RPS vigente à época dos períodos laborados, a avaliação deverá
contemplar todas aquelas substâncias existentes no processo produtivo.

Agentes biológicos: O que determina a concessão do benefício é a efetiva exposição aos


agentes citados unicamente nas atividades relacionadas no Anexo IV do Decreto nº 3.048/99,
nas formas de micro-organismos e parasitas infecciosos vivos e suas toxinas, tais como:
Bactérias, fungos, parasitas, bacilos, vírus e etc.

O reconhecimento como atividade especial, em razão da exposição a agentes biológicos de


natureza infectocontagiosa e em conformidade com o período de atividade, será determinado
pela efetiva exposição do trabalhador aos agentes citados nos decretos respectivos.

Associação de Agentes: O reconhecimento de atividade como especial, em razão de


associação de agentes, será determinado pela exposição aos agentes combinados
exclusivamente nas tarefas especificadas, devendo ser analisado considerando os itens dos
Anexos dos Regulamentos da Previdência Social, vigentes à época dos períodos laborados.

2. OBJETIVO

Este Laudo Técnico tem por objetivos avaliar as atividades desenvolvidas pelos empregados
no exercício de todas as suas funções e / ou atividades, determinando se os mesmos estiverem
expostos a agentes nocivos, com potencialidade de causar prejuízo à saúde ou a sua
integridade física, em conformidade com os parâmetros estabelecidos na legislação vigente.

A caracterização da exposição foi realizada em conformidade com os parâmetros


estabelecidos na legislação trabalhista vigente (Norma Regulamentadoras – NR’s, da Portaria
5
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
nº 3.214, do Ministério do Trabalho e Emprego), tendo sido realizada inspeção nos locais de
trabalho do empregado e considerados os dados constantes nos diversos documentos
apresentados pela empresa como PCMSO e PCMAT.

3. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA E DA OBRA

Razão Social: Multipavi Pavimentação e Obras LTDA – ME


CNPJ: 03.251.939/0001 – 17
CNAE: 41.20 – 4 – 00 – Construção de Edifícios
Grau de Risco: 03

Endereço da Sede da Empresa: Avenida Walter C. Machado, sem nº, Quadra 02, Lote 13,
Sala 05 – Setor Progresso – Santo Antônio de Goiás – GO
Telefone: 62 – 98228 – 4585

Obra: Construção de Unidades de Tratamento de Resíduos


Canteiro Obra: Rodovia BR 158, Km 231 – Zona Rural – CEP: 79.601 – 970
Cidade: Três Lagoas – MS

Nome do informante/acompanhante: Aurélio Rézio


Data da Vistoria: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Cidade: Três Lagoas – MS
4. DESCRIÇÃO TRABALHO E ATIVIDADES

1. Departamento: Administrativo
Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Engenheiro residente
Número de empregados: 01
CBO: 214205
Descrição das atividades: Elaboram projetos de engenharia civil, gerenciam obras,
controlam a qualidade de empreendimentos.

2. Departamento: Administrativo
6
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Gestor de Contrato
Número de empregados: 01
CBO: 261305
Descrição das atividades: Executar obras, planejar, orçar e contratar, coordenar as
operações. Controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executar. Elaborar
normas e documentos técnicos. Manter atualizado o orçamento e o planejamento da obra.
Aprimorar os métodos de planejamento e controle de obra.

3. Departamento: Administrativo
Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Engenheiro civil
Número de empregados: 01
CBO: 214205
Descrição das atividades: Elaboram projetos de engenharia civil, gerenciam obras,
controlam a qualidade de empreendimentos.

4. Departamento: Administrativo
Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Gerente de compras
Número de empregados: 01
CBO: 1424-05
Descrição das atividades: Efetua trabalhos gerais de limpeza e organização do canteiro e
área de vivência. Auxilia em todas as frente de serviço da obra, não importando a área ou
setor.

5. Departamento: Operacional
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Ajudante geral
Número de empregados: 19
CBO: 71720

7
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Descrição das atividades: Efetua trabalhos gerais de limpeza e organização do canteiro e
área de vivência. Auxilia em todas as frente de serviço da obra, não importando a área ou
setor.

6. Departamento: Frente Trabalho / Carpintaria


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Carpinteiro
Número de empregados: 03
CBO: 715525
Descrição das atividades: Planejam trabalhos de carpintaria, preparam canteiro de obras e
montam fôrmas metálicas.

7. Departamento: Operacional
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de rolo compactador
Número de empregados: 05
CBO: 715110
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

8. Departamento: Administrativo
Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Técnico de meio ambiente
Número de empregados: 01
CBO: 311505
Descrição das atividades: Auxiliam profissionais de nível superior na implementação de
projetos, gestão ambiental e coordenação de equipes de trabalho. Coordenam processos de
controle ambiental, utilidades, tratamento de efluentes e levantamentos meteorológicos.

9. Departamento: Operacional
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho

8
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Funções existentes: Mestre de obra
Número de empregados: 01
CBO: 710205
Descrição das atividades: Supervisionam equipes de trabalhadores da construção civil que
atuam em usinas de concreto, canteiros de obras civis e ferrovias. Elaboram documentação
técnica e controlam recursos produtivos da obra (arranjos físicos, equipamentos, materiais,
insumos e equipes de trabalho).

10. Departamento: Máquinas e Equipamentos


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de máquinas pesadas
Número de empregados: 06
CBO: 715125
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

11. Departamento Administrativo


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Auxiliar administrativo
Número de empregados: 02
CBO: 4110
Descrição das atividades: Realiza todos os procedimentos administrativos de contratação de
colaboradores, recebe notas fiscais da obra, analise os contratos de prestação de serviços com
os terceiros. Garante a aplicação do contrato coletivo e do contrato individual de trabalho, o
cumprimento da legislação trabalhista. Organiza as rotinas financeiras da obra.

12. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo e Frente de Trabalho
Funções existentes: Encarregado de Obras
Número de empregados: 01
CBO: 715210

9
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Descrição das atividades: Orienta e acompanha a execução do cronograma. Interpreta
projetos, relatórios, registros da construção e ordens de serviços, participa das instalações do
canteiro de obras, definindo locais físicos conforme projeto, compõe as equipes operacionais,
distribui tarefas e acompanha a execução das mesmas, controla estoque de materiais.

13. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Topógrafo
Número de empregados: 02
CBO: 312320
Descrição das atividades: Executam levantamentos geodésicos e topohidrográficos, por
meio de levantamentos altimétricos e planimétricos; implantam, no campo, pontos de projeto,
locando obras de sistemas de transporte, obras civis, industriais, rurais e delimitando glebas;
planejam trabalhos em geomática; analisam documentos e informações cartográficas,
interpretando fotos terrestres, fotos aéreas, imagens orbitais, cartas, mapas, plantas,
identificando acidentes geométricos e pontos de apoio para georreferenciamento e amarração,
coletando dados geométricos. Efetuam cálculos e desenhos e elaboram documentos
cartográficos, definindo escalas e cálculos cartográficos, efetuando aerotriangulação,
restituindo fotografias aéreas.
14. Departamento: Operacional
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Motorista de caminhão
Número de empregados: 23
CBO: 782510
Descrição das atividades: Transportam, coletam e entregam cargas em geral. Movimentam
cargas volumosas e pesadas, podem, também, operar equipamentos, realizar inspeções e
reparos em veículos, vistoriar cargas, além de verificar documentação de veículos e de cargas.

15. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Armador
Número de empregados: 05
CBO: 7153-15

10
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Descrição das atividades: Preparam a confecção de armações e estruturas de concreto e de
corpos de prova. Cortam e dobram ferragens de lajes. Montam e aplicam armações de
fundações, pilares e vigas. Moldam corpos de prova.

16. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Greidista
Número de empregados: 02
CBO: 3123
Descrição das atividades: Verificar e conferir cotas de terraplanagem, auxiliar na construção
de aterros e cortes, nivelamento e compactação de pistas, verificando estacas e marcações,
além de transmitir sinais, através de gestos, bem como realizar medições.

17. Departamento: SSMQ / Frente Trabalho


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo e Frente de Trabalho
Funções existentes: Técnico de segurança do trabalho
Número de empregados: 01
CBO: 351605
Descrição das atividades: Participam da elaboração e implementam política de saúde e
segurança do trabalho; realizam diagnóstico da situação de SST da instituição, identificam
variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio ambiente. Desenvolvem
ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho, integram processos de negociação.
Participam da adoção de tecnologias e processos de trabalho; investigam, analisam acidentes
de trabalho e recomendam medidas de prevenção e controle.

18. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Planejamento de obras
Número de empregados: 01
CBO: 312105
Descrição das atividades: Realizam levantamentos topográficos e planialtimétricos.
Desenvolvem e legalizam projetos de edificações sob supervisão de um engenheiro civil;
planejam a execução, orçam e providenciam suprimentos e supervisionam a execução de

11
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
obras e serviços. Treinam mão-de-obra e realizam o controle tecnológico de materiais e do
solo.

19. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de trator agrícola
Número de empregados: 02
CBO: 715145
Descrição das atividades: Realizam levantamentos topográficos e planialtimétricos.
Desenvolvem e legalizam projetos de edificações sob supervisão de um engenheiro civil,
planejam a execução, orçam e providenciam suprimentos e supervisionam a execução de
obras e serviços. Treinam mão-de-obra e realizam o controle tecnológico de materiais e do
solo.

20. Departamento: Administrativo Almoxarifado


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo / Almoxarifado
Funções existentes: Almoxarife
Número de empregados: 01
CBO: 414105
Descrição das atividades: Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em
almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de
entradas e saídas e controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos.
Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a
armazenar, preservando o estoque limpo e organizado. Empacotam ou desempacotam os
produtos, realiza expedição materiais e produtos, examinando-os, providenciando os
despachos dos mesmos e auxiliam no processo de logística.

21. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Apontador
Número de empregados: 01
CBO: 414210

12
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Descrição das atividades: Apontam a produção e controlam a frequência de mão-de-obra.
Acompanham atividades de produção, conferem cargas e verificam documentação.
Preenchem relatórios, guias, boletins, plano de carga e recibos. Controlam movimentação de
carga e descarga nos portos, terminais portuários e embarcações. Podem liderar equipes de
trabalho.

22. Departamento: Administrativo


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Porteiro
Número de empregados: 01
CBO: 517410
Descrição das atividades: Recepcionam e orientam visitantes e hóspedes. Zelam pela guarda
do patrimônio observando o comportamento e movimentação de pessoas para prevenir perdas,
evitar incêndios, acidentes e outras anormalidades. Controlam o fluxo de pessoas e veículos
identificando-os e encaminhando-os aos locais desejados. Recebem mercadorias, volumes
diversos e correspondências. Fazem manutenções simples nos locais de trabalho.

23. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Eletricista
Número de empregados: 01
CBO: 951105
Descrição das atividades: Planejam serviços de manutenção e instalação eletroeletrônica e
realizam manutenções preventiva, preditiva e corretiva. Instalam sistemas e componentes
eletroeletrônicos e realizam medições e testes. Elaboram documentação técnica e trabalham
em conformidade com normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene,
saúde e preservação ambiental.

24. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Encarregado
Número de empregados: 01
CBO: 715125

13
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

25. Departamento: Administrativo


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Serviços gerais
Número de empregados: 01
CBO: 514320
Descrição das atividades: Executam serviços de manutenção elétrica, mecânica, hidráulica,
carpintaria e alvenaria, substituindo, trocando, limpando, reparando e instalando peças,
componentes e equipamentos. Conservam vidros e fachadas, limpam recintos e acessórios e
tratam de piscinas. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção
ao meio ambiente.

26. Departamento: Operacional


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de pá carregadeira
Número de empregados: 01
CBO: 715135
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

27. Departamento: Administrativo


Posto de Trabalho: Canteiro Administrativo
Funções existentes: Técnico em edificações
Número de empregados: 01
CBO: 3121
Descrição das atividades: Elaboram projetos de engenharia civil, gerenciam obras,
controlam a qualidade de empreendimentos. Coordenam a operação e manutenção do
empreendimento. Podem prestar consultoria, assistência e assessoria e elaborar pesquisas
tecnológicas.

14
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
28. Departamento: Frente de Trabalho
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Auxiliar de topografia
Número de empregados: 02
CBO: 312320
Descrição das atividades: Executam levantamentos geodésicos e topohidrográficos, por
meio de levantamentos altimétricos e planimétricos; implantam, no campo, pontos de projeto,
locando obras de sistemas de transporte, obras civis, industriais, rurais e delimitando glebas;
planejam trabalhos em geomática; analisam documentos e informações cartográficas,
interpretando fotos terrestres, fotos aéreas, imagens orbitais, cartas, mapas, plantas,
identificando acidentes geométricos e pontos de apoio para georreferenciamento e amarração,
coletando dados geométricos. Efetuam cálculos e desenhos e elaboram documentos
cartográficos, definindo escalas e cálculos cartográficos, efetuando aerotriangulação,
restituindo fotografias aéreas.

29. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Pedreiro
Número de empregados: 03
CBO: 715210
Descrição das atividades: Organizam e preparam o local de trabalho na obra, constroem
fundações e estruturas de alvenaria. Aplicam revestimentos e contrapisos.

30. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de esteira
Número de empregados: 01
CBO: 715130
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

15
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
31. Departamento: Frente de Trabalho
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Motorista de ônibus
Número de empregados: 01
CBO: 782510
Descrição das atividades: Transportam, coletam e entregam cargas em geral; guincham,
destombam e removem veículos avariados e prestam socorro mecânico. Movimentam cargas
volumosas e pesadas, podem, também, operar equipamentos, realizar inspeções e reparos em
veículos, vistoriar cargas, além de verificar documentação de veículos e de cargas. Definem
rotas e asseguram a regularidade do transporte. As atividades são desenvolvidas em
conformidade com normas e procedimentos técnicos e de segurança.
32. Departamento: Frente de Trabalho
Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador de escavadeira hidráulica
Número de empregados: 02
CBO: 715115
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

33. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Operador retro escavadeira hidráulica
Número de empregados: 01
CBO: 715115
Descrição das atividades: Planejam o trabalho, realizam manutenção básica de máquinas
pesadas e as operam. Removem solo e material orgânico "bota-fora", drenam solos e
executam construção de aterros. Realizam acabamento em pavimentos e cravam estacas.

34. Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Trabalho: Frente de Trabalho
Funções existentes: Mecânico
Número de empregados: 01

16
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
CBO: 911305
Descrição das atividades: Realizam manutenção em componentes, equipamentos e máquinas
industriais; planejam atividades de manutenção; avaliam condições de funcionamento e
desempenho de componentes de máquinas e equipamentos; lubrificam máquinas,
componentes e ferramentas. Documentam informações técnicas; realizam ações de qualidade
e preservação ambiental e trabalham segundo normas de segurança.

5. CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO LOCAL DE TRABALHO


5.1. CARACTERÍSTICAS DO AMBIENTE DE TRABALHO

Local/Setor Canteiro de obra


:
Trata-se de instalações onde é executado as
atividades administrativas e algumas atividades
operacionais da empresa, subdivididas em área
Administrativa, Área de Terceiros (Empresas
Subcontratadas) e Área de vivência com sanitários.

Tipo de iluminação: Artificial e natural


Tipo de ventilação: Artificial e natural

Local/Setor Administrativo
:
Estrutura montada em containers devidamente
adequados á trabalhos administrativos, com piso em
madeira, paredes forradas em PVC, iluminação
artificial por meio de lâmpadas frias, climatizados por
meio de aparelhos de ar condicionado, destinado a
execução de atividades administrativas tais como:
planejamento, contabilidade, financeira, recursos
humanos, engenharia, projetos, SSMQ e etc.

17
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Local/Setor Canteiro de obra
:

Área de trabalho fixa e temporária, onde se


desenvolve operações de apoio e execução à
construção da Unidade de Tratamento de Resíduos.

6. REGISTRO E TEMPO DE EXPOSIÇÃO DO TRABALHO QUE EXPÔS O


TRABALHADOR AOS AGENTES NOCIVOS

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Engenheiro residente
Número de empregados: 01
Intensidade / 70.2 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico
Fator de Ruído
Risco:
Tempo de exposição: Ocasional
Limite de Tolerância: 85 dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Gestor de contrato
Número de empregados: 01
18
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Intensidade / 69.7 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Engenheiro civil
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Gerente de compras
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Ajudante geral
19
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Número de empregados: 19
Intensidade / 69.5 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico
Fator de Ruído
Risco:
Tempo de exposição: intermitente
Limite de Tolerância: 85 dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente Trabalho / Carpintaria


Posto de Frente de trabalho
trabalho:
Funções expostas: Carpinteiro
Número de empregados: 03
Intensidade / 69.6 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico
Fator de Ruído
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: 85 dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de rolo compactador
Número de empregados: 05
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Técnico de meio ambiente

20
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Mestre de obra
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico
Fator de Ruído Vibração
Risco:
Tempo de exposição: Permanente
Limite de Tolerância: 85 dB(A) (aren) de 1,1 m/s2 / (VDVR) de 21,0 m/s1,75.
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Máquinas e Equipamentos


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de máquinas pesadas
Número de empregados: 06
Intensidade / 69.7 (aren) de 1.10 m/s2 / (VDVR) de 8.73,0
Concentração: dB(A) m/s1,75.
Tipo: Físico
Fator de Ruído Vibração
Risco:
Tempo de exposição: Permanente
Limite de Tolerância: 85 dB(A) (aren) de 1,1 m/s2 / (VDVR) de 21,0 m/s1,75.
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Auxiliar administrativo

21
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Número de empregados: 02
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:
Departamento: Frente de Trabalho
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Encarregado de obra
Número de empregados: 01
Intensidade / 69.7 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Topógrafo
Número de empregados: 02
Intensidade / 69.6 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de trabalho
trabalho:
22
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Funções expostas: Motorista de caminhão
Número de empregados: 23
Intensidade / 69.5 (aren) de 1.10 m/s2 / (VDVR) de 8.73,0
Concentração: dB(A) m/s1,75.
Tipo: Físico
Fator de Ruído
Risco:
Tempo de exposição: Ocasional
Limite de Tolerância: 85 dB(A)
Descrição das atividades desempenhadas: Item 4. deste LTCAT

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Armador
Número de empregados: 05
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:
Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Greidista
Número de empregados: 02
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: SSMQ/Frente de Trabalho


Posto de Canteiro administrativo e frente de trabalho
trabalho:
23
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Funções expostas: Técnico de segurança do trabalho
Número de empregados: 01
Intensidade / 70.2 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Planejamento de obras
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de trator agrícola
Número de empregados: 02
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo Almoxarifado


Posto de Canteiro Administrativo / Almoxarifado
24
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
trabalho:
Funções expostas: Almoxarife
Número de empregados: 01
Intensidade / 72.2 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Apontador
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro administrativo
trabalho:
Funções expostas: Porteiro
Número de empregados: 01
Intensidade / 69.6 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Operacional
25
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Eletricista
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Encarregado
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Serviços gerais
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

26
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Departamento: Operacional
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de pá carregadeira
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Administrativo
Posto de Canteiro Administrativo
trabalho:
Funções expostas: Técnico de edificações
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Auxiliar de topografia
Número de empregados: 02
Intensidade / 70.3 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:
27
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Departamento: Frente de Trabalho
Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Pedreiro
Número de empregados: 03
Intensidade / 69.6 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de esteira
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Motorista de ônibus
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
28
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador de escavadeira hidráulica
Número de empregados: 02
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Operador retro escavadeira hidráulica
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

Departamento: Frente de Trabalho


Posto de Frente de Trabalho
trabalho:
Funções expostas: Mecânico
Número de empregados: 01
Intensidade / 00 dB(A)
Concentração:
Tipo: Físico Químico
Fator de Ruído Particulado Respirável
Risco:
29
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Tempo de exposição: Intermitente
Limite de Tolerância: Ruído: 85 Químico: Ver item 9. Deste LTCAT
dB(A)
Descrição das atividades Item 4. deste LTCAT
desempenhadas:

7. EXISTÊNCIA E APLICAÇÃO EFETIVA DE E.P.I

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Engenheiro residente

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Gestor de contrato

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Engenheiro civil

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Gerente de compras

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):

30
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Ajudante geral

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Carpinteiro

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de rolo compactador

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Técnico de meio ambiente

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Mestre de obra

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de máquinas pesadas

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges

31
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Auxiliar administrativo

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Encarregado de obras

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Topógrafo

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Motorista de caminhão

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Armador

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Greidista
32
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Técnico de Segurança do Trabalho

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Planejamento de obras

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de trator agrícola

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Almoxarife

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Apontador

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
33
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Porteiro

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Eletricista

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Encarregado

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Serviços gerais

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de pá carregadeira

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Técnico em edificações

34
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Auxiliar de topografia

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Pedreiro

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de esteira

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Motorista de ônibus

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Operador de escavadeira hidráulica

Equipamentos de Proteção Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges


Individual:
Número de Certificado de Aprovação 18190
(CA):

35
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Periodicidade de De 06 em 06 meses
Troca:
Funções que Utilizam: Mecânico

Cálculo de Atenuação do Ruído com o uso do EPI

Considerando a forma de utilização do equipamento pelos trabalhadores e os ensaios


realizados, para a avaliação da eficácia do EPI utilizaremos o método simplificado, para a
avaliação do nível de ruído a que os trabalhadores estão expostos, considerando o Nível de
Redução de Ruído – NRRsf, obtido pelo uso do EPI, aplicando-se a fórmula com cálculo
direto, conforme a Norma ANSI S.12.6 – 1977B.

NPSc = NPSa – NRRsf, onde:


NPSc = Nível de pressão sonora com proteção
NPSa = Nível de pressão sonora do ambiente
NRRsf = Nível de redução de ruído (subject fit)

Efetuando o Cálculo do NPSc, para o tipo de proteção utilizada:

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Engenheiro Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
residente flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Gestor de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
contrato flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Engenheiro civil NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Gerente de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
compras flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
36
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Ajudante geral NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Carpinteiro NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de rolo Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
compactador flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Técnico de meio Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
ambiente flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Mestre de obra NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
máquinas pesadas flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Auxiliar Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
administrativo flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Encarregado de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
obras flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Topógrafo NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Motorista de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
caminhão flanges C.A 18190

37
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Armador NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Greidista NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Técnico de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
Segurança do trabalho flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Planejamento de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
obras flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
trator agrícola flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Almoxarife NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Apontador NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Porteiro NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Eletricista NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Encarregado Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim

38
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Serviços gerais NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de pá Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
carregadeira flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Técnico em Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
edificações flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Auxiliar de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
topográfia flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Pedreiro NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
esteira flanges C.A 18190
Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Motorista de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
ônibus flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador de Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
escavadeira hidráulica flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Função: Operador retro Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
escavadeira hidráulica flanges C.A 18190

Cálculo da Eficiência de protetor auricular pelo método simplificado Norma ANSI S.12.6-1997 B - Fórmula com cálculo
direto
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três
Função: Mecânico NRR-sf 14 56,5 Eficiente? Sim
flanges C.A 18190

39
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
8. MÉTODOS, TÉCNICA, APARELHAGENS E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA
A ELABORAÇÃO DO LTCAT

AGENTE FÍSICO: RUÍDO

Foram identificados os grupos de trabalhadores que apresentavam iguais características de


exposição, ou seja, os grupos homogêneos de risco GHE. As avaliações foram realizadas
cobrindo um ou mais trabalhadores cuja situação correspondida à exposição típica de cada
grupo considerado.

Afim de avaliar a efetiva exposição dos trabalhadores ao agente físico ruído, foram realizadas
dosimetrias durante a jornada de trabalho utilizando dosímetro digital da marca Instrutherm,
modelo DOS – 500, serie 14500060, previamente calibrado, operando em circuito de
compensação “A”, e circuito de resposta lenta “SLOW”, com leitura próxima ao ouvido do
empregado, considerando períodos de exposição a ruídos contínuos, de diferentes níveis.

Zona auditiva: raio


de 150 mm ± 50mm

O nível de pressão sonora equivalente (Leq), para período de 8 horas de trabalho calculado de
acordo com as instruções do dosímetro, será o mesmo que Level Average (Lavg) utilizando os
seguintes parâmetros: Limite de 85 dB (A) e fator duplicativo de dose (q = 3), de acordo com
o Decreto Presidencial nº 4.882 de 18 de Novembro de 2003 e a metodologia e os
procedimentos de avaliação estabelecidos pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo de
Segurança e Medicina do Trabalho – FUNDACENTRO NHO 01.

40
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Microfone – zona auditiva

Dosímetro posicionado no
trabalhador – DOS 500

AGENTES QUÍMICOS: PARTICULADO RESPIRÁVEL

Método de coleta realizado através de amostrador gravimétrico junto à zona de respiração do


operador, utilizando cassete com filtro de PVC de 5,0 μm pré-pesado.

Coleta individual

Suporte para dispositivo


41
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon. de coleta
Sala 1311 - Setor: Central
Bomba de amostragem Zona de respiração - 30 cm

A bomba de amostragem foi afixada na cintura do trabalhador, através de um cinto, em


posição que não atrapalhou a sua operação rotineira. O engenheiro responsável pela coleta
acompanhou, durante toda a avaliação, o funcionamento da bomba.

Parâmetro determinado Descrição do Amostrador Nº de


Amostradores
Cassete com filtro de PVC de 5,0 um
Particulado Respirável 14
μm pré-pesado
Método Vazão Volume
NIOSH 0600 1,7 L/min 20,0 a 400,0 L

Objeto: Bomba de Amostragem


Fabricante: Sensidyne Inc.
Modelo: BDX II
Acessório: Ciclone de nylon

AGENTE FÍSICO: VIBRAÇÃO


CORPO INTEIRO

Foram identificados os grupos de trabalhadores que apresentavam iguais características de


exposição, ou seja, os grupos homogêneos de risco GHE. As avaliações foram realizadas
cobrindo um ou mais trabalhadores cuja situação correspondida à exposição típica de cada
grupo considerado.

Aplica-se a exposição ocupacional a vibrações de corpo inteiro, em quaisquer situações de


trabalho em que a vibração seja transmitida ao corpo.

42
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
A avaliação quantitativa da exposição ocupacional a vibração de corpo inteiro (VCI) foi
realizada seguindo os procedimentos definidos na Norma de Higiene Ocupacional NHO-09 da
Fundacentro, conforme determina o item 4.1.1 do Anexo 1 da Portaria 1.297 de 13.08.2014
que alterou a Norma Regulamentadora NR 9 e o Anexo 8 da NR 15, ambas do Ministério do
Trabalho e Emprego.

O limite de exposição ocupacional diária à vibração de corpo inteiro, adotado corresponde a


um valor da aceleração resultante de exposição normalizada (aren) de 1,1 m/s² e ao valor da
dose de vibração resultante (VDVR) de 21 m/s1,75.

Os parâmetros a serem utilizados na avaliação da exposição VCI correspondem à aceleração


resultante da exposição normalizada (aren) e ao valor da dose de vibração resultante (VDVR).

O método aplicado para avaliação foi NHO 09 da Fundacentro.

Instrumento: Acelerômetro
Nome: Medidor de Vibração
Modelo: MB CI
Fabricante: Chrompack
Marca: Chrompack

Local de avaliação de vibração de corpo inteiro

 Caminhão – Basculante CPJ 1062

Máquina / Veículo: Caminhão


Fabricante: Volvo

43
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Características da Cabine: Basculante, com amortecimento por amortecedor pressurizado e
molas.
Características do Banco: Regulável, com sistema de amortecimento pneumático e cinto de
segurança abdominal.

Motoniveladora: Caterpillar
Modelo: 120 k
Característica da cabine: Assento com suspensão

Localização e fixação do acelerômetro

O acelerômetro foi fixado no assento do caminhão e da motoniveladora, em posição que não


atrapalhou a sua operação rotineira. O engenheiro responsável pela coleta acompanhou,
durante toda a avaliação, o funcionamento do acelerômetro.

Valores de Aceleração Obtidos na Avaliação Total (Aeq Total): São os valores totais
obtidos para os Eixos X, Y e Z na jornada diária de trabalho.

Sum (Are): É a aceleração resultante da soma vetorial das acelerações equivalentes dos eixos
X, Y e Z da exposição na jornada diária de trabalho.

VDV: É o valor de dose de vibração na jornada de trabalho.

Tempo total da jornada de trabalho: É o tempo total da jornada diária de trabalho.

44
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Tempo total de exposição na atividade: É o tempo total que efetivamente o trabalhador está
exposto aos níveis de vibração durante a jornada de trabalho.

Aren: É a aceleração resultante de exposição diária normalizada obtida através da fórmula:

VDVR: É o valor da dose de vibração resultante;

9. CONCLUSÃO

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Fábio Henrique Rodrigues Turola – Engenheiro residente
Função expostas: Engenheiro residente GHE: 03
Engenheiro civil
Mestre de obra
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)

45
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Adriano Vieira Machado – Ajudante geral
Função expostas: Ajudante geral GHE: 19
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento

46
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Adriano Vieira Machado – Ajudante geral
Função expostas: Ajudante Geral GHE: 19
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de Fonte geradora
avaliação
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

47
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Eurides de Souza Ramos – Motorista de caminhão
Função expostas: Motorista de caminhão GHE: 24
Motorista de ônibus
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
48
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado Eurides de Souza Ramos – Motorista de caminhão
avaliado:
Função expostas: Motorista de caminhão GHE: 23
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Caminhão – Basculante CPJ 1062
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro - Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
1.10 m/s2 8.73 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
49
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Ailton da Silva – Carpinteiro
Função expostas: Carpinteiro GHE: 03
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código

50
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Ailton da Silva – Carpinteiro
Função expostas: Carpinteiro GHE: 03
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

51
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Operador de rolo compactador GHE: 05
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
52
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado
avaliado:
Função expostas: Operador de rolo compactador GHE: 05
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Caminhão – Basculante CPJ 1062
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro - Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
1.10 m/s2 8.73 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
53
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Técnico de meio ambiente GHE: 04
Planejamento de obra
Apontador
Técnico de edificações
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
54
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Paulo Henrique Ferreira dos Santos Reis – Auxiliar administrativo
Função expostas: Auxiliar administrativo GHE: 04
Gerente de compras
Gestor de contrato
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário

55
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: José Carlos Batista de Souza – Almoxarife
Função expostas: Almoxarife GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
56
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: José Carlos Batista de Souza – Almoxarife
Função expostas: Almoxarife GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
57
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Rodolfo Pinho Queiroz Neves – Encarregado
Função expostas: Encarregado GHE: 07
Operador de máquinas pesadas
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de máquinas
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável
58
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado Rodolfo Pinho Queiroz Neves – Encarregado
avaliado:
Função expostas: Operador de máquinas pesadas GHE: 06
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Máquina motoniveladora (operador)
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro – Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
0.60 m/s2 7.83 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
59
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado: Denis Arantes Louveira – Topógrafo
Função expostas: Topógrafo GHE: 04
Auxiliar de topografia
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

60
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Denis Arantes Louveira – Topógrafo
Função expostas: Topógrafo GHE: 04
Auxiliar de topografia
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
61
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Greidista GHE: 02
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 11.95% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
69.7 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

62
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Flávio Leonez – Técnico de segurança do trabalho
Função expostas: Técnico de segurança do trabalho GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

63
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Flávio Leonez – Técnico de segurança do trabalho
Função expostas: Técnico de Segurança do GHE: 01
Trabalho
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do
GFIP deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

64
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Operador de trator agrícola GHE: 02
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

65
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado
avaliado:
Função expostas: Operador de trator agrícola GHE: 02
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Máquina motoniveladora (operador)
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro – Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
0.60 m/s2 7.83 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

66
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Milton Nunes Félix – Porteiro
Função expostas: Porteiro GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

67
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
RISCO OCUPACIONAL AVALIADO
GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Milton Nunes Félix – Porteiro
Função expostas: Porteiro GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:

68
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Eletricista GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
69
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Função expostas: Serviços gerais GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Clodoaldo Oliveira dos Santos - Encarregado de obras
Função expostas: Encarregado de obras GHE: 10
Pedreiro
Armador
70
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Mecânico
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação: Dia 29 a 31 de janeiro de 2019
Nome do empregado avaliado: Clodoaldo Oliveira dos Santos - Encarregado de obras
Função expostas: Encarregado de Obras GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Trabalho: Item 6. deste LTCAT
71
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Poeira;
Químico Quantitativo Funcionamento de caminhões e máquinas
Sílica.
Métodos / Limites de tolerância: NR – 15 / MTE / NHO – 08 / NIOSH 760 / NIOSH 0600
Exposição / P.S com sílica L.T para
Via de exposição
periodicidade quantificada P. S
Respiratória Habitual 0,109 mg/m³ 0.615 mg/m³
Poeira total com sílica quantificada L.T para poeira total
0.358 mg/m³ 4,535 mg/m³
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) Foto do colaborador avaliado:
N/A
Obs:
EPI (Equipamento de proteção individual)
N/A
Atenuação da mascara
N/A
FOTO DO CAMPO

Conclusão – Enquadramento
Conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Conclusão do Setor Avaliado:
Em face ás vistorias realizadas nos postos de trabalho, tendo o resultado tanto quantitativo e qualitativas obtidas, intensidade,
concentração, tempo de exposição, equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva utilizados fica
evidenciado que as atividades desenvolvidas no setor de xxxxxxxx não se enquadra na aposentadoria especial conforme o
Decreto 3.048/99.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
P.S – Poeira respirável;
N/A: Não aplicável.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Operador de pá carregadeira GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
72
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado
avaliado:
Função expostas: Operador de pá carregadeira GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Máquina motoniveladora (operador)
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro – Certificado de Calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
73
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
0.60 m/s2 7.83 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Operador de esteira GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
74
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado
avaliado:
Função expostas: Operador de esteira GHE: 01
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Máquina motoniveladora (operador)
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro – Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
75
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
0.60 m/s2 7.83 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado avaliado:
Função expostas: Operador de escavadeira hidráulica GHE: 03
Operador retro escavadeira Hidráulica
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Quantitativo
Ruído ambiental devido ao funcionamento de
Físico Ruído Dosimetria – NHO 01 –
máquinas e equipamentos no canteiro de obra
FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Dosímetro DOS – 500 - Certificado de calibração em anexo
Via de exposição Exposição / periodicidade Dose avaliada L.T
Auditivo Ocasional 14.77% 100%
DB (A) Avaliada DB (A) Limite de Tolerância Tabela NR – 15 ANEXO 01:
71.2 85
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
Obs: Para ruído a dose de 0,5 ou 50% certifica a necessidade de estabelecer nível de
ação
76
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
EPI (Equipamento de proteção individual)
Protetor auditivo de segurança, tipo plug de três flanges
Certificado de Aprovação – C.A

18190

Conclusão – Enquadramento
Em face às vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (DB Avaliado) e tempo de exposição conforme o Decreto
3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP deverá ter o código
01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável

RISCO OCUPACIONAL AVALIADO


GHE – GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO
Data da Avaliação:
Nome do empregado
avaliado:
Função expostas: Operador de escavadeira hidráulica GHE: 02
Departamento: Item 6. deste LTCAT
Posto de Item 6. deste LTCAT
Trabalho:
Risco Agente Técnica de avaliação Fonte geradora
Vibraçã Quantitativo
Físico Máquina motoniveladora (operador)
o NHO 09 – FUNDACENTRO
Instrumento utilizado: Acelerômetro – Certificado de Calibração em anexo
Limites de Referência Estabelecidos pelo Anexo I
Via de exposição Exposição / periodicidade da NR 9 e Anexo 8 da NR 15
AREN VDVR
Corpo inteiro Permanente 1,1 m/s2 21,0 m/s1,75
Valor encontrado Critério de julgamento e tomada de
AREN VDVR decisão NHO 09
0.60 m/s2 7.83 m/s1,75
EPC (Equipamento de Proteção Coletiva)
N/A
77
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Obs: Para aren acima de 0.5 a 0.9 m/s2 e vdvr acima de 9.1 a 16.4 ,0 m/s1,75 certifica
a necessidade de estabelecer nível de ação
EPI (Equipamento de proteção individual)
Luva para proteção contra agentes Luva para proteção contra agentes
mecânicos mecânicos
Certificado de Aprovação – C.A
25463 33529
Espectro de vibração
Ver anexo
Conclusão – Enquadramento
Em face ás vistorias realizadas levando em consideração a intensidade (valores do AREN e VDVR) e tempo de exposição
conforme o Decreto 3.048/99 da previdência social não se faz jus a aposentadoria especial, sendo assim, o campo 28 do GFIP
deverá ter o código 01 ou em branco.
Glossário
L.T – Limite de tolerância;
N/A: Não aplicável;
AREN – Valor da aceleração resultante de exposição normalizada;
VDVR – valor da dose de vibração resultante.

10. OBSERVAÇÕES FINAIS

Exercendo o segurado atividades em condições especiais que possam ensejar aposentadoria


especial após quinze, vinte e vinte cinco anos de trabalho sob exposição a agentes nocivos
prejudiciais à saúde e integridade física, é devida pela empresa ou equiparado a
contribuição adicional destinada ao financiamento das aposentadorias especiais doze,
nove e seis por cento, para fatos geradores ocorridos a partir de 1º de abril de 2003, conforme
o tempo exigido para a aposentadoria especial seja de quinze, vinte ou vinte cinco anos,
respectivamente.

78
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
11. DATA E LOCAL DA INSPEÇÃO TÉCNICA E ASSINATURA DO PROFISSIONAL
HABILITADO

Três Lagoa - Mato Grosso do Sul, 29 à 31 de janeiro de 2019

_______________________________________
Aline Cristina Amorim de Jesus
Engenheira Ambiental e de Segurança do Trabalho
CREA/RNP: 1014231981D – GO

79
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
12.ENCERRAMENTO

Este laudo foi elaborado e redigido de forma expressa a verdade, na situação em que os
levantamentos foram efetuados. O laudo apresenta-se assinado em todas as páginas,
rubricadas pelo profissional legalmente habilitado conforme RPS lei 8.213 do INSS e
Decreto 3.048/99.

13.BIBLIOGRAFIA

Normas de Higiene Ocupacional da Fundacentro;

Legislação Previdenciária;

LEI Nº 8.213, de 24 de Julho de 1991;

NIOSH (National Institute for Occupational Safety and Health);

Decreto 3.048/99;

80
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
Aprenda como fazer – LTR – Jaques Sherique.

ANEXOS

RELATÓRIO DE ANÁLISE

81
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
ANEXOS

82
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
CAEPI – CERTIFICADO DE APROVAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL

ANEXOS

83
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central
CERTIFICADO DE CALIBRAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

84
Endereço.: Rua 4, Nº 514 Ed. Parthenon.
Sala 1311 - Setor: Central

Você também pode gostar