Você está na página 1de 4

M002-B

Prof. Edson J. C. Gimenez


Exercícios em Sala 10 – Cônicas

Determine a eq. reduzida da hipérbole com as seguintes características:

Exemplo 01) Centro na origem, eixo real = 6 sobre o eixo x e distância focal = 10.
Solução:
Eixo real = 6  2a = 6 a=3
Distância focal = 10  2c = 10 c=5
Centro na origem  C(0,0)
Eixo real // eixo x  equação reduzida é do tipo: − =1

Como c2 = a2 + b2  b2 = c2 – a2  b2 = 25 – 9 = 16 b=4

Logo, a equação fica: − =1

Para representar graficamente:


• Marcar os pontos: C(0,0), V1(-3,0), V2(3,0), B1(-3,4), B2(-3,-4), B1’(3,4), B2’(3,-4)
• Traçar as retas assíntotas, passando pelo cento e pelos pontos B1-B2’ e B2-B1’.
• Traçar a hipérbole, simetricamente, do vértice, margeando as retas assíntotas.
Exercícios em sala 10 – 12/05/2020

Exemplo 02) Centro no ponto O(-1,1), semi-eixo real = 4, paralelo ao eixo y, e semi-eixo imaginário = 3.

Solução:
Centro na origem  C(-1,1)
Semi-eixo real = 4 a=4
Semi-eixo imaginário = 3 b=3
( ) ( )
Eixo real // eixo y  equação reduzida é do tipo: − =1

( ) ( )
Logo, a equação fica: − =1

Para representar graficamente:


• Marcar os pontos: C(-1,1), V1(-1,4), V2(-1,3), B1(-4,5), B2(-4,-3), B1’(2,5), B2’(2,-3)
• Traçar as retas assíntotas, passando pelo cento e pelos pontos B1-B2’ e B2-B1’.
• Traçar a hipérbole, simetricamente, do vértice, margeando as retas assíntotas.
Exercícios em sala 10 – 12/05/2020

Exemplo 03) Sabendo que uma hipérbole possui focos F1(-3, 1) e F2(3, 1) e eixo real igual a 4, determine suas equações
reduzida e geral e as equações de suas assíntotas.
Solução:

1) Marcando os pontos F1 e F2, verifica-se que:


- o eixo real está paralelo ao eixo x;
- a distância focal (2c) = 6  c=3
- o centro encontra-se no ponto médio da distância focal, logo, as coordenadas do centro são C(0,1).
2) Como o eixo real (2a) = 4  a = 2;
3) Sabendo que c2 = a2 + b2  b2 = c 2 – a 2  b2 = 5  b = 2,24
( ) ( )
4) Como o eixo real // eixo x, e o centro está fora da origem, a equação reduzida é do tipo: − =1
( )
Logo, a equação fica: − =1
5) Equação geral: tirando o mínimo:
( )
− =  5x2 – 4(y2 – 2y + 1) – 20 = 0  5x2 – 4y2 + 8y -24 = 0
6) Equação das assíntotas: como a reta real está paralela ao eixo x, as equações das assíntotas são:
( ) ( )
*Equação reduzida: − =1  Eq. assíntotas: − =± ( − )

,
Assim: ′−1= ( − 0)  y’ = 1,12x +1

,
−1=− ( − 0)  y’’ = -1,12x +1

Para representar graficamente:


• Marcar os pontos: C(0,1), V1(-2,1), V2(2,1), B1(-2, 3.24), B2(-2, -1.24), B1’(2, 3.24), B2’(2, -1.24)
• Traçar as retas assíntotas, passando pelo cento e pelos pontos B1-B2’ e B2-B1’.
• Traçar a hipérbole, simetricamente, do vértice, margeando as retas assíntotas.
Exercícios em sala 10 – 12/05/2020

Exemplo 04) Determine as equações reduzida e geral da hipérbole de vértices A1(1,-2) e A2(5,-2) e um dos focos sendo
F(6,-2).
( ) ( )
Resposta: − =1
Coordenadas dos pontos característicos: C(3,-2), V1(1,-2), V2(5,-2), F1(0,-2), F2(6,-2)
Equações das assíntotas: y’ = -1,25x + 1,75 y’’= 1,24x – 5.74

Você também pode gostar