Você está na página 1de 28

Associação de Logística Reversa

de Embalagens

Porto Alegre
10 de outubro de 2018
Apresentação

 Linha do Tempo, objetivo, princípios e premissas do Acordo Setorial (AS)

 Coalizão de Embalagens, estrutura, responsabilidades e custos

 Modelo, Critérios, Abrangência e Metas da Fase 2 do AS

 Tipologia das Ações do Acordo Setorial de Embalagens em Geral

 ASLORE, Benefícios, Responsabilidades e custos dos Associados

 Critérios de Adesão à ASLORE


Acordo Setorial da COALIZÃO– Linha do Tempo

FASE 2
ACORDO SETORIAL INICIO DA SEGUNDA FASE DO
DE EMBALAGENS ACORDO SETORIAL DE
2010 EMBALAGENS

2018
2015
2012

2017
EDITAL DE CHAMAMENTO
02/2012 FASE 1
ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA
FASE DO ACORDO SETORIAL DE
EMBALAGENS

2 4
OBJETIVO
Objetivo Principal
Implementação de sistema de logística reversa das embalagens em Geral que
compõem a fração seca dos resíduos sólidos urbanos

Princípios Premissas
 Estruturação de Cooperativas de Catadores
 Inclusão Social  Viabilidade técnica e econômica
 Responsabilidade Compartilhada  Razoabilidade e Proporcionalidade
 Educação para Sustentabilidade  Visão Sistêmica na Gestão de Resíduos
 Atendimento à Legislação
ORGANOGRAMA DA COALIZÃO EMPRESARIAL
COMPETÊNCIAS ASSEMBLÉIA GERAL:
• Aprovar e alterar o Termo de ATRIBUIÇÕES COMITÊ EXECUTIVO
Cooperação;
Assembleia Geral • selecionar consultoria especializada para a
• Eleger e destituir os membros do secretaria executiva
COMPETÊNCIAS SECRETARIA EXECUTIVA:
Comitê Executivo; • •selecionar consultorias
Coordenação junto com
das atividades dos SE para prestar
Comitês;
• Deliberar pela extinção da Coalizão; Comitê Executivo serviços à Coalizão
• Representação institucional da Coalizão perante
• Aprovar a inclusão e a exclusão de • submeter
o Governo a edeliberação
sua gestãoda AG a contratação das
administrativa;
associações/associadas; consultorias
• Identificação de parceiros que auxiliem na
• Aprovar a contratação de terceiros Secretaria Executiva • Acompanhar
implementação o cumprimento das atribuições da
do Acordo Setorial;
COMPETÊNCIAS ASSOCIAÇÕES:
prestadores de serviços para a Coalizão; Secretaria Executiva
• Coordenação contratual da Consultoria
Fazer o plano
• •Provar cumprir as da
de ação disposições
Coalizão; Financeira;
aprovadas
• Aprovar pela Assembleia
o plano geral de
anual dos gastos • Convocação de reuniões e elaboração de atas;
e mantere dos
governança todas Associadas
estudos e relatórios • Análise dos pedidos de admissão ou retirada de
dadevidamente
Coalizão; informadas sobre Associações da Coalizão.
as deliberações
• Provar a exclusãodade
Coalizão;
Associações que • Comunicar o MMA sobre as exclusões e inclusões
Executar as com
•descumpram açõeso de Termosua de Comitês de Associações e empresas do Acordo Setorial
responsabilidade definidas no
Cooperação. Associações
Acordo Setorial;
Operacionais
• Enviar para Consultoria Técnica
nos prazos acordados os
Relatórios Anuais nos formatos
solicitados, bem como esclarecer
quaisquer dúvidas relativas aos
mesmos.

Comitê Comitê Comitê Comitê de Comunicação e


Jurídico Técnico Administrativo Relações Governamentais

COALIZÃO DE EMBALAGENS
ORGANOGRAMA DA COALIZÃO EMPRESARIAL

Assembleia Geral
Comitê Executivo
Secretaria Executiva

Comitês
Associações
Operacionais

Comitê Comitê Comitê Comitê de Comunicação e


Jurídico Técnico Administrativo Relações Governamentais
Competências: Competências : Competências: Competências:
• Análise das questões • Avaliação/aprovação dos • Acompanhamento dos Serviços • Campanhas institucionais e
legais envolvendo o Relatórios Anuais; de Governança contratados pela campanhas de conscientização da
PNRS e o cumprimento • Definição de parâmetros de empresas; população;
e desdobramentos do qualidade e tecnicidade das ações • Elaboração de um Plano Anual de • Atuar em conjunto com os Comitês
Acordo Setorial; e informações das Associações; Custos de Governança; nas articulações com o MMA visando,
• Indicação/aprovação • Estabelecimento dos • Auxílio, se necessário, aos principalmente, integrar as ações da
de escritórios de parâmetros técnicos do rateio dos trabalhos a serem realizados pela Coalizão e do MMA;
advocacia a serem investimentos das Associações; Consultoria Financeira com • Pleitear, junto às autoridades
contratados. • Definir/desenvolver ferramenta relação à auditoria dos valores governamentais competentes,
de gestão para evitar colidência pagos aos prestadores dos benefícios tributários e fiscais em
dos investimentos Serviços de Governança. geral.

COALIZÃO DE EMBALAGENS
COALIZÃO DE EMBALAGENS – RATEIO DE CUSTOS

USUÁRIOS DE EMBALAGENS FABRICANTES DE EMBALAGENS


Investimentos em Projetos Compra das Embalagens PÓS CONSUMO
• Custo de Governança  Custo de Governança
• Educação Ambiental e Divulgação  Educação Ambiental e Divulgação

VAREJO E DISTRIBUIDORES
Espaço para PEV
Investimentos em Projetos referente marcas
próprias e/ou importados
 Custo de Governança
 Educação Ambiental e Divulgação
TIPOLOGIA DAS AÇÕES DO ACORDO SETORIAL
1. AÇÕES DE APOIO DE ESTRUTURAÇÃO DE COOPERATIVAS E ASSOCIAÇÕES DE CATADORES:

 Assessoria para a legalização da atividade.

 Assessoria de capacitação administrativa, operacional e de venda dos materiais triados.

 Fornecimento de Ativos (Galpões de triagem, veículos, equipamentos de produção;


adequação da infraestrutura física e pavimentação de Galpões e pistas.

 Treinamentos operacionais e de sensibilização e educação ambiental voltada para a


reciclagem.

2. AÇÕES DE IMPLEMENTAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE PEV”s

3. AÇÕES EM CAMPANHAS DE COMUNICAÇÃO, SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL


VOLTADA PARA A LOGÍSTICA REVERSA DAS EMBALAGENS EM GERAL E RECICLAGEM DE
RESÍDUOS
Projetos das Associações Usuárias
FASE 2 - MODELO DE LOGÍSTICA REVERSA

Igual ao modelo que foi adotado para a Fase 1


O modelo é baseado em:

 Apoio/fortalecimento das Cooperativas/Associações de Catadores;

 Implementação/Operação e Manutenção de PEV;

 Campanha de comunicação e sensibilização da população,


voltadas para a Logística Reversa e Reciclagem das embalagens
pós consumo.
FASE 2 - PERÍODO E METAS
 Período: Início em 2018 e final em 2022

 Metas:

 Taxa de recuperação = 22% da quantidade de embalagens comercializadas pela


Coalizão;

 Ampliação da abrangência territorial para os todos os estados brasileiros;

(Para efeito da avaliação do cumprimento da meta a taxa anual de recuperação das


embalagens pós consumo será medida nos Recicladores)

 Sistema de Monitoramento das Embalagens da Coalizão (MERLR):

o Até 2020, contabilizar no sistema pelo menos 70% das embalagens recuperadas pelos
integrantes da Coalizão

o Até 2022, contabilizar no sistema 100 % das embalagens recuperadas pelos


integrantes da Coalizão
FASE 2 - CRITÉRIOS PARA INCLUSÃO DE MUNICÍPIOS
 Critérios De Corte:
 Municípios com População > que 80.000 habitantes
(Serão considerados os municípios com população < 80.000 habitantes desde que eles
façam parte de consórcios ou arranjos regionais com potencial de geração equivalente)
 Possuir Coleta Seletiva em operação ou assumir compromisso formal de
implementar a Coleta Seletiva
 Possuir cooperativas/associações de catadores de materiais recicláveis

 Critérios de Priorização:
 Possuir Plano de Gestão de Resíduos
 Possuir Aterro Sanitário
 Possuir programas de educação ambiental à comunidade e voltada para a
logística reversa das embalagens e à reciclagem dos materiais recicláveis
 Situação da implementação da Coleta Seletiva comprometida pelo Município
FASE 2 - POTENCIAL DE ABRANGÊNCIA NACIONAL

ABRANGENCIA DO PLANO DE TRABALHO DA COALIZÃO (revisão demandada na reunião com o MMA de 11/06/2018)

Representação
ITENS BRASIL 2017 FASE 1 Adicional da Fase 2 Total da FASE 2
Nacional
Total de Municípios 5570 364 205 569 10,2%

População < 80.000 Hab. 5.183 182 0 182 3,5%

População > 80.000 Hab. 387 182 205 387 100,0%

Estados 27 21 6 27 100,0%

Municípios com ações da Coalizão 732 205 937 16,8%


FASE 2 - CRONOGRAMA
FASE 2 - CONTROLE DE GESTÃO E RESULTADOS
ADEQUAÇÃO DO SISTEMA DE DADOS DA COALIZÃO
 O Sistema de Dados da Coalizão permite que cada associação/empresa possa
informar as suas ações executadas, os valores dos investimentos feitos na
execução das ações e as quantidades de embalagens recuperadas através das
ações lançadas no sistema

CONTROLE DOS DADOS LANÇADOS NO SISTEMA DA COALIZÃO


 As ações, os investimentos e as quantidades de embalagens recuperadas
informadas no sistema de Dados da Coalizão, serão acompanhadas/controladas
pela Coalizão visando a verificação dos resultados dos planos de ação executados
pelas associações e quando for observado uma eventual não conformidade com
relação ao plano geral da Coalizão, o problema será relatado internamente e as
associações envolvidas serão requeridas a adotar ações de correção em tempo de
assegurar a conformidade do plano de ações da Coalizão.
Continuação...

 As Associação/Empresas executoras das ações e fornecedora dos dados


lançados no Sistema de Dados da Coalizão, deverão manter em arquivo e
disponíveis para verificação/auditoria por parte da Coalizão ou por parte de
outras partes interessadas, toda a documentação que comprova a execução das
ações e seus respectivos valores de investimentos e quantidades de embalagens
recuperadas lançadas no sistema .

 Os relatórios anuais serão entregues no 1º trimestre do ano subsequente ao ano


de referência.
FASE 2 - Coalizão Empresarial de Embalagens
ASLORE E O CICLO DA LOGÍSTIVA REVERSA DAS EMBALAENS
Associação de Logística Reversa de Embalagens
ASLORE

- A ASLORE é uma pessoa jurídica de direito privado e sem fins


lucrativos.
- Fundada em 2015 com apoio de Sindicatos Patronais e da FIERGS, é
sediada e subsidiada pela Federação.
- A ASLORE ingressou na Coalizão em 2016 e é uma das 19 associações
que fazem parte da Fase 2 do Acordo Setorial da Coalizão de Embalagens.
- Regulamentação: Estatuto e Regimento Interno
- Total de associados: 88 (55 do RS e 33 do PR).

Obs.: ASLORE possui convenio com o InPAR/Fiep.


Estrutura da ASLORE

Assembleia Geral

Conselho
Conselho
Fiscal
Deliberativo

Comitê Secretaria
Técnico Executiva
Operação ASLORE

Local: Área Técnica de Suporte aos Conselhos Temáticos – GETEC/FIERGS

Diretoria: composta por Presidentes de Sindicatos

Coordenação/operação: Conselho da Agroindústria, 2 pessoas

Consultoria Técnica e Representação: Ailton Luiz Storolli ME

Tipos de Projetos da ASLORE:


i. Próprio executado por terceiros contratados;
ii. Executados pelas empresas Associadas;
iii. Adesão da ASLORE a projetos ou plataformas de terceiros disponíveis no
mercado.
Setores Representados pela ASLORE

- Alimentos e bebidas

- Higiene pessoal, perfumarias, cosméticos

- Produtos para animais de estimação

- Produtos de limpeza

- Outros que utilizam embalagens de produtos não perigosos.

Cláusula Estatuto: Parágrafo 1º - As pessoas jurídicas, do tipo


indústrias, deverão ser filiadas aos seus respectivos sindicatos
patronais.
BENEFÍCIOS PARA AS EMPRESAS ASSOCIADAS
• Adesão à Fase 2 do Acordo Setorial de Embalagens em Geral da Coalizão

• Cumprimento à PNRS com relação ao requisito legal referente à implementação


da Logística Reversa das Embalagens em Geral

• Possibilidade de atendimento da meta estabelecida para a Fase 2 com relação a


taxa de recuperação das embalagens pós consumo dos produtos comercializados
no mercado

• Solução coletiva que minimiza a exposição individualizada das empresas

• Responsabilidade compartilhada nos compromissos assumidos na Fase 2 do AS

• Mitigação de risco para fins de operação e renovação de licença ambiental

• Governança participativa nas assembleias da ASLORE, assegurando transparência


e representatividade
PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA E RESPONSABILIDADES DAS EMPRESAS JUNTO A
ASLORE

 Pagamento dos custos de Governança da Coalizão Empresarial de


Embalagens que forem repassados para a ASLORE e pagamento dos custos
imprevistos de governança da própria ASLORE, quando eles superarem a
arrecadação da associação com as mensalidades.

 Pagamento dos Investimentos necessários para a execução, pela ASLORE,


das ações de implementação da Logística Reversa das Embalagens em
Geral, tipificadas no Acordo Setorial (AS) e de acordo com os valores anuais
estabelecidos e necessários para o atingimento das metas conforme
deliberado em Assembleia Geral da ASLORE.
NOTA: O valor dos investimentos em ações que forem executadas pelas próprias
associadas, será considerado no total dos investimentos de
responsabilidade das associadas.
Continuação...

 Fornecer anualmente para a ASLORE a Declaração anual das suas


Embalagens Comercializadas, conforme padrão definido pela
Coalizão.

 Pagamento da taxa de Adesão e do valor das mensalidades


conforme estabelecido no Regimento da ASLORE.

 Manter disponível os registros e documentos comprovatórios das


ações executadas, bem como, das quantidades de embalagens
recicladas correspondentes às suas ações.

 Respeitar e fazer cumprir o Estatuto e o Regimento da ASLORE


Avanços - Relatório Técnico de Atividades da ASLORE
A ASLORE disponibiliza relatório técnicos para os associados.
Conteúdo

- Panorama Geral do Acordo


Setorial
- Investimentos e Custos
- Indicadores de Desempenho
- Análise do Desempenho
- Indicações Futuras
- Participação nos Investimentos
por Empresa
- Detalhamento dos Projetos de
Logística Reversa
COMO ASSOCIAR-SE À ASLORE
- No site: www.aslore.org.br

- Preencher o formulário de inscrição e enviar por e-mail junto com a


cópia do contrato social, do CNPJ e do comprovante de filiação
sindical, encaminhar para rodrigues.katiucia@fiergs.org.br.

- Concordância e assinatura do termo de adesão de associado, enviar


por correio duas vias.

- Contatos telefônico: (51) 3347 8979

- e-mails:
aslore@aslore.org.br
tania.sette@fiergs.org.br
rodrigues.katiucia@fiergs.org.br
Ailton Luiz Storolli
Tel. (19) 3541-0560
Cel. (19) 99851-0720
E-mail: ailtonstorolli1821@gmail.com