Você está na página 1de 5

SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO P


São Paulo, 03 de junho de 2020.
ORDEM DE SERVIÇO N° PMI-002/02/20 - CIRCULAR
www.policiamilitar.sp.gov.br Do Subcmt PM
Iempm@policiamilitar.sp.gov.br
Ao Sr.
Assunto: Participação de policiais militares em Audiências Virtuais no âmbito do
Poder Judiciário.
Referência: 1) Resoluções nO 313, 314 e 318, todas de 2020, do Conselho Nacional
de Justiça (CNJ);
2) Comunicado CG nO 305/2014, da Corregedoria Geral de Justiça;
3) Oficio nO DP-00I/424/20, de 29ABR20, e apensos.

1. Considerando:
1.1. a necessidade de respeitar as medidas de isolamento social em razão da
pandemia do COVID-19, as quais exigem ajustes nas atividades que normalmente contam com a
presença fisica das pessoas;
1.2. que a atividade jurisdicional, inserida nesse contexto, demanda grande
participação de policiais militares em audiências, notadamente na condição de testemunhas em
processos de natureza criminal;
1.3. a necessidade da PMESP auxiliar o Poder Judiciário na retomada da atividade
jurisdicional, mediante a participação de policiais militares em audiências remotas (Audiências
Virtuais), em prol da saúde de todos;
1.4. a urgência que o caso requer, pois os processos que exigem o depoimento de
policiais militares envolvem a liberdade de pessoas (réus presos) e a concretização da Justiça, em
estreito liame com a missão institucional.
2. Determino:
2.1. centralização das requisições judiciais para Audiências Virtuais:
2.1.1. as requisições de policiais militares para a participação de audiências
virtuais deverão ser centralizadas na Diretoria de Pessoal (DP), por intermédio do e-mail
dpapjuizo@policiamilitar.sp.gov.br, nos termos do artigo 14 das Instruções para o Atendimento de
Requisições de Apresentação de Policiais Militares (I-43-PM);
fi. 2

2.1.2. as OPM requisitadas diretamente deverão:


2.1.2.1. providenciar a participação de seus policiais mili
Virtuais, nos termos desta Ordem de Serviço (OSv), ou encaminhar a req a OPM
responsável por fazê-lo;
2.1.2.2. encaminhar cópia da requisição à DP, por intermédio do e-mail
dpapjuizo@policiamilitar.sp.gov.br, para consolidação estatística das Audiências Virtuais;
2.1.2.3. indicar ao órgão requisitante que o melhor resultado para as requisições
futuras será obtido mediante encaminhamento ao e-mail dpapjuizo@policiamilitar.sp.gov.br. em
consonância com o Comunicado CG nO 305/2014, da Corregedoria Geral de Justiça (publicado no
Diário da Justiça Eletrônico nO 1.619, de 26MAR14).
2.2. publicação em Suplemento de Boi G PM:
2.2.1. a requisição de participação de policiais militares em Audiências Virtuais
será divulgada pela DP nos termos do § IOdo artigo 14 das I-43-PM, isto é, mediante publicação em
Suplemento de Boi G PM, nos seguintes termos:
2.2.1.1. se houver a requisição de apresentação do policial em local determinado
(imóvel do Poder Judiciário), será providenciada a publicação ordinária em Suplemento, com
tratamento idêntico às requisições para oitivas presenciais;
2.2.1.2. se não houver a indicação de local, na publicação em Suplemento será
acrescentada a informação "AUDIÊNCIA VIRTUAL", sem publicação do /ink de acesso, o qual
deverá ser encaminhado para a Unidade do policial militar por e-mail;
2.2.1.3. nas situações em que a publicação da Audiência em Suplemento de Boi
G PM puder comprometer a intimidade, privacidade, segurança ou outros direitos fundamentais das
pessoas envolvidas (como os casos de ações de família), a notificação do ato será realizada via e-maU
corporativo, consignando-se o cuidado no trato da informação.
2.3. local de participado de policiais militares nas Audiências Virtuais:
2.3.1. se as requisições judiciais não demandarem a apresentação de policial
militar em determinado local para o acesso remoto, as Audiências Virtuais deverão ser acessadas
pelos policiais militares em mobiliários e equipamentos de informática (computador com internet,
câmera e microfone) a serem disponibilizados preferencialmente nas Seções de Polícia Judiciária
Militar e Disciplina - Seç PJMD ou equivalente;
2.3.2. se a OPM do policial militar estiver situada em município diverso, como os
casos de Cia PM, Pel PM ou Gp PM destacados, ou equivalentes, a Audiência Virtual poderá ocorrer
nestas sedes, desde que atendidas as prescrições desta OSv;
2.3.3. o policial militar poderá solicitar a realização da Audiência Virtual na
OPM mais próxima de sua residência, ainda que pertencente a Unidade diversa de sua lotação,
mediante pedido direto à Seç PJMD (ou equivalente) de sua Unidade ou ao Cmt de sua OPM
destacada, ficando a participação condicionada à confirmação de ajuste entre as OPM envolvidas;

V
fi. 3

2.3.4. na situação de que trata o subitem anterior, o encargo da edora


se restringe aos atos necessários à realização da Audiência Virtual, pennanecendo
policial militar a responsabilidade pelos desdobramentos, como eventual e de
comunicação ao órgão requisitante, CAJ, DP e a adoção de medidas disciplinares dec
2.4. medidas a serem adotadas pelos Ch Seç PJMD (ou equivalente) ou Cmt
de OPM destacadas na realização de Audiências Virtuais:
2.4.1. orientar os depoentes quanto às condutas prescritas nesta OSv;
2.4.2. controlar a participação de seus policiais militares em Audiências Virtuais,
ainda que realizadas em outras OPM;
2.4.3. providenciar, com a antecedência adequada, a conferência do
funcionamento dos equipamentos e recursos necessários à participação dos policiais militares nas
Audiências Virtuais, levando-se em consideração a possibilidade de ocorrer audiências simultâneas
na mesma Unidade;
2.4.4. adotar as providências para viabilizar a realização do ato ou a comunicação
de imperiosa impossibilidade em tempo hábil, como o caso de audiências concomitantes para o
mesmo policial militar ou a ausência de meios para a realização de audiências simultâneas;
2.4.5. conferir a identificação do policial militar, a fim de assegurar a
correspondência entre a pessoa requisitada e o policial militar depoente;
2.4.6. providenciar, quando houver mais de uma testemunha no mesmo processo,
a incomunicabilidade entre elas, a fim de que cada uma delas não saiba nem ouça os depoimentos das
outras;
2.4.7. assegurar, no ambiente de depoimento, a presença exclusiva das pessoas
necessárias ao ato, incluindo um superior hierárquico e, se necessário, um técnico em infonnática;
2.4.8. recepcionar eventuais membros ou servidores do Poder Judiciário e do
Ministério Público, Defensores Públicos, Procuradores, Advogados e outras autoridades que
compareçam para acompanhar o ato ou obter esclarecimentos;
2.4.9. dialogar com os órgãos locais do Poder Judiciário, Ministério Público e
demais órgãos essenciais à Justiça, objetivando buscar soluções de fonna colaborativa, recorrendo-se
à CAJ quando a situação ultrapassar o âmbito individual de um ou outro processo criminal, nos
tennos do subitem 2.6.2. desta OSv.
2.5. medidas a serem adotadas pelos policiais militares requisitados:
2.5.1. portar documento de identificação pessoal com foto, para exibição;
2.5.2. infonnar ao magistrado, logo no início da Audiência Virtual, todas as
pessoas que estão presentes no ambiente;
2.5.3. não usar o telefone celular durante a audiência;
2.5.4. estar devidamente uniformizado, facultando-se, quando estiver de folga, o
uso de trajes civis adequados;
fi. 4

2.5.5. infonnar à Seç PJMD (ou equivalente) ou à sua OPM

requisição diretamente do Poder Judiciário, na primeira oportunidade, para a ad ção das .edidas

prescritas nesta OSv.


2.6. ajustes em intercorrências. dificuldades ou outras situaçõe
2.6.1. as questões operacionais envolvendo a publicação das Audiências Virtuais
em Suplemento e o encaminhamento dos links para acesso às Audiências Virtuais, e outras
correlatas, deverão ser alçadas à DP, ao seu Setor de Apresentação em Juízo
(dpapjuizo@policiamilitar.sp.gov.br);
2.6.2. as questões de ordem institucional envolvendo o relacionamento com o
Poder Judiciário, Ministério Público e os órgãos essenciais à Justiça que ultrapassem a esfera de
atribuicões do Comandante da Unidade deverão ser alçadas à CAJ, por seu e-mail
audienciavirtual@policiamilitar.sp.gov.br.
2.7. atribuições particulares:
2.7.1. EMlPM:
2.7.1.1. analisar e providenciar as atualizações nonnativas que forem propostas
pelos órgãos com atribuições descritas nesta OSv;
2.7.1.2. participar, juntamente com a CAJ e a DP, do diálogo com os órgãos
competentes do Poder Judiciário para o aperfeiçoamento dos procedimentos a serem adotados na
PMESP e para a unifonnização da expedição das requisições.
2.7.2. Correg PM: estruturar a previsão e controle das atribuições previstas nesta
OSv no âmbito do Sistema de Polícia Judiciária Militar e Disciplina da Polícia Militar, propondo
ajustes, melhorias e atualização do respectivo Regimento Interno (RI-35-PM) e, mediante concurso
da DP, das 1-43-PM, quanto à sistemática de transmissão das requisições;
2.7.3. CAJ:
2.7.3.1. acompanhar a implementação desta OSv no âmbito estratégico e
institucional, analisando as infonnações estatísticas gerenciais disponíveis para o aperfeiçoamento
das Audiências Virtuais no âmbito da PMESP;
2.7.3.2. participar, juntamente com o EMlPM e a DP, do diálogo com os órgãos
competentes do Poder Judiciário para o aperfeiçoamento dos procedimentos a serem adotados na
PMESP e para a unifonnização da expedição das requisições;
2.7.3.3. acompanhar as particularidades que eventualmente dificultem a
efetivação das Audiências Virtuais, dialogando com o Poder Judiciário na busca de soluções
co laborativas.
2.7.3.4. redirecionar à DP, via Setor de Apresentação em Juízo
(dpapjuizo@policiamilitar.sp.gov.br), eventuais requisições judiciais que porventura derem entrada
pela CAl;
2.7.4. DP:

fl.5

2.704.1. providenciar as adaptações necessárias na rotina de divulgação das


requisições de policiais militares para a participação de Audiências Virtuais, inclusive propondo, via
Correg PM, alterações nas I-43-PM;
2.704.2. distinguir em seus registros estatísticos as audiências realizadas sob a
modalidade de que trata esta OSv, estando apta a fornecer informações gerenciais quando solicitado;
2.704.3. participar, juntamente com o EMlPM e a CAJ, do diálogo com os órgãos
competentes do Poder Judiciário para o aperfeiçoamento dos procedimentos a serem adotados na
PMESP e para a uniformização da expedição das requisições.
2.7.5. DTIC: providenciar as adequações necessárias no módulo "Apresentação
em Juízo" do Sistema Integrado de Recursos Humanos (SIRH) e prestar o suporte material e técnico
necessário ao bom funcionamento das rotinas relacionadas nesta OSv;
2.7.6. APMTJ: viabilizar o diálogo entre a PMESP e a Corregedoria Geral de
Justiça do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, objetivando o aperfeiçoamento dos
procedimentos e a uniformização da expedição das requisições, analisando a pertinência em propor a
atualização/complementação no documento de r
3. A presente OSv não xc1ui demais or
contidas nas 1-43-PM, que devem ser ap cadas com as adaptaçõ
eventuais ajustes
vivenciado.

DISTRIBUIÇÃO
Gab Cmt G, EMlPM, CIPM, CComSoc, Coord Op PM, Correg PM e CAJ (cada) ................... 01

DEC, DF, DL, DP, DPCDH, DS e DTIC (cada) .......................................................................... 01

CPC, CPM, CPI-l alO, CPAmb, CPChq, CPRv, CPTran, CAvPM e CCB (cada) ..................... 01

Arquivo ......................................................................................................................................... 01

Total .............................................................................................................................................. 33

"Nós, PoUcúús Militares, sob a proteçllo de Deus, estamos compromissados com a defesa da Vida, da Integridade Flslca e da Dignidade da Pessoa Humana."