Você está na página 1de 10

SÉRIE CONHECENDO A BÍBLIA – VOLUME 02

P
R
O
S
P
E
R
I
D
A
D
PROSPERIDADE

“Não se aparte da tua boca o livro


desta Lei, antes medita dia e noite, para que
tenhas cuidado de fazer conforme tudo
quanto nesse se acha escrito, porque então
fará prosperar o teu caminho e, então,
prudentemente te conduzirás.”
GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 1
PROSPERIDADE

1ª EDIÇÃO
1997

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 2


PROSPERIDADE

EDITORIAL
Há pouco mais de 04 anos fui chamado por Cristo
para engrossar fileiras nas lutas contra as potestades.
De lá para cá, tenho doado parte de meu tempo a
esta empreitada. Posso sem nenhum receio dizer que
até o presente momento os meus caminhos foram
palmeados pelo Senhor Jesus. Foram nestes anos os
momentos mais felizes de minha vida. Claro é que
muitas vezes passou pela minha cabeça abandonar
tudo e começar vida nova, diante das tribulações e
mesmo provações que surgiram no meu trajeto. Mas,
passados os momentos de aflição, a razão caindo por
terra e o Espírito emergindo, mostrava a luz que viria
nortear os passos a serem dados.
Hoje, estou aqui apresentando o meu segundo
trabalho, na verdade já o terceiro, pois antes havia sido
escrito um não editado. Não quero levar a você que ora
lê uma falsa impressão ou mesmo aliciá-lo a inver-
dades. O que você ler será a descrição de uma filosofia
vivida, sentida no dia a dia. E diria a você que se segui-
res passo a passo o que lhe é proposto, encontrarás
não só a prosperidade material, mas também uma
felicidade não de aparência, mas verdadeira, irrestrita
que só é encontrada nos verdadeiros adoradores de
Cristo.
GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 3
PROSPERIDADE
Prosperidade não é uma norma, uma lei a ser
seguida, trata-se de um manual que contém alguns
tópicos a serem tomados como parâmetros pela pessoa
que tenha uma comunhão genuína com Deus.

É impossível alguém se dizer cristão e, ao mesmo


tempo não crer na Palavra de Deus.

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 4


PROSPERIDADE

PROSPERIDADE

Neste nosso encontro abordarei um assunto muito


especial, atual, com o título de PROSPERIDADE.

O QUE É PROSPERIDADE?
Muitos pensam em prosperidade e logo associam
com riquezas materiais. Ser próspero não se resume
apenas em angariar bens materiais. Esse assunto será
analisado com a luz da Palavra de Deus. Tudo o que
aqui for escrito procuraremos amparo na Bíblia
Sagrada.

As pessoas de um modo geral fazem uma


confusão com os termos pobreza, miséria, riqueza,
fartura e prosperidade. Vamos então deixar claro o
significado de cada uma delas.

Pobreza: falta do necessário para a vida.


Qualidade de pobre, viver com pequenas e poucas
posses, escassez.

Miséria: estado desgraçado, vergonhoso, que


inspira dó, estado mesquinho, indigno, procedimento
vil.

Desgraçado: infeliz, aquele que vive na miséria,


sem graça.

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 5


PROSPERIDADE

Riqueza: abundancia, aquele que possui bens,


tem o suficiente para viver.

Fartura: grande quantidade, que sobeja, além do


necessário.

Prosperidade: tornar-se próspero, situação


favorável, bem sucedido, felicidade.

Muitas pessoas acham que o crente não pode ser


rico, que as riquezas não são de Deus. Não é isso que
nós encontramos na Bíblia. O Salmo (35:27) revela que
Deus ama a prosperidade do seu servo.

“CANTEM E ALEGREM-SE OS QUE AMAM A MINHA


JUSTIÇA E DIGAM CONTINUAMENTE: O SENHOR, QUE
AMA A PROSPERIDADE DO SEU SERVO, SEJA
ENGRANDECIDO.”

Essas pessoas que pensam deste modo chegam a


dizer: “O dinheiro é a raiz de todos os males.” Elas
estão enganadas porque em Timóteo (I Tm 6:10) está
escrito: O amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de
males, e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se
traspassaram a si mesmo com muitas dores.
Então não é o dinheiro que é a causa (raiz) de
males mas sim o amor ao dinheiro. A Bíblia nos diz que
não podemos servir a dois senhores, isto é, servir a
Deus e a mamon (dinheiro), porque há de aborrecer a
um e amar ao outro ou se há de chegar a um e
desprezar ao outro.
GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 6
PROSPERIDADE
As pessoas que se apegam ao dinheiro, bens
materiais e as suas riquezas se tornam avarentas e
mesquinhas, chegam a zombar dos pobres e se afastam
de Deus.

Todas essas coisas acontecem porque o homem


deliberadamente rejeita a verdade que foi revelada a nós
por Deus através dos profetas e de Sua Palavra escrita.

Então para muitos de nós falta o conhecimento e por


não conhecermos aquilo que Deus nos reservou é que
caímos. Está escrito em Oséias (4:6): “o meu povo foi
destruído porque lhe faltou o conhecimento, Eu
também te rejeitarei, para que não sejas sacerdote
diante de Mim, visto que te esquecestes da Lei de
teu Deus, também Eu te esquecerei de teus filhos.”

E, por não termos conhecimento do que Deus nos


reservou, não sabemos pedir.

“E DA MESMA MANEIRA TAMBÉM O ESPÍRITO AJUDA


AS NOSSAS FRAQUEZAS: PORQUE NÃO SABEMOS O QUE
HAVEMOS DEPEDIR COMO CONVÉM, MAS O ESPÍRITO
INTERCEDE POR NÓS COM GEMIDOS INEXPRIMIVEIS.”
(RM 8:26).

Porque Deus fez os céus, a terra, os mares e tudo o


GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 7
PROSPERIDADE
que neles existem, então é Dele todas as coisas. “Disse o
Senhor dos Exércitos: Minha é a prata, e Meu é o
Ouro.”

O autor de Hebreus (1:2) relata que Deus constituiu


seu Filho, herdeiro de tudo, por Quem fez também o
mundo.

Romanos 8:14-17 relata: “Porque todos os que são


guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
Porque não recebestes o Espírito de escravidão, para,
outra vez, estardes em temor, mas recebestes o Espírito
de Adoção de filho, pelo qual clamamos ABA PAI.”

O mesmo Espírito testifica com nosso espírito que


somos filhos de Deus.
E, se nós somos filhos, somos, logo, herdeiros
também, herdeiros de Deus e, co-herdeiros de Cristo, se é
certo que com Ele padecemos, para que com Ele sejamos
glorificados.
Então tudo que existe a nossa volta é nosso por
direito, pois o próprio autor de Hebreus relata, tudo foi
feito para seu filho. Herdeiro de tudo.
Porém não é isso que vemos. As grandes fortunas, a
melhor casa da cidade e as melhores coisas visíveis, estão
normalmente nas mãos de um ímpio.
ENTÃO A PALAVRA É MENTIROSA?
DE JEITO ALGUM!

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 8


PROSPERIDADE
Deus é fiel a sua Palavra.
E é nela que encontramos a resposta. Em João
(10:10) está escrito: “O ladrão não vem senão a
ROUBAR, a MATAR, a DESTRUIR, Eu vim para que
tenham vida e a tenham com abundância.”
Então, nós filhos de Deus, fomos roubados,
enganados e destruídos. Muitas vezes isso acontece na
nossa vida por falta de conhecimento como foi men-
cionado na página sete, porém na maioria das vezes
nós mesmos é que semeamos a nossa destruição. Fica
bem claro: isso não é a vontade de Deus.

Em Gálatas (6:7) está escrito: “Não erreis, Deus


não se deixa escarnecer, tudo que o homem semear,
isto também ceifará.”
Se você semeia a miséria só poderá colher
miséria.
Por esse motivo devemos cuidar com o que sai de
nossa boca. A mesma língua que abençoa também
amaldiçoa.
Em provérbios (18:20) está escrito e deixa isso
bem claro: “Do fruto da boca de cada um se fartará
o seu ventre.”

E prossegue:
“A morte e a vida estão no poder da língua;
e aquele que a ama comerá do seu fruto.”

GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 9


GILBERTO ALEXANDRE PRATAS 10