Você está na página 1de 6

Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág.

20-28 - Capa

Terceira Civilização - Capa

Pense grande, lance objetivos e entre em


ação
Meia-noite do dia 31 de dezembro. Olhamos o na carreira, nos estudos, na saúde ou
céu colorido por fogos de artifício e pensamos mesmo na prática do budismo, é muito
sobre “o que podemos fazer diferente neste ano mais fácil ter “iniciativa” que “acabativa”.1
que se inicia”. Concretizar aquele sonho que fora Isso é uma característica humana, tão
para a gaveta, fazer mais daimoku, estudar. São antiga quanto a própria história. Em Carta
várias possibilidades, nosso coração se enche de para Niike, enviada ao seu discípulo Niike
esperança e, nesse momento, prometemos a nós Saemon-no-jo, o buda Nichiren Daishonin
mesmos que vamos realizar cada um desses afirma: “Todas as pessoas parecem crer
objetivos. sinceramente no Sutra do Lótus no início,
mas, à medida que o tempo passa, a
Os dias passam... voltamos à rotina e aos devoção delas tende a enfraquecer”
compromissos. Com frequência nos lembramos (CEND, v. II, p. 294).
do que prometemos a nós mesmos, mas primeiro
temos de resolver várias pequenas coisas do dia Se no século 13 as pessoas já agiam dessa
a dia, pagar boletos, “apagar incêndios” no forma, imagine hoje em dia, que gastamos
trabalho, limpar a casa... e lá se vão nossas 24 quatro das nossas horas diárias em frente
horas. ao celular (o Brasil tem a taxa mais alta do
mundo, segundo pesquisa de 2017 da
Pouco a pouco, as preocupações, a correria, o empresa Statista)2 e corremos contra o
tempo que passa rápido demais começam a tempo para dar conta das tarefas durante
desbotar os sonhos, como os fogos de artifício as outras horas em que passamos
desaparecem rapidamente no céu estrelado. E acordados.
quando aparecem os imprevistos? Aquele
grande obstáculo financeiro ou de saúde? Pior Nós praticamos o budismo da prova real3 e
ainda, parece que apagaram até as estrelas do entramos no “Ano da Vitória Soka rumo ao
céu. 90º Aniversário de Fundação”, então não
vamos nos deixar vencer pelas
Podemos buscar algum incentivo externo, como circunstâncias. Pelo contrário, em meio à
vídeos motivacionais na internet, porém, quando correria nós nos desafiaremos,
olhamos para a realidade, não sabemos por visualizaremos nossa vida além da nossa
onde começar. É aí que a prática budista faz realidade atual e conquistaremos nossos
toda a diferença. Veja por que isso acontece na objetivos um a um!
Matéria de Capa deste mês e tire finalmente seus
objetivos do papel. Como fazer isso?

Planejar e não realizar, começar e não O que importa é a ação


terminar são hábitos muito comuns. Seja

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 1.


Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág. 20-28 - Capa

Nichiren Daishonin explica: característica do cérebro a nosso favor,


tendo como ponto de partida o daimoku e
O Sutra sobre a Contemplação da Mente as orientações do Mestre, que conversam
afirma: “Se deseja saber as causas que diretamente com algumas descobertas
foram feitas no passado, observe os efeitos recentes no campo da teoria
que se manifestam no presente. E se organizacional (ramo de pesquisas que
deseja saber os efeitos que se estuda o comportamento das pessoas
manifestarão no futuro, observe as causas dentro de organizações e empresas) e que
que estão sendo feitas no presente”. podem ser aplicadas no âmbito pessoal.
(CEND, v. I, p. 292)
Lance objetivos claros e específicos
De forma bastante lógica, o buda Nichiren
Daishonin mostra que nossa realidade Por nosso cérebro priorizar tarefas mais
nada mais é que o resultado de nossas rápidas e urgentes, se apenas tivermos
ações passadas; consequentemente, objetivos abstratos como reformar a casa,
nosso futuro é o resultado de nossas ações estudar mais ou fazer mais daimoku, eles
no momento presente. continuarão apenas no plano das ideias. É
preciso estabelecer um plano de ação.
Sobre esse tópico, o presidente da SGI, Dr.
Daisaku Ikeda, declara: “A ação é o que Anos de estudos e pesquisas foram
importa no budismo. Sem esforço, não necessários para os professores
conseguimos conquistar a verdadeira boa norte-americanos Dr. Edwin Locke e Dr.
sorte nem desenvolver a capacidade. A Gary Latham desenvolverem a teoria de
passividade rouba toda a alegria e fixação de objetivos.6 Uma de suas
entusiasmo da vida”.4 Por isso, devemos premissas é a importância de traçar
constantemente refletir: onde estou e objetivos claros e específicos. Ou seja, é
aonde quero chegar? Que ações estou sair do “reformar a minha casa” e se
fazendo hoje e quais vou realizar amanhã perguntar “Que passos preciso estabelecer
para que atinja meu objetivo? para chegar a esse objetivo?” e “Quanto
tempo vou precisar para isso?”. Por
Ainda assim, se nossos objetivos forem exemplo, fazer orçamento do material e da
muito grandes e nossa realidade não for mão de obra (num fim de semana), juntar
compatível com eles, acabamos nos dinheiro (em seis meses), comprar
desmotivando e voltamos à rotina de materiais (depois de seis meses, com o
sempre. Isso é, inclusive, um mecanismo dinheiro em mãos) etc.
do nosso cérebro: focar nas tarefas mais
rápidas e urgentes, e deixar de lado as Há um episódio sobre isso bastante
maiores e mais complexas.5 significativo no primeiro volume do
romance Nova Revolução Humana,7 no
Como não existe beco sem saída para um qual o Mestre incentiva um agricultor
praticante do Budismo de Nichiren japonês que imigrou para o Brasil e estava
Daishonin, vamos ensinar como usar essa atolado em dívidas por conta de safras

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 2.


Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág. 20-28 - Capa

malsucedidas. Ao ser questionado sobre as Se ainda acha que são difíceis ou está
várias condições de plantio (condições do complicado arrumar tempo para fazer
solo, adubação, cuidados adequados), o durante o dia, deve elaborar passos
agricultor não soube responder ao certo, menores; se parecem fáceis demais e te
ao que o presidente Ikeda prontamente deixam desanimado, você pode complicar
contestou: um pouquinho. Só você vai saber essa
medida.
Antes de tudo, para não repetir o erro, o
senhor deve avaliar o que causou o Valorize o que você já fez
insucesso na colheita. O senhor pode
consultar e ouvir os agricultores que O segundo passo estabelecido no estudo
tiveram êxito na colheita e anotar o que dos professores Locke e Latham é o
eles têm para dizer. Procure também comprometimento. Nesse tópico, além da
tomar as devidas providências para evitar ação diária, eles ressaltam a importância
outros fracassos. As pessoas que levam da visualização do quanto já fez.
realmente a sério o que fazem
constantemente estudam e empregam a Literalmente, ver os passos que você já
criatividade para resolver problemas. Se deu o ajudam manter a motivação. É uma
negligenciar tudo isso, não obterá sucesso. confirmação de que “Eu consigo”.
É um grande erro pensar que terá uma
colheita farta só porque está se É como preencher um gráfico de daimoku,
empenhando na prática da fé. O budismo é um calendário ou a tabela dessa matéria (a
um ensinamento da mais suprema razão. ideia é que você use o modelo aqui
Portanto, a força da sua fé deve se apresentado para organizar o passo a
manifestar no estudo, no planejamento, na passo dos seus objetivos e testar na
criatividade e nos esforços redobrados. prática o que propomos) [veja na p. 25 da
(NRH, v. 1, p. 237) versão impressa].

Quando você estabelece objetivos claros e Nichiren Daishonin comenta, na mesma


específicos, consegue visualizar os passos carta citada no começo da matéria: “A
e saber o que precisa fazer de fato para jornada de Kamakura a Kyoto leva doze
chegar aonde deseja. Conforme sensei dias. Se viajar onze dias e parar quando
orienta ao agricultor, não adianta achar que estiver faltando apenas um dia, como
vai dar certo só porque está se dedicando, poderá admirar a Lua sobre a capital?”
tem que pesquisar, planejar e agir nos (CEND, v. II, p. 294). Imagine-se no lugar
mínimos detalhes. Além disso, ao lançar dessa pessoa, na noite do décimo primeiro
esses passos até seu objetivo, busque dia estará bastante cansado, com as
perceber como se sente com relação a pernas doendo. Você pensa em desistir,
eles: você se sente bem, motivado? Se sim, olha para trás e, nesse momento, vê
vá em frente e comece a colocá-los em quanto andou. Falta pouco, afinal. Você
prática hoje mesmo! respira fundo e segue em frente.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 3.


Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág. 20-28 - Capa

Mas e quando não conseguimos nos sintonia com as engrenagens do universo.


levantar para seguir em frente? E quando a O presidente Ikeda explica isso para o
realidade não nos permite realizar nem as agricultor japonês:8
pequenas ações? É aí que entra nosso
trunfo: a prática do budismo. A recitação do daimoku com toda a
seriedade é a fonte da energia para
Oração de juramento enfrentar [os] desafios. O daimoku do
senhor também deve ser um juramento. (...)
Quando nos deparamos com grandes
obstáculos ou imprevistos, nosso primeiro Em se tratando de oração, existem
impulso é desistir do que construímos até naturalmente várias formas de orar. Alguns
o momento. Fazendo um paralelo com a oram para que tudo caia do céu, sem que
história da viagem de Kamakura a Quioto, tenham que se esforçar. A religião que
se não vemos que somos capazes de incentiva esse tipo de conduta conduz as
terminar a jornada, um tombo nos faz pessoas à ruína. No Budismo de Nichiren
desistir no décimo primeiro dia e ficamos Daishonin a oração é originalmente um
ali sentados, lamentando as pedras no juramento e sua essência é o kosen-rufu.
caminho, sem forças para levantar. Em outras palavras, essa oração significa
recitar daimoku com a seguinte
Pensamentos como “Isso não era para determinação: “Eu vou realizar o kosen-rufu
mim, mesmo” ou “Era bom demais para ser do Brasil. Para isso, vou mostrar uma prova
verdade” começam a assolar nossa mente irrefutável em meu trabalho evidenciando
e não há teoria de fixação de objetivos que as minhas melhores habilidades”. É assim
ajude nessa hora. É claro que o que nossas orações devem ser. Com essa
planejamento é importante, mas nessas disposição, precisamos estabelecer
horas cruciais necessitamos de algo mais objetivos claros do que desejamos realizar
forte e profundo para nos embasar; a cada dia, orar e nos desafiar para
precisamos nos sentir capazes de realizar concretizá-los. É dessa séria determinação
tais objetivos, por menores que sejam. que surgem a sabedoria e a criatividade
que levam ao sucesso. Em síntese, para
É a prática diária do gongyo e daimoku, vencer na vida precisamos de decisão e
embasada nas orientações do Buda e dos oração, esforço e planejamento. É um erro
Três Mestres, que nos dará a base e o ficar à espera de um lance de sorte ou de
impulso diário para desenvolver sabedoria, uma oportunidade de enriquecer fácil e
força e determinação, a fim de seguir na rapidamente. Isso não é fé; é mera fantasia.
direção que desejamos. Com essa prática, (...) Por favor, livre-se da posição
nós nos capacitamos a desafiar a realidade acomodada e empenhe-se no trabalho
para completar as tarefas diárias e nos com renovada decisão. (NRH, v. 1, p. 238)
aproximarmos um pouco mais dos nossos
objetivos. Mas não basta “apenas” orar, Assim como Ikeda sensei rigorosamente
existe uma forma correta, que coloca as orienta, para que nossos objetivos sejam
engrenagens da nossa vida para girar em alcançados, nossa oração deve conter a

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 4.


Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág. 20-28 - Capa

decisão de que os objetivos conquistados sociedade, que nos dá ferramentas para


serão meios para promover o kosen-rufu, nos levantarmos em meio à nossa
ou seja, a construção de uma sociedade realidade e agirmos corretamente, de
melhor por meio da transformação positiva forma a concretizar todos os nossos
de cada um, e inspirar as pessoas ao nosso objetivos, um a um.
redor a fazer o mesmo. É essa atitude que
nos faz evidenciar a sabedoria e a energia Também podemos nos utilizar de
necessárias para o planejamento e para as estratégias, estudos e descobertas da
ações. Isso se aplica não só ao trabalho, sociedade para “equipar” nossas ações
mas a todos os campos da nossa vida. diárias e desenvolver “acabativas” para
nossas iniciativas. Unindo a prática com as
Quando oramos com foco nesse objetivo principais estratégias mostradas aqui,
maior, expandimos nossa condição de vida temos três passos para você realizar seus
porque não queremos conquistar algo para objetivos em 2019:
nós mesmos, mas para servir de exemplo
e ajudar os demais com essa experiência. 1. FAZER A ORAÇÃO DE JURAMENTO,
Tal atitude nos fortalece e ainda nos dá focada em superar a si próprio, e
mais motivos para seguir lutando até o fim, comprovar com a vida a força do budismo,
afinal “não é só para mim, mas para ajudando outras pessoas a reconhecer a
incentivar aquela pessoa que também está sua capacidade de fazer o mesmo.
sofrendo”.
2. ESTABELECER OBJETIVOS CLAROS,
Três passos para realizar seus sonhos em específicos e detalhados — não muito
2019 fáceis nem difíceis demais.

O início do ano é uma época em que 3. DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO


estamos com a energia renovada, mais por meio da visualização do andamento do
motivados a lançar e reconfirmar objetivos. objetivo e das respectivas metas.
Mas, enquanto eles permanecem apenas
no plano das ideias, parecem longe Com base nesses passos diários, vamos
demais, impossíveis até, e acabam sendo transformar nossos sonhos de fogos de
soterrados pela rotina. artifício em sóis de esperança,
concretizando-os um a um e assim
Nichiren Daishonin afirma: “Quando o céu iluminar e motivar as pessoas que estão ao
está límpido, a terra se ilumina. De maneira nosso redor a fazer o mesmo. Lembre-se: a
semelhante, quando uma pessoa conhece ação de hoje é o sucesso de amanhã!
o Sutra do Lótus, ela compreende o
Notas:
significado de todas as questões
1. “Acabativa” é um neologismo (palavra inventada) relacionada à habilidade de concluir
seculares” (CEND v. I, p. 395). (acabar) projetos iniciados.

2. ARMSTRONG, M. Smartphone Addiction Tightens Its Global Grip [Vício em Smartphones

O Budismo de Nichiren Daishonin é a Aumenta no Mundo] Disponível em:

https://www.statista.com/chart/9539/smartphone-addiction-tightens-its-global-grip/.
religião da comprovação em meio à
Acesso em: 3 dez. 2018.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 5.


Terceira Civilização - Edição 605 - 19/01/2019 - pág. 20-28 - Capa

3. Nichiren Daishonin afirma: “Ao julgar os méritos relativos das doutrinas budistas, eu,

Nichiren, acredito que os melhores critérios são aqueles da razão e da prova

documental. E ainda mais importante que a razão e a prova documental é a prova real”

(CEND, v. I, p. 626).

4. Terceira Civilização, ed. 449, jan. 2006, p. 58.

5. ZHU, Meng; YANG, Yang; HSEE, C. K. The Mere Urgency Effect. In: JOHAR, G. (org.)

Journal of Consumer Research, v. 45, ed. 3, p. 673-690, 1º out. 2018. Disponível em:

https://academic.oup.com/jcr/advance-article-abstract/doi/10.1093/jcr/ucy008/4847790?redirectedFrom=fulltext.

Acesso em: 28 nov. 2018.

6. LATHAM, G.; LOCKE, E. A Theory of Goal Setting Task Performance [Teoria de Fixação

de Objetivos e Execução de Tarefas]. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/232501090_A_Theory_of_Goal_Setting_Task_Performance.

Acesso em: 3 dez. 2018.

7. IKEDA, D. Nova Revolução Humana. v. 1. São Paulo: Editora Brasil Seikyo, 2018.

8. IKEDA, D. Nova Revolução Humana. v. 1. São Paulo: Editora Brasil Seikyo, 2018.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 6.

Você também pode gostar