Você está na página 1de 6

Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág.

16-24 - Capa

Terceira Civilização - Capa

Seja firme e forte

Em janeiro, você lançou e planejou seus que sobreviveram justamente por


objetivos. Diariamente, você faz daimoku para conseguir prever o perigo e fugir.1
concretizá-los. “Bate” aquela ansiedade para que
eles se realizem logo, não é? Isso é natural. Mas e Construir diferentes cenários e
quando acontece algo inesperado que atrapalha possibilidades a partir de situações é uma
todo o planejamento? característica positiva e reconhecida até
hoje. O problema é quando a antecipação
Ou pior, quando esses imprevistos começam a do futuro se torna tão frequente que a
fazer você questionar sua própria capacidade de pessoa passa a viver nas diversas
conquistar seus sonhos? possibilidades negativas, em vez de focar
no presente.
Neste mês, aprenda como construir uma
personalidade “firme e forte” a ponto de realizar Isso ocorre nas várias situações do dia a
infalivelmente seus objetivos, independentemente dia: no trabalho, na família ou na própria
do que aconteça. prática budista, por vezes nos
preocupamos e construímos cenários
Quantas vezes por dia você se pega sobre o que pode acontecer. Mas, e
pensando, preocupado, sobre o futuro? quando algo inesperado acontece, que
Sejam questões relacionadas à embaralha todos os planos e o deixa ainda
humanidade, ao país, a um objetivo mais ansioso?
lançado ou a questões pontuais como a
resposta para certa mensagem ou e-mail O médico que não conseguia
que não chega rapidamente...
Independentemente da proporção da curar a própria ansiedade
questão, o pensamento não tem fronteiras.
Quanto mais distantes ou menos No ano de 1965, no Japão, havia um
controláveis são essas questões, mais médico que sofria de ansiedade aguda, a
nosso pensamento voa e constrói cenários ponto de não conseguir dormir. Yoshihiro
muitas vezes irreais, ou nos sentimos Mizobuchi contraíra uma grande dívida
perdidos e incapacitados de fazer algo que devido a um amigo ter deixado de pagar
seja realmente válido. [veja quadro abaixo] uma nota promissória do qual ele era
fiador. Isso abalou a confiança de Yoshihiro
Todos nós passamos por diferentes graus nas pessoas, além de lhe acarretar um
desse sentimento cada vez mais gasto enorme e imprevisto. Toda essa
conhecido socialmente: a ansiedade. É situação literalmente lhe tirava o sono, e
uma característica evolutiva, ou seja, mesmo sendo médico, ele não conseguia
somos descendentes de pessoas ansiosas, sequer curar a própria insônia.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 1.


Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág. 16-24 - Capa

uma índole bondosa, ela passou a se sentir


Passaram-se dois anos e ele permanecia muito ansiosa, temendo que a vida fosse
nessa situação. Ao confidenciar as repleta de reviravoltas inesperadas e
angústias a um colega, Yoshihiro foi incertezas acerca do que poderia
apresentado ao Budismo de Nichiren acontecer amanhã.”
Daishonin e decidiu se converter ao ouvir a
explanação do colega sobre os meios que Shizue, contudo, não se converteu ao
o budismo budismo junto com o marido. Aquelas
pessoas vestidas de forma humilde em sua
expunha para superar doenças que a casa, na ocasião da consagração, haviam
medicina não era capaz de compreender. causado má impressão na mulher. Além do
mais, ela era filha do líder de outra escola
No dia em que recebeu o Gohonzon, budista.
Yoshihiro recitou sincero gongyo e daimoku
junto com outros associados (que haviam Depois de um longo diálogo com
ido à sua casa celebrar a consagração) e o Yoshihiro, ela acabou cedendo e se
médico finalmente conseguiu dormir a noite converteu, porém se negava a participar
inteira. de atividades. Ao receber a visita de uma
líder da Divisão Feminina, ela expôs
No romance Nova Revolução Humana,2 no francamente a situação, e obteve a
qual essa história figura, o presidente Ikeda seguinte resposta:
relata: “Uma comprovação real é melhor
do que mil argumentos. Para Yoshihiro, “Independentemente do motivo que a
aquela experiência abriu seus olhos para o levou a se converter, ao praticar o
valor da prática do Budismo de Daishonin”. budismo, terá muitos benefícios. O
Em outras palavras, o médico viveu o budismo ensina: ‘Mesmo que alguém ainda
ponto primordial da sua prática budista. não tenha despertado para uma fé
verdadeira, conquistará benefícios imensos
O que é o ponto primordial? conectando-se ao objeto [de devoção, ou
seja, o Gohonzon] correto’.3”
Muito se fala sobre o “ponto primordial”,
mas o que isso significa na sua vida, e Ao ser questionada sobre o significado de
como reconhecê-lo? E o que, afinal, tem a “benefício”, a líder explicou que, além dos
ver com a ansiedade? benefícios mundanos, como ter casa,
comida e roupas, existe um tipo ainda mais
Durante o relato de Yoshihiro, também importante:
conhecemos a história de sua esposa,
Shizue. Ela não tinha distúrbios do sono, “Por exemplo, desenvolver um espírito
porém sofria de ansiedade por conta do forte, que não seja derrotado por nada na
que acontecera com o marido: vida. Ou cultivar uma condição existencial
na qual a vida em si seja incrivelmente
“Vendo o marido, que tivera de carregar prazerosa. Ou viver uma vida jubilosa,
nos ombros uma dívida enorme por ter

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 2.


Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág. 16-24 - Capa

desejando realmente tornar outras companheiros de prática. O “ponto


pessoas felizes e poder ensinar-lhes o primordial” de Shizue foi o diálogo com a
caminho infalível para a felicidade.” líder da Divisão Feminina. O que eles têm
em comum? O fato de serem experiências
As palavras “espírito forte” impactaram marcantes que geraram decisões fortes.
Shizue. Você consegue imaginar por quê?
O espírito inabalável é construído ao longo
O fato de sentir ansiedade sobre algum do tempo
acontecimento ou possibilidade futura é,
na verdade, um sintoma de alguém que Seja na vida pessoal, no trabalho ou na
não se vê capaz de resolver ou lidar com a prática do budismo, precisamos desse
situação. Assim como Yoshihiro, que via a ponto primordial para nos manter firmes
dívida além de suas possibilidades de perante as grandes ondas de imprevistos
pagamento, ou Shizue, que passou a que enfrentaremos ao longo da nossa
encarar a vida como uma série de jornada.
acontecimentos imprevistos. Nos dois
casos, assim como nas situações que você Como conquistar um espírito inabalável?
já sentiu ou viu alguém sentir essa
ansiedade negativa, o foco dos envolvidos Primeiro, não se trata de algo obtido de
está mais voltado ao impacto do exterior uma hora para outra. Ele é construído, com
sobre o interior: “O que eu sofro com o que base no seu ponto primordial, o estudo do
me acontece de fora para dentro”. budismo e a prática diária.

A filosofia e a prática do Budismo de Você deve reconhecer qual a decisão que


Nichiren Daishonin empoderam o indivíduo fez para persistir no caminho em que
a realizar o movimento contrário: definir o
exterior a partir do interior. Isso é possível está. Pode ser a decisão de dedicar o seu
ao desenvolver um “espírito forte”, assim melhor no trabalho, de sua família ter
como a líder de Shizue a orientou. harmonia ou de continuar na prática da fé
como digno discípulo de Ikeda sensei.
Esse “espírito forte” só pode ser Deve também ser uma decisão ancorada
desenvolvido a partir do “ponto primordial” em uma experiência positiva marcante, da
da pessoa com relação à sua prática qual possa se lembrar com facilidade e
budista. É como um porto seguro, ao qual que tenha grande significado em sua vida
você sempre retorna, para relembrar qual — seja um acontecimento, como no caso
foi sua decisão ao iniciar esse caminho em do médico, ou um diálogo, como
que está agora. aconteceu com a esposa dele.

No caso de Yoshihiro, o “ponto primordial” Outro ponto relevante é que seja uma
foi a noite bem dormida depois da decisão que envolva ação focada na
consagração de seu Gohonzon e de ter felicidade, sua e das pessoas ao redor,
feito daimoku junto com seus independentemente da área da vida.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 3.


Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág. 16-24 - Capa

Essa felicidade é a causa e o efeito que completamente esgotada. Seu tormento


você poderá obter ao recitar o daimoku mental se tornou maior ao pensar que
focado no objetivo. Ou seja, durante a esses esforços seriam em vão uma vez
recitação, em vez de pensar no que falta que as práticas ascéticas anteriores foram
para concretizar o objetivo, pense na inúteis."
decisão e na emoção que sentiu ao “dar a
largada”, o seu ponto primordial. Como Shakyamuni lidou com isso? Em sua
sabedoria, ele percebeu e combateu
Levando em consideração que o ativamente esses pensamentos negativos:
Nam-myoho-renge-kyo é a Lei Mística da
simultaneidade de causa e efeito,4 busque "[Shakyamuni] contudo, percebendo que
dentro de você a felicidade de conquistar seus tormentos eram gerados pelos
seu objetivo enquanto recita daimoku. Por demônios, reuniu toda a energia vital que
mais que esteja enfrentando um mar de ainda lhe restava, combateu os
adversidades, verá quanto o Nam- pensamentos negativos e bradou:
'Demônios! Talvez consigam derrotar os
-myoho-renge-kyo é poderoso em covardes, mas os bravos triunfarão. Eu
transformar nossa negatividade em alegria lutarei. Prefiro morrer lutando a viver como
ao recitá-lo com esse foco. um derrotado!' Com essa convicção,
Shakyamuni recuperou a serenidade e o
A energia da felicidade, essa força que silêncio voltou a manter-se na noite
emana de dentro de você, é o verdadeiro estrelada, cuja luz cintilava por todo o
benefício, é a causa fundamental da infinito."6
concretização do objetivo. A concretização
é apenas consequência dessa verdadeira O que ele chama de “demônios” são
causa. representações de “desejos pessoais e
ilusões que confundem a mente”, afirma o
Sem duvidar presidente da SGI, Dr. Daisaku Ikeda.7 Essa
confusão ocorre exatamente quando nos
Mas e quando surgem aquelas dúvidas deixamos levar pelos sentimentos
que sussurram coisas negativas aos negativos, sem buscar esclarecimento
nossos ouvidos? A insegurança de não se sobre sua real causa ou importância. Mas
ver capaz ou merecedor de conquistar o assim como vemos no exemplo do buda
objetivo? histórico, ao confrontar esses medos e
dúvidas com sua determinação, focando
No volume 3 da Nova Revolução no ponto primordial de sua jornada, ele
Hu­mana5 consta que, momentos antes de conseguiu silenciar os “demônios” internos
sua iluminação, Shakyamuni se deparou e finalmente atingiu a iluminação.
com enormes dúvidas e medos:
O que acontece na nossa vida, em
"Ele era assolado pela dúvida e pelo medo essência, não é diferente desse episódio.
da morte por conta da debilidade do seu Ikeda sensei afirma:8
corpo, cuja resistência estava

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 4.


Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág. 16-24 - Capa

O presidente Ikeda orienta: “O Sutra do


A dúvida é a fonte da ilusão fundamental Lótus é um ensinamento capaz de
da vida, que o budismo denomina de transformar o lugar em que estamos na
escuridão fundamental. A dúvida gera terra do buda. Ter fé no sutra significa
ansiedade e nos arrasta para o desespero. empreender esse desafio”.9 Quando mudamos
internamente, somos capazes de mudar nosso
A fé, por sua vez, é a luta contra a dúvida
ambiente e torná-lo na terra da felicidade. [quadro na
que reside em nosso coração. A força para
p. 23]
vencer advém da recitação do
Nam-myoho-renge-kyo.
Não estamos falando em viver fora da
Ir contra essa tendência é uma luta ativa e realidade, apenas focado em si e em seu
diária. Assim como Shakyamuni não se objetivo de forma egoísta. Quando você
deixou derrotar pelo medo e pela reconhece seu ponto primordial e
incerteza, temos a capacidade de fortalece diariamente sua determinação,
desenvolvermos essa determinação e consegue lidar com as adversidades e mil
força ativamente. Para tanto, precisamos possibilidades do dia a dia com sabedoria
de coragem para lutar constantemente e maleabilidade; você não se limita, você
contra nossa própria tendência negativa. A vai além. E quando os obstáculos e
energia para isso advém justamente do dificuldades surgem, luta até o fim, assim
daimoku recitado com foco na conquista como Shakyamuni fez.
do objetivo “neste momento”, e na alegria
que você sente ao conquistá-lo, em vez de Como afirmamos no início, é sua ação no
imaginá-lo num lugar incerto no futuro. presente que faz toda a diferença. Quando
a ação é focada na realidade do momento
Agora outra boa notícia: esse daimoku e imbuída com a decisão de vencer,
focado produz outro efeito maravilhoso, a porque você já se sente (e portanto já é)
mudança do ambiente a partir da nossa vencedor na vida, age de forma mais
mudança interior. decidida em todos os ambientes,
dedica-se mais ao que está fazendo em
Mudar o exterior a partir do interior cada instante e, consequentemente, se
aproxima um pouco mais da realização do
O daimoku focado na alegria da conquista seu objetivo. E não só o conquista, como
produz a mudança porque você sente, muda toda uma realidade à sua volta,
dentro de si, a alegria dessa realização e a sendo naturalmente admirado pelas
força para agir e concretizá-la em sua pessoas por sua persistência e
realidade. Dessa forma, passa de uma positividade.
atitude passiva de esperar que o objetivo
chegue até você em algum momento Seja firme e forte!
incerto, ou de duvidar de sua capacidade
de obtê-lo, e passa a agir positivamente Assim como diz a expressão popular,
em seu ambiente para que ele se realize. devemos construir uma personalidade
“firme e forte”, ou seja, diariamente fazer o

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 5.


Terceira Civilização - Edição 606 - 09/02/2019 - pág. 16-24 - Capa

6. Ibidem, p. 133.
exercício de direcionar nossos
7. Ibidem.
sentimentos, pensamentos e ações de 8. Brasil Seikyo, ed. 2.424, 23 jun. 2018, p. A7.

forma inabalável rumo aos objetivos, e agir 9. Terceira Civilização, ed. 485, jan. 2009, p. 58.

com decisão até conquistá-los.

Certamente não é uma tarefa fácil, o que


mais existem à nossa volta — e dentro de
nós — são forças negativas a nos puxar
para a dúvida, a insegurança e a
ansiedade. Por essa razão, a construção
dessa convicção “firme e forte” é diária, e
renovada por meio do daimoku que
desperta nossa coragem de retornar ao
ponto primordial e encarar mais um dia de
cabeça erguida. Esse daimoku focado
produz o que chamamos de “verdadeiro
benefício”, a alegria de poder recitá-lo e
sentir, neste instante, a felicidade ao ser
capaz de conquistar o objetivo.

Com base nessa oração corajosa e ações


correspondentes, todos os obstáculos,
maldades e “demônios” (dúvidas e ilusões)
parecerão cada vez menores diante dos
seus olhos. O segredo é dedicar o seu
máximo a cada momento, em cada
ambiente, a cada pessoa que encontrar.

Certamente você verá seu objetivo


concretizado em meio a essa jornada, mais
rápido do que imaginava. Afinal, seu foco
não estava no tempo que levaria para
conquistá-lo, ou em questionar sua
capacidade de fazê-lo, mas em todos os
aprendizados, crescimento e
desenvolvimento que adquiriu no caminho.

1. SUPERINTERESSANTE. Disponível em:

https://super.abril.com.br/saude/sobre-a-ansiedade/. Acesso em: 9 jan. 2019.

2. Brasil Seikyo, ed. 2.309, 30 jan. 2016, p. D1-12.

3. Seis Volumes de Textos, de Nichikan Shonin.

4. Terceira Civilização, ed. 554, out. 2014, p. 16.

5. IKEDA, Daisaku. Nova Revolução Humana. São Paulo: Editora Brasil Seikyo, v. 3, p. 132,

2018.

Mariana Nóbrega Gonçalves Lima (704234-5) / pág. 6.