Você está na página 1de 3

Actualmente os jovens moçambicanos estão cientes de que o empreendedorismo é a forma mais

eficiente de combater a pobreza absoluta. Os autónomos, àqueles que trabalham por conta própria,
desenvolvem os seus negócios formal ou informalmente comercializando produtos ou prestando
serviços. Mesmo os assalariados, àqueles que trabalham para outrem, tem tido iniciativas
empreendedoras de geração de renda extra através de desenvolvimento de negócios paralelos, ao
mesmo tempo que trabalham.

No entanto, existe um grande desafio comum para todos empreendedores, tanto autónomos quanto
àqueles que querem empreender sem, no entanto, largar o seu emprego formal. O grande desafio é
como alavancar as vendas e tornar o negócio sustentável.

O superdez apresenta 10 formas de marketing disponíveis em Moçambique capazes de alavancar as


suas vendas e profissionalizar o seu negócio. A lista está disposta em ordem decrescente, com base no
custo e benefício, ou seja, o preço pago e a alavancagem de vendas no curtíssimo prazo.

10. Television Marketing

Marketing através de anúncios e spots na televisão é, provavelmente uma das formas de marketing mais
usadas para alavancar as vendas. É notória a sua eficácia em campanhas publicitárias de grandes
marcas, que geram grande resultados económicos. No entanto, devido a sua capacidade de abrangência
em escala nacional, está forma de marketing tem um custo extremamente alto. Por esse motivo, em
termos de custo benefício, não é recomendável para pequenos negócios que, muitas das vezes, não
tem orçamento para marketing.

09. News marketing

Os jornais são das formas de divulgação de produtos e serviços mais antigas e continua actual. Depois da
televisão o jornal é, provavelmente, a forma mais cara em Moçambique. Mas é a mais econômica ao
longo do tempo, visto que tendo pago uma vez, o jornal impresso permanece no mercado a disposição
dos potenciais clientes. No entanto, é a mais elitista de todas considerando que a maioria dos
moçambicanos não tem acesso ao jornal. Logo, em termos de custo e benefício não seria viável para
pequenos negócios.

08. Rádio Marketing

Apesar de antiquado ainda é muito comum ouvir campanhas publicitárias através de rádio em
Moçambique. Essa forma de marketing é extremamente eficaz para negócios locais e negócios de
pequeno e médio porte. Os custos são relativamente menores em relação ao marketing na televisão ou
nos jornais e os retornos podem ser considerados como bons. Em muitos locais no país onde não há
sinal de televisão e não há circulação de jornais custuma a ser única forma de divulgação de produtos e
serviços locais.

07. Outdoor e reclames


Uma das formas de exposição de produtos, serviços, marcas e empresas em Moçambique é através de
outdoor e reclames. É comum encontrar painéis gigantes de publicidade nas ruas, praças e edifícios em
todas cidades moçambicanas.

Esta forma de exposição é eficiente sob ponto de vista de abrangência da visibilidade do público alvo,
visto que esta sempre disponível para qualquer citadino, de viaturas ou peões. No entanto, em termos
de custo benefício, apenas é viável para grandes empresas ou marcas de consumo de massa.
Adicionalmente, os custos de aluguel de painéis pode ser considerado alto para pequenos negócios.

06. Feiras

Uma das formas mais eficazes para expor e vender produtos e serviços é através de feiras. Feira é um
evento organizado em determinado espaço físico ou market place onde as empresas expõem e vendem
os seus produtos e serviços directamente para clientes e potenciais clientes. Este tipo de evento,
geralmente é organizado numa data específica, obedecendo uma periodicidade mensal, trimestral,
semestral ou anual. A maior feira de Moçambique é a FACIM, que acontece anualmente em Matacuane,
Maputo e junta durante uma semana empresa de Agronegócios, tecnologia, serviços e pequenas e
grandes indústrias e potenciais compradores.

Em termos de custo e benefício, as feiras são mais viáveis, tanto para pequenos negócios quanto para
grandes empresas visto que para além de expor o produto ou serviço para um grande número de
potenciais clientes, proporciona oportunidade de efetuar vendas directamente aos interessados no local
ou posteriormente. O único custo que o empreendedor incorre é a despesa de viajar até o local da feira
e o aluguer do standard para exposição.

05. Estabelecimento comercial ou industrial

Está é a forma de venda tradicional, em muitos casos, inevitável. Consiste basicamente na aquisição ou
arrendamento de um espaço físico para desenvolver negócios, seja comércio, prestação de serviços ou
mesmo uma unidade de produção.

Esta forma de venda é recomendada na fase de amadurecimento do negócio uma vez que tem muitos
custos como pagamento de renda do estabelecimento, no caso de aluguer, construção de imóvel,
pagamento de salário, segurança, impostos, água e energia, entre outros. Contudo, os benefícios como
existência de endereço físico para clientes adquirirem os produtos ou serviços, possibilidade de aceder
aos créditos bancários para financiar às actividades, credibilidade no mercado entre outros, podem
compensar os custos e gerar lucros.

O sucesso deste forma de venda depende muito do planejamento, organização, localização estratégica e
capacidade financeira do empreendimento. Geralmente o payback varia entre um ano a três anos,
dependendo do tipo de negócio.

04. Marketing direto


Vendas diretas, como sugere o nome, consiste na venda de produtos e serviços directamente ao
consumidor final, sem intermediários e sem necessidade de publicidade convencional. Os produtos ou
serviços são divulgados através do boca a boca ou por meios eletrônicos.

Está forma de venda é muito comum em Moçambique e é exercido, maioritariamente, entre mulheres,
nos mercados informais, locais de trabalho e nos locais de aglomerações. Os vendedores são,
comummente chamados de ambulantes ou agentes.

Os custos para iniciar o negócio são baixos visto que apenas estocam quantidades suficientes para
vender num período de tempo curto e não gastam quase nada para publicidade. No entanto, a margem
de lucro é relativamente menor para garantir a rotatividade e é extremamente difícil escalar,
permanecendo estático por muitos anos.

03. Marketing digital e afiliados

Esta forma de venda consiste, basicamente, na venda de produtos e serviços através de meios digitais,
internet, redes sociais, e-mail entre outros. O empreendedor, usando suas redes sociais, converte seus
seguidores ou amigos eletrônicos em potenciais clientes oferecendo seus próprios produtos e serviços,
ou referenciando-os para comprarem produtos e serviços de outros empreendedores, também
baseados na internet, ganhando deste modo comissões de vendas.

Os sistemas de aliados mais conhecidos em Moçambique são Alibaba, AliExpress, Amazon e Xiva. Os
produtos mais comuns vendidos através desta forma de venda sao livros, cursos, software, eletrônicos.

Esta forma de vendas pode ser feito sem nenhum investimento em produtos, caso o empreendedor
opte pelo sistema de afiliados, divulgando produtos e serviços de terceiros, ganhando com isso
comissões de vendas.

02. e-Commerce

Pode também optar pela criação de sites para e-Commerce e vender seus próprios produtos ou serviços
sem precisar, necessariamente, estocar grandes quantidades de produtos. Para tal, o empreendedor
terá que estabelecer parcerias com fornecedores para ter produtos disponíveis sempre que um cliente
solicitar.

01. Marketing multinível

O marketing multinível é um sistema de vendas diretas sem intermediários, em que os vendedores são
distribuidores oficiais e representantes da marca. Os vendedores, também chamados de consultores,
são responsáveis pela venda ao consumidor final e pelo recrutamento de novos vendedores, criando
uma rede. Os consumidores são também vendedores e ganham comissões de vendas, para além do
lucro gerado pela venda. Cada vez um membro da rede vende o recrutador ganha, igualmente uma
comissão.m