Você está na página 1de 3

FORMULÁ RIO PARA OBSERVATÓ RIO DA ONU

Nome:

Idade: E-mail:

País: Cidade:

Contato:

Instagram:

1. What do you understand by the right to peaceful assembly?

Um meio de expressar sua opinião sem qualquer tipo de violência como parte do processo.

Acredito que reunião (e/ou assembléia) pacífica vem do princípio onde todos tem uma
liberdade em expressar sua opinião sobre um tópico em comum, exigindo e impondo
mudanças em seus direitos diante de certo assunto.

2. Where you ever involved, or know of other children, who have been involved in a
peaceful assembly offline or online?

X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (ECA).

Realizada na cidade de Londrina - PR.

Uma conferência onde adolescentes de todas as regiões da cidade se reuniam para discutir leis
e benefícios que seriam apropriados e obrigatórios para a criança e o adolescente.

Tanto eu, quanto minha irmã (de 10 anos) participamos da conferência, ela como observadora
e eu como organizadora (juntamente com um grupo de adolescentes que serviam como
suporte para os outros jovens presentes).

Acredito que essa foi uma oportunidade mais que abrangente para que adolescentes repletos
de diferentes opiniões pudessem expressá-las através de tópicos bastantes importantes para o
desenvolvimento pessoal de todo e qualquer indivíduo em uma sociedade.

3. Could you share any examples, including the issues or topics raised and the
experiences/results?

Os tópicos rodeavam sobre assuntos que eram de importância demasiada em relação à


formação da criança e do adolescente. Como por exemplo:

● Participação e inclusão da criança e do adolescente.


● Financiamento das políticas públicas para crianças e adolescentes.
● Prevenção e enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes.
● Espaços de gestão e controle social das políticas públicas de crianças e adolescentes.
● Garantia dos direitos e políticas públicas integradas e de inclusão social.
FORMULÁ RIO PARA OBSERVATÓ RIO DA ONU

A experiência, acredito eu, trouxe não só uma integração do adolescente envolvendo políticas
com relação a sua própria formação, como também deu ao mesmo uma noção ampla do
processo que é necessário para realizar e fazer tais direitos serem impostos, afinal de contas,
quem mais saberia das dificuldades cotidianas enfrentadas por crianças e adolescentes se não
eles mesmos?

Essa era a questão tratada com muito afinco na conferência, pois os mesmos traziam suas
próprias e negativas experiências como exemplo para que elas fossem melhoradas através do
aprimoramento de leis do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Acredito que o resultado imediato foi apresentado no desenrolar da conferência onde os


próprios participantes reconheciam a voz que lhes era dada e a usava para o aprimoramento
dos seus direitos.

4. Do you think children face particular challenges/obstacles to participate in a peaceful


assembly online or offline? If so, are there children in certain situations who are more
likely to face such challenges/obstacles?

Com toda a certeza do mundo eu posso afirmar que sim. E infelizmente muitas
crianças/adolescentes nem sequer ficam sabendo de tais reuniões/assembléias, pois é algo de
pouca divulgação. Não só a divulgação se torna um problema, mas se for para avaliar todo o
contexto que certas crianças e adolescentes se encontram, poderia dizer que muitas vezes o
lar e as influências dos lugares em que se encontram acabam por cegar tais de verem que há
sim um meio de impor seus direitos para o mundo inteiro saber.

Crianças e adolescentes em regiões consideradas mais voláteis são, em minha opinião, as que
tem mais desafios e obstáculos. Podemos colocar o exemplo de um bairro onde a educação
pública é falha e muitas vezes o mesmo pode estar exposto a cenas de violência
frequentemente, o fato do lugar em que vive ser um local com pouca vigilância policial e uma
educação fragilizada pode acarretar não só na dificuldade da criança e do adolescente de se
desenvolver como um cidadão como também de enxergar esse meio de expressar sua opinião
e tentar melhorar os seus direitos dentro da sua realidade.

5. What would you say to an adult who may support a child who wants to participate in a
peaceful assembly?

Eu começaria apenas com uma simples e objetiva pergunta: "Você sabe a que tipo de
dificuldade essa criança está exposta?"
Uma pergunta que todos deveríamos nos fazer ao se deparar com crianças e adolescentes que
querem impor sua opinião/sugestão diante de algum obstáculo apresentado.
Eu sou.
Eu fui.
E sempre serei essa criança que tem uma opinião sobre alguma dificuldade, pois eu sei que a
minha liberdade de expressar é a única ferramenta que eu posso empunhar para melhorar os
meus direitos dentro da sociedade.
FORMULÁ RIO PARA OBSERVATÓ RIO DA ONU

6. If you could give one recommendation to governments on what they should do to


make sure all children can enjoy the right to peaceful assembly, what would it be?

Invista em uma educação merecedora, onde todos se sintam dignos de expressar sua opinião
sem medo de ser julgado ou considerado inepto.

Invista em uma segurança digna onde possamos expor nossas opiniões sem o medo de sermos
apredejados.

Invista em um meio de comunicação abrangente para que todos possam ser capazes de saber
sobre a liberdade que temos de participar de tais reuniões.

Apenas invista, pois nós somos a sociedade do futuro.