Você está na página 1de 8

Exercícios de dimensionamento de trocadores de calor

Objetivo: Ilustrar o cálculo da temperatura média e da média logarítmica de


troca de calor para trocadores de correntes paralelas.

1) Problema: Um trocador de calor de correntes paralelas tem fluido


quente entrando a 120 o C e saindo a 65 o C, enquanto fluido frio entra a 26 o
C e sai a 49 o C. Calcule a diferença média de temperaturas e a diferença
média logarítmica de temperaturas.

Solução :

A tabela abaixo indica as temperaturas:

Fluido Quente Fluido Frio


Entrada 120 o C 26 o C
Saída 65 o C 49 o C

Desta forma, temos que Tmax = 120 - 26 = 94 o C e Tmin = 65 - 49 = 16 o C. De


forma que:

LMTD = (94 - 16) / Ln (94 / 16) = 44,0 o C

Considerando as temperaturas médias, teremos:

Tquente = (120 + 65) / 2 = 92,5 o C

Tfrio = (26 + 49) / 2 = 37,5 o C

Assim, a diferença média será de 92,5 - 37,5 = 55 o C. O mesmo resultado poderia


ser obtido pela operação:

( Tmax + Tmin ) / 2 = ( 94 + 16 ) / 2 = 55 o C.
Objetivo: Ilustrar o cálculo da temperatura média e da média logaritmica de
troca de calor para trocadores de correntes opostas.

2)Problema: Um trocador de calor de correntes opostas tem fluido quente


entrando a 120 o C e saindo a 82 o C, enquanto fluido frio entra a 15 o C e sai
a 110 o C. Calcule a diferença média de temperaturas e a diferença média
logaritmica de temperaturas.

Solução:

A tabela abaixo indica as temperaturas:

Fluido Quente Fluido Frio


Entrada 120 o C 15 o C
Saída 82 o C 110 o C

Desta forma, temos que Tmax = 82 - 15 = 67 o C e Tmin = 120 - 110 = 10 o C. De


forma que:

LMTD = (67 - 10) / Ln (67 / 10) = 30 o C

Considerando as temperaturas médias, teremos:

Tquente = (120 + 82) / 2 = 101 o C

Tfrio = (15 + 110) / 2 = 62,5 o C

Assim, a diferença média será de 101 - 62,5 = 38,5 o C. O mesmo resultado poderia
ser obtido pela operação:

( Tmax + Tmin ) / 2 = ( 67 + 10 ) / 2 = 38,5 o C.

Devemos observar que o uso de diferenças médias de temperaturas novamente


apresenta resultados muito ruins se comparados com a LMTD.
Objetivo: Ilustrar o cálculo da área de um trocador de calor.

3)Problema:Benzeno é obtido a partir de uma coluna de fracionamento na


condição de vapor saturado a 80 o C. Determine a área de troca de calor necessária
para condensar e sub-resfriar cerca de 3630 kg / h de benzeno até 46 o C se o fluido
refrigerante for água, escoando com o fluxo de massa igual a 18.140 kg / h,
disponível à 13 o C. Compare as áreas supondo escoamento em correntes opostas e
correntes paralelas. Um coeficiente global de troca de calor de 1.135 W / m2.K
pode ser considerado.

Solução

O primeiro passo será listar de forma mais organizada a lista de informações


passadas pelo enunciado. Portanto:

Tentrada Tsaída Fluxo de massa:

fluido quente: benzeno 80 o C 46 o C 3630 kg / h

fluido frio: água 13 o C ? 18140 kg / h

Outras informações:

• Teremos condensação do benzeno e algum sub-resfriamento;


• Coeficiente Global - U: 1135 W / m2.K;
• Escoamento: Correntes paralelas e opostas;
• calor trocado: ?
• LMTD: ?
• Área: ?

Como teremos a condensação do benzeno, precisaremos saber a entalpia de


vaporização do mesmo. Uma consulta às tabelas de propriedades termodinâmicas
indica o valor de hfg = 394,5 kJ / kg. Precisaremos também do calor específico para
o benzeno (suposto constante nesta faixa de temperaturas) = 1758,5 J / kg.
Naturalmente, precisaremos também das propriedades da água (suposta líquido
sub-resfriado). Observando ainda a condensação, precisaremos determinar as
áreas do condensador e da região do sub-resfriamento.

Trocador de Correntes Paralelas

Nesta situação, a água de resfriamento encontra inicialmente a região de


condensação. Ao terminar a condensação, a água, mais aquecida, troca calor na
região do sub-resfriamento do benzeno. O calor liberado na região
de condensação vale:

qcondens = 3630 x 394,5 kJ / h = 398 kW

Precisamos saber qual é a temperatura da água na saída do condensador, pois isto


irá determinar as condições de entrada na seção de sub-resfriamento. Um balanço
de energia nos indicará:

q = 398 * 1000 [W = J / s] = 18140 [ kg / h ] x [ 1 h / 3600 s ] x 4186,9 [ J / kg C ] x


(Tsaída - Tentrada)

Após os cálculos, tomando cuidado com as unidades, obtemos que à saída do


condensador, a água estará à 31,9o C. Assim, estamos prontos para calcular a
LMTD desta região. Nossos dados:
Entrada Saída

Benzeno 80 o C 80 o C

Água 13 o C 31,9 o C

Assim, LMTD segue direto: (80 - 13 ) - (80 - 31,9) = 67 - 48,1 = 18,9 C e Ln [ 67 /


48,1 ] = Ln [ 1,39 ] = 0,329. Com isto, LMTD = 18,9 / 0,329 = 57,4 C. Pela definição
do calor trocado, segue finalmente que:

Área [m2 = 398 000 [ W ] / 1135 [ W / m2 K ] x ( 57,4 C ) = 6,1 m2

Na região de sub-resfriamento, o benzeno entrará a 80 o C e sairá a 46 o C,


especificado pelo projeto. Portanto:

qsub = 3630 x 1758,5 x (80 - 46) = 60,3 kW

Entrada Saída

Benzeno 80 o C 46 o C

Água 31,9 o C ?

Como podemos ver, o primeiro passo é a determinação da temperatura de saída


da água desta seção. Pelo balanço de energia, segue:

60,3 x 1000 [ W ] = 18 140 / 3600 [ kg /s ] x 4186,9 [ J / kg . K ] x (Tsaída - 31,9)

Com isto segue imediatamente que Tsaída = 34,7 C. Podemos atualizar a nossa
tabela de dados para esta região.
Entrada Saída

Benzeno 80 o C 46 o C

Água 31,9 o C 34,7 o C

Assim, LMTD segue novamente direto: (80 - 31,9 ) - (46 - 34,7) = 48,1 - 11,3 =
36,8oC e Ln [ 48,1 / 11,3 ] = Ln [ 4,26 ] = 1,448. Com isto, LMTD = 36,8 / 1,45 = 25,4
o
C. Pela definição do calor trocado, segue finalmente que:

Área [m2 = 60 300 [ W ] / ( 1135 [ W / m2 K ] x 25,4 [C] ) = 2,1 m2

Nesta situação, a área total vale 6,1 (condensador) + 2,1 (sub-resfriamento) = 8,2
m2.

Trocador de Correntes Opostas

Neste caso, a água de resfriamento "encontra" primeiro a região do sub-


resfriamento do benzeno, onde tem um primeiro aquecimento. Só após isto é que
a água entra na região de condensação. O calor liberado na região de sub-
resfriamento vale:

qsub = 3630 x 1758,5 x (80 - 46) = 60,3 kW

determinado pelas condições de entrada e saída do benzeno desta seção. É o


mesmo valor pois as condições limites do problema não foram alteradas.
Precisamos saber qual é a temperatura da água na saída desta região, pois isto irá
determinar as condições de entrada na seção de condensação. Um balanço de
energia nos indicará:
q = 60,3 * 1000 [W = J / s] = 18140 [ kg / h ] x [ 1 h / 3600 s ] x 4186,9 [ J / kg C ] x
(Tsaída - Tentrada)

Aqui, Tentrada = 13o C. Após os cálculos, tomando cuidado com as unidades, obtemos
que à saída da região do sub-resfriamento, a água estará à 15,9o C. Assim, estamos
prontos para calcular a LMTD desta região. Nossos dados:

Entrada Saída

Benzeno 80 o C 46 o C

Água 13 o C 15,9 o C

Assim, LMTD segue direto: (80 - 13 ) - (46 - 15,9) = 67 - 30,1 = 36,9 o C e Ln [ 67 /


30,1 ] = Ln [ 2,226 ] = 0,800. Com isto, LMTD = 36,9 / 0,800 = 46,1 o C. Pela
definição do calor trocado, segue finalmente que:

Área [m2 = 60 300 [ W ] / (1135 [ W / m2 K ] x 46,1 [C]) = 1,1 m2

Na região de condensação, o benzeno estará sempre na mesma temperatura e a água


irá se aquecer. São nossos dados:

Entrada Saída

Benzeno 80 o C 80 o C

Água 15,9 o C ?

Como podemos ver, o primeiro passo é a determinação da temperatura de saída


da água desta seção. Pelo balanço de energia, segue:

398 x 1000 [ W ] = 18 140 / 3600 [ kg /s ] x 4186,9 [ J / kg . K ] x (Tsaída - 15,9 o C)


Com isto segue imediatamente que Tsaída = 34,8 o C. Podemos atualizar a nossa
tabela de dados para esta região.

Entrada Saída

Benzeno 80 o C 80 o C

Água 15,9 o C 34,8 o C

Assim, LMTD segue novamente direto: (80 - 15,9 ) - (80 - 34,8) = 64,1 - 45,2 = 18,9
o
C e Ln [ 64,1 / 45,2 ] = Ln [ 1,418 ] = 0,349. Com isto, LMTD = 18,9 / 0,349 = 54,1 o
C. Pela definição do calor trocado, segue finalmente que:

Área [m2 = 398 000 [ W ] / 1135 [ W / m2 K ] x ( 54,1 C ) = 6,5 m2

Nesta situação, a área total vale 6,5 (condensador) + 1,1 (sub-resfriamento) = 7,6
m2.

Observação final: Note que a área necessária para efetivar a troca de calor nas
condições especificadas de troca é menor para o caso do trocador de correntes
opostas. Embora a diferença seja pequena, cerca de 8%, isto é certamente um ganho
interessante.

Você também pode gostar