Você está na página 1de 37

MANUAL

piFLOW®p
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

ÍNDICE
CARACTERÍSTICAS...............................................................................................................................3

INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA ...........................................................................................................4

DADOS TÉCNICOS ..............................................................................................................................10

Definição da Piab de área de contato do produto no transportador......................................................................11

INSTALAÇÃO........................................................................................................................................12

MONTAGEM ..........................................................................................................................................................................12

PARTIDA ...............................................................................................................................................23

DIMENSÕES .........................................................................................................................................24

SOLUÇÃO DE FALHAS ........................................................................................................................26

ASSISTÊNCIA E MANUTENÇÃO.........................................................................................................28

PEÇAS DE REPOSIÇÃO ......................................................................................................................32

GARANTIA ............................................................................................................................................37

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

2
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

CARACTERÍSTICAS
 Design compacto e modular.

 Os materiais plásticos e de borracha no transportador são antiestáticos.

 Tecnologia COAX®.

 Eficiência energética e baixo nível de ruído.

 Fácil manutenção e limpeza.

 O transportador é projetado de acordo com as diretrizes da USDA.

 Projetado principalmente para indústrias de manipulação de alimentos, produtos químicos e


farmacêuticos.

 Qualidade do aço ASTM 316L.

 Solução que contribui para um transporte livre de poeira.

 O filtro tem filtração 0.5 µm

 Limpeza automática do filtro.

 Completamente pneumático.

 Todo o material em contato direto com o produto transportado está em conformidade com a FDA
e EC N° 1935/2004, EC N° 10/2011.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

3
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA

O USO PRETENDIDO DO TRANSPORTADOR


O uso pretendido de um transportador a vácuo da Piab é transmitir pós, grânulos, comprimidos e cápsulas
em lotes em um sistema de tubulação.

DIRETIVAS VÁLIDAS PARA OS TRANSPORTADORES DE VÁCUO DA PIAB


Os transportadores a vácuo da Piab seguem a Diretiva 2006/42/EC e possuem dois níveis de declaração.
 Declaração de conformidade - Diretiva 2006/42/EC, Anexo 2A
 Declaração de incorporação de maquinaria parcialmente concluída - Diretiva 2006/42/EC, Anexo
2B
Como opção, um transportador de vácuo da Piab pode ser classificado de acordo com a diretiva de
equipamentos ATEX2014/34/EU.
A pessoa que instala e utiliza o transportador em outro sistema principal tem a responsabilidade de realizar
uma análise de risco para o sistema como um todo.

Marcação de classificação CE/2A

PARTIDA/PARADA DO TRANSPORTADOR
O transportador é iniciado

com a unidade de controle fornecida.


UNIDADE DE CONTROLE
.
O transportador para se o suprimento de ar comprimido for subitamente interrompido. O transportador
deve ser reiniciado pelo operador, mesmo que o fornecimento de ar comprimido seja reativado.

POTÊNCIA DO VÁCUO NA ENTRADA


O uso descuidado e a instalação incorreta do ponto de alimentação do sistema de vácuo podem causar
lesões. O nível de vácuo é concentrado no ponto de alimentação e pode causar lesões nos olhos e
membranas mucosas.
 Nunca aponte um tubo de sucção, um bico de alimentação ou uma mangueira para ninguém.
 Quanto maior a entrada de sucção, maior o poder e o perigo.
 A instalação deve ser feita de modo que a entrada não possa contatar o operador e outras
pessoas.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

4
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

 Sempre lembre de desconectar a fonte de ar comprimido ao limpar ou realizar a manutenção do


transportador de vácuo.

Potência do vácuo na entrada

ESCAPE DA BOMBA DE VÁCUO


O ar de exaustão da bomba de vácuo do transportador pode, em certas aplicações, constituir um risco e
causar lesões. Se o filtro não estiver totalmente intacto quando o pó com partículas pequenas for
transportado, as partículas podem penetrar no filtro e entrar na bomba e para a atmosfera, com possível
contaminação. Nunca olhe diretamente para a saída da bomba de vácuo. Não esqueça de desconectar a
fonte de ar comprimido ao limpar ou realizar a manutenção do transportador de vácuo.

Escape da bomba de vácuo

SEGURANÇA EM RELAÇÃO À EXPLOSÃO


Como ocorre uma explosão de poeira?
Ao manipular e transportar pós secos e materiais compostos de pequenas partículas, existe o risco de que
uma explosão de poeira possa ocorrer. Explosões de poeira podem ocorrer quando certos materiais
finamente divididos são misturados com ar (oxigênio) após o qual a mistura é inflamada, por exemplo, por
uma faísca.

MONTAGEM SEGURA
Para uma utilização segura, o seguinte deve ser observado quanto à montagem de um transportador de
vácuo da Piab:
 Dê atenção especial aos desenhos do manual, pois eles mostram como montar as vedações entre
os módulos de aço do transportador.
 Dê especial atenção à montagem correta do(s) filtro(s). É importante que escapamento de pó
através do dispositivo de filtro seja evitado. Possíveis vazamentos no filtro causarão explosão de pó
através do escape da bomba para o ambiente.
 Os anéis de fixação que interligam os módulos são um elo importante para a ligação elétrica entre
as peças principais do transportador. É de extrema importância que estes anéis de fixação estejam
sempre montados e que suas travas estejam sempre na posição "bloqueada".

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

5
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

 ATERRAMENTO A fim de descarregar a energia eletrostática do transportador, o mesmo deve ser


aterrado e todas as suas peças devem ser eletricamente conectadas umas as outras. O aterramento
deve ser feito com fio terra com uma área de 16 16 mm² (fio de cobre). É importante que todas as
unidades do sistema de transporte, tais como a estação de alimentação e o receptor, estejam
aterradas na mesma terra (aterramento equipotencial). Conector de aterramento para fios terra
encontra-se disponível em todos os transportadores a vácuo da Piab. (Veja as figuras abaixo.)

ATERRAMENTO
Como conectar o transportador ao chão: Conecte o fio terra (A) apertando-o firmemente ao transportador
a vácuo da Piab de acordo com a imagem.

ATERRAMENTO DO TRANSPORTADOR piFLOW®:

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

6
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Retire o isolamento do fio terra (W). Afrouxe as porcas (A) no transportador e insira a extremidade do cabo
(W) desencapado sob a placa de aperto (B). Aperte as porcas (A) para que o fio de terra (W) esteja
firmemente fixado. Conecte todos os pontos de aterramento do sistema do transportador da mesma
conexão à terra.

ATERRAMENTO DO SISTEMA DE TUBULAÇÃO E ACESSÓRIOS


 Aterramento de mangueiras conectadas ao transportador a vácuo e acessórios. Aterre as
mangueiras usando o cabo da mangueira e conecte-o ao chão:
Aterramento de mangueiras com conexões TC:

Aterramento de mangueira com conexão TC (C):


1. Libere o fio terra (W) da parede da mangueira de modo que o metal do fio terra (W) fique exposto.
2.Dobre o fio terra (W) 90° para dentro, para que ele seja colocado ao longo do interior da parede
da mangueira.
3.Pressione a mangueira na conexão TC (C) e verifique se o fio terra (W) está em contato com a
conexão TC (C).

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

7
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

4.Prenda a mangueira à conexão TC (C) usando um anel de fixação.


(na esquerda encontra-se um exemplo de uma conexão TC (C))
Aterramento de mangueira com as extremidades do tubo:

Aterramento de mangueira com as extremidades do tubo:


1. Libere o fio terra (W) da parede da mangueira de modo que o metal do fio terra (W) fique exposto.
Dobre o fio terra (W) para que ele fique na mesma direção que a mangueira.
2.Pressione a mangueira na extremidade do tubo (D).
3.Prenda a mangueira com um anel de fixação à extremidade do tubo (D).
4.Prenda o fio de terra (W) com um segundo anel de fixação na extremidade do tubo (D) e
certifique-se de que o fio tem contato com o tubo.
(na esquerda encontra-se um exemplo de uma conexão à extremidade do tubo (D))
Instalação do sistema de tubos e acessórios de forma segura

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

8
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

 sistema de tubulação completo e todos os acessórios devem ser eletricamente ligados com o
transportador e outras unidades ou máquinas que estão incluídas no sistema do transportador. O
sistema do transportador deve estar conectado ao mesmo ponto de aterramento (equipotencial).
 Recomenda-se que as mangueiras que são usadas sejam feitas de material dissipativo (antiestático)
ou estejam equipadas com uma espiral de aterramento moldada. Ambas as extremidades da
espiral de aterramento devem ser conectadas à terra através do sistema de tubulação ou à
máquina que a mangueira está conectada.
 As extremidades do tubo nas junções da tubulação do sistema também devem estar ligadas uma a
outra.

USO SEGURO
O seguinte deve ser observado quanto garantia do uso seguro de um transportador a vácuo da Piab:
a. Leia o manual antes de iniciar a instalação e operação.
b. Somente pessoas/funcionários treinados devem operar o sistema de transporte de vácuo da Piab.
c. É proibido abrir as tampas das unidades de válvula e da ECU.

d. A limpeza segura da tela de toque é usando um pano úmido.


e. Temperatura ambiente para o transportador a vácuo: 5ºC a +50ºC (41°F a 122°F).
f. A temperatura do material transportado (em pó, grânulos) não pode exceder +60°C (140°F).
g. É importante que "corpos estranhos" sejam impedidos de entrar no sistema de transporte.
h. Peças ou outros corpos estranhos podem ser carregados eletrostaticamente e causam inflamação
de faíscas.
i. Materiais brilhantes/de queima não podem entrar no sistema de transporte.
j. É proibido abrir ou desmontar qualquer peça do sistema de transporte durante o funcionamento!
Antes de desmontar qualquer peça do sistema de transporte, o equipamento deve ter suas
atividades encerradas e o fornecimento de ar comprimido para o transportador de vácuo deve ser
desligado.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

9
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

DADOS TÉCNICOS
Dados Técnicos
Descrição Un Valor

Material ASTM 316L, NBR, PTFE, PE, PA, Al, SS, PP


Faixa de temperatura °C 0-60
Faixa de temperatura °C 5-50
Peso kg 29
Acabamento – general surface Ra 0.6

Acabamento – product contact surface Ra 0.4

Pressão de alimentação máxima MPa 0.7


Pressão de alimentação - controle MPa 0.4-0.6
Faixa de consumo de ar Nl/s 20-28
Faixa de nível de ruído dBA 69-77
Vácuo máx. -kPa 60-75
Área do filtro m² 0.25
Tamanho mínimo de partícula µm 0.5
Volume útil l 7
Pressão de alimentação máxima do atuador MPa 0.4
Pressão de alimentação - controle MPa 0.4-0.6
Classe de isolação IP54

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

10
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Função
1. O vácuo é criado com tecnologia COAX® através
de ar comprimido (A). A bomba pode ser controlada
automaticamente.

2. A válvula inferior (B) fecha e o nível de vácuo


aumenta no reservatório (C) e na tubulação de
transporte (D).
3. O pó é transportado desde a estação de
alimentação (E) até a tubulação de transporte e, em
seguida, ao recipiente.
4. O filtro (F) protege a bomba e o ambiente em
volta contra a poeira e pequenas partículas.
5. Durante o tempo de transporte, o tanque de
choque de ar (G) é preenchido com ar comprimido.

6. Em um tempo pré-definido, a bomba e o


transporte são interrompidos e a válvula inferior (B)
é aberta. O pó é descarregado ao mesmo momento
em que o choque de ar é ativado e o ar comprimido
limpa o filtro da poeira e de partículas pequenas

7. Quando a bomba recomeça, esse processo é


repetido e um novo ciclo é iniciado. O tempo de
sucção e os tempos de esvaziamento são
normalmente controlados por um sistema de
controle pneumático ou elétrico.

Definição da Piab de área de contato do produto no


transportador
As posições na tabela abaixo correspondem às letras na figura acima. A estação de alimentação, o
adaptador de alimentação e a tubulação não fazem parte da definição, pois essas peças diferem
dependendo da instalação.

Pos. Descrição Un Valor

B Válvula inferior m² 0,2714


C Recipiente m² 0,4704
F Filtro m² 0,2427
Total m² 0,9845

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

11
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

INSTALAÇÃO

MONTAGEM
LEVANTANDO UM TRANSPORTADOR A VÁCUO DA PIAB
Ao levantar o transportador a vácuo da Piab, use dispositivos de levantamento ou desmonte o
transportador a vácuo da Piab em unidades menores para atender às regulamentações ambientais de
trabalho de quanto uma pessoa pode levantar. Sempre esvazie o transportador de vácuo da Piab antes de
levantá-lo.

MONTAGEM DO TRANSPORTADOR
O transportador é entregue montado. Ao montá-la após a limpeza / manutenção, é importante que as
vedações e os filtros sejam montados corretamente para que não ocorra vazamento.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

12
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

MONTAGEM DA BOMBA
Estabilize o transportador para evitar tombamento devido ao seu centro de gravidade deslocado.

O anel de fixação TC metálico fornecido deve ser usado enquanto a bomba está em serviço para manter o
aterramento.

INSTALAÇÃO DA TUBULAÇÃO DE TRANSPORTE


O dimensionamento e a instalação corretos são cruciais para o sistema funcionar da melhor maneira
possível. Entre em contato com o distribuidor local da Piab para dimensionar os diâmetros dos tubos, seu
comprimento, número de dobras e função opcional de esvaziamento de tubos. É importante que o sistema
de tubulação seja vedado para evitar que o pó transmitido vaze do equipamento causando danos a outros
dispositivos e lesões. Também é importante garantir que nenhum material estranho possa ser sugado
inadvertidamente para o transportador.

ALGUMAS DICAS BÁSICAS

 A tubulação de transporte deve ser instalada sem nenhuma curva desnecessária.


 Evite elevações inclinadas na tubulação de transporte.
 O raio da tubulação deve ser pelo menos 10 vezes o diâmetro da tubulação.
 Escolha tubos rígidos em vez de mangueiras, sempre que possível.
 Evite todos os tipos de arestas e restrições nas juntas e conexões de tubos.

AR COMPRIMIDO
Recomendamos que ar comprimido de pelo menos classe de qualidade 3, quanto ao tamanho das
partículas e concentração de contaminantes sólidos, seja usado (norma ISO 8573.1) para as bombas de
vácuo da Piab. Isto significa que apenas um máximo de 5 mg/m3 de partículas de tamanho máximo de 5
µm pode estar presente no ar comprimido.

Prevenção de quedas de pressão no suprimento de ar


É importante dimensionar corretamente a mangueira de ar comprimido que abastece o transportador para
que não ocorram quedas de pressão desnecessárias. Quanto mais longa a mangueira, maior a dimensão
necessária. Além disso, lembre-se de que as conexões push-in com válvulas de retenção embutidas podem

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

13
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

causar quedas de pressão. Além disso, leve em consideração que pode haver outros dispositivos na rede de
ar comprimido que possam consumir ar comprimido.

INSTALAÇÃO DE AR COMPRIMIDO
A pressão de alimentação do ar comprimido está entre 0,4 MPa (58 psi) e 0,6 MPa (87 psi) para
transportadores a vácuo da Piab e bombas de vácuo pneumáticas. O uso descuidado de ar comprimido
pode causar lesões.

 O ar comprimido não pode ser usado para nenhuma outra finalidade que não a especificada.
Todos os regulamentos de segurança aplicáveis para instalação, operação e manutenção

devem ser seguidos.
Sempre desconecte a fonte de ar comprimido ao limpar ou realizar a manutenção do

transportador de vácuo da Piab.
 Você é responsável pela sua própria segurança e de outras pessoas no local de trabalho.

Entre em contato com o distribuidor local da Piab se tiver alguma dúvida.

DESCONECTANDO A TUBULAÇÃO DE AR COMPRIMIDO


Antes que o tubo de ar comprimido seja desconectado, a pressão no compressor deve ser desligada.
Depois disso, a tubulação pode ser desconectada.

DESMONTANDO O TRANSPORTADOR
É importante que o transportador seja esvaziado de seu conteúdo/material antes que a desmontagem seja
iniciada. O abastecimento de ar comprimido e a energia elétrica devem ser desconectados antes de
desmontar o transportador.
Sempre proteja a bomba contra a queda quando o grampo TC for removido.

POSIÇÃO DO OPERADOR
O operador deve estar em uma posição onde possa facilmente iniciar e parar o transportador.

CONTROLE REMOTO DO TRANSPORTADOR


Ao usar o controle remoto, o responsável pelo sistema deve garantir que o transportador não pode ser
operado simultaneamente a partir de dois locais.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

14
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Conexão e função
1. BOMBA DE VÁCUO

2. AMORTECEDOR DE FILTRO

3. VÁLVULA INFERIOR

4. UNIDADE DE CONTROLE

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

15
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

1. BOMBA DE VÁCUO

Conexões

Dimensão externa
Conexão Função (OD) e interna (ID) Cor Conexões
da tubulação (mm)
Entrada de ar
1 1/2” -
comprimido
Saída de ar
4. UNIDADE DE CONTROLE
2 comprimido para a 6/4 -
(Porta 1)
Unidade de Controle
Amortecedor de
2. AMORTECEDOR DE FILTRO
6 filtro, abastecimento 8/6 -
(Porta A)
de ar
Fluidificação (não
7 12/9 -
utilizada)
Saída para medição
8 do nível de vácuo (p- 4/2 -
)
Saída para medição
9 da pressão de ar 4/2 -
comprimido (p+)
Acionamento da 4. UNIDADE DE CONTROLE
12 4/2 Verde
bomba de vácuo (Porta 7)

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

16
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

2. AMORTECEDOR DE FILTRO

Conexões

Dimensão
externa
(OD) e
Conexão Função interna (ID) Cor Conexões
da
tubulação
(mm)
Amortecedor de
A filtro, abastecimento 8/6 Preto 1. BOMBA DE VÁCUO (Porta 6)
de ar
Amortecedor de
B 4/2 Marrom 4. UNIDADE DE CONTROLE (Porta 3)
filtro, sinal

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

17
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

3. VÁLVULA INFERIOR

Conexões

Dimensão externa
Conexão Função (OD) e interna (ID) Cor Conexões
da tubulação (mm)
4. UNIDADE DE
A Válvula inferior, aberta 4/2 Azul CONTROLE (Porta 5)

4. UNIDADE DE
Amarel
B Válvula inferior, fechada 4/2 CONTROLE (Porta 2)
o

Fluidificação, fornecimento
C 12/9 -
de ar
D Fluidificação, sinal 4/2 Branco
E Fluidificação, conexão 12/9 -

*Peça opcional
Pré-ajuste de fábrica do regulador (azul) A: 0.36 MPa (52.2 psi)
Pré-ajuste de fábrica do regulador (amarelo) B: 0.24 MPa (34.8 psi)

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

18
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

4. UNIDADE DE CONTROLE

Funções

A Tempo ajustável para transporte


C Tempo ajustável para esvaziamento do transportador
D Partida/parada

A função a seguir pode ser ajustável pelo operador


Unidade de controle CU-1B
A Tempo de transporte. Ajustável, 2–30 segundos
C Tempo para esvaziamento do transportador. Ajustável, 2–30 segundos
A válvula inferior está fechada quando o transportador está desligado.

Conexões

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

19
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Dimensão
externa
(OD) e
Conexão Função interna (ID) Cor Conexões
da
tubulação
(mm)
Entrada de ar
1 6/4 Preto 1. BOMBA DE VÁCUO (Porta 2)
comprimido
Válvula inferior,
2 4/2 Azul 3. VÁLVULA INFERIOR (Porta A)
aberta
Amortecedor de 2. AMORTECEDOR DE FILTRO (Porta
3 4/2 Marrom
filtro, sinal B)
Sinal de
4 esvaziamento da 4/2 Branco
tubulação
Válvula inferior,
5 4/2 Amarelo 3. VÁLVULA INFERIOR (Porta B)
fechada

6 Fluidificação, sinal 4/2 Branco

Acionamento da
7 4/2 Verde 1. BOMBA DE VÁCUO (Porta 12)
bomba de vácuo

8 Detector de nível 4/2 Preto


Partida/parada do Verde/amar
42/43/44 4/2
controle remoto elo/azul
NOTA! As conexões devem estar conectadas quando não estiverem em uso

Lay out de componentes e diagrama pneumático

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

20
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

21
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

22
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

PARTIDA
A partida de um transportador a vácuo da Piab deve ser executada de acordo com um padrão simples para
poder iniciar rapidamente a produção. A seguinte instrução é guia passo-a-passo para iniciar e sintonizar o
transportador.
1. Instalação
Instalação
Certifique-se de que o transportador é conectado de acordo com a instrução de segurança.

2. Pressão de alimentação
Pressão de alimentação
Inicie o transportador em um modo de “inatividade”, ou seja, sem transportar nenhuma poeira. Consulte
mais informações na descrição da função da unidade de controle escolhida.
Agora verifique a pressão de alimentação no filtro regulador. Durante a operação da bomba a pressão deve
estar entre 0.45 MPa (65 psi) e 0.65 MPa (94 psi).

3. Eficiência de vedação
Eficiência da vedação
Certifique-se de que a extremidade da alimentação da tubulação de transporte esteja completamente
fechada e que haja um vacuômetro conectado à bomba.
O vacuômetro deve exibir:
61–75 -kPa (18–22 -inHg) a uma pressão de alimentação de 0.5-0.6 MPa (72-87 psi)
se o sistema estiver completamente selado.

4. AR de transporte (para adaptador de alimentação e lança de alimentação) 4.


Comece sempre ajustando as válvulas de ajuste com grandes aberturas = muito ar de transporte.

5. Tempos de ciclo
Ajuste o tempo de ciclo do sistema. Sempre comece com tempo de aspiração curto e tempo de
esvaziamento longo. Consulte mais informações na descrição da função da unidade de controle escolhida.
Adicione produto ao sistema. Inicie o transportador a vácuo e meça o volume do produto após a descarga.
Ajuste o tempo de sucção para atender o volume de lote recomendado do transportador a vácuo
configurado da Piab. Certifique-se de não transportar mais do que o volume de lote especificado para evitar
excesso de enchimento.
Verifique o tempo de esvaziamento e ajuste se necessário.
Verifique o nível de vácuo no sistema. Ajuste se necessário. Talvez seja necessário alterar o tempo de sucção
e esvaziamento.

6. Recomendamos que você documente todas as configurações e capacidade de transporte do start-up.


O transportador a vácuo está pronto para operação.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

23
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

DIMENSÕES
Transportador a vácuo

H 945 [37,2'']

h1 401 [15,8'']

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

24
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

25
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

SOLUÇÃO DE FALHAS

Tipo de problema Causa Posição

1 Conexão do ar
Baixa pressão de ar comprimido
comprimido
Pouco ou nenhum Nível de vácuo
transporte baixo ou zero Vazamento entre módulos 3 Vedações

Tampa inferior aberta não funciona 5 Tampa inferior

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

26
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

7 Tubulação de
Vazamento nas conexões da tubulação de transporte transporte

Filtros tamponados 2 Filtros


Vácuo profundo
7 Tubulação de
Tubulação de transporte entupida
transporte

4 Amortecedor de
Instalação de tubulação incorreta
filtro
A válvula do amortecedor de filtro está 4 Amortecedor de
O amortecedor de filtro não funciona
contaminada/defeituosa filtro
1 Conexão do ar
Baixa pressão de ar comprimido
comprimido
Tempo de "puxada" demasiadamente longo ou de "descarga" Unidade de
Sobre enchimento do transportador a vácuo
demasiadamente curto controle (não
inclusa na figura)
Pó sai pela exaustão da bomba de vácuo Filtro com defeito ou incorretamente montado 2 Filtros

Poeira material do escapamento da bomba Filtro com defeito ou incorretamente montado 2 Filtros

A fluidização não está funcionando 5. Válvula inferior


O material não está descarregando
A fluidização é necessária 5. Válvula inferior

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

27
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

ASSISTÊNCIA E MANUTENÇÃO
Sempre lembre de desconectar a fonte de ar comprimido ao limpar ou realizar a manutenção do
transportador de vácuo.
Intervalo de tempo de Diari Mensal A cada 2 A cada De Data de início da nova instalação
checagem/medida ame mente meses 6 acordo ..................................
nte meses com a Queda de pressão em marcha
experiênci lenta na data de início
a .................................. -kPa (-inHg)
Data da troca do filtro ou lavagem
do filtro
..................................
1 Checagem da pressão
de alimentação do ar X
comprimido
2 Checagem dos selos
do transportador a X
vácuo/sistema
3 Checagem do nível
de vácuo durante o X
transporte de produto
4 Checagem do nível
X
de vácuo em vazio NV0
5 Limpeza do filtro X (X)
$fragment:table_maint_6$
6 Mudança dos filtros
internos / checagem do X (X)
sistema de air shock
7 Esvaziamento do filtro
da unidade de
regulação de ar X
comprimido / troca do
kit deste filtro
8 Desmontagem,
limpeza/lavagem e X X (X)
checagem
Explicação do cronograma
1. Verificação da pressão de alimentação
A pressão de trabalho do abastecimento de ar comprimido é verificada durante a operação do
transportador/bomba. Conecte um manômetro à bomba. A pressão operacional deve ser de
aproximadamente 0.5–0.6 MPa (72–87 psi).

2. Verifique a vedação
Verifique o transportador desconectando a mangueira/tubulação de transporte e aplicando uma folha de
borracha de vedação contra a extremidade do acoplamento da manga enquanto a bomba estiver em
operação. Leia o nível de vácuo em um medidor de vácuo conectado à bomba ou a uma unidade de
válvula (opcional para bombas eletromecânicas) e compare o valor com a folha de dados da bomba que é
usada. Repita este procedimento de verificação, mas com a extremidade de alimentação do sistema da
tubulação de transporte selado.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

28
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

3. Verificando a queda de pressão durante o transporte de pó


Conecte um medidor de vácuo à bomba ou a uma unidade de válvula (opcional para bombas
eletromecânicas) e leia o valor durante a operação normal/transporte. Compare o nível de vácuo com os
valores obtidos ao verificar a partida do sistema de transporte.

4. Verificando a queda de pressão durante a operação ociosa


Conecte um medidor de vácuo à bomba ou a uma unidade de válvula (opcional para bombas
eletromecânicas) e leia o valor durante a operação ociosa sem o transporte de nenhum pó. Execute a
primeira verificação na inicialização (data de início) e documente o valor na tabela à direita acima. Quando a
queda de pressão durante a inatividade aumentar (e o nível de vácuo diminuir) em aproximadamente 5-10 -
kPa (1,5-3 inHg) em relação ao valor inicial, isso é uma indicação de que o filtro precisa ser lavado/trocado.

5. Limpando o filtro
Consulte as instruções de limpeza para filtros.

6. Troque o filtro
Uma troca de filtro deve ser feita pelo menos uma vez a cada seis meses. Observe que a troca/limpeza do
filtro pode ser necessária em intervalos menores.

7. Esvaziamento do regulador de filtro/troca do kit de filtro


Verifique e elimine possíveis contaminações e água no regulador do filtro na tubulação de alimentação uma
vez a cada dois meses. O kit de filtro do regulador do filtro deve ser substituído uma vez por ano.

8. Desmontagem, limpeza e verificação


O transportador deve ser desmontado regularmente para verificação e limpeza, dependendo da aplicação e
do serviço interno do cliente e do programa de manutenção.

LIMPANDO O TRANSPORTADOR
Todo o transportador deve ser desmontado em intervalos regulares para verificação e limpeza.
NOTA: O transportador não foi projetado para CIP - Clean In Place.
O abastecimento de ar comprimido deve ser desconectado da bomba. Desmonte a bomba e a parte
superior da unidade de filtragem e os tanques de choque de ar. Todas estas peças estão no "lado limpo" do
filtro, isto é, não entram em contacto com o pó transportado. Solte os anéis de fixação restantes e
desmonte os módulos, as vedações e os filtros. As peças de aço podem ser lavadas com água e detergente
de acordo com os regulamentos locais. É importante limpar todas as peças que entram em contato com o
pó transportado.

Limpeza
Limpeza e inspeção da instalação quanto a vazamentos são partes essenciais da segurança. Em geral,
depósitos de pó devem ser limitados.

Limpeza de filtros
É importante verificar e limpar/trocar os filtros em intervalos regulares para que eles não estejam entupidos,
pois isso pode causar sobrecarrega, e essas matérias ou partículas indesejáveis vazam do transportador.

Instruções de limpeza para o cartucho COAX®


Lave com água ou use ar comprimido para secar. Deixe secar antes de reinstalar.

Informações gerais para os filtros


Manuseie os filtros com cuidado.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

29
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

 Filtros têxteis, filtros plissados e filtros torre plissada (filtros de haste de polímero sinterizado) têm
uma camada de superfície de filtração (membrana ou revestimento de superfície). Se a camada
superficial estiver danificada, o grau de filtração e a vida útil serão encurtados.
 Ao montar e desmontar o filtro, o manuseio cuidadoso é essencial. Muitas vezes, os filtros são
colocados em uma placa de filtro. Quando o filtro é desmontado do transportador a vácuo da Piab,
este deve ser feito com cuidado para que a membrana do filtro não seja danificada pela borda da
placa da placa do filtro. Pela mesma razão, a montagem do filtro também deve ser feita com
cuidado.

Instruções de limpeza para filtros de haste plissados


Limpeza a seco
 Escove a superfície do filtro muito delicadamente à mão com uma escova macia de nylon ou PVC.
Use no máximo 5 N (1,12 lbs) como pressão de contato.
 Uma escova dura NÃO é recomendada, pois danificará a membrana. Nem a poeira/sujeira deve ser
raspada com objetos afiados/duros - isso também danificará a membrana.

Limpeza molhada
 Coloque o filtro na posição mais vertical possível.
 Lave a superfície do filtro com um jato de água suave com uma pressão máxima do jato de água a
1 bar (14,5 psi).
 Use água limpa com uma temperatura máx. de 40°C (104°F).
 Nunca use uma escova ao enxaguar o filtro.
 Evite que a água e o pó entrem em contato com o lado limpo do filtro.
 Manuseie o filtro com cuidado para evitar danos na membrana.
 Deixe o filtro secar em temperatura ambiente [ca. 20°C (68°F)] durante pelo menos 24 horas. Boa
ventilação e baixa umidade do ar são necessárias para uma secagem efetiva.
 O filtro limpo deve estar seco antes de poder ser usado novamente.
 É possível limpar o filtro com etanol ou isopropanol com uma concentração máxima de 90%.
 Não use solvente ao limpar.

Limpeza ultrassônica
 Use água limpa com uma temperatura máx. de 65°C em 60 minutos ou
 Em IPA (álcool isopropílico) (20%) em água a 40°C em 60 minutos
 Frequência máxima de 35 Hz
 Manuseie o filtro com cuidado para evitar danos na membrana.
 Deixe o filtro secar em temperatura ambiente [ca. 20°C (68°F)] durante pelo menos 24 horas. Boa
ventilação e baixa umidade do ar são necessárias para uma secagem efetiva.
 O filtro limpo deve estar seco antes de poder ser usado novamente.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

30
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

SUBSTITUIÇÃO DE FILTROS PLISSADO E TORRE PLISSADA

1. 2.

3. 4.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

31
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

PEÇAS DE REPOSIÇÃO

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

32
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

LISTA DE PEÇAS SOBRESSALENTES

Pos. Art. N° Descrição Qtde


1 0103972 Presilha em anel 21 cpl 2
2 0206434 Selo da placa do filtro de módulo 21 NBR 1
4 0125174 Filtro de torre plissada D=125 L=360 cpl, ATEX 1
5 0206440 Selo de filtro 125, NBR 1
6 0129263 Ø51TC 7 litros 04 filtros 1
7 0129192 piPREMIUM400 1
9 0206439 Selo da tampa de descarga 180 NBR 1
10 0205314 Atuador AP042 cpl. SS com kit Regulador 1
16 0206434 Selo da placa do filtro de módulo 21 NBR 1
24 0103868 Flap D=210, cpl. 1
25 0122037 Braço AP, Válvula de fundo 180 1
26 0104020 Parafuso com alça 2
27 0129948 Atuador do kit de vedação 1

Art. N° Descrição Qtde

0201578 Kit de peça de reposição da conexão, piFLOW®p Unidade da válvula de fundo


Conector de ângulo M5 D=4 3
Conector de ângulo D=8 d=8 1
Conector de ângulo G1/2" D=12 2
Redutor D=12 d=8 1
Conector T D=12, 2x D=10 1
Anel de codificação colorido 6, azul 1
Anel de código de cores 6, branco 1
Anel de código de cores 6, amarelo 1

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

33
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

BOMBA DE VÁCUO

Descrição Art. N°
piPREMIUM400 0129192

Cartucho COAX® Midi Si 32-3


Cartucho cego
LISTA DE PEÇAS SOBRESSALENTES

Pos. Art. N° Descrição Qtde


1 0129947 Kit de vedação PiPREMIUM 1
2 0127626 Tampa do silenciador cpl 1
3 0127331 Tampa de abastecimento de ar 1
4 0107053 Cartucho COAX® MIDI Si32-3 16
5 0112527 Cartucho cego MIDI-3 0

Art. N° Descrição Qtde

0201572 Kit de peça de reposição da conexão, bomba de vácuo


Conector reto M5 D=4 3
Conector reto G1/8" D=6 1
Conector reto G1/8" D=8 1
Conector reto G3/8" D=12 1
Anel de compressão D=4, Verde 1
Plug D = 4 vermelho 2
Bujão D=6 vermelho 1
Bujão D=12 vermelho 1

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

34
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

UNIDADE DE CONTROLE

Descrição Art. N°
Unidade de controle CU-1B, Tampa de descarga NF 0207355

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

35
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

LISTA DE PEÇAS SOBRESSALENTES

Pos. Art. N° Descrição Qtde

1 0207355 Unidade de controle CU-1B, Válvula de fundo NC 1


01:01 0119657 Válvula temporizada 3/2 NC 2-30s. Cpl 1
01:02 0119657 Válvula temporizada 3/2 NC 2-30s. Cpl 1
01:03 0119629 Válvula 5/2 de retorno por mola 1
01:04 0119632 Elemento-YES 1
01:05 0119636 Elemento-NOT 1
01:06 0202255 Regulador 1
01:07 0119636 Elemento-NOT 1
01:08 0119753 Válvula reguladora de pressão / anti-retorno M5, D4, entrada 1
01:09 0119828 Elemento-OR 1
01:10 0119758 Botão, Chave seletora cpl 1
01:12 0119645 Bloco de conexão CU-1/2 1
01:13 0119776 Fechadura cpl 1
01:14 0113022 Bujão de alívio de pressão 1
2 0104492 Suporte de montagem cpl. 1

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

36
P.P400.PR4.51T.7.FA.1B.ASS.Q.PT

GARANTIA
A Piab oferece garantia aos distribuidores, integradores e usuários de produtos da Piab em todo o mundo
conforme as seguintes definições:
 Uma garantia de cinco anos é válida para transportadores a vácuo, exceto bombas
eletromagnéticas, sensores, equipamentos e controles elétricos.
 Uma garantia de cinco anos é válida para bombas de vácuo, exceto bombas eletromecânicas,
acessórios e controles.
 Uma garantia de dois anos é válida para uma bomba eletromecânica.
 Uma garantia de um ano é válida para outros produtos.

Princípios gerais de garantia:


 Garantias da Piab contra defeitos de fabricação e materiais pelo uso normal em ambiente
apropriado, quando seguindo as instruções quanto a cuidados, manutenção e controle descritos no
manual apropriado da Piab.

 A Piab substitui ou repara, gratuitamente, produtos com defeito desde que estes sejam devolvidos
à Piab e estejam cobertos pela garantia.

 Fica a critério da Piab se um produto com defeito deve ser enviado de volta para a Piab para
substituição ou se o reparo deve ser efetuado localmente às custas da Piab.

 Esta garantia não abrange danos posteriores causados por produtos defeituosos.

Esta garantia não inclui peças gastas como elementos filtrantes, vedações, mangueiras, conexões de tubos,
curvaturas de tubos, válvulas de manga flexível (em linha com material transportado). Dependendo dos
materiais transportados, a manutenção e a substituição de peças gastas são diferentes.

Especificações sujeitas a mudanças sem prévio aviso. Rev.16

37