Você está na página 1de 3

INÍCIO SOBRE SERVIÇOS SOFTWARES CURSOS CASES BLO

ENTRE EM CONTATO

CPC 27 E O TRATAMENTO
CONTÁBIL DOS ATIVOS
IMOBILIZADOS
Escrito por  Honório Futida em  1 de Março de 2012

  O objetivo do Pronunciamento Contábil CPC  


27 é o de prescrever o tratamento contábil
para ativos imobilizados, de forma que os

SOBRE A AFIXCODEusuáriosSERVIÇOS
das demonstrações contábeis CONTATO
possam discernir a informação sobre o
 Identi
investimento cação
de uma entidade em seus Matriz - São Paulo
 Quem Somos
ativos imobilizados, Av. Santa Catarina, 2331
 Inventáriobem como as
Patrimonial
 Qualidade ISO 9001 Jabaquara - São Paulo, SP
mutações nesse investimento. Os principais pontos a serem considerados na
 Avaliação Patrimonial
 Certidos
contabilização cações
ativos imobilizados são o reconhecimento dos ativos, a Fone: (11) 2888-4747
 Consultoria WhatsApp: (11) 99252-1782
determinação dos seus valores contábeis e os valores de depreciação e
perdas Redes Sociais:  a
por desvalorização seremreconhecidas em relação aos mesmos. comercial@a xcode.com.br
 Softwares
 Terceirização
Quando do registro contábil de uma compra de bem, deve-se obedecer as Filial - Rio de Janeiro
 Cursos
orientações que a essência prevalece sobre a forma. Rua Visconde de Inhaúma, 83

17º andar. Centro, Rio de
REGISTRO CONTÁBIL X FINALIDADE DOJaneiro,
BEM RJ. Fone: (21) 3799-4118

Isso quer dizer que quando de uma compra de bem, um veiculo, p.ex, deve-se
primeiramente saber o destino desse bem, em termo de sua nalidade a que
se destina.

Se, o veículo
©2017 A xCode for adquirido
Patrimônio para -uso
e Avaliações da empresa,
Todos os Direitosdeve-se contabilizar
Reservados - CNPJ:na conta
04.671.431/0001-30
de “VEÍCULOS”.
Se, o veículo for adquirido para Doações, p.ex, deve-se contabilizar na conta
de “DESPESAS COM DOAÇÕES”.

Se, o veículo for adquirido para Promoção de Venda Interna da empresa, deve-
se contabilizar na conta de “DESPESAS PROMOCIONAIS DE VENDAS”. E,
assim, sucessivamente.

TORNE-SE UM LEITOR VIP


Nome E-mail
Cadastre-se gratuitamente para receber nossos artigos, dicas
e conteúdos exclusivos com prioridade.
CADASTRAR

 
EXEMPLO PRÁTICO  

Exemplo: Compra de um veículo, à prazo, no valor de R$ 60.000,00

Lançamento Contábil da compra, pelo seu valor de custo.


D - VEÍCULOS……….. R$ 60.000,00
C - FORNECEDOR …. R$ 60.000,00

Lançamento contábil da Depreciação Econômica desse veículo por 10 anos


p.ex.
D - DESPESAS COM DEPRECIAÇÃO DE VEICULOS ……. R$ 500,00
C - DEPRECIAÇÃO ACUMULADA…………………………… R$ 500,00

- Registro da Depreciação Fiscal desse veiculo por 5 anos ( IN-162/98 )


- Não há registro contábil.
- Deve ser registrado no sistema para emissão do Relatório de Depreciação
Fiscal, através da parametrização no sistema quando da aquisição.

  DEPRECIAÇÃO ECONÔMICA E FISCAL  

Com relação ao valor da depreciação econômica reconhecida á maior ou à


menor na contabilidade em relação a Depreciação Fiscal, prevista na IN-
162/98, estes valores devem ser ajustadas no Lucro Contábil, através do RTT,
demonstrado na apuração do Lucro Real e com a conseqüente escrituração
no FCont, ao nal de cada período.
Este assunto será tratado oportunamente, com demonstrativo prático onde
cará explícito o tratamento contábil e scal. O assunto será tratado quando
for analisar os efeitos da Depreciação Econômica sobre a Depreciação Fiscal
e respectivos ajuste no Lucro Real.

A análise do CPC 27, que trata de Ativo Imobilizado, será feito em vários
artigos, face a sua extensão e detalhes de procedimentos e entendimentos
ditados pelo mesmo. No próximo artigo será apresentado os termos técnicos
utilizados e os respectivos signi cados para melhor entendimento do
assunto.

Dúvidas sobre a CPC 27 e seu tratamento contábil? Deixe o seu comentário!

  COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO:  

Facebook Twitter WhatsApp LinkedIn E-mail

Honório Futida
Bacharel em Ciências Contábeis, Bacharel em Ciências Administrativas, Tributarista especializado em IRPJ,
prof. universitário desde 1976 com parecer no MEC, credenciado do CRC SP do Programa de Educação
continuada (PEC). Diretor e Consultor da H.T. Assessoria e Consultoria e autor do livro “Administração da
Empresa Contábil – Gerencia e Operações”. Professor de concursos públicos desde 1980 e da IOB desde 1990
nas áreas contábeis e tributárias, já treinou mais de 150 mil pessoas em todo o país.

ARTIGOS RELACIONADOS

8 de Março de 2018 19 de Fevereiro de 2018 26 de setembro de 2017

3 MOTIVOS PORQUE VOCÊ ADOÇÃO DO IFRS NO BRASIL: TUDO SOBRE A BAIXA DE


NÃO DEVE IMPLANTAR O A IMPORTÂNCIA DA ATIVO IMOBILIZADO:
CONTROLE DE RFID PARA O ADEQUAÇÃO ÀS NORMAS CONCEITO, TIPOS E
IMOBILIZADO INTERNACIONAIS DE CONTABILIZAÇÃO
CONTABILIDADE
 Leia Mais  Leia Mais
 Leia Mais

7 COMENTÁRIOS

Kleber disse: Responder

14 de Março de 2012 às 00:07