Você está na página 1de 6

Prefeitura de Jacareí

Secretaria Municipal de Educação

PROTOCOLO DE RETORNO JUNHO/2020


DEPARTAMENTO TÉCNICO PEDAGÓGICO

EDUCAÇÃO INFANTIL – CRECHE

Justificativa: Para acolher a todos e continuarmos protegendo a saúde das crianças, familiares e de cada equipe de
funcionários, elaboramos um Planejamento em parceria com a Vigilância Sanitária e em estudos dos protocolos de
retorno de outros países e municípios afim de contribuir com as medidas restritivas a respeito do coronavirus e
darmos continuidade ao trabalho pedagógico com nossas crianças e educadores.

Segue abaixo, nossas propostas.

Desde já, agradecemos a atenção de todos.


DTP

1- Momentos e rotinas

QUEM VOLTA PARA A ESCOLA?


 Só 20% dos alunos retornam todos os dias presenciais (2ª f. 3ºf, 4ªf, 5ªf, 6ª f);
 Crianças vulneráveis terão prioridade para retorno presencial;
 Crianças de inclusão ou de risco não poderão retornar para aulas presenciais;
 Funcionários que não pertencem ao grupo de risco;
 Professores de risco serão responsáveis pelo ensino remoto da escola e redes sociais.

Entrada/Saída

 Horários Escalonados – Para entrada e saída. Exemplo: Primeira turma 7h30 às 7h40, segunda
turma 7h40 às 7h50 e terceira turma 7h50 às 8h00 de modo a não fazer aglomeração de pais;
 A escola deve determinar o portão de entrada e saída dos alunos: para não gerar aglomeração de
pessoas. A escola deve orientar os pais com cartazes que respeitem as marcações de distanciamento
social;
 Marcar o chão, calçada da escola (interno e externo), sinalizando o espaço de distanciamentos de
1m e meio, garantindo o afastamento seguro entre as pessoas;
 Minimizar a quantidade de pessoas circulando na escola – Preferencialmente apenas um
responsável deve levar as crianças até a sala de referência, no caso dos bebês.
 Os calçados devem ser higienizados ao adentrar a U.E.. No caso das crianças, todos devem ser
higienizados. No caso dos adultos, professores, educadores e todos os funcionários da unidade
escolar DEVEM realizar a higienização. Caso queiram podem deixar um outro calçado para usar
somente nos ambientes internos da escola.
 Tapete higienizador: o tapete será usado para funcionários e visitantes da SME etc.
 Aferir a temperatura, com termômetro digital de testa (que não necessita de contato com a pele).
Considerar a não permissão de entrada para pessoas com temperatura superior a 37ºC. Toda escola
deve disponibilizar um funcionário na entrada para aferir a temperatura.
 Disponibilidade de álcool gel 70% ou borrifador álcool 70% líquido em mesa na entrada, visível
e de fácil acesso a todos que entrarem na unidade escolar.
 TODOS os funcionários devem trocar de roupa/uniforme ao chegar do local de trabalho. O
uniforme deve estar limpo diariamente (Milclean, SHA.)
 Recomendamos uso de avental - professores, educadores, equipe gestora na unidade escolar use
caso desejem uniforme, avental ou troca de roupa ao chegar no local de trabalho.
 Máscaras -Autorizar o acesso interno de pessoas e crianças maiores de 2 anos na Unidade Escolar
com máscara facial. As máscaras de alunos devem estar identificadas com nome e sala. Os
funcionários e alunos deverão chegar ao estabelecimento escolar com sua máscara caseira/ particular
de uso pessoal e trocarem quando a mesma estiver úmida.
 Higienização das mãos – alunos, educadores e professores deverão higienizar suas mãos com água e
sabão antes de adentrarem a respectiva sala de aula.

SINTOMAS/ PROCEDIMENTO
 Sintomas: a família não deverá enviar a criança com qualquer sintoma (febre, tosse, nariz
escorrendo, espirro, dor de garganta, dor de cabeça, dor na barriga, vômito, diarreia etc). Caso a
criança apresente algum sintoma, a criança será isolada em uma sala com adulto e a família será
chamada imediatamente. A criança só retornará para a escola com atestado médico/ declaração
autorizando o retorno da mesma.

Sala de referência da Criança


 Deixar do lado de fora da sala a mochila se houver cabideiro.
 Suspender a prática de levar objetos de casa para a escola e da escola para casa. Suspender o dia do
brinquedo, a sacolinha de leitura e outros...
 Retirar o excesso de brinquedos de todas as salas para facilitar a higienização e os espaços para o
brincar. Retirar os brinquedos como flautas, apitos, canudos, mordedores que sugerem que as
crianças levem até a boca.
 Dar preferência aos brinquedos/ jogos/ materiais que facilitem sua higienização.
 Todos os materiais devem ser de uso individual.
 Suspender propostas com uso de fantasias e outros tecidos que demandam a lavagem imediata;
 Cada funcionário e aluno deverá trazer a sua garrafa de água e identificados com nome. Não será
permitido beber água em bebedouros da escola.
 Evitar o uso de materiais que não podem ser higienizados, como por exemplo massinhas, ou destinar
o uso individual destes recursos;
 Sempre que possível optar por brinquedos descartáveis (papel, papelão, folhas árvores etc);
 Planejar e organizar atividades ao ar livre sempre que possível, com grupos reduzidos e
distanciamento entre as crianças;
 Promover em pequenos grupos com distanciamento conversas ou outras estratégias educativas que
incluam os cuidados com o corpo, prevenção de doenças, uso correto da máscara, uso do álcool gel,
higiene das mãos e do nariz etc.
 Orientar e supervisionar a utilização adequada do álcool gel pelas crianças pequenas;
 Reforçar a necessidade de não abraçar o amigo neste momento e não compartilhar materiais;
 Intensificar a lavagem de mãos várias vezes ao dia, como propostas de cuidar e educar as crianças;
 Disponibilizar cestos com tampa e pedal para as salas de referência: Após limpar o nariz de uma
criança, o ideal é lavar as mãos com água e sabão ou passar álcool gel.
 Higienizar a sala de referência das crianças antes e após o término período.
 Para os bebês a família deverá enviar sacola plástica para colocar roupa suja da criança dentro da
mochila.
 Revezamento entre os funcionários: um educador só dá banho e faz troca e o outro dá comida.
ESCALA DE TRABALHO

Crianças que utilizam transporte


 Seguir a orientação e protocolo determinado pela secretaria de Mobilidade Urbana e Vigilância
sanitária. (JEAN – MOBILIDADE)

ESPAÇOS
 Higienizar, mesas, armários, prateleiras, brinquedos, tatames de E.V.A. ou cobertos com plástico
cristal;
 Cantinhos de leitura deverão ser momentaneamente retirados das salas.
 Os excessos de enfeites ou os que não podem ser higienizados devem ser retirados.
 Os móbiles que estão fixos em lugares altos poderão permanecer.
 As janelas E PORTAS devem permanecer abertas durante todo o período garantindo a ventilação.

LAVAGEM E ESTERELIZAÇÃO DOS BANHEIROS/ TROCADORES/ BANHEIRAS/


REFEITÓRIOS/ COLCHONETES/ MÓVEIS/ EQUIPAMENTOS/ BRINQUEDOS:
 A Equipe da Limpeza deverá ampliar os turnos de higienização. Água e sabão e cloro são suficientes
para higienizar todos os materiais e espaços coletivos.
 Higienização de maçanetas, interruptores, acento sanitários, registro de torneiras, puxadores de
armários, corrimão devem acontecer frequentemente.
 Seguir o protocolo de higienização da equipe da limpeza em relação a lavagem das lixeiras/ salas/
banheiros/ trocadores/ banheiras/ cuba de banho/móveis da sala/ cadeirões/ mesas de cadeiras/
colchonetes/ berços/caminhas empilháveis, etc.
 Lavar e higienizar brinquedos das salas.

TROCADORES e BANHO:
 Em todos os trocadores há necessidade de ter luvas descartáveis para uso em caso de necessidade.
 É proibido trocar bebês dentro da sala de aula.
 Na troca de fraldas e no banho dos bebês se faz necessário os funcionários fazerem uso de máscara,
avental, protetor facial, estar com os cabelos presos e as unhas curtas.
 Após cada troca, os trocadores e cuba de banho deverão ser higienizados com álcool 70 liquido ou
solução sanificante.
 O banho será somente para Berçário I ou se alguma criança de outra sala precisar. A toalha usada
deverá ser lavada após o uso e não deverá ficar pendurada no cabideiro, uma ao lado da outra.
 Somente sabonete líquido da criança deverá ser usado no banho.
 Após troca ou banho a higienização das mãos da criança e do funcionário se faz necessário.

REFEITÓRIOS:
 As mesas comportam 4 cadeiras: terá distanciamento social para alimentação/ cada 2 crianças por
mesa com 1 metro de distanciamento ou 1 criança por mesa para ampliar o distanciamento social.
 Nas mesas de bancos coletivos, intercalar 4 crianças.
 Após cada saída de crianças, a equipe da limpeza deverá fazer a higienização de todo o espaço.
 Neste momento será necessário que a criança receba o prato pronto, interromperemos
temporariamente o autosserviço.
 Evitar conversas durante a refeição.
 Para a alimentação dos bebês pequenos o cadeirão deverá ser higienizado antes e depois de cada
utilização. Os bebês maiores deverão comer na mesa individualmente com a ajuda do educador.
 Os babadores são de utilização individual e deverão ser lavados após cada utilização.

TORNEIRAS E PIAS
 Os bebês não alcançam as torneiras. Precisam do pallet para que os bebês e crianças bem pequenas
tenham autonomia para lavar as mãos.
 Necessitam de porta sabão que a criança consiga manipular sozinha.
 Necessitam de papel toalha descartável.
 Necessitam de cestos de lixo (50 l) com pedal e tampa.

PÁTIO E ÁREAS COMUNS, REFEITÓRIO


 Lavagem uma vez ao dia.
 Higienização uma vez por turno.
 A cada refeição as mesas devem ser higienizadas com álcool 70 ou água e sabão
 Lavagem dos cestos de lixo diariamente com retirada do lixo 3 vezes ao dia.

MOMENTO DO REPOUSO
 Colchonetes ou caminhas higienizados antes e após o uso das crianças.
 Berços e caminhas identificados com nome dos bebês.
 Distância de 1, 5 ou 2 metros para repouso.
 Crianças deitadas de forma Intercaladas.
 Lençóis, travesseiros, mantas e cobertores individuais utilizados apenas uma vez, trocados e lavados
imediatamente após o uso.
 Chupetas individuais com nome e guardadas nos respectivos potes de cada criança.

PARQUES E PLAYS
 Suspenso o uso do play e do parquinho temporariamente por dificuldades de higienizar os
brinquedos após a utilização.

SALA DE APOIO
 Suspenso o uso coletivo de bibliotecas, salas de leitura, brinquedoteca, sala de vídeo, ateliês,
 Caso necessário estes espaços serão temporariamente utilizados como sala de apoio para os casos de
crianças e funcionários que apresente algum sintoma relacionado ao Covid 19.
 A Limpeza da sala de apoio deverá seguir os mesmos protocolos de higienização.

EQUIPE DA COZINHA
 Seguir os protocolos de higiene da SHA para higiene pessoal da cozinheira, limpeza dos alimentos,
materiais e espaços.

BANHEIRO DOS FUNCIONÁRIOS/ LAVANDERIA


 Seguir o protocolo da Milclean durante a pandemia.
 Lavagens dos cestos de lixo, trocas dos cestos de lixo, lavagens das pias e higienização de
maçanetas, e descargas e interruptores.

HIGIENE DAS MÃOS DO FUNCIONÁRIOS


 Vale ressaltar, que mesmo usando luvas é fundamental a lavagem das mãos antes/ após a troca,
limpeza de nariz, banho e higienização dos trocadores. No protocolo de retorno todos ADIS e demais
funcionários devem ser treinados para lavagem das mãos a todo instante.
 LUVAS: precisa uso de luvas em todas as trocas de fraldas
 CESTOS DE LIXO COM TAMPA E PEDAL: nos espaços, banheiros, salas de referência, pátios,
etc.

MÁSCARAS
 Cada funcionário deverá chegar ao estabelecimento escolar com sua máscara caseira/ particular de
uso pessoal. O funcionário deverá trazer mais de uma máscara para a troca quando a mesma estiver
úmida.

Você também pode gostar