Você está na página 1de 4

01.

A República Federativa do Brasil, conforme a Constituição Federal, é formada pela união


indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constituindo-se em Estado
Democrático de Direito e tendo como fundamentos, EXCETO

a)a independência nacional.

b)o pluralismo político.

c)a dignidade da pessoa humana.

d)os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

GABARITO: A

COMENTÁRIO: A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos


Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e
tem como fundamentos:
- Soberania
- Cidadania
- Dignidade da pessoa humana
- Valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
- Pluralismo político

02. Acerca dos princípios fundamentais do direito constitucional brasileiro, assinale a


alternativa correta.

a)

A autodeterminação dos povos não é princípio das relações internacionais brasileiras, uma vez
que a União Federal não admite a possibilidade de secessão por se considerar indissolúvel.

b)Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil reduzir as desigualdades


sociais e regionais.

c)

Os Poderes da União são formados pelo Executivo, pelo Legislativo, pelo Judiciário e pela
Administração Pública, sendo harmônicos entre si, embora dependentes em termos
orçamentários.

d)

No plano fundamental, o Brasil adota o regime de pluralismo político, sem quaisquer restrições
que colidam com a promoção do bem de todos.

GABARITO: B
COMENTÁRIO: Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do
Brasil:
I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
III - erradicar a pobreza e a marginalização e REDUZIR AS DESIGUALDADES SOCIAIS
E REGIONAIS;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e
quaisquer outras formas de discriminação.

03. Entre os direitos e garantias fundamentais encontra-se o direito à imagem que, nos termos
da doutrina,

a)não é um direito com âmbito de proteção autônomo, mas ligado à vida privada do
indivíduo, com forte dependência do direito à intimidade.

b)visa à proteção da honra, reputação ou intimidade pessoal, desde que esses atributos
tenham sido atacados, expostos e distorcidos.

c)é protegido não apenas contra a divulgação, sem autorização do titular, para fins comerciais,
mas envolve proteção bem mais ampla, digna de seu enquadramento na esfera dos direitos de
personalidade.

d)não se refere à proteção da imagem-retrato, mas da imagem-atributo, pois está ligada à


imagem social da pessoa e à falsificação de sua personalidade.

GABARITO: C

COMENTÁRIO: a) Errada. Com a Constituição Federal de 1988 o direito à imagem


ganha contornos de autonomia, não sendo mais considerado como mero apendice do
direito à vida privada: André Ramos Tavares: "É assegurada constitucionalmente a
inviolabilidade da imagem das pessoas. Trata-se de inovação da Constituição de 1988, cuja
primeira consequência é a autonomização deste direito, que deixa de ser inserido na
esfera da tutela do direito constitucional à vida privada, como um direito decorrente deste."
(2017).
b) Errada. Não há necessidade de ataque, exposição ou distorção. A proteção do direito à
imagem é autossuficiente. André Ramos Tavares: "No Brasil, por força da Constituição,
e independentemente dos termos restritivos impróprios do Código Civil, a imagem
encontra-se tutelada como direito, ainda que seu uso seja não comercial e ainda quando
sua divulgação não ofenda a honra, a dignidade ou o decoro da pessoa. (2017)"
c) Correta. "Com isso já se verifica, por outro lado, que o direito à imagem é protegido
não apenas contra a divulgação (sem autorização do titular) para fins comerciais, mas
envolve uma proteção bem mais ampla, digna de seu enquadramento na esfera dos
direitos de personalidade".(SARLET, MARINONI E MITIDIERO).
d) Errada. A proteção do direito à imagem envolve tanto a imagem retrato (representação
da figura física de alguém) quanto a imagem atributo (visa à tutela do retrato na dimensão
artística, à reprodução da imagem em sua projeção social).

04. No que se refere aos direitos e às garantias fundamentais previstos na Constituição


Federal, assinale a alternativa correta.

a)

A pena poderá ser cumprida no mesmo estabelecimento, independentemente da natureza do


delito, da idade e do sexo do apenado.

b)

A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontra serão comunicados imediatamente ao


juiz competente. A Constituição não determina que tal comunicação seja feita à família do
preso ou à pessoa por ele indicada.

c)

Em nome da segurança física e de acordo com o princípio da impessoalidade, é desnecessária a


identificação ao preso dos responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório policial.

d) A prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária.

GABARITO: D

COMENTÁRIO:
A- A pena poderá ser cumprida no mesmo estabelecimento, independentemente da
natureza do delito, da idade e do sexo do apenado. A PENA SERA CUMPRIDA EM
ESTABELECIMENTO DISTINTO, DE ACORDO COM A NATUREZA DO DELITO,
IDADE E SEXO DO APENADO!.
B- prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontra serão comunicados imediatamente
ao juiz competente. A Constituição não determina que tal comunicação seja feita à
família do preso ou à pessoa por ele indicada. A PRISÃO E O LOCAL ONDE O PRESO
SE ENCONTRE SERA IMEDIATAMENTE COMUNICADO À FAMÍLIA OU PESSOA
POR ELE INDICADA.
C- Em nome da segurança física e de acordo com o princípio da impessoalidade,
é desnecessária a identificação ao preso dos responsáveis por sua prisão ou por
seu interrogatório policial. É NECESSÁRIA, POIS, É UM DIREITO DO PRESO.
D- A prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária.

05. O município reger‐se‐á por lei orgânica votada em

a)primeiro turno, se aprovada por dois terços dos membros da Câmara Municipal.
b)dois turnos, com o interstício mínimo de dez dias, e aprovada por dois terços dos
membros da Câmara Municipal.

c)dois turnos, com o interstício mínimo de trinta dias, e aprovada por um terço dos
membros da Câmara Municipal.

d)dois turnos, com o interstício mínimo de dez dias, e aprovada por maioria dos membros
da Câmara Municipal.

GABARITO: B
COMENTÁRIO: Dos Municípios
 Art. 29. O Município reger-se-á por lei orgânica, votada em dois turnos, com
o interstício mínimo de dez dias, e aprovada por dois terços dos membros da
Câmara Municipal, que a promulgará, atendidos os princípios estabelecidos nesta
Constituição, na Constituição do respectivo Estado e os seguintes preceitos:
I - eleição do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Vereadores, para mandato de quatro
anos, mediante pleito direto e simultâneo realizado em todo o País;
II - eleição do Prefeito e do Vice-Prefeito realizada no primeiro domingo de outubro do ano
anterior ao término do mandato dos que devam suceder, aplicadas as regras do art. 77, no
caso de Municípios com mais de duzentos mil eleitores;        
III - posse do Prefeito e do Vice-Prefeito no dia 1º de janeiro do ano subseqüente ao da
eleição;