Você está na página 1de 4

Qlippoth

Os Escudos da Árvore da Vida

Aqui são dadas as atribuições das Qlippoth (QLYPWTh: escudos, cascas ou demônios) para
cada sephiroth (SPYRWTh: números, esferas ou emanações) e shevilim (ShBYLYM: caminhos)
da Árvore da Vida. Estes 'escudos' ou 'cascas' são os restos da Criação em algumas cosmologias
hebraicas.

Nesse ponto parece haver muitas versões diferentes de como estes escudos surgiram e 'onde'
eles estão localizados, metaforicamente.

Aparentemente, alguns tem postulado que as Qlippoth foram geradas pela 'quebra dos vasos'
ou 'incisões de tiros' que o Ser Primordial, Adam (ADM: homem, humano), atraiu no Primeiro
Pecado: o da separação do que está em Cima do que está Embaixo; a separação da Árvore do
Conhecimento do Bem e do Mal, da Árvore da Vida.

Alternativamente, a grande Força e Forma da Luz Criativa, que deram ímpetos pela Vontade de
Deus, geraram todas as esferas da Árvore da Vida imediatamente, mas com tal força
esmagadora que estes 'vasos' foram quebrados no processo, derramando a Luz excessiva. Esta
Luz tornou-se a desagradável Qlippoth, que é comparada tanto ao mal do
mundo quanto ao sistema de evacuação do Ser Primordial, cano de escoamento ou intestino
grosso/cólon.

Não obstante, estes escudos são descritos como tendentes a simbolizar o destrutivo, o egotista,
e algumas vezes os elementos femininos da Criação. Eles são o 'lado escuro', a Sombra da
Destruição que brota ao lado da Luz Criativa. Eles são tão necessários e importantes para o
estudo da Qabalah (QBLH: tradição) quanto a Árvore em si. Enquanto alguns associaram os
escudos com o mundo de 'Assiah' (OShYH: ação, o Mundo Material; o Mundo da Expressão),
outros parecem pensar que eles são as raízes da Árvore, tendo talvez até mesmo se elevado à
Esfera de Malkuth (MLKWTh: reino, domínio).

A informação abaixo é tirada de muitas fontes. Certamente não é compreensivel, nem


completa. Basicamente é a obra dos membros da Golden Dawn (Parte Um) e da Ordo Templi
Orientis (Parte Dois).

Onde os indivíduos diferem uns dos outros uma (nota) foi anexada para identificação.

Os Escudos das Esferas


(Os Demônios de Influência ou Forças Numéricas da Destruição)

1. Esfera: KThR (Kether)


Escudo: ThAWMYAL (488*)
Transliteração: Thaumiel (também Kerethiel (Z))
Tradução: Gêmeos de Deus; As duas Forças combatentes (R)
Descrição: 'O Bicéfalo', duas cabeças gigantescas com asas como de morcego (M, Z)
Poder: Divisão (N, Z, 1)
Comentário: Dualismo, Psicose, Contenção, Esforço
2. Esfera: ChKMH (Chokmah)
Escudo: OWGYAL (120)
Transliteração: Ogiel(G); Ghagiel (C); Chaigidel (M);
Ghogiel (R); Chaigidiel (W); Zogiel (Z)
Tradução: Os Estorvadores; (O Estorvo [sic] (R))
Descrição: Gigantes negros entrelaçados com serpentes repugnantes (M, Z)
Poder: Restrição (N); Conexão com a mentira e a aparência (M, Z)
Comentárioo: Retenção, Confinamento, Limitação, Inibição

3. Esfera: BYNH (Binah)


Escudo: SAThARYAL (703)
Transliteração: Satariel; Satorial (Z)
Tradução: Os Ocultadores; (também Os Destruidores (Z))
Descrição: Gigantescos, com cabeças negras cobertas com chifres e olhos horríveis, seguidos
por malévolo Centauro chamado Seiriel (Z)
Poder: Segredo (N); Interferência (Z)
Comentário: Ocultação, Retenção, Segregação, Escondimento.

4. Esfera: ChSD (Chesed)


Escudo: GOShKLH (428)
Transliteração: Gasheklah (G); Gha'ahsheblah (C); Gamchicoth (M);
Agshekoloh (R); Gog Sheklah (W); Gagh Shekelah (Z)
Tradução: Os Golpeadores; Os Pertubadores de Todas as Coisas (G); Os Fraturadores em
Pedaços (G, R); Os Importunadores (Z)
Descrição: Negros, gigantes com cabeça de gato (Z)
Poder: Agitação (N); Vampirismo, instrução Qliphótica (Z)
Comentário: Desordem, Rompimento, Aborrecimento, Distorção,
Desgrenhamento

5. Esfera: GBWRH (Geburah)


Escudo: GWLChB (49)
Transliteração: Golachab (G, C); Galab (M); Golohab (R); Golab (W); Golahab (Z)
Tradução: Os Incendiários; Os Queimadores (R); Queimadores com Fogo (Z)
Descrição: Formas com enormes cabeças negras, algumas vezes semelhantes a vulcões em
erupção (Z)
Poder: Agressão, Violência (Z, N)
Comentário: Combustão, Consumação, Devastidão

6. Esfera: ThPARTh (Tiphareth)


Escudo: ThGRYRWN (1519/869); ZOMYAL (158) (Z)
Transliteração: Tageriron (G); Thagiriron (C); Tagaririm (M);
Tagiriron (R); Togarini (W); Zomiel (Z)
Tradução: Os Pechinchadores; Os Disputadores (R); 'Árduos
Instigadores' (Z, 1)
Descrição: Grandes gigantes negros que trabalham um contra o outro (Z)
Poder: Disputa (N), Vaidade (Z, 1)
Comentário: Debate, Argumento, Combate, Disputa
7. Esfera: NTzCH (Netzach)
Escudo: ORB ZRQ (579) (também QTzPYAL (311) (Z, 1)
Transliteração: Oreb Zaraq (G); A'arab Zaraq (C); Harab-Serapel (M); Garab Tzerek (R); Harab
Serap (W); Ghoreb Zereq, Qetzephiel (Z)
Tradução: O Corvo da Dispersão; Os Corvos da Mort (R);Corvos Dispersores (Z)
Descrição: Horríveis, corvos com cabeça de demônio saindo de um vulcão (Z)
Poder: Desejo (N); Ganância, Cobiça (Z)
Comento: Dispersão, Dissipação, Desterro, Exaustão

8. Esfera: HWD (Hod)


Escudo: SMAL (131)
Transliteração: Samael; Samiel (Z)
Tradução: Veneno de Deus; e O Mentiroso (R); Os Prestidigitadores (Z)
Descrição: Vagamente Amarelo, cabeça de demônio, monstros tipo cachorro (Z)
Poder: Decepção (N); Heresia (Z, 1)
Comentário: Traição, Ilusão, Engano, Decepção

9. Esfera: YSWD (Yesod)


Escudo: GMLYAL (114); (também NChShYAL (399) e OWBRYAL (319) (Z, 1))
Transliteração: Gamaliel; (também Nachashiel e Obriel (Z, 2))
Tradução: Os Obscenos; Os Obscuros (Z)
Descrição: Corrupção, repugnante Homem-Touro, unidos num só (Z, 3)
Poder: Lascívia (N, Z, 1)
Comentário: Indecência, Ofensiva, Inculto, Incivilizado, Imoral

10. Esfera: MLKWTh (Malkuth)


Escudo: LYLYTh (480)
Transliteração: Lilith
Tradução: Rainha da Noite; e Rainha dos Demônios (G, R); Mulher Má (Z)
Descrição: mulher que muda a aparência de bela à bestial (Z, 1)
Poder: Tentação (N, Z, 1)
Comentário: Sedução, Provocação, Atraente, Tentação, Excitante, Feitiço, Fascinação,
Encantamento, Enlevação, Deslumbramento

* NOTAS:
Os números listados após as letras hebraicas são os seus valores via Gematria.

As letras registradas após as atribuições são abreviações para os seguintes:


G - David Godwin
C - Aleister Crowley
M - S. L. MacGregor Mathers
R - Israel Regardie
W - A. E. Waite
Z - Patrick Zalewski
N - Thyagi NagaSiva

Os números listados após as atribuições são notas.


1 – Esta é a minha interpretação para o texto de Zalewski.
2 - Zalewski traduziu estes como 'Serpentes Más e Força do Dragão Cego'.
3 - Provavelmente entrelaçados no intercurso anal.

Fonte: Frater Nigris


Tradução: Soror Agarath