Você está na página 1de 2

1) Descreva detalhadamente os principais métodos de tratamento/pré-

tratamento dos materiais lignocelulósicos.


Fragmentação mecânica: os materiais lignocelulósicos passam por um processo de
fragmentação mecânica, como moagem ou trituração. O tamanho é reduzido de 10-
30mm para 0,2-02 mm
Explosão a vapor: é uma técnica de pré-tratamento que envolve o tratamento da
biomassa com vapor a elevadas temperaturas e pressões, utilizado para tratar a
biomassa lignocelulósica em escala comercial. A biomassa é triturada e mantida em
reatores com vapor saturado sob alta pressão, após isso, o material é exposto a
pressão atmosférica, mudando bruscamente sua pressão.
Hidrotérmico: Semelhante ao processo da explosão a vapor, mas nesse caso, é
utilizado água como meio térmico sob alta pressão. Não são necessários materiais
corrosivos na construção do reator, formam-se menos subprodutos indesejáveis, e não
são colocados produtos químicos extras.
Tratamento ácido: ácidos são utilizados no pré tratamento do material, pois
promovem bons resultados na hidrólise das hemiceluloses e nos ataques as ligações da
lignina. São relativamente mais baratos que outros tratamentos.
Tratamento alcalino: Nesse processo, ocorre a deslignificação do material, tornando a
hemicelulose e a celulose mais acessíveis no processo da hidrólise.
Organossolventes: Solventes orgânicos são misturados com catalisadores ácidos para
dissolver a lignina e hemiceluloses. É limitado devido ao custo deste processo. Tem
capacidade de ser aplicado em vários tipos de matérias primas.
Biopolpação: Ainda em estudo, porém muito promissor. É um processo utilizado para
obter a polpa da celulose a partir da biomassa de lignocelulósico por meio da utilização
de microrganismos.

2) Explique como os tratamentos/pré-tratamentos dos materiais


lignocelulósicos alteram suas características.
Fragmentação mecânica: expande sua área superficial e diminui a cristalinidade da
celulose.
Explosão a vapor: esse processo gera uma explosão no material, com isso, ocorre o
rompimento das ligações estruturais do material. Além disso, é provocada a hidrólise
parcial das hemiceluloses, restando uma fração insolúvel em água, que é composta por
hemiceluloses remanescentes, lignina modificada e celulose.
Hidrotérmico: Nesse tratamento, é apresentado um nível alto de íons hidrônios, que
atuam como ácido para hidrolisar os polissacarídeos da biomassa.
Tratamento ácido: Com esse pré tratamento, melhora a hidrólise das hemiceluloses,
ficam muito reativos, e geram subprodutos indesejados no processo.
Tratamento alcalino: Neste processo, o uso dos produtos alcalinos promove o inchaço
das fibras, alterando as ligações da hemicelulose e celulose, aumentando assim sua
porosidade.
Organossolventes: Nesse processo, ocorre uma menor degradação da celulose, e alta
qualidade na produção dos subprodutos da lignina. Entretanto, gera inibidores tóxicos.
Biopolpação: Os microrganismos degradam seletivamente a hemicelulose ou lignina,
mantendo intacto a celulose.

3) Pensado nas aplicações tecnológicas dos materiais lignocelulósicos,


escolha um material lignocelulósico de seu interesse e defina métodos
possíveis e tratamento/pré-tratamento para os mesmos para as
seguintes aplicações:

a) Compósitos matriz cimentícia.


Tratamento alcalino para ter um compósito poroso, e com fibras inchadas.

b) Painéis reconstituídos.
Fragmentação mecânica da madeira, para ter frações menores do material.

c) Produção de celulose.
Biopolpação para obter a polpa da celulose a partir da biomassa de lignocelulósico por
meio da utilização de microrganismos.

d) Produção de etanol.
Explosão a vapor, para tratar a biomassa lignocelulósica em escala comercial.

e) Produção de materiais bioenergéticos.


Explosão a vapor, para tratar a biomassa lignocelulósica em escala comercial.