Você está na página 1de 8

Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

Matemática Discreta
Tópicos de Combinatória de Contagem
Texto da Semana 13, Parte 3

Permutações Simples

Sumário
1 Permutações simples 18
1.1 Observação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
1.2 Exercı́cio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19

2 Contando permutações simples 20


2.1 Observação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
2.2 Questões resolvidas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22

Neste texto, abordamos: a noção de permutação simples ou, simplesmente, per-


mutação de n elementos (Seção 1); e uma fórmula para a determinação do número
de permutações simples de n elementos (Seção 2).
Depois de estudarmos este texto, vamos ser capazes de: listar as permutações
simples dos elementos de um conjunto com 4 elementos (Exercı́cio 1); resolver pro-
blemas de contagem que envolvem permutações simples (Questões resolvidas 2.2).

17
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

1 Permutações simples
Considere o seguinte problema:

De quantas maneiras 7 pessoas podem formar uma fila indiana?

Resolução:
Neste problema, os objetos básicos são as 7 pessoas e as configurações são as filas
indianas, que são as sequências cujos termos são os 7 objetos básicos.
As filas indianas podem ser representadas por

p1 p2 p3 p4 p5 p6 p 7 ,

onde cada pi é uma pessoa distinta das anteriores, 1 ≤ i ≤ 7.


Seja X o conjunto de tais sequências.
Para formar uma configuração em X, podemos fazer 7 escolhas:

e1 : escolher uma pessoa para ser p1 ,


ei : escolher uma pessoa distinta das anteriores para ser pi .

2 ≤ i ≤ 7.
Temos que:
#e1 = 7,
#e2 = 6,
#e3 = 5,
#e4 = 4,
#e5 = 3,
#e6 = 2,
#e7 = 1.
Assim, pelo PM, temos que n(X) = 7 × 6 × 5 × 4 × 3 × 2 × 1 = 5.040.

Observe que uma fila indiana formada por n pessoas nada mais é do que um
arranjo simples de n pessoas, tomadas n a n.

Quando, para resolver um problema de contagem, podemos determinar o


número de arranjos simples de n pessoas, tomadas n a n, dizemos que a con-
figuração que estamos contando é uma permutação.

No problema acima, cada fila indiana é um arranjo simples de 7 pessoas, tomadas


7 a 7. Assim, cada fila indiana é uma permutação.
Formalmente, permutações simples são definidas do seguinte modo:

18
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

Seja A um conjunto com n elementos.

Uma permutação simples dos n elementos de A é uma sequência sem repetições


de todos os n elementos de A.

Permutações simples são chamadas, simplesmente, de permutações. Na ver-


dade, em combinatória de contagem, só usamos a palavra “permutação” para
nos referirmos a este tipo de configuração.

Permutações são escritas como


x 1 x 2 . . . xn ,
onde x1 , x2 , . . . , xn são os n elementos de A.
Exemplo 1 (a) Se A = {a}, então a única permutação de 1 elemento de A é
a
(b) Se A = {a, b}, então as permutações dos 2 elementos de A são
ab, ba
(c) Se A = {a, b, c}, então as permutações dos 3 elementos de A são
abc, acb, bac, bca, cab, cba

1.1 Observação
Observação 1 Seja A um conjunto com n elementos. As permutações simples dos
n elementos de A nada mais são do que sequências de n termos, cujos termos são
todos os elementos de A. Ou seja, são os arranjos (simples) dos n elementos de A,
tomados n a n. Por essa razão, podem ser representadas por
(a1 , a2 , . . . , an )
ou, como é usual, simplesmente por
a1 a2 . . . an .

1.2 Exercı́cio
Exercı́cio 1 Seja A = {a, b, c, d}. Listar todas as permutações dos 4 elementos
de A.

Antes de ler a resolução, tente resolver o exercı́cio usando os con-


ceitos estudados.

Resolução do Exercı́cio 1: Permutações dos 4 elementos de A: abcd, abdc, acbd, acdb, adbc,
adcb, bacd, badc, bcad, bcda, bdac, bdca, cabd, cadb, cbad, cbda, cdab, cdba, dabc, dacb, dbac, dbca,
dcab, dcba.

19
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

2 Contando permutações simples


Vamos, agora, obter uma fórmula para calcular o número de permutações de n
elementos. Ou seja, vamos resolver o seguinte problema:

Seja A um conjunto com n elementos. Quantas permutações dos n ele-


mentos de A são possı́veis?

Vamos fazer isto de duas maneiras.

Primeira resolução:
Neste problema, os objetos básicos são os n elementos e as configurações são as
sequências de n termos dos n elementos.
Considere X o conjunto de todas as permutações dos n elementos de A.
Como cada elemento de X é um arranjo simples de n elementos, tomados n a n,
pela fórmula de arranjos simples, temos que

n(X) = n × (n − 1) × (n − 2) × · · · × (n − (n − 1))
= n × (n − 1) × (n − 2) × · · · × (n − n + 1)
= n × (n − 1) × (n − 2) × · · · × 1

ou seja, n(X) é o produto dos n números naturais n, n − 1, n − 2, . . . , 3, 2, 1.

Segunda resolução:
Outra forma de chegar a este mesmo resultado é por aplicação do PM. Neste
caso, para formar um elemento de X podemos fazer n escolhas:

e1 : escolher um elemento para ser p1 ,


ei : escolher um dos elementos ainda não escolhidos para ser pi .

2 ≤ i ≤ n.
Temos que
#e1 = n,
#e2 = n − 1,
#e3 = n − 2,
..
.
#en−2 = 3,
#en−1 = 2,
#en = 1.
Assim, pelo PM, temos um total de n × (n − 1) × (n − 2) × . . . × 3 × 2 × 1
permutações de A.

O número
n × (n − 1) × (n − 2) × . . . × 3 × 2 × 1
é denotado por n! e é chamado fatorial de n.

20
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

Assim, temos que:

2! = 2×1=2
3! = 3×2×1=6
4! = 4 × 3 × 2 × 1 = 24
5! = 5 × 4 × 3 × 2 × 1 = 120
6! = 6 × 5 × 4 × 3 × 2 × 1 = 720
7! = 7 × 6 × 5 × 4 × 3 × 2 × 1 = 5.040
etc.

Observe a maneira vertiginosa com que n! aumenta, quando n aumenta. Por exem-
plo, 10.000! > 1080 , que é o valor aproximado do número de átomos no universo!

Seja A um conjunto com n elementos.

Vamos denotar por


P (n)
o número de permutações simples dos n elementos de A.

O número de permutações simples de n elementos de A é dado pela fórmula

P (n) = n!

Por favor, não confunda!!!

Permutação simples é uma configuração, ou seja, um objeto que está sendo


contado.

P (n) é um número natural, ou seja, o número de permutações simples que


podem ser formadas.

Por definição, toda permutação simples é um arranjo simples.

Em outras palavras, uma permutação é um objeto matemático complexo, for-


mado a partir de outros objetos mais básicos, pela aplicação de operações bem
definidas, de uma maneira completamente especificada; já P (n) é “simplesmente”
um número natural.

21
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

2.1 Observação
Observação 2 Neste ponto, você deve estar convencido que a noção de permutação
não é essencial nos estudos de combinatória de contagem. De fato, permutações são
arranjos simples especiais e, como mostramos acima, podemos determinar o número
de permutações através da fórmula de arranjos simples (ou através do PM). Por
outro lado, o emprego da notação fatorial é interessante, na medida em que nos
poupa o trabalho de escrever produtos que possuem uma quantidade muito grande
de fatores.
Assim, temos a seguinte diretriz sobre o uso de permutações na resolução de
problemas de contagem:

Quando nos deparamos com um problema de contagem cuja resolução se reduz


a determinação do número de permutações, aplicamos a fórmula acima para
simplificar a redação mas, mesmo aplicando a fórmula, explicitamos detalha-
damente o raciocı́nio envolvido na resolução.

2.2 Questões resolvidas

Antes de ler as resoluções, tente resolver as questões usando os con-


ceitos estudados.

Para as Questões 1(iii), 1(iv) e 2(iii), sugerimos que você poste as


suas resoluções na Sala de Tutoria de MD e discuta os raciocı́nios
que você empregou com os Tutores a Distância e os outros alunos.

Seja p uma palavra qualquer. Um anagrama de p é uma palavra que possui


exatamente as mesmas letras que ocorrem em p, tenha ela sentido ou não, sendo
que cada letra ocorre no anagrama exatamente o mesmo número de vezes que ocorre
em p. Por exemplo, os anagramas da palavra SOL são:
SOL, SLO, OSL, OLS, LSO, LOS.
Já os anagramas da palavra SOS são:
SOS, SSO, OSS.

Questão 1 (i) Quantos anagramas tem a palavra LOMBRIGA?


(ii) Quantos anagramas de LOMBRIGA iniciam com vogal?
(iii) Quantos anagramas de LOMBRIGA terminam com consoante?
(iv) Quantos anagramas de LOMBRIGA iniciam com vogal e terminam com conso-
ante?

22
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

Resolução
(i) Para formar um tal anagrama, podemos fazer uma única escolha:

e1 : formar uma permutação das letras da palavra LOMBRIGA.

Temos que
#e1 = 8!.
Assim, existem 8! = 40.320 anagramas.

(ii) Para formar um tal anagrama, podemos tomar duas decisões:


d1 : decidir qual das vogais inicia o anagrama,
d2 : decidir qual permutação das letras restantes
termina o anagrama.
Temos que:
#d1 = 3, ( existem 3 vogais disponı́veis),
#d2 = 7!, ( após d1 , existem 7 letras) disponı́veis.
Assim, existem 3 × 7! = 15.120 anagramas que iniciam com vogal.

Questão 2 De quantas maneiras 5 homens e 5 mulheres, entre eles Biu e Ana,


podem formar uma fila indiana:
(i) Se Ana e Biu devem ficar juntos na fila?
(ii) Se os homens ocupam posições consecutivas e iniciam a fila?
(iii) Se os homens ocupam posições consecutivas na fila?
(iv) Se os homens estão intercalados com as mulheres?

Resolução
(i) Para formar uma tal fila indiana, podemos fazer 2 escolhas:
e1 : escolher uma permutação, p, de Ana e Biu,
e2 : escolher uma permutação de p e das 8 pessoas restantes,
considerando p como se fosse uma única pessoa.
Temos que
#e1 = 2!,
#e2 = 9!, ( temos 1 + 8 objetos a serem permutados).
Assim, pelo PM, as filas indianas podem ser formadas de 2! × 9! = 2 × 362.880 =
725.760 maneiras.

(ii) Para formar uma tal fila indiana, podemos efetuar 3 tarefas:
t1 : formar uma permutação, p1 , dos 5 homens,
t2 : formar uma permutação, p2 , das 5 mulheres,
t3 : colocar p2 após p1 para formar a fila.

23
Novo Módulo de MD 2020 Unidade 3

Temos que

#t1 = 5!,
#t2 = 5!,
#t3 = 1, ( já que a fila é formada pelos homens)
seguidos das mulheres.

Assim, pelo PM, as filas indianas pode ser formadas de 5! × 5! = 1202 = 14.400
maneiras.

(iv) Para formar uma tal fila indiana, podemos efetuar 4 tarefas:

t1 : formar uma permutação, p1 , dos 5 homens,


t2 : formar uma permutação, p2 , das 5 mulheres,
t3 : decidir se a fila vai iniciar com um homem ou uma mulher,
t4 : intercalar as permutações p1 e p2 , de acordo com a
decisão tomada em t3 .

Temos que:
#t1 = 5!,
#t2 = 5!,
#t3 = 2,
#t4 = 1.
Assim, pelo PM, as filas indianas podem ser formadas de n(X) = 5! × 5! × 2 =
2
120 × 2 = 28.800 maneiras.

c 2020 Márcia Cerioli e Petrucio Viana


Coordenação da Disciplina MD/CEDERJ-UAB

Atualizado em 14 de maio de 2020.

24