Você está na página 1de 2

08/01/2020 Versus – Como concorda o verbo?

- Gramatigalhas

página inicial Gramatigalhas Versus – Como concorda o verbo?

CADASTRE-SE FALE CONOSCO

Quarta-feira, 8 de janeiro de 2020


ISSN 1983-392X

mais migalhas colunas correspondentes catálogo de escritórios apoiadores fomentadores

quentes PL torna imprescritíveis crimes hediondos e tráfico de drogas

Gramatigalhas
por José Maria da Costa

Versus – Como concorda o verbo?


quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Recomendar 0 Tweetar

dúvida do leitor envie sua dúvida

Uma leitora que se identifica apenas como Josane envia a seguinte mensagem ao
Gramatigalhas:

"Estou fazendo revisão de uma dissertação. Mais de uma vez, o autor usa a seguinte
estrutura: 'Esta situação versus aquela situação resultam em...'. Fiquei na dúvida se os termos
unidos pela expressão versus são considerados sujeitos compostos. Muito obrigada e
parabéns pelo seu Manual, que me ajuda muito!"

1) Uma leitora parte do seguinte exemplo, que não sabe se está certo quanto à concordância verbal:
"Esta situação 'versus' aquela situação resulta em..." E indaga se termos unidos pela palavra
versus tipificam sujeito composto ou não. Ou seja: em tais circunstâncias, o verbo vai para o plural,
ou fica no singular?

2) Ora, a uma simples observação do exemplo trazido pela leitora, começa-se por tecer os seguintes
comentários quanto à palavra versus considerada isoladamente: a) versus é uma preposição e não
uma conjunção (contrariamente a outras palavras que unem núcleos de um sujeito composto, como
ou e nem); b) é vocábulo latino, ainda não integrado ao vernáculo, como é fácil concluir a uma
simples consulta ao Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, editado pela Academia Brasileira
de Letras, que tem a delegação legal para listar as palavras pertencentes ao nosso idioma; c) como
vocábulo estrangeiro, ainda não incorporado ao nosso idioma, deve ser escrito em itálico, ou negrito,
ou entre aspas, ou sublinhado, ou de algum outro modo que indique ser alienígena a palavra
empregada; d) seu sentido normal é de contrariedade entre as palavras por ele ligadas.

3) No plano da concordância verbal, o mais adequado parece ser partir de alguns exemplos: a)
"Flamengo 'versus' Fluminense não entusiasmou a torcida"; b) "Éder Jofre 'versus' Harada foi
simplesmente empolgante"; c) "Davi 'versus' Golias sempre traz lições importantes"; d) "Escola
particular 'versus' escola pública pode causar polarizações indevidas"; e) "Marido 'versus' mulher
quase nunca redunda em benefícios".

4) E desses exemplos, então, parece lícito concluir do seguinte modo: a) embora o vocábulo
considerado não pertença ao idioma, parece adequado, com as cautelas já indicadas, empregá-lo
em tais circunstâncias, com o escopo de unir elementos contrapostos; b) a ideia de contraposição
e/ou contrariedade entre os elementos por ele unidos conduz instintivamente o usuário a concordar o
verbo no singular; c) como é de fácil percepção nas frases já modificadas do item a seguir, é
inevitável, diante de um exemplo desses, pensar em um termo inicial, que seja a referência para tal

https://www.migalhas.com.br/Gramatigalhas/10,MI264970,41046-Versus+Como+concorda+o+verbo 1/2
08/01/2020 Versus – Como concorda o verbo? - Gramatigalhas
contraposição; d) e é com a ideia desse termo inicial pressuposto que, nessas situações, se faz a
concordância verbal por silepse (concordância ideológica); e) importa adicionar, como se pode
perceber pelo exemplo acrescido por último no próximo item, que o verbo fica no singular, mesmo
que ambos os termos contrapostos estejam no plural.

5) Vejam-se os exemplos já modificados com o acréscimo de um termo inicial instintivamente


pensado: a) "(O jogo) Flamengo 'versus' Fluminense não entusiasmou a torcida"; b) "(O combate
de) Éder Jofre 'versus' Harada foi simplesmente empolgante"; c) "(O duelo de) Davi 'versus' Golias
sempre traz lições importantes"; d) "(A contraposição de) Escola particular 'versus' escola pública
pode causar polarizações indevidas"; e) "(A disputa de) Marido 'versus' mulher quase nunca
redunda em benefícios"; f) "(A briga de) Corinthianos 'versus' palmeirenses resultou em mortes".

Tweetar

Comentar Enviar por e-mail voltar para o topo

« anterior índice próximo »

José Maria da Costa é graduado em Direito, Letras e Pedagogia. Primeiro


colocado no concurso de ingresso da Magistratura paulista. Advogado. Mestre e
Doutor em Direito pela PUC/SP. Ex-Professor de Língua Latina, de Português do
Curso Anglo-Latino de São Paulo, de Linguagem Forense na Escola Paulista de
Magistratura, de Direito Civil na Universidade de Ribeirão Preto e na ESA da
OAB/SP. Membro da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas. Sócio-
fundador do escritório Abrahão Issa Neto e José Maria da Costa Sociedade de
Advogados.

mais migalhas

migalhas amanhecidas migalhas quentes migalhas de peso colunas migalhas dos leitores eventos mercado de trabalho dr. Pintassilgo fachadas
vazamentos lava jato apoiadores fomentadores central do migalheiro fale conosco

serviços

correspondentes precatórios catálogo de escritórios livraria

https://www.migalhas.com.br/Gramatigalhas/10,MI264970,41046-Versus+Como+concorda+o+verbo 2/2